Você está na página 1de 16

0,25€

Editorial

Destaques Depois de um 1º número


que foi apreciado por muita
gente, cá estamos com o nº2
que desejamos que seja do
vosso agrado. Alguns dos
leitores criticaram o preço

Novos Espaços no Jornal


elevado do JB! Procurando
corresponder às suas
expectativas, reduzimos o
preço… Aproveitamos para

Críticas com direito a Respostas na página 9


informar que a venda do 1º
número rendeu 32.80€ que
foram de imediato investidos
na compra da “Trilogia Shrek”
– obra célebre do filme de

Curiosidades na página 10
animação, em falta na nossa
BE…
Neste
procurámos
segundo
melhorar
n.º
as
secções do jornal, de acordo
com os artigos e notícias que
os nossos colaboradores
Na página 3, não deixes de ler os relatos dos pequeninos que enviam; gostaríamos também
de criar uma secção de
foram a Lisboa assistir à peça de teatro “A Estrela” no teatro “Críticas com direito a
resposta”; cá ficamos à espera
Politeama, em encenação de Filipe La Feria. Esta peça é uma das vossas ideias para o
próximo número! Como
adaptação do conto de Verg lio Ferreira publicado em 1972 no novidade temos ainda a
participação dos meninos mais
novo volume de contos intitulado “Apenas Homens”. novos dos Jardins de Infância
do Agrupamento. Sejam bem-
vindos!
Está para breve a
consulta do JB on-line, através

De que cor é a água?


da nossa página na NET
(http://bealmodovar.no.sapo.
pt).
A Equipa da BE agradece
Na página 10 podes encontrar a resposta. a colaboração de todos os que
contribuíram para este número
e faz votos de que os seus
leitores tenham passado um
Bom Carnaval!

Participa
Só precisas de entregar os teus trabalhos na BE ou enviá-los para o e-mail do Jornal.
A Coordenadora da BE da
EB23S – Dr. João de Brito
Camacho
Professora Ana Prata
Trabalhos dos Mais Novos
Vim para Almodôvar,
Amigos não me faltam.
Sempre feliz,
Caminho maravilhado,
Olhando e contemplando as planícies.

Aos meus amigos


David, Guilherme, Henrique e Tiago
Ofereço este poema.
Rindo, brincando e estudando,
Almodôvar fica mais fácil.

O tempo passa rápido!

Carnaval é divertido!
As máscaras são engraçadas,
Marco Dias Riem-se todos com os palhaços,
Ninguém fica de fora.
Adoro o Carnaval que
Adriana 3º E Vai e vem.
Assim é o ciclo dele.
Longos desfiles, muita alegria!

Alguns poetas começam assim… (Vasco Lobarinhas Henriques 6ºC)


O Natal é amor
As crianças merecem prendas, afecto Os anjos estão a cantar
carinho e um lar. E Jesus a amar
Todas merecem ser felizes, Tudo a cantar!
Não as quero prejudicar!
Quero SAÚDE e PAZ (André 5ºC)
neste dia de NATAL.
Quero que não lhes façam mal, Paz, Amor e Alegria
e tenham tratamento igual. é o que te quero dar
se quiseres mais alguma coisa
(Marina Gonçalves 6ºC) é só ligar.
Natal
(Mário 6º B)
Depois do advento
Vem o nascimento Que o brilho do Natal
Por isso se diz ilumine todos os teus dias do ano
É Natal, é Natal… com a mesma intensidade
Jesus nasceu em Belém, do Natal
Mas que bem, mas que bem… de amor, paz e sabedoria.
A todos trouxe luz
E a ti também. (Beatriz Afonso 5ºB)
Presépio armado
Com figuras e figurinhas,
A todos traz luz, O AMOR é o principal,
Oferecida pelas estrelinhas. Neste mundo, onde nem tudo é
igual!
(João Vicente, Valéria Colaço, Velas a acender, luzes a brilhar,
Vítor Henrique – 5ºA) Pessoas a correr,
Para os presentes não perder.
No dia que se aproxima No Natal, o amor é da família,
Árvore de Natal construída pelos
o Natal vamos comemorar Porque estamos todos em
alunos do 2º ciclo com as
com quem temos muita estima harmonia!
professoras de EVT e decorada
no calor do nosso lar. Hoje é Natal, mas quando será
com poemas de Natal dos alunos
para todos?
do 2º ciclo no âmbito da
(Catarina 6ºA) disciplina de Língua Portuguesa.
(alunos do 5º D)

2
A NOSSA VISITA DE ESTUDO A LISBOA Visita de estudo a Lisboa

Na Sexta-Feira fomos a Lisboa ver um teatro. Primeiro fomos Fomos para Lisboa de autocarro, e vimos o Cristo Rei com
à Torre de Belém ouvir uma história: era de uma viagem de os braços abertos.
barco antigo, com velas. Quando chegámos a Lisboa, passámos por um túnel e
fomos para a Torre de Belém. Passámos por uma ponte, mas
quando chegámos à Torre era tarde e os piratas tinham ido
almoçar no seu barco de piratas, mas as senhoras contaram-nos
uma história do Capitão Pirata Mau Mau e a sua tripulação. Os
meninos colocaram algumas coisas na história, eram laranjas,
jóias, muitas coisas.
Na parte da tarde, fomos ao Teatro Politeama e assistimos
à peça “A Estrela”. Um menino chamado Pedro roubou a estrela
mais brilhante do céu, mas durante o dia não brilhava, parecia de
Gostámos de ver a Torre de Belém pequenina. lata, só durante a noite é que ela brilhava.
Depois fomos ver o teatro “A Estrela”. Era um menino que O Sr. Governo tentou culpar o Pedro de todas as coisas
queria uma estrela brilhante. más. O Pedro ouviu os conselhos da mãe, subiu pela torre da
Ele foi acima do galo da torre da igreja e foi buscar a estrela igreja e voltou a colocar a estrela no céu.
do céu.
Ele guardou-a debaixo da cama. No céu ficou um buraco.
A mãe foi mexer na estrela e queimou a mão.
As pessoas queriam outra vez a estrela no céu e o menino
teve que ir lá pô-la outra vez…
(Jardim de Infância
No fim era tudo um sonho e ele dançou com uma menina, a
estrelinha, no céu… de Gomes Aires)

Jardim de Infância de Almodôvar


(Jardim de Infância
Carnaval
de Almodôvar
Sala dos Gatinhos Carnaval, Carnaval Carnaval, Carnavalito
Educadora Luci Rocha) Despe a roupa Veste um vestido
E veste o jornal. De palhacito.

Carnaval, Carnavalinho Carnaval, Carnavalana


Põe a máscara Anda brincar
E veste o vestidinho. Com os meninos da Semblana.

Carnaval, Carnavalão (Jardim de Infância da Semblana:


Visita a Lisboa Brinca um pouco Luana, Lara, José, Nelson, Carolina,
Com o João. Ivan, Rafael e Diogo.)
Fomos a Lisboa, ao Mosteiro dos
Jerónimos e ao teatro. Ficámos a saber Lemos o “Poema Pial” e tal como o poeta,
que no Mosteiro viviam, há muitos anos, brincámos com as palavras.
100 Jerónimos. Os Jerónimos eram
padres e rezavam, estudavam e “Quem tem os pés a ferver Forno número nove
pescavam no lago do jardim do mosteiro. Em fornos quentes os deve meter” Para quem mal ouve.
Rapavam o cabelo no alto da cabeça.
Forno número um Forno número dez
Andámos nas escadas secretas Para quem acorda em jejum. Para quem não pára com os pés.
por onde os Jerónimos iam assistir à
missa. No fim fizemos jogos que foram Forno número dois E como os pés já não estão a ferver
divertidos. Para quem anda aos trambolhões. Larga isso e vem correr!!!
No teatro havia uma estrela que foi
roubada por um menino que se chamava Forno número três Trabalhámos poesia e fizemos
Pedro. Havia também o velho ferum fum Para quem come sushi que é rimas com os nossos nomes:
felho que era engraçado. comida de chinês.
A Adriana vai passear com a mana.
Gostámos muito do teatro.
Forno número quatro A Alexandra Martins anda de patins.
Para quem come arroz de pato. A Alexandra Rãu babe cacau.
(Jardim de Infância de Almodôvar – Sala O André mora na rua de S. Barnabé.
das Pombas) Forno número cinco O António toca harmónio.
Para quem não fecha o trinco. A Beatriz partiu o nariz.
O Bernardo é amigo do Leonardo.
Forno número seis O Bruno andou no carro do Nuno.
Para quem come bolos-reis. A Catarina não gosta de tangerina.
O Cristiano já anda cá há mais de um ano.
Forno número sete A Fabiana tem uma amiga que é cigana.
Para quem vai comprar um babete. O Gonçalo anda de cavalo.

Forno número oito (EB1 Almodôvar – 3º ano – Turma D)


Para quem toma banho com um biscoito.
3
Ainda o Natal
Resultados do concurso “ Carta ao Pai Natal”
Premiados: Dirijam-se à BE, para verem
as cartas vencedoras.
Maria Alexandra Pepe Silva – 2ºC
Artur Rodrigues Brás e Xavier Rodrigues Brás – 3ºE
Telma Fernandes Mateus – 4ºF
Poderiam concorrer a este concurso os alunos do segundo, terceiro e quarto
anos. O mesmo foi divulgado através de folhetos, nas Bibliotecas do Agrupamento,
assim como aos alunos nas salas de aula.
Foi entregue um prémio por ano de escolaridade. No terceiro ano abriu-se
uma excepção e foram entregues dois prémios, pois tornou-se difícil escolher entre
o trabalho dos gémeos Artur e Xavier. Optou-se por premiar os dois.

Obrigado pela participação de todos aqueles que concorreram.


Esperamos pela vossa participação nos próximos concursos!
A equipa da BE/CRE
Lucília Barôa

Festa de Natal

No dia 14 de Dezembro, realizou-se a primeira festa de


Natal do Agrupamento de Escolas. Ao toque do maestro
Anacleto Pinho, os alunos do Pré-escolar, 1º ciclo e 2º ciclo
entoaram cânticos de Natal e dramatizaram peças de teatro
alusivas à quadra natalícia, que encantaram os espectadores.
Em seguida, os alunos confraternizaram num almoço
convívio, que a todos deliciou…
A organização agradece a colaboração de toda a
comunidade educativa.
(Professora Maria José)

Vencedores do Concurso de postais de Natal


no âmbito da disciplina de Inglês – 2º ciclo

1º prémio – Joana Paulino 5ºA


2º prémio – Daniel Dias 6ºC
3º prémio – Carolina Reis 6ºC

4
Notícias da Escola
Desde o passado dia 22 de Janeiro, 3ª feira, que se encontra em
funcionamento o G. A. J. A., ou seja, o Gabinete para o Apoio ao Jovem
Adolescente, na sala A3.

Neste espaço está disponível informação variada sob a forma de cartazes,


panfletos, autocolantes sobre temas relacionados com a Saúde, nomeadamente a
Saúde Sexual e Reprodutiva. Além desta informação, dentro do horário que se
segue, estão disponíveis enfermeiras, assistentes sociais e professoras para te
ajudar no que for preciso.

É mais um espaço para ti,


promovido pela escola e pelo Centro de Saúde!!

3ª feira 5º feira
9h30m – 12h30m Dra Rosário Assist. Social Ana Carvalhais
Enf. Lucinda Jorge
14h – 17h Enf. Angela
Prof. Ana Cristina Duarte

Concurso
O G.A.J.A. precisa de um logótipo… um símbolo que o identifique!
Ajuda-nos…

Envia o teu ou os teus trabalhos para gab-adolescente@hotmail.com ou


entrega-os à Prof. Ana Cristina Duarte até à data limite de 5 de Março.

Podes fazer como quiseres, inclusive formato digital.


Sê criativo!

(Professora Ana Cristina Duarte)

Ainda o S. Martinho Concurso de marcadores


No que concerne à festa de S. Martinho é de
Foi com grande entusiasmo que os alunos mais novos
referir que a organização da mesma esteve a
participaram, no 1º período, no concurso de marcadores.
cargo de todo o Departamento de
Foi muito difícil atribuir os prémios, pois a adesão foi
Expressões. Desde os contactos
enorme. Os marcadores eram muitos e bonitos. A frase “Ler é...”
estabelecidos com a Associação de
ou “Poesia é...” também contribuiu bastante para a atribuição dos
Cavaleiros pelo professor Vítor Saleiro, ao
prémios. Estes são os marcadores vencedores:
responsável pelo som, o professor Anacleto
Pinho; à decoração de todos os espaços
pelas professoras Alice Varela, Antónia
Godinho, Ivone Pragana e Cristina
Camacho; bem como o cartaz e desdobrável
elaborado pelo professor Rui Louro; aos
jogos tradicionais que estiveram a cargo dos
professores Silvério Peixeiro, João Nobre,
Sílvia Gonçalves, Cristina Teixeira e Jaime
Lima. Agradece-se a colaboração de todos.

(Departamento de Expressões)

5
Concurso de Fotografias de Presépios
Este concurso, para grande desgosto do JB, teve apenas a participação de três concorrentes:

A - Presépio Vivo
Realizado durante a Festa de Natal,
no Polivalente da Escola.

Foto de: Diogo Nunes 5ºA

B - Projecto “Presépio Iluminado”


Realizado no âmbito da disciplina Físico-
Química, Módulo Circuitos eléctricos.
Turma 11ºC Técnicos de Gestão de
Equipamento Informático.

Foto de: Professora Amélia L. Barbosa

C - Presépio da Igreja de
Corte Figueira Mendonça
Realizado pelos alunos da catequese.

Foto de: Vitor Gregório 10ºB

Os Pequeninos Sugerem
O Gigante Ego sta
Esta belíssima obra é recomendada
para o 3ºano de escolaridade, destinada a
leitura orientada na sala de aula.
O autor, Oscar Wilde, quer transmitir- Jennifer Regatia
nos que algo de maravilhoso pode acontecer, 3ºAno
se aprendermos a partilhar. Segundo a sinopse
feita pelo Plano Nacional de Leitura, quer o
autor lembrar-nos “ (….) que só através do
Amor e da Partilha podemos alcançar a
felicidade e fazermos com que a Primavera
chegue a todos os corações, criando o Paraíso
na Terra.” *

O Gigante foi sempre uma personagem


que encantou e continua a encantar as nossas
crianças. A propósito, aqui vão algumas Inês Colaço
ilustrações concretizadas a partir do conto “O 3ºAno
Gigante Egoísta”.
(*Citação retirada do PNL)
6
(BE/CRE – 1º Ciclo e Jardim-de-infância)
Notícias da Biblioteca
Últimas aquisições Números da BE
A Equipa da BE, através das Professoras Durante o 1º período:
Solange e Eduarda, registou a Escola no Plano
Nacional de Leitura (PNL) que nos enviou 1000€ Emprestámos 551 livros;
para a compra de livros para os jovens do 2º ciclo e Fizemos 1.305 fotocópias (este nº inclui impressão e
de outros anos que gostem de os ler. Aqui vão os digitalização de textos ou imagens);
títulos: Os nossos utentes tiraram das prateleiras cerca de 370
livros para consulta na Sala de Leitura;
 Os Mais Belos Contos de Grimm * Nas nossas instalações foram leccionadas 22 aulas.
 As Viagens de Gulliver *
 Contos Exemplares * A Coordenadora
 Um homem com um garfo numa terra Prof. Ana Prata
de sopas *
 Trisavó de pistola à cinta *
 A Fada Oriana *
 A Árvore * A Feira do Livro...
 A Floresta *
 Ulisses * As duas Bibliotecas Escolares do Agrupamento
 O Ouro das Fadas receberam 13 novos livros, no valor aproximado de 100 €,
em resultado das vendas efectuadas durante a Feira. O
 Filosofia para Principiantes acordo com a empresa Divulgação, que este ano enviou
 Kafka para Principiantes os livros, previa que 10% do valor das vendas efectuadas
 Descartes para Principiantes durante a Feira seriam entregues à Escola em … livros!
 O Capitalismo para Principiantes Por razões alheias à nossa vontade, os livros
 35 Quilos de Esperança apresentados nem sempre corresponderam ao que muitas
 Casting pessoas esperavam: tivemos menos livros e menos
 O meu Primeiro Beijo e Outros Traumas variedade de títulos, faltaram as novidades. No entanto, o
balanço final é francamente positivo, pois vendemos 130
* existem 12 exemplares de cada título para livros e a Feira decorreu como estava programado pelos
poderem ser lidos nas aulas de Língua Portuguesa. Professores do Departamento de Línguas e pelas Equipas
das duas Bibliotecas. Ficámos com vontade de fazer
BOAS LEITURAS ! outra, com mais livros, lá mais para o final do ano! Será
A Coordenadora da Equipa da BE que vale a pena?

Pela Organização da Feira do Livro


Prof. Ana Prata

O Quiosque
Alguns alunos da turma D, do 10º ano,
fizeram o projecto do quiosque que vai
funcionar, brevemente, no Polivalente. A
construção está a ser orientada pela
directora da turma, a professora Salomé
Henriques, para ser levado a efeito o seu
funcionamento, em finais de Fevereiro, pelas
professoras Eduarda Martins e Solange de
Sousa.
Sempre que quiseres ler um jornal ou
uma revista, dirige-te ao quiosque e satisfaz
a tua curiosidade.

