Você está na página 1de 148

2014

Guia dos Percursos Pedestres e de BTT

Esta revista é suplemento integrante da edição nº 4044 de 18 de setembro de 2014 do semanário REGIÃO DE LEIRIA. Não pode ser vendida separadamente.

da edição nº 4044 de 18 de setembro de 2014 do semanário REGIÃO DE LEIRIA. Não

Ficha técnica

Diretor Francisco Rebelo dos Santos Diretora-adjunta Patrícia Duarte Textos Marina Guerra Fotografia Arquivo, Joaquim Dâmaso

e Sérgio Claro

Direção Comercial Alda Moreira Publicidade Alda Moreira, João Agrela e Paula Silva Paginação

Cristina Silva, Diana Teixeira

e Vítor Pedrosa

Impressão

Lisgráfica

Tiragem

20.000 exemplares

Pedrosa Impressão Lisgráfica Tiragem 20.000 exemplares Esta revista é suplemento integrante da edição nº 4044

Esta revista é suplemento integrante da edição nº 4044 de 18 de setembro de 2014 do semanário REGIÃO DE LEIRIA. Não pode ser vendida separadamente.

Descoberta saudável

A edição de 2014 do Guia de Percursos Pedestres e BTT

é mais uma aposta do semanário REGIÃO DE LEIRIA na

divulgação das potencialidades de um território que está na vanguarda da oferta turística diversificada. A oferta é um manual de tentações. Os percursos pedestres e de BTT estendem-se por milhares de qui- lómetros e permitem a descoberta da região em pers- petivas únicas, sempre em contacto com a natureza ou com núcleos urbanos carregados de história e ricos em tradições seculares. Nos últimos anos foram realizados avultados inves- timentos na sinalização e beneficiação de vias destina- das às caminhadas e à prática do BTT. As dezenas de percursos existentes são um trunfo na captação de turistas e um convite a um estilo de

vida saudável para as populações locais. Para uma mais fácil consulta, identificamos cada percurso com uma ficha informativa que permite a localização do mesmo, o grau de dificuldade, a época aconselhada, a distância, a duração, localização e os melhores acessos. Ponha-se a caminho.

Francisco Rebelo dos Santos diretor

Conheça os sinais, não se perca

Conheça os sinais, não se perca Partida Campo de Futebol Ciclovia Fonte Lagoa Chegada Canoagem Escalada

Partida

Conheça os sinais, não se perca Partida Campo de Futebol Ciclovia Fonte Lagoa Chegada Canoagem Escalada

Campo de Futebol

Conheça os sinais, não se perca Partida Campo de Futebol Ciclovia Fonte Lagoa Chegada Canoagem Escalada

Ciclovia

os sinais, não se perca Partida Campo de Futebol Ciclovia Fonte Lagoa Chegada Canoagem Escalada Grutas/Minas

Fonte

não se perca Partida Campo de Futebol Ciclovia Fonte Lagoa Chegada Canoagem Escalada Grutas/Minas Miradouro

Lagoa

não se perca Partida Campo de Futebol Ciclovia Fonte Lagoa Chegada Canoagem Escalada Grutas/Minas Miradouro Aqueduto

Chegada

perca Partida Campo de Futebol Ciclovia Fonte Lagoa Chegada Canoagem Escalada Grutas/Minas Miradouro Aqueduto

Canoagem

Campo de Futebol Ciclovia Fonte Lagoa Chegada Canoagem Escalada Grutas/Minas Miradouro Aqueduto Capela/Igreja Farol

Escalada

de Futebol Ciclovia Fonte Lagoa Chegada Canoagem Escalada Grutas/Minas Miradouro Aqueduto Capela/Igreja Farol Jardim

Grutas/Minas

Ciclovia Fonte Lagoa Chegada Canoagem Escalada Grutas/Minas Miradouro Aqueduto Capela/Igreja Farol Jardim Moinho

Miradouro

Fonte Lagoa Chegada Canoagem Escalada Grutas/Minas Miradouro Aqueduto Capela/Igreja Farol Jardim Moinho

Aqueduto

Chegada Canoagem Escalada Grutas/Minas Miradouro Aqueduto Capela/Igreja Farol Jardim Moinho Monumentos/Castelo Pegadas

Capela/Igreja

Escalada Grutas/Minas Miradouro Aqueduto Capela/Igreja Farol Jardim Moinho Monumentos/Castelo Pegadas de

Farol

Escalada Grutas/Minas Miradouro Aqueduto Capela/Igreja Farol Jardim Moinho Monumentos/Castelo Pegadas de Dinossauros

Jardim

Grutas/Minas Miradouro Aqueduto Capela/Igreja Farol Jardim Moinho Monumentos/Castelo Pegadas de Dinossauros Praia

Moinho

Miradouro Aqueduto Capela/Igreja Farol Jardim Moinho Monumentos/Castelo Pegadas de Dinossauros Praia Fluvial Rio

Monumentos/Castelo

Capela/Igreja Farol Jardim Moinho Monumentos/Castelo Pegadas de Dinossauros Praia Fluvial Rio Zona de Floresta 4

Pegadas

de Dinossauros

Jardim Moinho Monumentos/Castelo Pegadas de Dinossauros Praia Fluvial Rio Zona de Floresta 4 REGIÃO DE LEIRIA

Praia Fluvial

Monumentos/Castelo Pegadas de Dinossauros Praia Fluvial Rio Zona de Floresta 4 REGIÃO DE LEIRIA // Guia

Rio

Monumentos/Castelo Pegadas de Dinossauros Praia Fluvial Rio Zona de Floresta 4 REGIÃO DE LEIRIA // Guia

Zona de Floresta

Parque de Campismo Parque de Merendas Pelourinho Ponte Praia/Zona Restauração de Banhos Ruínas Serra Zona

Parque de Campismo

Parque de Campismo Parque de Merendas Pelourinho Ponte Praia/Zona Restauração de Banhos Ruínas Serra Zona de

Parque de Merendas

Pelourinho Ponte
Pelourinho
Ponte
Praia/Zona Restauração de Banhos
Praia/Zona
Restauração
de Banhos
Ruínas Serra
Ruínas
Serra
Ponte Praia/Zona Restauração de Banhos Ruínas Serra Zona de Pinhal/Matas Zona Habitacional Sinalética Grau de

Zona de Pinhal/Matas

Restauração de Banhos Ruínas Serra Zona de Pinhal/Matas Zona Habitacional Sinalética Grau de dificuldade Fácil

Zona Habitacional

Sinalética

Grau de dificuldade Fácil Médio Difícil Muito difícil
Grau de dificuldade
Fácil
Médio
Difícil
Muito difícil

Existem quatro marcas/sinais comuns em Portugal e Espanha para identificar os percursos pedestres. Nas Grandes Rotas são utilizadas as cores vermelho e branco, enquanto nas Pequenas Rotas, as mais frequentes, são utilizados o vermelho e o amarelo.

Direção correta
Direção correta
Direção errada
Direção errada

Mudança de direção

Variantes
Variantes
6 REGIÃO DE LEIRIA // Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014

Alcobaça

Onde os monges criam património

Quem passa por Alcobaça não passa sem lá voltar. Das serras de Aire e Candeeiros à praia, dos doces à fruta, do Mosteiro a Alju- barrota, o concelho tem um vasto patrimó- nio cultural e natural que permite uns dias de descanso longe da agitação urbana. A vi- sita ao Mosteiro de Santa Maria, distinguido como Património Mundial pela Unesco, é obrigatória. Aproveite e visite os campos de pomar com a famosa ginja ou a deliciosa Maçã de Alcobaça, introduzida na região pe- los monges de Cister.

Património e Monumentos

Mosteiro de Santa Maria, Convento de Coz, Museu Raul da Bernarda, Museu dos Coutos, Museu da Atlantis

Câmara

262

580 800

Hospital

262

590 400

Bombeiros

262 505 300

PSP

262

505 650

7

Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014 // REGIÃO DE LEIRIA

Vale de Ventos

Alcobaça

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

3 km

DURAÇÃO

1h30

Aqui é obrigatório levar máquina fotográfica!DIFICULDADE DISTÂNCIA 3 km DURAÇÃO 1h30 Casal de Vale de Ventos Serra dos Candeeiros Casa de

Casal de Vale de Ventos Serra dos Candeeiros Casa de Abrigo Vale dos Ventos
Casal de Vale
de Ventos
Serra dos
Candeeiros
Casa de Abrigo
Vale dos Ventos

O Casal de Vale de Ventos é um ponto de atração neste tra-

jeto. As ginjas e os doces conventuais ficam para mais tarde

e a natureza tem prioridade na atividade. Existem duas ha-

bitações onde pode ficar. Passar um fim de semana na serra dos Candeeiros pode ajudá-lo a conhecer melhor a riqueza do parque natural. Encontra tufos de orégãos e alecrim. No fim do outono, a zona é agreste, com bastante vento, mas havendo sol, o passeio é agradável. Em dia claro, do alto da serra, pode avistar a ilha da Berlenga.

claro, do alto da serra, pode avistar a ilha da Berlenga. Partida Casa de Abrigo de

Partida Casa de Abrigo de Vale de Ventos Chegada Casa de Abrigo de Vale de Ventos Época aconselhada Primavera e verão Coordenadas GPS

39°28’27.85”N

8°54’9.69”W

Como chegar Utilize a EN362 entre Porto de Mós e Alcanede, até à Mendiga. Vire em direção a Arrimal. Alguns quilómetros mais à frente fica Casal de Vale de Ventos.

Percurso de São Martinho

Alcobaça

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

8,4 km

DURAÇÃO

2h30

Água, uma peça de fruta ou bolachas são fundamentais.DIFICULDADE DISTÂNCIA 8,4 km DURAÇÃO 2h30 Pegadas de Dinossauro Serra dos Mangues Quinta da

Pegadas de Dinossauro Serra dos Mangues Quinta da Gralha Miradouro Igreja Matriz Santo António Praça
Pegadas
de Dinossauro
Serra
dos Mangues
Quinta
da Gralha
Miradouro
Igreja Matriz
Santo António
Praça Eng. José
Frederico Ulrich
Casa Abrigo
do Salva Vidas

Apanhe o comboio para a praia. Será das poucas da região onde pode chegar de comboio. Toda a costa é rica em praias. A baía de São Martinho é o último vestígio do antigo golfo que se estendia até Alfeizerão até ao século XVI. Com três quilómetros de areal, tem uma barra com 250 metros de abertura, entre os Morros de Santana a sul e do Farol a norte. Trata-se de um importante porto de recreio e centro de reco- lha de algas submarinas.

porto de recreio e centro de reco- lha de algas submarinas. Partida Praça Eng. José F.

Partida Praça Eng. José F. Ulrich Chegada Praça Eng. José F. Ulrich Época aconselhada Todo o ano. Em dias chuvosos não é aconselhável a realização do percurso Coordenadas GPS

39°30’46.54”N

9° 8’11.37”W Como chegar Se utilizar a A8, saia em Alfeizerão e siga pela EN242 até ao porto de S. Martinho. Na rotunda, siga para a rua Conde d’ Avelar. A praça está mais à frente, virada para o porto de abrigo.

10 REGIÃO DE LEIRIA // Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014

Alvaiázere

Onde o chícharo tem sabor único

Alvaiázere Onde o chícharo tem sabor único 11 chícharo é uma leguminosa importante na gastronomia local.

