Você está na página 1de 14

Alteração da

solubilidade dos sais


Alteração da solubilidade dos sais

Efeito do ião comum

O equilíbrio de solubilidade do cloreto de prata, AgCℓ , um sal pouco


solúvel (Ks = 1,77 × 10–10 a 25 °C), representa-se pela equação:

AgCℓ (s) ⇌ Ag+ (aq) + Cℓ– (aq) Ks = |Ag+|e1 × |Cℓ–|e1

À temperatura de 25 °C, o valor da solubilidade do cloreto de prata em


água é s = 1,33 × 10–5 mol dm–3, assim como a concentração de cada um
dos seus iões:
[Ag+]e1 = [Cℓ–]e1 = s
Alteração da solubilidade dos sais

Verifica-se que a adição de nitrato de prata, AgNO3, um sal muito solúvel, à


solução saturada de cloreto de prata provoca precipitação de AgCℓ .

A precipitação decorre devido ao aumento da concentração do ião prata, Ag +, que


origina a sobressaturação da solução em AgCℓ.

|Ag+| × |Cℓ–| > Ks Qc > Ks

A massa de AgCℓ dissolvido é agora menor do que antes da adição de nitrato de


prata.
Alteração da solubilidade dos sais

A adição de nitrato de prata à solução origina iões prata, Ag+, e iões nitrato, NO3– :

AgNO3 (s) → Ag+ (aq) + NO3– (aq)

Diz-se que o ião prata, Ag+, é um ião comum aos dois sais, AgCℓ e AgNO3, e que a
diminuição da solubilidade é devida ao efeito do ião comum.

A diminuição da solubilidade de um sal pouco solúvel devido à presença de um ião


comum em solução é conhecida como efeito do ião comum.
Alteração da solubilidade dos sais

Com a adição de AgNO3 à solução aquosa saturada de AgCℓ, segundo o Princípio de


Le Châtelier, o sistema evolui de forma que a concentração de Ag + na solução
diminua, até que seja atingido um novo estado de equilíbrio:

AgCℓ (s) ⇌ Ag+ (aq) + Cℓ– (aq) Ks = |Ag+|e2 × |Cℓ–|e2

O produto de solubilidade, Ks, não é alterado, sendo favorecido um processo de


precipitação do sal (reação inversa), ou seja, Ag+ e Cℓ– originam AgCℓ (s).
Alteração da solubilidade dos sais

A formação de AgCℓ (s) implica, simultaneamente, a diminuição da concentração de


Cℓ– na solução e, por isso, a solubilidade do sal diminui. Assim:

• no novo estado de equilíbrio, a concentração de Cℓ– é menor do que a


concentração de Ag+ e menor do que na solução de AgCℓ antes da adição de
AgNO3:
[Cℓ–]e2 < [Ag+]e2 e [Cℓ–]e2 < [Cℓ–]e1

• o sal dissolvido relaciona-se com a nova concentração de Cℓ– em solução, ou


seja, a solubilidade s’ coincide com a [Cℓ–]e2:
Alteração da solubilidade dos sais

Efeito da adição de soluções ácidas

A concentração de iões cálcio, Ca2+, em águas provenientes de zonas calcárias é


superior ao que seria de esperar pelo equilíbrio de solubilidade do carbonato de
cálcio, CaCO3, um sal muito pouco solúvel em água:

CaCO3 (s) ⇌ Ca2+ (aq) + CO32– (aq) Ks (a 25 °C) = 4,50 × 10–9

Seria de esperar a presença de iões carbonato, CO32 –, com concentração igual à


dos iões cálcio. Verifica-se, no entanto, que o carbonato surge na forma de
bicarbonato, HCO3–.
Alteração da solubilidade dos sais

O valor elevado da concentração de bicarbonato nas águas subterrâneas relaciona-se


com a presença de H3O+, devido à dissolução de dióxido de carbono da atmosfera e à
sua reação com a água:
CO2 (aq) + 2 H2O (ℓ) ⇌ HCO3– (aq) + H3O+ (aq)

Os iões H3O+ reagem com iões carbonato, CO32 –, provenientes da dissolução do


carbonato de cálcio, de acordo com a reação ácido-base de Brønsted-Lowry:

CO32– (aq) + H3O+ (aq) → HCO3– (aq) + H2O (ℓ)

sendo responsáveis pela conversão de CO32 – em HCO3–.


