Você está na página 1de 1

A INSERÇÃO DAS REDES NACIONAIS NA REDE TRANSEUROPEIA DE TRANSPORTES

As redes portuguesas dos diferentes modos de transporte tendem a integrar-


integrar-se cada vez mais nas redes
europeias, pelo que, já no âmbito do Programa Operacional de Acessibilidade e Transportes 2000-
2000-2006,
foram definidos os grandes corredores de tráfego internacional de ligação à Europa (Doc. 1).

_________

Doc. 1 - Principais eixos de ligação às redes


europeias previstos no POAT 2000-
2000-2006

De acordo com as orientações da política


comunitária de reequilibrar a distribuição
modal e de revitalizar o transporte ferroviário,
ferroviário,
a rede europeia de alta velocidade assume
Ano, 1.ª Edição, Texto Editores, 2008.

grande importância.
importância. Com ela, o comboio torna-
torna-se
uma alternativa ao avião, no tráfego inter-
inter-regional
de passageiros,
passageiros, e ao rodoviário, no tráfego de
mercadorias de médio e longo cursos (Doc. 2). A
construção da Rede Ferroviária de Alta
Velocidade (RAVE
RAVE)) é uma das condições
necessárias para a integração de Portugal na
], Geografia A 11.º Ano,

rede transeuropeia de transportes


transportes,,
principalmente se esta contemplar
o tráfego de mercadorias.
al],
[et al
Fonte: Adaptado de ARINDA, Rodrigues [et

_________

Doc. 1 - Evolução da extensão da rede europeia de


alta velocidade

A integração das redes portuguesas dos


diferentes modos de transporte nas redes
comunitárias implica também um grande
investimento na inovação tecnológica,
tecnológica,
em domínios como a intermodalidade
intermodalidade,, o
desenvolvimento de modos de transporte
mais seguros e menos poluentes e de
sistemas de transporte inteligentes.
inteligentes.

http://geoclick.blogspot.com/
prof.geo.fernando@sapo.pt