11

chícharo é uma leguminosa importante

na gastronomia local. Cultivado há vários séculos, a tradição obriga a seguir alguns procedimentos antes de o confecionar. Deve por exemplo, ser demolhado durante 24 ho- ras. Em puré ou como acompanhamento de carnes, enchidos ou peixe, com um fio de azeite, o importante na sua passagem por Al-

O

Património e Monumentos Casa de Cultura de Alvaiázere, Museu Municipal de Alvaiázere, Casa Apalaçada, Antas do Ramalhal, pelourinhos das freguesias de Maçãs de D. Maria e Pelmá

vaiázere é experimentar. Fica a sugestão de

Câmara

236

650 600

migas de chícharo com petinga frita ou carne

Bombeiros

236

650 750

de

alguidar, sempre com um pedaço de broa

a acompanhar.

Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014 // REGIÃO DE LEIRIA

Por trilhos de Al-Baizir

Alvaiázere

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

9,3 km

DURAÇÃO

2h40

DIFICULDADE DISTÂNCIA 9,3 km DURAÇÃO 2h40 Descanse cinco a dez minutos no meio do trajeto e

Descanse cinco

a dez minutos no

meio do trajeto

e aprecie a

paisagem.

Mata do Carrascal
Mata do
Carrascal

Mancha de

carvalho-

cerquinho

Por ruelas em calçada, o percurso leva-o ao sopé da Serra de Alvaiázere. O carvalhal
Por ruelas em calçada, o percurso leva-o ao sopé da Serra
de Alvaiázere. O carvalhal dará lugar a olivais rodeados de
extensos campos de tomilhos e plantas aromáticas carac-
terísticas das zonas serranas. As orquídeas são outras das
plantas rainha do percurso. Na Capela dos Covões, lugar de
peregrinação, pode retemperar energias e admirar a paisa-
gem do Campo de Alvaiázere. A sinalética guia-o por olivais
e vinhas até chegar à malha urbana e ao ponto de partida.
Partida
Igreja Matriz de Alvaiázere
Chegada Igreja Matriz de
Alvaiázere
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°49’29.12”N
8°22’55.89”W
Como chegar
Deixe o IC8, em direção
a Alvaiázere. Depois pela
EN348, até ao centro da
vila, onde encontra a
igreja.

Encantos do Vale da Mata

Alvaiázere

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

9,3 km

DURAÇÃO

2h30

O alojamento rural numa antiga escola primária é uma boa sugestão para um fim de semana.DIFICULDADE DISTÂNCIA 9,3 km DURAÇÃO 2h30 de Ariques Campo de Lapiás Serra de Ariques Escola

de Ariques Campo de Lapiás Serra de Ariques
de Ariques
Campo de
Lapiás
Serra de
Ariques

Escola Primária

Com início e fim na antiga escola primária de Ariques, o tra- jeto segue na direção de Venda Negro, mudando para sul até

à Serra dos Ariques. O caminho é irregular e decorado por

azinheiras, carrascos e afloramentos rochosos. Do topo da

serra, pode ver as oliveiras centenárias e uma extensa man- cha de carvalho-cerquinho. Continua por um trilho estreito

e antigo utilizado pelos pastores. Quando atingir a linha de

água, segue até ao Vale da Mata. Retoma a direção da serra, por um caminho íngreme até Ariques.

direção da serra, por um caminho íngr eme até Ariques. Partida Escola Primária de Ariques Chegada
Partida Escola Primária de Ariques Chegada Escola Primária de Ariques Época aconselhada Todo o ano
Partida
Escola Primária de Ariques
Chegada
Escola Primária de Ariques
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°51’59.84”N
8°25’10.85”W
Como chegar
Deixe o IC8 na indicação
Ansião e siga a estrada
para Alvaiázere (EN348)
até à localidade de
Barreira. Aí siga a
sinalética para Ariques.
Serra de Escola Primária Alvaiázere do Candal Bouxinhas Bofinho Ribeira do Olho do Tordo
Serra de
Escola Primária
Alvaiázere
do Candal
Bouxinhas
Bofinho
Ribeira do
Olho do Tordo

Percurso da Grande Fórnea

Alvaiázere

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

14,6 km

DURAÇÃO

3h30

Um “bom dia” aos habitantes locais é meio caminho andado para dois dedos de conversa.DIFICULDADE DISTÂNCIA 14,6 km DURAÇÃO 3h30 Fórnea do Bofinho Ao começar o percurso vai seguir um

Fórnea do

Bofinho

Ao começar o percurso vai seguir um caminho florestal em direção a Bouxinhas, onde ruma
Ao começar o percurso vai seguir um caminho florestal em
direção a Bouxinhas, onde ruma a norte, numa zona plana
e de olival até Vale da Couda. Este caminho é conhecido
como Estrada Romana e foi um importante acesso para os
antepassados. Na Serra Pequena, o trajeto faz-se por trilhos
estreitos feitos para a passagem de cabras. No topo, avista a
Fórnea do Bofinho, uma paisagem de extrema beleza, que
está acompanhada de um olival bem cuidado. O azeite as-
sume uma importância inestimável no concelho.
Partida
Escola primária do Candal
Chegada
Escola primária do Candal
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°49’25.42”N
8°27’20.65”W
Como chegar
Deixe o IC8 na indicação
Ansião e siga a estrada
para Alvaiázere (EN348)
até Casal da Rainha. Aí siga
a sinalética para Candal.
A escola primária fica na
entrada da localidade.

Percurso pedestre dos Megalápias

Alvaiázere

DIFICULDADE DISTÂNCIA 13,4 km DURAÇÃO 4h30 ALTITUDE MÁXIMA 512 m Aproveite um ponto mais alto
DIFICULDADE
DISTÂNCIA
13,4 km
DURAÇÃO
4h30
ALTITUDE MÁXIMA
512 m
Aproveite um
ponto mais alto
para uma pausa e
reponha energias.
um ponto mais alto para uma pausa e reponha energias. Escola Primária de Bofinho Capela de

Escola Primária

de Bofinho

Capela de N. Sra dos Covões

Com habitações na maioria construídas em pedra e ma- deira, o lugar de Bofinho, situado no estremo meridional da Serra de Alvaiázere, foi descrito por Miguel Torga na 12ª edi- ção do “Diário”. Mantém atualmente o traçado e disposição de outrora, com ruas ladeadas por muros em pedra, fonte e alminhas, e tradições como a apanha da azeitona, vindima, matança do porco e confeção de queijo de cabra. Integrado na Rede Natura 2000, o percurso passa por invulgares for- mações calcárias na zona da Mata, os megalápias.

Bofinho
Bofinho

Partida Escola primária, Aldeia de Bofinho Chegada Escola primária, Aldeia de Bofinho Época aconselhada Todo o ano. Atenção ao calor no verão e ao piso escorregadio no inverno. Coordenadas GPS

39º48.821’N

008º25.838’W

Como chegar Sair do IC8 em Ansião, em direção a Almoster, pela EN350. Na mesma estrada, a Aldeia do Bofinho fica 5 km à frente.

Percurso da Ribeira do Tordo

Alvaiázere

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

9,15 km

DURAÇÃO

2h30

Não danifique ou apague as placas de sinalização ou marcações.DIFICULDADE DISTÂNCIA 9,15 km DURAÇÃO 2h30 Ribeira do Olho do Tordo Lagoa da Escola Primária

Ribeira do Olho do Tordo Lagoa da Escola Primária Banhosa da Banhosa Besteiro Lapiás
Ribeira do
Olho do
Tordo
Lagoa da
Escola Primária
Banhosa
da Banhosa
Besteiro
Lapiás

A capela de Banhosa é o primeiro ponto turístico que encon- tra, mas é nos pequenos cursos de água que reside a riqueza do desafio. A Ribeira do Tordo é um excelente local para fotografias. No inverno, é preciso algum cuidado quando as chuvas são frequentes. Aqui, e principalmente na prima- vera, o curso de água surge pintado de branco pelas flores de agriões. Antes de terminar, encontra um afloramento de lapiás, uma formação típica de relevos, produzida pela dis- solução superficial de rochas calcárias.

pela dis- solução superficial de rochas calcárias. Partida Escola Primária da Banhosa Chegada Escola

Partida Escola Primária da Banhosa Chegada Escola Primária da Banhosa Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS

39°48’1.65”N

8°27’28.57”W

Como chegar Em Ansião, seguir em direção a Alvaiázere pela EN348 até Almoster. Aí, continue pela EN350 cerca de 10 km até Banhosa.

Percurso Pedestre do Ramalhal

Alvaiázere

DIFICULDADE Cortiça DISTÂNCIA 8,5 km DURAÇÃO 3 horas Loureira Tenha em atenção que os objetos
DIFICULDADE
Cortiça
DISTÂNCIA
8,5 km
DURAÇÃO
3 horas
Loureira
Tenha em atenção
que os objetos
parecem mais
longínquos nas
neblinas de calor.
Capela do
Ramalhal
Estrada
Romana
Ribeira de
Pussos
Anta
Menir
Antas, menires e a estrada romana. Há seis mil anos, a região de Alvaiázere era
Antas, menires e a estrada romana. Há seis mil anos, a região
de Alvaiázere era habitada por populações que construíam
as suas casas de elementos perecíveis, feitas de colmo, ma-
deira e barro. Viviam da agricultura e da pastorícia e cons-
truíam instrumentos em osso, madeira, pedra e cerâmica.
No percurso do Ramalhal ainda é possível encontrar vestí-
gios desses povos: as casas de piso térreo nas aldeias de Ra-
malhal, Cortiça e Relvas, o Complexo Megalítico do Rama-
lhal, fornos de cal ou a estrada romana.
Partida
Capela do Ramalhal
Chegada
Capela do Ramalhal
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°46’29.51”N
8°22’0.93”W
Ramalhal
Como chegar
Deixe o IC8 em direção
a Tomar/Alvaiázere,
pelo IC3, até encontrar
Ramalhal. A Capela fica no
centro da localidade.

Grande Rota de Alvaiázere

Alvaiázere

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

53 km

DURAÇÃO

2 a 3 dias

Regra geral, são precisos 10 minutos para percorrer um quilómetro em terreno plano.DISTÂNCIA 53 km DURAÇÃO 2 a 3 dias Campo de Serra de Lapiás Ariques Museu Municipal

Campo de Serra de Lapiás Ariques Museu Municipal de Ribeira do Alvaiázere Lagoa da Olho
Campo de
Serra de
Lapiás
Ariques
Museu
Municipal de
Ribeira do
Alvaiázere
Lagoa da
Olho do
Banhosa
Tordo
Campo de
Lapiás
Estrada
Romana
Menir

Escola Primária

do Barqueiro

Ao longo de dois dias vai poder visitar o concelho e a riqueza que este território no norte do distrito de Leiria tem para lhe oferecer. A serra de Alvaiázere corresponde à maior eleva- ção do Maciço de Sicó, com 618 metros de altitude. Está in- tegrada na Rede Natura 2000 e possui uma biodiversidade notável. A Grande Rota permite-lhe aceder a todos os locais dos restantes seis percursos de Pequena Rota existentes no concelho. Lapiás, Fórnea do Bofinho, Ribeira do Olho do Tordo e a Serra de Ariques são apenas algumas sugestões.

Tordo e a Serra de Ariques são apenas algumas sugestões. Partida Escola Primária do Barqueiro Chegada

Partida Escola Primária do Barqueiro Chegada Escola Primária do Barqueiro Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS

39°50’45.76”N

8°21’1.35”W

Como chegar Deixe o IC8 em direção a Tomar/Alvaiázere, pelo IC3, até encontrar Barqueiro. São cerca de 7 km.

Fotografar na natureza… e ao lado dela

Conciliar a fotografia com o exercício físico ao ar livre pode ser tão enriquece- dor no momento, quão gratificante mais tarde. Também pode ser uma perda de tempo. Seguem umas curtas sugestões para ajudar a aproveitar uma das coisas boas da vida: fotografar.

Smartphone? Máquina compacta? Re- flex? Prepare a bateria e limpe a lente. E como a máquina não deve ser uma bar- reira mas sim um conector, reveja antes alguma questão técnica, conforme o que goste de fotografar, o que saiba e o que prevê que irá fotografar. O passeio é o momento de desfrutar. Pegue na máquina fotográfica só depois de parar, de sentir e viver o que há à sua

volta. Pode ser uma grande paisagem, uma árvore admirável, um mar enorme, uma montanha, um vale ou um céu; pode ser um detalhe, uma ocasião especial, ou um bom momento entre amigos. Se o fi- zer só depois de V-E-R, as suas fotografias resultarão melhores, até tecnicamente, naquilo que sabe. Isto de V-E-R antes do “clic” pode parecer muito básico, mas até para um profissional pode ser a diferença entre uma foto que vai ficar esquecida ou que será recordada para sempre. Pode até ser a mesma entre fotografar com segu- rança ou com risco. V-E-R é o bom cami- nho para levar para casa boas memórias, experiências e momentos, nas melhores fotografias. Vê-las-á com um sorriso na cara, e nas caras de outros, mais tarde.

João M. Gil Fotógrafo
João M. Gil Fotógrafo

Solar dos Condes de Castelo Melhor

Ansião

Ao sabor do vento com mão de artesão

Tecelagem, bordados e latoaria são alguns exemplos de artesanato a que pode assistir ao vivo em Ansião. Existem diversos espaços de artesãos na vila que continuam em ativi- dade. A viagem pelo concelho pode ser feita de bicicleta. O município dispõe de bicicletas para alugar, designadas por e-ginga, a baixo custo. Pode utilizar o meio de transporte não poluente durante seis horas e dispõe de vá- rios parques de estacionamento espalhados pela vila.

Património e Monumentos

Solar dos Condes de Castelo Melhor, Antas da Atalaia e Alto do Pisca, vestígios romanos em Santiago da Guarda, Ponte de Cal, Igreja de Chão de Couce, Torre de defesa da Fonte do Alvorge, Moinho da Serra do Anjo da Guarda

Câmara

Turismo

236 670 200

236 677 144

21

Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014 // REGIÃO DE LEIRIA

Rota dos Povoados

Ansião

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

20 km

DURAÇÃO

5 horas a pé

 

2 horas BTT

20 km DURAÇÃO 5 horas a pé   2 horas BTT Este é o local ideal

Este é o local ideal para saborear o tradicional queijo do Rabaçal.

Ponte de Cal Loja dos Produtos da Sicó Albarrol Casais Pessegueiro Maduros Casal Novo
Ponte de Cal
Loja
dos Produtos
da Sicó
Albarrol
Casais
Pessegueiro
Maduros
Casal Novo

Diz a lenda que a Rainha Santa Isabel se refrescava nos tan- ques de banhos do rio Nabão, junto à Ponte de Cal, tornando- as águas milagrosas. Durante vários séculos, milhares de pes- soas praticaram “o banho santo” nos dias 29 de junho e 4 de julho (dia da Rainha Santa Isabel). Situada à entrada da vila, sobre as águas calmas do rio Nabão, a Ponte de Cal remonta ao século XVII. Com dois arcos de volta perfeita, ligava o an- tigo eixo viário oriundo de Coimbra em direção ao centro da vila de Ansião e daqui seguia para Sul, rumo a Lisboa.

Ponte de Cal
Ponte de Cal

Partida Ponte de Cal, Ansião

Chegada Ponte de Cal, Ansião Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS

39°54’53.87”N

8°26’9.31”W

Como chegar

O melhor caminho para

chegar a Ansião será pelo

IC8. Ao entrar na vila, saia na quarta saída da rotunda

e vire à esquerda. A Ponte

de Cal sobre o rio Nabão é

o ponto de partida.

Rota do Condado

Ansião

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

30 km

DURAÇÃO

7 horas a pé

 

3 horas BTT

Faça o trajeto acompanhado. Se for sozinho, não se esqueça de avisar alguém!30 km DURAÇÃO 7 horas a pé   3 horas BTT Trás de Figueiró Outeiro Torre

Trás de Figueiró Outeiro Torre de Vale de Todos Melriça Solar dos Condes de Castelo
Trás de Figueiró
Outeiro
Torre de Vale
de Todos
Melriça
Solar dos Condes
de Castelo Melhor
Rio Torto
Lagoa
Parada
Constantina
Ponte de Cal

Não há lugar no concelho de Ansião em que não se conheça o sabor do queijo do Rabaçal. Curado, de pasta semidura, é obtido por esgotamento lento da coalhada, após a coagula- ção de leites de ovelha e cabra. A região é rica em produtos locais: vinho, azeite, mel e frutos secos são outros sabores que poderá experimentar.

frutos secos são outros sabores que poderá experimentar. Partida Ponte de Cal, Ansião Chegada Ponte de

Partida Ponte de Cal, Ansião

Chegada Ponte de Cal, Ansião Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS

39°54’53.87”N

8°26’9.31”W

Como chegar

O melhor caminho para

chegar a Ansião será pelo

IC8. Ao entrar na vila, saia na quarta saída da rotunda

e vire à esquerda. A Ponte

de Cal sobre o rio Nabão é

o ponto de partida.

Rota das Picotas

Ansião

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

17 km

DURAÇÃO

5 horas a pé

 

1h30 BTT

Confirme se tem bateria no telemóvel para cumprir todo o trajeto.17 km DURAÇÃO 5 horas a pé   1h30 BTT Igreja Matriz Quartinho Igreja N. Sra.

Igreja Matriz Quartinho Igreja N. Sra. das Neves Moinho de vento da Serra do Anjo
Igreja Matriz
Quartinho
Igreja N. Sra.
das Neves
Moinho de vento da
Serra do Anjo da Guarda

O percurso passa pelas serras do Anjo da Guarda e da Amei-

xieira, atravessa zonas de regadio e inúmeros moinhos de vento. A produção extensiva de cereais e a existência de bastantes elevações foram fundamentais para a economia

local, há várias décadas, com a população a procurar na con- feção do pão/broa o seu sustento. Atualmente, reconstruí- ram-se alguns moinhos, mais pequenos que os tradicionais

e com velas ao sabor do vento. Estão em Outeiro e Melriça

(Sant. Guarda) e na Serra do Anjo da Guarda (Pousaflores)

(Sant. Guarda) e na Serra do Anjo da Guarda (Pousaflores) Partida Igreja Matriz de Ansião Chegada

Partida Igreja Matriz de Ansião Chegada Igreja Matriz de Ansião Época aconselhada Todo o ano Coordenadas

39°54’42.22”N

8°26’7.97”W

Como chegar Deixe o IC8 em Ansião/ Sarzedela. Siga pela EN348 e vire na segunda saída da rotunda e caminhe até aos Bombeiros Voluntários. À direita encontra o largo da Igreja Matriz.

Rota das Vilas

Ansião

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

25 km

DURAÇÃO

6 horas a pé

 

2h30 BTT

25 km DURAÇÃO 6 horas a pé   2h30 BTT Não deixe lixo no caminho, traga

Não deixe lixo no caminho, traga para casa e coloque nos respetivos recipientes.

Constatina Forno Medieval de Avelar Loja de Produtos de Sicó Chão de Couce Quinta da
Constatina
Forno
Medieval
de Avelar
Loja
de Produtos
de Sicó
Chão de Couce
Quinta da Cima

Em 1514, data do foral concedido por D. Manuel I, Avelar, Chão de Couce e Pousaflores faziam parte das chamadas “Cinco Vilas e Arega” (juntamente com Aguda, Maçãs D. Ma- ria e Arega). Em cada uma delas existe um pelourinho que identifica essa ligação. O percurso faz ainda uma aproxima- ção à obra do artista José Malhoa. O último trabalho com- pleto do autor é o ponto de partida. Observe a igreja de Chão de Couce, em particular o altar-mor.

Vista da Serra do Anjo da Guarda
Vista da Serra do Anjo da Guarda

Partida

Igreja de Chão de Couce

Chegada

Igreja de Chão de Couce

Época aconselhada

Todo o ano

Coordenadas GPS

39°53’30.91”N

8°22’4.90”W

Como chegar

O trajeto mais fácil a seguir

para Chão de Couce é pelo

IC8 e sair para a EN110/

Zona Industrial. Cerca de

3 km mais à frente, vire à

direita para a rua Manuel

Furtado. O ponto de

partida fica do lado direito.

Rota dos Campos de Vento

Ansião

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

40 km

DURAÇÃO

9 horas a pé

 

4 horas BTT

Nos dias de mais calor, leve protetor solar.

Nos dias de mais calor, leve protetor solar.

Capela Vila Nova de Ateanha Alvorge Moinho de Vento Outeiro Lagarteira Peão Vale do Boi
Capela
Vila Nova
de Ateanha
Alvorge
Moinho de Vento
Outeiro
Lagarteira
Peão
Vale do Boi
Avelar
Sarzedela

Loja dos Produtos de Sicó

Um dos monumentos mais antigos da freguesia do Alvorge, atualmente em ruínas, é a torre
Um dos monumentos mais antigos da freguesia do Alvorge,
atualmente em ruínas, é a torre de defesa da Fonte do Al-
vorge. Foi um importante equipamento militar de defesa da
Ladeia, no contexto da Reconquista Cristã, quando estava
em causa a defesa da cidade de Coimbra. Ao longo do trajeto
vai passar pelos montes de Trás de Figueiró e do Outeiro.
São, a nível paisagístico, os pontos altos do percurso e onde
pode usar e abusar da máquina fotográfica.
Partida
Loja dos Produtos de Sicó
Chegada
Loja dos Produtos de Sicó
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas
39°54’41.01”N
8°26’9.16”W
Solar dos Condes de Castelo Melhor
Como chegar
Se circular no IC8, vindo
de Pombal, saia em Ansião.
A Loja dos Produtos de
Sicó fica no Posto de
Turismo, bem no centro da
vila, junto ao rio Nabão.
Chão Venda Lisboinha do Negro Pousaflores Santiago dos Ariques Serra dos Ariques Serra do Castelo
Chão
Venda
Lisboinha
do Negro
Pousaflores
Santiago
dos Ariques
Serra dos Ariques
Serra do Castelo
Marrugueira
Alvaiázere
Alvaiázere
Bofinho
Mata

de Couce

Chão de Couce - Alvaiázere

Ansião

BTT

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

31 km

DURAÇÃO

4 horas

Não entre em grutas ou buracos.DIFICULDADE DISTÂNCIA 31 km DURAÇÃO 4 horas Boucinhos Aldeia do Bofinho O ponto mais alto do

Boucinhos

Aldeia do Bofinho

O ponto mais alto do maciço calcário de Sicó está a 618 me- tros de altitude. Se completar o trajeto é aí que chegará. O percurso conduz o praticante por ciprestes e carvalhos no concelho de Ansião e apresenta uma vista, no cimo da serra de Alvaiázere, para os inúmeros campos de milho, vinhas e oliveiras existentes em redor. Pode ainda testar a sua des- treza para ler as horas no relógio de sol que se encontra no miradouro em Alvaiázere.

relógio de sol que se encontra no miradouro em Alvaiázere. Partida Praça de Chão de Couce

Partida

Praça de Chão de Couce

Chegada

Alvaiázere

Época aconselhada

Todo o ano. Evite dias

muito quentes ou

chuvosos

Coordenadas GPS

39°53’30.91”N

8°22’4.90”W

Como chegar

O trajeto mais fácil a seguir

para Chão de Couce é pelo

IC8 e sair para a EN110/

Zona Industrial. Cerca de

3 km mais à frente, vire à

direita para a rua Manuel

Furtado. O ponto de

partida fica do lado direito.

Mosteiro de Santa Maria da Vitória

Batalha

Natureza ganha força num concelho cheio de história

Longe vai o tempo em que o concelho da Ba- talha tinha apenas o Mosteiro como ponto de atração. A Pia do Urso, o Centro de BTT, os moinhos, as zonas de escalada no Bu- raco Roto e as Grutas da Moeda são apenas alguns dos destaques do concelho na sua li- gação com o turismo natureza. Resultado do trabalho de vários séculos é também a rota gastronómica serrana, com um convite para a morcela de arroz ou a cabidela à serrana.

Património e Monumentos

Mosteiro de Santa Maria da Vitória, Grutas da Moeda, Pia do Urso, Pia da Ovelha, Ponte da Boutaca, Ermida de Nossa Senhora do Fetal, Moinhos, Buraco Roto, Minas da Barrojeira

Câmara

244

769 110

Turismo

244

765 180

Mosteiro

244

765 497

ADAE - Acrescentamos valor à nossa região

244 765 497 ADAE - Acrescentamos valor à nossa região 29 Guia dos Percursos Pedestres e

29

Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014 // REGIÃO DE LEIRIA

Mata do Cerejal

Batalha

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

9,5 km

DURAÇÃO

3 horas

Evite as horas de muito calor para realizar este trajeto.DISTÂNCIA 9,5 km DURAÇÃO 3 horas Monumento evocativo da Arca de Noé Capela de S. Mateus

Monumento evocativo da Arca de Noé Capela de S. Mateus Mata do Cerejal
Monumento evocativo
da Arca de Noé
Capela de S.
Mateus
Mata do
Cerejal

Será das zonas mais bonitas do concelho. Inserido na Rede Natura 2000, o trajeto é rico em habitats naturais de fauna e flora. As árvores de grande porte, algumas com dezenas de anos, acompanham o traçado, na sua maioria fora de es- tradas alcatroadas. Alterado devido à passagem do IC9 na região, o percurso ganha um novo relevo no concelho. As comunidades florestais de copa cerrada, a entrada da Mina de Carvão das Barrogeiras (inativa) e os Polvarinhos são ou- tros pontos de interesse.

e os Polvarinhos são ou- tros pontos de interesse. Partida Capela de S. Mateus, Alcanadas Chegada

Partida Capela de S. Mateus, Alcanadas Chegada Capela de S. Mateus, Alcanadas Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS

39°38’7.47”N

8°47’56.73”W

Como chegar Saindo da Batalha, em direção a Fátima, pela EN356, até à subestação do Celeiro. Vire à direita em direção a Alcanadas. No centro da localidade encontra a Capela.

Buraco Roto

Batalha

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

6 km

DURAÇÃO

2h30

DESNÍVEL

DO PERCURSO 230 metros

Um chapéu ou boné vão ajudá- lo a cumprir o percurso.DURAÇÃO 2h30 DESNÍVEL DO PERCURSO 230 metros Gruta do Buraco Roto Pia da Ovelha Pena Vale

Gruta do Buraco Roto Pia da Ovelha Pena Vale dos Ventos Vale dos Ventos
Gruta
do Buraco Roto
Pia da Ovelha
Pena
Vale dos Ventos
Vale dos Ventos

Largo

da Praça

da Fonte

Ermida de N. S. do Fetal Casa dos Peregrinos

As saliências calcárias e grutas naturais existentes na Pia da Ovelha e Vale dos Ventos fornecem condições únicas para a prática de escalada. A região é procurada por prati- cantes de todo o país. Se pretender visitar a gruta, não o faça sozinho. Há locais onde a água ainda passa no interior bem como sinais da existência de morcegos, pelo que não deve visitar em época de chuvas nem criar impacto. Aprecie a fauna existente no percurso, com destaque para a orquídea serrana.

no percurso, com destaque para a orquídea serrana. Partida Largo da praça da Fonte, Reguengo do

Partida Largo da praça da Fonte, Reguengo do Fetal Chegada Largo da praça da Fonte, Reguengo do Fetal Época aconselhada Todo o ano, de preferência em dias não chuvosos, devido às passagens em rocha calcária Coordenadas GPS

39°38’23.32”N

8°45’47.22”W

Como chegar A partir da Batalha, siga pela EN356, em direção a Fátima. Oito quilómetros depois chega ao Reguengo do Fetal.

Caminho-de-ferro mineiro do Lena

Batalha

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

6 km

DURAÇÃO

1h45

Mosteiro Ponte Apeadeiro Antigas minas das Barrojeiras
Mosteiro
Ponte
Apeadeiro
Antigas minas
das Barrojeiras

da Boutaca

Linha Caminho- de-Ferro das Antigas Minas da Bezerra

É uma verdadeira viagem no tempo. Construído nos anos 20 do século passado para escoar
É uma verdadeira viagem no tempo. Construído nos anos
20 do século passado para escoar o carvão da pequena ba-
cia carbonífera da Batalha (Mata e Barrojeiras), o Ramal do
Lena ligava a Linha do Oeste à vila da Batalha. Ajudou ao
desenvolvimento local e estendeu-se até Porto de Mós, pas-
sou a transportar passageiros e produtos agrícolas. A partir
do arco propositadamente aberto na Ponte da Boutaca e até
ao apeadeiro, quem circulasse no comboio podia observar
uma vista sobre o mosteiro.
Partida
Ponte da Boutaca
Chegada
Minas das Barrojeiras
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°39’28.33”N
8°49’51.48”W
Como chegar
Saia da entrada principal
do Mosteiro da Batalha
para a avenida D. Nuno,
passando debaixo do IC2.
A Ponte da Boutaca fica
do outro lado da estrada, a
cerca de 300 metros.

Rota dos Moinhos

Batalha

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

6,7 km

DURAÇÃO

3 horas

Moinhos Casais de S. Mamede Algar das Gralhas Vértice Geodésico Moinhos Pia do Urso EB
Moinhos
Casais
de S. Mamede
Algar
das Gralhas
Vértice
Geodésico
Moinhos
Pia do Urso
EB 1
dos Crespos

A maior parte dos moinhos de vento existentes na freguesia

de São Mamede está desativada. Todavia, a sua localização,

em altitude, possibilita um conhecimento profundo do patri- mónio natural da região. Os Moinhos da Cassaca, os primei- ros a encontrar no percurso, serviam para a transformação do grão em farinha para os habitantes da aldeia. Seguem-se

o Moinho do Zé do Cuco, o Moinho do Manuel Moleiro e o

Moinho do Mocho. Por último, o Murrial, onde restam ape- nas dois de dez moinhos, e o Moinho do Castelinho.

S. Mamede
S. Mamede

Partida Escola Básica dos Crespos, São Mamede Chegada Escola Básica dos Crespos, São Mamede Época aconselhada Todo o ano, de preferência em dias não chuvosos Coordenadas GPS 39º 36’ 12.35”N 8º 42’ 05.15”W Como chegar Na Batalha, siga a EN356 para Fátima. Passe São Mamede e continue até à Pia do Urso. A 500 metros encontra a Escola Básica dos Crespos.

Percurso 1

Batalha

BTT

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

12,5 km

DURAÇÃO

2 horas

DESNÍVEL

ACUMULADO

150 metros

Experimente os jogos didáticos do Ecoparque sensorial da Pia do Urso

Experimente os jogos didáticos do Ecoparque sensorial da Pia do Urso

Partida Centro de BTT da Pia do Urso Chegada Centro de BTT da Pia do
Partida
Centro de BTT
da Pia do Urso
Chegada
Centro de BTT
da Pia do Urso
Todo o ano
39°35’47.25”N
8°43’1.36”W
Como chegar

Covas

Ferrarias

Grutas da Moeda

São Mamede

Centro de BTT da Pia do Urso

O Ecoparque Sensorial da Pia do Urso foi o primeiro criado em Portugal preparado para receber invisuais. O nome da aldeia, conta a história, deriva de um urso que aproveitava uma das pias existentes no maciço rochoso para ir beber água com frequência. A aldeia foi recuperada e algumas ca- sas, de pedra e madeira, podem ser alugadas. O parque está dividido em seis estações temáticas e os trilhos levam o vi- sitante a pias naturais, sulcos multiformes, e a desfrutar de momentos de lazer com os jogos didáticos existentes.

Pia do Urso
Pia do Urso

Época aconselhada

Coordenadas GPS

Na Batalha siga a EN356,

em direção a Fátima. Passe

São Mamede e siga as

placas até à Pia do Urso.

O Centro de BTT é o seu

ponto de partida.

Percurso 2

Batalha

BTT

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

27 km

DURAÇÃO

2 horas a 3h30

DESNÍVEL

ACUMULADO

538 metros

Lapa Furosa São Mamede Casal Velho Moinhos Centro de BTT da Pia do urso Casal
Lapa
Furosa
São Mamede
Casal Velho
Moinhos
Centro de BTT
da Pia do urso
Casal da Vieira

Pessegueiro

Conta a lenda que um homem abastado ao passar por um bosque, em torno de um algar, foi assaltado por um bando de malfeitores que tentaram ficar com a sua bolsa de moe- das. Na confusão do assalto, o homem caiu dentro do algar, levando consigo a bolsa. Pelo precipício abaixo, as moedas espalharam-se e perderam-se, dando ao algar o nome pelo qual hoje é conhecido. Simbolicamente, milhares de visi- tantes deixam uma moeda no local, pedindo o desejo de riqueza.

Pia do Urso
Pia do Urso

Partida Centro de BTT da Pia do Urso Chegada Centro de BTT da Pia do Urso Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS

39°35’47.25”N

8°43’1.36”W

Como chegar Na Batalha siga a EN356, em direção a Fátima. Passe São Mamede e siga as placas até à Pia do Urso. O Centro de BTT é o seu ponto de partida.

Percurso 3

Batalha

BTT

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

37 km

DURAÇÃO

2h30 a 4 horas

DESNÍVEL

ACUMULADO 840 metros

2h30 a 4 horas DESNÍVEL ACUMULADO 840 metros Saboreie as morcelas de arroz num dos restaurantes

Saboreie as morcelas de arroz num dos restaurantes que formam a Rota Gastronómica.

Nascente do rio Lis Torre Reguengo do Fetal Covão da Carvalha Pia da Ovelha Moinhos
Nascente do rio Lis
Torre
Reguengo do Fetal
Covão da Carvalha
Pia da Ovelha
Moinhos
Centro de BTT
da Pia do Urso

Se quiser conhecer melhor as gentes e costumes da Batalha, a visita ao Museu da Comunidade Concelhia da Batalha é obrigatória. Propõe aos visitantes a experiência de visita única e personalizada, fomentando uma abordagem dinâ- mica e um contacto direto com o acervo e as histórias que o museu tem para contar. Assume-se como um centro de cul- tura vivo, reunindo as funções de investigação, conserva- ção e valorização de um património cultural. Dispõe ainda de um espaço para exposições temporárias.

Crespos
Crespos
Partida Centro de BTT da Pia do Urso Chegada Centro de BTT da Pia do
Partida
Centro de BTT
da Pia do Urso
Chegada Centro
de BTT da Pia do Urso
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°35’47.25”N
8°43’1.36”W
Como chegar
Na Batalha siga a EN356,
em direção a Fátima. Passe
São Mamede e siga as
placas até à Pia do Urso.
O Centro de BTT é o seu
ponto de partida.

Percurso 4

Batalha

BTT

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

92,5 km

DURAÇÃO

5h30 a 9 horas

DESNÍVEL

ACUMULADO 1.950 metros

Torrinhas Maceirinha Batalha Perulheira São Mamede Mata do Cerejal Alqueidão da Serra Centro de BTT
Torrinhas
Maceirinha
Batalha
Perulheira
São Mamede
Mata do Cerejal
Alqueidão da Serra
Centro de BTT da
Pia do Urso
Pessegueiro
Todos os anos no último fim de semana de setembro rea- liza-se a procissão noturna
Todos os anos no último fim de semana de setembro rea-
liza-se a procissão noturna de Nossa Senhora do Fetal, co-
nhecida como a “Procissão dos Caracóis”. Ao longo de 800
metros, o percurso é iluminado por milhares de lamparinas
feitas com cascas de caracol, azeite e um pavio, conduzindo
a imagem da santa até à Igreja Matriz. As lamparinas dese-
nham figuras no solo ou frases alusivas à procissão. Uma se-
mana depois, em outubro, repete-se a procissão, com a ima-
gem de Nossa Senhora do Fetal a regressar ao santuário.
Partida
Centro de BTT
da Pia do Urso
Chegada Centro
de BTT da Pia do Urso
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°35’47.25”N
8°43’1.36”W
Zona desportiva da Batalha
Como chegar
Na Batalha siga a EN356,
em direção a Fátima. Passe
São Mamede e siga as
placas até à Pia do Urso.
O Centro de BTT é o seu
ponto de partida.

Percurso 5

Batalha

BTT

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

26,2 km

DURAÇÃO

1h45 a 3h15

DESNÍVEL

ACUMULADO

500 metros

Respeite os sinais de trânsito para sua segurança.

Respeite os sinais de trânsito para sua segurança.

Crespos Centro de BTT da Pia do Urso Valongo Pessegueiro Lagoa Ruíva
Crespos
Centro de BTT
da Pia do Urso
Valongo
Pessegueiro
Lagoa Ruíva

O polje de Mira-Minde é um dos destaques desta rota. Sit- ua-se no concelho de Porto de Mós, no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros e é o maior existente na região. Tem cerca de 4 km de comprimento e 1,8 km de largura. No inverno, o polje enche-se de água e forma um grande lago, podendo atingir oito metros de profundidade. Apreciado por atletas radicais, além do BTT, também é procurado para parapente e canoagem.

Crespos
Crespos

Partida:

Centro de BTT da Pia do Urso Chegada Centro de BTT da Pia do Urso Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS

39°35’47.25”N

8°43’1.36”W

Como chegar Na Batalha siga a EN356, em direção a Fátima. Passe São Mamede e siga as placas até à Pia do Urso. O Centro de BTT é o seu ponto de partida.

Percurso 6

Batalha

BTT

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

54,5 km

DURAÇÃO

3h30 a 5h30

DESNÍVEL

ACUMULADO 1.330 metros

Tenha em atenção que os objetos parecem mais próximos quando estão muito iluminados.3h30 a 5h30 DESNÍVEL ACUMULADO 1.330 metros Amoreira Lagoa do Brogal Batalha Reguengo Fetal Brancas

Amoreira Lagoa do Brogal Batalha Reguengo Fetal Brancas Alcanadas Estrada Romana Centro de BTT da
Amoreira
Lagoa do Brogal
Batalha
Reguengo Fetal
Brancas
Alcanadas
Estrada Romana
Centro de BTT
da Pia do Urso

Capado grelhado, sopa da avó, cabidela à serrana, bacalhau com migas e as tradicionais morcelas de arroz. Se já chega para abrir o apetite de um amante da gastronomia, imagine o que fará a um esforçado participante de um dos percur- sos e trilhos que o concelho dispõe. Com destaque para o enchido, todos os pratos fazem parte da Rota Gastronómica Serrana e estão à disposição dos visitantes em seis restau- rantes do concelho.

dos visitantes em seis restau- rantes do concelho. Partida: Centro de BTT da Pia do Urso

Partida:

Centro de BTT da Pia do Urso Chegada Centro de BTT da Pia do Urso Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS

39°35’47.25”N

8°43’1.36”W

Como chegar Na Batalha siga a EN356, em direção a Fátima. Passe São Mamede e siga as placas até à Pia do Urso. O Centro de BTT é o seu ponto de partida.

Percurso 7

Batalha

BTT

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

19,4 km

DURAÇÃO

1h15 a 2h15

DESNÍVEL

ACUMULADO

285 metros

1h15 a 2h15 DESNÍVEL ACUMULADO 285 metros Aproveite para levar o seu cão, preso pela trela,

Aproveite para levar o seu cão, preso pela trela, para este passeio.

Maceirinha Mosteiro da Batalha
Maceirinha
Mosteiro
da Batalha
Eleito uma das 7 Maravilhas de Portugal, o Mosteiro de Santa Maria da Vitória, vulgarmente
Eleito uma das 7 Maravilhas de Portugal, o Mosteiro de Santa
Maria da Vitória, vulgarmente denominado Mosteiro da
Batalha, recebe anualmente milhares de turistas nacionais
e estrangeiros. Considerado uma das mais belas obras da
arquitetura portuguesa e europeia, o monumento integra
desde 1983 a lista de Património da Humanidade definida
pela UNESCO. Em 2012 foi inaugurado o Centro de Interpre-
tação, na Adega dos Frades, que propõe a quem visita o mos-
teiro um trajeto pela História.
Partida:
Mosteiro da Batalha
Chegada
Mosteiro da
Batalha
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°39’31.63”N
8°49’31.87”W
Como chegar
Batalha
Pelo IC2, vindo de
qualquer direção, saia
para Batalha. Na primeira
rotunda, escolha a terceira
saída, em direção ao
Mosteiro.

Subidas intermináveis e boas descidas

As duas rodas sempre me atraíram, o andar de bicicleta com os meus amigos de infância, as duas rodas motorizadas e, por fim, novamente de regresso ao en- canto do motor “a pernas”. Pela saúde… também! Quem de nós, com vidas seden- tárias, não deseja perder um pouco de “crescimento lateral”?

Motivado por amigos praticantes de BTT, bem como pelo Sr. Colesterol, ini- ciei-me há vários anos no BTT e voltei a aventurar-me em peripécias de miúdo, mas desta vez com material apropriado e o indispensável capacete! São já muitas as horas passadas na bicicleta, na nossa zona, e pelo país fora, sempre acompanhado por bons amigos e

bons eventos de BTT, alguns dias comple- tos serra acima, serra abaixo - serra abaixo é sempre a minha parte preferida! O potencial do território que temos ao nosso dispor é fantástico para a prática de BTT: da praia aos estradões na serra, subi- das que parecem intermináveis, descidas em trilhos alucinantes, vistas de cortar a respiração e tudo isto à porta de casa! Todo este potencial foi bem aprovei- tado por algumas entidades locais, no- meadamente pelo município da Batalha. O Centro de BTT da Pia do Urso, o apoio dado à Maratona do Centro, o Passeio FIABA, o BTT Noturno são prova disso, conduzindo à crescente presença e ao destaque que esta modalidade tem tido na região.

Fernando Moniz Airbike, Associação de Ciclismo
Fernando Moniz Airbike, Associação de Ciclismo

Zona agrícola no Bombarral

Bombarral

A pureza do vinho e da fruta numa região fértil

43

Bombarral está inserido numa fértil região agrícola, fruto do trabalho dos monges de Al- cobaça, de pereiras, de colonos e de agricul- tores. A produção de Pera Rocha ocupa um peso significativo na economia. Na região, existem casas senhoriais e pequenos palace- tes de grandes produtores agrícolas. Visite a

Património e Monumentos Igreja Matriz, Palácio de Gorjões, Gruta Nova da Columbeira, Gruta da Lapa do Suão, Castro da Columbeira, Buddha Eden Garden

Companhia Agrícola do Sanguinhal, a maior

Câmara

262

609020

produtora dos vinhos da região. O Buddha

Buddha

Eden Garden é um dos pontos de atração

Eden Garden

262

605 240

mais recente do concelho, com cerca de 35

Quinta

hectares. Existem outros percursos (não si- nalizados) que pode realizar e que constam na publicação “Bombarral a pé”.

das Cerejeiras

262 609 190

Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014 // REGIÃO DE LEIRIA

OO caminhocaminho dada RoliçaRoliça

Bombarral

DIFICULDADE DISTÂNCIA 6,9km/11,5km DURAÇÃO 2 a 3 horas Se encontrar alguma placa de sinalização
DIFICULDADE
DISTÂNCIA
6,9km/11,5km
DURAÇÃO
2 a 3 horas
Se encontrar
alguma placa
de sinalização

danificada ou

ausente, informe

os responsáveis

locais.

1.ª Posição Francesa Roliça Largo D. Maria I LG Heroes de França Túmulo Tenente Coronel
1.ª Posição
Francesa
Roliça
Largo D. Maria I
LG Heroes
de França
Túmulo Tenente
Coronel Lake

Columbeira

2.ª Posição

Francesa

Um percurso histórico transporta-nos para o século XIX, nas invasões francesas. Na Roliça, a 17 de agosto de 1808, travou- se a batalha contra as tropas francesas, na qual o exército anglo-luso, comandado pelo General Wellesley, futuro Du- que de Wellington, se sagrou vencedor. Os mais experientes podem fazer o traçado mais longo que permite conhecer os dois locais das posições francesas e ainda o túmulo do Te- nente-coronel Lake, enquanto para os menos experientes há o trajeto mais curto que passa na 1ª posição francesa.

Vinhas
Vinhas

Partida:

Largo D. Maria I (Roliça)/ LG Heroes da França (Columbeira) Chegada Largo D. Maria I (Roliça)/ LG Heroes da França (Columbeira) Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS

39°18’49.09”N

9°10’58.60”W

Como chegar O trajeto mais fácil para chegar ao destino é ir pela A8, seguir pela saída 13, em direção a São Mamede. Vire para a EN8-4 até à Roliça.

Nutrição e exercício

O exercício físico conjugado com uma boa alimentação é importante para obter su- cesso. Antes de uma caminhada ou treino de ginásio, é recomendado que o atleta faça uma refeição.

Regra geral, recomenda-se uma refei- ção 60 a 90 minutos antes do exercício, por exemplo, com pão integral com queijo fresco magro ou fiambre frango/peru, ou iogurte natural com aveia. Devem ser tidos em conta os conceitos de índice glicémico, hidratos de carbono (HI) simples (absorvi- dos rapidamente) vs complexos (absorvi- dos lentamente), proteínas de rápida ab- sorção vs proteínas de libertação gradual. Os primeiros 30 minutos após exercício são cruciais para a recuperação, com uma refeição de HI simples, para recuperação

das reservas de glicogénio muscular, jun- tamente com proteínas (rápida absorção), para recuperação muscular e ressíntese proteica no músculo. Os erros mais co- muns são a hidratação inadequada, inter-

valos longos entre refeições e inexistência de boa refeição pré e pós-treino. Antever

o dia alimentar é um dos cuidados a ter:

fazer refeições com intervalos de 2/3 ho- ras impede períodos de hipoglicémia e de destruição proteica, melhora a atenção

e rendimento, evita a sobrecarga por re-

feições volumosas, ritma a atividade do aparelho digestivo e impede o excesso de peso. A melhor dieta é a que é elaborada especificamente para as suas necessida- des, considerando a rotina de treino, ativi- dades diárias, além de ponderar as especi- ficidades genéticas e metabólicas.