Alteração da solubilidade dos sais

A diminuição da concentração de CO32–, um produto da dissociação do


carbonato de cálcio, altera o equilíbrio de solubilidade do carbonato de cálcio,

CaCO3 (s) ⇌ Ca2+ (aq) + CO32– (aq)

De acordo com o Princípio de Le Châtelier, essa alteração é contrariada, sendo


favorecida a formação de CO32–. A formação de CO32 – é acompanhada de um

aumento da concentração de iões cálcio, Ca2+, ou seja, da solubilidade de CaCO3.

Em meio ácido, a solubilidade, s’, de alguns sais pouco solúveis é superior à


solubilidade s do mesmo sal em água: s’ > s.
Alteração da solubilidade dos sais

Formação de iões complexos

Um ião complexo é um catião metálico, Mn+, rodeado de moléculas ou iões negativos.

A maior estabilidade de catiões na forma de iões complexos, relativamente ao


catião na forma livre Mn+, justifica o seu efeito no aumento da solubilidade de
alguns sais.
Alteração da solubilidade dos sais

O brometo de prata é um sal pouco solúvel em água, Ks (a 25 °C) = 5,35 × 10–13.

Dissocia-se segundo a equação:

AgBr (s) ⇌ Ag+ (aq) + Br– (aq)

O precipitado de brometo de prata, em equilíbrio na solução saturada do sal, é


dissolvido por adição de tiossulfato de sódio, Na2S2O3, à solução.

O aumento de solubilidade do brometo de prata explica-se pela formação do ião


complexo estável [Ag(S2O3)2]3–, que é responsável pela diminuição da concentração de
iões prata na solução, de acordo com a equação:
Ag+ (aq) + 2 S2O32– (aq) ⇌ [Ag(S2O3)2]3– (aq) Kc (a 25 °C) = 2,90 × 1013
Alteração da solubilidade dos sais

O aumento da solubilidade devido à formação de um ião complexo estável pode ser


interpretado com base no Princípio de Le Châtelier: a diminuição da concentração
de produtos da reação favorece a dissociação do sal.

A remoção de Ag+, um dos produtos da dissociação do brometo de prata, AgBr,


corresponde à diminuição deste ião na solução saturada.

A diminuição da concentração de Ag+ altera o equilíbrio de solubilidade do sal:

AgBr (s) ⇌ Ag+ (aq) + Br– (aq)

O sistema evolui de modo a que a concentração de Ag+ aumente, formando-se Ag+.


Simultaneamente formam-se iões brometo, Br–, aumentando a concentração destes
iões em solução, ou seja, aumenta a solubilidade do brometo de prata.
Questões

Classifique cada uma das seguintes afirmações em verdadeiras ou falsas.

1. A solubilidade do aluminossilicato de potássio, KAℓSi3O8, é favorecida com a


adição de hidróxido de Alumínio, Aℓ(OH)3.

2. O produto solubilidade do carbonato de cálcio, CaCO3, é superior se o sal se


encontrar em meio ácido.

3. A solubilidade do hidróxido de cobre (II) aumenta com a adição de amoníaco as


soluções do sal, devido a formação do iao complexo estável [Cu(NH 3)4]2+.

4. Em meio ácido a solubilidade de alguns sais aumenta.


Questões (Resolução)

Classifique cada uma das seguintes afirmações em verdadeiras ou falsas.

1. A solubilidade do aluminossilicato de potássio, KAℓSi3O8, é favorecida com a


adição de hidróxido de Alumínio, Aℓ(OH)3.
Falso, devido ao efeito do ião comum a solubilidade do sal diminui.
2. O produto solubilidade do carbonato de cálcio, CaCO3, é superior se o sal se
encontrar em meio ácido.
Falso, o produto solubilidade de um sal só varia com a temperatura.
3. A solubilidade do hidróxido de cobre (II) aumenta com a adição de amoníaco as
soluções do sal, devido a formação do iao complexo estável [Cu(NH 3)4]2+.
Verdadeiro.
4. Em meio ácido a solubilidade de alguns sais aumenta.
Verdadeiro.