(Fotografias de Ana Sofia Correia)


7
Lucros do 1º Jornal Colaboradores da BE
O preço do Jornal não foi colocado por acaso! Com Para além dos membros da Equipa, a
os lucros do primeiro jornal, aproveitámos para adquirir a BE conta com a valiosa e imprescindível
Trilogia Shrek, a série de animação de maior sucesso no colaboração de: Vitor Gregório, aluno do
mundo (de acordo com o Livro do Guinness), que faltava 10ºB para a edição do JB; Prof. Ana Cristina
na colecção de filmes da nossa Biblioteca. Duarte e Prof. Olga Melo na construção da
Os lucros dos próximos números serão igualmente página da BE; Prof. João Paulo na
utilizados para a aquisição de novos títulos para a BE. informatização do catálogo; Prof. Raquel
Forca no projecto do Plano Nacional de
Leitura (PNL) e no BELL (No próximo
Podes agora requisitar número vamos apresentar os Repórteres).
um destes filmes. Aceitamos mais colaboradores.
Apareçam!
Vais divertir-te imenso.
A Coordenadora da BE
(BE – Almodôvar)

AVISO
A quem possa interessar, informa-se que na BE existe um serviço de apoio a professores e alunos que
facilita a procura de livros nas estantes! Fazemos listas de títulos de livros relacionados com um
assunto/tema desde que solicitadas pelo menos com uma semana de antecedência.
Pela Equipa da BE
Prof. Ana Prata

Cantinho da História
Curiosidades de Carnaval Curiosidades de S. Valentim
Quando pensamos na comemoração do Carnaval A tradição do dia de S. Valentim chegou mais tarde ao
lembramo-nos imediatamente do Brasil onde esta nosso país e não se sabe muito bem de onde foi importado.
tradição é muito forte e preparada durante todo o ano. Os namorados, em Portugal, procuraram apoio junto dos
De facto, neste país o Carnaval é espectacular apesar santos casamenteiros, como Santo António, que faziam
da tradição do Norte do Brasil ser mais forte do que no milagres de Amor. No dia 13 de Junho, os noivos trocavam
Sul. A preparação dos desfiles é feita com a presença entre si, vasos de manjerico com mensagens de amor e as
de clubes e escolas de samba locais. “solteironas” pediam ao Santo ajuda para arranjar marido.
Mas para além do Brasil, a comemoração do Outros santos eram S. Pedro, preferido pelas viúvas e S. João,
Carnaval assume também grande espectacularidade na preferido pelas mulheres mais velhas.
cidade de Veneza, em Itália, edificada em 451. Aqui Houve povos como os Vikings que iniciaram esta tradição
intervinham, nas festas populares de quinta-feira gorda, muito cedo. Com a chegada de Primavera, faziam pequenas
as mais variadas personagens, como os embaixadores. peças de madeira, arranjos de flores e outros objectos para as
A data era celebrada com a imolação de um amadas.
touro, o voo de um homem preso por um cabo e fogo Ao desembarcarem na Normandia, os guerreiros
de artifício. Durante a República, as comemorações propagaram a tradição.
eram assunto de Estado porque faziam entrar muito No império Romano, o dia 14 de Fevereiro foi escolhido
ouro, o que significava uma boa receita. O Carnaval para seleccionar o nome das “donzelas” que teriam a protecção
constituía uma forma de reforçar as intenções dos “príncipes. Os jovens teriam que oferecer, durante o resto
democráticas na sociedade que estava dominada pela do ano, pequenos presentes.
aristocracia. As máscaras aparecem pela primeira vez Os ingleses dizem que este dia teve origem numa festa
em Veneza em 1295 e como não se conseguia pagã dedicada à adoração de Juno, a deusa protectora dos
conhecer as pessoas, também não se sabia se eram casamentos e guardiã da vida das mulheres.
ricas ou pobres o que permitia uma aproximação entre Este culto foi extinto pelos cristãos e decidiram dedicá-lo
elas. ao jovem mártir Valentim.
Desde o século XIV, o Carnaval foi acolhido pelos Hoje em dia, este dia tem sido muito aproveitado para
teatros e casas particulares com festas para todos. A fins comerciais.
liberdade era fundamental. Os trajes eram muito belos, Esperamos que seja aproveitado pelos jovens para
de múltiplas cores e luxuosos. reflectir sobre a importância do Amor versus Guerra e Ódio.

8 (Adaptação do texto original por Solange Sousa) (Adaptação do texto original por Solange Sousa)
Cantinho da Astronomia
Sopa Espacial
Tenta descobrir na “sopa” os nomes das figuras, tendo em conta que estão
escritos em todas as direcções.

M I V G A D O F C E E N
A E T C A L O A I V S U
O N A E E P T U L A E C
P A O L R A I C L D D Z
Lua – Saturno – Asteróides – Meteoros U R N P U R A N O O I J
Júpiter – Cometa – Via Láctea – Terra A D R A V L A O O A O S
T J U P I T E R R I R A
E R T A S E R R L B E T
M A A Z X A S I J R T I
Soluções na página 14 O A S O R O E T E M S A
C A R O N I T R B V A H
E I Z C A U L T F G N Q
(Clube da Astronomia)

Críticas com direito a Respostas


A Feira do Livro
No passado mês de Dezembro, entre os dias 10 e 14, decorreu a feira do livro, já
habitual na nossa escola.
A Feira do Livro surge-nos como a possibilidade de comprarmos os “tão esperados”
livros, a preços mais acessíveis. Todavia este ano isso não foi possível, pelo menos para a
maioria dos interessados. Esta ocorrência ficou a dever-se ao facto do stock de livros ser
muito limitado, sem grande diversidade e voltado para as crianças, que não têm um
interesse tão grande pela literatura, tal como os adolescentes e os adultos têm.
E porque tudo o que acontece tem uma razão, contactei a responsável pela feira, a
professora Ana Prata.
A professora justificou o sucedido, afirmando que este se devia ao facto da editora
com que a escola habitualmente trabalhava, a Bertrand, já não realizar feiras do livro nas
escolas, sendo por isso obrigada a contactar outra editora.
A editora que se disponibilizou foi a Caminho Divulgação, contudo esta não se
mostrou tão boa como a outra editora, enviando apenas livros repetidos e sem interesse, o
que contribuiu para um fracasso da feira.
Apesar de tudo, ficou a promessa de que a feira do próximo ano lectivo será melhor.
E assim o esperamos com muita ansiedade…

(Ana Sofia Correia, 10ºB)

Podem encontrar a resposta a esta crítica à Feira do Livro, na página 7

Para participares nesta secção, basta entregares uma crítica sobre qualquer assunto
que te desagrade na escola, no país, no mundo. Essa crítica será publicada
juntamente com uma resposta. Podes esclarecer muitas das tuas dúvidas!
9
Curiosidades
2008 – Ano Internacional do Planeta Terra
Dias Especiais Ano Internacional da Batata
Ano Europeu do Diálogo Intercultural
Fevereiro
2 Dia Internacional das Zonas Húmidas 14 Dia de São Valentim
3 Dia Nacional da Universidade Católica 16 Dia do Repórter
7 Dia do Gráfico 19 Dia do Desportista
10 Dia do Atleta Profissional 21 Dia Internacional da Língua Materna
11 Dia Mundial do Doente 22 Dia Europeu da Vítima do Crime

Aguardente de Medronho
De que cor é a água? A aguardente de medronho é um
factor essencial para a economia
A resposta comum é que a água não tem cor; é da nossa região. Estando
“límpida” ou “transparente” e que o mar só parece azul devido conscientes desta importância,
ao reflexo do céu. resolvemos estudar este produto
Errado. Na verdade, a água é azul. É um tom na disciplina de Área de
incrivelmente ténue, mas é azul. Isto pode verificar-se na Projecto.
natureza, quando se olha para dentro de um buraco profundo Ao longo da nossa pesquisa, fomos também realizando
na neve, ou através do gelo espesso de uma queda de água outras actividades, como visitas de estudo, para nos
congelada. Se pegasse numa piscina muito grande e ajudarem a entender melhor o processo de fabrico desta
profunda, a enchesse de água e olhasse mesmo para o fundo, aguardente.
a água seria azul. A aguardente de medronho é feita a partir da destilação de
Este ténue tom azul não explica porque é que, por um fruto designado medronho, proveniente do medronheiro
vezes, a água tem um aspecto incrivelmente azul quando Arbustus unedo L. O medronho, depois de ser devidamente
olhamos para ela, em vez de através dela. A cor reflectida pelo apanhado, é colocado em bidões para fermentar. Passado
céu tem, obviamente, um importante papel. O mar não tem um algum tempo é destilado, dando origem ao que chamamos
aspecto particularmente azul num dia nublado. de aguardente de medronho.
Mas nem toda a luz que vemos é reflectida da superfície
da água; alguma dela vem debaixo da superfície. Quanto mais (As alunas do 12ºA)
impura for a água, mais cor reflecte.
Em corpos grandes de água tais como mares e lagos, a Sabias que
água geralmente contém uma elevada concentração de
plantas microscópicas e de algas. Os rios e as lagoas têm
uma elevada concentração de terra e outros sólidos em Os amendoins são um ingrediente da dinamite?
suspensão.
Todas essas partículas reflectem e espalham a luz Os abutres grifo voam tão alto que chegam a chocar
quando esta regressa à superfície, criando uma enorme com aviões a 11.250 metros?
variação nas cores que vemos. Isto explica o facto de, por
vezes, vermos o Mar Mediterrâneo com um tom verde Se contarmos sem parar todo o dia, levamos 310688
brilhante sob um céu azul claro. anos para chegar a um trilião?

(Retirado de “O Livro da Ignorância Geral” Em algumas cidades do Arizona é proibido por lei usar
de John Lloyd e John Mitchinson) suspensórios?

Um espirro pode sair da nossa boca a 160 km/h?

A origem da Marmelada Inglesa Os ossos das coxas do ser humano são mais sólidos
do que betão?
Estávamos no séc. XVIII, no pequeno pátio da Catedral
Um casal de ratazanas chega a ter 15.000 crias num
de Sevilha, a segunda maior do mundo, famosa pela sua
ano?
enorme Giralda. O pátio, mais concretamente o Jardin de los
Naranjos, era muito apreciado pelas suas odoradas
As pessoas sonham cerca de 1.460 vezes por ano?
laranjeiras em flor. Por aqui passeava um comerciante inglês
que ficara encantado com tal beleza. Decidira, então,
O voo mais longo da história das galinhas durou treze
comprar três dúzias de cestas de laranjas à igreja de Sevilha
segundos?
e levá-las para a sua terra natal, Londres. Já nas terras de
Sua Majestade, o comerciante provou as laranjas concluindo
Uma vaca dá cerca de 200.000 copos de leite durante
que estas eram amaríssimas, a ponto de fazer os olhos
a sua vida?
chorar. Resolveu aproveitar os frutos para confeccionar
geleia. E se bem o pensou, melhor o fez. Adicionou quilos, e
Usam-se impressões de focinho em vez de digitais
quilos e quilos de açúcar de forma a tornar a geleia tragável.
para identificar os cães?
Desta forma, nasceu a típica MARMELADA DE LARANJA
INGLESA, um doce amargo, mas tão apreciado dentro e fora
O músculo mais forte do corpo humano é a língua?
de Inglaterra.
Se multiplicar-mos 111.111.111 por 111.111.111, vai
(Prof. Olga Faria e
dar o resultado interessante de 12345678987654321?
Prof. Ana Cristina Pereira)
10 (Vitor Gregório 10ºB)
Cinema
Estreias nacionais em Fevereiro:
Dia 7:
Dia 21:
 No Vale de Elah (In the Valley of Elah)
 Tráfico, Bem-vindo à América  Dan in Real Life
 Uma Caloira. Sete Paspalhões  I Know Who Kill Me
(Sydney White)  Michael Clayton - Uma Questão
 Vista Pela Última Vez... (Gone Baby de Consciência (Michael Clayton)
Gone)  Juno
 John Rambo  Opium

Dia 14: Dia 28:

 Haverá Sangue (There Will Be Blood)  Diário de Uma Nanny (Nanny Diaries)
 Contra Investigação (Contre-Enquete)  Este País Não é Para Velhos (No
 O Menino de Cabul (Kite Runner) Country for Old Men)
 P.S., I Love You  Mad Money
 Flight of the Red Baloon  Penelope
 Jumper  Acordado (Awake)
 Os Falsificadores (The Counterfeiters)  Garage
 Persépolis  Seda (Silk)
 Three Times

Sugestões:
Para os mais NOVOS:

Shrek o Terceiro

“Prepara-te para o Terceiro – o maior conto de fadas nunca antes contado regressa
agora com uma hilariante comédia de proporções “realescas”. Quando o seu sogro começa
a coachar, Shrek embarca numa tumultuosa aventura com o Burro e o Gato das Botas para
encontrar o herdeiro por direito ao trono. As personagens favoritas de todos estão de volta,
juntamente com o desorientado mágico Merlin, um Artur muito estranho, um poderoso gang
de princesas e uma mão cheia de surpresas. Só Srek nos conta um conto onde todos vivem
a rir para sempre!”
(Recomendado pela funcionária Augusta Guerreiro)

Para os mais VELHOS:

O Fiel Jardineiro

“Numa zona remota do norte do Quénia, a brilhante activista Tessa Quayle (Rachel
Weisz) é encontrada brutalmente assassinada. O seu companheiro de viagem, um médico
local, desapareceu. Tudo indica tratar-se de um crime passional. Os membros do alto
comissariado Britânico em Nairobi partem do princípio de que o seu colega Justin Quayle
(Ralph Fiennes), o marido te Tessa, pacato diplomata sem ambições, deixará o assunto ao
cuidado deles. Não podiam estar mais enganados… Assombrado pelo remorso e revoltado
com rumores sobre as infidelidades da sua mulher, Justin embarca numa perigosa odisseia
sem fim para limpar o nome de Tessa; a odisseia em busca da verdade que revelará uma
conspiração a nível global.
Baseado num best-seller de John Le Carré, O Fiel Jardineiro e um poderoso e
comovente thriller sobre o amor e a busca da verdade; um filme do galardoado realizador
Fernando Meirelles Cidade de Deus.”
(Recomendado pela funcionária Augusta Guerreiro) 11
Passatempos
Vê lá se Adivinhas:

1 – À volta de uma palma,


Estão cinco irmãozinhos.
Quatro são muito elegantes,
Só um é que é gordinho.
Quem são?

2- Eis um animal singular


Sem cabeça nem pescoço.
Que é por dentro todo carne
E por fora todo osso?

3- Qual é a coisa, qual é ela


Que está no meio do mar
E no fim da Terra?

4- O que viaja pelo mundo


Sempre num cantinho?

5 – Pode ser castanho, preto


Ou branco. De várias formas
E tamanhos. Sou muito docinho.
Quem sou?

(Afonso Silva 4º F)

Soluções na página 14

Carnaval para colorir:

Soluções na Página 14 (Funcionária Nélia Guerreiro)

12
Rir é o Melhor Remédio
Anedotas
Definições:
Um anão entrou num bar, foi ao
balcão e disse a saltar: Burro – É um animal que chumbou no exame.
- Quero um sumo! Quero um sumo! Bofetada – É uma carícia de alta velocidade.
Mas ninguém o via. Então decidiu ir Sede – É a fome líquida.
ao outro lado do balcão. Vaca – É um animal que está sempre a mascar pastilhas elásticas.
Aí estava outro anão a saltar e a Boi – É um animal que dá carne de vaca quando é vendido no talho.
dizer:
Coragem – Arte de ter medo sem que os outros notem.
- Fresco ou natural? Fresco ou
natural? Cozinheiro – O primeiro a comer a melhor comida e ainda lhe pagam por isso.
(Gonçalo Camões Dias 4º F) Crânio – Caixa de ferramentas do pensamento.
Dentista – O homem que sabe manter os outros com a boca aberta e que se alimenta
Na rua, dois garotos batem um no com os dentes alheios.
outro. Passa uma senhora que Eco – O telefone da natureza.
interrompe a briga, dizendo ao mais Evolucionismo – Teoria que nunca explicou porque é que o homem degenera tantas
velho: vezes em burro.
- Isso não é bonito. Não te Casamento feliz – O de um homem surdo com uma mulher muda.
ensinaram no catecismo que
Publicidade – A mentira que se vende e paga cara.
devemos amar os nossos inimigos?
- Mas este não é meu inimigo; é Ribeiro – Rio após uma cura de emagrecimento.
meu irmão! Vento – Ar quando está com pressa.

Juiz: - É casado? (Adaptado da revista Cruzada)


Réu: - Sim, senhor.
Juiz: - Com prole?
Réu: - Não senhor, com Catarina!
Qual é o cúmulo do azar?
Juiz: - Não é isso. Pergunto se tem
filhos?
Qual é o cúmulo... Comprar todas as lotarias e suspenderem o
Réu: - Ah, sim senhor Juiz! Tenho sorteio.
dois prolos e uma prola! Qual é o cúmulo para uma manicura?
Perder o comboio por uma unha negra.
- Tome lá um euro. Mas não vá
gastá-lo na primeira taberna! -
afirmou uma senhora cuidadosa.
- Vejo que a senhora é entendida
nestas coisas. Dão muito melhor
vinho na segunda do que na
Qual é o cúmulo da força?
primeira taberna!... É dobrar uma moeda, até que a cara deite a
Qual é o cúmulo para um pastor? língua de fora.
- O Silva teve muita sorte! Casou Adormecer a contar carneiros.
com uma mulher tão económica que
até no dia do casamento
levou uma panela.
- para quê?
- Para apanhar o arroz que lhe
atiravam.
Qual é o cúmulo da ignorância?
Um passageiro, querendo fazer-se Qual é o cúmulo para um livro? È não usar clipes, por não trazerem manual
de esperto, aproxima-se de um Caírem-lhe as folhas no Outono. de instruções.
padre no comboio, com ares
trocistas e diz:
- Reverendo, grande notícia!
Morreu o diabo!
O padre tira uma moeda do
bolso e diz: - Tome lá, sempre
tive pena dos órfãos! Qual é o cúmulo para um aspirador? Qual é o cúmulo da estupidez?
Ter alergia ao pó. É vender o televisor para comprar um leitor de
- Afinal, já aceitas a teoria da DVD.
reencarnação?
- Aceito, mas tenho medo de
quando morrer reencarnar num
burro velho!...
- Outra vez?...

(Adaptado da revista Cruzada) (Adaptado do livro As Minhas Piadas


Favoritas) 13
Soluções Mini-Sudoku: Sopa Espacial:

Adivinhas: 1 2 4 3 A E T C A L A IV S
E E
1- Os dedos 3 4 2 1 O
N
R
R
D
I
2- O caranguejo
3- A letra “A” 2 3 1 4 A R
T J U P I T
A
E R
O
R
4- O selo
5- O chocolate 4 1 3 2 E
M
T
A
E
T
O S O R O E T E M S
C A
A U L

Cantinho da Natureza
Animal em destaque:
Rafeiro Alentejano
E um cão de grande corpulência, forte, rústico, sóbrio, calmo e discreto de dia, mas alerta
durante a noite, amigo e protector das crianças, distinto, inteligente e digno.

"Excelente guarda das herdades e quintas do Alentejo, é, também, um cão de guarda de


rebanhos de muito préstimo; menos vigilante durante o dia, mas agressivo para com os
desconhecidos "
(Retirado do Estalão Oficial da Raça)

Macho Fêmea Cachorro


(Adaptado de http://www.rafeiroalentejo.info)

Planta em destaque:
Esteva (Cistus ladanifer L.)
É um arbusto perene de crescimento rápido, que pode atingir alturas de 2.5 m.

As folhas são inteiras, compridas e estreitas alcançando 10 cm de comprimento e


1.5 cm de largura. As folhas não possuem pêlos na página superior, mas estão
cobertas de pêlos estrelados na inferior. Quando são jovens, estão fortemente
impregnadas de uma substância pegajosa, denominada ládano, que tem um
aspecto brilhante e se cola às mãos e roupa.

As flores são solitárias e grandes, podendo ter 10 cm de diâmetro. Possuem 3


sépalas e 5 pétalas de cor branca, podendo ter por vezes uma coloração púrpura na
sua base.
14 (Adaptado de http://www.naturlink.pt)
Sugestões de Leitura
Para os mais NOVOS:
Título: O Planeta Branco
Autor: Miguel Sousa Tavares
Editora: Oficina do Livro
Género: Infantil
Tema: O Planeta Branco é um livro para os mais novos que retrata a viagem da nave Ítaca-3000 até ao planeta
Branco, situado no Terceiro Sistema Solar. Alerta as crianças de uma forma subtil para os problemas mais actuais,
como por exemplo o aquecimento global, a falta de água potável no nosso planeta e as formas que temos para
solucionar esses problemas. É um livro educativo e muito interessante, até mesmo fora da faixa etária para o qual é
directamente indicado.
(Rita Miranda 10ºA)
Título: Um Artista Chamado Duque
Autor: Ilse Losa
Editora: Edições Asa
Género: Infantil
Tema: Um artista chamado duque é uma história bonita que nos remete para a inocência da infância e para os
sonhos das crianças. Remete-nos a uma época diferente da actual mas que valoriza a simplicidade da vida nessa
altura, prestigiando de uma forma envolvente os direitos dos animais e o respeito que lhes devemos. De uma forma
muito suave, à boa maneira dos contos tradicionais passados de boca em boca e com a moral característica, ajuda-
nos a voltar atrás, a crescer com as pequenas coisas da vida. A não perder.
(Rita Miranda 10ºA)
Título: Trisavó de pistola à cinta e outras histórias
Autora: Alice Vieira
Editora: Caminho
Género: Histórias
Tema: “Um conjunto de dez histórias muito diferentes umas das outras. Histórias desde nosso tempo de famílias
complicadas, de programas de televisão que nos prometem felicidade para sempre, de avós trazidos para a grande
cidade e que morrem de saudades das árvores do quintal, de heroínas familiares que, de repente, se descobre não
terem sido tão heróicas como isso, e de heróis para quem a escola se resume a meia dúzia de palavras bué da
complicadas. Mas também histórias de um tempo em que se dançava a valsa a preceito e as meninas tinham nomes
de pedras preciosas.”

Título: As Viagens de Gulliver de Jonathan Swift


Autora: Luísa Ducla Soares
Editora: Civilização
Género: Peça de Teatro
Tema: “Baseada num clássico da literatura universal – As Viagens de Gulliver –, esta história permite que as crianças
desenvolvam a imaginação à medida que vão sendo obrigadas a mudar de perspectiva, tal como o herói o vai
fazendo consoante as características do reino que visita (anões, gigantes, cavalos) antes de chegar a Lisboa.”

