LÚCIO CAMPOS OLIVEIRA

ADVOGADOS ASSOCIADOS

OAB/MG – 86.966

EXCELENTÍSSIMO SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ(A) DE DIREITO DA 2 ª VARA DE FAMÍLIA DA COMARCA DE IBIRITE.

Processo nº. 0114.08.096.092-4

KAMILI VITOLRIA BATISTA DE SOUZA, neste ato por sua genitora ELISANGELA BATISTA DOS SANTOS, já qualificadas nos autos em epigrafe, vem mui respeitosamente a presença de vossa Excelência por intermédio de seu procuradores in fine assinados, apresentar

IMPUGNAÇÃO A CONTESTAÇÃO

em face de JOSE PATRÍCIO DE SOUZA, nos seguintes termos A Impugnante propôs AÇÃO DE ALIMENTOS em face do Impugnado, requerendo em peça inaugural a obtenção de prestação alimentícia. Há de se ressaltar ainda que o Impugnado é aposentado da Empresa Manesmam, é também proprietário de um bom imóvel urbano onde possui 3 (três) lojas e um barracão alugados, atualmente está vivendo em seu sítio em Itatiaiçu, é também, Empresário do ramo de transportes, possuindo um táxi, auferindo destes serviços, um salário de aproximadamente R$ 4.000,00 (quatro mil reais) liquido por mês, valor este suficiente para prestar alimentos a sua neta, cumprindo, desta forma, com seu dever de avô. Data máxima vênia, em que pesem os argumentos expendidos pelo Impugnado em sua contestação, os mesmos não merecem prosperar, eis que aludidas alegações são infundadas.
1

Rua Alcides Romualdo da Silva, 12 – sala 01 – Tel/Fax (31) 3413.3403 - Bairro Caiçara – Belo Horizonte. CEP: 30.750.340 – email lucio004@yahoo.com.br

65. o Impugnado tenta de todas as formas distorcer a realidade dos fatos para frustrar a sua obrigação. em análise ao documento de fls. senão vejamos: Em análise aos documentos de fls. são documentos embriagadas de veracidade. Eduardo Luiz de Oliveira Souza exerce a função de condutor auxiliar do Serviço Publico de transporte por táxi e não de que é proprietário de um táxi como quer fazer transparecer o Impugnado. tudo que a Representante Legal da Impugnante alegou em sua inicial está comprovado documentalmente. não merece prosperar. Corrobora com o acima afirmado. observa-se ainda. e tem como auxiliares “motoristas do veículo” o seu filho Eduardo Luiz de oliveira Souza e Claudinei de Oliveira Souza e ele próprio conforme faz fé cópia do cadastramento dos motoristas feito junto a BHTRANS (em anexo). 12 – sala 01 – Tel/Fax (31) 3413. possui um salão de beleza alugado. não merecem prosperar.Bairro Caiçara – Belo Horizonte. mas não soube informa aonde. porque não foi feita. saberia que esta não está em condições de suportar sozinha os encargos alimentares por ser manicura e atualmente não ter emprego fixo. o fato de que.966 O Impugnado alega em sua contestação que a genitora da Impugnante.340 – email lucio004@yahoo. Quanto à alegação do Impugnado de que a genitora da Impugnante está ocultando fatos e aduzindo mentiras para criar obrigações para o Impugnado. 20 dos autos informou que é proprietário de um táxi. Sendo assim. pois se trata de inverdade sem nenhuma prova documental de que tal transação fora realizada. aludido veiculo serviria para comprovação de aferimento de renda. 2 Rua Alcides Romualdo da Silva. observa-se ainda que a Impugnante Kamily vem sofrendo sérios problemas de saúde. pois o Impugnado em declarações prestadas na Ata de Audiência de Conciliação às fls. que uma simples alteração do numero de telefone ou mesmo uma anotação feita na lateral do documento não poderá comprometê-lo. É importante salientar que. se soubesse.13 a 16. trazido junto a Inicial pode se verificar com uma clareza solar que a representante legal da Impugnante não esta trabalhando. e ao contrario do que fazer transparecer o procurador da parte ex-adversa. que a genitora da Impugnante encontra-se com dividas no Centro de Educação Infantil Tia Candinha onde esta estuda. Com certeza o Impugnado nada sabe a respeito da vida da mesma. no Bairro castanheira.3403 . Quanto à alegação do procurador da parte ex-adversa de que o Impugnado passara a propriedade do veículo (táxi) que possui para o seu filho Eduardo Luiz de Oliveira Souza.750. Belo Horizonte/MG. Até mesmo.br .com. que se trata de uma declaração dada pela BHTRANS onde informa que: o Sr. o Impugnado JOSE PATRÍCIO DE SOUZA é o proprietário do táxi e permissionário do serviço. visto que. Ocorre que. CEP: 30. alegou ainda que a mesma possui outro serviço.LÚCIO CAMPOS OLIVEIRA ADVOGADOS ASSOCIADOS OAB/MG – 86. trazido junto à contestação pode se verificar.

Tal pedido foi pleiteado de forma indevida.Bairro Caiçara – Belo Horizonte. a obrigação deste é subsidiária e não solidária. que é pessoa pobre e que não reúne condições de suportar as despesas processuais e honorários advocatícios. art.750.966 Mister se faz ressaltar. O Impugnado ainda pleiteia os benefícios da assistência judiciária gratuita. A Impugnante faz jus aos alimentos que deverão ser pagos pelo seu avô. e a presente suficiente para requerer a Vossa Excelência se digne. podendo ser chamados.000. Impugnam-se as alegações feitas pelo Impugnado e os documentos apresentados. Seja acolhida a presente Impugnação. ora Impugnado. conforme o que dispõe o art. Em sendo assim. decretando a improcedência dos benefícios da assistência judiciária . nos termos da lei vigente. impugnar tal pedido.br . 7º da supra citada lei. onde reside atualmente sem necessitar de dispender e onerar seu orçamento mensal. 8º da mesma norma legal. data vênia. EX POTIS.340 – email lucio004@yahoo.3403 . o impugnado é proprietário de um bom imóvel na cidade onde possui 03 (três) lojas alugadas e também proprietário de um imóvel (sitio). que no tocante ao dever de alimentos pelos avós. Termos em que. haja vista que o Impugnado não necessita dos benefícios da assistência judiciária gratuita. 3 Rua Alcides Romualdo da Silva. tendo em vista ser ele aposentado e também empresário do ramo de transportes (proprietário de táxi). Pede e espera Deferimento. percebendo um vencimento em torno de R$4.LÚCIO CAMPOS OLIVEIRA ADVOGADOS ASSOCIADOS OAB/MG – 86. Dessa forma.00 (quatro mil reais) mensais. não evidenciando a atual situação financeira do Impugnado. quando os pais do menor são falecidos e não deixou rendimentos necessários para a sobrevivência. da Lei nº. assim como honorários sem prejuízo próprio ou de sua família. há de ser considerado também que. reque-se de plano a aplicação do art. reiterando assim o pedido da exordial. razão não há para que ele seja beneficiário do § 1º. simplesmente. Destarte. 12 – sala 01 – Tel/Fax (31) 3413. CEP: 30. 1060/50. 4º. quando os seus pais estejam impossibilitados de prestá-los e não dispõem de rendimentos suficientes para tanto ou quando a pensão por eles prestadas está no limite da suportabilidade. alegando.com. valor esse suficiente para arcar com as custas processuais.

750. 23 de Setembro 2008.Bairro Caiçara – Belo Horizonte.340 – email lucio004@yahoo.com.966 Belo horizonte. Lucio campos oliveira OAB/MG. 12 – sala 01 – Tel/Fax (31) 3413. 966 Rua Alcides Romualdo da Silva.br 4 . CEP: 30.LÚCIO CAMPOS OLIVEIRA ADVOGADOS ASSOCIADOS OAB/MG – 86. 86.3403 .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful