Você está na página 1de 34

ESCOLA FERREIRA CASTRO

13/14

PROFª SANDRA NASCIMENTO

CONTRIBUTOS PARA O ESTUDO DO INTERIOR DA TERRA

I

-

Como é constituído o interior da Terra?

2

Como é constituído o interior da Terra? 2 Profª Sandra Nascimento
Como é constituído o interior da Terra? 2 Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

Como é constituído o interior da Terra?

3

Como é constituído o interior da Terra? 3  Muitas das antigas ideias acerca da estrutura

Muitas das antigas ideias acerca da estrutura interna da Terra baseavam-se em interpretações fantasiosas de artistas: oca e com grutas no seu interior, habitada por estranhos seres.

fantasiosas de artistas: oca e com grutas no seu interior, habitada por estranhos seres … .
fantasiosas de artistas: oca e com grutas no seu interior, habitada por estranhos seres … .

Profª Sandra Nascimento

Como é constituído o interior da Terra?

4

Como é constituído o interior da Terra? 4  O estudo do interior da Terra é
Como é constituído o interior da Terra? 4  O estudo do interior da Terra é

O estudo do interior da Terra é complexo, devido ao aumento da pressão e temperatura

com a profundidade.

Profª Sandra Nascimento

Como é constituído o interior da Terra?

5

Como é constituído o interior da Terra? 5  O homem apenas conhece uma porção insignificante

O homem apenas conhece uma porção insignificante e superficial do nosso planeta.

A maior perfuração efetuada até 2012, foi na Península de Kola (Ex-

URSS), em 1970. A sonda perfurou a

crusta terrestre até à profundidade de 12262 m.

(Ex- URSS), em 1970. A sonda perfurou a crusta terrestre até à profundidade de 12262 m.

Profª Sandra Nascimento

Como estudar o interior da Terra?

6

Como estudar o interior da Terra? 6  Para estudar o interior da Terra os cientistas

Para estudar o interior da Terra os cientistas apoiam- se em:

Métodos diretos
Métodos diretos
Métodos diretos

Métodos diretos

Métodos diretos
Métodos diretos
Métodos diretos
Métodos diretos
Métodos diretos
Métodos indiretos
Métodos indiretos
Métodos indiretos

Métodos indiretos

Métodos indiretos
Métodos indiretos
Métodos indiretos
Métodos indiretos
Métodos indiretos

Profª Sandra Nascimento

Métodos diretos

7

Métodos diretos 7  Baseiam-se na observação direta dos materiais que constituem a Terra. Observação da

Baseiam-se na observação direta dos materiais que constituem a Terra.

Observação da natureza das paisagens geológicas
Observação da natureza das
paisagens geológicas
Explorações mineiras
Explorações mineiras
Sondagens
Sondagens
das paisagens geológicas Explorações mineiras Sondagens Recolha de materiais emitidos pelos vulcões Profª Sandra

Recolha de materiais emitidos

pelos vulcões

Profª Sandra Nascimento

Métodos diretos

8

Métodos diretos 8  Observação da natureza das paisagens geológicas  As rochas que existem no

Observação da natureza das paisagens geológicas

As rochas que existem no interior da Terra surgem também à superfície.

geológicas  As rochas que existem no interior da Terra surgem também à superfície. Profª Sandra

Profª Sandra Nascimento

Métodos diretos

9

Explorações mineiras

Métodos diretos 9  Explorações mineiras  Permitem conhecer zonas do interior da crosta terrestre. Profª

Permitem conhecer zonas do interior da crosta terrestre.

9  Explorações mineiras  Permitem conhecer zonas do interior da crosta terrestre. Profª Sandra Nascimento
9  Explorações mineiras  Permitem conhecer zonas do interior da crosta terrestre. Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

10

Métodos diretos

Sondagens

10 Métodos diretos  Sondagens  Perfurações efetuadas em locais que chegam a atingir vários quilómetros

Perfurações efetuadas em locais que chegam a atingir vários quilómetros de profundidade permitem obter dados de zonas profundas da crosta terrestre.