André Vieira Personal trainer
André Vieira Personal trainer
46 REGIÃO DE LEIRIA // Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014

Caldas da Rainha

A cerâmica como nunca ninguém a viu

Ir às Caldas e não passar uma manhã no mer- cado da fruta, agora renovado, é quase como ir a Roma e não ver o Papa. A frescura, as co- res e a variedade dos alimentos marcam o ritmo da praça da República. Ao lado está o jardim e o Hospital Termal, imóvel proveni- ente das obras fomentadas pelo Rei D. João V, na cidade, entre 1474 e 1750. No Museu de Rafael Bordalo Pinheiro pode observar a faiança decorativa inspirada em motivos na- turalistas. Com Rafael Bordalo Pinheiro, a ce- râmica caldense foi divulgada a uma escala sem precedentes. É visita obrigatória.

Património e Monumentos Casa Museu São Rafael, Museu Barata Feyo, Museu do Ciclismo, Museu do Hospital e das Caldas, Museu José Malhoa, Museu da Cerâmica, Centro Cultural das Caldas da Rainha, Silos Contentor Criativo

Câmara

262 240 000

Silos Contentor

Criativo

262

283 317

47

Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014 // REGIÃO DE LEIRIA

Da Praia da Foz à lagoa de Óbidos

Caldas da Rainha

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

8,1 km

DURAÇÃO

3 horas

DISTÂNCIA 8,1 km DURAÇÃO 3 horas Passe pela praça da Fruta, local emblemático nas Caldas da

Passe pela praça da Fruta, local emblemático nas Caldas da Rainha.

praça da Fruta, local emblemático nas Caldas da Rainha. Moinho Pedra da Escada Praia da Foz
Moinho Pedra da Escada Praia da Foz do Arelho INATEL Foz do Arelho Cumeira Lagoa
Moinho
Pedra da Escada
Praia da Foz
do Arelho
INATEL Foz do Arelho
Cumeira
Lagoa
de Óbidos
Pode observar uma grande variedade de espécies vegetais e animais que aqui habitam, bem como
Pode observar uma grande variedade de espécies vegetais e
animais que aqui habitam, bem como as diversas atividades
de pesca e recreio. O trajeto segue para o interior, passa por
zonas agrícolas e de floresta, bem como pelo meio da vila
da Foz do Arelho, até chegar à costa atlântica. A partir daqui
seguem-se os trilhos de pé posto marcados pelos pescado-
res nas arribas, até à praia. É um trilho curto, com paisagens
para “sentir” a lagoa, o campo, a vila e o mar.
Partida
Inatel em Foz do Arelho
Chegada
Inatel em Foz do Arelho
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°25’57.50”N
9°13’0.04”W
Foz do Arelho
Como chegar
Tome a A8 até Caldas
da Rainha. Abandone a
autoestrada e siga para o
centro, cerca de 6 km. Na
rotunda, saia na segunda
saída para a EN360.

O que é isso de espeleologia?

A pesquisa rápida na Wikipédia resulta

é a “ciência que estuda as cavidades

naturais (grutas, algares…), nas vertentes da sua formação, constituição, caracte- rísticas físicas, formas de vida, e sua evo- lução ao longo do tempo”. Mas para mim é também sinónimo de um dia bem pas- sado na serra e de prazer pela descoberta. É muito estimulante saber que em pleno séc. XXI e perto de nossas casas ainda há locais onde ninguém foi.

em

Na véspera da saída é necessário pre- parar tudo: as sandes e os leites achoco- latados, o capacete, o fato de macaco e os botins, a carta topográfica e o GPS, o mate- rial individual de subida e descida, e final- mente o material coletivo, cordas e tudo aquilo que permite fixá-las à rocha. No dia

acorda-se muito cedo e o pequeno-almoço é reforçado. A hora de regresso nunca se sabe, mas já não é preocupação para os familiares. Ao chegar à serra, o café Central da al-

deia é paragem obrigatória. Os habitantes têm sempre gosto em nos informar de um novo buraco que encontraram. É tempo de ouvir velhas histórias, como a do cão que caiu num algar e foi aparecer numa nas-

cente a muitos quilómetros dali

clássico. No terreno, uma vez encontrada a boca do algar, pelo barulho das pedras que se deixa cair calcula-se que terá uns 20 me- tros. O que há lá em baixo? Aceita o desa- fio! Vive a experiência com uma das várias associações de espeleologia que existem no distrito de Leiria.

é já um

José Artur Pinto NEL - Pénoburaco
José Artur Pinto NEL - Pénoburaco
50 REGIÃO DE LEIRIA // Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014

Castanheira de Pera

A riqueza da serra com a praia ali ao lado

51

Castanheira de Pera tem a única fábrica do país onde se produz o tradicional barrete de cam- pino que integra o traje português. Feito a ma- lha em tear circular, o acabamento da peça é totalmente artesanal. A cor preta era usada na região da Beira Litoral, especialmente por pes-

Património e Monumentos Casa do Tempo, Casas Apalaçadas, Poços do Neveiro Real, Mural de Azulejos, Casa do Soares, Lagar do Corga

cadores e pessoas que trabalhavam no campo,

Câmara

236

430 280

a cor verde utilizada por campinos e forcados

236

438 931

do Ribatejo. Longe da costa atlântica, a Praia das Rocas é ponto de atração no concelho, es- pecialmente no verão. Implantada entre duas albufeiras criadas artificialmente na Ribeira de Pera, tem também uma marina e bungalows.

Praia das Rocas Bombeiros

236

432 555

Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014 // REGIÃO DE LEIRIA

Rota dos Coentrais

Castanheira de Pera

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

4,3 km

DURAÇÃO

2h30

DIFICULDADE DISTÂNCIA 4,3 km DURAÇÃO 2h30 Leve uma camisola para trocar no final do trajeto. Coentral

Leve uma camisola para trocar no final do trajeto.

Coentral Grande Coentral Coentral da Cruz do Fojo Porto Ponte da Pedra
Coentral
Grande
Coentral
Coentral
da Cruz
do Fojo
Porto
Ponte da Pedra

Coentral é uma das aldeias da Serra da Lousã. O trajeto liga Coentral Grande, Coentral das Barreiras e Coentral do Fojo, através de antigos caminhos de acesso aos terrenos de cul- tivo e de ligação. A frescura das águas e a sombra de casta- nheiros centenários criam um cenário único numa região onde as casas em xisto e granito completam o postal de um dia bem passado. O percurso não está homologado, nem totalmente sinalizado, pelo que deve seguir as indicações com alguma atenção.

Coentral
Coentral
Partida Coentral Grande Chegada Coentral Grande Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS 40° 3’53.11”N
Partida
Coentral Grande
Chegada
Coentral Grande
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
40° 3’53.11”N
8°10’42.95”W
Como chegar
Saia do IC8, em Figueiró
dos Vinhos, tomando a
direção de Castanheira
de Pera, pela EN 236-1.
Percorra cerca de 20 km
na mesma via, até chegar a
Coentral Grande.

Rota dos Neveiros

Castanheira de Pera

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

2,8 km

DURAÇÃO

2 horas

DISTÂNCIA 2,8 km DURAÇÃO 2 horas Evite os chinelos para este passeio. Sapatilhas é a melhor

Evite os chinelos para este passeio. Sapatilhas é a melhor opção.

Sto. António da Neve Selada das Casas Coentral Grande Coentral da Cruz
Sto. António
da Neve
Selada das Casas
Coentral Grande
Coentral da Cruz
O percurso permite recordar o trajeto que os antepassados faziam para ir recolher a neve
O percurso permite recordar o trajeto que os antepassados
faziam para ir recolher a neve dos poços, quando se deslo-
cavam de Coentral para Santo António da Neve. Situado a
1.100 metros de altitude, Santo António da Neve é um dos ex-
líbris do concelho. Permite uma vista única sobre a região,
podendo identificar a Serra da Estrela, nos dias mais claros.
Em invernos mais rigorosos a queda de neve é frequente. O
percurso não está homologado, nem totalmente sinalizado,
pelo que deve seguir as indicações com atenção.
Partida
Coentral da Cruz
Chegada
Santo António da Neve
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
40° 3’46.04”N
8°10’46.56”W
Vista de Santo António da Neve
Como chegar
Saía do IC8, em Figueiró
dos Vinhos, tomando a
direção de Castanheira
de Pera, pela EN 236-1.
Percorra cerca de 20 km
na mesma via, até chegar a
Coentral da Cruz.

Rota das Levadas

Castanheira de Pera

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

5,3 km

DURAÇÃO

2 horas

Vale Silveira Ponte da Noguezã Costa Coentral Ribeira Grande de Pera Coentral do Fojo Coentral
Vale
Silveira
Ponte da
Noguezã
Costa
Coentral
Ribeira
Grande
de Pera
Coentral
do Fojo
Coentral

da Cruz

As linhas de água que atravessam a freguesia do Coentral proporcionam aos visitantes um contacto
As linhas de água que atravessam a freguesia do Coentral
proporcionam aos visitantes um contacto único com a na-
tureza. Como o percurso não está homologado e podem
existir zonas onde a sinalização não está colocada, utilize os
cursos de água como guias para completar o passeio. Os cas-
tanheiros centenários são outra das maravilhas que pode
conhecer na ligação entre as levadas de rega do Coentral e
as três ribeiras que existem na região: Quelhas, Coentral e
Cavalete.
Partida:
Coentral Grande
Chegada
Coentral Grande
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
40° 3’53.11”N
8°10’42.95”W
Como chegar
Saia do IC8, em Figueiró
dos Vinhos, tomando a
direção de Castanheira
de Pera, pela EN 236-1.
Percorra cerca de 20 km
na mesma via, até chegar a
Coentral Grande.

Pelos encantos da vila de Castanheira de Pera

Castanheira de Pera

DIFICULDADE Pare num café e converse um pouco com os habitantes locais.
DIFICULDADE
Pare num café e
converse um pouco
com os habitantes
locais.
Zona Espelho de Água Piscinas Fluviais Pitoresca da Vila Igreja Matriz de Castanheira de Pera
Zona
Espelho de Água
Piscinas Fluviais
Pitoresca
da Vila
Igreja Matriz de
Castanheira de Pera
Zona Antiga
da Vila
Jardins da Casa
da Criança
Rainha Leonor
A Ponte dos
Esconhais
e Parque Azul
O Mural e as
Avenidas Verdes

As Casas

Apalaçadas

Um contacto próximo com a história e desenvolvimento

da vila de Castanheira de Pera está incluído neste percurso. Dos espaços verdes à arquitetura, passando pela história e

o lazer, o praticante vive momentos únicos numa paisagem

natural convidativa a alguns dias de descanso. Pode teste-

munhar os tempos áureos da indústria têxtil por toda a vila

e em particular nas Casas Apalaçadas, com arquitetura do

início do séc. XX. Construídas por proprietários das antigas fábricas, continuam na posse das mesmas famílias.

Igreja Matriz
Igreja Matriz

Partida Jardins da Casa da Criança Rainha D. Leonor Chegada As Casas Apalaçadas Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS 40° 0’19.19”N

8°12’34.86”W

Como chegar Saia do IC8, em Figueiró dos Vinhos, e tome a direção de Castanheira de Pera, pelas EN 236-1. Ao entrar na vila, os jardins ficam do seu lado direito.

Nas fragas da Ribeira das Quelhas

Castanheira de Pera

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

4 km

DURAÇÃO

3 horas

Vale Silveira Caminho Estrada Branca do Coentral Fragas das Quelhas Cascatas Margens das Quelhas da
Vale Silveira
Caminho
Estrada Branca
do Coentral
Fragas
das Quelhas
Cascatas
Margens
das Quelhas
da Ribeira
Coentral
das Quelhas
Todas as estações têm os seus particulares e óbvios pontos fortes. Dos azevinhos de cores
Todas as estações têm os seus particulares e óbvios pontos
fortes. Dos azevinhos de cores fortes e dos cumes da serra
com neve no inverno, aos coloridos multifacetados do ou-
tono e às águas frescas de verão. Será uma das zonas verdes
mais bonitas do concelho, com cascatas de água de uma ri-
queza visual inimaginável. O trajeto passa no Vale Silveira,
onde um souto, um espelho de água e muros em pedra tosca
compõem a paisagem. No verão, não pense duas vezes para
um banho. Percurso obriga a recorrer a um guia local.
Partida
Coentral
Chegada
Coentral
Época aconselhada Todo
o
ano. No inverno, pela
espetacularidade das
linhas e quedas de água.
No verão pode tomar
banho.
Coordenadas GPS
40° 3’53.11”N
8°10’42.95”W
Como chegar
Saia do IC8, em Figueiró
dos Vinhos, tomando a
direção de Castanheira
de Pera, pela EN 236-1.
Percorra 20 km até chegar
a
Coentral Grande.

ASSINE A EDIÇÃO DIGITAL

6 meses

10 €

12 meses

15

EDIÇÃO DIGITAL 6 meses 10 € 12 meses 15 € É cada vez mais fácil assinar
EDIÇÃO DIGITAL 6 meses 10 € 12 meses 15 € É cada vez mais fácil assinar

É cada vez mais fácil assinar o REGIÃO DE LEIRIA.

Quando renovar ou fizer uma nova assinatura do REGIÃO DE LEIRIA, pode escolher entre a habitual edição em papel ou a edição digital, em formato PDF. De forma rápida, segura e cómoda, aceda online a www.regiaodeleiria.pt/assinaturas e escolha o pacote de assinaturas que mais lhe convém.

REGIÃO DE LEIRIA // HÁ UMA REGIÃO QUE NOS UNE

58 REGIÃO DE LEIRIA // Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014

Figueiró dos Vinhos

Peixe e beleza natural encantam Sintra do Norte

O património natural e cultural de Figueiró dos Vinhos atraiu José Malhoa para o con- celho que o pintor apelidou de “Sintra do Norte”. Elevado a “Estância de Turismo” na década de 1930 e declarado “Vila Florida da Europa” em 1998, Figueiró dos Vinhos con- tinua a seduzir pela sua beleza natural. Do ponto de vista turístico, o Casulo de Malhoa, situado junto do Clube Figueiroense, é um dos pontos de visita. O chalé destaca-se pela forma mas também pelo interior, com uma pequena sala aberta para o alpendre, reves- tida a couro lavrado, a par do teto coberto a madeira.

tida a couro lavrado, a par do teto coberto a madeira. Património e Monumentos Casulo de

Património e Monumentos Casulo de Malhoa, Cruz de Ferro, Torre Comarcã, Fonte das Freiras, Ruínas das Antigas Ferrarias de Foz de Alge

Câmara Turismo Casa da Cultura Bombeiros

236 559 550

236 552 178

236 559 600

236 552 122

59

Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014 // REGIÃO DE LEIRIA

Caminho do Xisto de Casal de São Simão

Figueiró dos Vinhos

Lousã Gondramaz Cercal Ervideira Aldeia de Ana de Avis
Lousã
Gondramaz
Cercal
Ervideira
Aldeia
de Ana de Avis

Cabeço

de Madeiró

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

5 km

DURAÇÃO

2 horas

DESNÍVEL

265 metros

Aproveite e dê um mergulho.5 km DURAÇÃO 2 horas DESNÍVEL 265 metros Centro de BTT Casal de S. Simão É

Centro de BTT

Casal de S. Simão

É a única Aldeia do Xisto no distrito de Leiria. É habitada por meia dúzia de pessoas a tempo inteiro: possuidores de um rebanho de cabras que produzem queijo artesanal, e um ca- sal que trocou a vida urbana de Leiria pela vivência no Casal de S. Simão. A maior parte das casas está recuperada. Pode passar a noite ou deliciar-se com um prato de chanfana. O percurso passa pela maior mancha de sobreiros do conce- lho, e as ruínas de um antigo povoado e o som da água mar- cam a chegada à Ribeira de Alge.

e o som da água mar- cam a chegada à Ribeira de Alge. Partida Casal de

Partida Casal de São Simão, na Eira Comunitária, Chegada Casal de São Simão, na Eira Comunitária Coordenadas GPS 39° 55’ 1.610” N -8° 19’ 21.300” W Época aconselhada Todo o ano. Atenção ao calor no verão e ao piso escorregadio no inverno. Como chegar No IC8, encontra uma saída para Aguda e Casal de São Simão. O acesso é direto e está a menos de 3 Km.

Ferraria de São João - Campelo

Figueiró dos Vinhos

BTT

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

48 km

DURAÇÃO

5 horas

DESNÍVEL

1.925 m

TOTAL DESCIDAS

1.925 m

TOTAL SUBIDAS

1.925 m

ALTITUDE MÁXIMA 864 m

ALTITUDE MÍNIMA 287 m

Campelo Vale de Cabras Silveira Pequena Centro de BTT Ferraria de S. João Bouça Abrunheira
Campelo
Vale de Cabras
Silveira
Pequena
Centro
de BTT
Ferraria
de S. João
Bouça
Abrunheira

Se pensa que já viveu tudo, prepare-se para desníveis de 30%. Este é um caminho para BTT exigente, pelos fortes declives e altitude acumulada. Após a cumeada da Serra da Lousã, em altitudes entre os 800 m e 900 m, desce vertigi- nosamente para a aldeia de Alge e atravessa Campelo. Pode visitar o Viveiro de Trutas, que aproveita as águas da ribeira e que dispõe de uma esplanada e um restaurante onde pode apreciar a singularidade da confeção do peixe, o queijo de cabra e o mel da Serra da Lousã.

Campelo
Campelo

Partida Centro de BTT, junto à Capela, à chegada ao Campelo (centro) Chegada Centro de BTT (centro) Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS 39° 58’ 23.516” N -8° 19’ 22.223” W Como chegar Pela A1 ou pela A23, seguir para o IC8, saída Aguda/ Fato, seguir placas do Centro de BTT.

Ferraria de São João - Cercal

Figueiró dos Vinhos

BTT

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

20 km

DURAÇÃO

2h30

DESNÍVEL

725 m

TOTAL DESCIDAS

725 m

TOTAL SUBIDAS

725 m

ALTITUDE MÁXIMA 796 m

ALTITUDE MÍNIMA 533 m

Cabeço de Madeiró Ferraria de S. João Centro de BTT Favacal Cercal
Cabeço
de Madeiró
Ferraria
de S. João
Centro
de BTT
Favacal
Cercal

O percurso de BTT tem forma de “oito” e passa ao km 8,3 pelo Centro de BTT, aldeia do Cercal e desce para a cénica al- deia do Favacal. Sobe contornando as Fragas da Lagoa com belas vistas sobre o vale encaixado da Ribeira do Farelo. “Conquista” o alto panorâmico da Capela de S. João do De- serto e passa pela Tarrasteira. Esta zona possui ainda duas zonas de escalada: Fragas de S. Simão e Fragas do Cercal, com cerca de 40 vias de escalada, no que muitos dizem ser dos sítios mais agradáveis para escalar na Região Centro.

dos sítios mais agradáveis para escalar na Região Centro. Partida: Centro de BTT, junto à Capela,

Partida:

Centro de BTT, junto à

Capela, à chegada ao Campelo (centro) Chegada Centro de BTT (centro) Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS 39° 58’ 23.516” N -8° 19’ 22.223” W

Como chegar

pela A23, seguir para o IC8, saída Aguda/Fato, seguir placas do Centro de BTT

Pela A1 ou

Ferraria de São João – Casal de São Simão

Figueiró dos Vinhos

BTT

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

75 km

DURAÇÃO

8 horas

DESNÍVEL

2.775 m

TOTAL DESCIDAS

2.775 m

TOTAL SUBIDAS

2.775 m

ALTITUDE MÁXIMA 957 m

ALTITUDE MÍNIMA 201 m

Lousã Gondramaz Ervideira Aldeia de Ana de Avis
Lousã
Gondramaz
Ervideira
Aldeia
de Ana de Avis

Cercal

Cabeço

de Madeiró

Centro de BTT

Casal de S. Simão

Cercal Cabeço de Madeiró Centro de BTT Casal de S. Simão A represa de Ana de

A represa de Ana de Avis é uma excelente sugestão para uma

tarde de verão. A praia fluvial é reconhecida a nível nacional pelas suas condições excecionais, com uma fresca água da ribeira rodeada por uma paisagem verde única. Menos pro- curada, com água um pouco mais fria mas com uma beleza

impressionante, é a praia fluvial das Fragas de S. Simão. Fica

a poucos quilómetros e, para além do simples lazer, as águas límpidas rodeadas de imensas fragas, que lhe dão o nome, possibilitam a realização de desportos radicais.

Ana de Avis
Ana de Avis

Partida:

Partida- Centro de BTT, junto à Capela Chegada Eira Comunitária, frente ao restaurante Varanda do Casal Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS 39° 58’ 23.516” N -8° 19’ 22.223” W Como chegar Pela A1 ou pela A23, seguir para o IC8, saída Aguda/ Fato, seguir placas do Centro de BTT

Casal de S. Simão – Ferraria de S. João

Figueiró dos Vinhos

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

13 km

DURAÇÃO

4 horas

Cabeço de Madeiró Centro de BTT Cercal Casal de S. Simão
Cabeço
de Madeiró
Centro de BTT
Cercal
Casal
de S. Simão
O percurso foi idealizado a partir de antigos caminhos e le- Partida vadas que se
O
percurso foi idealizado a partir de antigos caminhos e le-
Partida
vadas que se encontravam obstruídos. A parte inicial e final
desenvolve-se em montanha, onde se destaca a vista sobre
as aldeias do Casal de S. Simão e da Ferraria de S. João. A
Casal de S. Simão, no Rest.
Varanda do Casal
Chegada
parte intermédia faz-se ao lado da ribeira da Ferraria e da Ri-
beira de Alge, que mais tarde se juntam ao rio Zêzere. São as
quedas de água e as azenhas, com o tom verde dos loureiros
Centro de BTT, em Ferraria
de S. João
Época aconselhada
o som refrescante da água, que conduzem e enfeitiçam o
praticante ao longo do trajeto.
e
Todo o ano
Coordenadas GPS
39° 55’ 1.610” N
-8° 19’ 21.300” W
Como chegar
No IC8, saída para Aguda
e Casal de São Simão. O
acesso é direto, a 3 km.
NOTA
Temporariamente
encerrado. Contacte a
autarquia antes de decidir
fazer o percurso.

António Fael Fundador do NEL - Núcleo de Espeleologia de Leiria

Natureza no estado puro

O trilho leva-nos ao longo de frondosos bosques e o som da água que saltita de pedra em pedra é interrompido pelos nossos passos que fazem estalar folhas secas que cobrem o chão. É o relógio biológico da natureza a lembrar que o outono está a chegar. Com ele a Serra da Lousã transforma-se numa tela imensa de cor.

Caminhar aqui no meio de carvalhos e castanheiros centenários com os raios de sol a passar no meio daquelas folhas multicolores é um espetáculo inesque- cível. Ao lado do trilho, a ribeira, de água translúcida, perde-se no abismo e forma uma cascata, ao longe um veado olha-nos vigilante. Uma curva no trilho, e enqua- drada na natureza, avistamos uma aldeia

de casas de pedra. Estamos no território das Aldeias do Xisto nos concelhos mais interiores do distrito. Mais a oeste outro ex-líbris, Sitio Rede Natura 2000 Sicó/Alvaiázere. Aqui os nossos passos sobrepõem-se a uma in- finidade de outros, de civilizações da pré-história até aos tempos de hoje. Por estes trilhos continuam a passar peregri- nos a caminho de Santiago saboreando o cheiro das ervas aromáticas, à sombra de carvalhos centenários e oliveiras monu- mentais. A primavera aqui é exuberante, a paisagem agreste torna-se num imenso jardim.

Parque de merendas do Vale do Lapedo

Leiria

Um concelho que respira história

Localizado na zona centro, Leiria está próximo da costa, mas também próximo da serra. Com acessos rápidos a todo o país, a capital de dis- trito ocupa uma posição estratégica e forte- mente representativa para a região. D. Dinis e os seus feitos enaltecem o passado da cidade que hoje encontra no Lis rejuvenescido uma fonte de vida para a fauna e flora local. Além do centro histórico e da Praia do Pedrógão, o

Património e Monumentos Castelo de Leiria, Vale do Lapedo, Mata da Curvachia, Lagoa da Ervedeira, m|i|mo - Museu da Imagem em Movimento, Moinho do Papel, Museu Escolar de Marrazes, Nascente do Lis, Casa de Eça de Queiroz

concelho apresenta locais únicos para desfru- tar um bom momento: Vale do Lapedo, Mata

Câmara

244 839 500

da Curvachia, Lagoa da Ervedeira, Termas de

Agromuseu

244 614 635

Monte Real, Santuário do S. Jesus dos Milagres.

Museu Escolar

244

812 701

ADAE - Acrescentamos valor à nossa região

244 812 701 ADAE - Acrescentamos valor à nossa região 67 Guia dos Percursos Pedestres e

67

Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014 // REGIÃO DE LEIRIA

Percurso Polis

Leiria

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

4 km

DURAÇÃO

1h30

Caminhar pode fazer milagres pela sua saúde. Aproveite.DIFICULDADE DISTÂNCIA 4 km DURAÇÃO 1h30 Campos do Lis Zona Desportiva Parque Municipal Miradouro

Campos do Lis Zona Desportiva Parque Municipal Miradouro para o Castelo S. Romão
Campos do Lis
Zona Desportiva
Parque
Municipal
Miradouro para
o Castelo
S. Romão

Inaugurado em 2007, o percurso que acompanha o rio Lis na sua passagem pela cidade de Leiria tem ganho adeptos dia após dia. A pé, a correr, de bicicleta ou para passear o cão, todo o trajeto é percorrido por dezenas de leirienses que procuram estar em forma. Dos campos agrícolas, pas- sando pela zona desportiva, edifícios históricos, monumen- tos nacionais e zonas verdes, o caminho que marca a requa- lificação urbana está concluído com a construção da ponte El-Rei D. Dinis, na rua Tenente Valadim.

da ponte El-Rei D. Dinis, na rua Tenente Valadim. Partida Campos do Lis Chegada São Romão
Partida Campos do Lis Chegada São Romão Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS 39°45’4.05”N
Partida
Campos do Lis
Chegada
São Romão
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°45’4.05”N
8°48’49.49”W
Como chegar
Ao chegar a Leiria, dirija-se
até ao estádio municipal.

Treinar para trail em Leiria

O treino específico para trail, por norma, tem como base o treino de corrida, ao qual se acrescentam algumas compo- nentes específicas. Quem quer levar a atividade um pouco mais a sério, poderá sempre recorrer a um aconselhamento profissional que, hoje em dia, é fácil de obter.

A avalanche de informação sobre o tema é de tal forma grande que poderá facilmente confundir o atleta que pre- tende evoluir, levando-o a opções me- nos corretas. Mas, regra geral, a corrida deverá sempre ser complementada com reforço muscular, flexibilidade, muscu- lação, treino propriocetivo (melhoria das reações), multi-saltos, rampas, séries, bi-

cicleta e treino em terrenos variados. A nossa zona dispõe de boas condi- ções para o trail. Encontramos desníveis razoáveis e terreno técnico na zona en- volvente da nascente do Lis (Maunça e Senhora do Monte) - onde eu mais treino - numa sucessão de trilhos que nos po- derá levar até à zona de Porto de Mós ou à mata da Curvachia, por exemplo. Mais próximo do litoral, somos presenteados com a possibilidade de percorrer o Pi- nhal de Leiria e até as arribas da Serra da Pescaria, na Nazaré. A Natureza espera- nos. Assim haja imaginação e vontade!

João Colaço Ultramaratonista
João Colaço Ultramaratonista
70 REGIÃO DE LEIRIA // Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014

Marinha Grande

A arte de soprar o vidro e puxar as redes

A

indústria vidreira, a mata nacional e a arte

Património e Monumentos

xávega fazem da Marinha Grande um con- celho sem igual e com distinção em Portugal

Museu do vidro, Museu Joaquim Correia, Farol

e

no estrangeiro. A localização junto à costa

de S. Pedro de Moel, Casa-

e

a floresta que desde o século XV mantém o

Museu Afonso Lopes Vieira,

“pulmão” ativo, abriram caminho para a ativi- dade vidreira que recorre à areia e à madeira como elementos essenciais para dar forma

Samouco, Ribeiro de S. Pedro de Moel

a um copo, uma garrafa ou uma peça de arte.

Eleito maravilha, o arroz de marisco da Praia da Vieira obriga a uma paragem obrigatória na praia. Quem sabe, pode admirar a beleza de mais uma tarde de faina de pesca, com a tradi- cional arte xávega.

Câmara Museu do vidro Bombeiros

244 573 300

573 377

244 575 112

244

ADAE - Acrescentamos valor à nossa região

244 575 112 244 ADAE - Acrescentamos valor à nossa região 71 Guia dos Percursos Pedestres

71

Guia dos Percursos Pedestres e de BTT 2014 // REGIÃO DE LEIRIA

Marinha Grande - São Pedro de Moel

Marinha Grande

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

7,2 km

DURAÇÃO

1h30 a pé

30 min BTT

Assinale a ultrapassagem de peões com a campainha da bicicleta.7,2 km DURAÇÃO 1h30 a pé 30 min BTT S. Pedro de Moel Mata Nacional Marinha

S. Pedro de Moel Mata Nacional Marinha Ribeiro de S. Pedro de Moel Grande
S. Pedro
de Moel
Mata Nacional
Marinha
Ribeiro
de S. Pedro
de Moel
Grande
Trajeto de natureza florestal possibilita o contacto com um manto verde, característico da região. Destaque
Trajeto de natureza florestal possibilita o contacto com um
manto verde, característico da região. Destaque para o ob-
servatório astronómico, que se encontra implementado no
meio da mata, onde decorre com frequência a observação
de objetos celestes. Uma ação dinamizada pela Associação
Nacional de Observação Astronómica. No final do percurso
pode admirar o ribeiro de São Pedro de Moel, um espaço de
grande biodiversidade. Especial cuidado às zonas atingidas
com quedas de árvores devido a invernos rigorosos.
Partida
Parque da Cerca, Marinha
Grande
Chegada
Farol de São Pedro de Moel
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°44’46.30”N
8°56’0.93”W
Como chegar
De Leiria siga pela EN 242,
até ao centro da Marinha
Grande. Inicie o percurso
no parque da Cerca, em
direção a S. Pedro de Moel.

São Pedro de Moel - Água de Medeiros

Marinha Grande

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

2 km

DURAÇÃO

30 min a pé

 

10 min BTT

S. Pedro de Moel

30 min a pé   10 min BTT S. Pedro de Moel Praia de Água de

Praia de Água de Medeiros

A pé ou de bicicleta, este será dos percursos mais fáceis e rápidos de realizar no concelho. A praia de S. Pedro de Moel é muito procurada para a prática de surf e bodyboard, mas também para retiro. A Casa-Museu Afonso Lopes Vieira, vi- rada para o mar, mostra o espaço que serviu de refúgio ao escritor. O trajeto termina em Água de Medeiros, outra praia no limite sul do concelho.

em Água de Medeiros, outra praia no limite sul do concelho. Partida: Praça Afonso Lopes Vieira

Partida:

Praça Afonso Lopes Vieira Chegada Praia de Água de Medeiros Época aconselhada Todo o ano Coordenadas GPS

39°45’21.06”N

9° 1’50.79”W Como chegar Pela Marinha Grande, apanhe a estrada das matas nacionais em direção a S. Pedro de Moel. Dirija-se ao centro da localidade, para a praça Afonso Lopes Vieira, de frente para o mar.

São Pedro de Moel - Praia da Vieira

Praia da Vieira Samouco Praia Velha Farol de S. Pedro de Moel
Praia da Vieira
Samouco
Praia Velha
Farol de S. Pedro
de Moel

Marinha Grande

DIFICULDADE

DIFICULDADE

DISTÂNCIA

14,9 km

DURAÇÃO

3h30 a pé

 

45 min BTT

Faz parte da Estrada Atlântica e é procurado sobretudo ao domingo de manhã. À saída
Faz parte da Estrada Atlântica e é procurado sobretudo ao
domingo de manhã. À saída de São Pedro de Moel, as arribas
rochosas do Penedo da Saudade apresentam-lhe uma vista
única sobre o oceano Atlântico. É aqui que encontra um
emblemático edifício desta zona balnear: o Farol do Penedo
da Saudade, com praticamente um século de existência. A
caminho da Praia da Vieira, pare no Samouco e observe as
espécies arbóreas lá existentes e na Praia da Vieira aprecie a
riqueza que o rio Lis começa a retomar.
Partida:
Partida
Farol de São Pedro
Chegada Foz do Lis
Época aconselhada
Todo o ano
Coordenadas GPS
39°45’49.85”N
9° 1’52.48”W
Como chegar
Pela Marinha Grande,
Rio Lis
apanhe a estrada das
matas nacionais em
direção a S. Pedro de Moel.
Vire para norte até ao farol.

Geocaching natureza em Leiria

O geocaching é uma atividade outdoor que alia tecnologia e aventura ao ar li- vre. A modalidade consiste na busca de pequenos “tesouros” simbólicos, es- condidos pelo mundo inteiro em locais de interesse paisagístico, histórico ou cultural.

O jogo conta com uma vasta comuni- dade de milhares de adeptos em todo o globo, por se tratar de uma atividade divertida e saudável que pode ser prati- cada em família ou entre amigos. Leiria tem uma comunidade de geoca- chers muitíssimo ativa e este entusiasmo deve-se essencialmente ao extraordiná- rio potencial natural do nosso distrito. Uma caminhada pelos trilhos pedestres

das Serras de Aire e Candeeiros, um pi- quenique no Pinhal do Rei ou um pas-

seio pelas praias da Costa de Prata, são alguns dos programas mais apetecíveis para os geocachers que privilegiam o contacto com a natureza, a pé ou de BTT. Alguns locais de especial interesse geológico também estão referenciados nos mapas do geocaching. As majes- tosas Dunas de Salir em São Martinho do Porto, a curiosa Papoa de Peniche,

o gigantesco anfiteatro natural da Fór-

nea de Alcaria, ou as águas termais de Monte Real, são apenas algumas das ma-

ravilhas que o Earthcaching nos convida

a descobrir. O geocaching anda definitivamente de mãos dadas com a natureza, em Leiria!

Flora Cardoso Geocacher
Flora Cardoso Geocacher

Entrada do porto de abrigo da Nazaré

Nazaré

São as ondas gigantes que dominam

McNamara colocou o mundo a falar de uma pequena vila piscatória