Você está na página 1de 6

ORIGEM E OBJETIVOS DOS ESPÍRITOS INÍQUOS

Oponha-se às forças espirituais iníquas LOGO após o batismo, Jesus Cristo foi ao ermo da Judéia para orar e meditar. Ali Satanás, o Diabo, tentou fazê-lo violar a lei de Deus. Mas Jesus rejeitou a tentação do Diabo e não foi pego em sua armadilha. Jesus confrontou-se com outros espíritos iníquos durante seu ministério na Terra. No entanto, vez após vez ele os censurava e se opunha a eles. — Lucas 4:1-13; 8:26-34; 9:37-43. 2 Os relatos bíblicos que descrevem essas ocasiões devem convencernos de que realmente existem forças espirituais iníquas, que tentam desencaminhar as pessoas. No entanto, podemos opor-nos a esses espíritos perversos. Mas qual é sua origem? Por que tentam enganar os seres humanos? E que métodos usam para alcançar seus objetivos? As respostas a perguntas como essas o ajudarão a opor-se às forças espirituais iníquas. ORIGEM E OBJETIVO DOS ESPÍRITOS INÍQUOS 3 Jeová Deus criou uma multidão de criaturas espirituais muito antes de criar os seres humanos. (Jó 38:4, 7) Como explica o capítulo 6, um desses anjos nutriu o desejo de que os seres humanos o adorassem em vez de a Jeová. Em busca desse objetivo, esse anjo iníquo opôs-se ao Criador e o caluniou, chegando a dar a entender à primeira mulher que Deus era mentiroso. Por isso foi apropriado que essa criatura espiritual rebelde se tornasse conhecida como Satanás (opositor), o Diabo (caluniador). — Gênesis 3:1-5; Jó 1:6. 4 Depois, outros anjos tomaram o lado de Satanás, o Diabo. Nos dias de Noé, um homem justo, alguns desses anjos abandonaram seu serviço no céu e materializaram corpos carnais para satisfazer seu desejo de manter relações sexuais com as mulheres na Terra. Satanás sem dúvida

influenciou esses anjos a adotar esse proceder desobediente, que resultou em eles terem uma descendência híbrida, os nefilins, que se tornaram extremamente violentos. O grande Dilúvio, que Jeová causou, destruiu a humanidade corrompida e esses filhos desnaturais dos anjos desobedientes. Os anjos rebeldes escaparam da destruição desmaterializando os corpos carnais e retornando ao domínio espiritual. Mas Deus restringiu esses demônios, tratando-os como párias em escuridão espiritual. (Gênesis 6:1-7, 17; Judas 6) No entanto, Satanás, “o governante dos demônios”, e seus anjos iníquos foram em frente com sua rebelião. (Lucas 11:15) Qual é seu objetivo? 5 O objetivo malévolo de Satanás e dos demônios é voltar as pessoas contra Jeová Deus. Assim, essas criaturas iníquas têm desencaminhado, assustado e atacado as pessoas no decorrer de toda a história humana. (Revelação [Apocalipse] 12:9) Há exemplos ocorridos na atualidade que confirmam que a agressividade dos demônios hoje é maior do que nunca. Para apanharem as pessoas numa cilada, os demônios muitas vezes usam o espiritismo em todas as suas formas. Como os demônios usam esse chamariz, e como você poderá defender-se? COMO OS ESPÍRITOS INÍQUOS TENTAM DESENCAMINHAR VOCÊ 6 O que é o espiritismo? É envolvimento com os demônios, ou espíritos iníquos, por via direta ou por intermédio de um médium. O espiritismo faz para os demônios o que o chamariz faz para o caçador: atrai presas. E, assim como o caçador usa uma variedade de chamarizes para atrair os animais para a armadilha, do mesmo modo os espíritos iníquos incentivam várias formas de espiritismo para colocar os seres humanos sob seu controle. (Note Salmo 119:110.) Algumas dessas formas de espiritismo são adivinhação, magia, presságios, feitiçaria, encantamentos, consulta a médiuns e comunicação com os mortos. 7 O chamariz funciona, porque o espiritismo atrai pessoas do mundo todo. Quem mora em povoados na selva consulta curandeiros, e pessoas que trabalham em escritórios nas cidades consultam astrólogos. O espiritismo prospera mesmo em países que se dizem cristãos. Há pesquisas que indicam que nos Estados Unidos umas 30 revistas com circulação conjunta de mais de 10.000.000 de exemplares dedicam-se a várias formas de espiritismo. Todo ano os brasileiros gastam mais de 500 milhões de dólares em artigos espíritas. No entanto, 80% dos que freqüentam terreiros no Brasil são católicos batizados que também vão à Missa. Já que alguns clérigos praticam o espiritismo, muitas pessoas religiosas acham que isso é aceitável a Deus. Mas será que é? POR QUE A BÍBLIA DESAPROVA A PRÁTICA DO ESPIRITISMO

8 Se lhe ensinaram que algumas formas de espiritismo são meios de contatar espíritos bons, talvez fique surpreso ao aprender o que a Bíblia diz sobre o espiritismo. O povo de Jeová foi alertado: “Não vos vireis para médiuns espíritas e não consulteis prognosticadores profissionais de eventos, de modo a vos tornardes impuros por eles.” (Levítico 19:31; 20:6, 27) O livro bíblico de Revelação adverte-nos de que ‘os que praticam o espiritismo’ acabarão no “lago que queima com fogo e enxofre. Este significa a segunda morte [morte eterna]”. (Revelação 21:8; 22:15) Todas as formas de espiritismo são desaprovadas por Jeová Deus. (Deuteronômio 18:10-12) Por quê? 9 Jeová enviou espíritos bons, ou anjos justos, para comunicar-se com alguns seres humanos antes de a Bíblia ser concluída. Desde que foi terminada, a Palavra de Deus dá aos seres humanos a orientação de que necessitam para servir a Jeová de modo aceitável. (2 Timóteo 3:16, 17; Hebreus 1:1, 2) Ele não passa por alto sua Palavra sagrada dando mensagens a médiuns. Todas essas mensagens atuais do mundo dos espíritos vêm de espíritos iníquos. A prática do espiritismo pode levar ao molestamento às mãos dos demônios ou até à possessão demoníaca. Portanto, Deus amorosamente nos adverte de que não nos devemos envolver em nenhuma prática espírita. (Deuteronômio 18:14; Gálatas 5:19-21) Além disso, se continuarmos a praticar o espiritismo depois de sabermos qual é o conceito de Jeová sobre isso, estaremos tomando o lado dos espíritos iníquos, rebeldes, e seremos inimigos de Deus. — 1 Samuel 15:23; 1 Crônicas 10:13, 14; Salmo 5:4. 10 Uma forma muito comum de espiritismo é a adivinhação — tentar descobrir o futuro ou o desconhecido com a ajuda dos espíritos. Algumas formas de adivinhação são a astrologia, a bola de cristal, a interpretação de sonhos, a quiromancia e ver a sorte com as cartas do tarô. Muitas pessoas encaram a adivinhação como passatempo inofensivo, mas a Bíblia mostra que os adivinhos e os espíritos iníquos andam de mãos dadas. Por exemplo, Atos 16:16-19 menciona um “demônio de adivinhação” que habilitava uma moça a praticar “a arte do vaticínio [adivinhação]”. No entanto, sua habilidade de predizer o futuro foi perdida quando o demônio foi expulso. É óbvio que a adivinhação é um chamariz usado pelos demônios para atrair as pessoas para sua armadilha. 11 Se você estiver chorando a morte de um familiar amado ou de um amigo achegado, poderá ser facilmente engodado por outro chamariz. Um médium espírita talvez lhe dê informações especiais ou fale com uma voz que se parece com a do falecido. Cuidado! Tentar comunicar-se com os mortos leva a uma armadilha. Por quê? Porque os mortos não

falam. Como sem dúvida se lembra, a Palavra de Deus diz claramente que na morte a pessoa “volta ao seu solo; neste dia perecem deveras os seus pensamentos”. Os mortos “não estão cônscios de absolutamente nada”. (Salmo 146:4; Eclesiastes 9:5, 10) Além disso, na verdade os demônios é que imitam a voz do falecido e dão ao médium espírita informações sobre essa pessoa. (1 Samuel 28:3-19) Portanto, quem ‘consulta os mortos’ é enlaçado pelos espíritos iníquos e age contrário à vontade de Jeová Deus. — Deuteronômio 18:11, 12; Isaías 8:19. DEPOIS DE ATRAÍREM, ELES ATACAM 12 Ao acatar os conselhos da Palavra de Deus sobre o espiritismo, você rejeita o chamariz dos demônios. (Note Salmo 141:9, 10; Romanos 12:9.) Será que isso significa que os espíritos iníquos param de tentar capturá-lo? Absolutamente não! Depois de tentar Jesus três vezes, Satanás “retirou-se dele até outra ocasião conveniente”. (Lucas 4:13) Semelhantemente, os espíritos obstinados não só atraem as pessoas, mas também as atacam. 13 Lembre-se do que já consideramos sobre o ataque de Satanás a Jó, um servo de Deus. O Diabo causou a perda de seus rebanhos e a morte da maioria dos seus servos. Satanás chegou mesmo a matar os filhos de Jó. A seguir, ele feriu o próprio Jó com uma doença dolorosa, mas Jó manteve a integridade a Deus e foi muito abençoado. (Jó 1:7-19; 2:7, 8; 42:12) Desde então, os demônios às vezes fazem com que as pessoas fiquem mudas ou cegas e continuam a deleitar-se no sofrimento dos seres humanos. (Mateus 9:32, 33; 12:22; Marcos 5:2-5) Hoje, há relatórios que mostram que os demônios molestam sexualmente a algumas pessoas e levam outras à loucura. Eles incitam outras pessoas a cometer assassinatos ou suicídio, que são pecados contra Deus. (Deuteronômio 5:17; 1 João 3:15) No entanto, milhares de pessoas que já estiveram enlaçadas pelos espíritos iníquos conseguiram libertar-se. Como conseguiram isso? Dando passos muito importantes. COMO OPOR-SE AOS ESPÍRITOS INÍQUOS 14 Qual é uma maneira de opor-se aos espíritos iníquos e proteger a si mesmo e a sua família das armadilhas deles? Os cristãos do primeiro século, em Éfeso, que praticavam o espiritismo antes de se tornar cristãos tomaram uma atitude. Lemos que “um número considerável dos que haviam praticado artes mágicas trouxeram os seus livros e os queimaram diante de todos”. (Atos 19:19) Mesmo que você não pratique o espiritismo, livre-se de tudo que seja usado no espiritismo ou que tenha implicações com o espiritismo. Isso inclui livros, revistas, vídeos, pôsters, gravações musicais e objetos usados para fins espíritas. Estão incluídos também ídolos, amuletos e outras coisas

usadas para dar proteção, e presentes recebidos de praticantes do espiritismo. (Deuteronômio 7:25, 26; 1 Coríntios 10:21) Para ilustrar: um casal na Tailândia há muito tempo era molestado pelos demônios. Daí, eles se livraram de objetos relacionados com o espiritismo. Com que resultado? Ficaram livres dos ataques demoníacos e depois fizeram progresso espiritual. 15 Para a pessoa se opor aos espíritos iníquos, outro passo necessário é aplicar o conselho do apóstolo Paulo de revestir-se da armadura espiritual completa que Deus dá. (Efésios 6:11-17) Os cristãos precisam fortalecer suas defesas contra os espíritos iníquos. O que está incluído nesse passo? “Acima de tudo”, disse Paulo, “tomai o grande escudo da fé, com que podereis apagar todos os projéteis ardentes do iníquo”. De fato, quanto mais forte sua fé, maior será sua habilidade de opor-se às forças espirituais iníquas. — Mateus 17:14-20. 16 Como poderá fortalecer a fé? Continuando a estudar a Bíblia e a aplicar seus conselhos em sua vida. A força da fé depende muito do grau de firmeza de seu alicerce — o conhecimento sobre Deus. Não concorda que o conhecimento exato que você já assimilou e levou a sério ao estudar a Bíblia edificou sua fé? (Romanos 10:10, 17) Portanto, não há dúvida de que, à medida que você continuar esse estudo e criar o hábito de pesquisar a Bíblia, sua fé será fortalecida ainda mais. (Romanos 1:11, 12; Colossenses 2:6, 7) Isso será uma poderosa proteção contra os ataques dos demônios. — 1 João 5:5. 17 Que outros passos poderá tomar a pessoa que está decidida a oporse às forças espirituais iníquas? Os cristãos efésios precisavam de proteção porque viviam numa cidade infestada de demonismo. Assim, Paulo lhes disse: ‘Em todas as ocasiões, fazei orações em espírito.’ (Efésios 6:18) Já que vivemos num mundo infestado de demônios, é essencial que oremos intensamente pedindo a proteção de Deus para resistir aos espíritos iníquos. (Mateus 6:13) A ajuda espiritual e as orações dos Irmãos designados na congregação cristã são úteis para isso. — Tiago 5:13-15. CONTINUE SUA LUTA CONTRA OS ESPÍRITOS INÍQUOS 18 Mesmo depois de darem esses passos básicos, porém, algumas pessoas são molestadas pelos espíritos iníquos. Por exemplo, um homem na Costa do Marfim estudava a Bíblia e destruiu todos os seus amuletos. Depois disso, ele progrediu espiritualmente, dedicou a vida a Deus e foi batizado. Mas uma semana depois do batismo, os demônios começaram a molestá-lo de novo, e vozes lhe mandavam abandonar sua nova fé. Se isso acontecesse com você, será que seria indício de que teria perdido a proteção de Deus? Não necessariamente.

19 Embora Jesus Cristo, um homem perfeito, tivesse a proteção de Deus, ele ouviu a voz da criatura espiritual iníqua chamada de Satanás, o Diabo. Jesus mostrou o que fazer num caso assim. Ele disse ao Diabo: “Vai-te, Satanás!” (Mateus 4:3-10) Como ele, você deve negar-se a ouvir vozes do mundo dos espíritos. Oponha-se aos espíritos iníquos invocando a ajuda de Deus. Ore em voz alta usando o nome de Deus. Provérbios 18:10 diz: “O nome de Deus (Veja o nome de Deus) é uma torre forte. O justo corre para dentro dela e recebe proteção.” Aquele cristão na Costa do Marfim fez isso, e os espíritos iníquos pararam de molestá-lo. — Salmo 124:8; 145:18. 20 Deus permite que os espíritos iníquos continuem a existir, mas ele mostra seu poder, especialmente a favor do Seu povo, e Seu nome está sendo declarado em toda a Terra. (Êxodo 9:16) Se você permanecer achegado a Deus, não precisará temer os espíritos iníquos. (Números 23:21, 23; Tiago 4:7, 8; 2 Pedro 2:9) O poder desses espíritos é limitado. Eles foram punidos nos dias de Noé, foram expulsos do céu há pouco tempo e agora aguardam a execução da sentença divina. (Judas 6; Revelação 12:9; 20:1-3, 7-10, 14) De fato, eles têm pavor de sua vindoura destruição. (Tiago 2:19) Portanto, quer os espíritos iníquos tentem atraí-lo com algum tipo de chamariz quer o ataquem de alguma outra forma, você poderá opor-se a eles. (2 Coríntios 2:11) Repila toda forma de espiritismo, aplique os conselhos da Palavra de Deus e procure a aprovação de Deus (Veja o nome de Deus). Faça isso sem demora, porque sua vida depende de você opor-se às forças espirituais iníquas! Fonte: Ferramentas pessoais de Estudo Arranjo: Jhero

WWW.SAIBATANANET.BLOGSPOT.COM.BR

Interesses relacionados