TAROLOS
TAROLOS
quilómetros de profundidade permitem obter dados de zonas profundas da crosta terrestre. TAROLOS Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

11

Métodos diretos

Recolha de materiais vindos dos vulcões

diretos  Recolha de materiais vindos dos vulcões  Os materiais, provenientes do interior da Terra,

Os materiais, provenientes do interior da Terra, como por exemplo o magma, podem ser usados para o estudo da sua estrutura.

do interior da Terra, como por exemplo o magma, podem ser usados para o estudo da
do interior da Terra, como por exemplo o magma, podem ser usados para o estudo da

Profª Sandra Nascimento

Métodos diretos

12

Métodos diretos 12 Profª Sandra Nascimento
Métodos diretos 12 Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

13

Como estudar o interior da Terra?

13 Como estudar o interior da Terra?  Todos estes estudos, realizados através de métodos diretos,

Todos estes estudos, realizados através de métodos diretos, embora importantes, fornecem-nos informações

que abrangem apenas uma zona restrita do globo

(cerca de 0,19% do raio da Terra, que é de 6378 km).

abrangem apenas uma zona restrita do globo (cerca de 0,19% do raio da Terra, que é

Profª Sandra Nascimento

14

Como estudar o interior da Terra?

14 Como estudar o interior da Terra? Profª Sandra Nascimento
14 Como estudar o interior da Terra? Profª Sandra Nascimento
14 Como estudar o interior da Terra? Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

Métodos indiretos

15

Métodos indiretos 15  Usam, sobretudo, informação obtida através do estudo das ondas sísmicas, a observação

Usam, sobretudo, informação obtida através do estudo das ondas sísmicas, a observação e análise de corpos meteoríticos e dados fornecidos pelos satélites.

Planetologia e Astrogeologia

e dados fornecidos pelos satélites. Planetologia e Astrogeologia Métodos indiretos Sismologia Profª Sandra Nascimento

Métodos indiretos

Sismologia

Profª Sandra Nascimento

Dados fornecidos pelos satélites

16

Dados fornecidos pelos satélites 16  Através de outros astros do Sistema Solar, que se supõe
Dados fornecidos pelos satélites 16  Através de outros astros do Sistema Solar, que se supõe

Através

de

outros astros do Sistema Solar, que se supõe terem

a mesma origem da Terra,

os cientistas fazem deduções sobre a estrutura

interna do nosso planeta.

do

estudo

da Terra, os cientistas fazem deduções sobre a estrutura interna do nosso planeta. do estudo Profª

Profª Sandra Nascimento

17

Velocidade de propagação das ondas sísmicas

17 Velocidade de propagação das ondas sísmicas  A trajetória das ondas sísmicas está sujeita a

A

trajetória

das

ondas

sísmicas

está

sujeita

a

alterações.

 

Sempre

que

as

características

do

meio

em

sofrem

trajetória varia.

que

se

propagam

a

modificações,

características do meio em sofrem trajetória varia. que se propagam a modificações, Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

Velocidade de propagação das ondas sísmicas

18

Velocidade de propagação das ondas sísmicas 18  O método da Tomografia Sísmica baseia-se na Tomografia

O método da Tomografia Sísmica baseia-se na Tomografia Axial Computadorizada (TAC) onde se

obtêm imagens tridimensionais do corpo humano a partir de raios X, a tomografia sísmica utiliza a velocidade e a

trajetória das ondas sísmicas e a sua direção para obter

imagens bidimensionais e tridimensionais do interior da Terra.

e a sua direção para obter imagens bidimensionais e tridimensionais do interior da Terra. Profª Sandra
e a sua direção para obter imagens bidimensionais e tridimensionais do interior da Terra. Profª Sandra

Profª Sandra Nascimento

19

Então como é constituído o interior da Terra???

19 Então como é constituído o interior da Terra???  Com base nos resultados obtidos, através

Com base nos resultados obtidos, através dos

métodos diretos e indiretos, foi possível elaborar um

modelo para a estrutura e dinâmica interna da Terra, apesar de ainda ser difícil obter um conhecimento

detalhado do seu interior.

interna da Terra, apesar de ainda ser difícil obter um conhecimento detalhado do seu interior. Profª

Profª Sandra Nascimento

20

Modelos do interior da Terra

Modelo Químico

Modelo Físico

20 Modelos do interior da Terra  Modelo Químico  Modelo Físico Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

Modelo Químico

21

Modelo Químico 21  Baseia-se na composição química dos materiais Continental Crosta Oceânica Modelo Manto

