Fuzikawa Advogados

EXCELENTÍSSIMA SENHORA DOUTORA MINISTRA NANCY ANDRIGHI DA TERCEIRA TURMA DO COLENDO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PROCESSO: 2009/0100947-0 AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.165.412

Relatora: Ministra NANCY ANDRIGHI

Agravante: Advogado: Agravada: Advogado:

PAULO MOTOMI AOYAGUI E OUTRO JULIO NOBUAKI FUZIKAWA E OUTROS MARIA HELENA PACHECO P. DO NASCIMENTO E SILVA BENTO RICARDO CORCHS DE PINHO E OUTROS

PAULO

MOTOMI

AOYAGUI

e

sua

esposa MARIA FUGIKAWA AOYAGUI, ambos já qualificados nos autos do AGRAVO DE INSTRUMENTO identificado em epígrafe, vêm, respeitosamente e de forma tempestiva, por seu advogado, com fulcro no artigo 545 do Código de Processo Civil e nos artigos 258 e 259 do Regimento Interno do STJ, interpor o presente

AGRAVO REGIMENTAL
, em virtude da Respeitável Decisão Monocrática que decidiu pelo não provimento do presente Agravo de Instrumento, pelos fatos e motivos que passa a expor:

Papel Reciclado

Rua João Adolfo, 300 ± Centro ± Itapetininga/SP ± (15) 3527-6371 Rua Dr. Fernando Costa, 1184 ± Centro ± São Miguel Arcanjo/SP ± (15) 3279-3013 E-mail: fuzikawa.advogados@uol.com.br Página 1 de 5

do dia 01/09/2009. de expressões genéricas. domingo. tempestivo o presente Agravo Interno. 1184 ± Centro ± São Miguel Arcanjo/SP ± (15) 3279-3013 E-mail: fuzikawa. terça-feira. na edição nº 430. feriado nacional. no que se refere à alegação de inexistência de valor líquido a ser executado.Fuzikawa Advogados 1. Rua João Adolfo. exige o reexame de fatos e provas. segunda-feira. 300 ± Centro ± Itapetininga/SP ± (15) 3527-6371 Rua Dr. se utilizando. disponibilizado em 31/08/2009. DA TEMPESTIVIDADE DO AGRAVO INTERNO A decisão que negou provimento ao Instrumento foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico (DJe) do Superior Tribunal de Justiça. O qüinqüídio se dá no dia 06/09/2009. verifica-se na r. Data máxima vênia. não ficou demonstrada de que maneira houve essa ocorrência. decisão recorrida que. DOS FATOS MOTIVADORES DO AGRAVO DE INSTRUMENTO A Respeitável decisão monocrática se baseia na aplicação da Súmula 07 do STJ ao negar provimento ao presente Agravo de Instrumento: Alterar o decidido no acórdão impugnado. apesar da alegada incidência da Súmula 07 do STJ. o próximo dia útil seria 08/09/2009. 2.advogados@uol. Fernando Costa. e.com. sendo 07/09/2009. logo. vedado em recurso especial pela Súmula 7/STJ Insta salientar que apenas o reexame de provas é vedado pela Súmula 07 do STJ: A pretensão de simples reexame de prova não enseja recurso especial . para tanto.br Página 2 de 5 Papel Reciclado .

