PITÁGORAS II

Data _______ / 07 / 2016.

MODULO I/ IV
8º Ano M ATUTINO

ENSINO FUNDAMENTAL- DISCIPLINA - REDAÇÃO - Prof.ª: GIRLANE
Leia

a prova com atenção! Nota:

NOME:_______________________________________________________

VERIFICAÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE REDAÇÃO

01. Quais são as partes constituintes de uma carta?
a) local, data e símbolo.
b) despedida, corpo do texto e assinatura.
c) destinatário, símbolos e despedida.
d)local e data, horas e assinatura.
e) corpo do texto, vocativo e finalização.
02. Que nível de linguagem pode ser usado na carta pessoal?
a) culta e coloquial
b) formal e culta
c) formal e informal
d) informal e coloquial
e) informal e culta

RECUPERAÇÃO

__________

. Logo chegou a um campo aberto. quem sou? Vou me lembrar se puder. Na carta de Bruna qual é a esfera e o tema central da mensagem? a) escritora devido não conter um erro ortográfico. disse pensativamente. de repente.. A linguagem utilizada é de acordo com o nível de intimidade estabelecido entre o remetente – a pessoa que envia. Respondeu. “esse não serve.. “Como você se chama?” finalmente a Corça perguntou.. [.” “Pense bem”. mas não se assustou nadinha. A carta pessoal é um tipo de texto utilizado entre as pessoas com o objetivo de corresponderem entre si. parecia mais escuro que o último bosque e Alice sentiu um pouco de medo de entrar nele. Que voz doce e suave ela tinha! “Quem me dera saber!” pensou a pobre Alice. d) familiar.. com um bosque do outro lado. enviando e recebendo notícias de familiares e amigos. “Venha cá! Venha cá! Disse Alice. e o destinatário – a pessoa que recebe..03. trocando informações. por enquanto. [. estou decidida! Mas estar decidida.] “Este deve ser o bosque”. b) amorosa devido citar o interesse do Pepê por Gabi c) jornalística.. um tanto acabrunhada: “Nada. a Corça disse. Depois. esticando a mão e tentando afagá-la. O que será que vai ser do meu nome quando eu entrar nele? [. contando as novidades. e) cotidiana porque as características contadas aconteciam no dia a dia.] Ficou em silêncio um minuto. no fim das contas a coisa realmente aconteceu! E agora. “Então. [. mas a Corça só recuou um pouco e voltou a olhar para Alice. “em que as coisas não têm nomes. não ajudou muito.] Nesse instante apareceu uma Corça vagando por ali.” .. recomeçou. pois demonstra a ausência que a prima faz após passarem um tempo juntas. olhou para Alice com seus olhos grandes e meigos. pensando. Insetos do espelho Alice continua sua caminhada para chegar à oitava casa do jogo e atravessa um bosque.] Assim divagava quando chegou ao bosque: parecia muito fresco e sombrio. pois conta os fatos que estão acontecendo.

até que chegaram a outro campo aberto. () A Corça sabia que no lugar em que elas estavam não se lembrariam de seus nomes.. e quase chorou ( ) . “Acho que isso poderia ajudar um pouco. b) O elemento mágico é a Corça. Alice ficou procurando-a. ao ser abraçada por ela. o tempo em que durou o encontro entre as personagens. convidou Alice para ir um pouco mais a frente. Alice abraçando afetuosamente o pescoço macio da Corça. Nesse trecho. pois a Corça.] Fragmento de Alice através do espelho e o que encontrou por lá..se afirmar que: a) O elemento mágico é o bosque.Alice.Alice pensou. c) Não há nenhum tipo de descrição de lugar ou de personagem. “Aqui não consigo me lembrar. c) O elemento mágico é a roupa da Alice. não é possível saber o lugar. “Sou uma Corça! Gritou radiante. poderia me dizer como você se chama? Disse timidamente. esqueceu seu nome. narrador personagem. e) Não há fala de personagens. 05.. pois quem narra a história é Alice. Saíram caminhando juntas pelo bosque.. 04. d) O elemento mágico é Alice. Por isso. disse a Corça. “e. 06.” “Vou lhe dizer se vier um pouco adiante comigo”. disse. oh! Você é uma criança humana!” Uma expressão de susto tomou de repente seus bonitos olhos castanhos e no instante seguinte ela fugiu como um raio. “é algum consolo. “Alice pensou. então a Corça deu um súbito pinote no ar e desvencilhou dos braços de Alice. e) O elemento mágico é a Corça que se transformou em uma criança humana e conversou com Alice. pois ela tem poderes para fazer as pessoas esquecerem os nomes. “Por favor. “De todo modo. que ficou invisível. que em determinado trecho faz com que as pessoas esquecem o nome. Alice se sentiu frustrada por não ter conseguido se lembrar do seu nome..” Assim. pode . mas não adiantou coisa alguma. ( ) Ao final da narrativa. Assinale V (verdadeiro) ou F (falso) para as afirmações referentes aos fatos narrados nesse texto: A Corça e Alice caminham juntas pelo bosque. agora sei meu nome”.não vou esquecer de novo. Em relação aos elementos da narrativa desse trecho está CORRETO afirmar que: a) O foco narrativo está em 1ª pessoa. Alice. [. Uma das características do gênero conto maravilhoso é o elemento mágico.. prestes a chorar de frustração por ter perdido sua querida companheira de viagem tão de repente. mas não adiantou coisa alguma” b) O espaço em que ocorrem os fatos não é citado. como companheiras de viagem. d) O tempo de duração é de alguns minutos.

disse o sapo. Este texto é um conto e seu conteúdo relata: a) b) c) d) e) a vida de uma pessoa importante. O sapo pulou dentro da água. disse ele com sua voz mais triste e patética. Jon Scieszka O patinho realmente feio e outras histórias malucas. disse o sapo. Que todo pato é feio . Assim. foi nadando até ela e mostrou a cabeça por cima das plantas aquáticas. 07. “Será que eu poderia contar com a vossa ajuda?” A princesa estava prestes a dar um salto e sair correndo. ó linda princesa”. e a princesa enxugou a baba de sapo dos seus lindos lábios. viu uma linda princesa descansando a beira do lago. São Paulo: Companhia das Letrinhas. mas ficou com pena daquele sapo com sua voz tão triste e patética. um fato imaginário. um fato ocorrido. quando estava sentado na sua vitóriarégia. depois ergueu o sapo nas mãos e lhe deu um beijo. ela perguntou: “O que posso fazer para te ajudar. Certo dia. o modo de fazer um doce. d) V-F-V-V e) V-V-F-V. sapinho?” “Bem”. “Na verdade.” A princesa pensou um pouco. eu não sou um sapo. “Perdão. b) V-F-V-F. Pulou de volta no lago. Outro Príncipe Sapo Era uma vez um sapo. ( ) A sequência correta é: a) V-F-F-V. E esse feitiço só pode ser quebrado pelo beijo de uma linda princesa.A Corça ficou assustada ao perceber que Alice era uma criança humana. 1999. “Foi só uma brincadeira”. mas um belo príncipe transformado em sapo pelo feitiço de uma bruxa malvada. c) F-V-V-V.

São exemplos de cartunistas.08. o último aluno que está no fundo da sala. d) a presença. compreendeu que a professora durante a chamada estava se referindo a) ao número 38. 09. exceto: a) Henfil b) Ziraldo c) Mauricio de Sousa d) Rico e) Lee Amstrong . b) a um revólver. e) a sua colocação. c) a uma piada. De acordo com o cartum.

a) Apenas I está correta. Linguagem verbal e não verbal são necessárias para a construção dos sentidos pretendidos pelo cartunista. de Carlos Drummond de Andrade. A linguagem verbal é desnecessária para o entendimento do texto.10. Sobre o cartum de Caulos. O cartunista estabelece uma relação de intertextualidade com o poema “No meio do caminho”. b) Apenas a II está correta c) II e III estão corretas. II. IV. já que o cartunista considera o poeta pouco prático. III. . assinale a proposição correta: I. O cartum é uma crítica ao poema de Carlos Drummond de Andrade.

d) I e IV estão corretas. e) II e IV estão corretas .

b) data e horário c) local d) endereço e) telefone 02. SERÁ MUITO DIVERTIDO. São elementos de um convite.Prof. Leia os gêneros textuais abaixo: Texto I OLÁ COLEGAS! QUERO QUE TODOS VOCÊS VENHAM COMEMORAR MEU ANIVERSÁRIO DE SEIS ANOS. Texto II Texto III Agora responda. II e III O texto I e III CONVITE VENHA SE DIVERTIR NA MINHA FESTINHA DE . MODULO I/ IV 6º Ano M ATUTINO ENSINO FUNDAMENTAL. quais dos textos acima são considerados convites? a) b) c) d) e) Apenas o I Apenas o II Apenas o III O texto I.DISCIPLINA .PITÁGORAS II Data _______ / 07 / 2016. NÃO FALTE! ANA.REDAÇÃO . HORA: 14 HORAS DIA: 5 DE OUTUBRO. exceto: a) nome da pessoa que esta sendo convidada. LOCAL: SALA DE AULA.ª: GIRLANE Leia RECUPERAÇÃO a prova com atenção! Nota: __________ NOME:_______________________________________________________ VERIFICAÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE REDAÇÃO 01.

amiga de Chiquinha quer: a) aprender a cozinhar muito bem b) comer doces variados c) cozinhar para seus amigos . SERÁ NO DIA 01 DE SETEMBRO DE 2012 ÀS 16 HORAS NA MINHA CASA! ANA LAURA 03.. Que informação esta faltando no convite de Ana Laura? a) b) c) d) e) Data e horário Quem recebeu o convite Local Tipo de festa Quem enviou o convite Faça a leitura da tirinha 04. A menina loirinha..4° ANIVERSÁRIO.

Na tira. 08 Os mitos costumam surgir para explicar o que a lógica ou a razão não conseguem. c) os pratos são fáceis de fazer d) os doces agradam a todos e) quer fazer novas amizades 06.d) seguir o modelo da mãe e) fazer inveja a seus amigos. A amiga de Chiquinha faz vários pratos por que: a) a amiga aprecia doces. 05. b) a sua mãe ensinou. Ao pronunciar “mmm”. Chiquinha expressa a sua: a) aprovação b) gulodice c) fome d) crítica e) desagrado 07 . Há os que buscam explicar a origem do universo e da Terra como esses mitos são chamados? a) Etiológicos b) Psicilógicos c) Cosmogônicos .os balões servem para apresentar: a) as falas dos personagens b) as impressões das duas meninas c) os pensamentos das suas amigas d) os sentimentos das meninas e) as onomatopeias das falas.

como acontece no mito da Cuca. Observe a palavra destacada no seguinte trecho. 10. historicamente. Pelo fato da Cuca praticamente não dormir. esta tradição foi trazida para o Brasil na época da colonização. O texto acima pode ser considerado um mito porque: a) consegue dar uma explicação a acontecimentos naturais. A Cuca dorme uma noite a cada 7 anos. A origem desta lenda está em um dragão. a Cuca irá pegá-las.Prof.REDAÇÃO . c) não se utiliza da ficção. MODULO I/ IV 9º Ano M ATUTINO ENSINO FUNDAMENTAL. e) assim como possui deuses e heróis. alguns adultos tentam amedrontar as crianças que resistem dormir. b) possui caráter simbólico. Diz a lenda que a Cuca rouba as crianças que desobedecem a seus pais. A palavra destacada significa que: a) lendário b) cientifico c) obstinados d) seres inanimados e) seres reais PITÁGORAS II Data _______ / 07 / 2016. dizendo que se elas não dormirem. também pode ter pessoas comuns como personagens principais.DISCIPLINA . coca das lendas portuguesas. d) nunca serviu. retirado do mito da Cuca: A Cuca é um dos principais seres mitológicos do folclore brasileiro. Ela é conhecida popularmente como uma velha feia na forma de jacaré que rouba as crianças desobedientes.ª: GIRLANE Leia NOME:_______________________________________________________ RECUPERAÇÃO a prova com atenção! Nota: __________ . 09. ao abordar personagens sobrenaturais – no caso. deixando clara a distinção entre o que é e não real. para passar conhecimento a outras pessoas sobre possíveis perigos. e quando fica brava dá um berro que dá pra ouvir a 10 léguas de distância.d) Místicios e) Etnográficos MITO DA CUCA A Cuca é um dos principais seres mitológicos do folclore brasileiro. a Cuca.

que posteriormente. 04.VERIFICAÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE REDAÇÃO 01. organizar e arrumar. 02. e) planejar. c) servem de meio de transporte de dados. planejar. d) planejar. d) manter a padronização do questionário a serem preenchidos. É uma redução às letras ou sílabas iniciais de uma locução substantiva própria. e) se constituídos de muitos itens. se cadastrar em uma busca de emprego. exceto: a) obedecer a norma PB-4 de 1945. d) complexos e eletrônicos. a) Sigla b) Abreviação c) Abreviatura d) Formulário e) iniciais 05. organizar e controlar. é incorreto afirmar: .Que ações podem se facilitadas com ajuda dos formulários? a) conhecer pessoas. seus hábitos e planejar. tabulados ou capturados por algum sistema. b) devem ter um titulo que se destaca dos outros campos. São exemplos variados de formulários? a) simples e complicados b) contínuos e eletrônicos. c) se hospedar em um hotel. b) saber as necessidades. devem ser organizados em tópicos. e) simples e constituintes. 03. hábitos e desejos dos seus clientes. São pontos comuns na constituição de um formulário. Sobre as charges. c) contínuos e constituintes. serão tratados.

c) Assim como nas charges. constituindo um gênero que alia a força das palavras a imagens e muito bom humor. aos múltiplos sentidos da expressão “rede social” para transmitir a ideia que pretende veicular. ou seja. a partir do advérbio de lugar. O efeito de sentido da charge é provocado pela combinação de informações visuais e recursos linguísticos. aliando as linguagens verbal e não verbal para a construção de sentidos do texto. d) personificação para opor o mundo real pobre ao mundo virtual rico. visto que a linguagem não verbal é a linguagem predominante. d) As charges não podem ser consideradas como gêneros textuais. a frase proferida recorre à a) polissemia. a charge é comumente utilizada com a intenção de tecer críticas políticas e sociais. No contexto da ilustração. sempre preservando como traço predominante o humor. as tirinhas apresentam uma linguagem permeada pelo bom humor. e) as alternativas b e d 06.a) As charges são poderosos veículos de comunicação. . b) ironia para conferir um novo significado ao termo “outra coisa”. c) homonímia para opor. o espaço da população pobre e o espaço da população rica. b) No Brasil.

e) todas as alternativas estão corretas. críticos e capazes de transformar e modificar a realidade em que se inserem. levando-o a desenvolver a criticidade. 3. Interação entre a linguagem escrita e a linguagem visual. ou seja. Tem como objetivo tornar seus leitores competentes. 07. utilizando recursos que estimulam o receptor. d) apenas 3 e 4 estão corretas. 08. Que significado aparece por trás dessa charge? . Linguagem objetiva e clara. Predominância da linguagem figurada. geralmente utiliza-se de metáforas e termos literários.e) antonímia para comparar a rede mundial de computadores com a rede caseira de descanso da família. c) apenas 1 e 5 estão corretas. O gênero textual charge tem como características: 1. 5. Não permite que o leitor faça qualquer análise social ou política sobre os fatos apresentados. b) 1. . 2. 2 e 5 estão corretas. a) Apenas 5 está correta. 4.

O gênero "romance" surgiu no Brasil durante o Romantismo e moldou-se segundo os gostos e preferências da burguesia em ascensão. e) A narrativa romântica de caráter "regionalista" tematizou.o mundo burguês . na forma de (..Preenchem corretamente as lacunas do texto acima.. b) que o brasileiro esta satisfeito com as condições em que a população se encontra. assinale aquela que NÃO corresponde às tendências do "romance romântico": a) As obras românticas conhecidas como romance de "folhetins" caracterizaram-se pelo tom "água-com-açúcar".o mundo burguês – folhetim e) XIX ...folhetim c) XVIII .. acentuando ainda mais o cunho nacionalista do Romantismo.a alta aristocracia – conto b) XVIII . Dentre as afirmativas seguintes. b) O romance romântico identificado como "histórico" retratou os fatos políticos brasileiros da época. c) esclarecer sobre os direitos dos brasileiros. os costumes e a linguagem do índio brasileiro.. a vida e os costumes do "brasileiro" do interior.. por privilegiar as personagens femininas e seus pequenos conflitos psicológicos.). pela ordem: a) XVII ... e também as correntes materialistas daquela segunda metade do século XIX.) retratando sobretudo (.a) que no Brasil existe qualidade em todos os atendimentos públicos.. sendo ainda conhecidas como obras de "perfis de mulher". era muito comum publicar-se em partes. d) que o brasileiro já esta “acostumado” com as promessas que os representantes sempre falam em seus discursos.. c) As narrativas ambientadas na cidade foram rotuladas como "romances urbanos". logo tornou-se o tipo de leitura mais acessível a essa nova classe social. e) que o marido esta a procura de casas enquanto sua esposa esta preocupada com a comida e a saúde da sua família.o mundo burguês – crônica d) XIX .. ... O romance é um gênero literário que veio a se desenvolver no século (. nos jornais.. Com uma temática diversificada..a alta aristocracia crônica 10. pela presença de elementos pitorescos e pela superficialidade de seus conflitos.. 09. de forma idealizada. d) O romance "indianista" enfatizou nossa "cor local" ao retratar as lendas...).