Para os mais VELHOS:


Título: O Tempo dos Amores Perfeitos
Autor: Tiago Rebelo
Editora: Editorial Presença
Género: Romance
Tema: O Tempo Dos Amores é uma típica história de amor passada no final do século XIX, numa das mais
importantes colónias portuguesas, Angola. Retrata pormenorizadamente a vida aristocrática das famílias lisboetas de
alta sociedade dessa altura. A cultura, os valores e a rigidez dos tempos que se fazem sentir durante todo o livro
tornam-se deliciosos, quando beliscados pelas extensas passagens capazes de levar o leitor a viver o amor entre o
Muxabata (Guerreiro Invencível) Carlos Montanha e Leonor de Carvalho, a filha do Governador-Geral de Malange,
uma província angolana que respira as paisagens tórridas da savana africana. Uma viagem apaixonante ao coração
do inóspito continente perdido onde não se pode perder pitada…

(Rita Miranda 10ºA)


Título: Um homem com um garfo numa terra de sopas
Autor: Jordi Sierra i Fabra
Editora: Âmbar
Género: Romance
Tema: “ Um célebre fotógrafo, galardoado com um importante prémio pela arrepiante imagem de uma matança de
indígenas em Chiapas (México), suicida-se inexplicavelmente. O irmão mais novo, Isaac, estudante de jornalismo,
interroga-se sobre os motivos dessa morte em pleno êxito, e decide averiguar as possíveis razões da mesma. A
investigação irá conduzi-lo ao coração do conflito, a Selva Lacandona, onde a verdade… ameaçará a sua própria
vida.”

15
Cantinho Verde
O Compromisso Mundial:
O tratado sobre as alterações climáticas foi adoptado na Cimeira da Terra, realizada no Rio de Janeiro, em 1992. O resultado
deste tratado foi a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas em que se adopta o objectivo de “conseguir
a estabilização das concentrações de gases com efeito de estufa na atmosfera a um nível que evite uma interferência antropogénica
perigosa com o sistema climático”. A Convenção reconhece que é um documento “quadro”, isto é, um texto que precisa de ser
alterado ou desenvolvido com o tempo para que os esforços para fazer face ao aquecimento atmosférico e às alterações climáticas
possam ser orientados melhor e ter melhor eficácia; mas tem o grave problema de não ser de cumprimento obrigatório. Por esse
motivo, 1997, os governos acordaram incorporar um aditamento ao tratado, denominado Protocolo de Quioto, que conta com
medidas mais enérgicas e juridicamente vinculativas.
Os países signatários deste documento comprometem-se a que as suas “emissões antropogénicas agregadas, expressas em
equivalentes de dióxido de carbono, dos gases de efeito de estufa… se reduzam pelo menos 5% relativamente aos níveis de 1990”
no período de compromisso de 2008 a 20012. O Protocolo dá um período de adaptação aos países signatários, que terminou no ano
de 2005, durante o qual estes tiveram de demonstrar um progresso concreto no cumprimento dos compromissos assumidos. Foi
nesse ano que o Protocolo entrou em vigor.
No total, 84 países assinaram o Protocolo de Quioto, mas muitos hesitavam em dar esse passo antes de terem uma ideia
clara sobre as sanções envolvidas. A nova ronda de negociações culminou nos acordos de Marraquexe, em 2001. Com a adesão de
Rússia ao Protocolo, em 2004, o acordo pode ser ratificado, pois tal exigia a assinatura de pelo menos 55% dos países (um
objectivo que veio a ser ultrapassado), que, por sua vez, deveria representar 55% das emissões mundiais.
O compromisso foi alcançado. A pressão de muitos governos e a consciencialização dos cidadãos começam a dar frutos. Mas
isso não é suficiente. As soluções para evitar alterações climáticas bruscas implicam não só a actuação dos governos mas também
a de todos os cidadãos.
(Retirado de “National Geographic – Agenda Verde 2008)
Ambiente
Os Animais em O degelo dos glaciares
Eu gosto muito do ambiente e ter
extinção não está a afectar apenas
vindo para Almodôvar foi uma forma de
as zonas polares. Os
ficar mais ligado a ele.
Alguns animais glaciares alpinos da
Dantes nunca tinha visto estas
estão em extinção Europa sofreram também
planícies gigantes que tem o Alentejo.
Por causa da poluição. retrocessos muito
Acho-as muito bonitas e se alguém as
significativos nas últimas
queimasse, Portugal perderia parte do seu
Temos de os proteger, décadas.
património natural.
não os queremos perder.
Mas o ambiente tem vindo a ser
muito poluído, especialmente pelos
A desflorestação,
homens, que somos nós.
a poluição.
Para que o ambiente não fique A erosão das costas
poluído, devemos ter alguns cuidados, tais devido à subida do
O Homem
como, evitar deitar lixo para o chão, nível do mar é uma
caça sem pensar.
reciclar (ou seja, papel no azul, plástico e realidade no litoral
Onde é que este mundo
metal no amarelo, vidro no verde, pilhas britânico, como em
vai parar?
no pilhão, óleo no oleão…), não andar Happisburg
tanto de carro, andar mais a pé, de (Inglaterra).
O Lince Ibérico,
bicicleta ou em transportes públicos,
as Focas Monge
reduzir o consumo de água, de papel e
estão em extinção,
muitas coisas mais. Se eu quisesse dizer
por causa da poluição
tudo, nunca mais saía daqui!
e da desflorestação. Ficha Técnica
Espero que as pessoas ponham a
Temos de os proteger
mão na consciência e pensem que se Título: Jornal da Biblioteca
não os queremos perder.
destruírem o ambiente, também estão a Data: Fevereiro / 2008
destruir a Terra e a eles próprios. Publicação: 2.ª
(Lia Santos 5º D)
Direcção: Ana Prata
(Vasco Lobarinhas Henriques nº19 – 6ºC) Revisão: Solange Sousa e Eduarda Martins
Edição: Vitor Gregório 10º B
Estabelecimento de ensino: EB23S
Dr. João de Brito Camacho
Podes consultar todos os Jornais, a cores, em: Agrupamento de Escolas de Almodôvar
E-mail: jornaldabiblioteca@gmail.com
Tiragem: 150ex
http://bealmodovar.no.sapo.pt Preço: 0.25€
Página: http://bealmodovar.no.sapo.pt

Podes enviar os teus trabalhos, queixas Não te esqueças de colocar no “Assunto”,


e sugestões, para o e-mail: se o teu e-mail é um trabalho, uma queixa
ou uma sugestão, para que possamos
16 jornaldabiblioteca@gmail.com identificá-los mais rapidamente.

Interesses relacionados