necessário para o julgamento da presente demanda. Acórdão supra. a não observância desse preceito acaba por abalar a segurança jurídica em nosso sistema processual. sem a qual não seria possível demonstrar a contrariedade à lei federal alegada. que a essa altura. e. impossível verificar qual é o valor de início da execução! Direito civil e processual. Recurso especial. A não prolação da sentença de liquidação arbitrando os valores de início de execução tornará o título judicial eternamente ilíquido. como apontado no V.advogados@uol. de µAFERIÇÃO DE FATO INCONTROVERSO¶.br Página 3 de 5 Papel Reciclado . A própria parte contrária nada dispõe sobre o assunto ao recorrer da decisão de 1ª instância. Liquidação de sentença por arbitramento. Execução. de forma tácita. Penhora. . Inexigibilidade da parte ilíquida. passados 13 (treze) anos da elaboração do laudo pericial de arbitramento. mas sim. já não são mais possíveis.A liquidação de sentença consiste em um processo de conhecimento preparatório ao da execução.com. alegando não poderem mais ser objeto de questionamento. Determinação judicial. Fernando Costa. pois. Constrição que não se justifica. que inexiste sentença de liquidação. Não-ocorrência. não se trata de µREEXAME DE FATOS E PROVAS¶. 300 ± Centro ± Itapetininga/SP ± (15) 3527-6371 Rua Dr.Fuzikawa Advogados É fato incontroverso que não existe sentença de liquidação arbitrando os valores para início da execução. Levantamento da parte líquida. baseando-se na preclusão consumada em relação aos cálculos apresentados por ela própria. Apesar de os AGRAVANTES estarem apresentando fatos ocorridos no processo. Rua João Adolfo. mas concordam. 1184 ± Centro ± São Miguel Arcanjo/SP ± (15) 3279-3013 E-mail: fuzikawa. O único intuito deste Agravo de Instrumento é atestar a correta vigência e/ou negativa de vigência dos artigos do CPC nele mencionados e em nenhum momento se cogitou qualquer tipo de reexame das provas.

O primado da observância das normas que regem o processo de execução. REsp. Data do Julgamento: 09/03/2006.Manter a penhora sobre a parte ilíquida da sentença. Superior Tribunal de Justiça. .u.) 3.n. ocasião em que o título. só poderá ocorrer após o julgamento da liquidação.advogados@uol. ou entendendo que se encontram os fundamentos do artigo 544.A satisfação definitiva e final do crédito. enquanto que a sentença de liquidação lhe adiciona a liquidez e a conseqüente exigibilidade.275/RJ.A sentença proferida no processo de conhecimento confere certeza ao direito do credor. ou parte dela. . imperativo se mostra a liquidação. Nº 758. pela regra de que se faça pelo modo menos gravoso para o devedor (art. for ilíquida. que completa a atividade jurisdicional de conhecimento. Recurso especial conhecido e provido. passível de execução. sem antes tornar o título exigível por meio da liquidação de sentença. do Código de Processo Civil. com a determinação de sua remessa a esse Egrégio e Colendo Superior Tribunal de Justiça para a sua apreciação e julgamento. portanto. DJ. Terceira Turma. §3º. é medida excessivamente onerosa ao devedor. contudo. 300 ± Centro ± Itapetininga/SP ± (15) 3527-6371 Rua Dr. Fernando Costa. DO PEDIDO Diante do exposto. 27/03/2006) . inclusive as preparatórias.O escopo do processo de execução é a busca da satisfação de um crédito. 620 do CPC). Decisão Monocrática dos Autos do Agravo de Instrumento. . admitindo-se o Recurso Especial interposto pelos AGRAVANTES. ocasião em que o título será então revestido de executoriedade e. V.br Página 4 de 5 . (Recurso Especial. notadamente quando a parte líquida já foi levantada pelo credor. . robustece o sistema processual da imprescindível e indeclinável segurança jurídica. (g.Se a condenação que deu origem ao título judicial. poderá ser cobrado na via executória. permeado. então revestido da certeza. em casos tais. requer-se: a) A reconsideração da R.Fuzikawa Advogados . 1184 ± Centro ± São Miguel Arcanjo/SP ± (15) 3279-3013 E-mail: fuzikawa. conhecer do agravo para dar provimento ao próprio Recurso Especial: Papel Reciclado Rua João Adolfo. .com. liquidez e exigibilidade.

que sejam os autos remetidos a julgamento por esse Egrégio Tribunal face a inegável contrariedade/negativa de vigência ao Código de Processo Civil em seus artigos 475-D. Pede deferimento.br Página 5 de 5 . 467 e 473. Em 04 de setembro de 2009. De Itapetininga/SP para Brasília/DF.980 Papel Reciclado Rua João Adolfo. 300 ± Centro ± Itapetininga/SP ± (15) 3527-6371 Rua Dr. Nestes termos.advogados@uol. 245. Data Maxima Venia. Fernando Costa. _______________________ Julio Nobuaki Fuzikawa OAB/SP 212.Fuzikawa Advogados b) Caso não seja esse o entendimento de Vossa Excelência.com. 1184 ± Centro ± São Miguel Arcanjo/SP ± (15) 3279-3013 E-mail: fuzikawa.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful