Você está na página 1de 1836

˜

T RADUÇ AO DO NOVO M UNDO

´ DA
B IBLIA
SAGRADA
´
Esta B ıblia pertence a


˜
T RADUÇ AO DO NOVO M UNDO

´ DA
B IBLIA
SAGRADA

˜ ˆ ˜
Baseada na Traduçao do Novo Mundo em ingles (ediçao de 2013).
´ ˜
As lınguas originais foram consultadas durante o processo de traduçao.

“Assim diz o Soberano Senhor Jeova [565


, YHWH ]:
´
´
‘ . . . Vejam! Crio novos c eus e uma nova terra;
˜ ˜
e as coisas anteriores nao ser ao lembradas,
˜ ˜
nem voltar ao ao coraçao.’ ”
´ ´
— Isa ıas 65:13, 17; veja tambem 2 Pedro 3:13.

˘ 2016 ´ ´
Creditos fotograficos:
WATCH TOWER BIBLE ´
Pagina 1792:
AND TRACT SOCIETY
Acima: Shrine of the Book,
OF PENNSYLVANIA
Photo ˘ The Israel Museum,
100 Watchtower Drive Jerusalem
Patterson, NY 12563-9204
U.S.A. Abaixo: cortesia de Ben-Zvi
˜ ´
ASSOCIAÇAO DAS Institute; fotografo: Ardon
´ Bar-Hama
TESTEMUNHAS DE JEOVA
Todos os direitos reservados ´
Pagina 1794:
˜ ˘ The Trustees of the Chester
Traduçao do Novo Mundo
´ Beatty Library, Dublin
da B ıblia Sagrada
´
Pagina 1796:
EDITORAS
Shrine of the Book, Photo
WATCHTOWER BIBLE AND ˘ The Israel Museum,
TRACT SOCIETY OF NEW Jerusalem
YORK, INC. ´
Wallkill, New York, U.S.A. Pagina 1798:
˜ ˘ The British Library Board
ASSOCIAÇAO DAS ´
TESTEMUNHAS ˜ DE JEOVA (G.12161)
Rua Conde Barao, 511 ´
Pagina 1802:
2649-513 Alcabideche
Esquerda: do livro
Portugal
A Pre-Massoretic Biblical

Papyrus, de Stanley A. Cook,
´ ´ M. A. ( 1903)
Dispon ıvel, na ıntegra ou em
parte, em mais de 120 ´
Pagina 1803:
idiomas. Para uma lista Tirado do The Codex
completa de idiomas, veja Alexandrinus in Reduced
www.jw.org. Photographic Facsimile,
Total impresso de todas ˜
˜ ˜ 1909, com a permissao
as ediçoes da Traduçao da British Library
do Novo Mundo:
208 366 928 exemplares
˜
Ediçao de 2016

˜ ˜
Esta publicaçao nao
´
e vendida. Faz parte
´
da obra educativa b ıblica,
mundial, das Testemunhas
´
de Jeova.
New World Translation
of the Holy Scriptures
Portuguese (Portugal)
(nwt-TPO)
Made in the
United States of America
Impresso nos
´
Estados Unidos da America
nwt-TPO
160101

900 Red Mills Road


Wallkill, NY 12589-3223 U.S.A.
˜
Uma Introduçao
`
a Palavra de Deus
´ ´ ´
A Bıblia contem a mensagem, ou a palavra, de Deus para nos hoje.
˜
Ela ensina-nos a ter uma vida feliz e a ganhar a aprovaçao de
´ `
Deus. Alem disso, responde as seguintes perguntas:

´
1. Quem e Deus? 11. O que acontece na morte?

´
2. Como e que podemos 12. Que esperança
´
conhecer a Deus? ha para os mortos?

´ ´ ´
3. Quem e que escreveu a Bıblia? 13. O que diz a Bıblia

´ ´ ´ sobre trabalho?
4. Sera que a Bıblia e

cientificamente exata? 14. Como administrar o



´ ´ seu dinheiro?
5. Qual e a mensagem da Bıblia?


´ 15. Como encontrar a felicidade?
6. O que predisse a Bıblia

sobre o Messias? 16. Como lidar com a ansiedade?



´ ´ ´
7. O que predisse a Bıblia 17. Como e que a Bıblia pode aju-
´
para os nossos dias? dar a sua fam ılia?

´ ´ ´
8. Sera que Deus e culpado 18. Como e que pode achegar-se
pelo sofrimento? a Deus?

´ ´ ´
9. Porque e que existe sofri- 19. Qual e o conteudo
´
mento? dos livros da Bıblia?

´ ´ ´
10. O que e que a Bıblia promete 20. Como tirar o maximo proveito
´
para o futuro? da sua leitura da Bıblia?

´
COMO ENCONTRAR TEXTOS BIBLICOS
´ ´ ´
A Bıblia e composta de 66 pequenos livros. Esta dividida em duas par-
tes: Escrituras Hebraico-Aramaicas (“Velho Testamento”) e Escrituras
˜ ´ ´
Gregas Cristas (“Novo Testamento”). Cada livro da B ıblia esta dividido
´ ´ ˜ ´
em capıtulos e vers ıculos. Quando textos sao citados, o primeiro numero
´ ´ ´
apos o nome do livro indica o capıtulo, e o numero depois dos dois
´ ´
pontos (:) indica o vers ıculo. Por exemplo, Genesis 1:1 refere-se ao livro
´ ´ ´
de Genesis, capıtulo 1, vers ıculo 1.

5
Pergunta 1

´
Quem e Deus?

“Que as pessoas saibam que tu, cujo nome e´ Jeova,


´
´ ´
somente tu es o Altıssimo sobre toda a terra.”
´
Salmo 83:18 [Pagina 841]

“Saibam que Jeova´ e´ Deus. Foi ele quem nos fez,


´ pertencemos-lhe.”
e nos
´
Salmo 100:3 [Pagina 854]

“Eu sou Jeova.´ Este e´ o meu nome; nao


˜ dou a minha
´
gloria a nenhum outro, nem o meu louvor a imagens
esculpidas.”
´ ´
Isa ıas 42:8 [Pagina 1022]

“Todo aquele que invocar o nome de Jeova´ sera´ salvo.”


´
Romanos 10:13 [Pagina 1567]

“Naturalmente, toda a casa e´ construıda


´ por alguem,
´
mas quem construiu todas as coisas foi Deus.”
´
Hebreus 3:4 [Pagina 1660]

“Ergam os olhos para o ceu´ e vejam. Quem e´ que criou


estas coisas? Foi Aquele que as faz sair como um
´
exercito, ´
por numero; chama-as a todas por nome.
ˆ
Por causa da sua imensa energia dinamica e do seu
˜
atemorizante poder, nao falta nem sequer uma delas.”
´ ´
Isa ıas 40:26 [Pagina 1019]
Pergunta 2

´
Como e que podemos
conhecer a Deus?

˜ se deve afastar da tua boca;


“Este livro da Lei nao
ˆ
le-o em voz baixa dia e noite, para cumprires
cuidadosamente tudo o que est a´ escrito nele. Assim o
teu caminho sera´ bem-sucedido, e agiras´ sabiamente.”
´ ´
Josue 1:8 [Pagina 334]

“Liam em voz alta o livro, a Lei do verdadeiro Deus,


explicando-a claramente e dando-lhe o sentido; assim,
ajudavam o povo a entender o que estava a ser lido.”
´
Neemias 8:8 [Pagina 691]

“Feliz e´ o homem que nao˜ anda segundo o conselho dos


maus . . . , porem, o seu prazer est a´ na lei de Jeova,
´ ´ e
ˆ
ele le a Sua lei em voz baixa, dia e noite. . . . Tudo o que
ele fizer sera´ bem-sucedido.”
´
Salmo 1:1-3 [Pagina 773]

“Filipe correu ao lado do carro e ouviu o eunuco a ler o


´ em voz alta. Perguntou ent ao:
profeta Isaıas ˜ ‘Entende o
que est a a ler?’ Ele respondeu: ‘Na verdade, como e´ que
´
posso entender a menos que alguem ´ me oriente?’ ”
´
Atos 8:30, 31 [Pagina 1520]

´
“As suas qualidades invisıveis ´ o seu poder
— isto e,
˜
eterno e Divindade — s ao claramente vistas desde a
˜ do mundo, porque s ao
criaç ao ˜ percebidas por meio das
coisas feitas.”
´
Romanos 1:20 [Pagina 1555]

“Medita nestas coisas; concentra-te totalmente nelas,


para que o teu progresso seja claramente visto
por todos.”
´ ´
1 Timoteo 4:15 [Pagina 1646]

“Pensemos uns nos outros para nos estimularmos ao


` boas obras, nao
amor e as ˜ deixando de nos reunir.”
´
Hebreus 10:24, 25 [Pagina 1668]

´ tem falta de sabedoria, que persista em


“Se alguem
pedi-la a Deus — pois ele da´ a todos generosamente,
sem censurar —, e esta vai ser-lhe dada.”
´
Tiago 1:5 [Pagina 1674]

9
Pergunta 3

´
Quem e que escreveu
´
a Bıblia?

´ escreveu todas as palavras de Jeova.”


“Moises ´
ˆ ´
Exodo 24:4 [Pagina 148]

˜ pela
“Daniel teve um sonho, e passaram-lhe visoes
mente enquanto estava deitado na sua cama.
˜ ele escreveu o sonho, e fez um registo
Ent ao,
completo do assunto.”
´
Daniel 7:1 [Pagina 1253]

“Quando receberam a palavra de Deus, que ouviram de


´ aceitaram-na nao
nos, ˜ como a palavra de homens, mas
´ a palavra de Deus.”
pelo que ela realmente e,
´
1 Tessalonicenses 2:13 [Pagina 1636]

“Toda a Escritura e´ inspirada por Deus e benefica


´
para ensinar.”
´ ´
2 Timoteo 3:16 [Pagina 1652]

“A profecia nunca foi produzida pela vontade do


homem, mas os homens falaram da parte de Deus,
´
conforme eram movidos por espırito santo.”
´
2 Pedro 1:21 [Pagina 1686]

10
Pergunta 4

´ ´ ´
Sera que a Bıblia e
cientificamente exata?

“Ele . . . suspende a terra sobre o nada.”


´ ´
Jo 26:7 [Pagina 744]

“Todos os rios correm para o mar; mesmo assim,


˜ se enche. Os rios voltam para o lugar de onde
o mar nao
´
saıram, a fim de correrem novamente.”
´
Eclesiastes 1:7 [Pagina 942]

“Ha´ Um que mora


´
acima do cırculo
da terra.”
´ ´
Isa ıas 40:22 [Pagina 1019]
Pergunta 5

´
Qual e a mensagem
´
da Bıblia?

“Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre o teu


descendente e o seu descendente. Este esmagara´ a tua
´ o seu calcanhar.”
cabeça, e tu feriras
´ ´
Genesis 3:15 [Pagina 46]

˜ da terra obterao
“Todas as naçoes ˜ para si uma ben
ˆ ç ao
˜
por meio do teu descendente, porque escutaste a minha
voz.”
´ ´
Genesis 22:18 [Pagina 68]

“Venha o teu Reino. Seja feita a tua vontade,


´ assim tambem
como no ceu, ´ na terra.”
´
Mateus 6:10 [Pagina 1351]

“O Deus que da´ paz em breve esmagara´ Satanas


´ debaixo
´
dos vossos pes.”
´
Romanos 16:20 [Pagina 1574]

“Quando todas as coisas lhe tiverem sido sujeitas,


˜ o proprio
´ `
´ se sujeitara´ Aquele
ent ao, Filho tambem que
lhe sujeitou todas as coisas, para que Deus seja todas
as coisas para com todos.”
´ ´
1 Corıntios 15:28 [Pagina 1593]

12

“As promessas foram feitas a Abraao ˜ e ao seu


´ ´ disso, se
descendente . . . , que e Cristo. Alem
˜ ˆ
pertencem a Cristo, s ao realmente a descendencia
˜
de Abraao.”
´ ´
Galatas 3:16, 29 [Pagina 1613]

“O reino do mundo tornou-se o Reino do nosso Senhor


e do seu Cristo, e Ele reinara´ para todo o sempre.”
´
Apocalipse 11:15 [Pagina 1710]

“Assim, foi lançado para baixo o grande drag ao,˜


a serpente original, o chamado Diabo e Satanas, ´
´
que est a a enganar toda a terra habitada. Ele foi
lançado para baixo, a` terra, e os seus anjos foram
lançados para baixo com ele.”
´
Apocalipse 12:9 [Pagina 1710]

˜ a serpente original, que e´ o Diabo


“Ele agarrou o drag ao,
´
e Satanas, e prendeu-o por mil anos.”
´
Apocalipse 20:2 [Pagina 1718]

13
Pergunta 6

´
O que predisse a Bıblia
sobre o Messias?
PROFECIA CUMPRIMENTO

“Tu, o´ Belem
´ Efrata, . . . e´ “Depois de Jesus nascer
de ti que me saira´ aquele ´ da Judeia,
em Belem
que sera´ governante em nos dias do rei Herodes,
Israel.” ´
astrologos vindos do
Miqueias 5:2 ´
[Pagina 1304] Oriente chegaram a
´
Jerusalem.”
´
Mateus 2:1 [Pagina 1345]

“Repartem as minhas ˜ depois de


“Ent ao,
roupas entre si e lançam pregarem Jesus na
sortes sobre a minha estaca, os soldados
vestimenta.” pegaram nas roupas dele
Salmo 22:18 ´
[Pagina 788] e dividiram-nas em
quatro partes . . . Mas a
´
tunica ˜ tinha costura,
nao
pois era tecida de alto a
baixo. Por isso, disseram
uns aos outros: ‘Nao˜ a
rasguemos, mas
lancemos sortes para
decidir de quem sera.’´ ”
˜ ´
Joao 19:23, 24 [Pagina 1501]

14
PROFECIA CUMPRIMENTO

“Ele protege todos os seus “Ao chegarem a Jesus,


ossos; nem sequer um viram que ele ja´ estava
deles foi quebrado.” morto; por isso, nao˜ lhe
Salmo 34:20 ´
[Pagina 798] quebraram as pernas.”
˜ ´
Joao 19:33 [Pagina 1502]

“Ele foi trespassado pelas “Um dos soldados


˜
nossas transgressoes.” furou-lhe o lado com
´ ´ uma lança, e
Isa ıas 53:5 [Pagina 1040]
imediatamente saiu
´
sangue e agua.”
˜ ´
Joao 19:34 [Pagina 1502]

“Eles pagaram-me o meu ˜ um dos Doze,


“Ent ao,
´
salario, 30 peças de o chamado Judas
prata.” Iscariotes, dirigiu-se aos
Zacarias 11:12, 13 principais sacerdotes e
disse: ‘O que e´ que me
´
[Paginas 1333, 1334]
˜ para que eu o
darao
ˆ
entregue a voces?’
Estipularam-lhe 30
moedas de prata.”
Mateus 26:14, 15; 27:5
´
[Paginas 1382, 1385]

15
Pergunta 7

´
O que predisse a Bıblia
para os nossos dias?

˜ se levantara´ contra naç ao


“Naç ao ˜ e reino contra
˜
reino . . . Todas estas coisas s ao um começo
˜
das dores de afliç ao.”
´
Mateus 24:7, 8 [Pagina 1378]

˜ muitos falsos profetas, que enganarao


“Surgirao ˜ muitos;
´
e, por causa do aumento do que e contra a lei, o amor
da maioria ira´ esfriar-se.”
´
Mateus 24:11, 12 [Pagina 1379]

´
“Quando ouvirem falar de guerras e notıcias de guerras,
˜ ˆ
nao fiquem apavorados. Estas coisas tem de acontecer,
˜ e´ o fim.”
mas ainda nao
´
Marcos 13:7 [Pagina 1411]

“Havera´ grandes terramotos e, num lugar apos ´ outro,


ˆ ˜
falta de alimentos e pestilencias; e as pessoas verao
´
coisas atemorizantes e grandes sinais do ceu.”
´
Lucas 21:11 [Pagina 1460]

16

´
“Nos ultimos dias,
havera´ tempos crıticos,
´
´
difıceis de suportar. Pois
os homens serao ˜
extremamente egoıstas, ´
afeiçoados ao dinheiro,
presunçosos, arrogantes,
blasfemadores,
desobedientes aos pais,
ingratos, desleais,
desnaturados, nao ˜
˜
estarao dispostos a
acordos, serao ˜
caluniadores, sem
autodomınio,´ ferozes,
odiarao o que e´ bom, serao
˜ ˜
traidores, teimosos,
cheios de orgulho, mais
amigos dos prazeres
do que de Deus e manterao ˜
ˆ
uma aparencia de devoç ao ˜
a Deus, mas rejeitarao ˜ o
poder dessa devoç ao.” ˜
´
2 Timoteo 3:1-5
´
[Pagina 1651]

17
Pergunta 8

´ ´
Sera que Deus e culpado
pelo sofrimento?

“O verdadeiro Deus jamais faria o que e´ mau,


o Todo-Poderoso nunca faria o que e´ errado!”
´ ´
Jo 34:10 [Pagina 754]

“Quando alguem ´ estiver sob provaç ao,


˜ que nao
˜ diga:
´
‘Estou a ser provado por Deus.’ Pois, com coisas mas,
˜ ´
Deus nao pode ser provado, nem prova ele a ninguem.”
´
Tiago 1:13 [Pagina 1674]

‘Lancem sobre ele toda a vossa ansiedade,


ˆ
porque ele cuida de voces.’
´
1 Pedro 5:7 [Pagina 1684]

“Jeova´ nao
˜ e´ vagaroso com respeito a` sua promessa,
como alguns pensam, mas ele e´ paciente convosco,
porque nao˜ deseja que ninguem
´ seja destruıdo,
´ mas
deseja que todos alcancem o arrependimento.”
´
2 Pedro 3:9 [Pagina 1688]

18
Pergunta 9

´
Porque e que existe
sofrimento?

“Os velozes nem sempre vencem a corrida, e nem sempre


´
os fortes vencem a batalha; os sabios nem sempre tem ˆ
ˆ
alimento, os inteligentes nem sempre tem riquezas,
ˆ conhecimento nem sempre tem
os que tem ˆ sucesso;
ˆ
porque o tempo e o imprevisto sobrevem-lhes a todos.”
´
Eclesiastes 9:11 [Pagina 950]

“Por meio de um so´ homem o pecado entrou no mundo,


e a morte por meio do pecado, e, desse modo, a morte
espalhou-se por toda a humanidade, porque todos
tinham pecado . . .”
´
Romanos 5:12 [Pagina 1560]

“Com este objetivo, o Filho de Deus foi manifestado:


para desfazer as obras do Diabo.”
˜ ´
1 Joao 3:8 [Pagina 1692]

“O mundo inteiro est a´ sob o poder do Maligno.”


˜ ´
1 Joao 5:19 [Pagina 1694]

19
Pergunta 10

´ ´
O que e que a Bıblia
promete para o futuro?

˜ a terra e viverao
“Os justos possuirao ˜ nela para sempre.”
´
Salmo 37:29 [Pagina 801]

“A terra permanece para sempre.”


´
Eclesiastes 1:4 [Pagina 941]

“Ele acabara´ com a morte para sempre, e o Soberano


Senhor Jeova´ enxugara´ as lagrimas
´ de todos os rostos.”
´ ´
Isa ıas 25:8 [Pagina 997]

“Nesse tempo, irao˜ abrir-se os olhos dos cegos e


destapar-se os ouvidos dos surdos. Nesse tempo, os
˜ como os veados, e a lıngua
coxos saltarao ´ dos mudos
´ ´ ˜
gritara de alegria. Pois aguas vao jorrar no ermo,
´
e torrentes na planıcie ´
desertica.”
´ ´
Isa ıas 35:5, 6 [Pagina 1012]

“Ele enxugara´ todas as lagrimas


´ ˜
dos seus olhos, e nao
´ ´
havera mais morte, nem havera mais tristeza, nem
choro, nem dor. As coisas anteriores ja´ passaram.”
´
Apocalipse 21:4 [Pagina 1719]

20

“Construirao ˜ casas e morarao ˜


˜
nelas; plantarao vinhas e
comerao˜ os seus frutos. Nao˜
˜
construirao para outros
morarem, nem plantarao ˜ para
outros comerem. Pois os dias do
meu povo serao ˜ como os dias de
´
uma arvore, e os meus
escolhidos tirarao˜ pleno proveito
˜
do trabalho das suas maos.”
´ ´
Isa ıas 65:21, 22 [Pagina 1057]
Pergunta 11

O que acontece
na morte?

´
“O seu espırito sai, e eles voltam ao solo; nesse mesmo
dia, acabam-se os seus pensamentos.”
´
Salmo 146:4 [Pagina 893]

“Os vivos sabem que morrerao, ˜ mas os mortos nao ˜


sabem absolutamente nada . . . Tudo o que te vier a`
mao˜ para fazer, fa-lo
´ ˜ ha´
com toda a tua força, pois nao
trabalho, nem planeamento, nem conhecimento, nem
sabedoria na Sepultura,
o lugar para onde vais.”
´
Eclesiastes 9:5, 10 [Pagina 950]

´
“[Jesus] acrescentou: ‘O nosso amigo L azaro
´
adormeceu, mas eu vou la para o acordar.’ Jesus, no
entanto, tinha falado da morte dele; mas eles
imaginavam que estivesse a falar do sono natural.
˜ Jesus disse-lhes claramente: ‘L azaro
Ent ao, ´ morreu.’ ”
˜ ´
Joao 11:11, 13, 14 [Pagina 1488]

22
Pergunta 12

Que esperança
´
ha para os mortos?

˜ fiquem admirados com isto, pois vem a hora


“Nao
em que todos os que est ao˜ nos tumulos
´ memoriais
˜ ˜
ouvirao a sua voz e sairao.”
˜ ´
Joao 5:28, 29 [Pagina 1477]

“Havera´ uma ressurreiç ao


˜ tanto de justos
como de injustos.”
´
Atos 24:15 [Pagina 1546]

“Vi os mortos, os grandes e os pequenos, em pe´ diante


´
do trono, e rolos foram abertos. Porem, outro rolo foi
aberto: era o rolo da vida. Os mortos foram julgados
˜
pelas coisas escritas nos rolos, segundo as suas açoes.
O mar entregou os mortos que estavam nele, e a morte
e a Sepultura entregaram os mortos que estavam nelas;
e estes foram julgados individualmente segundo as suas
˜
açoes.”
´
Apocalipse 20:12, 13 [Pagina 1719]

23
Pergunta 13

´
O que diz a Bıblia
sobre trabalho?

“Ja´ viste um homem que e´ habil


´ no seu trabalho?
´ ˜ ˜ diante
Ele tomara posiç ao diante de reis, nao
de homens comuns.”
´ ´
Proverbios 22:29 [Pagina 927]

“Quem furta nao˜ furte mais; em vez disso, trabalhe


arduamente, fazendo um bom trabalho com as maos, ˜
´
para que tenha o que partilhar com alguem em
necessidade.”
´ ´
Efesios 4:28 [Pagina 1622]

“Que todos comam e


bebam, e desfrutem
dos resultados de
todo o seu trabalho
´ ´ ´
arduo. E a dadiva
de Deus.”
Eclesiastes 3:13
´
[Pagina 944]

24
Pergunta 14

Como administrar o
seu dinheiro?

“Quem ama a divers ao ˜ ficara´ pobre; quem ama o vinho


˜ ´
e o azeite nao ficara rico.”
´ ´
Proverbios 21:17 [Pagina 925]

“Quem pede emprestado e´ escravo de quem empresta.”


´ ´
Proverbios 22:7 [Pagina 926]

“Quem de voces,ˆ querendo construir uma torre,


˜
nao se senta primeiro e calcula a despesa, para ver se
tem o suficiente para a completar? Senao,˜ ele lançara´
˜ ´
o alicerce, mas nao a conseguira terminar, e todos
os observadores começarao˜ a rir-se dele, dizendo: ‘Este
homem começou a construir, mas nao ˜ conseguiu
terminar.’ ”
´
Lucas 14:28-30 [Pagina 1450]

´
“Quando ficaram satisfeitos, ele disse aos discıpulos:
‘Juntem os pedaços que sobraram, para que nada se
desperdice.’ ”
˜ ´
Joao 6:12 [Pagina 1478]

25
Pergunta 15

Como encontrar
a felicidade?

“Mais vale um prato de legumes onde ha´ amor do que


um boi gordo onde ha´ odio.”
´
´ ´
Proverbios 15:17 [Pagina 917]

´ sou o teu Deus, Aquele que te ensina


“Eu, Jeova,
´
o que e melhor para ti, Aquele que te guia
no caminho em que deves andar.”
´ ´
Isa ıas 48:17 [Pagina 1033]

ˆ consciencia
“Felizes os que tem ˆ da sua necessidade
´
espiritual, porque a eles pertence o Reino dos ceus.”
´
Mateus 5:3 [Pagina 1348]

´
“Ama o teu proximo como a ti mesmo.”
´
Mateus 22:39 [Pagina 1376]

“Assim como querem que os homens vos façam,


façam-lhes do mesmo modo a eles.”
´
Lucas 6:31 [Pagina 1431]

˜
“Felizes os que ouvem a palavra de Deus e a poem
´
em pratica!”
´
Lucas 11:28 [Pagina 1443]

26

“Mesmo quando alguem ´ tem abundancia,


ˆ ˜
a sua vida nao
vem das coisas que possui.”
´
Lucas 12:15 [Pagina 1445]

“Se tivermos o que comer e o que vestir, estaremos


contentes.”
´ ´
1 Timoteo 6:8 [Pagina 1648]

“Ha´ mais
felicidade
em dar
do que em
receber.”
Atos 20:35
´
[Pagina 1541]

27
Pergunta 16

Como lidar com a


ansiedade?

´ e ele ira´ amparar-te.


“Lança o teu fardo sobre Jeova,
´
Nunca permitira que o justo venha a cair.”
´
Salmo 55:22 [Pagina 816]

˜ bons resultados,
“Os planos do diligente certamente dao
˜
mas todos os precipitados acabarao na pobreza.”
´ ´
Proverbios 21:5 [Pagina 925]

˜ tenhas medo, pois estou contigo. Nao


“Nao ˜ fiques
ansioso, pois eu sou o teu Deus. Vou fortalecer-te, sim,
vou ajudar-te. Vou segurar-te firmemente com a minha
mao˜ direita de justiça.”
´ ´
Isa ıas 41:10 [Pagina 1020]

ˆ por estar ansioso, pode acrescentar


“Quem entre voces,
´ ˆ ` ˜ da sua vida?”
um so covado a duraç ao
´
Mateus 6:27 [Pagina 1351]

“Nunca fiquem ansiosos por causa do amanha, ˜ pois o


˜ ´ ´
amanha tera as suas proprias ansiedades. Basta a cada
´
dia as suas proprias dificuldades.”
´
Mateus 6:34 [Pagina 1352]

28

‘Certifiquem-se das coisas mais importantes.’


´
Filipenses 1:10 [Pagina 1625]

˜ fiquem ansiosos por causa de coisa alguma, mas


“Nao
˜ e suplicas,
em tudo, por oraçoes ´ com agradecimentos,
deem a conhecer os vossos pedidos a Deus; e a paz de
Deus, que est a´ alem
´ de toda a compreens ao,
˜ guardara´ o
˜
vosso coraç ao e a vossa mente por meio de Cristo
Jesus.”
´
Filipenses 4:6, 7 [Pagina 1629]

29
Pergunta 17

´ ´
Como e que a Bıblia pode
´
ajudar a sua fam ılia?

MARIDO/PAI

´
“O marido deve amar a esposa como o seu proprio
corpo. O homem que ama a sua esposa, ama-se a si
mesmo, pois nenhum homem jamais odiou o seu
´
proprio corpo; antes, alimenta-o e cuida dele . . . Que
cada um de vocesˆ ame a sua esposa como a si mesmo.”
´ ´
Efesios 5:28, 29, 33 [Pagina 1623]

˜ irritem os vossos filhos, mas continuem a


“Pais, nao
´ ˜ de Jeova.”
cria-los na disciplina e na instruç ao ´
´ ´
Efesios 6:4 [Pagina 1623]


ESPOSA

“A esposa deve ter profundo respeito pelo seu marido.”


´ ´
Efesios 5:33 [Pagina 1623]

“Esposa, sujeita-te ao teu marido, assim como


e´ apropriado no Senhor.”
´
Colossenses 3:18 [Pagina 1634]

30

FILHOS

“Filhos, sejam obedientes aos vossos pais em uniao ˜ com


´
o Senhor, pois isso e justo. ‘Honra o teu pai e a tua
˜ — este e´ o primeiro mandamento com uma
mae’
promessa: ‘Para que tudo te corra bem, e permaneças
por muito tempo na terra.’ ”
´ ´
Efesios 6:1-3 [Pagina 1623]

“Filhos, sejam obedientes em tudo aos vossos pais,


pois isso e´ agradavel
´ ao Senhor.”
´
Colossenses 3:20 [Pagina 1634]

31
Pergunta 18

´
Como e que pode
achegar-se a Deus?

´ ˜ a ti virao
˜ pessoas de todo o tipo.”
“O Ouvinte de oraç ao,
´
Salmo 65:2 [Pagina 822]

“Confia em Jeova´ de todo o teu coraç ao;


˜ nao ˜ confies
´
no teu proprio entendimento. Lembra-te dele em todos
os teus caminhos, e ele endireitara´ as tuas veredas.”
´ ´
Proverbios 3:5, 6 [Pagina 901]

“Isto significa vida eterna: que te conheçam a ti, o


´
unico `
Deus verdadeiro, e aquele que tu enviaste, Jesus
Cristo.”
˜ ´
Joao 17:3 [Pagina 1497]

˜ est a´ longe de cada um de nos.’


‘Na verdade, Deus nao ´
´
Atos 17:27 [Pagina 1535]

“Isto e´ o que continuo a pedir em oraç ao:


˜ que o
vosso amor se torne cada vez mais abundante, com
conhecimento exato e pleno discernimento.”
´
Filipenses 1:9 [Pagina 1625]

32

´ tem falta de sabedoria, que persista em


“Se alguem
pedi-la a Deus — pois ele da´ a todos generosamente.”
´
Tiago 1:5 [Pagina 1674]

ˆ
“Acheguem-se a Deus, e ele vai achegar-se a voces.
˜ ´ ˜
Limpem as maos, o pecadores, e purifiquem o coraç ao,
´o indecisos.”
´
Tiago 4:8 [Pagina 1677]

“O amor de Deus significa o seguinte: que obedeçamos


aos seus mandamentos; contudo, os seus mandamentos
˜ s ao
nao ˜ pesados.”
˜ ´
1 Joao 5:3 [Pagina 1694]

33
Pergunta 19

´ ´
Qual e o conteudo
´
dos livros da Bıblia?

ESCRITURAS HEBRAICAS (“VELHO TESTAMENTO”)

PENTATEUCO (5 LIVROS):
´ ˆ ´ ´ ´
Genesis, Exodo, Levıtico, Numeros e Deuteronomio
˜ ´ ˜
Desde a criaçao ate ao começo da antiga naçao de Israel

´
LIVROS HISTORICOS (12 LIVROS):
´ ´
Josue, Juızes, Rute
Entrada de Israel na Terra Prometida e acontecimentos
posteriores
´
1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis, 1 e 2 Cronicas
´ ˜ ´ ` ˜ ´
Historia da naçao de Israel ate a destruiçao de Jerusalem
Esdras, Neemias, Ester
´ ´ ´ ´
Historia dos judeus apos o retorno do exılio em Babilonia

´
LIVROS POETICOS (5 LIVROS):
´ ´ ˆ ˜
Jo, Salmos, Proverbios, Eclesiastes e Cantico de Salomao
˜ ˆ ˜ ´
Coleçao de canticos e declaraçoes sabias

´
LIVROS PROFETICOS (17 LIVROS):
´ ˜
Isaıas, Jeremias, Lamentaçoes, Ezequiel, Daniel, Oseias,
´
Joel, Amos, Obadias, Jonas, Miqueias, Naum, Habacuque,
Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias
˜
Profecias, ou prediçoes, sobre o povo de Deus

34

˜
ESCRITURAS GREGAS CRISTAS (“NOVO TESTAMENTO”)

OS EVANGELHOS (4 LIVROS):
˜
Mateus, Marcos, Lucas e Joao
´
Vida e ministerio de Jesus

´
ATOS DOS APOSTOLOS (1 LIVRO):
˜ ˜
Relatos sobre o começo da congregaçao crista
´
e o serviço missionario

CARTAS (21 LIVROS):


´ ´ ´
Romanos, 1 e 2 Corıntios, Galatas, Efesios,
Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses
´ ˜ ˜
Cartas a varias congregaçoes cristas
´ ´
1 e 2 Timoteo, Tito, Filemon
˜
Cartas a cristaos individuais
Hebreus, Tiago, 1 e 2 Pedro,
˜
1, 2, e 3 Joao, Judas
˜
Cartas aos cristaos em geral

APOCALIPSE (1 LIVRO):
˜ ´ ´ ˜
Visoes profeticas dadas ao apostolo Joao

35
Pergunta 20

´
Como tirar o maximo proveito
´
da sua leitura da Bıblia?

´ `
AO LER A BIBLIA, RESPONDA AS SEGUINTES PERGUNTAS:

´ ´
O que e que isto me ensina sobre Jeova Deus?
´
Como e que este trecho das Escrituras se relaciona
´
com a mensagem da Bıblia?
´
Como e que posso aplicar isto na minha vida?
´ ´
Como e que posso usar estes vers ıculos para ajudar
outras pessoas?

