Você está na página 1de 5
Críticas e Ataques Gratuitos a Magia e

Críticas e Ataques Gratuitos a Magia e

a Espiritualidade

Críticas e Ataques Gratuitos a Magia e a Espiritualidade
Críticas e Ataques Gratuitos a Magia e a Espiritualidade – “Seu esquisotérico! Não é dessa forma

“Seu esquisotérico! Não é dessa forma que se realiza essa evocação! Se você tivesse lido o livro de Eliphas Levi, entenderia como realizar tal procedimento. Faço questão de te criticar, mostrar que você é uma farsa, e que não tem preparo mágico para realizar os trabalhos que se dispõe a fazer”

O Esbravejar logo acima, nos dá um breve exemplo do rumo em que a espiritualidade e a magia tem tomado no atual mundo globalizado e interativo. Percebemos a dificuldade que as pessoas tem de ver alguém “praticar algo diferente do que elas praticam e acreditam”e ficar caladas.

Sim, ninguém está pedindo apoio de terceiros. Mas também não está pedindo críticas a esmo.

No atual cenário mágico, ocultista e espiritualista; percebemos a quantidade de gente querendo ser “foda” em alguma coisa. Uns criam seus próprios sistemas, outros seus próprios rituais. Outros sua própria alquimia, outros seus próprios servidores.

Dos cultos afros a Magia Branca, da Wicca ao Druidismo, é notável a ampla gama de fundamentos, de formas de trabalho, de diferentes maneiras de se obter os mesmos resultados.

Mas, insistimos em dizer que “nossa escola mágica”, nossa formação, os livros que estudamos e os mestres que nos ensinaram; indicaram a verdade absoluta acerta disto ou daquilo.

''Não necessariamente a verdade absoluta, mas fundamentos que fulano usa não fazem o menor

sentido! Onde já se viu

misturar Goétia com

os

Quimbanda

Wicca com Satanismo ”

Hermetismo, etc

!

Cabala com

Esbraveja mais uma vez o crítico. Listando coisas ''absurdas'' que devem sim ser criticadas e combatidas.

Novamente, é digno de nota que, as diferentes “escolas”

iniciáticas, ou instrutivas, contém seus fundamentos. E que, muitos estudantes e praticantes fazem questão de retirar ou adicionar coisas. Que acham funcionais, e que acham que irá beneficiar o conjunto da obra. O qual com o decorrer das práticas, saberá onde precisa melhorar, adicionar mais alguma coisa ou retirar outras, para calibrar todo o processo.

Qualquer mago experiente, ou mesmo alguém que

estuda o Oculto

crenças, em sua forma de enxergar, e de lidar com a Espiritualidade. Ser mais cético, ser mais crente, ser mais disciplinado, ser mais ousado. Todos tivemos que fazer ajustes, independente do grau de envolvimento que temos com nosso sistema de práticas e crenças; e da mesma forma, o nosso semelhante também trilha o mesmo caminho!

teve que fazer mudanças em suas

Ele, assim como nós, não é perfeito. faz o seu melhor, e tenta evoluir naquilo que ele acredita ser o certo.

Entender isso, é simples; porém o Ego inflado dos críticos não permite. Mas é importante absorver essa mensagem, e que aqueles que tiverem seus corações tocados, sua percepção aguçada, que possam reconsiderar sua tendência a críticas gratuitas.

Observamos hoje em dia, no nosso País, diversas “escolas” cristãs em ascenção e domínio quase que absoluto. Apesar de haver discrepâncias entre eles Entre católicos e evangélicos; entre Adventistas e Testemunhas de Jeová

TODOS, estão crescendo cada vez mais; MESMO havendo diferentes fundamentos de crenças e práticas entre eles. E TODOS eles, já fazem diversas críticas a Espiritualidade e a Magia. Ou seja, já temos críticos demais! Porque teríamos que alimentar mais objetores gratuitos em nossos próprios círculos?

Quem dera! Se a Magia, a Espiritualidade, o Ocultismo pudesse melhorar aos menos 50% do que é hoje! Reduzindo as críticas e aumentando o apoio. Não importa se quem está ao seu lado carrega um fundamento teórico e prático alheio ao seu, procure ver o que ele tem feito de bom.

Muitos que não deram nenhuma contribuição válida a Magia e a Espiritualidade, andam cantando de Galo nas redes sociais, em blogs e sites. Com ataques gratuitos! Só pelo simples prazer de aparecer e dizer que sabe algo.

Quando na verdade, estão enfraquecendo a egrégora da Espiritualidade, pois não compreenderam ainda que, é preciso se fortalecer, para crescer.

A grande parte dos críticos são Adolescentes, ou alguns Jovens quase Adultos que, acham que sabem alguma coisa; quando na verdade não passam de fracassados que moram com os Pais; e sequer conseguem praticar aquilo que eles acreditam. Seja por falta de espaço, seja por ter que “fazer tudo escondido”, seja por não ter a parafernalha necessária.

Outros são pessoas que, tem seu EGO ferido, e apesar de já lidar de forma consistente com a Magia e a Espiritualidade; acha que, “somente o que é feito por ele” é válido.

O que estes críticos não alcançam, que mesmo “diferentes escolas”, (a exemplo dos Cristãos), podem e devem crescer juntos.

Que possamos nos conscientizar mais. Deixar a crítica de lado e ajudar uns aos outros, nos unir, e deixar de dar margem a toda crítica que só enfraquece o movimento espiritual de forma geral.

E nosso esforço nesse sentido, com toda certeza vai gerar um retorno satisfatório, a nível físico e espiritual. Amizades, Parcerias, Contribuições e Energia = Convertidos em sucesso para ambos.

Elailson Marcelino [Luberoth]

www.facebook.com/elailson.d.marcelino