Baseia-se na composição química dos materiais

Continental Crosta Oceânica Modelo Manto químico Núcleo
Continental
Crosta
Oceânica
Modelo
Manto
químico
Núcleo
química dos materiais Continental Crosta Oceânica Modelo Manto químico Núcleo Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

Modelo Químico

22

Modelo Químico 22 Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

23

Crosta

crosta continental:

essencialmente de natureza granítica;

15 a 75 km de profundidade;

Menos densa que a crosta oceânica.

de natureza granítica;  15 a 75 km de profundidade;  Menos densa que a crosta
de natureza granítica;  15 a 75 km de profundidade;  Menos densa que a crosta
de natureza granítica;  15 a 75 km de profundidade;  Menos densa que a crosta

Profª Sandra Nascimento

24

Crosta

crosta oceânica:

essencialmente de natureza basáltica;

7 a 10 km de profundidade;

mais densa que a crosta continental.

de natureza basáltica;  7 a 10 km de profundidade;  mais densa que a crosta
de natureza basáltica;  7 a 10 km de profundidade;  mais densa que a crosta
de natureza basáltica;  7 a 10 km de profundidade;  mais densa que a crosta

Profª Sandra Nascimento

25

Manto

25 Manto  essencialmente constituído por rochas ricas em ferro e magnésio (peridotito).  é profundidade.

essencialmente constituído por rochas ricas em ferro e magnésio (peridotito).

é

profundidade. ocupa cerca de 67% da massa da terra.

de

muito

espesso e estende-se até

2900

km

 ocupa cerca de 67% da massa da terra. de muito espesso e estende-se até 2900

Profª Sandra Nascimento

26

Núcleo

26 Núcleo  constituído por ferro e níquel.  Estende-se até aos 6370km.  está dividido

constituído por ferro e níquel.

Estende-se até aos 6370km.

está dividido em:

 Estende-se até aos 6370km.  está dividido em:  núcleo externo (líquido)  núcleo interno

núcleo externo (líquido)

núcleo interno (sólido).

Profª Sandra Nascimento

Modelo Físico

27

Modelo Físico 27  Baseia-se na composição física dos materiais. Litosfera Astenosfera Modelo físico Mesosfera

Baseia-se na composição física dos materiais.

Litosfera Astenosfera Modelo físico Mesosfera Externa Endosfera Interna
Litosfera
Astenosfera
Modelo
físico
Mesosfera
Externa
Endosfera
Interna

Profª Sandra Nascimento

Modelo Físico

28

Modelo Físico 28 Profª Sandra Nascimento
Modelo Físico 28 Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

Litosfera

29

Litosfera 29  Profundidade média 100km.  É a porção superficial rígida da Terra, que se
Litosfera 29  Profundidade média 100km.  É a porção superficial rígida da Terra, que se

Profundidade média 100km.

É a porção superficial rígida da Terra, que se encontra

dividida em placas.

Inclui

a

crosta

e

a

parte

superior do manto superior.

Profª Sandra Nascimento

30

Astenosfera

É a porção do manto superior que se encontra por baixo da litosfera.

parcialmente

Possui

material

fundido, por isso é plástica.

por baixo da litosfera. parcialmente  Possui material fundido, por isso é plástica. Profª Sandra Nascimento
por baixo da litosfera. parcialmente  Possui material fundido, por isso é plástica. Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

31

Mesofera

É toda a porção do manto, inferior à Astenosfera.

Apresenta-se sólida.

31 Mesofera  É toda a porção do manto, inferior à Astenosfera.  Apresenta-se sólida. Profª
31 Mesofera  É toda a porção do manto, inferior à Astenosfera.  Apresenta-se sólida. Profª

Profª Sandra Nascimento

Endosfera

32

É o núcleo da Terra,

incluindo o:

núcleo externo, que é líquido;

núcleo interno, que é sólido.

 incluindo o:  núcleo externo, que é líquido;  núcleo interno, que é sólido. Profª

Profª Sandra Nascimento

Modelos do interior da Terra

33

Modelos do interior da Terra 33 Profª Sandra Nascimento
Modelos do interior da Terra 33 Profª Sandra Nascimento

Profª Sandra Nascimento

Ufa… chegou ao fim!
Ufa… chegou ao
fim!

Profª Sandra Nascimento