P. 1
AULA - 03 - Geografia Do Brasil - Clima Do Brasil

AULA - 03 - Geografia Do Brasil - Clima Do Brasil

4.42

|Views: 7.408|Likes:
Aula de Geografia do Brasil, Climas... elaborada pelo professor Jakes Paulo.
Aula de Geografia do Brasil, Climas... elaborada pelo professor Jakes Paulo.

More info:

Published by: Jakes Paulo Félix dos Santos on Feb 27, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/17/2013

pdf

text

original

Geografia do Brasil

Professor: Jakes Paulo
– Climas do Brasil –

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

CLIMA

Pode-se definir clima como o comportamento da atmosfera ao longo do ano, constante em um ponto qualquer da superfície da Terra.

Sucessão habitual dos tipos de tempo em determinado local do espaço terrestre. Para definir o clima de uma região, utilizam-se, sobretudo, as médias de temperatura, precipitação e umidade do ar.
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

TEMPO

É o estado da atmosfera em determinado momento.

Clima não pode ser confundido com Tempo. Por exemplo: se dizemos que o dia ontem estava quente, estamos nos referindo ao tempo. Mas, se dissermos que na Amazônia o tempo é quente e úmido o ano inteiro, estamos nos referindo ao clima da região.
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Elementos do clima 1 – Temperatura 2 – Umidade 3 – Pressão atmosférica 4 – Ventos*
* Derivado das pressões, da rotação e da coriolia Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

1 - Temperatura
- É o estado ou grau de frio ou de calor de um corpo ou lugar. - A temperatura média à superfície é de 14º C, variando entre cerca de -60º C e +45º C.

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

2 - Umidade
- Corresponde à quantidade de vapor de água que encontramos na atmosfera.
Umidade relativa =umidade relativa ao ponto de saturação (4%) de vapor de água na atmosfera. Capacidade máxima de retenção de vapor de água na atmosfera = 4% de vapor (valor absoluto) ou 100% (valor relativo). Ex.: 60% de umidade relativa = 2,4% de vapor em termos absolutos

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

3 - Pressão atmosférica
O peso que exerce sobre nós a totalidade da atmosfera denomina-se pressão atmosférica.
O barômetro é o instrumento usado para medir a pressão atmosférica.

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

3 - Pressão atmosférica
MAIOR altitude = MENOR pressão atmosférica MAIOR latitude = MAIOR pressão atmosférica Ar quente = leve = sobe = diminui a pressão Ar frio = denso = desce = aumenta a pressão

REGIÕES MAIS QUENTES (equatorial) = o ar se dilata e se torna mais leve = BAIXA PRESSÃO ATMOSFÉRICA. REGIÕES MAIS FRIAS (próximas aos pólos) = o frio contrai o ar que se torna mais denso = MAIOR PRESSÃO ATMOSFÉRICA
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

4 - Ventos
Vento = diferenças de aquecimento entre superfícies + das diferenças na pressão

O movimento do ar que decorre da diferença de pressão = VENTO

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Fatores dos Climas do Brasil
POSIÇÃO GEOGRÁFICA
O Brasil ocupa uma área de 8,5 milhões de km². Desse total, cerca de 90% está localizada entre os trópicos de Câncer e Capricórnio. Daí o termo país tropical. Algumas características do clima tropical estão presentes em grande parte do território brasileiro: temperatura média elevada, muita chuva durante o ano e formações vegetais típicas, como florestas fechadas e cerrados. Isso não quer dizer que o clima do Brasil é uniforme.
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

POSIÇÃO GEOGRÁFICA

Essa área inclui a parte da Terra onde o sol alcança um ponto diretamente acima pelo menos uma vez durante o ano solar (ao norte do Trópico de Câncer e ao sul do Trópico de Capricórnio o sol nunca alcança um azimute de 90°ou uma posição diretamente acima).

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Influência geográfica
Muitos fatores geográficos determinam o clima do Brasil. Entre os principais, estão a altitude (quanto mais alto, mais frio), o relevo (quanto mais plano o terreno, mais fácil é a passagem dos ventos), a cobertura vegetal (quanto mais ampla, maior é a umidade) e a latitude (quanto mais longe da linha do Equador, menor é a temperatura). Alguns cientistas afirmam que até mesmo as atividades humanas são capazes de modificar o clima.

BRASIL: Físico

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Massas de Ar Um dos fatores mais decisivos na caracterização do clima de uma dada região é a atuação das massas de ar, pois “emprestam” suas características ao tempo e ao clima dos lugares por onde circulam. A origem quanto às zonas climáticas determinará a temperatura das massas, assim, as que se formarem na zona polar serão frias e as das zonas tropical e equatorial, serão quentes. Da mesma forma, a origem oceânica ou continental irá determinar sua umidade que poderá, entretanto, variar com o deslocamento da massa por sobre regiões de umidade distinta.
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Massas de Ar
Massa Equatorial Contineltal (mEc)
É uma massa quente e instável originada na Amazônia Ocidental, que atua sobre todas as regiões do país. Apesar de continental é uma massa úmida, em razão da presença de rios caudalosos e da intensa transpiração da massa vegetal da Amazônia, região em que provoca chuvas abundantes e quase diárias, principalmente no verão e no outono. No verão, avança para o interior do país provocando as “chuvas de verão”.
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Massas de Ar
Massa Equatorial Atlântica (mEa)

É quente, úmida e originária do Atlântico Norte (próximo à Ilha de Açores). Atua nas regiões litorânes do Norte do Nordeste, principalmente no verão e na primavera, sendo também formadoras dos ventos alísios de nordeste.
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Massas de Ar
Massa Tropical Atlântica (mTa)
Origina-se no Oceano Atlântico e atua na faixa litorânea do Nordeste ao Sul do país. Quente e úmida, provoca as chuvas frontais de inverno na região Nordeste a partir do seu enconttro com a Massa Polar Atlântica e as chuvas de relevo nos litorais sul e sudeste, a partir do choque com a Serra do Mar. Também é formadora dos ventos alísios de sudeste.
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Massas de Ar
Massa Tropical Continental (mTc)

Originada na Depressão do Chaco, é quente e seca e atua basicamente em sua área de origem, causando longos períodos quentes e secos no sul da região Centro-oeste e no interior das regiões Sul e Sudeste.

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Massas de Ar
Massa Polar Atlântica (mPa) Forma-se no Oceano Atlântico sul (próximo à Patagônia), sendo fria e úmida e atuando subretudo no inverno no litoral nordestino (causa chuvas frontais), nos estados sulinos (causa queda de temperatura e geadas) e na Amazônia Ocidental (causa fenômeno da friagem, queda brusca na temperatura).
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

Massas de Ar

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

CLIMA EQUATORIAL
Domina a região amazônica e se caracteriza por temperaturas médias entre 24º C e 26º C e amplitude térmica anual (diferença entre a máxima e a mínima registrada durante um ano) de até 3º C. As chuvas são abundantes (mais de 2.500 mm/ano) e regulares, causadas pela ação da massa equatorial continental. No inverno, a região pode receber frentes frias originárias da massa polar atlântica. Elas são as responsáveis pelo fenômeno da friagem, a queda brusca na temperatura, que pode chegar a 10º C.
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

CLIMA TROPICAL TÍPICO É um clima semi-úmido, que possui invernos secos e verões chuvosos e abrange a região central do país (Minas Gerais e Goiás, parte de São Paulo, Mato Grosso do Sul, parte da Bahia, do Maranhão, do Piauí e do Ceará). No verão, a principal influência é da Massa Equatorial Continental e Tropical Atlântica (causam as chuvas de verão).
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

CLIMA TROPICAL DE ALTITUDE

Típico das regiões serranas do Espírito Santo, Rio de Janeiro e Serra da Mantiqueira, que se diferencia por apresentar apresentar verões mais brandos e invernos mais rigorosos, além e ser mais chuvoso.

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

CLIMA TROPICAL ATLÂNTICO OU LITORÂNEO ÚMIDO
Manifesta-se no litoral do Nordeste e do Sudeste, sendo controlado pela Massa Tropical Atlântica, que causa no verão as chamadas chuvas orográficas ou de relevo, ao chocar-se com as serras do Planalto Atlântico (Chapada da Borborema, Serras do Mar, da Mantiqueira, etc.). No litoral nordestino, há concentração de chuvas no outono e no inverno, em razão do choque da Massa Polar Atlântica (mais intensa nesta época) com a Tropical Atlântica.
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

CLIMA SEMI-ÁRIDO
Manifesta-se no Sertão do Nordeste e no norte de Minas Gerais e é marcado pela atuação irregular das massas de ar. As massas que atingem o Sertão Nordestino são de origem úmida ( principalmente a Tropical Atlântica e a Equatorial Continental), mas descarregam sua umidade antes de atingir a região, como ocorre ao se chocarem contra a Chapada da Borborema. A pouca atuação de ventos, também em razão de fatores como o relevo, contribui para as elevadas temperaturas (médias térmicas em torno de 28ºC). É também caracterizado pela escassez de chuvas, apresentando os menores índices pluviométricos anuais do mundo (menores que 1.000 mm).
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

CLIMA SUBTROPICAL ÚMIDO É típico da região Sul do país em é marcado pela distinção clara entre as estações do ano, com chuvas bem distribuídas. É influenciado principalmente pela Massa Tropical Atlântica , mas os invernos, relativamente rigorosos, são marcados pela penetração na Massa Polar Atlântica, que também causa geadas e até mesmo neve ao propiciar quedas de temperatura.
Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

Geografia do Brasil – Climas do Brasil

http://pre-vestibular.arteblog.com.br/17524/ATMOSFERA-FATORES-DO-CLIMA-EDOMINIOS-CLIMATICOS/

http://www.portaltosabendo.com.br/index.php/assuntos_quentes/visualizar/climas-dobrasil-e-a-dinamica-das-massas-de-ar.wsa

Professor Jakes Paulo – jakespaulo@gmail.com

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->