P. 1
Exames clínicos dos pares cranianos - Monografia

Exames clínicos dos pares cranianos - Monografia

1.0

|Views: 10.724|Likes:
Publicado porLuciano Reciputti
Anatomia + Exame clínico dos pares cranianos
Anatomia + Exame clínico dos pares cranianos

More info:

Published by: Luciano Reciputti on Sep 17, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/09/2015

pdf

text

original

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS

Exames Clínicos dos Pares
Cranianos

Janduy Souza
Juliana A. Chile
Jurraine Herculano
Kim Costa Barros
Luciano Reciputti
Nathalia Vétere

Turma 1

RIO DE JANEIRO

2010

EXAMES CLÍNICOS DOS PARES
CRANIANOS

Monografia apresentada junto ao Curso de
Medicina da Universidade do Estado do Rio de Janeiro,
Departamento de Anatomia, como requisito
parcial à aprovação na disciplina do
referido departamento.

Orientadora: Danielle Martins

RIO DE JANEIRO

2

2010

EXAME CLÍNICO DOS PARES
CRANIANOS

Monografia apresentada junto ao Curso de
Medicina da Universidade Estadual do Rio de Janeiro,
Departamento de Anatomia, como requisito
parcial à aprovação na disciplina do
referido departamento.

AVALIADORES

________________________________
Professor Geraldo de Oliveira Júnior e Professor Luciano A. Favorito
Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Rio de Janeiro, 16 de setembro de 2010.

3

RESUMO

Esse trabalho tem por objetivo descrever os principais exames clínicos
realizados no cotidiano médico para avaliar os nervos cranianos, com especial
destaque para a anatomia dos mesmos. Espera-se assim demonstrar a importância
do conhecimento anatômico a cerca dessas estruturas para realizar um diagnóstico
clínico mais preciso e consciente.
Além disso, é relevante reforçar a importância de uma boa prática clínica para
evitar a utilização desnecessária e custosa de recursos tecnológicos.
Para tanto, utilizou-se a literatura médica e publicações do meio acadêmico
como meio de pesquisa e aquisição de conhecimento. Espera-se, dessa forma, que
o tema seja plenamente explanado e que suas questões sejam bem esclarecidas até
o final desse trabalho.

4

ABSTRACT

This study aims to describe the main clinical exams realized in the medical
daily routine to evaluate the cranial nerves, with special focus on their anatomy. It is
hoped to demonstrate the importance of the anatomical knowledge concerning this
structures to give a precise and conscious diagnoses.
Besides, it is relevante to emphasize the importance of a good clinical practice
to avoid unnecessary and expensive use of technological resources.
For this, we used the medical literature and as a mean of research and
knowledge acquisition. It is hoped, therefore, that the topic is fully explained and that
their issues are very clear by the end of this paper.

5

SUMÁRIO
1. Introdução..............................................................................................................08
2. Desenvolvimento....................................................................................................09
2.1 Os nervos cranianos..................................................................................09
2.2 Componentes funcionais dos nervos cranianos........................................10
2.3. Anatomia e trajeto dos nervos cranianos.................................................11
2.3.1 Nervo Olfatório (NC I).....................................................................11
2.3.2 Nervo Óptico (NC II).......................................................................12
2.3.3 Nervo Oculomotor (NC III)..............................................................17
2.3.4 Nervo Troclear (NC IV)...................................................................18
2.3.5 Nervo Trigêmeo (NC V)..................................................................19
2.3.6 Nervo Abducente (NC VI)...............................................................22
2.3.7 Nervo Facial (NC VII.......................................................................22
2.3.8 Nervo Vestibulococlear (NC VIII)....................................................24
2.3.9 Nervo Glossofaríngeo (NC IX)........................................................27
2.3.10 Nervo Vago (NC X).......................................................................29
2.3.11 Nervo Acessório (NC XI)..............................................................34
2.3.12 Nervo Hipoglosso (NC XII)...........................................................35
3. Exames clínicos dos nervos cranianos..................................................................36
3.1 Nervo Olfatório (NC I)........................................................................36
3.2 Nervo Óptico (NC II) .........................................................................36
3.3 Nervos Oculomotor (NC III), Troclear (NC IV) e Abducente (NC
VI)............................................................................................................49
3.4 Nervo Trigêmeo (NC V) ....................................................................50
3.5 Nervo Facial (NC VII) .......................................................................52
3.6 Nervo Vestibulococlear (NC VIII) .....................................................56
3.7 Nervos Glossofaríngeo (NC IX) e Vago (NC X) ...............................59
3.8 Nervo Acessório (NC XI) ..................................................................60
3.9 Nervo Hipoglosso (NC XII) ...............................................................61
4. Principais lesões e síndromes dos nervos cranianos............................................63
4.1 Nervo Olfatório (NC I) ......................................................................63

6

4.2 Nervo Óptico (NC II) ........................................................................63
4.3 Nervo Oculomotor (NC III) .............................................................75.
4.4 Nervo Troclear (NC IV) ..................................................................77
4.5 Nervo Trigêmeo (NC V) .................................................................79
4.6 Nervo Abducente (NC VI) ..............................................................80
4.7 Nervo Facial (NC VII) .....................................................................82
4.8 Nervo Vestibulococlear (NC VIII) ...................................................82
4.9 Nervo Glossofaríngeo (NC IX) .......................................................83
4.10 Nervo Vago (NC X) ......................................................................83
4.11 Nervo Acessório (NC XI) ..............................................................84
4.12 Nervo Hipoglosso (NC XII) ...........................................................85
3. Conclusão...........................................................................................................87
4. Bibliografia...........................................................................................................88

7

1. INTRODUÇÃO
Para que o exame clínico seja realizado é necessário que o paciente
disponha de um ambiente apropriado, o que inclui uma luz aconchegante que não
cause desconforto, um ambiente calmo que possibilite a tranquilidade e a
concentração de ambas as partes na hora do exame. É essencial uma boa dinâmica
técnica para a execução dos exames clínicos dos pares de nervos cranianos.

Na anamnese são obtidas informações importantes para a identificação do
paciente, dados específicos para que o diagnóstico seja o mais preciso possível. É
nessa fase que o médico monta sua gama de possibilidades para diagnóstico,
prognóstico e tratamento, bem como a avaliação de quais exames são os mais
adequados no caso daquele paciente específico. Algumas das questões mais
importantes para a avaliação do caso são as relacionadas à freqüência dos sintomas
e ao tempo de instalação ou recorrência do quadro. São pontos que não devem ser
esquecidos, fazendo com que a anamnese se torne mais completa possível.

Instrumentos simples são utilizados para o exame clínico dos pares de nervos
cranianos. Hoje existem outros métodos até mais caros que dispõem de ferramentas
dotadas de tecnologia avançada, porém nos casos estudados esses instrumentos,
apesar de mais simples, são bastante eficazes para o exame e detecção de lesões e
síndromes. A utilização dos instrumentos é abordada mais profundamente em cada
par de nervos cranianos.

8

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->