“A tua palavra e´ uma


ˆ
lampada ´
para o meu pe,
e uma luz para o meu
caminho.”
Salmo 119:105
´
[Pagina 876]
´
PREFACIO
´ ´ ´
A Bıblia Sagrada e a mensagem escrita de Deus para todos nos.
´ ˜
Precisamos de estuda-la para conhecer o seu Autor. (Joao 17:3;
´ ´ ´ ´
2 Timoteo 3:16) Nas paginas da Bıblia, Jeova Deus revela o seu
´ ´
proposito para os humanos e para a Terra. — Genesis 3:15; Apoca-
lipse 21:3, 4.
´
Nenhum outro livro tem tanto impacto na vida das pessoas. A Bı-
´
blia motiva-nos a refletir as qualidades de Jeova, como o amor, a
´ ˜ ´
misericordia e a compaixao. Ela da esperança, ajudando as pes-
´ ´
soas a suportar ate mesmo o pior tipo de sofrimento. Tambem
˜ ˜ ˜
expoe os aspetos deste mundo que nao estao de acordo com a
˜
perfeita vontade de Deus. — Salmo 119:105; Hebreus 4:12; 1 Joao
2:15-17.
´
A Bıblia foi originalmente escrita em hebraico, aramaico e grego, e
´ ´
ja foi traduzida, na ıntegra ou em parte, em cerca de 2600 idiomas.
´ ´ ´
E, de longe, o livro mais traduzido e distribu ıdo em toda a historia.
˜ ´ ´
Nao deverıamos esperar menos do que isso. Uma profecia bıblica
´
diz: “Estas boas novas do Reino [a principal mensagem da Bıblia]
˜
serao pregadas em toda a terra habitada, em testemunho a todas
˜ ˜ ´
as naçoes, e entao vira o fim.” — Mateus 24:14.
ˆ
Reconhecendo a importancia da mensagem das Escrituras, o nos-
˜ ˜
so objetivo foi produzir uma traduçao que nao fosse apenas fiel
´ ´ ˆ
aos textos originais, mas tambem clara e facil de ler. No Apendice
´ ´ ˜ ´ ´
A, os topicos “Princ ıpios de Traduçao da Bıblia”, “Caracterısticas
˜ ´ ´ ´
Desta Revisao” e “Como a Bıblia Chegou Ate Nos” explicam alguns
´ ˜ ´
princ ıpios de traduçao que foram seguidos e algumas caracterısti-
˜
cas desta ediçao revista.
´ ˜
Aqueles que amam e adoram a Jeova Deus desejam uma traduçao
´ ´
da Palavra de Deus que seja exata e facil de entender. ( 1 Timoteo
´ ˜
2:4) E com esse objetivo que disponibilizamos esta ediçao revista
ˆ ˜
em portugues, em harmonia com a nossa intençao de produzir a
˜ ´ ´
Traduçao do Novo Mundo no maior numero poss ıvel de idiomas.
˜
Prezado leitor, oramos para que tire proveito desta ediçao das Es-
`
crituras Sagradas, a medida que se esforça por ‘buscar a Deus e
´
realmente o encontrar’. (Atos 17:27) Este e o nosso sincero desejo.
˜ ˜ ´
Comissao da Traduçao do Novo Mundo da Bıblia
39
NOMES E ORDEM DOS LIVROS

DAS ESCRITURAS HEBRAICO -ARAMAICAS


´ ´
LIVRO ABREVIATURA P AGINA LIVRO ABREVIATURA P AGINA
´ ´
Gˆ enesis Gen ˆ 41 Eclesiastes Ec 941
ˆ ˜
Exodo Ex 114 Cantico de Salomao
´ ˆ
Levıtico Le 174 (Cantares) Can 953
´ ´ ´
Numeros Num 219 Isa ıas Is 962
´
Deuteronomio De 279 Jeremias Je 1060
´ ˜
Josue Jos 332 Lamentaçoes La 1154
´
Ju ızes Jz 367 Ezequiel Ez 1164
Rute Ru 401 Daniel Da 1240
1 Samuel 1Sa 406 Oseias Os 1263
2 Samuel 2Sa 451 Joel Jl 1277
´
1 Reis 1Rs 489 Amos Am 1283
2 Reis 2Rs 534 Obadias Ob 1294
´
1 Cronicas 1Cr 577 Jonas Jon 1296
´
2 Cronicas 2Cr 617 Miqueias Miq 1299
Esdras Esd 667 Naum Na 1307
Neemias Ne 681 Habacuque Hab 1311
Ester Est 702 Sofonias Sof 1316
´ ´
Jo J o 713 Ageu Ag 1321
Salmos Sal 766 Zacarias Za 1323
´
Proverbios Pr 896 Malaquias Mal 1337

˜
D A S E S C R I T U R A S G R E G A S C R I S TA S
´ ´
LIVRO ABREVIATURA P AGINA LIVRO ABREVIATURA P AGINA
´
Mateus Mt 1342 1 Timoteo 1Ti 1642
´
Marcos Mr 1389 2 Timoteo 2Ti 1649
Lucas Lu 1417 Tito Tit 1653
˜ ´
Joao Jo 1468 Filemon Flm 1656
Atos At 1505 Hebreus He 1657
Romanos Ro 1554 Tiago Tg 1673
´ 1 Pedro
1 Corıntios 1Co 1575 1Pe 1679
´ 2 Pedro
2 Corıntios 2Co 1595 2Pe 1685
´ ´ ˜
Galatas Gal 1609 1 Joao 1Jo 1689
´ ˜
Efesios Ef 1617 2 Joao 2Jo 1695
˜
Filipenses Fil 1624 3 Joao 3Jo 1696
Colossenses Col 1630 Judas Ju 1697
1 Tessalonicenses 1Te 1635 Apocalipse Ap 1699
2 Tessalonicenses 2Te 1640

´ ˆ
Tabela dos Livros da Bıblia 1722 Apendice A 1781
´ ´ ˆ
Indice de Palavras Bıblicas 1724 Apendice B 1829
´ ´
Glossario de Termos Bıblicos 1754

40
´
GENESIS
´
CONTEUDO DO LIVRO

˜ ´ ´
1 Criaçao dos ceus e da terra (1, 2) Pacto do arco-ıris (8-17)
˜ Profecias sobre os descendentes
Seis dias de preparaçao da terra (3-31)
´
Dia 1: luz; dia e noite (3-5) de Noe (18-29)
Dia 2: espaço vasto (6-8) ˜
˜ 10 Lista de naçoes (1-32)
Dia 3: terra seca e vegetaçao (9-13) ´
Descendentes de Jafe (2-5)
´ ˜
Dia 4: luzeiros nos ceus (14-19) Descendentes de Ca (6-20)
Dia 5: peixes e aves (20-23) ˜ ´
Ninrode opoe-se a Jeova (8-12)
Dia 6: animais terrestres; Descendentes de Sem (21-31)
humanos (24-31)
´ 11 Torre de Babel (1-4)
2 Deus descansa no setimo dia (1-3) ´
´ ´ Jeova confunde os idiomas (5-9)
Jeova Deus, Criador do ceu e da ˜
De Sem a Abrao (10-32)
terra (4) ´
Famılia de Tera (27)
Homem e mulher no jardim do ˜
´ Abrao sai de Ur (31)
Eden (5-25) ˜ ˜ ˜
´ ´ 12 Abrao sai de Hara e vai para Canaa (1-9)
O homem e formado do po (7) ˜
´ A promessa de Deus a Abrao (7)
Proibido comer da arvore do ˜
conhecimento (15-17) Abrao e Sarai no Egito (10-20)
˜ ˜ ˜
Criaçao da mulher (18-25) 13 Abrao volta para Canaa (1-4)
˜ ´
3 Origem do pecado humano (1-13) Abrao e Lo separam-se (5-13)
˜ ´
A primeira mentira (4, 5) A promessa de Deus a Abrao e
´ repetida (14-18)
Jeova julga os rebeldes (14-24) ˜ ´
Predito o descendente da mulher (15) 14 Abrao resgata Lo (1-16)
˜ ´ ˜
Expulsao do Eden (23, 24) Melquisedeque abençoa Abrao (17-24)
˜
4 Caim e Abel (1-16) 15 Pacto de Deus com Abrao (1-21)
˜
Descendentes de Caim (17-24) Preditos os 400 anos de afliçao (13)
˜ ´
Sete e o seu filho Enos (25, 26) A promessa de Deus a Abrao e
˜ ´ repetida (18-21)
5 De Adao a Noe (1-32)
˜ 16 Agar e Ismael (1-16)
Adao teve filhos e filhas (4)
˜ ´
Enoque andou com Deus (21-24) 17 Abraao ira tornar-se pai de muitas
˜
naçoes (1-8)
6 Filhos de Deus tomam mulheres ˜ ´ ˜
na terra como esposas (1-3) Abrao e chamado Abraao (5)
˜
Pacto da circuncisao (9-14)
Nascem os nefilins (4) ´
Sarai e chamada Sara (15-17)
A maldade do homem entristece
´ Prometido o filho Isaque (18-27)
a Jeova (5-8)
´ ˆ ˜
Noe recebe a ordem de construir 18 Tres anjos visitam Abraao (1-8)
uma arca (9-16) Prometido um filho a Sara; ela
´ ri-se (9-15)
Deus anuncia a vinda do diluvio (17-22)
˜
7 Entrada na arca (1-10) Abraao suplica por Sodoma (16-33)
´ ´ ´
Diluvio global (11-24) 19 Lo e visitado por anjos (1-11)
´ ´
´ ´ Lo e a sua famılia exortados a
8 As aguas do diluvio baixam (1-14)
´ sair (12-22)
Noe solta uma pomba (8-12) ´
´ Sodoma e Gomorra destruıdas (23-29)
Saıda da arca (15-19) ´
A esposa de Lo transforma-se numa
A promessa de Deus para a terra (20-22) coluna de sal (26)
˜ ´
9 Instruçoes para toda a humanidade (1-7) Lo e as suas filhas (30-38)
Lei sobre o sangue (4-6) Origem de Moabe e Amom (37, 38)

41
´ ´
GENESIS Conteudo 42
´ ˜ ´
20 Sara e livrada de Abimeleque (1-18) Labao alcança Jaco (19-35)
´ ˜
21 Nascimento de Isaque (1-7) Pacto de Jaco com Labao (36-55)
Ismael goza com Isaque (8, 9) ´
32 Anjos encontram-se com Jaco (1, 2)
˜ ´
Agar e Ismael sao mandados Jaco prepara-se para se encontrar com
embora (10-21) ´
Esau (3-23)
˜ ´
Pacto de Abraao com Jaco luta com um anjo (24-32)
Abimeleque (22-34) ´ ´
Jaco e chamado Israel (28)
˜ ´ ´
22 Abraao recebe a ordem de oferecer 33 Jaco encontra Esau (1-16)
Isaque (1-19) ´ ´
ˆ ˜ Jaco viaja para Siquem (17-20)
Bençao por meio do descendente ´ ´
˜ 34 Dina e violada (1-12)
de Abraao (15-18) ´
´ Os filhos de Jaco agem de forma
Famılia de Rebeca (20-24)
enganosa (13-31)
23 A morte de Sara e a sua sepultura (1-20) ´
` 35 Jaco livra-se dos deuses
24 A procura de uma esposa para estrangeiros (1-4)
Isaque (1-58) ´
Jaco volta a Betel (5-15)
Rebeca parte ao encontro de Nascimento de Benjamim; morte
Isaque (59-67) de Raquel (16-20)
˜
25 Abraao casa-se outra vez (1-6) Os doze filhos de Israel (21-26)
˜
A morte de Abraao (7-11) A morte de Isaque (27-29)
Filhos de Ismael (12-18) ´
´ ´ 36 Descendentes de Esau (1-30)
Nascimento de Jaco e Esau (19-26)
´ Reis e chefes tribais de Edom (31-43)
Esau vende o direito de ´
primogenitura (27-34) 37 Sonhos de Jose (1-11)
´ ˜
26 Isaque e Rebeca em Gerar (1-11) Jose e os seus irmaos ciumentos (12-24)
´ ´ ´
A promessa de Deus e confirmada a Jose e vendido como escravo (25-36)
´
Isaque (3-5) 38 Juda e Tamar (1-30)
˜ ´
Discussoes por causa de poços (12-25) 39 Jose na casa de Potifar (1-6)
Pacto de Isaque com Abimeleque (26-33) ´ `
´ Jose resiste a esposa de Potifar (7-20)
As duas esposas hititas de Esau (34, 35) ´ ˜
Jose na prisao (21-23)
´ ˆ ˜ ´
27 Jaco recebe a bençao de Isaque (1-29) 40 Jose interpreta os sonhos dos
´ ˆ ˜ ˜
Esau procura a bençao, mas nao prisioneiros (1-19)
mostra arrependimento (30-40) ˜
´ ´ ‘As interpretaçoes pertencem
Esau tem rancor a Jaco (41-46) a Deus’ (8)
´ ˜ ˜ ´
28 Isaque envia Jaco a Pada-Ara (1-9) Banquete do aniversario do
´ ´
Sonho de Jaco em Betel (10-22) Farao (20-23)
´ ´
A promessa de Deus e confirmada a 41 Jose interpreta os sonhos do
´ ´
Jaco (13-15) Farao (1-36)
´ ´ ´ ´
29 Jaco conhece Raquel (1-14) Jose e honrado pelo Farao (37-46a)
´ ´
Jaco apaixona-se por Raquel (15-20) Jose administra os alimentos (46b-57)
´ ˜ ´ ˜
Jaco casa-se com Lia e com 42 Os irmaos de Jose vao ao Egito (1-4)
Raquel (21-29) ´ ˜
´ Jose encontra-se com os seus irmaos e
Os quatro filhos de Jaco com Lia: ˜ `
´ ˜ ´ poe-nos a prova (5-25)
Ruben, Simeao, Levi e Juda (30-35) ˜
´ ` ˜ Os irmaos voltam para casa,
30 Bila da a luz Da e Naftali (1-8) ´
´ ` para Jaco (26-38)
Zilpa da a luz Gade e Aser (9-13) ˜ ´
´ ` ˜ 43 Segunda viagem dos irmaos de Jose
Lia da a luz Issacar e Zebulao (14-21) ao Egito; levam Benjamim (1-14)
´ ` ´ ´
Raquel da a luz Jose (22-24) Jose encontra-se novamente com os
´ ˜
Os rebanhos de Jaco aumentam (25-43) seus irmaos (15-23)
´ ´
31 Jaco parte secretamente para Banquete de Jose com os seus
˜ ˜
Canaa (1-18) irmaos (24-34)
´ ´
43 GENESIS Conteudo –1:16
´ ´ ´
44 Calice de prata de Jose na saca 48 Jaco abençoa os dois filhos
´
de Benjamim (1-17) de Jose (1-12)
´ ˆ ˜
Juda implora por Benjamim (18-34) Efraim recebe uma bençao maior (13-22)
´ ´
45 Jose revela a sua identidade (1-15) 49 Profecia de Jaco no seu leito
˜ ´ ˜
Irmaos ´ de Jose vao buscar de morte (1-28)
Jaco (16-28) ´ ´ ´
Silo vira de Juda (10)
´ ˜ ´
46 Jaco e os da sua casa mudam-se para Instruçoes de Jaco sobre o seu
o Egito (1-7) enterro (29-32)
´
Nomes dos que se mudaram para A morte de Jaco (33)
o Egito (8-27) ´ ´ ˜
´ ´ 50 Jose enterra Jaco em Canaa (1-14)
Jos´ e encontra-se com Jaco em ´ ˜
Jose confirma o seu perdao (15-21)
Gosen (28-34) ´ ´
´ ´ Os ultimos dias de Jose e a sua
47 Jaco encontra-se com o Farao (1-12) morte (22-26)
˜ ´ ´ ´
A administraçao sabia de Jose (13-26) Ordem de Jose a respeito dos seus
´
Israel estabelece-se em Gosen (27-31) ossos (25)

´ ´
1 cNoeus
´
princıpio, Deus criou os
e a terra. a
CAP. 1
a Sal 102:25
tem num so lugar, e apareça
a terra seca.” a E assim acon-
`
2 A terra estava vazia1 e de- Is 42:5 teceu. 10 Deus chamou a terra
˜ Is 45:18
seca “terra”, b mas ao ajuntamen-
serta,2 e havia escuridao sobre Ro 1:20 ´
´ ´ to de aguas ele chamou “ma-
a superfıcie das aguas profun- He 1:10
das;3b e a força ativa4c de Deus Ap 4:11 res”. c E Deus viu que era bom. d
´ ˜
movia-se sobre a superfıcie das
Ap 10:6
11 Entao Deus disse: “Que a ter-
´ b Pr 8:27, 28 ra faça brotar ervas, plantas que
aguas. d ´ ´
3 E Deus disse: “Que haja luz.” c Sal 33:6 deem sementes e arvores ´ frutı-
˜ feras segundo as suas especies,1
Entao houve luz. e 4 Depois dis- Is 40:26

so, Deus viu que a luz era boa, d Sal 104:5, 6 que deem frutos com sementes.”
e Deus começou a separar a luz E assim aconteceu. 12 E a ter-
e Is 45:7
˜ ` ra começou a produzir ervas,
da escuridao. 5 Deus chamou a 2Co 4:6
` ˜ ´ plantas que davam sementes e e
luz “dia”, mas a escuridao cha- f Gen 8:22 ´
arvores que davam frutos com
mou “noite”. f E houve noite e ´
g Gen 1:20 sementes, segundo as suas es-
˜ ´ ˜
houve manha, primeiro dia. pecies.1 Entao Deus viu que era
˜ h 2Pe 3:5
6 Entao Deus disse: “Que haja ´ bom. 13 E houve noite e houve
um espaço vasto1g entre as i Gen 7:11 ˜
´ ˜ Pr 8:27, 28 manha, terceiro dia.
aguas, e haja uma divisao entre ˜
´ ´ ˜  14 Entao Deus disse: “Que
aguas e aguas.” h 7 Entao Deus 2.a coluna haja luzeiros1f no espaço vasto
fez o espaço vasto e separou as ´
a Jo´ 38:8, 11 dos
´
aguas debaixo do espaço vasto ˜ ceus para fazerem separa-
´ Sal 104:6-9 çao entre o dia e a noite, g e
e as aguas acima do espaço vas- Sal 136:6 ˜
servir ao de sinais para marcar
to. i E assim aconteceu. 8 Deus ´
´ b Sal 95:5 epocas,2 dias e anos. h 15 Ser-
chamou ao espaço vasto “ceu”. E ˜
˜ c Pr 8:29 virao de luzeiros no espaço vas-
houve noite e houve manha, se- ´
d De 32:4
to dos ceus, para iluminar a
gundo dia.
˜ terra.” E assim aconteceu. 16 E
9 Entao Deus disse: “Que as e Sal 104:14 Deus fez os dois grandes luzei-
´ ´
aguas debaixo dos ceus se jun- f De 4:19 ros, o luzeiro maior para domi-
g Sal 104:19 nar o dia i e o luzeiro menor
1:2 1 Ou: “sem forma”. 2 Ou: “e desocu- ´
´
pada”. 3 Ou: “aguas agitadas”. 4 Ou: h Gen 8:22
1:11, 12 1 Ou: “os seus tipos”. 1:14
´ ˜ ˜
“o espırito”. 1:6 1 Ou: “uma expansao”. i Sal 136:7, 8 1 Ou: “luzes”. 2 Ou: “estaçoes”.
´
GENESIS 1:17–2:4 44
´ ´
para dominar a noite, e tambem CAP. 1 que eles tenham domınio sobre
as estrelas. a 17 Assim, Deus a Sal 8:3 os peixes do mar, sobre as cria-
´
colocou-os no espaço vasto dos Je 31:35 turas voadoras dos ceus, sobre
´ ´
ceus para iluminarem a terra, os animais domesticos, sobre
18 para dominarem de dia e de b Sal 74:16 toda a terra e sobre todos os ani-
noite, e para fazerem uma sepa- mais rasteiros que se movem so-
˜ ˜
raçao entre a luz e a escuridao. b
˜ ´ bre a terra.” a 27 E Deus criou o
Deus viu entao que era bom. c Gen 2:19 ` `
homem a sua imagem, a imagem
19 E houve noite e houve ma- de Deus o criou; homem e mu-
˜ ´
nha, quarto dia. d Ne 9:6 lher os criou. b 28 Alem disso,
˜
20 Entao Deus disse: “Que as Sal 104:25
Deus abençoou-os e Deus disse-
´
aguas fervilhem de criaturas1 vi- -lhes: “Tenham filhos e tornem-
vas, e voem criaturas voadoras ´ -se muitos; encham e dominem
e Gen 2:19
´
por cima da terra, pelo espa- a terra; c tenham domınio d sobre
´
ço vasto dos ceus.” c 21 E Deus os peixes do mar, sobre as cria-
f Pr 8:30 ´
criou os grandes animais2 mari- Jo 1:3 turas voadoras dos ceus e sobre
nhos e todas as criaturas1 vivas Col 1:16 todas as criaturas vivas que se
que se movem e fervilham nas movem sobre a terra.”
´ ´ ˜
aguas, segundo as suas espe- g 1Co 11:7 29 Entao Deus disse: “Dou-
cies,3 e todas as criaturas ala- ˜
-vos todas as plantas que dao se-
das, voadoras, segundo as suas mentes, existentes sobre toda a
´ ´
h Gen 5:1 ´
especies.3 E Deus viu que era terra, e todas as arvores que te-
Tg 3:9
bom. 22 Com isso, Deus aben-  nham frutos com sementes. Que
çoou-os, dizendo: “Reproduzam- elas vos sirvam de alimento. e
2.a coluna ˜
-se e tornem-se muitos, encham ´ 30 E dou toda a vegetaçao ver-
´ a Gen 9:2
as aguas do mar, d e tornem-se de como alimento a todos os ani-
muitas as criaturas voadoras na mais selvagens da terra, a todas
terra.” 23 E houve noite e hou- b Sal 139:14 ´
˜ Mt 19:4
as criaturas voadoras dos ceus e
ve manha, quinto dia. a tudo o que se move sobre a ter-
˜ Mr 10:6 ´
24 Entao Deus disse: “Que a 1Co 11:7, 9 ra e em que ha vida.”1f E assim
terra produza criaturas1 vivas aconteceu.
´
segundo as suas especies:3 ani- ´ 31 Depois, Deus viu tudo o
´ c Gen 2:15
mais domesticos, animais rastei- ´
Gen 9:1 que tinha feito, e tudo era mui-
ros2 e animais selvagens da ter- to bom. g E houve noite e houve
´ ˜
ra, segundo as suas especies.”3e manha, sexto dia.
d Sal 8:4, 6
E assim aconteceu. 25 Deus fez
os animais selvagens da ter-
´
ra segundo as suas especies,3 os ´
e Gen 9:3
2 Assim foram terminados os
´
ceus, a terra e tudo o que ha
´
´
´
animais domesticos segundo as Sal 104:14 neles.1h 2 No setimo dia, Deus
´ At 14:17 tinha terminado a sua obra,1 e
suas especies3 e todos os ani- ´
mais rasteiros segundo as suas passou a descansar, no setimo
´ dia, de toda a obra que tinha fei-
especies.3 E Deus viu que era f Sal 147:9 ´
bom. Mt 6:26 to. i 3 E Deus abençoou o seti-
˜ mo dia e declarou-o sagrado,
26 Entao Deus disse: “Faça-
` pois neste dia Deus tem descan-
mos f o homem a nossa imagem, g g De 32:4
segundo a nossa semelhança, h e Sal 104:24 sado de toda a obra que criou,
1Ti 4:4 de tudo o que ele decidiu fazer.
 ´ ´ ´
1:20, 21, 24 1 Ou: “almas”. 1:21 2 Ou: 4 Esta e a historia dos ceus e
“os grandes monstros”. 1:21, 24, 25 CAP. 2 da terra no tempo em que foram
3 Ou: “os seus tipos”. 1:24 2 Ou: “ani- h Ne 9:6
´ ´
mais moventes”, que aparentemente in- Sal 146:6
1:30 1 Ou: “ha vida como alma; ha uma
´ alma vivente”. 2:1 1 Lit.: “e todo o seu
cluem repteis e formas de vida animal
´
diferentes das outras categorias men- ˆ
i Ex 31:17 exercito”. 2:2 1 Ou: “a obra que tinha
cionadas. He 4:4 estado a fazer”.
´
45 GENESIS 2:5-24
´ ´
criados, no dia em que Jeova1 CAP. 2 15 Jeova Deus pegou no ho-
´
Deus fez a terra e o ceu. a a Is 45:18 mem´ e estabeleceu-o no jardim
˜
5 Ainda nao havia nenhum do Eden, para que o cultivasse e
´
arbusto do campo na terra e ne- ´
b Gen 3:19 tomasse conta dele. a 16 Jeova
˜ ´
nhuma vegetaçao do campo ti- Sal 103:14 Deus tambem deu esta ordem
Ec 3:20 ´
nha começado a brotar, porque ao homem: “De todas as arvores
´ ˜ `
Jeova Deus nao tinha feito cho- do jardim, podes comer a von-
˜ ´ ` ´
ver sobre a terra e nao havia c Gen 7:22 tade. b 17 Mas, quanto a arvore
Is 42:5 ´
nenhum homem para cultivar o At 17:25 do conhecimento do que e bom
´ ˜
solo. 6 Mas uma neblina subia e do que e mau, nao comas dela,
da terra e regava toda a super- porque, no dia em que comeres
´ d 1Co ´
fıcie do solo. 15:45, 47 dela, certamente morreras.” c
´ ˜ ´
7 E Jeova Deus formou o ho- 18 Entao, Jeova Deus disse:
´ ´ ˜ ´
mem do po b do solo e soprou-lhe e Gen 2:15 “Nao e bom que o homem conti-
ˆ ´
Gen 3:23
nas narinas o folego da vida, c e o nue sozinho. Vou fazer-lhe uma
homem tornou-se um ser1 viven- ajudadora, como seu comple-
´ ´ ´ ´
te. d 8 Alem disso, Jeov ´ a Deus
f Gen 1:26 mento.” d 19 Jeova Deus tinha
plantou um jardim no Eden, e no formado do solo todos os ani-
leste, e ali colocou o homem que ´
˜ ´
g Gen 3:22, 24 mais selvagens1 e todas as cria-
tinha formado. f 9 Entao, Jeova Ap 2:7 ´
turas voadoras dos ceus, e co-
Deus fez brotar do solo todo o ´
´ meçou a leva-los ao homem para
tipo de arvores de aspeto agra- ´
h Gen 2:17 ´
´ ver como e que este chamaria a
davel e boas para alimento, e cada um; e o que homem cha-
´ ´
tambem a arvore da vida g no i Da 10:4 mava a cada criatura2 viva, esse
´
meio do jardim e a arvore do co- tornava-se o seu nome. e 20 As-
´
nhecimento do que e bom e do ´
j Gen 10:8, 11 sim, o homem deu o nome a to-
´ ´ `
que e mau. h dos os animais domesticos, as
10 Havia um rio que nas- ´ ´
´ k Gen 15:18 criaturas voadoras dos ceus e
cia no Eden para regar o jar- De 11:24 a todos os animais selvagens,
dim, e dali se dividia em quatro  ˜
mas o homem nao tinha nenhu-
rios.1 11 O nome do primeiro 2.a coluna ma ajudadora como seu comple-
´ ´ ´ ´ ˜ ´
e Pıson; e aquele que contorna a Gen 1:28 mento. 21 Entao, Jeova Deus
´ ´ ´
Gen 2:8
toda a terra de Havila, onde ha Sal 115:16 fez o homem adormecer profun-
ouro. 12 O ouro daquela terra damente e, enquanto ele dormia,
´ ´ ´ ´ ´
e bom. La tambem ha bde- ´ tirou-lhe uma das costelas e de-
´ b Gen 2:8, 9
lio1 e onix. 13 O nome do se- ´ pois fechou a carne naquele lu-
´ ´ Gen 3:2
gundo rio e Giom; e aquele que gar. 22 E, da costela que tirara
contorna toda a terra de Cuche. ´
´ ´ ´
c Gen 3:19 do homem, Jeova Deus fez a mu-
14 O nome do terceiro rio e Hı- Sal 146:4 lher e levou-a ao homem. f
´ ˜
dequel;1i e aquele que vai para o Ec 9:5, 10
23 O homem disse entao:
´ Ez 18:4
leste da Assıria. j E o quarto rio ´
´ Ro 5:12
“Esta, por fim, e osso dos
e o Eufrates. k 1Co 15:22
meus ossos
ˆ ´
2:4 1 Primeira ocorrencia do nome pro- E carne da minha carne.
d 1Co 11:8, 9 ´
prio de Deus, 565
(YHWH). Veja o 1Ti 2:13 Esta sera chamada ‘mulher’,
Ap. A4. 2:7 1 Ou: “uma alma; uma pes- Porque do homem foi
´
soa”. Em hebraico, nefesh, que signifi- ´
e Gen 1:26 tirada.” g
ca literalmente “uma criatura que res- ´
´ 24 E por isso que o homem dei-
pira”. Veja o Glossario, “Alma”. 2:10 ´ ˜ ´
1 Lit.: “se tornava quatro cabe ças”. f Mr 10:9 xara o seu pai e a sua mae e ira
´
2:12 1 Isto e, uma resina fragrante pare- 1Ti 2:13
cida com a mirra em aspeto. 2:14 1 Ou: 2:19 1 Lit.: “toda a criatura viva do cam-
“Tigre”. g 1Co 11:8 po”. 2 Ou: “alma”.
´
GENESIS 2:25–3:17 46
` ´
apegar-se a1 sua esposa, e eles CAP. 2 deram-se da face de Jeova Deus
˜ ´ ´
irao tornar-se uma so carne. a a Mal 2:16 entre as arvores do jardim. 9 E
´
25 E ambos continuavam nus, b o Mt 19:5 Jeova Deus chamava o homem e
Mr 10:7, 8 ´
homem e a sua esposa, contudo, Ro 7:2 dizia-lhe: “Onde estas?” 10 Por
˜
nao estavam envergonhados. 1Co 6:16 fim, ele respondeu: “Ouvi a tua

3
Ef 5:31 voz no jardim, mas fiquei com
A serpente c era o mais cau- He 13:4
teloso1 de todos os animais medo porque estava nu, por
´ b Gen ´
3:7 isso, escondi-me.” 11 Com isso,
selvagens que Jeova Deus fi- ´
`  ele perguntou: “Quem e que te
zera. Assim, ela disse a mu-
lher: “Foi realmente isso que CAP. 3 disse que estavas nu? a Comes-
˜ ´
Deus disse, que nao devem co- c 2Co 11:3 te da arvore que te ordenei que
´ ˜
mer de todas as arvores do jar-
Ap 12:9
Ap 20:2
nao comesses?” b 12 O homem
˜
dim?” d 2 Entao, a mulher dis- disse: “A mulher que me deste
` ´
d Gen 2:17 para estar comigo, foi ela que me
se a serpente: “Podemos comer ´
´ deu do fruto da arvore, por isso,
do fruto das arvores do jardim. e ´
e Gen 2:16 ´
´ comi.” 13 Jeova Deus disse en-
3 Mas, sobre o fruto da arvore ˜ ` ´
´ ´
f Gen 2:8, 9 tao a mulher: “O que e que fi-
que esta no meio do jardim,f Deus
˜ ˜ zeste?” A mulher respondeu: “A
disse: ‘Nao comam dele,1 nao,
˜ g Jo 8:44
serpente enganou-me, por isso,
nem lhe toquem, senao morre- 1Jo 3:8
˜ ˜
rao.’” 4 Entao, a serpente disse comi.” c
˜ ´ `
` ˜ ´
a mulher: “Certamente nao mor- h Gen 3:22
14 Entao, Jeova Deus disse a
˜
rerao. g 5 Pois Deus sabe que, i 2Co 11:3 serpente: d “Por teres feito isto,
´
no mesmo dia em que o come- 1Ti 2:14 es maldita entre todos os ani-
˜ Tg 1:14, 15 ´
rem, os vossos olhos irao abrir- mais domesticos e todos os ani-
ˆ ˜ ´
-se e voces serao como Deus, sa- j Ro 5:12 mais selvagens. Rastejaras sobre
´ ´ ´ ´
bendo o que e bom e o que e ´
o teu ventre, e comeras po todos
mau.” h k Gen 3:21
os dias da tua vida. 15 E porei

6 Consequentemente, a mu- inimizade1e entre ti f e a mulher, g
´ 2.a coluna
lher viu que a arvore era boa ´
e entre o teu descendente2h e o
a Gen 2:25
para alimento e que era dese- seu descendente.3i Este esmaga-
´ ´ ´ ´
javel aos olhos, sim, a arvo- ´
b Gen 2:17 ra4 a tua cabeça,5j e tu feriras6 o
´ seu calcanhar.” k
re era agradavel de se contem- `
˜ c 2Co 11:3
plar. Entao, ela apanhou o fruto 16 A mulher ele disse: “Au-
ˆ 1Ti 2:14
e começou a come-lo. i Depois, mentarei muito as dores da tua
´ ´ ´ `
tambem deu do fruto ao seu ma- d Gen 3:1 gravidez; com dores daras a luz
rido, quando ele estava com ela, ´
ˆ filhos, e teras desejo de estar
e ele começou a come-lo. j 7 En-
e Ap 12:7, 17 ´
˜ com o teu marido, e ele ira do-
tao abriram-se os olhos de am- f Ap 12:9 minar-te.”
˜
bos, e eles perceberam que es-
g Ap 12:1
17 E a Adao1 ele disse: “Visto
tavam nus. Por isso, costuraram que escutaste a voz da tua espo-
folhas de figueira para cobrir a ´
h Jo 8:44 sa e comeste da arvore a respei-
nudez.1k 1Jo 3:10 ˜
to da qual te dei a ordem: l ‘Nao
8 Mais tarde, ouviram a voz ´
´
´
i Gen 22:18 comas dela’, maldito e o solo por
de Jeova Deus enquanto ele an- ´ ´
Gen 49:10
´ tua causa. m Com dores comeras
dava pelo jardim, por volta da Gal 3:16, 29
dos seus produtos todos os dias
hora em que a brisa soprava, e j Ap 20:2, 10
o homem e a sua esposa escon- 3:15 1 Ou: “hostilidade”. 2 Lit.: “a tua
k Mt 27:50 semente”. 3 Lit.: “a semente”. 4 Ou:
´ ´ ´ ´
2:24 1 Ou: “e permanecera com a”. At 3:15 “machucara; golpeara”. 5 Isto e, a ca-
´
3:1 1 Ou: “astuto; ardiloso”. 3:3 1 Ou: ´
l Gen 2:17
beça da serpente. 6 Ou: “machucaras;
´ ´ ´
“dela”, isto e, da arvore. 3:7 1 Ou: “a esmagaras”. 3:17 1 Que significa “ho-
´ ` ´
area a volta das ancas”. m Gen 5:29 mem terreno; humanidade”.
´
47 GENESIS 3:18–4:15
´ ˜
da tua vida. a 18 Ira produzir-te CAP. 3 5 nao olhou com favor para
´
espinhos e abrolhos, e teras de a Ro 8:20 Caim e para a sua oferta. E Caim
˜
comer a vegetaçao do campo. ficou furioso e abatido.1 6 En-
˜ ´
19 No suor do teu rosto come- ´ tao, Jeova disse a Caim: “Porque
´ ˜ ´ b Gen 2:7 ´ ´
ras pao,1 ate que voltes ao solo, e que estas furioso e abatido?
pois dele foste tirado; b porque tu 7 Se passares a fazer o bem,
´ ´ ´ ´ ˜ ´
es po e ao po voltaras.” c c Sal 104:29 nao voltaras a ter o meu favor?1
˜ ˜
20 Depois disso, Adao chamou Ec 3:20 Mas, se nao passares a fazer o
` Ec 12:7 ´ ` `
Eva1 a sua esposa, porque ela ha- bem, o pecado esta a porta, a es-
˜
via de tornar-se a mae de todos os preita, e tem desejo ardente de
´ ´
viventes. d 21 E Jeova Deus fez d At 17:26 te dominar; mas sera que o con-
´
vestes compridas de pele para seguiras vencer?”
˜
Adao e para a sua esposa, a fim
´ ´ 8 Depois, Caim disse a Abel,
de os vestir. e 22 Jeova Deus
e Gen 3:7 ˜
˜ seu irmao: “Vamos ao campo.”
disse entao: “O homem tornou- Enquanto estavam no campo,
´ ˜
-se como um de nos, sabendo o ´
f Gen 3:5 Caim atacou Abel, seu irmao, e
´ ´ ´
que e bom e o que e mau. f Ago-
˜ matou-o. a 9 Mais tarde, Jeova
ra, para que ele nao estenda a ´
˜ ´ ´ perguntou a Caim: “Onde esta
mao e tambem apanhe o fruto g Gen 2:9 ˜
´ Abel, o teu irmao?” E Caim res-
da arvore da vida, g e coma, e ˜
pondeu: “Nao sei. Sou eu o guar-
viva para sempre,1 . . .” 23 Com ˜ ˜ ˜
´
´
h Gen 2:8 diao do meu irmao?” 10 Entao
isso, Jeova´ Deus expulsou-o do ´
Ele disse: “O que e que fizes-
jardim do Eden h para cultivar o te? Escuta! O sangue do teu ir-
solo do qual fora tirado. i 24 As-
´
i Gen 3:19 ˜ ´
mao esta a clamar a mim desde
´
sim ele expulsou o homem, e´ co- o solo. b 11 E agora es mal-
locou a leste do jardim do Eden ´
ˆ j Sal 80:1 dito e seras banido do solo que
os querubins j e a lamina ardente Is 37:16 abriu a boca para receber da
de uma espada que girava conti- Ez 10:4 ˜ ˜

tua mao o sangue do teu irmao. c
nuamente, guardando o caminho
´ 12 Quando cultivares o solo, ele
para a arvore da vida. CAP. 4 ˜ ´
´ nao te dara os seus produtos.1
˜ ˜ ´
4
k Gen 1:28
Adao teve relaçoes sexuais Tornar-te-as errante e fugitivo
˜
com Eva, sua esposa, e ela fi- na terra.” 13 Entao, Caim dis-
´ ` ´ ˜
cou gravida. k Quando deu a luz l 1Jo 3:10-12 se a Jeova: “A puniçao pelo meu
Ju 11 ´
Caim, l ela disse: “Tive1 um me- erro e demasiado pesada para
´
nino com a ajuda de Jeova.” eu a suportar. 14 Hoje expul-
`
2 Mais tarde, deu novamente a m Mt 23:35 sas-me desta terra,1 e ficarei es-
˜
luz e teve Abel, m irmao de Caim. condido da tua face; vou tornar-
Abel tornou-se pastor de ove- ˆ
-me errante e fugitivo na terra,
lhas, e Caim tornou-se agricul- n Ex 13:12 e quem me encontrar certamen-
´ ˜ ´
tor. 3 Depois de algum tempo, te me matara.” 15 Entao, Jeova
˜
Caim trouxe alguns produtos da o He 11:4
disse-lhe: “Por essa razao, quem
´ ´
terra como oferta para Jeova.  matar Caim sofrera vingança
4 Mas Abel trouxe alguns pri- 2.a coluna sete vezes.”
´ ´
mogenitos do seu rebanho, n a Mt 23:35 Assim, Jeova estabeleceu um
com a gordura deles. Ao pas- 1Jo 3:10-12 sinal para Caim, a fim de que
´ Ju 11 ˜
so que Jeova olhou com favor ele nao fosse morto por quem
para Abel e para a sua oferta, o
b He 12:24 4:5 1 Lit.: “e a sua face descaiu”. 4:7
˜ ´
3:19 1 Ou: “alimentos”. 3:20 1 Que sig- 1 Ou: “nao havera enaltecimento”. 4:12
nifica “vivente”. 3:22 1 Ou: “por tempo 1 Lit.: “o seu poder”. 4:14 1 Lit.: “da su-
´
indefinido”. 4:1 1 Lit.: “Produzi”. ´
c Gen 9:5 perfıcie do solo”.
´
GENESIS 4:16–5:14 48
˜
o encontrasse. 16 Entao, Caim CAP. 4 o nome de Sete1a porque, se-
´ ´
foi-se embora de diante de Jeova a Gen 2:8 gundo disse: “Deus designou-me
e passou a morar ´ na terra do outro descendente2 no lugar de
´ Abel, visto que Caim o ma-
Exılio,1 a leste do Eden. a ´
17 Depois, Caim teve rela- ´
tou.” b 26 Sete tambem se tor-
˜ b Gen 5:4
çoes sexuais com a sua esposa, b nou pai de um filho, e deu-lhe o
´ ` nome de Enos. c Naquele tempo,
e ela ficou gravida e deu a luz
˜ as pessoas começaram a invocar
Enoque. Entao, começou a cons- ´
` c Gen ´
4:15 o nome de Jeova.
truir uma cidade e deu a cida- ´ ´
5
 Este e o livro da historia de
de o nome do seu filho Enoque. ˜
2.a coluna Adao. No dia em que Deus
18 Mais tarde, Enoque tornou- ´ ˜ ˆ `
-se pai de Irade. Irade tornou-se a Gen 5:3 criou Adao, fe-lo a semelhança
pai de Meujael, Meujael tornou-
1Cr 1:1
de Deus. d 2 Homem e mulher
os criou. e No dia em que foram
-se pai de Metusael, e Metusael
criados, f abençoou-os e deu-lhes
tornou-se pai de Lameque. ´
b Gen 4:8 o nome de “homem”.1
19 Lameque tomou para si Mt 23:35
˜
3 Adao viveu 130 anos e en-
duas esposas. O nome da primei- He 11:4 ˜
tao tornou-se pai de um filho,
ra era Ada e o nome da segunda ` `
´ ` a sua semelhança e a sua ima-
era Zila. 20 Ada deu a luz Ja- gem, e deu-lhe o nome de Sete. g
bal. Ele foi o pai dos que moram ´
c Gen 4 Depois de se tornar pai de
ˆ 5:6
˜
em tendas e tem gado. 21 O Lu 3:23, 38 Sete, Adao viveu 800 anos. E tor-
˜ 
nome do seu irmao era Jubal. nou-se pai de filhos e de filhas.
Ele foi o pai de todos os que CAP. 5 5 Assim, todos os dias da vida
´ ´ ˜
tocam harpa e flauta.1 22 Zila d Gen 1:26 de Adao somaram 930 anos, e
´ ` Tg 3:9 ˜
tambem deu a luz e teve Tubal- entao morreu. h
˜
caim, que forjava todo o tipo de 6 Sete viveu 105 anos e entao
ferramentas de cobre e de ferro. tornou-se pai de Enos. i 7 De-
˜ ´
E a irma de Tubalcaim era Naa- e Gen 1:27 pois de se tornar pai de Enos,
´ ˜
ma. 23 Entao, Lameque com- Mr 10:6 Sete viveu 807 anos. E tornou-se
ˆ pai de filhos e de filhas. 8 As-
pos estas palavras para as suas
´ sim, todos os dias de Sete soma-
esposas Ada e Zila: ˜
´
f Gen 2:23 ram 912 anos, e entao morreu.
“Ouçam a minha voz, ˜
Is 45:12 9 Enos viveu 90 anos e entao
esposas de Lameque; ˜
`
Mt 19:4
tornou-se pai de Quena. 10 De-
Deem ouvidos a minha ˜
˜ pois de se tornar pai de Quena,
declaraçao: Enos viveu 815 anos. E tornou-se
Matei um homem porque ´
g Gen 4:25 pai de filhos e de filhas. 11 As-
ele me feriu, sim, todos os dias de Enos soma-
˜
Sim, um jovem, porque ram 905 anos, e entao morreu.
˜
me golpeou. 12 Quena viveu 70 anos e en-
´
h Gen 2:17 ˜
24 Se Caim deve ser vingado ´
Gen 3:19
tao tornou-se pai de Maalalel. j
sete vezes, c Ro 6:23 13 Depois de se tornar pai de
˜ ˜
Entao Lameque setenta
1Co 15:22 Maalalel, Quena viveu 840 anos.
e sete vezes.” E tornou-se pai de filhos e de
˜ filhas. 14 Assim, todos os dias
25 Adao teve novamente rela- ˜
de Quena somaram 910 anos, e
˜ ´
i Gen 4:26 ˜
çoes sexuais com a sua esposa, Lu 3:23, 38 entao morreu.
e ela teve um filho. Ela deu-lhe
4:25 1 Que significa “designado; pos-
4:16 1 Ou: “terra de Node”. 4:21 1 Ou: to; colocado”. 2 Lit.: “outra semente”.
´ ˜
“pıfaro”. j Lu 3:23, 37 5:2 1 Ou: “Adao; humanidade”.
´
49 GENESIS 5:15–6:7
´
15 Maalalel viveu 65 anos e CAP. 5 solo que Jeova amaldiçoou.” a
˜
entao tornou-se pai de Jarede. a a Lu 3:23, 37 30 Depois de se tornar pai de
´
16 Depois de se tornar pai de Noe, Lameque viveu 595 anos. E
Jarede, Maalalel viveu 830 anos. b Ju 14 tornou-se pai de filhos e de fi-
E tornou-se pai de filhos e de lhas. 31 Assim, todos os dias
filhas. 17 Assim, todos os dias de Lameque somaram 777 anos,
c Lu 3:23, 37 ˜
de Maalalel somaram 895 anos, e e entao morreu.
˜ ´
entao morreu. 32 Depois de Noe ter comple-
´
18 Jarede viveu 162 anos e d Gen 6:9 tado 500 anos de idade, tornou-
˜ De 8:6 ˜ ´
entao tornou-se pai de Enoque. b De 13:4 -se pai de Sem, b Ca c e Jafe. d
19 Depois de se tornar pai de
6 Quando
3Jo 4
os homens começa-
Enoque, Jarede viveu 800 anos. Ju 14, 15 ´
ram a aumentar em numero
E tornou-se pai de filhos e de ´
na superfıcie da terra e tiveram
filhas. 20 Assim, todos os dias e Jo 3:13
filhas, 2 os filhos do verdadei-
He 11:5
de Jarede somaram 962 anos, e ro Deus1e aperceberam-se de
˜
entao morreu. que as filhas dos homens eram
21 Enoque viveu 65 anos e en- f Lu 3:23, 36
bonitas. E passaram a tomar
˜ ´
tao tornou-se pai de Matusalem. c como esposas todas as que es-
22 Depois de se tornar pai de ´ ˜ ´
´
g Gen 7:1 colheram. 3 Entao, Jeova dis-
Matusalem, Enoque continuou a Ez 14:14 ´ ˜ ´
Mt 24:37 se: “O meu espırito nao tolerara
andar com o verdadeiro Deus1 He 11:7 o homem indefinidamente, f pois
durante 300 anos. E tornou-se 1Pe 3:20 ´
ele e apenas carne.1 Portanto,
pai de filhos e de filhas. 23 As- 2Pe 2:5 ˜
 os seus dias somarao 120 anos.” g
sim, todos os dias de Enoque 4 Havia os nefilins1 na terra,
2.a coluna
somaram 365 anos. 24 Enoque ´ naqueles dias e depois. Duran-
a Gen 3:17
continuou a andar com o verda- te esse tempo, os filhos do ver-
deiro Deus. d Depois, deixou de dadeiro Deus continuaram a ter
´
ser visto,1 porque Deus o to- b Gen 10:21 ˜
´
Gen 11:10 relaçoes com as filhas dos ho-
mou. e Lu 3:23, 36 mens, e elas deram-lhes filhos.
´
25 Matusalem viveu 187 anos Eles eram os valentes dos tem-
˜
e entao tornou-se pai de La- ´
c Gen 6:10 pos antigos, os homens de fama.
meque. f 26 Depois de se tornar ´
Gen 10:6 5 Consequentemente, Jeova
´
´
pai de Lameque, Matusalem vi- viu que a maldade do homem era
veu 782 anos. E ele tornou-se pai d Gen ´
10:2 grande na terra e viu que toda a
de filhos e de filhas. 27 Assim,  ˜
inclinaçao dos pensamentos do
´ ˜ ´ ´
todos os dias de Matusalem so- CAP. 6 seu coraçao era so ma, o tempo
˜ ´
maram 969 anos, e entao mor- e Jo´ 1:6 todo. h 6 Jeova lamentou1 ter
´
reu. Jo 38:7
feito os homens na terra, e o seu
28 Lameque viveu 182 anos e 2Pe 2:4 ˜
coraçao entristeceu-se.2i 7 Por
˜ Ju 6
´
entao tornou-se pai de um filho. isso, Jeova disse: “Vou eliminar
´
29 Deu-lhe o nome de Noe,1g di- ´
´
da superfıcie da terra os homens
´ f Gen 7:4
zendo: “Este ha de trazer-nos 1Pe 3:20
˜ ´
consolo,2 aliviando-nos do nosso 6:2 1 Expressao idiomatica hebraica que
´
trabalho e do esforço doloroso se refere aos filhos angelicos de Deus.
˜ g 2Pe 3:9
6:3 1 Ou, possivelmente: “pois ele age
das nossas maos, causados pelo
de acordo com a carne”. 6:4 1 Que
´
5:22 1 Lit.: “o Deus”. Veja o Glossa- ´
h Gen 8:21 possivelmente significa “derrubado-
rio, “Verdadeiro Deus, o”. 5:24 1 Ou: Je 17:9 ´
res”, isto e, aqueles que fazem os outros
´ ˜ Mt 15:19 ´
“ja nao era mais”. 5:29 1 Que prova- cair. Veja o Glossario, “Nefilins”. 6:6
velmente significa “descanso; consolo”. 1 Ou: “sentiu pesar de”. 2 Ou: “e sentiu-
´ ˜
2 Ou: “alıvio”. i Sal 78:40, 41 -se magoado no coraçao”.
´
GENESIS 6:8–7:4 50
que criei, os homens juntamen- CAP. 6 segundo andar e um terceiro an-
´ ´
te com os animais domesticos, a Gen 7:1 dar.
os animais rasteiros e as criatu- Ez 14:14 17 “Quanto a mim, vou tra-
´ He 11:7 ´
ras voadoras dos ceus, pois la- zer sobre a terra um diluvio de
ˆ ´ ´
mento te-los feito.” 8 Mas Noe aguas, a para exterminar de de-
´
´ b 2Pe 2:5
baixo dos ceus todas as criatu-
achou favor aos olhos de Jeova. ˆ ˆ
´ ´ ´
9 Esta e a historia de Noe. ´
c Gen 5:32
ras1 que tem o folego da vida.2
´
´ Tudo o que ha na terra mor-
Noe era um homem justo.a ´
Mostrava-se ıntegro1 entre os
´ rera. b 18 E vou estabelecer o
ˆ ´ d Ap 11:18
seus contemporaneos.2 Noe an- meu pacto contigo, e deves en-
dava com o verdadeiro Deus. b trar na arca com os teus filhos,
e Mt 24:37-39
´ a tua esposa e as esposas dos
10 Com o tempo, Noe tornou-se 2Pe 2:5
ˆ ˜ ´ teus filhos. c 19 Das criaturas
pai de tres filhos: Sem, Ca e Jafe. c
´ vivas, d leva para dentro da arca
11 Mas a terra tinha ficado ar- f Gen 7:4
` duas de cada tipo, um macho e
ruinada a vista do verdadeiro ˆ
g He 11:7 uma femea, e a fim de as preser-
Deus, e a terra estava cheia de var vivas contigo; 20 das cria-
ˆ
violencia. 12 Sim, Deus olhou turas voadoras segundo as suas
´
para a terra e viu que estava ar- h Gˆ en 14:10 ´ ´
Ex 2:3 especies,1 dos animais domesti-
ruinada; d toda a humanidade1 ti- ´
cos segundo as suas especies1 e
nha arruinado o seu caminho na i Gen ´
7:16 de todos os animais rasteiros se-
terra. e ´
 gundo as suas especies,1 dois de
´ ˜ ´
13 Depois, Deus disse a Noe: 2.a coluna cada um deles irao ter contigo la
ˆ
“Decidi por um fim a toda a hu- ´
a Gen 1:7 dentro para que sejam preserva-
´ ´
manidade,1 porque a terra esta
ˆ
Gen 7:6, 11 dos vivos. f 21 Quanto a ti, de-
cheia de violencia por causa de- ves recolher e armazenar todo
´ ´
les; por isso, vou arruina-los jun- b Gen 7:21 o tipo de alimentos, g para servir
tamente com a terra. f 14 Faz Sal 104:29
Mt 24:39
de comida para ti e para os ani-
para ti uma arca1 de madeira re- 2Pe 2:5 mais.”
´ ´
sinosa. g Faras compartimentos 22 E Noe fez tudo o que Deus
´ ´
na arca e iras revesti-la de betu- c Gen 7:13 lhe tinha mandado. Fez exata-
me2h´ por dentro e por fora. mente assim. h
´ ´
15 E assim que a faras: a arca
7
´
d Gen 8:17 Depois disso, Jeova disse a
ˆ ´
deve ter 300 covados1 de com- Noe: “Entra na arca, tu e to-
ˆ ´ ´
primento, 50 covados de largura e Gen 7:2 dos os da tua casa, porque tu es
ˆ
e 30 covados de altura. 16 Fa- aquele que eu vi ser justo diante
´ ´ ˜
ras na arca uma janela para ilu- f Gen 7:14, 15 de mim no meio desta geraçao. i
˜ ˆ
minaçao,1 um covado abaixo do 2 De cada tipo de animal puro,
´ ˆ
teto. Deves fazer a entrada da g Gen 1:29, 30 leva sete1 contigo, j machos e fe-
arca num lado, i e deves fazer a meas; e, de cada animal impuro,
ˆ
arca com um andar inferior, um h Ex 40:16 leva apenas dois, o macho e a
ˆ ´
He 11:7
femea; 3 tambem, de cada cria-
´
6:9 1 Ou: “irrepreens ıvel”. 2 Lit.: “as  ´
˜ tura voadora do ceu, leva sete,1
suas geraç oes”. 6:12, 13, 17 1 Lit.: CAP. 7 ˆ
machos e femeas, para preser-
“carne”. 6:14 1 Lit.: “uma caixa”; uma i Gen ´
6:9 ˆ
˜ ˜ var viva a sua descendencia so-
grande embarcaçao. 2 Ou: “alcatrao”. He 10:38
bre toda a terra. k 4 Pois, em
ˆ He 11:7
6:15 1 Um covado equivalia a 44,5 cm. 1Pe 3:12
Veja o Ap. B14. 6:16 1 Em hebraico, ´
´
2Pe 2:5, 9 6:17 2 Ou: “o espırito da vida”. 6:20
tsohar. Em vez de uma abertura para ilu-
˜ 1 Ou: “os seus tipos”. 7:2 1 Ou, pos-
minaçao, ou uma janela, outra possibi- j Gen ´ sivelmente: “Leva sete pares de cada
8:20
´ ´
lidade e que tsohar se refira a um telha- animal puro”. 7:3 1 Ou, possivelmente:
ˆ
do inclinado com um covado de altura k Gen ´
7:23 “leva sete pares de cada criatura voado-
´ ´
na sua parte mais alta. Gen 8:19 ra do ceu”.
´
51 GENESIS 7:5–8:2
apenas sete dias, farei chover a CAP. 7 mea de todo o tipo de animais,1
sobre a terra durante 40 dias e ´ como Deus lhe ordenara. De-
a Gen 2:5
´
40 noites, b e vou eliminar da su- pois, Jeova fechou a porta.
´ ´
perfıcie da terra todos os seres 17 O diluvio continuou1 du-
˜ ´ ´
vivos que fiz.” c 5 Entao, Noe fez b Gen 7:11, 12
rante 40 dias sobre a terra, e as
´ ´
tudo o que Jeova lhe mandara. aguas continuaram a aumentar
´
6 Noe tinha 600 anos de idade ´
c Gen 6:7, 17 e começaram a carregar a arca,
´
´ ´ e esta flutuava nas aguas aci-
quando o diluvio de aguas veio ´
sobre a terra. d 7 Assim, antes ma da terra. 18 As aguas pre-
´ ´ ´
d Gen 8:13 valeceram e continuaram a au-
de virem as aguas do diluvio,
´ mentar muito sobre a terra, mas
Noe entrou na arca com os seus ` ´
filhos, a sua esposa e as espo- a arca flutuava a superfıcie das
e Lu 17:27 ´ ´
sas dos seus filhos. e 8 De cada He 11:7 aguas. 19 As aguas inundaram
animal puro, de cada animal im- a terra de tal modo que to-
puro, das criaturas voadoras e das as montanhas altas debaixo
´ ´
de tudo o que se move sobre o
f Gen 6:19, 20 de todo o ceu foram cobertas. a
´ ´ ˆ
solo, f 9 foram ter com Noe den-
´ 20 As aguas subiram ate 15 co-
tro da arca, aos pares, macho e ´ vados1 acima das montanhas.
g Gen 1:7
ˆ ´ 21 Assim, morreram todas as
femea, assim como Deus orde- Gen 8:2
´ criaturas vivas que se moviam1
nara a Noe. 10 E, sete dias de-
´ ´ na terra b — as criaturas voado-
pois, vieram as aguas do diluvio ´
h Gen 9:18 ´
sobre a terra. ras, os animais domesticos, os
1Cr 1:4
´ animais selvagens, as pequenas
11 No seiscentesimo ano da
´ ˆ criaturas que fervilham na terra
vida de Noe, no segundo mes, no
ˆ ´
i Gen 6:18 e toda a humanidade. c 22 Mor-
dia 17 do mes, nesse dia reben- 1Pe 3:20 reu tudo o que havia no solo
taram todos os mananciais das 2Pe 2:5
´ 
seco e que tinha nas narinas o
vastas aguas profundas e abri- ˆ
´ folego da vida.1d 23 Assim, Ele
ram-se as comportas dos ceus. g 2.a coluna ´
exterminou da superfıcie da ter-
12 E a chuva caiu sobre a ter- a 2Pe 3:5, 6 ra todos os seres vivos — os
ra durante 40 dias e 40 noites. homens, os animais, os animais
´
13 Nesse mesmo dia, Noe en- ´ rasteiros e as criaturas voadoras
trou na arca com os seus filhos, b Gen 6:7, 17 ´
˜ ´ dos ceus. Foram todos elimina-
Sem, Ca e Jafe, h e com a sua es- ´
ˆ dos da terra. e Somente Noe e os
posa e as esposas dos seus tres c Lu 17:27 que estavam com ele na arca so-
filhos. i 14 Eles entraram com breviveram. f 24 E as aguas pre-
´
todos os animais selvagens se- valeceram sobre a terra durante
´ ´
gundo as suas especies,1 todos d Gen 2:7
150 dias. g
´ ´
Gen 7:15
os animais domesticos segundo
´
as suas especies,1 todos os ani-
mais rasteiros da terra segun-
Ec 3:19
Is 42:5 8 Mas Deus voltou a sua aten-
˜ ´
çao para1 Noe, para todos os
´ animais selvagens
do as suas especies1 e todas as ´ e para todos
´
e Gen 6:7 os animais domesticos que esta-
criaturas voadoras segundo as vam na arca com ele, h e Deus
´ 2Pe 3:5, 6
suas especies,1 todas as aves, to- fez soprar
das as criaturas aladas. 15 Eles ´ um vento sobre a ter-
´ ´ ra, e as aguas começaram a bai-
continuaram a ir ate Noe, den- f Mt 24:37-39
xar. 2 Fecharam-se os manan-
tro da arca, dois a dois, de todo 1Pe 3:20 ´
2Pe 2:5, 9 ciais das aguas profundas e as
o tipo de animais1 em que ha-
ˆ
via o folego da vida.2 16 As- 7:17 1 Ou: “continuou a vir”. 7:20 1 Um
ˆ ´ ˆ
sim, eles entraram, macho e fe- g Gen 8:3 covado equivalia a 44,5 cm. Veja o
 Ap. B14. 7:21 1 Lit.: “expirou toda a
7:14 1 Ou: “os seus tipos”. 7:15, 16 ˆ
CAP. 8 carne que se movia”. 7:22 1 Ou: “o fole-
´ ´
1 Lit.: “carne”. 7:15 2 Ou: “o espırito da ´
h Gen 6:19, 20 go do espırito da vida”. 8:1 1 Lit.: “lem-
vida”. He 11:7 brou-se de”.
´
GENESIS 8:3–9:2 52
´ ˜ ´
comportas dos ceus. Assim, a CAP. 8 15 Deus disse entao a Noe:
˜
chuva parou de cair.1a 3 Entao, ´
a Gen 7:11, 12 16 “Sai da arca com a tua espo-
´
as aguas sobre a terra come- sa, os teus filhos e as esposas
çaram a baixar progressivamen- ´
b Gen 7:20 dos teus filhos. a 17 Leva conti-
´
te. Ao fim de 150 dias, as aguas go todas as criaturas vivas, de
´ ´
tinham diminuıdo. 4 No setimo ´ todos os tipos, b as criaturas voa-
ˆ ˆ c Gen 6:16
mes, no dia 17 do mes, a arca doras, os animais e os animais
pousou nas montanhas de Arara- rasteiros da terra, para que se
´ ´
te. 5 E as aguas baixaram con- d Gen 7:19 multipliquem1 na terra, se re-
´ ´ ˆ
tinuamente ate ao decimo mes. produzam e se tornem muitos na
´ ˆ ´
No decimo mes, no primeiro dia e Gen 7:20 terra.” c
ˆ ´
Gen 8:3 ´
do mes, apareceram os cumes 18 Assim, Noe saiu com os
das montanhas. b seus filhos, d a sua esposa e as
˜ ´
6 Entao, ao fim de 40 dias, f Gen 7:6, 11 esposas dos seus filhos. 19 To-
´ 
Noe abriu a janela c que tinha fei- das as criaturas vivas, todos
to na arca 7 e soltou um corvo. 2.a coluna os animais rasteiros e todas as
´
Ele voava do lado de fora e volta- a Gen 7:7 criaturas voadoras, tudo o que
´ ´ 1Pe 3:20
va, ate se secarem as aguas que 2Pe 2:5 se move sobre a terra saiu da
´
estavam sobre a terra. arca segundo as suas famılias. e
˜ ´
8 Mais tarde, ele soltou uma ´ 20 Entao, Noe construiu um al-
´ b Gen 6:19, 20 ´
pomba para ver se as aguas ti- ´
Gen 7:14, 15 tar f a Jeova e tomou alguns de
´ todos os animais puros e de to-
nham baixado na superfıcie do
˜
solo. 9 A pomba nao encontrou ´
c Gen 1:22 das as criaturas voadoras pu-
nenhum lugar para pousar1 e as- ras, g e fez ofertas queimadas no
´
sim voltou para ele, porque a ´ altar. h 21 E Jeova começou a
´ ´ d Gen 6:10 ´
agua ainda cobria a superfıcie sentir um aroma agradavel.1 En-
˜ ˜ ´
de toda a terra. d Entao, ele es- tao, Jeova disse no seu cora-
˜ ´
e Gen 7:13, 14 ˜
tendeu a mao e trouxe a pomba çao: “Nunca mais amaldiçoarei2
para dentro da arca. 10 Espe- o solo i por causa do homem, pois
˜ ˜
´
rou mais sete dias e soltou nova- f Gen 12:7 a inclinaçao do coraçao do ho-
´ ´
mente a pomba. 11 Quando a mem e ma desde a sua juventu-
pomba regressou, perto do anoi- ´
g Gen 7:2 de. j E nunca mais destruirei to-
tecer, ele viu que trazia no bico Le 20:25 dos os seres vivos, assim como
´ fiz. k 22 De agora em diante, a
uma folha de oliveira recem-ar- ´
´ terra nunca deixara de ter se-
rancada. Assim, Noe soube que h De 27:6
´ menteira e colheita, frio e calor,
as aguas sobre a terra tinham ˜
baixado. e 12 Ele esperou mais ´
i Gen 3:17 verao e inverno, dia e noite.” l
˜ ´
9
´
sete dias. Soltou entao a pomba, Gen 5:29 Deus abençoou Noe e os
´ ˜
mas ela ja nao voltou para ele. seus filhos, e disse-lhes: “Te-
˜ ´
13 Entao, no seiscentesimo ´
j Gen 6:5 nham filhos, tornem-se muitos e
ˆ ˆ
primeiro ano, f no primeiro mes, Ec 7:20
encham a terra. m 2 Voces con-
ˆ Mt 15:19 ˜
no primeiro dia do mes, as tinuarao a ser motivo de medo
´
aguas tinham-se escoado da ter- e de terror para todas as criatu-
´ ´
k Gen 6:7, 17
ra. E Noe removeu a cobertura ´ ras vivas da terra e para todas
´ Gen 9:11 ´
da arca e viu que a superfıcie do Is 54:9 as criaturas voadoras dos ceus,
solo estava a secar. 14 No se- para tudo o que se move so-
ˆ ˆ
gundo mes, no dia 27 do mes, a ´
l Gen 1:14 bre o solo e para todos os peixes
˜
terra secara completamente. Sal 74:17 do mar. Agora, eles estao entre-
Ec 1:4
8:2 1 Ou: “Assim se conteve a chuva vin-  8:17 1 Ou: “fervilhem”. 8:21 1 Ou: “apa-
´
da dos ceus”. 8:9 1 Ou: “para a planta CAP. 9 ziguador; calmante”. Lit.: “repousante”.
´
do seu pe”. m Gen ´
1:28 2 Ou: “invocarei o mal sobre”.
´
53 GENESIS 9:3-25
` ˜
gues as vossas maos.1a 3 Todo CAP. 9 do trouxer nuvens sobre a terra,
´ ´ ´ ´
o animal que se move e que esta a Gen 1:26 o arco-ıris certamente aparecera
vivo pode servir-vos de alimen- Tg 3:7 nas nuvens. 15 E certamente
to. b Assim como vos dei a vege- me lembrarei do meu pacto, que
˜
taçao verde, dou-vos todos eles. c b 1Ti 4:3 fiz convosco e com todas as cria-
´ ˜
4 So nao comam d a carne de um turas vivas de todos os tipos;1 e
animal com a sua vida1 — o seu ´ ˜
´
´
c Gen 1:29 as aguas nunca mais se tornarao
sangue. e 5 Alem disso, exigirei ´
˜ um diluvio para destruir todas
uma prestaçao de contas pelo ´
d Le 17:11, 14 as criaturas.2a 16 E o arco-ıris
vosso sangue, a vossa vida.1 Exi- ´
aparecera nas nuvens, e certa-
girei de cada animal uma pres- mente o verei e lembrar-me-ei do
˜ e Le 3:17
taçao de contas; e exigirei de pacto eterno entre Deus e todas
˜ Le 7:26
cada homem uma prestaçao de as criaturas vivas de todos os ti-
˜ Le 17:10, 13
´
contas pela vida do seu irmao. f De 12:16, 23
pos1 que ha sobre a terra.”
6 Quem derramar o sangue do At 15:20, 29 ´
´ At 21:25 17 Deus repetiu a Noe: “Este
homem, pelo homem sera derra- ´
´ e o sinal do pacto que estabele-
mado o seu proprio sangue, g
` ´
f Gˆ en 4:8, 10 ço com todas as criaturas1 que
pois Deus fez o homem a sua ´
ˆ Ex 21:12 ha sobre a terra.” b
imagem. h 7 Quanto a voces, te- ´ ´
nham filhos e tornem-se muitos; 18 Os filhos de Noe, que saı-
ˆ ˜
multipliquem-se abundantemen- g Ex 20:13 ram da arca, foram Sem, Ca e
´
Num 35:30 ´ ˜
te na terra e tornem-se numero- Jafe. c Mais tarde, Ca tornou-se
Mt 26:52 ˜ ˆ
sos.” i pai de Canaa. d 19 Estes tres fo-
˜ ´ ´
8 Entao, Deus disse a Noe ´ ram os filhos de Noe, e a partir
h Gen 1:27
e aos seus filhos, que estavam deles toda a terra foi povoada. e
´
com ele: 9 “Agora estabeleço o ´
20 Noe começou a cultivar
i Gen 1:28
meu pacto convosco j e com a ´ o solo e plantou uma vinha.
ˆ Gen 10:32
vossa descendencia, 10 e com 21 Quando bebeu o vinho, fi-
todas as criaturas1 vivas que es- ´ cou embriagado e despiu-se den-
˜ j Gen 9:15 ˜
tao convosco, as aves, os ani- Is 54:9 tro da sua tenda. 22 Ca, pai
˜
mais e todas as criaturas vivas de Canaa, viu a nudez do pai
˜ ˜
da terra que estao convosco, to- ´ e contou-o aos seus dois irmaos,
´ k Gen 8:17
dos os que saıram da arca — to- que estavam do lado de fora.
´ ˜
das as criaturas vivas da terra. k ´ 23 Sem e Jafe pegaram entao
11 Sim, estabeleço o meu pacto l Gen 8:21
numa capa, puseram-na sobre os
˜ 
convosco: nunca mais serao des- ombros e entraram de costas.
´ 2.a coluna
truıdos todos os seres vivos1 pe- Assim, cobriram a nudez do pai
´ ´ ´
a Gen 8:21 ˜
las aguas de um diluvio, e nunca com os rostos virados, e nao vi-
´ ´
mais um diluvio arruinara a ter- ram a nudez do pai.
ra.” l ´
b Gen ´
9:12, 13
24 Quando Noe acordou do
12 E Deus acrescentou: “Este sono provocado pelo vinho e
´
e o sinal do pacto entre mim e ´
c Gen 5:32 soube o que o filho mais novo
ˆ ´
voces e todas as criaturas1 vi- Gen 7:7
lhe tinha feito, 25 disse:
˜ ´
Gen 10:1
vas que estao convosco, por to- ˜
˜ “Maldito seja Canaa. f
das as geraçoes futuras. 13 Po-
´ ´ Torne-se ele o menor entre
nho o meu arco-ıris na nuvem, e d Gen 10:6
´ os escravos dos seus
ele servira de sinal do pacto ˜
entre mim e a terra. 14 Quan- ´
e Gen 10:32 irmaos.” g
` 9:15 1 Ou: “toda a alma viva de toda
9:2 1 Ou: “a vossa autoridade”. 9:4
1 Ou: “alma”. 9:5 1 Ou: “o sangue da f De 7:1 a carne”. 2 Lit.: “a carne”. 9:16 1 Ou:
vossa alma”. 9:10, 12 1 Ou: “almas”. “toda a alma vivente de toda a carne”.
´
9:11 1 Lit.: “sera decepada toda a carne”. g Jos 17:13 9:17 1 Lit.: “toda a carne”.
´
GENESIS 9:26–10:25 54
26 E acrescentou: CAP. 9 na terra de Sinear. a 11 Des-
´ ´
“Louvado seja Jeova, o Deus a Jz 1:28 sa terra ele saiu para a Assı-
´ ´
de Sem, b Gen 7:6 ria b e construiu Nınive, c Reobo-
 ´ ´
E torne-se Canaa escravo
˜ te-Ir, Cala 12 e Resem, entre
CAP. 10 ´ ´ ´
de Sem. a Nınive e Cala: esta e a grande
c Lu 3:23, 36 cidade.1
27 Conceda Deus amplo d ´
Gen 9:18, 19
´
territorio a Jafe,
´ e Ez 38:6 13 Mizraim tornou-se pai de
f Ez 38:2 Ludim, d de Anamim, de Lea-
E resida ele nas tendas g Is 66:19 bim, de Naftuim, e 14 de Pa-
de Sem. Ez 27:13
˜ h Sal 120:5 trusim, f de Casluim (de quem
Torne-se Canaa escravo se originaram os filisteus g) e
´ Ez 32:26
dele tambem.” i 1Cr 1:5-7
de Caftorim. h
´ ´ j Je 51:27 ˜
28 Depois do diluvio, Noe vi- k Ez 27:14 15 Canaa tornou-se pai de
veu mais 350 anos. b 29 Assim, Ez 38:6 ´ ´
´ Sıdon, i seu primogenito, e de
l Ez 27:7 ´
todos os dias de Noe somaram
m Jon 1:3
Hete, j 16 e tambem dos jebu-
950 anos, e ele morreu. n Is 23:1 seus, k dos amorreus, l dos gir-
´ ´
10
´
Esta e a historia dos filhos o Gen 50:11 gaseus, 17 dos heveus, m dos
´ ˜ ´ p Je 46:9
arqueus, dos sineus, 18 dos
de Noe: Sem, c Ca e Jafe. Na 3:9
´ arvadeus, n dos zemareus e
Eles tiveram filhos depois do q Num 34:2
´ ´ 1Cr 1:8-10
dos hamateus. o Depois, as fa-
diluvio. d 2 Os filhos de Jafe fo- r Sal 72:10 ´
ram Gomer, e Magogue, f Madai, s Ez 27:22 mılias dos cananeus espalha-
˜ ´
Java, Tubal, g Meseque h e Tiras. i t ´
Gen 11:9 ram-se. 19 Assim, o territorio
u Esd 4:9 dos cananeus estendia-se des-
3 Os filhos de Gomer foram  ´ ´
Asquenaz, j Rifate e Togarma. k de S ıdon ate Gerar, p per-
˜ 2.a coluna ´
4 Os filhos de Java foram to de Gaza, q ate Sodoma, Go-
´
´ ´ a Da 1:2 morra, r Adma e Zeboim, s perto
Elisa, l Tarsis, m Quitim n e Doda- b Miq 5:6
de Lasa. 20 Estes foram os fi-
nim. c Jon 3:3 ˜
Mt 12:41 lhos de Ca segundo as suas fa-
5 A partir destes, os habitan- d Je 46:9 ´
mılias e as suas lınguas, con-
´
tes das ilhas espalharam-se pe- e 1Cr 1:11, 12
forme as suas terras e as suas
´ f Ez 29:14 ˜
los seus territorios, segundo as naçoes.
´ ´ g Jos 13:2, 3
suas lınguas, as suas famılias e
˜ Je 47:4
21 Sem, antepassado ´ de to-
conforme as suas naçoes. h De 2:23 ˜
˜ i Jos 13:6 dos os filhos de Eber t e irmao de
6 Os filhos de Ca foram Cu- Mr 7:24
´
Jafe, o mais velho,1 tambem teve
´
˜ ´
che, Mizraim, o Pute p e Canaa. q j Gen 25:10
´ filhos. 22 Os filhos de Sem fo-
Gen 27:46 ˜
7 Os filhos de Cuche foram 1Cr 1:13-16 ram Elao, u Assur, v Arpaxade, w
´ ´ ´ ´ ˜
Seba, r Havila, Sabta, Raama s e k Jz 1:21
´ Lude e Ara. x
l Gen 15:16 ˜
Sabteca. De 3:8 23 Os filhos de Ara foram
´ ´ ´
Os filhos de Raama foram m Jos 11:3
Uz, Hul, Geter e Mas.
´ ˜ n Ez 27:11
Saba e Deda. 24 Arpaxade tornou-se pai
o 1Rs 8:65
´ y ´
8 Cuche tornou-se pai de ´
de Sel
Ninrode. Este foi o primeiro
p
q
Gen 20:1
Jos 15:20, 47
´ a, e Sela tornou-se pai
At 8:26
de Eber. ´
a tornar-se poderoso na terra. r ´
Gen 13:10 25 Eber tornou-se pai de
9 Ele tornou-se um poderoso ´
Gen 19:24
dois filhos. O nome de um era
˜ ´ Ju 7
ca
´ çador em oposiçao a Jeova. s De 29:23 Pelegue,1z porque no seu tem-
E por isso que se diz: “Como t ´
Gen 11:17 po a terra2 foi dividida. O
Ninrode, um poderoso caçador u Esd 4:9 ˜ ˜
˜ ´ At 2:8, 9 nome do seu irmao era Jocta. a
em oposiçao a Jeova.” 10 O v
´ Ez 27:23
princıpio do seu reino foi1 Ba-
´ w ´
Gen 11:10 10:12 1 Ou, possivelmente: “estas for-
bel, t Ereque, u Acade e Calne, x 1Cr 1:17
´ mam a grande cidade”. 10:21 1 Ou,
y Gen 11:12 ˜
Lu 3:23, 35
possivelmente: “e irmao mais velho de
10:10 1 Ou: “As primeiras cidades do seu ´ ˜
z ´
Gen 11:16 Jafe”. 10:25 1 Que significa “divisao”.
˜
reino foram”. a 1Cr 1:19 2 Ou: “a populaçao da terra”.
´
55 GENESIS 10:26–11:22
˜ ˜
26 Jocta tornou-se pai de CAP. 10 que nao entendam o idioma uns
´
Almodade, de Selefe, de Ha- a 1Cr 1:20-23 dos outros.” 8 Assim, Jeova es-
´
zarmavete, de Jera, a 27 de Ha- palhou-os a partir dali por toda
´
˜
dorao, de Uzal, de Dicla, 28 de a superfıcie da terra, a e, gra-
´ b 1Rs 9:28 dualmente, deixaram de cons-
Obal, de Abimael, de Saba,
´ 1Rs 10:11
truir a cidade. 9 Foi por isso
29 de Ofir, b de Havila e de Jo-
babe; todos estes foram os fi- que a cidade recebeu o nome de
˜ ´
lhos de Jocta. ´
c Gen 10:5 Babel,1b porque foi ali que Jeova
30 O seu lugar de morada es- confundiu o idioma de toda a
´ ´
tendia-se desde Mesa ate Sefar, terra, e Jeova espalhou-os a par-
˜ ´ ´
a regiao montanhosa do Oriente. d Gen
´
9:7 tir dali por toda a superfıcie da
Gen 9:19 terra.
31 Estes foram os filhos de At 17:26 ´ ´
Sem segundo as suas famılias
´  10 Esta e a historia de Sem. c
´ Sem tinha 100 anos de idade
e as suas lınguas, conforme as CAP. 11
˜ ´ quando se tornou pai de Arpa-
suas terras e as suas naçoes. c e Gen 10:9, 10 ´ ´
´ xade, d dois anos apos o diluvio.
32 Estas foram as famılias dos Da 1:2
´ 11 Depois de se tornar pai de Ar-
filhos de Noe, segundo as suas li-
paxade, Sem viveu mais 500 anos.
nhagens e conforme as suas na- ´
f Gen 9:1
˜ ˜ E tornou-se pai de filhos e de fi-
çoes. A partir delas as naçoes
lhas.e
espalharam-se pela terra, depois
´ ´ 12 Arpaxade viveu 35 anos e
do diluvio. d g Gen 11:1 ˜ ´
entao tornou-se pai de Sela. f
11 ´
Toda a terra continuava a
ter um so idioma e um
´
h Gen ´
1:26
13 Depois de se tornar pai
´
de Sela, Arpaxade viveu mais
so conjunto de palavras.1 2 Ao  403 anos. E tornou-se pai de fi-
viajarem para o leste, os ho- 2.a coluna lhos e de filhas.
´ ´ ˜
mens descobriram uma planıcie1 a De 32:8 14 Sela viveu 30´ anos e entao
na terra de Sinear e e passaram
˜ tornou-se pai de Eber. g 15´ De-
a morar ali. 3 Entao disseram pois de se tornar pai de Eber,
uns aos outros: “Venham! Vamos b Je 50:1 ´
ˆ Sela viveu mais 403 anos. E tor-
fazer tijolos e coze-los no fogo.” nou-se ´ pai de filhos e de filhas.
Assim, usavam tijolos em vez ´ 16 Eber viveu 34 anos e
de pedra, e betume como arga- c Gen 6:10 ˜
˜ Lu 3:23, 36 entao tornou-se pai de Pele-
massa. 4 Disseram entao: “Ve- gue. h 17 Depois´ de se tornar
nham! Vamos construir uma ci- pai de Pelegue, Eber viveu mais
´ ´
dade para nos e uma torre cujo d Gen 10:22 430 anos. E tornou-se pai de fi-
´ 1Cr 1:17
topo chegue aos ceus, e vamos lhos e de filhas.
´ ´
fazer para nos um nome celebre,
˜ 18 Pelegue viveu 30 anos e
para nao sermos espalhados por ˜ ´
´
´
e Gen 10:21 entao tornou-se pai de Reu. i
toda a superfıcie da terra.” f 19 Depois de se tornar pai
´ ˜ ´
5 Jeova desceu entao para de Reu, Pelegue viveu mais
´
ver a cidade e a torre que os f Gen 10:24 209 anos. E tornou-se pai de fi-
1Cr 1:18
filhos dos homens tinham cons- lhos e de filhas.
´ ´ Lu 3:23, 35 ´
truıdo. 6 E Jeova disse: “Eles 20 Reu viveu 32 anos e en-
˜ ´ ´ ˜
sao um so povo, com um so tao tornou-se pai de Seru-
idioma, g e vejam o que eles es- ´
g Gen 10:21 gue. 21 Depois de se tornar
˜ ´
tao a fazer. Agora, nada do que 1Cr 1:18 pai de Serugue, Reu viveu mais
´ 207 anos. E tornou-se pai de fi-
planeiem fazer lhes sera impos-
´
sıvel. 7 Vamos! Desçamos h e ´
h Gen 10:25
lhos e de filhas.
confundamos o seu idioma, para 1Cr 1:19 22 Serugue viveu 30 anos e
˜
´ ´
entao tornou-se pai de Naor.
11:1 1 Ou: “um so vocabulario”. 11:2
´ ˜
1 Lit.: “planıcie de um vale”. i Lu 3:23, 35 11:9 1 Que significa “confusao”.
´
GENESIS 11:23–12:13 56
˜ ˜
23 Depois de se tornar pai de CAP. 11 4 Entao Abrao partiu, assim
´ ´ ´
Naor, Serugue viveu mais 200 a Gen 11:32 como Jeova lhe dissera, e Lo
Lu 3:23, 34 ˜
anos. E tornou-se pai de filhos e ´ foi com ele. Abrao tinha 75 anos
b Gen
´
12:7 ˜
de filhas. Gen 15:1, 6 de idade quando saiu de Hara. a
˜ ´ ˜
24 Naor viveu 29 anos e entao
Gen 17:5
Tg 2:23 5 Abrao levou consigo a sua es-
´
tornou-se pai de Tera. a 25 De- c Jos 24:2
´
posa Sarai, b Lo, filho do seu ir-
˜
d Gen 12:4 mao, c todos os bens que tinham
pois de se tornar pai de Tera, ´
Gen 19:1
Naor viveu mais 119 anos. E tor- 2Pe 2:7 acumulado d e as pessoas1 que ti-
´
e Gen 15:7 ˜
nou-se pai de filhos e de filhas. nham adquirido em Hara, e par-
Ne 9:7 ˜
26 Tera viveu 70 anos, e de- f At 7:4 tiram para a terra de Canaa. e
˜ ´
g Gen `
pois tornou-se pai de Abrao, b ´
12:11 Quando chegaram a terra de Ca-
˜ Gen 17:15 ˜ ˜
Naor c e Hara.
´
Gen 20:12, 13 naa, 6 Abrao atravessou aque-
´ ´ 1Pe 3:6 ´ ` ˜ ´
27 Esta e a historia de Tera. ´ la terra ate a regiao de Siquem, f
˜
h Gen 22:20
´ ´
Tera tornou-se pai de Abrao, Gen 24:15 perto das arvores grandes de
˜ ˜ i ´
Gen 16:1, 2 ´
Naor e Hara; e Hara tornou-se Ro 4:19
More. g (Naquele tempo, os ca-
´ ˜ naneus moravam naquela ter-
pai de Lo. d 28 Hara morreu na He 11:11
´ ´ ˜
sua terra natal, em Ur e dos cal-
j Gen 11:27, 28
´ ra.) 7 Jeova apareceu entao a
k Gen 10:19 ˜
deus, f enquanto Tera, seu pai, l ´
Gen 12:4 Abrao e disse: “Vou dar esta ter-
˜ ´ ` ˆ
ainda estava vivo. 29 Abrao e
Gen ra h a tua descendencia.”1i E ele
27:42, 43 ´
Naor tomaram para si esposas. At 7:2, 4 construiu ali um altar a Jeova,
O nome da esposa de Abrao era
˜  que lhe aparecera. 8 Mais tar-
˜
CAP. 12 de, mudou-se dali para a regiao
Sarai, g e o nome da esposa de
˜ m Jos 24:3 montanhosa a leste de Betel j e
Naor era Milca, h filha de Hara, At 7:3, 4
´ armou a sua tenda, com Betel a
pai de Milca e de Isca. 30 Sarai ´
n Gen 13:14, 16
´ ˜ ´
Gen 15:1, 5 oeste e Ai k a leste. Ali cons-
era esteril; i nao tinha filhos. ´
Gen ´
˜ ´ 17:5 truiu um altar a Jeova l e come-
31 Tera tomou entao o seu fi- Gen 22:17, 18
çou a invocar o nome de Jeova. m
´
˜ ´ De 26:5
´ ˜
lho Abrao, o seu neto Lo, j fi- o Gen
9 Depois, Abrao levantou acam-
˜ 27:29, 30 ˜
lho de Hara, e a sua nora Sa- pamento e viajou na direçao do
˜ p At´ 3:25
rai, esposa do seu filho Abrao; Gal 3:8
Neguebe, n acampando num lugar
´  ´
e saıram com ele de Ur dos cal- apos outro.
deus, a fim de irem para a terra 2.a coluna ˜
˜ 10 Houve entao uma fome na-
de Canaa. k Com o tempo, chega- a He 11:8 ˜
˜ b ´ quela terra, e Abrao desceu em
ram a Hara l e passaram a morar Gen 11:29
´ ˜
c Gen 11:31 direçao ao Egito para morar
ali. 32 Os dias de Tera foram d ´
Gen 13:5, 6
˜ ´ ali durante um tempo,1o porque
205 anos. Tera morreu entao em e Gen 26:3
˜ f At 7:15, 16 a fome era severa. p 11 Quan-
Hara. ´
´ ˜ g Gen 35:4 do estava para entrar no Egi-
12 E Jeova disse a Abrao:
“Sai da tua terra e deixa h
De 11:29, 30
´
Gen 13:14, 15
´
Gen
´ 15:1, 7
to, ele disse a Sarai, sua espo-
sa: “Escuta, por favor. Eu sei
´
os teus parentes e a casa do teu Gen 17:1, 8
De 34:4 que es uma mulher muito boni-
´
pai, e vai para a terra que te i ´
Gen 3:15 ta. q 12 Assim, quando os eg ıp-
mostrarei. m 2 Farei de ti uma
´
Gen 21:12 ´ ˜
˜ ´
Gen 28:13, 14 cios te virem, sem duvida dirao:
grande naçao, irei abençoar-te e ´
´
Ro 9:7
´ ‘Esta e a sua esposa.’ Depois,
engrandecer o teu nome, e iras Gal 3:16 ˜ ˜
ˆ ˜ j ´
Gen 28:16-19 vao matar-me, mas vao deixar-
tornar-te uma bençao.n 3 Aben- ´
Gen 31:13
´ -te viva. 13 Diz, por favor, que
çoarei os que te abençoarem e k Gen 13:1, 3 ´ ˜
Jos 7:2 es minha irma, para que eu seja
amaldiçoarei aquele que invocar ´
l Gen 8:20
´ bem tratado por tua causa, e a
o mal sobre ti, o e todas as fa- Gen 35:2, 3
´ ˜ m ´
Gen 26:25 minha vida seja poupada.”1r
mılias da terra certamente serao n ´
Gen 20:1
´
abençoadas1 por meio de ti.” p Gen 24:62 12:5 1 Ou: “as almas”. 12:7 1 Lit.: “se-
o Sal 105:13
´ mente”. 12:10 1 Ou: “para morar ali
˜ ˆ p Gen 26:1, 2
12:3 1 Ou: “obterao para si uma ben- q ´
Gen 26:7 como estrangeiro”. 12:13 1 Ou: “a mi-
˜ ´
çao”. r Gen 20:11, 12 nha alma fique viva”.
´
57 GENESIS 12:14–13:17
˜ ´
14 Assim que Abrao entrou CAP. 12 gado de Lo. (Naquele tempo, os
´ ´
no Egito, os egıpcios viram que a a Gen 20:14 cananeus e os perizeus mora-
´
mulher era muito bonita. 15 E Gen vam naquela terra.) a 8 Portan-
´ ´ ´ 24:34, 35 ˜ ´
os prıncipes do Farao tambem to, Abrao disse a Lo: b “Por favor,
´ ˜
a viram e começaram a elogia-la que nao haja nenhuma desaven-
´ ´ ´
diante do Farao, e assim a mu- b Gen
´
11:29 ça entre nos os dois, e entre
lher foi levada para a casa do Fa- Gen 17:15
´ ˜ ´
Gen 23:2, 19 os homens que cuidam do meu
rao. 16 Ele tratou bem Abrao gado e os que cuidam do teu
˜ ´ ˜
por causa dela, e Abrao adqui- gado, pois nos somos irmaos.
riu ovelhas, gado, jumentos e ju- ´ ˜ ´ `
c Gen 20:11, 12
9 Nao esta toda esta terra a tua
mentas, servos e servas, e came- ˜
˜ ´ disposiçao? Por favor, separa-te
los. a 17 Entao, Jeova infligiu de mim. Se fores para a esquer-
´ ´ d Sal 105:14
terrıveis pragas ao Farao e aos  da, irei para a direita; mas, se
da sua casa, por causa de Sarai, CAP. 13 fores para a direita, irei para a
˜ b ˜
esposa de Abrao. 18 Entao, o ´
esquerda.” 10 Assim, Lo levan-
´
´ ˜ e Gen 12:9
Farao chamou Abrao e disse: “O ´
Gen 20:1
´ tou os olhos e viu que todo o dis-
que e isto que me fizeste? Por- ˜ ´
´ ˜ trito do Jordao, c ate Zoar, d era
que e que nao me disseste que ´ ˜
f Gen uma regiao bem regada (antes
ela era tua esposa? 19 Porque 24:34, 35 ´
´ ´ de Jeova destruir Sodoma e Go-
e que me disseste: ‘Ela e minha ´
˜ ´ morra), como o jardim de Jeova, e
irma’? c Eu estava prestes a toma-
-la como minha esposa! Aqui
´
g Gen 12:8, 9 como a terra do Egito. 11 Por
´ Jos 7:2 ´
esta a tua esposa. Toma-a e vai- isso, Lo escolheu para si todo o
˜ ´  ˜ ´
-te embora!” 20 Entao, o Farao distrito do Jordao, e Lo mudou
2.a coluna
deu ordens aos seus homens a ´
o seu acampamento para o leste.
˜ a Gen 10:19
Assim, separaram-se um do ou-
respeito de Abrao, e eles manda- ˜
ram-no embora com a sua espo- tro. 12 Abrao morava na terra
´ ˜ ´
sa e com tudo o que ele tinha. d b Gen 11:27 de Canaa, mas Lo morava entre
˜ ˜
13 Abrao subiu entao do Egi- as cidades do distrito. f Por fim,
to ao Neguebe, e com a sua ´
c Gen 19:28
este armou a sua tenda perto de
esposa e com tudo o que tinha, Sodoma. 13 Ora, os homens de
´ ˜ Sodoma eram maus, grandes pe-
juntamente com Lo. 2 Abrao ´ ´
d Gen 19:20-22 cadores contra Jeova. g
era muito rico em gado, em pra- ´ ˜
ta e em ouro. f 3 Ao viajar do 14 Jeova disse a Abrao, depois
´
Neguebe para Betel, ele acam- ´
e Gen 2:8, 9 de Lo se ter separado dele: “Le-
´ ´ vanta os olhos, por favor; do lu-
pou num lugar apos outro, ate ´
chegar ao lugar onde a sua ´ gar onde estas, olha para o nor-
f Gen
tenda tinha ficado, entre Betel 19:28, 29 te, para o sul, para o leste e
e Ai, g 4 onde anteriormente ti- para o oeste, 15 porque toda
´ ˆ
nha construıdo um altar. Ali, ´ a terra que ves eu te darei a
˜ ´ g Gen 18:20 ` ˆ
Abrao invocou o nome de Jeova. ´
Gen 19:5 ti e a tua descendencia,1 como
´ ˜
5 Lo, que viajava com Abrao, 2Pe 2:6-8 uma propriedade permanente. h
´ ´
tambem possuıa ovelhas, gado e Ju 7
16 E vou tornar a tua descen-
˜ ˆ ´
tendas. 6 E aquela terra nao ti- dencia1 como as partıculas de
´
nha espaço suficiente para que ´
h Gen 12:7 po da terra, de modo que, se al-
todos ficassem no mesmo lugar. ´ ´ ´
Gen 15:18
´ guem pudesse contar as partı-
Os seus bens tinham aumenta- Gen 24:7 ´
´ ˜
ˆ
Ex 33:1 culas de po da terra, a tua
do tanto que eles ja nao podiam ˆ
˜ descendencia1 poderia ser con-
morar juntos. 7 Entao, surgiu tada. i 17 Vai, percorre esta ter-
´
uma desavença entre os ho- i Gen 12:2
´
Gen 15:1, 5
ra no seu comprimento e na sua
mens que cuidavam do gado de ˆ
˜ Ex 1:7
Abrao e os que cuidavam do He 11:12 13:15, 16 1 Lit.: “semente”.
´
GENESIS 13:18–14:19 58
´
largura, pois e a ti que a da- CAP. 13 Sidim havia muitos poços de be-
˜
rei.” 18 Abrao continuou assim ´
a Gen 18:1 tume; os reis de Sodoma e Go-
´ ´
a viver em tendas. Mais tarde, Gen 23:19 morra tentaram escapar e caı-
´ ´
Gen 25:9, 10
foi morar entre as arvores gran- ´ ram neles, e os que restaram
´ Gen 35:27 ˜
des de Manre, a que ficam em He- fugiram para a regiao montanho-
´ ˜
bron, b e ali construiu um altar a
´
b Gen 23:2 sa. 11 Entao, os vencedores to-
Jeova. c c Gen ´
12:7 maram todos os bens de Sodo-

14 Naqueles dias, Anrafel era


rei de Sinear, d Arioque era

CAP. 14
ma e Gomorra, e todos os seus
mantimentos, e seguiram cami-
´ ´
rei de Elasar, Quedorlaomer e era ´
d Gen 10:9, 10 nho. a 12 Tambem levaram Lo,
˜ ˜
rei de Elao, f e Tidal era rei sobrinho de Abrao que morava
´
de Goim; 2 estes reis guerrea- e Gen 14:17 em Sodoma, b e os seus bens, e
ram contra Bera, rei de Sodo- ´
f Gen 10:22 seguiram caminho.
ma, g Birsa, rei de Gomorra, h Si- 13 Depois, um homem que ti-
´ ´
g Gen 10:19
nabe, rei de Adma, Semeber, ´ nha escapado foi contar isso a
Gen 13:12 ˜ ´
rei de Zeboim, i e o rei de Bela, Abrao, o hebreu. Naquela epo-
´ ´
isto e, Zoar. 3 Todos estes jun- ´
h Gen 13:10, 12 ca, ele morava1 entre as arvores
taram forças no vale1 de Sidim, j grandes de Manre, o amorreu, c
´ i De 29:23 ˜
isto e, o mar Salgado.2k irmao de Escol e de Aner. d Estes
˜
4 Eles tinham servido Que- ´
j Gen 14:10 homens eram aliados de Abrao.
˜
dorlaomer durante 12 anos, mas ´ 14 Assim, Abrao ouviu que o
´ k Num 34:2, 12
rebelaram-se no decimo terceiro seu parente1e tinha sido leva-
˜ ´
ano. 5 Entao, no decimo quar- l De 2:10, 11 do cativo. Em vista disso, mobi-
to ano, Quedorlaomer veio com lizou os seus homens treina-
m De 2:12
os reis, seus aliados, e derrota- dos, 318 servos nascidos na sua
ram os refains em Asterote-Car- ´ ´
˜ n Gen 36:8 casa, e perseguiu os inimigos ate
˜
naim, os zuzins em Ha, os
´ ´ Da. f 15 Durante a noite, dividiu
emins l em Save-Quiriataim 6 e o Num 20:1
as forças, e ele e os seus ser-
os horeus m na sua montanha de ´
p Gen 36:12 vos atacaram-nos e derrotaram-
´ ˜ ´ ´
Seir n ate El-Para, situado junto 1Sa 15:2 -nos. Ele perseguiu-os ate Hoba,
ao deserto.1 7 Depois voltaram ´ que fica a norte de Damasco.
´ q Gen 10:15, 16
e chegaram a En-Mispate, isto e, 16 Recuperou todos os bens e
Cades, o e conquistaram todo o r 2Cr 20:2 ´ ´
´ tambem resgatou Lo, seu paren-
territorio dos amalequitas p e ´ te, os seus bens, as mulheres e
´ s Gen 14:1, 2
tambem derrotaram os amor-  as outras pessoas.
reus q que moravam em Hazazom- ˜
2.a coluna 17 Depois de Abrao voltar da
-Tamar. r ´
´
a Gen 14:16 vitoria sobre Quedorlaomer e os
8 Nessa altura, o rei de So- reis que estavam com ele, o rei
ˆ ´ ˜
doma pos-se em marcha, bem b Gen 19:1
de Sodoma foi ter com Abrao no
como o rei de Gomorra, o rei de ´ ´
´ ´
c Gen 13:18 vale1 de Save, isto e, o vale do
Adma, o rei de Zeboim e o rei de Rei. g 18 E Melquisedeque, h rei
´ ´ ´ ˜
Bela, isto e, Zoar, e puseram-se d Gen 14:24 de Salem, i trouxe pao e vinho.
˜ ´
em formaçao de batalha contra ´ Ele era sacerdote do Deus Altıs-
e Gen 11:27
eles no vale1 de Sidim, 9 con- simo. j
˜ ˜
tra Quedorlaomer, rei de Elao, f Jz 18:29
19 Abençoou-o entao e disse:
Tidal, rei de Goim, Anrafel, rei ˜
de Sinear, e contra Arioque, rei g 2Sa 18:18 “Bendito seja Abrao pelo
´
de Elasar s — quatro reis con- h Sal 110:4
Deus Altıssimo,
´
tra os cinco. 10 No vale1 de He 6:20 Aquele que fez o ceu e a
terra;
´ i He 7:1, 2
14:3, 8, 17 1 Ou: “na planıcie”. 14:3
´ 14:13 1 Ou: “morava em tendas”. 14:14
2 Isto e, o mar Morto. 14:6 1 Veja o j Sal 83:18
´ ´ ˜
Glossario. 14:10 1 Ou: “Na planıcie”. He 5:5, 10 1 Lit.: “irmao”.
´
59 GENESIS 14:20–15:18
´
20 E louvado seja o Deus CAP. 14 “Assim se tornara a tua descen-
´ ˆ ˜
Altıssimo, a He 7:4 dencia.”1a 6 E Abrao depositou
´ ´
Que lhe entregou os seus fe em Jeova, b e Ele creditou-lhe
opressores!” b Gen ´
14:13 isso como justiça.1c 7 Ele dis-
˜ ´  ˜ ´
E Abrao deu-lhe um decimo de se entao: “Eu sou Jeova, que te
CAP. 15 tirei de Ur dos caldeus para te
tudo. a
c Sal 27:1 dar esta terra como proprieda-
21 Depois disso, o rei de So-
˜ ´ Is 41:10 de.” d 8 E ele disse: “Soberano
doma disse a Abrao: “Da-me as Ro 8:31 ´ ´
He 13:6 Senhor Jeova, como e que posso
pessoas,1 mas fica com os bens
˜ saber que tomarei posse dela?”
para ti.” 22 Mas Abrao disse ao
d De 33:29 9 Ele respondeu-lhe: “Traz-me
rei de Sodoma: “Ergo a minha ˆ
˜ ´ Pr 30:5 uma novilha de tres anos, uma
mao em juramento a Jeova, o ˆ
´ cabra de tres anos, um carnei-
Deus Altıssimo, aquele que fez ´
e Gen 17:5, 6 ˆ
´ ˜ ro de tres anos, uma rola e um
o ceu e a terra, 23 de que nao pombo novo.” 10 Abrao pegou
˜
´ ´
ficarei com nada do que e seu, f Gen 24:2, 3
em todos esses animais e cor-
´ ˆ
desde um pedaço de linha ate tou-os em dois, e pos cada meta-
˜ ´ ´
g Gen
um cordao de sandalia, para que 12:7
de de frente para a outra;1 mas
˜ ˜ At 7:5
˜ ˜
nao diga: ‘Eu enriqueci Abrao.’ nao cortou as aves. 11 Entao,
˜ ´
24 Nao ficarei com nada alem ´
as aves de rapina começaram a
´ h Gen 17:15, 16
do que os jovens ja comeram. ´
Gen 21:12 descer sobre os animais mortos,
` ˜
Quanto a parte que pertence 
mas Abrao enxotava-as.
aos homens que foram comigo 2.a coluna
12 Quando o sol estava quase
— Aner, Escol e Manre b —, que ´
a Gen 22:17 ˆ ˜
a por-se, Abrao caiu num sono
eles fiquem com a parte deles.” De 1:10
˜ profundo, e sobreveio-lhe uma
15
Ro 4:18
Depois disso, Abrao teve ˜
˜ He 11:12 escuridao grande e assustadora.
˜
uma visao em que ouviu a
´ ˜ 13 E Ele disse a Abrao: “Podes
palavra de Jeova: “Nao tenhas b He 11:8 estar certo de que os teus descen-
˜ ˜
medo, c Abrao. Eu sou um escu- dentes1 serao estrangeiros numa
do para ti. d A tua recompensa c Ro 4:13, 22 ˜ ´
´ ˜ ´ terra que nao e deles, e ali o povo
sera muito grande.” e 2 Abrao
Gal 3:6 ´ ´
´ Tg 2:23 ha de escraviza-los e afligi-los du-
disse: “Soberano Senhor Jeova,
´ ´ rante 400 anos.e 14 Mas eu jul-
o que e que me daras, visto que ´ ˜ ˜
d Gen 11:31 garei a naçao que eles servirao, f
continuo sem filhos e o herdei- Ne 9:7 ˜
´ e, depois disso, eles sairao com
ro da minha casa e um homem
´ ˜ muitos bens. g 15 Quanto a ti,
de Damasco, Eliezer?” f 3 Abrao
´
e Gˆ en 21:9 ´
˜ iras em paz para os teus ante-
acrescentou: “Tu nao me deste
Ex 1:13, 14
ˆ ´
ˆ Ex 3:7 passados; seras enterrado numa
descendencia,1g e um servo2 da
´
At 7:6, 7 boa velhice. h 16 Mas, na quar-
minha casa sera o meu herdei- ˜ ˜
´ ˆ ta geraçao, voltarao para aqui, i
ro.” 4 Contudo, Jeova disse-lhe f Ex 7:4
´ porque o erro dos amorreus ain-
˜ Num 33:4 ˜
em resposta: “Este homem nao da nao atingiu a plena medida.” j
´ ´
sera o teu herdeiro. O teu pro-
´ ´
ˆ
g Ex 3:22 17 Depois de o sol se ter
prio filho1 e que sera o teu her- Sal 105:37 posto e de ter ficado muito
deiro.” h escuro, apareceu uma forna-
˜ ´
5 Entao levou-o para fora e h Gen 25:8 lha fumegante, e uma tocha
´
disse: “Olha para os ceus, por fa- acesa passou entre os pedaços
vor, e conta as estrelas, se fores i Jos 14:1
dos animais. 18 Naquele dia,
At 7:7 ´ ˜
capaz.” De seguida, acrescentou: Jeova fez um pacto com Abrao, k
j 1Rs 21:26
14:21 1 Ou: “almas”. 15:3, 5 1 Lit.: “se- 2Rs 21:11 15:6 1 Ou: “Ele considerou-o justo”.
mente”. 15:3 2 Lit.: “filho”. 15:4 1 Lit.: ˆ
15:10 1 Ou: “pos cada parte deles de
´ `
“alguem que sai das tuas partes inter- ´
k Gen 17:19 modo a que correspondesse a outra”.
nas”. ´
Gen 22:17 15:13 1 Lit.: “a tua semente”.
´
GENESIS 15:19–17:3 60
` ˆ
dizendo: “A tua descendencia1 CAP. 15 fugir de Sarai, minha senhora.”
˜ ´
darei esta terra, a desde o rio ˆ
a Ex 3:8 9 Entao o anjo de Jeova disse-
´
do Egito ate ao grande rio, o rio -lhe: “Volta para a tua senhora
Eufrates: b 19 a terra dos que- e sujeita-te a ela.” 10 O anjo de
´
neus, c dos quenizeus, dos cad- b 1Rs 4:21 Jeova disse ainda: “Multiplica-
moneus, 20 dos hititas, d dos ´ ˆ
rei muitıssimo a tua descenden-
perizeus, e dos refains, f 21 dos ´ ˜
cia,1 e sera tao numerosa que
˜ ´
amorreus, dos cananeus, dos gir- c 1Sa 15:6 nao podera ser contada.” a 11 O
gaseus e dos jebuseus.” g ´
anjo de Jeova acrescentou: “Es-
˜ ´ ´ ´
16 Sarai, esposa de Abrao,
˜
nao lhe tinha dado filhos, h
´
d Jos 1:4
cuta, tu estas gravida e teras um
´
filho. Da-lhe o nome de Ismael,1
´ ˜
mas ela tinha uma serva egıpcia pois Jeova ouviu a tua afliçao.
´
que se chamava Agar. i 2 Por- 12 Ele ira tornar-se como um ju-
˜ ˆ ˜
tanto, Sarai disse a Abrao: “Es- e Ex 3:17 mento selvagem.1 A sua mao
´ ´ ˜
cuta, por favor: Jeova impediu- sera contra todos, e a mao de to-
´
-me de ter filhos. Por favor, tem dos sera contra ele; e ele mora-
˜ ´
relaçoes com a minha serva. Tal- f Jos 17:15 ra em frente de todos os seus ir-
˜
vez eu possa ter filhos por maos.”2
˜ ˜
meio dela.” j E Abrao ouviu Sa-
˜ 13 Ela invocou entao o nome
rai. 3 Depois de Abrao ter mo- g De 7:1 ´
de Jeova, que lhe falava, e ela
rado dez anos na terra de Ca-  ´ ˆ
˜ ˜ disse: “Tu es um Deus que ve”, b
naa, Sarai, esposa de Abrao, deu CAP. 16 ´
´ ˜ pois ela tinha dito: “Sera que eu
´
Agar, sua serva egıpcia, a Abrao, h Gen 15:2, 3 realmente vi aqui aquele que me
ˆ
seu marido, como sua esposa.
˜ ˜ ve?” 14 Foi por isso que se cha-
4 Entao ele teve relaçoes com mou ao poço Beer-Laai-Roi.1 (Fica
´ i Gal´ 4:25
Agar e ela ficou gravida. Quan-
´ entre Cades e Berede.) 15 En-
do ela percebeu que estava gra- ˜ ˜
tao, Agar deu um filho a Abrao, e
vida, começou a desprezar a sua ˜
Abrao chamou Ismael ao filho que
´ ˜
senhora.
˜ ˜
j Gen 30:1, 3 Agar lhe deu.c 16 Abrao tinha
5 Sarai disse entao a Abrao: 86 anos de idade quando Agar
´
“O mal que estou a sofrer e cul- lhe deu Ismael.
´
˜
17
pa tua. Fui eu que coloquei a mi- k Gˆ en 25:17, 18
Ex 15:22 Quando Abrao tinha 99
nha serva nos teus braços,1 mas ´
 anos, Jeova apareceu a
quando ela percebeu que esta- ˜
´ 2.a coluna Abrao e disse-lhe: “Eu sou o
va gravida começou a desprezar- ´ Deus Todo-Poderoso. Anda dian-
´ a Gen 17:20
´
-me. Que Jeova seja o juiz entre ´
Gen 25:13-16 te de mim e mostra-te ıntegro.1
˜
mim e ti!” 6 Portanto, Abrao 1Cr 1:29-31
ˆ 2 Estabelecerei o meu pacto en-
disse a Sarai: “Ve, a tua ser-
´ tre mim e ti d e irei multiplicar-te
va esta debaixo da tua autori- ´
muitıssimo.” e
dade. Faz com ela o que achares b Pr 15:3 ˜
˜
melhor.” Entao, Sarai começou a 3 Em vista disso, Abrao pros-
´ trou-se com o rosto por ter-
humilha-la, e Agar fugiu dela.
´ ´
7 Mais tarde, o anjo de Jeova c Gen
´
21:9
16:11 1 Que significa “Deus ouve”.
Gal 4:22, 24
encontrou-a junto de uma fonte  16:12 1 Ou: “um onagro”, um tipo de
´
de agua no deserto, a fonte no jumento selvagem, embora alguns en-
CAP. 17
caminho de Sur. k 8 E ele per- ´ tendam que se refere a uma zebra.
guntou-lhe: “Agar, serva de Sa- d Gen 15:18 ´
Sal 105:8-11 Provavelmente, refere-se a um espırito
rai, de onde vens e para onde independente. 2 Ou, possivelmente: “e
´
vais?” Ela respondeu: “Estou a ele vivera em hostilidade contra todos
˜
´ os seus irmaos”. 16:14 1 Que signifi-
15:18; 16:10 1 Lit.: “semente”. 16:5
e Gen 22:17 ˆ
De 1:10 ca “poço do Vivente que me ve”. 17:1
´
1 Lit.: “no teu seio”. He 11:11, 12 1 Ou: “irrepreensıvel”.
´
61 GENESIS 17:4-23
ra, e Deus continuou a dizer-lhe: CAP. 17 14 Se algum homem1 incircunci-
ˆ ´ ˜ ´
4 “Ve, o meu pacto e conti- a Sal 105:9-11 so nao circuncidar o seu prepu-
´
go,a e tu certamente te tornaras cio, ele deve ser eliminado2 do
˜
pai de muitas naçoes. b 5 O teu ´ povo.3 Violou o meu pacto.”
´ ˜ ´ ˜ b Gen 13:16
˜ ˜
nome ja nao sera Abrao;1 o teu
´ ˜ Ro 4:17 15 Entao, Deus disse a Abraao:
nome sera Abraao,2 pois farei de “Quanto a Sarai,1a tua espo-
˜ ˜
ti pai de muitas naçoes. 6 Fa- ´
c Gen 35:10, 11 sa, nao lhe chames Sarai, porque
rei com que os teus filhos sejam ´
o seu nome sera Sara.2 16 Irei
muito numerosos e farei com ´ ´
˜ d Lu 1:72, 73 abençoa-la e tambem te darei
que te tornes naçoes, e reis vi- um filho por meio dela; b irei
˜ ´ ´
rao de ti. c ˆ abençoa-la, e ela ira tornar-
7 “Guardarei o pacto que fiz e Ex 6:4 ˜
-se naçoes; reis de povos vi-
entre mim e ti d e com a tua des-
He 11:8, 9 ˜
ˆ rao dela.” 17 Em vista disso,
cendencia,1 por todas as suas ˜
˜ f De 14:2
Abraao prostrou-se com o rosto
geraçoes, como pacto eterno, a por terra, e começou a rir-se e a
fim de ser Deus para ti e para ˜ ´
ˆ dizer no coraçao: c “Sera que um
a tua descendencia.1 8 Darei a ´
g Gen 21:4
homem de 100 anos de idade se
` ˆ Ro 2:29 ´ ´
ti e a tua descendencia1 a ter- tornara pai de um filho, e tera
ra em que viveste como estran- Sara, uma mulher de 90 anos de
˜
geiro e — toda a terra de Canaa — h At 7:8
idade, um filho?” d
como propriedade permanente, Ro 4:11 ˜ ˜
18 Entao, Abraao disse ao ver-
e serei o seu Deus.” f
˜ dadeiro Deus: “Quem me dera
9 Deus disse ainda a Abraao: i Lu 2:21
que Ismael tivesse o teu fa-
“Quanto a ti, deves guardar o vor!” e 19 Com isto, Deus dis-
ˆ
meu pacto, tu e a tua descen- j Ex 12:44
ˆ se: “Sara, tua esposa, certamen-
dencia,1 por todas as suas ge-  ´ ´
˜ ´ te te dara um filho; da-lhe o
raçoes. 10 Este e o meu pac- 2.a coluna
ˆ nome de Isaque.2f Estabelecerei
to, entre mim e voces, pacto que ´
a Gen 11:29
ˆ com ele o meu pacto como pac-
tu e a tua descendencia1 guar- ˆ
˜ to eterno para a sua descenden-
darao: todos os do sexo masculi- ´
no no vosso meio devem ser cir-
b Gen 18:10 cia.1g 20 Mas, no que diz res-
ˆ
cuncidados. g 11 Circuncidem o peito a Ismael, eu ouvi-te. Ve,
´ ´ ´
c Gen 18:12 vou abençoar Ismael e dar-lhe fi-
vosso prepucio,1 e isso servira ´ ´
de sinal do pacto entre mim e lhos, e vou multiplica-lo muitıssi-
ˆ ´
voces. h 12 Por todas as vossas d Ro 4:19 mo. Ele produzira 12 maiorais, e
˜ He 11:11 vou fazer com que se torne uma
geraçoes, todos os meninos no ˜
vosso meio devem ser circunci- grande naçao. h 21 No entanto,
dados aos oito dias de idade, i to- ´
e Gen 16:11 estabelecerei o meu pacto com
´
dos os nascidos em casa e todos Isaque, i o filho que Sara te dara
˜ nesta mesma altura, no ano que
aqueles que nao forem da vossa f Mt 1:2
ˆ vem.” j
descendencia1 e forem compra-
dos a um estrangeiro. 13 To- ´ 22 Quando Deus acabou de
g Gen 26:24
dos os homens nascidos na tua falar com ele, subiu de diante de
˜ ˜
casa e todos os homens com- Abraao. 23 Abraao tomou en-
´
h Gen 16:10 ˜
prados com o teu dinheiro de- ´ tao Ismael, seu filho, todos os
Gen 21:13, 18
vem ser circuncidados; j e o meu ´
Gen 25:13-16 homens nascidos na sua casa e
pacto, marcado na vossa car- 1Cr 1:29-31 todos os que ele tinha comprado
´
ne, sera um pacto permanente.
´
i Gen
17:14 1 Lit.: “macho”. 2 Ou: “essa alma
´ 26:3 ´
17:5 1 Que significa “pai e enalteci- He 11:8, 9 deve ser eliminada”. 3 Isto e, deve
do (exaltado)”. 2 Que significa “pai ser morto. 17:15 1 Que possivelmen-
˜ te significa “contenciosa”. 2 Que sig-
de uma multid ao; pai de muitos”. ´
j Gen
17:7-10, 12, 19 1 Lit.: “semente”. 17:11 18:10, 14 nifica “princesa”. 17:19 2 Que significa
´
1 Lit.: “a carne do prepucio”. ´
Gen 21:1 “riso”.
´
GENESIS 17:24–18:19 62
´
com dinheiro, todos os do sexo CAP. 17 apressou a prepara-lo. 8 Pegou
˜ ´ ˜
masculino da casa de Abraao, e a Gen 17:13 entao em manteiga e leite, e no
´
circuncidou o prepucio deles na- novilho que tinha preparado, e
ˆ
pos
quele mesmo dia, assim como
˜ ´ tudo diante deles. E ficou ´ de
Deus lhe tinha dito. a 24 Abraao b At 7:8 pe junto deles, debaixo da arvo-
Ro 4:11
tinha 99 anos de idade quan- re, enquanto comiam. a
´
do o seu prepucio foi circunci- 9´ Perguntaram-lhe: “Onde
dado. b 25 E Ismael, seu filho, ti- c Gen ´
16:16 esta Sara, b a tua esposa?” Ele
nha 13 anos de idade quando  respondeu: “Aqui na tenda.”
´
o seu prepucio foi circuncidado. c CAP. 18 10 E um deles continuou: “Cer-
˜ ´
26 Naquele mesmo dia, Abraao ´
d Gen 16:7 tamente retornarei a ti no pro-
´ ximo ano, nesta altura, e Sara,
foi circuncidado, e tambem Is- Jz 13:21
´ ´
mael, seu filho. 27 Todos os ho- a tua esposa, ja tera um filho.” c
`
mens da sua casa — todos os ´ Sara estava a escutar a entra-
e Gen 13:18 ´
nascidos em casa e todos os com- ´ da da tenda, que estava atras
Gen 14:13 ˜ ´
prados a um estrangeiro — tam- do homem. 11 Abraao e Sara ja
´ eram de idade bem avançada. d
bem foram circuncidados com ele. ´
´ ´
Sara ja tinha passado da ida-
18
f Gen 19:1
Depois, Jeova d apareceu-
´ de de ter filhos.1e 12 Por isso,
-lhe entre as arvores gran-
Sara começou a rir-se consigo
des de Manre, e enquanto ele es- ´
g Gen 19:2
` ´ mesma, dizendo: “Agora que es-
tava sentado a entrada da tenda, Gen 24:32 ´
´  tou velha e o meu senhor esta
no perıodo mais quente do dia.
idoso, terei realmente esta ale-
2 Ele levantou os olhos e viu 2.a coluna
gria?” f 13 Jeova disse entao a
´ ˜
ˆ ˜ ´
tres homens parados a uma cer- a He 13:2
Abraao: “Porque e que Sara se
ˆ ´
ta distancia. f Quando os viu, cor- riu e disse: ‘Sera que real-
´
reu da entrada da tenda ate eles, ´ mente terei um filho, embora
˜ b Gen 17:15
e curvou-se por terra. 3 Entao seja velha?’ 14 Ha alguma coi-
´
´
ele disse: “Jeova, se achei favor sa que seja demasiado extraordi-
˜ ´ ´
aos teus olhos, por favor, nao ´
c Gen 17:21 naria para Jeova? g Retornarei a
passes pelo teu servo sem pa- ´
Gen 21:2 ´
ti no proximo ano, no tempo de-
rar. 4 Por favor, permitam que Ro 9:9
terminado, e Sara ja tera um fi-
´ ´
´
se traga um pouco de agua e se- lho.” 15 Mas Sara negou, dizen-
´ ˜
jam lavados os vossos pes; g de- ´
d Gen do: “Eu nao me ri!”, pois tinha
´ 17:17
˜
pois, recostem-se debaixo da ar- medo. Entao ele disse: “Riste-te,
´
vore. 5 Visto que vieram ate sim!”
´
aqui, ate ao vosso servo, deixem- e Ro 4:19
16 Quando os homens se le-
˜
-me trazer um pouco de pao para vantaram para partir, olharam
que se revigorem.1 Depois pode- para baixo e avistaram Sodoma. h
˜ ˜ f He 11:11 ˜
rao seguir caminho.” Entao eles Abraao acompanhava-os para se
´ 1Pe 3:6
´
disseram: “Esta bem. Podes fa- despedir. 17 Jeova disse: “Es-
zer como disseste.” ˜
˜ ´ ` conderei de Abraao o que vou fa-
6 Assim, Abraao correu ate a ˜
g Is 40:29 zer? i 18 Abraao certamente se
tenda, onde estava Sara, e disse: Mt 19:26 ´ ˜
ˆ Lu 1:36, 37 tornara uma naçao grande e po-
“Depressa! Pega em tres medidas1 ˜
derosa, e todas as naçoes da
da farinha mais fina, amassa-a ˜
˜ ˜ terra serao abençoadas1 por
e faz paes.” 7 A seguir, Abraao ´
h Gen 13:12 meio dele. j 19 Pois familiarizei-
´
correu ate ao rebanho e esco- -me com ele, para que ele orde-
lheu um novilho tenro e bom. nasse aos seus filhos e aos da
i Sal 25:14
Entregou-o ao ajudante, que se Am 3:7 sua casa que guardassem o ca-
18:5 1 Lit.: “fortaleçam o vosso cora- 18:11 1 Lit.: “O modo segundo as mu-
˜ ´ ´
çao”. 18:6 1 Lit.: “seas”. Um sea equi- ´
j Gen 12:1-3 lheres tinha cessado para Sara.” 18:18
˜ ˆ ˜
valia a 7,33 l. Veja o Ap. B14. ´
Gal 3:14 1 Ou: “obterao para si uma bençao”.
´
63 GENESIS 18:20–19:7
´
minho de Jeova por fazerem o CAP. 18 se encontrem ali apenas 30.”
´ ˜
que e correto e justo, a a fim de a De 4:9 Ele respondeu: “Nao a destrui-
´
que Jeova cumpra o que prome- rei se encontrar ali 30.” 31 Mas
˜ ˜ ˜
teu com relaçao a Abraao.” Abraao continuou: “Por favor,
´
20 Portanto, Jeova disse: “O b 2Pe 2:7, 8
perdoa a minha ousadia em fa-
´
clamor contra Sodoma e Gomor- lar a Jeova: Suponhamos que
´ ´ se encontrem ali apenas 20.”
ra e imenso, b e o seu pecado e ˜
muito grave. c 21 Descerei para Ele respondeu: “Nao a destrui-
˜ ´
c Gen 13:13 rei, por causa dos 20.” 32 Por
ver se, de facto, estao a agir de Ju 7 ˜ ´
acordo com o clamor que che- fim, Abraao disse: “Jeova, por
´ ˜ ˜
gou ate mim. E, se nao for assim, favor, nao se acenda a tua ira,
ˆ ´
sabe-lo-ei.” d mas deixa-me falar so mais uma
˜ ´ ´ vez: Suponhamos que se encon-
22 Entao, os homens saıram d Gˆ en 11:5
˜ Ex 3:7, 8 trem ali apenas dez.” Ele respon-
dali e seguiram em direçao a So- Sal 14:2 ˜
´ deu: “Nao a destruirei, por causa
doma; mas Jeova e permaneceu
˜ ˜ dos dez.” 33 Quando acabou de
com Abraao. 23 Abraao apro- ˜ ´
˜ falar com Abraao, Jeova seguiu
ximou-se entao e disse: “Elimi- ´ ˜
´ e Gen 31:11 o seu caminho, a e Abraao voltou
naras realmente os justos com ´
Gen 32:30 para o seu lugar.
os maus? f 24 Suponhamos que
haja 50 homens justos na cidade.
Nesse caso, iras elimina-los, e
´ ´
´
19 Os dois anjos chegaram a
Sodoma ao anoitecer, e Lo
˜
´
˜ ´ f Num 16:22 estava sentado no portao de So-
nao perdoaras ao lugar por cau- ´
´ doma. Quando os viu, Lo levan-
sa dos ´ 50 justos que la existem? ´
´ tou-se, foi ate eles, e curvou-se
25 E impensavel que ajas des-
` com o rosto por terra. b 2 E dis-
ta maneira, entregando a morte g Sal 37:10, 11
Pr 29:16 se: “Por favor, meus senhores,
os justos com os maus, de modo Mal 3:18 venham, por favor, para a casa
que aconteça com os justos o Mt 13:49
do vosso servo e passem ali a
mesmo ´ que acontece com os noite, e sejam lavados os vossos
´ ˜ ´ ´ ˜
maus! g E impensavel! h Nao fara o pes. Depois, poderao levantar-se
´
Juiz de toda a terra o que e jus- cedo e seguir o vosso caminho.”
˜ ´ h De 32:4
to?” i 26 Entao Jeova disse: “Se Eles responderam: “Nao, passa-
˜
encontrar na cidade de Sodoma remos a noite na praça.” 3 Mas
50 homens justos, perdoarei ao ele insistiu tanto que foram com
lugar inteiro por causa deles.” i Jo´ 34:12
˜ Is 33:22 ele para a sua casa. Preparou-
27 Mas Abraao disse em respos- ˜
-lhes entao um banquete e cozeu
ta: “Por favor, perdoa a minha ˜
´ paes sem fermento, e eles come-
ousadia em falar a Jeova, embo- ram.
´ ´
ra eu seja po e cinzas. 28 Su- j Num 14:18
4 Antes de se poderem deitar
Sal 86:15
ponhamos que faltem cinco para para dormir, os homens da cida-
´
os 50 justos. Destruiras toda a de — os homens de Sodoma, des-
cidade por causa dos cinco?” En- ´
˜ ˜ ˆ de os rapazes ate aos mais ve-
tao ele disse: “Nao a destruirei k Ex 34:6 lhos, todos eles — cercaram a

se encontrar ali 45.” j
˜ casa numa turba. 5 Chamavam
29 Mas Abraao disse-lhe mais 2.a coluna ´ ´
Lo e diziam-lhe: “Onde e que es-
a Gen ´
18:2, 22 ˜
uma vez: “Suponhamos que se tao os homens que vieram ter
 ´ ´
encontrem ali 40.” Ele respon- contigo esta noite? Tra-los ca
˜ CAP. 19 ´
deu: “Nao a destruirei, por causa para fora, a nos, para que tenha-
˜ ´ ˜
dos 40.” 30 Mas Abraao conti- b Gen 18:2, 22
mos relaçoes sexuais com eles.” c
´ ˜ ˜ ´
nuou: “Jeova, por favor, nao fi- 6 Entao, Lo saiu para falar
`
ques furioso, k mas deixa-me con- com eles a entrada da casa e fe-
´
tinuar a falar: Suponhamos que c Ju 7 chou a porta atras de si. 7 Ele
´
GENESIS 19:8-24 64
˜ ˜
disse: “Por favor, meus irmaos, CAP. 19 lhas que estao aqui contigo, para
˜ ˜
nao ajam com perversidade. a Jz 19:23, 24 que nao sejas eliminado quando
˜
8 Por favor, tenho duas filhas vier a puniçao pelos erros da ci-
˜
que nunca tiveram relaçoes se- dade.” a 16 Visto que se demo-
xuais com um homem. Por fa- rava, os homens agarraram-no
ˆ ´ ´ ˜ `
vor, deixem-me traze-las ca para b Gen 13:13 pela mao, a ele, a sua esposa e
ˆ ´
Gen 18:20 `
fora, a voces, para fazerem com as suas duas filhas; e tiraram-
elas o que bem entenderem. Mas -no dali e deixaram-no fora da ci-
˜ ´
nao façam nada a estes homens, dade, b porque Jeova teve com-
pois vieram abrigar-se debaixo1 ˜
c Lu 17:28 paixao dele. c 17 Assim que os
do meu teto.” a 9 Com isto, dis-  tinham levado para os arredo-
seram: “Sai da frente!” E acres- res da cidade, um deles1 disse:
´ ´ 2.a coluna ˜
centaram: “Este indivıduo e es- “Foge, pela tua vida!2 Nao olhes
a Lu 17:29-31 ´ ˜
trangeiro e veio morar aqui, e para tras d e nao pares em ne-
ainda assim atreve-se a julgar- nhuma parte do distrito!3e Foge
-nos! Agora vamos fazer-te pior ˜
para a regiao montanhosa, para
do que a eles.” Juntaram-se to- ˜
´ b 2Pe 2:7-9 que nao sejas eliminado!”
dos e cercaram1 Lo e avançaram ´ ˜
18 Lo disse-lhes entao: “Ali
para arrombar a porta. 10 En- ˜ ´
˜
tao, os homens estenderam a nao, por favor, Jeova! 19 Por
˜ ´ favor, o teu servo achou favor
mao, puxaram Lo para dentro de ˆ
c Ex 33:19 ´
casa e fecharam a porta. 11 E aos teus olhos, e estas a mos-
feriram de cegueira os homens trar-me grande bondade,1 pre-
` ˜
que estavam a entrada da casa, servando-me vivo,2f mas nao
´ ˜
desde o menor ate ao maior, de d Lu 9:62
posso fugir para a regiao monta-
modo que eles ficaram exaustos nhosa, pois tenho medo de que
ao tentar encontrar a porta. a calamidade me alcance e eu
˜
12 Entao, os homens disse- morra. g 20 Por favor, esta cida-
´ ´ ´ de fica perto, e posso fugir para
ram a Lo: “Tens mais alguem e Gen 13:10
´ ´
aqui? Genros, filhos, filhas e to- la; e apenas um lugar pequeno.
˜ ´
dos os que sao teus na cida- Por´ favor, posso fugir para la?
de, leva-os para fora deste lugar! E apenas um lugar pequeno. As-
13 Pois vamos destruir este lu- f Sal 143:11 sim, sobreviverei.”1 21 Ele dis-
˜ ´ ´
gar, porque o clamor contra se-lhe entao: “Esta bem, tambem
˜
este povo tornou-se imenso1 pe- te mostrarei consideraçao h por
´ ´ ˜
rante Jeova; b por isso, Jeova en- nao destruir a cidade de que fa-
´
viou-nos para destruir a cidade.” g Sal 6:4 las. i 22 Depressa! Foge para la,
´ ˜ ´
14 Assim, Lo saiu e começou a porque nao posso fazer nada ate
´
falar com os seus genros, que la chegares!” j Foi por isso que
`
se iam casar com as suas filhas; deu a cidade o nome de Zoar.1k
h Sal 34:15 ´
dizia-lhes: “Despacha-te! Saiam
´ 23 O sol ja tinha nascido so-
deste lugar, porque Jeova vai ´
bre aquela terra quando Lo che-
˜ ´
destruir a cidade!” Mas, para os gou a Zoar. 24 Entao, Jeova fez
seus genros, parecia que ele es- ´
i Gen 19:30 chover fogo e enxofre sobre So-
tava a brincar. c Sal 68:20 doma e Gomorra — isto procedeu
15 Ao amanhecer, os anjos
´
começaram a insistir com Lo, di- 19:17 1 Lit.: “ele”. 2 Ou: “alma”. 3 Pe-
zendo: “Despachem-se! Pega na los vistos, refere-se ao distrito
˜
tua esposa e nas tuas duas fi- j 2Pe 3:9 do Jordao. 19:19 1 Ou: “amor leal”.
2 Ou: “preservando viva a minha alma”.
˜ ´
19:8 1 Ou: “sob a proteçao”. Lit.: “sob a 19:20 1 Ou: “a minha alma continuara
sombra”. 19:9 1 Ou: “empurraram com a viver”. 19:22 1 Que significa “peque-
ˆ
violencia”. 19:13 1 Ou: “alto”. ´
k Gen 14:2 nez”.
´
65 GENESIS 19:25–20:7
´ ´
de Jeova, dos ceus. a 25 Assim, CAP. 19 pai.” 35 Naquela noite, embria-
destruiu aquelas cidades, sim, a De 29:23 garam novamente o pai com vi-
Lu 17:29 ˜
todo o distrito, com todos os ha- nho; entao a mais nova deitou-se
2Pe 2:6 ˜
bitantes das cidades e a vegeta- com ele, mas ele nao se aperce-
˜
çao do solo. b 26 Mas a esposa ´ beu de nada, nem quando ela se
´ ´ b Gen 13:10
de Lo, que estava atras dele, co- deitou nem quando se levantou.
´ ´
meçou a olhar para tras, e trans- 36 E ambas as filhas de Lo fica-
c Lu 17:32 ´
formou-se numa coluna de sal. c ram gravidas do seu pai. 37 A
˜ He 10:38 ´
27 E Abraao levantou-se de primogenita teve um filho e deu-
˜ ´
manha cedo e foi para o lu- ´
d Gen 18:2, 22
-lhe o nome de Moabe. a Ele e o
gar onde tinha estado perante pai dos atuais moabitas. b 38 A
´ ´
Jeova. d 28 Quando olhou para mais nova tambem teve um fi-
e Ju 7
baixo, para Sodoma e Gomorra, lho, e ela deu-lhe o nome de Ben-
´
e para toda a terra do distrito, -Ami. Ele e o pai dos atuais amo-
f 2Pe 2:7, 8
viu algo impressionante. Subia nitas. c
˜ ˜
20
da terra um fumo denso, como ´ Abraao mudou entao o
o fumo denso de uma fornalha! e g Gen 19:17
acampamento dalid para a
29 Assim, quando Deus destruiu terra do Neguebe e passou a mo-
´
as cidades do distrito, Deus lem- h Gen
˜ ´ 19:20, 22 rar entre Cades e e Sur. f Enquan-
brou-se de Abraao e tirou Lo das ˜
 to morava1 em Gerar,g 2 Abraao
cidades que destruiu, as cidades 2.a coluna repetiu o seguinte com respeito
´ ´
onde Lo morara. f a De 2:9 a Sara, sua esposa: “Ela e minha
´ ˜ ˜
30 Mais tarde, Lo subiu de irma.”h Entao, Abimeleque, rei de
Zoar com as duas filhas e passou Gerar, mandou que lhe trouxes-
˜ b 1Cr 18:2
a morar na regiao montanho- sem Sara. i 3 Depois, Deus apa-
sa, g porque ficou com medo de receu a Abimeleque num sonho,
c De 2:19
morar em Zoar. h Assim, foi mo- Jz 11:4 durante a noite, e disse-lhe: “A
rar numa caverna com as duas Ne 13:1 ´ ´
´ bem dizer, ja estas morto por
filhas. 31 E a primogenita dis- Sof 2:9
causa da mulher que tomaste, j
` ´  ´
se a mais nova: “O nosso pai ja visto que ela e casada e perten-
´ ˜ ´ CAP. 20
e idoso, e nao ha homens nesta ´ ce a outro homem.” k 4 No en-
˜ d Gen 13:18 ˜
terra para terem relaçoes con- tanto, Abimeleque nao se tinha
nosco segundo o costume de ´ aproximado dela.1 Disse, por-
toda a terra. 32 Vem, vamos e Num 13:26
tanto: “Jeova, mataras uma na-
´ ´
dar vinho ao nosso pai e vamos ˜ ´
´ çao que na verdade e inocente?2
deitar-nos com ele, e assim pre- f Gen 25:17, 18 ˜ ´
5 Nao me disse ele: ‘Ela e minha
servaremos a linhagem do nosso ˜ ˜
´ irma’, e nao me disse ela tam-
pai.” g Gen 10:19 ´ ´ ˜
˜ ´
Gen 26:6 bem: ‘Ele e meu irmao’? Fi-lo de
33 Entao, naquela noite, em- ˜ ˜
coraçao sincero e com maos ino-
briagaram o pai com vinho; de- ˜
´ ´
h Gen 12:11-13
centes.” 6 Entao, o verdadeiro
pois, a primogenita entrou e dei- ´ Deus disse-lhe no sonho: “Sei
˜ Gen 20:11, 12
˜
tou-se com o pai, mas ele nao se que o fizeste de coraçao since-
apercebeu de nada, nem quan- ´
i Gen 12:15 ro. Foi por isso que te refreei
do ela se deitou nem quando se ˜
de pecares contra mim e nao
levantou. 34 No dia seguinte, a ´ te permiti tocares-lhe. 7 Ago-
´ ` j Gen 12:17
primogenita disse a mais nova: Sal 105:14 ra, devolve a esposa ao homem,
` ´ ´ ´
“Deitei-me com o pai ontem a pois ele e profeta l e fara suplicas
noite. Vamos dar-lhe vinho tam- k De 22:22
´ `
bem hoje a noite. Depois entra 20:1 1 Ou: “morava como estrangeiro”.
´ ˜ ˜
e deita-te com ele, e assim pre- l Sal
20:4 1 Isto e, nao tinha tido relaçoes se-
servaremos a linhagem do nosso 105:14, 15 xuais com ela. 2 Ou: “justa”.
´
GENESIS 20:8–21:12 66
´
por ti, a e continuaras vivo. Mas, CAP. 20 esposa e as suas escravas, e
˜
se nao a devolveres, fica a sa- a Jo´ 42:8 elas começaram a ter filhos;
´ ´ ´
ber que certamente morreras, tu 18 pois Jeova tornara estereis
˜ todas as mulheres1 da casa de
e todos os que sao teus.” ´
b Gen 12:18, 19
8 Abimeleque levantou-se de ´
Gen 26:9, 10
Abimeleque por causa de Sara,
˜
˜ esposa de Abraao. a
manha cedo, chamou todos os
´
seus servos e disse-lhes todas
estas coisas. E eles ficaram com
´
c Gen
´
12:11, 12
Gen 26:7
21 Jeova voltou a sua aten-
˜
çao para Sara, assim como
´
muito medo. 9 Depois, Abimele- dissera, e Jeova fez a Sara o
˜ ˜
que chamou Abraao e disse-lhe: que prometera. b 2 Entao, Sara
´ ´ ´
“O que e que nos fizeste? Que d Gen 11:29 ficou gravida c e deu um fi-
˜
pecado cometi contra ti, para lho a Abraao, na velhice dele,
˜ na altura que Deus prometera. d
trazeres uma culpa tao grande ´ ˜
sobre mim e sobre o meu reino? e Gen 12:1
3 Abraao deu o nome de Isaque e
˜ ´ ´
O que me fizeste nao e correto.” ao seu filho recem-nascido, que
˜
10 E Abimeleque perguntou a ´
f Gen 12:13
Sara lhe deu. 4 E Abraao cir-
˜ ˜ cuncidou Isaque, seu filho, aos
Abraao: “Qual era a tua intençao
ˆ ˜
ao faze-lo?” b 11 Abraao res- oito dias de idade, assim como
˜
pondeu: “Foi porque disse a mim g Gen ´
20:2, 12 Deus lhe mandara. f 5 Abraao ti-
˜ ´  nha 100 anos de idade quan-
mesmo: ‘Certamente, nao ha te-
˜ 2.a coluna do se tornou pai de Isaque, seu
mor de Deus neste lugar, e vao ˜
matar-me por causa da minha es- a Gen ´
12:17 filho. 6 Sara disse entao: “Deus
´ ´  deu-me motivos para rir; todo
posa.’ c 12 E, alem disso, ela e
˜ CAP. 21 aquele que souber disto vai rir-
realmente minha irma, filha do ´
meu pai, apenas nao e filha da
˜ ´ b Gen 18:10 -se comigo.”1 7 E acrescentou:
˜ ´
minha mae; e ela tornou-se mi- “Quem e que poderia ter dito a
˜ ˜
nha esposa. d 13 Entao, quando Abraao: ‘Sara certamente ama-
c He 11:11 ´
Deus me fez sair da casa do meu mentara filhos’? No entanto, dei-
pai e para vaguear, eu disse-lhe: -lhe um filho na sua velhice.”
´ ´
d Gen 17:21 8 O menino cresceu e foi
‘E desta maneira que me mostra- ´ ˜
´ Gen 18:10, 14 desmamado, e Abraao prepa-
ras amor leal: em todos os luga- Ro 9:9
res onde formos, diz sobre mim: rou um grande banquete no dia
´ ˜ em que Isaque foi desmamado.
“Ele e meu irmao.”’” f ´
e Gen 9 Mas Sara notava que o filho
14 A seguir, Abimeleque deu 17:19
´
˜ Jos 24:3 que Agar, g a egıpcia, tinha dado
a Abraao ovelhas, gado, servos e Ro 9:7 ˜
a Abraao, gozava com Isaque. h
servas, e devolveu-lhe Sara, sua ˜
´ 10 Por isso, disse a Abraao: “Ex-
esposa. 15 Alem disso, Abime- pulsa essa escrava e o seu filho,
´ ´
f Gen 17:12
˜
leque disse: “A minha terra esta pois o filho dessa escrava nao
` ˜ Le 12:3
a tua disposiçao. Mora onde qui- At 7:8
vai ser herdeiro com o meu filho,
seres.” 16 E a Sara ele disse: Isaque!” i 11 Mas o que ela dis-
“Dou 1000 pe ´ ças de prata ao ´ se sobre Ismael desagradou mui-
˜ g Gen 16:4, 15 ˜ ˜
teu irmao. g E para mostrar que to a Abraao. j 12 Entao, Deus
´ ˜ ˜
es inocente,1 tanto aos que es- disse a Abraao: “Nao te aflijas
˜
tao contigo como a todos os ou- ´
h Gen 15:13 com o que Sara te diz sobre o ra-
´ ´
tros, e tu estas livre de desonra.” Gal 4:22, 29
paz e sobre a tua escrava. Escu-
˜ ´
17 E Abraao começou a fazer ta o que ela diz,1 pois o que sera
´
suplicas ao verdadeiro Deus, e ´
i Gen 15:2, 4
Deus curou Abimeleque, a sua ´
Gal 4:30 20:18 1 Ou: “fechara completamente to-
dos os ventres”. 21:6 1 Ou, possivel-
ˆ ´ ´
20:16 1 Lit.: “Ve, isto e para ti uma ven- mente: “rir-se-a de mim”. 21:12 1 Lit.:
da para os olhos”. ´ “a voz dela”.
j Gen 17:18
´
67 GENESIS 21:13–22:2
ˆ ´ ´
chamado tua descendencia1 vira CAP. 21 descendentes, e que me trataras
`
por meio de Isaque. a 13 Quan- ´
a Gen 17:19 a mim e a terra em que tens mo-
´
to ao filho da escrava, b tambem Ro 9:7 rado com o mesmo amor leal que
˜ He 11:18
farei dele uma naçao, c por ser te tenho mostrado.” a 24 Por-
teu descendente.”1 ˜
b Gal´ 4:22 tanto, Abraao disse: “Eu juro.”
˜ ˜ ˜
14 Entao, Abraao levantou-se 25 No entanto, Abraao quei-
˜ ˜ ´
c Gen 16:9, 10
de manha cedo, pegou num pao ´ xou-se a Abimeleque por causa
´ Gen 17:20 ´
e num odre de agua e deu-os a ´
Gen 25:12, 16 do poço de agua que os servos
Agar. Colocou-os ao ombro dela `
´
de Abimeleque tinham tomado a
d Gen
e mandou-a embora com o ra- 25:5, 6
força. b 26 Abimeleque respon-
paz. d Assim, ela partiu e ficou ˜ ˜
´
e Gen 22:19 deu: “Nao sei quem fez isto. Nao
a vaguear pelo deserto de Berse- me contaste nada sobre o assun-
´
ba. e 15 Por fim, a agua que es- ´
f Gen 16:11 to, e eu nunca ouvi falar disso
tava no odre acabou, e ela em- ´ ˜ ˜
´ ate hoje.” 27 Entao, Abraao pe-
purrou o rapaz para debaixo de g Gen 16:7, 8
˜ gou em ovelhas e gado e deu-os
um arbusto. 16 Entao, seguiu a Abimeleque, e os dois fizeram
` h 1Cr 1:29-31
˜
adiante e sentou-se sozinha, a um pacto. 28 Quando Abraao
ˆ ´ ˆ
distancia de um tiro de arco, i Gen 16:16
pos de parte sete cordeiras do
˜
pois dizia: “Nao quero ver o ra- rebanho, 29 Abimeleque per-
` ´
j Num 10:12 ˜
paz morrer.” Assim, sentou-se a guntou a Abraao: “Porque puses-
ˆ
distancia e começou a gritar e a ´ `
k Gen 20:17, 18 te a parte estas sete cordeiras?”
chorar. ´ ˜
Gen
30 Ele respondeu entao: “Acei-
17 Deus ouviu a voz do ra- 26:26, 28 ´ ˜
taras da minha mao as sete cor-

paz, f e o anjo de Deus cha- deiras como testemunho de que
´ 2.a coluna
mou Agar desde os ceus e disse-
´ ´
a Gen cavei este poço.” 31 Foi por
-lhe: g “O que e que tens, Agar? `
˜ 20:14, 15 isso que ele chamou aquele lu-
Nao tenhas medo, pois Deus ou-
´ gar Berseba,1c porque ali ambos
viu a voz do rapaz, ali onde b Gen
´ 26:15, 20 fizeram um juramento. 32 As-
esta. 18 Levanta-te, ergue o ra-
˜ sim fizeram um pacto d em Ber-
paz e segura-o com a mao, ´
c Gen
seba, e depois Abimeleque e
pois farei dele uma grande na- 26:32, 33 ´
˜ ˜ Ficol, chefe do seu exercito, vol-
çao.” h 19 Deus abriu-lhe entao ´
os olhos, e ela viu um poço de
d Gen taram para a terra dos filisteus. e
26:26, 28 ˜
´
agua. Ela foi ate la e encheu o
´ ´ 33 Depois disso, Abraao plantou
´ ´
e Gen 10:13, 14 uma tamargueira em Berseba e
odre de agua, e deu de beber ao ´ ´
Gen 26:1 invocou ali o nome de Jeova, f
rapaz. 20 E Deus estava com o ˜
rapaz i enquanto ele crescia. Ele ´
f Gen 12:8, 9
o Deus eterno. g 34 E Abraao fi-
morava no deserto e tornou-se
´
Gen 26:25 cou1 na terra dos filisteus por
arqueiro. 21 Ele passou a mo- muito tempo.2h
˜
22
g Sal 90:2
rar no deserto de Para, j e a sua Is 40:28 Depois disto, o verdadei-
˜ ˆ ˜ `
mae tomou para ele uma esposa 1Ti 1:17 ro Deus pos Abraao a pro-
da terra do Egito. ˜ ˜
va e disse-lhe: “Abraao!” Abraao
i
h He 11:8, 9
22 Naquele tempo, Abimele-  respondeu: “Aqui estou!” 2 En-
˜
que, juntamente com Ficol, che- CAP. 22
tao ele disse: “Por favor, leva
´ ´
fe do seu exercito, disse a o teu filho, o teu unico filho, a
˜ ´ i He 11:17 `
Abraao: “Deus esta contigo em quem tanto amas, j Isaque, k vai a
tudo o que fazes. k 23 Portan- ´
j Jo 3:16 terra de Moria l e oferece-o ali
to, jura-me agora aqui, por Deus,
˜ ´ ´
k Gen 17:19 21:31 1 Que significa “poço do juramen-
que nao seras falso comigo nem Jos 24:3
com os meus filhos e os meus Ro 9:7
to; poço de sete”. 21:34 1 Ou: “mo-
rou como estrangeiro”. 2 Lit.: “muitos
21:12, 13 1 Lit.: “tua semente”. l 2Cr 3:1 dias”.
´
GENESIS 22:3-24 68
˜
como oferta queimada num dos CAP. 22 co filho.” a 13 Com isso, Abraao
montes que te indicarei.” a Jo 1:29 levantou os olhos e viu ali per-
˜
3 Assim, Abraao levantou-se 1Pe 1:18, 19 to um carneiro preso pelos chi-
˜ ˜ ˜
de manha cedo, selou o seu ju- fres numa moita. Entao, Abraao
´ ´
mento e levou consigo dois dos foi ate la, pegou no carneiro e
seus servos e o seu filho Isa- b Jo 10:17, 18
ofereceu-o como oferta queima-
que. Rachou lenha para a ofer- da em vez do seu filho. 14 E
ta queimada e depois partiu para ˜ `
Abraao deu aquele ´ lugar o nome
o lugar que o verdadeiro Deus c He 11:17 ´ ´

de Jeova-Jire.1 E por isso que
lhe indicou. 4 No terceiro dia, ainda hoje se diz: “No monte de
˜ 2.a coluna ´ ´
Abraao levantou os olhos e viu o Jeova se providenciara.” b
` ˆ ˜ ´
lugar a distancia. 5 Abraao dis- a He 11:17-19
15 E o anjo de Jeova chamou
˜ Tg 2:21
˜
se entao aos seus servos: “Fi- Abraao pela segunda vez, desde
quem aqui com o jumento en- ´
´ os ceus, 16 e disse: “‘Juro por
quanto eu e o rapaz vamos ate ´ ´
´ b Gen 22:2 mim mesmo’, diz Jeova, c ‘que,
la para adorar; depois, voltaremos 2Cr 3:1 ˜
ˆ visto que fizeste isto e nao me
para junto de voces.” ´
˜ negaste o teu filho, o teu unico
6 Abraao pegou na lenha da filho, d 17 certamente te aben-
oferta queimada e colocou-a so- c He 6:13, 14
çoarei e certamente multiplica-
bre Isaque, seu filho. Depois, pe- rei o teu descendente1 como as
gou no fogo e na faca,1 e os ´
˜ estrelas dos ceus e como os
dois seguiram juntos. 7 Entao, d Jo 3:16 ˜
graos de areia a beira-mar, e e
`
˜ Ro 8:32 ´
Isaque disse a Abraao, seu pai: o teu descendente1 tomara pos-
He 11:17
“Meu pai!” Ele respondeu: “Sim, ˜
se do portao2 dos seus inimigos. f
meu filho!” E ele continuou: ˜
˜ 18 E todas as naçoes da terra
“Aqui estao o fogo e a lenha, mas ´ ˜ ˆ ˜
´ e Gen 13:14, 16 obterao para si uma bençao por
onde esta a ovelha para a oferta ´
Gen 15:1, 5
˜ meio do teu descendente,1g por-
queimada?” 8 Abraao respon- At 3:25
´ que escutaste a minha voz.’” h
deu: “Meu filho, o proprio Deus ˜ ˜
providenciara a ovelha para a
´ 19 Abraao voltou entao para
oferta queimada.” a E os dois con- f Sal 2:8 junto dos seus servos, e foram-
tinuaram a caminhar juntos. Da 2:44 -se embora juntos para Berseba; i
˜
9 Por fim, chegaram ao lugar e Abraao continuou a morar em
que o verdadeiro Deus lhe tinha Berseba.
˜ ´ ˜
indicado; e Abraao construiu ali
g Gen 3:15 20 Depois disto, Abraao re-
ˆ Ro 9:7 ´ ´
um altar e dispos a lenha por ´
Gal 3:16 cebeu a notıcia: “Milca tambem
˜ ˜
cima dele. Amarrou as maos e os deu filhos ao teu irmao Naor: j
´ ´
pes de Isaque, seu filho, e colo- 21 Uz, o primogenito, Buz, ir-
˜ ˜
cou-o no altar, por cima da le- h Gal´ 3:8 mao deste, Quemuel, pai de Ara,
˜ ˜ 22 Quesede, Hazo, Pildas, Jidla-
nha. b 10 Abraao estendeu entao
˜
a mao e pegou na faca1 para ma- fe e Betuel.” k 23 Betuel tornou-
tar o seu filho. c 11 Mas o anjo ´
i Gen 21:31 -se pai de Rebeca. l Milca deu es-
´ ˜
de Jeova chamou-o desde os tes oito filhos a Naor, irmao
´ ˜ ˜ ˜
ceus e disse: “Abraao, Abraao!” de Abraao. 24 A sua concubi-
´ ´
E ele respondeu: “Aqui estou!” j Gen 11:26, 29 na, que se chamava Reuma, tam-
˜ ˜ ´ ´ ˜ ´
12 Entao o anjo disse: “Nao fi- bem teve filhos: Teba, Gaa, Taas
˜ ´
ras o rapaz e nao lhe faças ab- e Maaca.
solutamente nada, pois agora sei ´
k Gen 25:20
˜ ´
22:14 1 Que significa “Jeova providen-
que temes a Deus, porque nao ´ ´ ´
´ ciara; Jeov a cuidara disso”. 22:17
me negaste o teu filho, o teu uni-
´
l Gen 24:15 1 Lit.: “a tua semente”. 2 Ou: “das cida-
22:6, 10 1 Ou: “no cutelo”. Ro 9:10 des”. 22:18 1 Lit.: “da tua semente”.
´
69 GENESIS 23:1–24:2

23 Sara viveu 127 anos; estes


foram os anos da vida de
CAP. 23
´
a Gen 17:17
to o campo como a caverna que
´
esta nele. Dou-o a si na presença
Sara. a 2 Sara morreu em Qui- dos filhos do meu povo. Enterre
´ ´ ˜
riate-Arba, b isto e, em Hebron, c a sua esposa.” 12 Abraao cur-
˜ ˜ ˜
na terra de Canaa, d e Abraao b Jos 14:15 vou-se entao diante do povo da-
começou a lamentar e a cho- quela terra 13 e disse a Efrom,
˜
rar a perda de Sara. 3 Abraao na presença do povo: “Por favor,
˜
saiu entao de diante do cor- ´
escuta-me! Vou dar-te pelo cam-
c Gen 35:27
po da esposa e disse aos filhos ´
Num 13:22
po a quantia de prata que ele
de Hete: e 4 “Sou um estrangei- vale. Aceita-a, para que nele en-
ro e colono no vosso meio. f terre a minha esposa.”
˜
Deem-me uma propriedade no ´ 14 Efrom respondeu entao a
d Gen 12:5 ˜
vosso meio para servir de se- Abraao: 15 “Meu senhor, escu-
pultura, para que eu enterre a te-me. Esta terra vale 400 siclos1
˜ ´
minha esposa.”1 5 Entao, os fi- de prata, mas o que e isso para
´
lhos de Hete responderam a e Gen 10:15 mim ou para si? Portanto, en-
˜ ˜
Abraao: 6 “Ouça-nos, meu se- terre a sua esposa.” 16 Abraao
´ ˜
nhor. O senhor e um maioral de escutou Efrom, e Abraao pesou
´ ´
Deus1 entre nos. g Pode enterrar f Gen 17:1, 8 para Efrom a quantia de pra-
a sua esposa na melhor das nos- He 11:9, 13 ta que este tinha mencionado
´
sas sepulturas. Nenhum de nos na presença dos filhos de Hete,
´
lhe negara uma sepultura, impe- 400 siclos1 de prata, segun-
´ do o peso usado pelos mercado-
dindo-o de enterrar a sua espo- g Gen 21:22
sa.” res. a 17 Deste modo, o campo
˜ ˜
7 Entao, Abraao levantou-se de Efrom em Macpela, que fica-
e curvou-se diante do povo da- h 1Cr 1:13 va em frente a Manre — o cam-
quela terra, os filhos de Hete, h po, a caverna que estava nele e
ˆ ´
8 e disse-lhes: “Se voces1 con- todas as arvores dentro dos li-
cordam que eu enterre a mi- ´
mites do campo —, foram con-
i Gen
nha esposa, escutem-me: peçam
23:15
firmados como 18 propriedade
˜
a Efrom, filho de Zoar, 9 que de Abraao, comprada na presen-
me venda a caverna de Macpe- ça dos filhos de Hete, diante de
´
la, que lhe pertence. Ela fica na j Gen 25:9, 10 todos os que entravam pelo por-
´ ˜
extremidade do seu campo. Que
Gen
tao da cidade. 19 Depois disso,
49:29-33
´ ˜
ele ma venda na vossa presença, Gen Abraao enterrou Sara, sua es-
pela quantia de prata i que vale,
50:13, 14 posa, na caverna do campo de
para que eu tenha uma proprie- Macpela, em frente a Manre, isto
´ ´ ˜
dade que sirva de sepultura.” j e, Hebron, na terra de Canaa.
10 Ora, Efrom estava senta- k Ru 4:1 20 Assim, o campo e a caverna
 que estava nele foram transferi-
do entre os filhos de Hete. En-
˜ 2.a coluna dos, pelos filhos de Hete, para
tao Efrom, o hitita, respondeu a ˜
˜ a At 7:15, 16 Abraao, como propriedade para
Abraao, na presença dos fi-
lhos de Hete e diante de to- servir de sepultura. b
˜ ´
dos os que entravam pelo por-
˜ ˜
tao da cidade: k 11 “Nao, meu
´
b Gen
´
Gen
25:9, 10 24 ´
Abraao ja era velho, de
idade bem avançada, e
˜
senhor! Escute-me. Dou-lhe tan- Jeova tinha abençoado Abraao
49:29-33 ˜
´
Gen em tudo.c 2 Abraao disse ao
23:4 1 Lit.: “sepultar a minha morta 50:13, 14 seu servo, o mais velho da sua
fora da minha vista”. 23:6 1 Ou, pos- 
sivelmente: “um grande maioral”. 23:8 CAP. 24 23:15, 16 1 Um siclo equivalia a 11,4 g.
1 Ou: “as vossas almas”. c Gen ´
13:2 Veja o Ap. B14.
´
GENESIS 24:3-22 70
casa, que administrava tudo o CAP. 24 cedido neste dia, e mostra o teu
´ ˜ ´ ˜
que ele possuıa: a “Por favor, poe a Gen 15:2, 3 amor leal ao meu senhor Abraao.
˜ ´
a mao debaixo da minha coxa,
´ 13 Estou aqui, de pe junto a
3 e irei fazer-te jurar por Jeova, ´
´ uma fonte de agua, e as filhas
o Deus dos ceus e o Deus da ter- ´ ˆ
˜ ´ b Gen 28:1 dos homens da cidade vem para
´
ra, que nao tomaras para o meu De 7:1, 3 tirar agua. 14 Peço-te que a jo-
2Co 6:14
filho uma esposa dentre as filhas vem a quem eu disser: ‘Por fa-
dos cananeus, entre os quais es- ˆ ´
vor, baixa o teu cantaro de agua
tou a morar. b 4 Em vez disso, para que eu beba’, e que respon-
` ´
c Gen 22:20-23 ´ ´
vai a minha terra e toma dentre der: ‘Beba, e tambem darei agua
os meus parentes c uma esposa aos seus camelos’, seja aquela
para o meu filho, para Isaque.” que escolheste para o teu servo
´
5 No entanto, o servo pergun- d Gen
´
11:27, 28
Isaque; e, assim, deixa-me saber
˜ Gen 15:7
tou-lhe: “E se a mulher nao es- que mostraste o teu amor leal ao
tiver disposta a vir comigo para meu senhor.”
˜
esta terra? Devo entao levar o
` e He 11:15 15 Mesmo antes de acabar de
seu filho a terra de onde o se-
˜ falar, Rebeca veio com o seu
nhor veio?” d 6 Abraao respon- ˆ
˜ cantaro ao ombro. Rebeca era fi-
deu-lhe: “Assegura-te de que nao
´ ´
f Gen 12:1 lha de Betuel, a filho de Milca, b
levas o meu filho para la. e ˜
´ ´ He 11:8 que era esposa de Naor, c irmao
7 Jeova, o Deus dos ceus, que ˜
me tirou da casa do meu pai e da de Abraao. 16 A jovem era mui-
terra dos meus parentes, f e que to bonita, era virgem; nenhum ho-
g Miq 7:20 ˜
falou comigo e me jurou: g ‘Vou mem tivera relaçoes sexuais com
` ˆ Lu 1:72, 73 ´ `
dar esta terra h a tua descenden- He 6:13, 14 ela. Ela desceu ate a fonte, en-
´ ` ˆ
cia’,1i enviara o seu anjo a tua cheu o seu cantaro e depois vol-
´ tou a subir. 17 O servo correu
frente, j e certamente tomaras ´
dali uma esposa para o meu fi- ´
h Gen 13:14, 15 imediatamente ate ela e disse:
˜ ´ ´
lho. k 8 Se a mulher nao estiver Gen 26:3, 4 “Por favor, da-me um gole de
˜ De 34:4 ´ ˆ ˜
disposta a vir contigo, entao fi- At 7:4, 5 agua do teu cantaro.” 18 Entao
´
caras livre deste juramento. Mas ela disse: “Beba, meu senhor.”
˜ ´
nao leves o meu filho para la.” De seguida, ela baixou depres-
˜ ˆ ˜ ˆ
9 Entao, o servo pos a mao de- sa o seu cantaro, apoiando-o
˜ i He 11:18 ˜
baixo da coxa de Abraao, seu se- sobre a mao, e deu-lhe de beber.
nhor, e jurou-lhe com respeito a 19 Depois de lhe dar de be-
esse assunto. l ´
˜ j He 1:7, 14 ber, ela disse: “Tambem tirarei
10 Entao, o servo pegou em ´ ´
agua para os seus camelos ate
dez camelos do seu senhor e que fiquem saciados.” 20 Rapi-
partiu, levando consigo todo o ˆ
´
k Gen 12:5 damente esvaziou o cantaro no
tipo de coisas boas do seu se- ´
ˆ bebedouro e correu varias vezes
nhor. Viajou para a Mesopota- ´ ´
ate ao poço para tirar agua, e
mia, para a cidade de Naor. ´
l Gen ´ continuou a tirar agua para to-
11 Ele fez os camelos ajoelha- 24:2, 3
 dos os camelos dele. 21 Duran-
´
rem-se junto a um poço de agua, te o tempo todo, o homem obser-
2.a coluna
fora da cidade. Estava a anoite- ˆ
´
a Gen 22:23 vava-a admirado e em silencio,
cer, era a hora em que as mulhe- ´
´ esperando para ver se Jeova ti-
res vinham para tirar agua.
˜ ´ nha tornado a sua viagem bem-
12 Entao ele disse: “Jeova, Deus ˜
˜ ´
b Gen 11:29 -sucedida ou nao.
do meu senhor Abraao, por fa-
vor, faz com que eu seja bem-su- 22 Quando os camelos aca-
baram de beber, o homem deu-
24:7 1 Lit.: “semente”. ´
c Gen 11:26 -lhe uma argola de ouro para o
´
71 GENESIS 24:23-44
nariz, que pesava meio siclo,1 e CAP. 24 tenho para dizer.” Portanto, La-
´ ˜
duas pulseiras de ouro que pesa- a Gen 22:23 bao disse: “Fala!”
vam 10 siclos,1 23 e disse: “Diz- ˜
´ 34 Entao ele disse: “Sou ser-
˜ ´
-me, por favor, de quem es filha?
´ vo de Abraao. a 35 E Jeova tem
Ha lugar na casa do teu pai para
´
b Gen 11:29 ´
abençoado muitıssimo o meu se-
passarmos a noite?” 24 Diante ˆ
nhor e fe-lo ficar muito rico,
disso, ela disse-lhe: “Sou filha ´ pois deu-lhe ovelhas e bois, pra-
de Betuel, a o filho que Milca c Gen 25:20
´
Gen 29:10 ta e ouro, servos e servas, came-
deu a Naor.” b 25 E acrescentou: ´
 los e jumentos. b 36 Alem disso,
“Temos tanto palha como mui- 2.a coluna Sara, esposa do meu senhor, deu
´
ta forragem, e tambem um lugar ´ um filho ao meu senhor depois
˜ a Gen 15:2, 3
´
para passar a noite.” 26 Entao, de ter ficado idosa, c e ele ira dar-
o homem curvou-se e prostrou- -lhe tudo o que possui. d 37 E o
´
-se diante de Jeova, 27 e dis- ´
b Gen 12:15, 16 meu senhor fez-me jurar, dizen-
´ ´ ˜
se: “Louvado seja Jeova, o Deus Gen 13:2
do: ‘Nao tomes para o meu fi-
˜ ˜ ´
Gen 24:1
do meu senhor Abraao, pois nao lho uma esposa dentre as filhas
abandonou o seu amor leal e a dos cananeus, em cuja terra es-
sua fidelidade para com o meu ´ tou a morar. e 38 Em vez disso,
´ ` c Gen 21:1, 2
´ `
senhor. Jeova guiou-me a casa Ro 4:19 iras a casa do meu pai e da mi-
˜ ´ ´
dos irmaos do meu senhor.” He 11:11
nha famılia, f e tomaras uma es-
28 E a jovem foi a correr con- posa para o meu filho.’ g 39 Mas
tar estas coisas aos da casa da eu perguntei ao meu senhor: ‘E
˜ ´
d Gen ˜
sua mae. 29 Rebeca tinha um 25:5
se a mulher nao estiver dispos-
˜ ˜
irmao que se chamava Labao. c E ta a vir comigo?’ h 40 Ele disse-
˜ ´ ´
Labao correu ate ao homem que ´ -me: ‘Jeova, diante de quem te-
` e Gen 24:2, 3
´
estava junto a fonte. 30 Quan- ´
Gen 28:1 nho andado, i enviara contigo o
do viu a argola para o nariz e ´
˜ seu anjo j e certamente tornara a
as pulseiras que a sua irma es- tua viagem bem-sucedida. Toma
´
tava a usar e ouviu as palavras f Gen 22:20-23
para o meu filho uma esposa
˜ ´
de Rebeca, sua irma, que dizia: dentre a minha famılia e dentre
“Foi assim que o homem me dis- ´
˜ ˜ ´ a casa do meu pai. k 41 Ficaras
se”; entao, Labao foi ter com o g Gen 24:4
livre do juramento que me fizes-
homem, que ainda estava para- ` ´
te se fores a minha famılia e eles
do ao lado dos camelos, junto ˜ ´
` ˜ ´ nao ta derem. Assim, ficaras li-
a fonte. 31 Labao disse imedia- h Gen 24:5
vre do teu juramento.’ l
´
tamente: “Vem, tu que es aben- `
´ ´ 42 “Quando cheguei hoje a
çoado por Jeova. Porque e que ´ ´
i Gen 48:15 fonte, disse: ‘Jeova, Deus do
continuas parado aqui fora? Pre- ˜
´ meu senhor Abraao, se for da
parei a casa e tambem um lugar
˜ tua vontade que a minha viagem
para os camelos.” 32 Entao, o j He 1:7, 14 seja bem-sucedida, 43 aqui es-
homem entrou na casa, e ele1 ti- ´ ` ´
tou, de pe junto a fonte. Isto e
rou os arreios dos camelos, deu
o que tem de acontecer: quando
palha e forragem aos camelos e ´
k Gen 11:25 ´
´ ´ uma jovem m vier para tirar agua,
agua para lavar os pes do ho-
mem e dos que estavam com ele. direi: “Por favor, deixa-me beber
´ ˆ
33 No entanto, quando lhe de- ´ um pouco de agua do teu canta-
l Gen 24:9 ´
ram algo para comer, ele disse: ro”, 44 e ela ira responder-me:
˜ ´ ´ ´
“Nao comerei ate ter dito o que “Beba, e tambem tirarei agua
´
m Gen 24:16 para os seus camelos.” Que essa
´
24:22 1 Um siclo equivalia a 11,4 g. Veja mulher seja aquela que Jeova
o Ap. B14. 24:32 1 Provavelmente, re- escolheu para o filho do meu se-
˜ ´ nhor.’ n
fere-se a Labao. n Gen 24:14
´
GENESIS 24:45-65 72
45 “Antes de acabar de fa- CAP. 24 Quando ele se levantou de
´ ´ ˜
lar no meu ıntimo, Rebeca vinha a Gen 24:15, 17 manha, disse: “Deixem-me voltar
ˆ
com o seu cantaro ao ombro; para o meu senhor.” 55 Perante
´ ` ˜ ˜
ela desceu ate a fonte e come- isto, o irmao e a mae dela disse-
´ ˜
çou a tirar agua. Entao, eu disse- ram: “Deixa a jovem ficar connos-
´
-lhe: ‘Por favor, da-me de beber.’ a co pelo menos dez dias. Depois
´
46 E ela rapidamente baixou do b Gen 24:18
ela pode ir.” 56 Mas ele disse-
ˆ ˜
ombro o seu cantaro e disse: -lhes: “Nao me detenham, visto
´ ´ ´
‘Beba, b e tambem darei agua aos que Jeova tornou a minha via-
˜
seus camelos.’ Entao bebi, e ela gem bem-sucedida. Deixem-me
´ ´ ´
tambem deu agua aos camelos. ´ partir, para que eu va ter com o
c Gen
47 Depois perguntei-lhe: ‘De 24:22, 23 meu senhor.” 57 Disseram en-
´ ˜
quem es filha?’ E ela respondeu: tao: “Chamemos a jovem e per-
‘Filha de Betuel, o filho que Mil- guntemos-lhe.” 58 Chamaram
ca deu a Naor.’ Assim, coloquei ´
Rebeca e perguntaram-lhe: “Iras
a argola na sua narina e as pul- com este homem?” Ela respon-
´
seiras nos seus braços.1c 48 E d Gen 24:27
deu: “Estou disposta a ir.”
curvei-me e prostrei-me perante 59 Assim, deixaram a sua
´ ´
Jeova e louvei a Jeova, o Deus ˜
˜ irma Rebeca a partir com a ama,1b
do meu senhor Abraao, d que me ˜
o servo de Abraao e os seus
tinha guiado no caminho certo,
˜ e Gen ´
24:8 homens. 60 E abençoaram Re-
a fim de tomar a filha do irmao  beca e disseram-lhe: “Que tu,
do meu senhor para o seu fi- ˜
2.a coluna nossa irma, te tornes milha-
lho. 49 Agora, digam-me se de- ´
a Gen 28:5 res de vezes 10 000,1 e que os
sejam mostrar amor leal e fi-
˜ teus descendentes tomem2 pos-
delidade ao meu senhor; senao, ˜
´ se do portao3 dos que os
digam-mo tambem, para que eu ˜
saiba que caminho tomar.”1e odeiam.” c 61 Entao, Rebeca e
˜ as suas criadas prepararam-se,
50 Labao e Betuel responde- ´
b Gen 35:8
˜ ´ montaram nos camelos e segui-
ram entao: “Isto vem de Jeova.
˜ ram o homem. Assim, o servo
Nao te podemos dizer nem que
˜ partiu, levando Rebeca.
sim nem que nao.1 51 Aqui
´ 62 Ora, Isaque tinha vindo da
esta Rebeca diante de ti. Toma-a ˜
e vai, e que ela se torne espo- ´
c Gen 22:15, 17 direçao de Beer-Laai-Roi, d pois
sa do filho do teu senhor, assim morava na terra do Neguebe. e
´ ´
como Jeova disse.” 52 Quando 63 Isaque tinha saıdo para pas-
˜ sear no campo, por volta do
o servo de Abraao ouviu as suas
palavras, prostrou-se imediata- anoitecer, para meditar. f Quan-
´ ´
d Gen 16:14 do levantou os olhos, viu que
mente por terra diante de Jeova. ´
Gen 25:11
53 E o servo começou a tirar ob- chegavam camelos. 64 E, quan-
jetos de prata e de ouro e rou- do Rebeca levantou os olhos,
pas, e deu-os a Rebeca; e deu viu Isaque e desceu rapidamen-
˜ ` ˜ te do camelo. 65 Ela perguntou
coisas valiosas ao irmao e a mae ˜ ´
dela. 54 Depois disto, ele e os ´
e Gen 12:9 entao ao servo: “Quem e aque-
´
homens que estavam com ele co- Gen 20:1
´ le homem que vem ao nosso en-
Num 13:22
meram e beberam, e passaram Jz 1:9 contro pelo campo?” E o ser-
ali a noite. ´
24:59 1 Isto e, com a sua ama que ago-
˜ ra servia como criada. 24:60 1 Ou: “te
24:47 1 Ou: “nas suas maos”. 24:49
˜ ˜ ´
1 Lit.: “eu vire para a mao direita ou para tornes a mae de milhares de mirıades”.
˜ 2 Lit.: “a tua semente tome”. 3 Ou: “das
a esquerda”. 24:50 1 Ou: “Nao te pode- f Sal 77:12
mos falar mal nem bem.” Sal 143:5 cidades”.
´
73 GENESIS 24:66–25:22
´
vo respondeu: “E o meu senhor.” CAP. 24 nuou a abençoar o seu filho Isa-
˜ ´
Entao ela pegou no seu veu para a He 11:9 que, a e Isaque morava perto de
se cobrir. 66 E o servo contou Beer-Laai-Roi. b
´ ´ ´
a Isaque tudo o que tinha feito. b Gen 26:8 12 Esta e a historia de Is-
˜
67 Depois disso, Isaque levou-a mael, c filho de Abraao, o filho
˜ c Gen ´
23:2, 19 ´
para a tenda de Sara, sua mae. a que Agar, d a egıpcia, serva de
 ˜
Tomou assim Rebeca como es- Sara, deu a Abraao.
CAP. 25 ˜
posa; e Isaque apaixonou-se por ´
13 Estes sao os nomes dos fi-
ela b e encontrou consolo depois d Gˆ en 37:28
˜ Ex 2:15
lhos de Ismael, alistados de
da perda da mae. c ´
Num 31:2 acordo com os seus nomes, se-
˜ ˜
25 gundo as suas linhagens: Ne-
Entao, Abraao tomou no- Jz 6:2
´
vamente uma esposa; o baiote, e o primogenito de Ismael,
e 1Cr 1:32, 33
seu nome era Quetura. 2 Com depois Quedar, f Adbeel, Mib-
˜ ´
` ˜ sao, g 14 Misma, Duma, Massa,
o tempo, ela deu a luz Zinra, ´
˜ ˜ ˜ f Gen 24:36
15 Hadade, Tema, Jetur, Nafis
Jocsa, Meda, Midia, d Isbaque e ´ ˜
´ e Quedema. 16 Estes sao os fi-
Sua. e ´
g Gen 21:14 ˜
˜ lhos de Ismael, e estes sao os
3 Jocsa tornou-se pai de
´ ˜ ´ seus nomes, de acordo com os
Saba e de Deda. h Gen 23:8, 9
˜ ´
Gen seus povoados e de acordo com
Os filhos de Deda foram os
assurins, os letusins e os leu-
49:29, 30 os seus acampamentos,1 12 mai-
˜
orais, segundo os seus clas. h
mins. ´
˜ i Gen 23:2, 19 17 E Ismael viveu 137 anos. En-
4 Os filhos de Midia foram  ˜
tao, deu o seu ultimo suspiro
´
´
Efa, Efer, Hanoque, Abida e 2.a coluna e morreu, e foi reunido ao seu
Elda. ´
a Gen 17:19 povo.1 18 Os seus descenden-
´ ˜
Todos estes foram os filhos de Gen 26:12-14
tes habitaram a regiao desde Ha-
Quetura. ´ ´
˜ ´ vila, i perto de Sur, j que fica pro-
5 Mais tarde, Abraao deu a
b Gen 16:14 ´ ` ´
´ ximo do Egito, ate a Assıria. Ele
Isaque tudo o que possuıa; f ´ estabeleceu-se perto de todos os
˜ c Gen 16:10, 11 ˜
6 mas Abraao deu presentes seus irmaos.1k
aos filhos que teve com as con- ´ ´
˜ d Gal´ 4:24 19 Esta e a historia de Isaque,
cubinas. Entao, enquanto ain- ˜
filho de Abraao. l
da vivia, enviou-os para o leste, ´
e Gen ˜
36:2, 3 Abraao tornou-se pai de Isa-
para longe de Isaque, seu fi- Is 60:7
que. 20 Isaque tinha 40 anos
lho, g para a terra do Oriente. de idade quando se casou com
7 Estes foram os anos da vida f Sal 120:5
Rebeca, que era filha de Betuel, m
˜ ˜ Je 49:28
de Abraao: 175 anos. 8 Entao, Ez 27:21 o arameu de Pada-Ara, e irma
˜ ˜ ˜
˜ ´ ˜
Abraao deu o ultimo suspiro e de Labao, o arameu. 21 Isaque
morreu numa boa velhice, idoso g 1Cr 1:29-31 ´ ´
fazia suplicas a Jeova a favor
e satisfeito, e foi reunido ao seu da sua esposa, porque ela era
povo.1 9 Os seus filhos, Isaque ´
h Gen 17:20 ´ ´ `
esteril. Assim, Jeova atendeu as
e Ismael, enterraram-no na ca- ´
suas suplicas, e Rebeca, sua es-
verna de Macpela, que fica em i 1Sa 15:7 ´
posa, ficou gravida. 22 E os fi-
frente a Manre, h no campo de ´ lhos dentro dela começaram a
j Gen 16:7, 8
Efrom, filho de Zoar, o hitita, lutar entre si, n de modo que ela
˜ ´
10 o campo que Abraao tinha ´ disse: “Se e assim, de que me
k Gen 16:11, 12
comprado aos filhos de Hete. adianta continuar a viver?” En-
˜ ˜ ´
Ali, Abraao foi enterrado, junto ´ tao, ela consultou a Jeova.
´ l Gen 22:2
de Sara, sua esposa. i 11 Apos Mt 1:1, 2
˜
a morte de Abraao, Deus conti- 25:16 1 Ou: “acampamentos murados”.
´
m Gen 22:23 25:18 1 Ou, possivelmente: “Ele viveu
˜ ´
25:8, 17 1 Expressao poetica que se re- em hostilidade contra todos os seus ir-
` ˜
fere a morte. n Ro 9:10 maos.”
´
GENESIS 25:23–26:9 74
´ ´
23 E Jeova disse-lhe: “Ha duas CAP. 25 comeu, bebeu, levantou-se e foi-
˜ ´
naçoes dentro de ti, a e, do teu a Sal 139:15 -se embora. Assim, Esau despre-
˜
ventre, serao separados dois po- ´ zou o direito de primogenitura.
˜ ´ b Gen 36:31

26
vos; b uma naçao sera mais forte ´
Num 20:14 Houve uma fome naque-
do que a outra, c e o mais velho ´
´ ´
c Gen la terra, alem da fome
servira o mais novo.” d 27:29, 30 que tinha ocorrido nos dias
24 Quando chegou a hora de De 2:4 ˜
` ´ de Abraao, a de modo que Isa-
ela dar a luz, viram que tinha ge- d 2Sa 8:14 que se dirigiu a Abimeleque, rei
˜
meos no seu ventre. 25 Entao, Mal 1:2, 3
dos filisteus, em Gerar. 2 En-
saiu o primeiro, todo vermelho,
Ro 9:10-13 ˜ ´
tao, Jeova apareceu-lhe e disse:
e era como um manto de pelo, e ´
e Gen 27:11 ˜
“Nao desças ao Egito. Mora na
por isso, deram-lhe o nome de ´
f Gen 27:32 terra que eu te indicar. 3 Mora
´
Esau.1f 26 Depois, saiu o seu ´
Gen 36:9
como estrangeiro nesta terra, b e
˜ ˜ Mal 1:3
irmao, cuja mao segurava o cal- eu continuarei contigo e irei
´
canhar de Esau, g de modo que g Os 12:3 abençoar-te, porque te darei to-
´ `
recebeu o nome de Jaco.1h Isa- ´
h Gen 27:36 das estas terras, a ti e a tua des-
que tinha 60 anos de idade quan- ˆ
` ´ cendencia,1c e cumprirei o ju-
do ela os deu a luz. i Gen 27:3, 5 ˜
ramento que fiz a Abraao, d teu
27 Os rapazes cresceram, e j He 11:9 pai: 4 ‘Multiplicarei a tua des-
´ ˆ
Esau tornou-se um caçador habi- ´
k Gen cendencia1 como as estrelas dos
lidoso, i um homem dos cam- 27:6, 7, 46 ´
´ ceus, e e darei todas estas ter-
pos, mas Jaco era um homem ´ ` ˆ
´ l Gen 36:1 ras a tua descendencia;1f e to-
irrepreensıvel, que morava em ˜ ˜
´ das as naçoes da terra obterao
tendas. j 28 Isaque amava Esau m De 21:16, 17
para si uma bençao por meio
ˆ ˜
porque significava caça para a ˆ
n He 12:16
da tua descendencia’,1g 5 vis-
sua boca, ao passo que Rebe-  ˜
´ to que Abraao escutou a minha
ca amava Jaco. k 29 Certa vez, 2.a coluna
voz e continuou a cumprir os
´
Jaco estava a preparar um gui-  meus requisitos, as minhas or-
´
sado quando Esau chegou do CAP. 26 dens, os meus decretos e as mi-
campo, exausto. 30 Em vista ´
a Gen 12:10 nhas leis.” h 6 Assim, Isaque
´ ´
disso, Esau disse a Jaco: “De- continuou a morar em Gerar. i
´ ´
b Gen 20:1
pressa, por favor, da-me um pou- He 11:8, 9 7 Quando os homens daque-
co1 desse teu guisado verme- ´
c Gen 12:7 le lugar lhe perguntavam sobre
lho,2 pois estou exausto!”3 Foi ´
Gen 15:18 a sua esposa, ele respondia: “Ela
por isso que recebeu o nome de ´ ˜
˜ ´ ´ e minha irma.” j Ele tinha medo
Edom.4l 31 Entao, Jaco disse: d Gen 22:16-18 ´
Sal 105:9-11 de dizer: “Ela e a minha espo-
“Primeiro, vende-me o teu direi-
´ ´ He 6:13, 14 sa”, pois pensava: “Os homens
to de primogenito!” m 32 E Esau ´
continuou: “Estou quase a mor- e Gen 15:1, 5 deste lugar podem matar-me
He 11:12 por causa de Rebeca”, porque
rer! De que me serve o direi-
to de primogenitura?” 33 Jaco
´ f De 34:4 ela era muito bonita. k 8 Passa-
acrescentou: “Jura-me primei- ´
g Gen 12:1-3
do algum tempo, Abimeleque, o
ro!” E ele jurou-lhe e vendeu a At 3:25 rei dos filisteus, estava a olhar
´ ´ ´
Jaco o seu direito de primogeni-
Gal 3:8 pela janela quando viu Isaque a
˜ ´ ´ ´ demonstrar afeto por1 Rebeca,
to. n 34 Entao, Jaco deu a Esau h Gen 17:10, 23
˜
pao e guisado de lentilhas; ele
´
Gen 22:3, 12 sua esposa. l 9 Abimeleque cha-
He 11:8 mou imediatamente Isaque e dis-
Tg 2:21 ´
25:25 1 Que significa “peludo”. 25:26 se: “Afinal, ela e a tua esposa!
´
i Gen ´ ´
1 Que significa “aquele que agarra o cal- 26:17 Porque e que disseste: ‘Ela e
˜
canhar; suplantador”. 25:30 1 Ou: “um ´
j Gen 12:11-13 minha irma’?” Isaque respondeu-
gole”. 2 Lit.: “o vermelho, este o verme- ´
k Gen 24:16
lho”. 3 Ou: “faminto”. 4 Que significa 26:3, 4 1 Lit.: “semente”. 26:8 1 Ou: “a
“vermelho”. ´ abraçar”.
l Gen 24:67
´
75 GENESIS 26:10-31
˜
-lhe: “Disse-o para nao ser morto CAP. 26 que. 21 E começaram a cavar
´
por causa dela.” a 10 Mas Abi- ´
a Gen 20:11 outro poço, e tambem começa-
´
meleque continuou: “O que e ram a discutir por causa deste.
´ ˜
que nos fizeste? b Alguem do ´ Entao, deu-lhe o nome de Sitna.1
b Gen 12:18
povo poderia, facilmente, ter-se 22 Mais tarde, mudou-se dali e
˜
deitado com a tua esposa, e tu cavou outro poço, mas eles nao
´ ´
terias trazido culpa sobre nos!” c c Gen 20:9 discutiram por causa dele. Por
˜
11 Abimeleque ordenou entao a isso, deu-lhe o ´ nome de Reobo-
todo o povo: “Quem tocar nes- ´ te,1 e disse: “E porque, agora,
d Gen ´
te homem e na sua esposa certa- 24:34, 35 Jeova deu-nos espaço amplo e
´
mente sera morto!” fez-nos numerosos nesta terra.” a
˜
12 E Isaque começou a se- ´ 23 Dali subiu entao para Ber-
e Gen 12:16 ´
mear naquela terra, e, naquele seba. b 24 Naquela noite, Jeova
ano, colheu cem vezes o que ti- apareceu-lhe e disse: “Eu sou o
´ ´ ˜ ˜
nha semeado, pois Jeova o aben- f Gen 21:27, 30 Deus de Abraao, teu pai. c Nao te-
çoava. d 13 O homem ficou rico, nhas medo, d pois estou contigo,
´
e continuou a prosperar ate que ´ e vou abençoar-te e multiplicar a
g Gen 10:19 ˆ
se tornou muito rico. 14 Ele ´
Gen 20:1 tua descendencia1 por causa de
˜
adquiriu rebanhos de ovelhas e Abraao, meu servo.” e 25 Por-
manadas de bois e um gran- ´ tanto, ele construiu ali um altar
h Gen 21:25 ´
de grupo de servos, e e os filis- e invocou o nome de Jeova. f E
´
teus começaram a inveja-lo. Isaque armou a sua tenda naque-
15 Assim, os filisteus tapa- i Gen ´
21:31 le lugar, g e os seus servos cava-
ram com terra todos os po-  ram ali um poço.
˜
ços que os servos de Abraao, 2.a coluna 26 Mais tarde, Abimeleque di-
´
seu pai, tinham cavado nos a Gen 17:5, 6 rigiu-se a ele, vindo de Ge-
˜ ´
seus dias. f 16 Entao, Abimele- Gen 28:1, 3
rar, com Ausate, o seu conselhei-
que disse a Isaque: “Muda- ro pessoal, e Ficol, o chefe do
´ ˜
-te da nossa vizinhança, pois fi- ´
b Gen 21:31 seu exercito. h 27 Entao, Isaque
caste muito mais forte do que ´
´ perguntou-lhes: “Porque e que
nos.” 17 Portanto, Isaque mu- ´
´ vieram ter comigo, ja que me
c Gen 17:1
dou-se dali e acampou no vale1 ´
Gen 28:13 odeiam e me mandaram embora
de Gerar, g onde passou a morar. da vossa vizinhança?” 28 Res-
18 Isaque cavou novamente os ˜
ponderam-lhe entao: “Vimos cla-
poços que tinham sido cavados
´
d Gen 15:1 ´ ´
˜ ramente que Jeova esta conti-
nos dias de Abraao, seu pai, mas go. i Por isso, dissemos: ‘Que
que os filisteus tinham tapado ´
˜
´
e Gen 17:19 haja um juramento entre nos e
depois da morte de Abraao, h e Sal 105:9-11 ti, e permite-nos fazer um pacto
˜ ´
deu-lhes os nomes que o seu pai contigo: j 29 nao faras nada de
lhes tinha dado. i ´ ´
´ mal contra nos, assim como nos
f Gen 12:8, 9 ˜
19 Quando os servos de Isa- nao te fizemos mal nenhum, pois
que estavam a cavar no vale,1 apenas te fizemos bem, mandan-
encontraram um poço em que g He 11:9 do-te embora em paz. Tu, ago-
´ ´ ´
havia uma nascente de agua. ra, es o abençoado de Jeova.’”
˜
20 E os pastores de Gerar come- ´
h Gen 21:32 30 Entao, fez-lhes um banquete,
çaram a discutir com os pasto-
´ e comeram e beberam. 31 Na
˜
res de Isaque, dizendo: “A agua manha seguinte, levantaram-se
´ ´
i Gen
e nossa!” Assim, Isaque deu ao 21:22 cedo e fizeram um juramen-
poço o nome de Eseque,1 por- to um ao outro. k Depois, Isaque
que tinham discutido com Isa- ´
j Gen 21:27 ˜
26:21 1 Que significa “acusaç ao”.
´ 26:22 1 Que significa “lugares amplos”.
26:17, 19 1 Ou: “uadi”. 26:20 1 Que sig-
nifica “briga”. ´
k Gen 21:22-24 26:24 1 Lit.: “semente”.
´
GENESIS 26:32–27:22 76
despediu-os, e eles partiram em CAP. 26 prepare com eles um prato sa-
paz. ´ boroso para o teu pai, como ele
a Gen 26:18
32 Naquele dia, os servos de gosta. 10 Depois, leva-o para o
´ teu pai comer, a fim de que ele
Isaque foram informa-lo a res-
b Jz 20:1 te abençoe antes de morrer.”
peito do poço que tinham cava- ´
´ 11 Jaco disse a Rebeca, sua
do, a e disseram-lhe: “Encontra- ˜ ´ ˜
´
mos agua!” 33 Assim, ele´ deu ´
c Gen 36:2, 3 m
´
ae: “Mas Esau, o meu irmao,
ao poço o nome de Siba. E por e um homem peludo, a e a mi-
´ ´
isso que o nome da cidade e Ber- ´
nha pele e lisa. 12 E se o meu
´ d Gen 27:46
pai me tocar? b Nesse caso, cer-
seba, b ate ao dia de hoje. ´
Gen 28:8 ´
´ tamente parecera que eu es-
34 Quando Esau tinha 40 a- 
nos de idade, tomou como espo- CAP. 27
tou a fazer pouco dele, e˜ tra-
sa Judite, filha de Beeri, o hi- ´ rei sobre mim uma maldiçao em
´ e Gen 25:28 ˆ ˜
tita, e tambem Basemate, filha vez˜ de uma bençao.” 13 A sua
de Elom, o hitita. c 35 Elas eram mae respondeu-lhe: “Venha so-
´ ˜
uma fonte de grande amargura1 f Gen 25:27 bre mim a maldiçao proferida
para Isaque e Rebeca. d contra ti, meu filho. Faz apenas
´ o que eu digo e vai, traz-mos.” c
27 ´
´
Quando Isaque ja era ido- g Gen 27:30
14 Portanto, ele foi
so e os seus olhos esta- ` ˜ apanh˜a-los e
levou-os a sua mae, e a mae pre-
vam demasiado fracos para ver, ´ parou um prato saboroso, como
´ h Gen 25:28
chamou Esau, e o seu filho mais o seu pai gostava. 15 Depois,
velho, e disse-lhe: “Meu filho!” Rebeca pegou em roupas de
Ele respondeu: “Estou aqui!” 2 E ´
i Gen ´
´ 27:30, 31
Esau, o seu filho mais velho, as
Isaque disse: “Ja estou velho. melhores que tinha em casa, e
˜ ´
Nao sei o dia da minha morte. com elas vestiu Jaco, o seu fi-
3 Portanto, por favor, pega ago- ´
´
j Gen lho mais novo. d 16 Ela tambem
ra nas tuas armas, na tua alja- 27:13, 43 ˜

lhe cobriu as maos e a parte sem
va e no teu arco, e vai ao cam- pelos do pescoço com as peles
2.a coluna
po caçar um animal para mim. f dos cabritos. e 17 E entregou a
4 Depois, faz um prato saboro-
´
a Gen 25:25 ´
Jaco, seu
so, como eu gosto, e traz-mo. Eu
´
Gen 27:23 ˜ filho, o prato saboro-
ˆ so e o pao que tinha preparado. f
vou come-lo, a fim de te aben- ˜
18 Entao, ele entrou onde es-
çoar1 antes de morrer.” ´
b Gen 27:21 tava o seu pai e disse: “Meu
5 Rebeca, no entanto, estava pai!” E Isaque disse: “Estou
a escutar enquanto Isaque falava ´
´ ´ ´ aqui! Quem es tu, meu filho?”
c Gen 27:8, 43 ´
com Esau, seu filho. Quando Esau
` 19 Jaco respondeu ao seu pai:
´ ´
saiu para o campo, a procura de “Sou Esau, o seu primogenito. g
caça para trazer, g 6 Rebeca dis- ´
d Gen Fiz exatamente como me disse.
´ 25:23, 26
se a Jaco, seu filho: h “Acabo de Por favor, sente-se e coma da
´
ouvir o teu pai dizer a Esau, teu minha caça, para que o senhor1
˜
irmao: 7 ‘Traz-me alguma caça ´
e Gen 25:25 me abençoe.” h 20 Nisso, Isaque
´ ´
e faz-me um prato saboroso. En- Gen 27:11 disse ao seu filho:˜ “Como e
˜
tao comerei, e, assim, poderei que a encontraste tao depressa,
´
abençoar-te perante Jeova antes ´ meu filho?” Ele respondeu: “Foi
f Gen 27:9 ´
da minha morte.’ i 8 Agora, meu Jeov
´ a, seu Deus, que a trouxe
filho, escuta bem e faz o que ate mim.” 21 Isaque disse en-
˜ ´
te digo. j 9 Vai, por favor, ao re- ´
g Gen 25:31-33 tao a Jaco: “Aproxima-te, por fa-
´ Ro 9:10-12 vor, para que eu te toque, meu
banho e traz-me de la dois dos ´ ˜
melhores cabritos, para que eu filho, para saber se es ou n´ao
´
h Gen realmente o meu filho Esau.” i
´ 27:4 ´ ˜
26:35 1 Lit.: “amargura de espırito”. 22 Jaco aproximou-se entao de
27:4 1 Ou: “a fim de que a minha alma
te abençoe”. ´
i Gen 27:11, 12 27:19 1 Ou: “a sua alma”.
´
77 GENESIS 27:23-41
Isaque, seu pai, que lhe tocou e CAP. 27 respondeu: “Sou o seu filho, o
´ ´ ´
depois disse: “A voz e a voz de ´
a Gen 27:16 seu primogenito, Esau.” a 33 E
´ ˜ ˜ ˜
Jaco, mas as maos sao as maos Isaque começou a tremer violen-
´ ˜ ˜ ´
de Esau.” a 23 Ele nao o reco- b He 11:20 tamente, e disse: “Entao quem e
˜ `
nheceu porque as maos dele es- ´ que foi a procura de caça e ma
˜ c Gen 48:10
tavam peludas como as maos de trouxe? Eu comi-a antes de tu
´ ˜
Esau, seu irmao. Assim, aben- ´
d Gen chegares, e abençoei-o. Ele cer-
´
25:27 ´
çoou-o. b Gen 27:15 tamente ficara abençoado!”
´ 24 Depois, Isaque perguntou: ´ e De 11:11
34 Ao ouvir as palavras do
´
“Es realmente o meu filho Esau?” seu pai, Esau começou a clamar
Ele respondeu: “Sou.” 25 Isa- ´
f Num
de maneira extremamente alta e
que disse-lhe: “Traz-me um pou- 13:26, 27 amargurada, e disse ao seu pai:
co da caça para eu comer, meu “Abençoe-me, abençoe-me tam-
˜ ´ ´
filho, e entao eu irei abençoar- g Gen 27:37 bem a mim, meu pai!” b 35 Mas
´ De 7:13 ˜
-te.”1 E Jaco serviu-o, e ele co- ele disse: “O teu irmao veio
ˆ
meu; levou-lhe vinho, e ele ´
h Gen 25:23 e enganou-me, para obter a ben-
˜
bebeu. 26 Isaque, seu pai, dis- çao que te estava destinada.” ´
˜ ´
se-lhe entao: “Aproxima-te, por ´
i Gen 12:1, 3 36 Nisso, Esau disse: “E com ra-
´
Gen 28:1, 3 ˜ ´ ´
favor, e beija-me, meu filho.” c ´ zao que o nome dele e Jaco,1
Gen 31:42
27 Ele aproximou-se e beijou-o, Ez 25:12, 13 pois suplantou-me duas vezes! c
´
e o pai sentiu o cheiro das suas Ja me tirou o meu direito de
´
roupas. d E abençoou-o, dizendo: j Gen 27:3 primogenitura, d e agora tirou-
 ˆ ˜
“Ah, o cheiro do meu fi- -me a minha bençao!” e Acrescen-
´ 2.a coluna
˜ ˜
lho e como o cheiro do campo tou entao: “Nao reservou uma
´ ˆ ˜
que Jeova abençoou. 28 Que o
´
a Gen bençao para mim?” 37 Mas Isa-
ˆ 25:25, 31 ´
verdadeiro Deus te de o orva- He 12:16 que respondeu a Esau: “Consti-
´ ´ ´
lho dos ceus, e e os solos ferteis tuı-o senhor sobre ti, f dei-lhe to-
˜
da terra, f e fartura de cereais e b He 12:16, 17 dos os teus irmaos como servos
de vinho novo. g 29 Que povos e concedi-lhe cereais e vinho
˜ ´
c Gen 25:26 novo para o seu sustento. g O que
te sirvam, e naçoes se curvem ´
Gen 32:28 ´
diante de ti. Torna-te senhor so- Os 12:3 e que ainda posso fazer por ti,
˜ meu filho?”
bre os teus irmaos, e que os fi-
˜ ´ ´ ´
lhos da tua mae se curvem d Gen 25:32-34 38 Esau disse ao seu pai: “So
ˆ ˜
diante de ti. h Maldito seja todo ´ tem uma bençao, meu pai? Aben-
e Gen 27:28 ´
aquele que te amaldiçoar e ben- çoe-me, abençoe-me tambem a
´
dito seja todo aquele que te ´
f Gen 25:23
mim, meu pai!” Com isso, Esau
abençoar.” i ´ levantou a sua voz e irrompeu
Gen 27:29
´ ˜
30 Assim que Isaque acabou Ro 9:10, 12 em lagrimas. h 39 Entao Isaque,
´ seu pai, respondeu-lhe:
de abençoar Jaco, ainda mal
´ ´ g De 33:28 ˆ ´
Jaco tinha saıdo da presença do “Ve, a tua morada sera longe
˜ ´ ´
seu pai Isaque, o seu irmao Esau h He 12:16, 17 dos solos ferteis da terra e lon-
´
voltou da caça. j 31 Ele tam- ge do orvalho dos ceus acima. i
´ ´
bem preparou um prato saboro- i Jos 24:4 40 E viveras pela espada j e ser-
He 11:20 ´ ˜
so e levou-o ao seu pai, e dis- viras o teu irmao. k Mas, quando
´ ˜
se ao seu pai: “Levante-se, meu ´ ja nao aguentares,1 certamente
j Gen 32:6 ´
pai, e coma da caça do seu filho, ´
Num 20:18 tiraras o seu jugo de cima do teu
para que o senhor1 me abençoe.” pescoço.” l
32 Diante disso, Isaque, seu pai,
´ ´
´ ´
k Gen 25:23 41 No entanto, Esau guardou
2Sa 8:14
disse-lhe: “Quem es tu?” Esau Mal 1:2, 3
27:36 1 Que significa “aquele que agarra
´
27:25 1 Ou: “a minha alma ira abençoar- l 2Rs 8:20 o calcanhar; suplantador”. 27:40 1 Ou:
-te”. 27:31 1 Ou: “a sua alma”. 2Cr 28:17 “quando ficares impaciente”.
´
GENESIS 27:42–28:14 78
´
rancor de Jaco, por causa da CAP. 27 estrangeiro, a terra que Deus
ˆ ˜ ˜
bençao que o seu pai lhe dera, a a Am 1:11 deu a Abraao.” a
´ ´ ´
e Esau dizia no ıntimo: “Os dias
˜ ´ 5 Assim, Isaque mandou Jaco
de luto pelo meu pai estao a
b Gen ˜
35:28, 29 embora, e este partiu para Pada-
chegar. b Depois disso, vou matar ˜ ˜
˜ ´ ´ -Ara, para ir ter com Labao, fi-
o meu irmao Jaco.” 42 Quando c Gen 28:5
lho de Betuel, o arameu, b e ir-
Rebeca foi informada das pala- ´ ˜ ˜ ´
´ d Gen mao de Rebeca, c mae de Jaco e
vras de Esau, o seu filho mais ve- 26:34, 35 ´
´
Gen 28:8
de Esau.
lho, imediatamente mandou cha- ´
´ 6 Esau viu que Isaque tinha
mar Jaco, o seu filho mais novo, e Gen ´
24:2, 3 ´
˜ abençoado Jaco e que o tinha
e disse-lhe: “Olha, o teu irmao  ˜ ˜
´ ´ enviado a Pada-Ara, para que to-
Esau esta a planear matar-te CAP. 28 ´
˜ ´ masse de la uma esposa, e que,
para se vingar.1 43 Entao, meu f Gen
ao abençoa-lo, lhe tinha ordena-
´
24:34, 37
filho, faz o que te digo: foge de- ˆ ˜
˜ Ex 34:15, 16 do: “Nao tomes uma esposa den-
pressa para a casa de Labao, 1Rs 11:1-3 ˜
˜ ˜ tre as filhas de Canaa”. d 7 Tam-
meu irmao, em Hara. c 44 Mora 2Co 6:14 ´
bem viu que Jaco obedeceu ao
´
´ ` ˜ ˜
com ele por um tempo, ate que ´
g Gen 29:16 pai e a mae e partiu para Pada-
˜ ˜ ˜ ´
se acalme o furor do teu irmao, -Ara. e 8 Entao, Esau percebeu
´ ´
45 ate que diminua a raiva que h Gen
´
17:5
que as filhas de Canaa desagra-
˜
˜ Gen
o teu irmao tem de ti e esqueça 46:15, 19 davam a Isaque, seu pai; f 9 por
˜ ´
o que tu lhe fizeste. Entao man- 1Cr 2:1, 2
isso, Esau foi ter com Ismael e,
darei um aviso para que voltes. ´ ´ ´
´ i Gen 12:2, 3 alem das esposas que ja tinha,
Porque e que vos haveria de per- 
´ tomou como esposa Maalate,
der aos dois num so dia?” 2.a coluna ˜
irma de Nebaiote. g Maalate era
46 Depois, Rebeca dizia a Isa- ´
a Gen 12:7 filha de Ismael, filho de Abraao.
˜
´
que: “Odeio a minha vida por Gen 15:13 ´
´
Gen 17:1, 8 10 Jaco saiu de Berseba e se-
causa das filhas de Hete. d Se ˜
´ He 11:9 guiu para Hara. h 11 Chegando
Jaco tomar uma esposa dentre
´ a certo lugar, preparou-se para
as filhas de Hete, como as filhas b Gen 25:20 ´
passar la a noite, visto que o
desta terra, de que me adianta ´
c Gen 24:29 ´ ˜
viver?” e sol ja se tinha posto. Entao, pe-
˜ ´ gou numa das pedras daquele lu-
28
d Gen 28:1
Ent ao, Isaque chamou gar e, pondo-a debaixo da cabe-
´ 2Co 6:14
Jaco e abençoou-o, e or- ça, deitou-se ali mesmo. i 12 E
˜ ´
e Gen
denou-lhe: “Nao tomes uma es- 27:43
teve um sonho: viu uma escada
˜
posa dentre as filhas de Canaa. f ´
apoiada na terra, e o seu topo
˜ ˜ ` f Gen 27:46
2 Vai para Pada-Ara, a casa de chegava aos ceus. E anjos de
´
˜ ´
Betuel, pai da tua mae, e toma de g Gen 36:2, 3
Deus subiam e desciam por ela. j
´ ´
la como esposa uma das filhas ´
13 Por cima dela estava Jeova,
˜ ˜ ˜ h Gen
´
11:31
de Labao, g irmao da tua mae. Gen 27:43
e ele disse:
´
3 O Deus Todo-Poderoso ira ´ ´
i Gen “Eu sou Jeova, o Deus de
abençoar-te, dar-te filhos e multi- 28:18, 19 ˜
Abraao, teu pai, e o Deus de Isa-
plicar-te, e certamente te torna- `
´ ˜ j Jo 1:51 que.k Vou dar-te a ti e a tua des-
ras uma congregaçao de povos. h ˆ ´
´ ˆ ˜ He 1:7, 14 cendencia1 a terra em que estas
4 E ele ira dar-te a bençao de ˆ
˜ ` ˆ ´ deitado. l 14 E a tua descenden-
Abraao, i a ti e a tua descenden- k Gen ´
cia,1 para que tomes posse da
26:24, 25 cia1 certamente se tornara como
´ ´
terra em que tens vivido como ´ as partıculas de po da terra, m e
l Gen 12:7 ´
´
Gen 28:4 tu iras espalhar-te para o oes-
´
27:42 1 Ou: “esta a consolar-se com a Sal 105:9-11 te, para o leste, para o nor-
ideia de te matar”. 28:4, 13, 14 1 Lit.: ´
m Gen
te e para o sul; e todas as fa-
13:14, 16 ´ ˜
“semente”. 1Rs 4:20 mılias da terra certamente serao
´
79 GENESIS 28:15–29:14
abençoadas1 por meio de ti e CAP. 28 banhos, e depois recolocavam a
ˆ ´
por meio da tua descendencia.2a a Gen 18:18 pedra no lugar, sobre a boca do
´
15 Eu estou contigo, vou prote- Gen poço.
´ 22:15, 18 ˜ ´
ger-te onde quer que vas e vou 4 Entao, Jaco perguntou-lhes:
trazer-te de volta a esta terra. b ˜ ´
˜ ´ “Meus irmaos, de onde e que
Nao te deixarei ate que tenha ˜
sao?” Eles responderam: “So-
feito o que te prometi.” c ´ ˜
˜ ´
b Gen 35:6
mos de Hara.” a 5 Ele pergun-
16 Entao, Jaco acordou do ˜
´ tou-lhes: “Conhecem Lab ao, b
sono e disse: “Jeova realmen- neto de Naor?” c Eles responde-
´ ˜
te esta neste lugar, e eu nao sa- ´
c Gen 31:3 ram: “Conhecemos.” 6 Em vis-
bia disso.” 17 E ele ficou com ´
Num 23:19 ta disso, ele disse-lhes: “Ele esta
´
medo e acrescentou: “Este lugar Jos 23:14 ´
´ He 6:18 bem?” Responderam: “Ele esta
inspira mesmo temor! So pode
´ bem. E ali vem Raquel, d a sua
ser a casa de Deus, d e este e
˜ ´ filha, com as ovelhas!” 7 En-
o portao dos ceus.” e 18 Assim, ˜
´ ˜ tao ele disse: “Ainda estamos a
Jaco levantou-se de manha cedo, d Sal 47:2 ˜ ´
pegou na pedra em que apoiara meio do dia. Nao esta na hora
´ de recolher os rebanhos. Deem
a cabeça, colocou-a em pe como ´ `
´ agua as ovelhas e depois levem-
uma coluna e derramou oleo so-
˜ ` ´
-nas a pastar.” 8 Assim, disse-
bre ela. f 19 Entao, deu aquele e Gen 35:1
˜ ´ ˆ
lugar o nome de Betel;1 mas, an- ram: “Nao nos e permitido faze-
´
teriormente, o nome da cidade -lo ate que todos os rebanhos
era Luz. g ´
f Gen sejam ajuntados e a pedra seja
´ 31:13 ´
20 E Jaco fez um voto, di- rolada da boca do poço. So en-
˜ ´ `
zendo: “Se Deus continuar comi- tao damos agua as ovelhas.”
go e me proteger na minha via- 9 Enquanto ele ainda estava
˜ ´
g Gen 35:6
gem, se me der pao para comer Jos 16:1, 2
a falar com eles, Raquel chegou
e roupa para vestir, 21 e eu re- com as ovelhas do seu pai, pois
` ´
tornar em paz a casa do meu
˜ ´ era pastora. 10 Quando Jaco
pai, entao, certamente Jeova ˜
´ ´ viu Raquel, filha de Labao, ir-
tera mostrado que e o meu Deus. h Gen ´
35:1 ˜ ˜
mao da sua mae, e as ovelhas de
 ˜ ´
22 Esta pedra que ergui como Labao, Jaco aproximou-se ime-
´ 2.a coluna
coluna ira tornar-se uma casa de diatamente, rolou a pedra da
Deus; h e sem falta te darei um  ´ `
´ boca do poço e deu agua as
decimo de tudo o que me deres.” CAP. 29 ˜ ˜
´ ovelhas de Labao, irmao da sua
29
´ ˜ ˜ ´
Depois, Jaco continuou a a Gen
27:42, 43
mae. 11 Entao, Jaco beijou Ra-
sua viagem e foi para At 7:2 quel, e levantou a sua voz e ir-
˜ ´ ´
a terra dos orientais.1 2 Entao, rompeu em lagrimas. 12 Jaco
ele viu um poço no campo, junto contou a Raquel que era paren-
ˆ
ao qual havia tres rebanhos de ´ te1 do seu pai e filho de Rebeca.
ovelhas deitadas, porque se cos- b Gen 24:29 ´
´ E ela foi a correr conta-lo ao seu
tumava dar agua daquele poço pai.
aos rebanhos. Havia uma gran- ˜
13 Assim que Labao e ouviu a
de pedra sobre a boca do ´
c Gen 24:24 ´ ´
notıcia sobre Jaco, filho da sua
poço. 3 Quando todos os reba- ´
Gen 31:53 ˜
nhos eram ali ajuntados, os pas- irma, veio a correr ao seu encon-
tores rolavam a pedra da boca tro. Ele abraçou-o e beijou-o, e le-
´ vou-o para dentro da sua casa. E
do poço e davam agua aos re- ´
d Gen 46:19 ´ ˜
Jaco contou a Labao tudo o que
˜ ˆ Ru 4:11 ˜
28:14 1 Ou: “obterao para si uma ben- lhe tinha acontecido. ´ 14 Labao
˜
çao”. 2 Lit.: “semente”. 28:19 1 Que disse-lhe: “Es realmente sangue
´
significa “casa de Deus”. 29:1 1 Isto e,
˜ ˜
para uma terra a leste de Canaa. ´
e Gen 24:29 29:12 1 Lit.: “irmao”.
´
GENESIS 29:15–30:2 80
˜ ´ ´
do meu sangue.”1 Entao, Jaco fi- CAP. 29 tambem a outra mulher em troca
ˆ ´
cou com ele um mes inteiro. a Gen 28:5 de me servires mais sete anos.” a
˜ ˜ ´ ´
15 Labao disse entao a Jaco: 28 Jaco assim fez e celebrou a
´ ´
semana daquela mulher, e de-
“So por seres meu parente,1a vais b Gen
30:27, 28 ˜
servir-me de graça? Diz-me, qual ´
Gen 31:7 pois Labao deu-lhe a sua filha
´ ´ ´
sera o teu salario?”b 16 Ora, La- Raquel como esposa. 29 Alem
˜ disso, ele deu a sua serva Bila, b
bao tinha duas filhas. O nome da c Ru 4:11
`
mais velha era Lia e o nome da como serva, a sua filha Raquel. c
˜ ´ ´
mais nova era Raquel. c 17 Mas ´
d Gen 31:41 30 Entao, Jaco tambem teve
˜ ˜
os olhos de Lia nao tinham bri- relaçoes com Raquel. E ele ama-
´
lho, ao passo que Raquel se ti- e Gen 30:26 va Raquel mais do que ama-
Os 12:12 ˜
nha tornado uma mulher muito va Lia, e serviu Labao por mais
´ ´
bonita e atraente. 18 Jaco ti- ´ sete anos. d 31 Quando Jeova
f Gen 16:1, 2 ˜
nha-se apaixonado por Raquel, ´
Gen 30:9 viu que Lia nao era amada,1
´ ´
de modo que disse: “Estou dis- Gen 46:18 tornou possıvel que ela ficasse
´ ´
posto a servi-lo sete anos por gravida,2e mas Raquel era este-
´ ˜ ´
Raquel, a sua filha mais nova.” ´
d g Gen 31:7, 42 ril. f 32 Entao, Lia ficou gravi-
˜ ˜ 
19 Entao Labao disse: “E me- da e teve um filho, e deu-lhe
´ 2.a coluna ´
lhor para mim da-la a ti do que o ´ nome de Ruben,1g pois disse:
´ ´
a Gen 31:41 ´
da-la a outro homem. Continua a “E porque Jeova olhou para a
´ ˜
morar comigo.” 20 E Jaco ser- minha afliçao, h pois agora o meu
´
b Gen 35:22 ´
viu sete anos por Raquel, e que, marido começara a amar-me.”
´
aos seus olhos, pareceram ape- ´ 33 Ela ficou novamente gr´ avida
c Gen 30:1, 3
nas alguns dias, por causa do e teve um filho, e disse: “E por-
´
seu amor por ela. que Jeova me ouviu, visto que
˜ ´ d Os 12:12 ˜ ´
21 Entao, Jaco disse a La- nao era amada; assim, tambem
˜ me deu este.” Por isso, deu-lhe o
bao: “Entregue-me a minha espo- ´
e Gen 46:15 ˜
sa, porque terminaram os meus Ru 4:11 nome de Simeao.1i 34 Ela ficou
´
dias, para que eu tenha rela- gravida mais uma vez e teve ou-
˜ ´
çoes com ela.” 22 Em vista dis- f Gen 30:22 tro filho, e disse: “Agora, o meu
´
˜ marido ira unir-se a mim, porque
so, Labao reuniu todos os ho- ´ ˆ
mens daquele lugar e deu um g Gen 35:22 lhe dei tres filhos.” Portanto, ele
´
` Gen 37:22
recebeu o nome de Levi.1j 35 E,
banquete. 23 Mas, a noite, ele ´
Gen 49:3, 4 ´
ˆ
pegou em Lia, a sua filha, e Ex 6:14 mais uma vez, ela ficou gravida e
´ 1Cr 5:1 teve um filho, e disse: “Desta vez,
levou-a a Jaco, para que ti- ´
˜
vesse relaçoes com ela. 24 La- ´ louvarei a Jeova.” Assim, deu-lhe
´
˜ ´ h Gen 30:20
o nome de Juda.1k Depois disso,
bao deu tambem a sua serva Zil- 1Sa 1:5, 6
` ela parou de ter filhos.
pa, como serva, a sua filha Lia. f Lu 1:24, 25
˜ ´
25 De manha, Jaco viu que era
Lia! Assim, ele disse a Labao:
´ ˜
˜ ´
i Gen
´
34:25
Gen 49:5
30 ´
Quando Raquel viu que
˜
nao tinha dado filhos a
´
“O que e que me fez? Nao foi 1Cr 4:24 Jaco, ficou com ciumes da sua
por Raquel que o servi? Porque ˜ ´
´ ˜ irma e começou a dizer a Jaco:
e que me enganou?” g 26 Labao ´ ´ ˜
˜ ´ j Gen 34:25 “Da-me filhos, senao morrerei.”
´ ´
respondeu: “Aqui nao e costume Gen 49:5
ˆ
Ex 6:16
2 Com isto, Jaco enfureceu-se
dar a mais nova antes da pri- ´ com Raquel e disse: “Por acaso,
´ Num 3:12
mogenita. 27 Celebra a semana 1Cr 6:1
´ 29:31 1 Lit.: “Lia era odiada”. 2 Lit.:
desta mulher. Depois receberas
´
k Gen 35:23 “abriu o seu ventre”. 29:32 1 Que sig-
29:14 1 Ou: “realmente meu parente ´ ˆ
Gen 37:26
´
nifica “Ve, um filho!” 29:33 1 Que sig-
´
consangu ıneo”. Lit.: “realmente meu Gen 44:18
´ nifica “ouvir”. 29:34 1 Que significa
Gen 49:8 ˜
osso e minha carne”. 29:15 1 Lit.: “ir- 1Cr 2:3 “adesao; unido”. 29:35 1 Que significa
˜
mao”. Ap 5:5 “louvado; objeto de louvor”.
´
81 GENESIS 30:3-25
´
estou no lugar de Deus, que te CAP. 30 dragoras do teu filho.” 15 Mas
impediu de ter filhos?”1 3 En- ´
a Gen 29:29 Lia respondeu: “Achas pouco te-
˜ ´
tao ela disse: “Aqui esta a mi- res-me tirado o marido? a Agora
˜ ´ ´
nha escrava Bila. a Tem relaçoes b Gen 35:22 tambem me queres tirar as man-
´ ˜
com ela, para que ela tenha fi- dragoras do meu filho?” Entao
´ Raquel disse: “Pronto, ele vai
lhos por mim1 e assim, por c Gen 35:25
`
´ ´
Gen 46:23 deitar-se contigo hoje a noite em
meio dela, eu tambem tenha fi- ´
Gen 49:16 ´
lhos.” 4 Com isto, deu-lhe Bila, troca das mandragoras do teu fi-
´ lho.”
sua serva, como esposa, e Jaco ´
d Gen 35:25 ´
˜ 16 Quando Jaco estava a vol-
teve relaçoes com ela. b 5 Bila ´
Gen 46:24
´ ´
Gen 49:21 tar do campo, ao anoitecer, Lia
ficou gravida e deu um filho
´ ˜ De 33:23
a Jaco. 6 Raquel disse entao: saiu ´ ao seu encontro e dis-
´ ˜
“Deus agiu como meu juiz e tam- ´ se: “E comigo que teras relaçoes,
´ e Gen 35:26
pois comprei esse direito com as
bem escutou a minha voz, de ´
modo que me deu um filho.” Foi ´ mandragoras do meu filho.” As-
f Gen 49:19
por isso que lhe deu o nome de ´
Num 32:33 sim, ele deitou-se com ela na-
˜ quela noite. 17 E Deus ouviu e
Da.1c 7 Bila, serva de Raquel, ´
´ atendeu Lia, e ela ficou gravi-
ficou gravida mais uma vez e deu g Lu 1:46, 48
´ da e deu um quinto filho a
um segundo filho a Jaco. 8 En- ´ ˜
˜
tao, Raquel disse: “Em lutas ar-
´ ´
h Gen 35:26 Jaco. 18 Entao Lia disse: “Deus
˜ ´ ´
duas, lutei com a minha irma
Gen 46:17
´
deu-me o meu salario,1 porque
´ Gen 49:20
dei a minha serva ao meu ma-
e saı vencedora!” Portanto, deu- De 33:24
-lhe o nome de Naftali.1d rido.” Portanto, deu-lhe o nome
´
´ de Issacar.2b 19 Lia ficou gravi-
9 Quando Lia viu que ti- i Gen 29:32
 da mais uma vez e deu um sexto
nha parado de ter filhos, to- ´
2.a coluna filho a Jaco. c 20 Lia disse en-
mou Zilpa, sua serva, e deu-a a ˜
´ ´ tao: “Deus deu-me, sim, deu-me
Jaco como esposa. e 10 E Zilpa, a Gen 29:30
a mim, um bom presente. Final-
a serva de Lia, deu um filho a mente, o meu marido vai tole-
´ ˜ ´
Jaco. 11 Lia disse entao: “Que b Gen
´
35:23
Gen 46:13 rar-me, d pois dei-lhe seis filhos.” e
sorte!” Por isso, deu-lhe o nome ´
Gen 49:14 Portanto, deu-lhe o nome de
de Gade.1f 12 Depois disso, Zil- De 33:18 ˜
Zebulao.1f 21 Depois, ela teve
pa, a serva de Lia deu um se- uma filha e deu-lhe o nome de
´ ´
gundo filho a Jaco. 13 Lia dis- c Ru 4:11
Dina. g
˜
se entao: “Que felicidade! As 22 Finalmente, Deus lembrou-
˜ ´
d Gen 29:32
mulheres1 certamente dirao que -se de Raquel, e Deus ouviu-a e
sou feliz.” g Portanto, deu-lhe o ´
´ atendeu-a, tornando possıvel que
nome de Aser.2h e Gen 35:23 ´
´
Gen 46:15 ficasse gravida.1h 23 Ela ficou
14 Nos dias da colheita do tri- ´
´
Sal 127:3 gravida e teve um filho. Disse
go, Ruben i estava a passear pelo ˜
entao: “Deus tirou-me a minha
´
campo quando encontrou man-
´ ˜
f Gen 46:14 vergonha!” i 24 Portanto, deu-
´
Gen 49:13 ´
dragoras. Entao levou-as a Lia, -lhe o nome de Jose,1j dizendo:
˜ De 33:18 ´
sua mae. E Raquel disse a Lia: “Jeova acrescentou-me outro fi-
´
“Da-me, por favor, algumas man- ´
g Gen 34:1 lho.”
25 Depois de Raquel ter dado
30:2 1 Ou: “que te negou o fruto do ´
ˆ ` h Gen 29:31 ´
ventre”. 30:3 1 Lit.: “de a luz sobre 30:18 1 Ou: “o salario de um contra-
os meus joelhos”. 30:6 1 Que significa ´ ´
tado”. 2 Que significa “ele e sal a-
“juiz”. 30:8 1 Que significa “as minhas i Lu 1:24, 25 ˆ
rio”. 30:20 1 Que significa “toleran-
lutas”. 30:11 1 Que significa “boa sor- ´ cia”. 30:22 1 Lit.: “e Deus escutou-a e
te”. 30:13 1 Lit.: “filhas”, referindo-se j Gen
´
35:24
abriu-lhe o ventre”. 30:24 1 Forma re-
` Gen 45:4
as mulheres daquela terra. 2 Que sig- De 33:13 duzida de Josifias, que significa “que
nifica “feliz; felicidade”. At 7:9 Jah acrescente (aumente)”.
´
GENESIS 30:26-43 82
` ´ ´
a luz Jose, Jaco disse imediata- CAP. 30 segundo a tua palavra.” a 35 En-
˜ ´ ˜ ˜
mente a Labao: “Deixe-me par- a Gen 28:15 tao, naquele dia, Labao separou
´
tir, para que eu volte para o Gen 31:13 os bodes listrados e os malha-
meu lugar e para a minha ter- dos e todas as cabras com man-
ˆ
ra. a 26 De-me as minhas espo- chas e as malhadas, todos aque-
sas e os meus filhos, pelos quais les que tinham algo branco e
´
o servi, para que eu me va em- todos os carneirinhos castanho-
bora; pois sabe muito bem como -escuros, e entregou-os aos cui-
˜ ˜
o servi.” b 27 Entao, Labao dis- ´
b Gen 31:41 dados dos seus filhos. 36 De-
se-lhe: “Se achei favor aos teus ˆ
´ Os 12:12 pois, estabeleceu uma distancia
olhos, . . . Entendi pelos pressa- ˆ
´ ´ de tres dias de viagem entre si
gios1 que Jeova esta a abençoar- ´ ´
e Jaco. E Jaco pastoreava o res-
-me por tua causa.” 28 E acres- ˜
´ tante dos rebanhos de Labao.
centou: “Estipula o teu salario, ˜ ´
´ 37 Entao, Jaco apanhou va-
e irei dar-to.” c 29 Por isso, Jaco ras ainda verdes de estoraque,
disse-lhe: “O senhor sabe como ´
´
c Gen 31:7
de amendoeira e de platano,
o servi e como os seus re- e, descascando parte das varas,
ˆ
banhos tem prosperado comigo. d deixou exposta a parte branca
30 Antes de eu vir, era pou- do seu interior. 38 Depois, co-
co o que o senhor tinha, mas locou as varas descascadas dian-
os seus rebanhos aumentaram e te do rebanho, nas calhas, nos
´
multiplicaram-se, e Jeova tem-
bebedouros, onde os rebanhos
-no abençoado desde que che- ´ ´
´ d Gen 31:38 iam beber agua, para que ficas-
guei. Agora, quando e que farei
´ ´ sem com cio diante delas quan-
algo para a minha propria famı-
do fossem beber.
lia?” e
˜ 39 Assim, os rebanhos acasa-
31 Ele perguntou entao: “O
´ ´ lavam1 diante das varas, e os
que e que te devo dar?” E Jaco
˜ ´ rebanhos produziam crias lis-
respondeu: “Nao me dara abso-
lutamente nada! Voltarei a pas- ´
e Gen tradas, com manchas e malha-
32:9, 10 ˜ ´
torear o seu rebanho e a cui- das. 40 Entao, Jaco separou
dar dele f se me fizer o seguinte: os cordeiros e colocou os re-
32 hoje, vou passar por todo o banhos de frente para os lis-
seu rebanho. Separe todas as trados e de frente para todos
ovelhas com manchas ou malha- os castanho-escuros entre os re-
˜
das, todos os carneirinhos cas- banhos de Labao. Depois, sepa-
f Os 12:12
´
tanho-escuros e todas as cabras rou os seus proprios rebanhos
˜
malhadas ou com manchas. De e nao os misturou com os re-
˜ ˜
agora em diante, estes serao o banhos de Labao. 41 E, sem-
´ pre que os animais robustos es-
meu salario. g 33 E a minha re- ´
˜ ´ tavam com cio, Jaco colocava
tidao1 falara por mim no futu-
ro, no dia em que o senhor vier as varas nos bebedouros, dian-
´ te dos olhos dos rebanhos, para
para inspecionar o meu salario. g Gen ´
31:7
Se houver comigo alguma ca-  que ficassem com cio perto das
˜ varas. 42 Mas, quando os ani-
bra que nao tenha manchas ou 2.a coluna ˜
seja malhada, e algum carneiri- ´ mais eram fracos, nao colocava
˜ a Gen 31:8 ´
nho que nao seja castanho-escu- la as varas. Assim, os fracos fi-
´ ˜
ro, sera considerado furtado.” cavam sempre para Labao, mas
˜ ´
34 Diante disso, Labao disse: os robustos para Jaco. b
´ 43 E o homem prosperou
“Isso e excelente! Que aconteça
ˆ
muito, e passou a ter grandes re-
30:27 1 Ou: “pelos sinais; pelas eviden-
cias”. 30:33 1 Ou: “honestidade”. ´
b Gen 31:9 30:39 1 Ou: “entravam no cio”.
´
83 GENESIS 31:1-24
˜ ´
banhos, servas e servos, came- CAP. 30 o que Labao te esta a fazer. a
los e jumentos. a ´
a Gen 32:5 13 Eu sou o verdadeiro Deus de
´
˜ ´
31
Gen 36:6, 7 Betel, b onde ungiste uma coluna
Entao, Jaco ouviu que os 
˜ e onde me fizeste um voto. c Ago-
filhos de Labao diziam: CAP. 31
´ ra, levanta-te, sai desta terra e
“Jaco apoderou-se de tudo o que ´
b Gen 30:33 `
pertencia ao nosso pai, e acu- volta a tua terra natal.’” d
mulou toda esta riqueza daqui- ´
c Gen 30:27 14 Perante isto, Raquel e Lia
lo que pertencia ao nosso pai.” b disseram-lhe: “Herdaremos ain-
´ ´
d Gen
2 E, quando Jaco olhava para o ´
28:15 da alguma parte dos bens da
˜
˜ Gen 32:9
´ casa do nosso pai? 15 Nao nos
rosto de Labao, via que a sua Gen 35:27
´ ˜ considera ele estrangeiras? Pois
atitude para com ele ja nao ´
era como dantes. c 3 Finalmen- e Gen 30:27 vendeu-nos e gastou todo o di-
´
´ ´ ` nheiro que se deu por nos. e
te, Jeova disse a Jaco: “Volta a ´
f Gen 48:15
terra dos teus pais e aos teus pa- 16 Todas as riquezas que Deus
´ ˜
rentes, d e eu continuarei conti- g Gen tirou ao nosso pai sao nossas e
˜ ´ 30:29, 30
go.” 4 Entao, Jaco mandou cha- dos nossos filhos. f Por isso, faz
mar Raquel e Lia ao campo, ´
h Gen 30:32 tudo o que Deus te mandou.” g
˜ ´
onde estava o seu rebanho, 5 e ´
17 Entao, Jaco levantou-se e
disse-lhes: i Gen 30:39

montou os seus filhos e as suas
“Tenho visto que a atitude do esposas em camelos h 18 e, con-
2.a coluna
vosso pai para comigo mudou, e ´ duzindo todos os rebanhos, os
a Gen 29:25
mas o Deus do meu pai tem ´
Gen 31:39 rebanhos que lhe pertenciam e
˜ ˜
estado comigo. f 6 Sabem muito que acumulara i em Pada-Ara, e
´
bem que servi o vosso pai com b Gen 12:8, 9 todos os bens que acumulara,
´
Gen 35:15
todas as minhas forças. g 7 E o partiu para a casa de Isaque, seu
˜
vosso pai tentou enganar-me e ´
c Gen pai, na terra de Canaa. j
´ 28:18, 22 ˜
mudou o meu salario dez ve-
˜ 19 Enquanto Labao tinha ido
zes, mas Deus nao permitiu ´
d Gen 35:14 tosquiar as ovelhas, Raquel
que ele me prejudicasse. 8 Se, ´ ´ ´
Gen 37:1 furtou os ıdolos domesticos1k
por um lado, ele dizia: ‘Os ani- que pertenciam ao seu pai. l
˜ ´
e Gen 31:41 ´ ´
mais com manchas serao o teu
´ Os 12:12 20 Alem disso, Jaco usou de as-
salario’, todo o rebanho produ- ´ ˜
tucia para com Labao, o arameu,
zia animais com manchas; mas ´
f Gen 31:1 ˜
pois nao o avisou de que se es-
se, por outro lado, dizia: ‘Os
˜ ´ ´
g Gen 31:3
tava a ir embora. 21 Ele fugiu
listrados serao o teu salario’, e atravessou o rio Eufrates,1m
todo o rebanho produzia listra- ´
h Gen 33:13 com tudo o que tinha, e diri-
dos. h 9 Assim, Deus tirava o re- ˜
´ giu-se para a regiao montanhosa
banho do vosso pai e dava-o a i Gen
30:42, 43 de Gileade. n 22 No terceiro dia,
mim. 10 Uma vez, quando o re- ˜ ´
Labao foi informado de que Jaco
banho ficou com cio, levantei os ´ ˜
j Gen 35:27 tinha fugido. 23 Entao, levou
olhos e vi num sonho que os bo- ˜
´
k Gen consigo os seus irmaos1 e perse-
des que cobriam o rebanho eram 35:2 ´
Jos 24:2 guiu Jaco, e, depois de uma via-
listrados, com manchas e malha- gem de sete dias, alcançou-o na
˜ ´ ˜
dos. i 11 Entao, o anjo do ver- l Gen 31:14
regiao montanhosa de Gileade.
dadeiro Deus disse-me no sonho: ˜
´ ´
m Gen 15:18 24 Entao, Deus apareceu a La-
‘Jaco!’ Eu respondi: ‘Estou aqui.’ ˜
bao, o arameu, o num sonho, de
12 Ele continuou: ‘Levanta os ´
n Num 32:1 noite, p e disse-lhe: “Tem cuidado
ˆ
olhos, por favor, e ve que todos ´
o Gen 25:20 ´
os bodes que cobrem o rebanho 31:19 1 Ou: “deuses domesticos”. Lit.:
˜ Os 12:12
sao listrados, com manchas e “terafins”. 31:21 1 Lit.: “o Rio”. 31:23
malhados, pois tenho visto tudo ´
p Gen 20:3 1 Ou: “parentes”.
´
GENESIS 31:25-42 84
´ ´ ´
com o que vais dizer a Jaco, seja CAP. 31 nha tirado os ıdolos domesticos1
algo bom, seja algo mau.”1a a Sal 105:15 e tinha-os colocado no cesto das
˜
25 Assim, Labao aproximou- mulheres da sela do camelo, e
´ ´
-se de Jaco, pois Jaco tinha ar- estava sentada em cima deles.
˜
mado a tenda na montanha, e Assim, Labao vasculhou toda a
˜ ˜ ˜
Labao e os seus irmaos tinham ´ tenda, mas nao os encontrou.
˜ b Gen 31:24 ˜
acampado na regiao montanho-
˜ 35 Entao, ela disse ao seu pai:
˜
sa de Gileade. 26 Entao, La- “Nao se zangue, meu senhor, por
˜ ´ ´ ˜
bao disse a Jaco: “O que e nao me poder levantar diante de
´ ´
que fizeste? Porque e que usas- si, pois estou com o incomodo
´
te de astucia para comigo e le- ´
c Gen 31:19 habitual das mulheres.” a Assim,
´
vaste as minhas filhas como se Gen 35:2 ele continuou a procurar cuida-
fossem cativas tomadas pela es- ˜
´ dosamente, mas nao encontrou
pada? 27 Porque e que fugiste ´ ´
´ os ıdolos domesticos.1b
secretamente, usando de astucia ´
˜ 36 Com isso, Jaco ficou zan-
para comigo, e nao me avisas- ´
d Gen gado e começou a criticar La-
te? Se me tivesses dito, poderia 46:18, 25 ˜ ´ ˜
bao. Jaco disse entao a La-
despedir-te com alegria e com  ˜
˜ bao: “Qual foi o meu crime e
cançoes, com pandeireta e com 2.a coluna
que pecado cometi, para o se-
harpa. 28 Mas nem sequer me a Le 15:19
nhor me perseguir furiosamen-
deste oportunidade de beijar os te? 37 Agora que vasculhou to-
meus netos1 e as minhas filhas. ´
dos os meus bens, o que e que
Agiste de maneira insensata. `
encontrou que pertença a sua
29 Tenho poder para vos preju- `
´
b Gen 31:19 casa? Ponha-o aqui a frente dos
dicar, mas o Deus do teu pai fa- ˜ ˜
` meus irmaos e dos seus irmaos,
lou comigo ontem a noite, e dis- ´
se-me: ‘Tem cuidado com o que e que eles decidam entre nos
´
vais dizer a Jaco, seja algo bom, os dois. 38 Nestes 20 anos que
seja algo mau.’ b 30 Sei que par- ´ estive consigo, as suas ovelhas
c Gen 30:27
tiste por teres saudades da casa e as suas cabras nunca aborta-
´ ram, c e eu nunca comi os carnei-
do teu pai, mas porque e que ˜
furtaste os meus deuses?” c ros do seu rebanho. 39 Nao lhe
´ ˜ trouxe nenhum animal dilacera-
31 Jaco respondeu a Labao: ´
“Parti secretamente porque fi- d 1Sa 17:34 do por feras. d Eu e que assumia
´
quei com medo, pois pensei que esse prejuızo. Caso um animal
me poderia tirar as suas filhas fosse roubado de dia, ou caso
` ` fosse roubado de noite, o senhor
a força. 32 Quanto aquele com ˜
quem encontrar os seus deuses, ´ cobrava-me uma compensaçao.
˜ ´ e Gen 47:9
nao ficara vivo. Diante dos nos- 40 De dia, eu era consumido pelo
˜ calor, e, de noite, pelo frio; e o
sos irmaos, examine o que te- ´
´ sono fugia-me dos olhos. e 41 Ha
nho e leve o que e seu.” Mas
´ ˜ 20 anos que estou na sua casa.
Jaco nao sabia que Raquel os
˜ ´
tinha furtado. 33 Assim, Labao f Gen 31:7 Servi-o 14 anos pelas suas duas
´ filhas e seis anos pelo seu reba-
entrou na tenda de Jaco, na ten-
da de Lia e na tenda das duas nho, e o senhor mudou o meu sa-
˜ ´
escravas, d mas nao os encon- lario dez vezes. f 42 Se o Deus
˜
trou. De seguida, saiu da tenda ´ do meu pai, g o Deus de Abraao
g Gen 28:13
de Lia e entrou na tenda de Ra- ´
Gen 31:29 e Aquele a quem Isaque teme1h
˜
quel. 34 Entretanto, Raquel ti- nao tivesse estado do meu lado,
˜ ´
31:24 1 Lit.: “Guarda-te para nao fala- 31:34, 35 1 Ou: “deuses domesticos”.
´ ´ Lit.: “terafins”. 31:42 1 Lit.: “e o temor
res com Jaco desde o bem ate ao mal.”
31:28 1 Lit.: “filhos”. ´
h Gen 31:53 de Isaque”.
´
85 GENESIS 31:43–32:7
˜
o senhor ter-me-ia mandado em- CAP. 31 prejudicar e de que tu nao pas-
˜ ´ ´
bora de maos vazias. Deus viu a a Gen 31:24 saras deste monte de pedras e
˜ ´
minha afliçao e o trabalho arduo desta coluna para me prejudica-
˜ ˜
das minhas maos, e foi por isso res. 53 Que o Deus de Abraao a
`
que o repreendeu ontem a noite.”a ´ e o Deus de Naor, o Deus do pai
˜ ˜ b Gen 28:18 ´ ´
43 Entao, Labao respondeu a deles, julgue entre nos.” E Jaco
´ ˜ jurou por Aquele a quem o seu
Jaco: “Estas sao as minhas fi-
˜ pai Isaque temia.1b
lhas, estes sao os meus netos, ´
´
este e o meu rebanho, e tudo ´
c Gen 54 Depois disso, Jaco ofere-
ˆ ´ 31:22, 23 ´
o que ves e meu e das mi- ceu um sacrifıcio na montanha
´ ˜
nhas filhas. O que e que pos- e convidou os seus irmaos para
˜
so fazer hoje contra elas ou comer pao. Por conseguinte, co-
contra os filhos que elas deram ´
d Gen meram e passaram a noite na
` ˜
a luz? 44 Agora vem, façamos 31:44, 45 montanha. 55 Labao, no entan-
 ˜
um pacto, eu e tu, e o pacto ser- to, levantou-se de manha cedo e
´ ´ 2.a coluna beijou os seus netos1c e as
vira de testemunho entre nos.”
´ ´
a Gen
45 Assim, Jaco pegou numa pe- 17:1, 7 suas filhas, e abençoou-os. d De-
˜
´ pois, Labao partiu e voltou para
dra e colocou-a em pe como
´
uma coluna. b 46 Jaco disse en- casa. e
˜ ˜ ´
tao aos seus irmaos: “Apanhem
32
´
b Gen 31:42 Jaco prosseguiu o seu ca-
pedras!” E eles apanharam pe- minho, e os anjos de Deus
dras e amontoaram-nas. Depois, encontraram-se com ele. 2 As-
comeram ali sobre o monte de ´
˜ ´ sim que os viu, Jaco excla-
pedras. 47 Labao chamou-lhe c Gen 31:28 ´
´ mou: “Este e o acampamento de
Jegar-Saaduta,1 mas Jaco cha- `
Deus!” Por isso, deu aquele lugar
mou-lhe Galeede.2 o nome de Maanaim.1
˜ ˜ ˜ ´
48 Entao, Labao disse: “Hoje, ´
d Gen 3 Entao, Jaco enviou mensa-
´ 24:59, 60 ` ´
este monte de pedras e testemu- geiros a sua frente, a Esau, seu
nha entre mim e ti.” Foi por isso ˜ `
irmao, a terra de Seir, f o terri-
que lhe chamou Galeede c 49 e ´
torio1 de Edom, g 4 e ordenou-
Torre de Vigia, pois disse: “Que ´ ˜
´ e Gen 27:43 -lhes: “Dirao o seguinte ao meu
Jeova vigie entre mim e ti, quan-
´
Gen 28:2 ´
senhor Esau: ‘Assim diz o teu
do estivermos longe da vista um  ´
servo Jaco: “Morei1 com La-
do outro. 50 Se maltratares as CAP. 32 ˜ ´
´
bao por muito tempo, ate ago-
minhas filhas e começares a to-
´
f Gen
´
27:39
Gen 36:8
ra. h 5 E adquiri touros, jumen-
mar esposas alem das minhas fi- De 2:5 tos, ovelhas, servos e servas, i e
˜
lhas, mesmo que nao haja nin- Jos 24:4 estou a mandar esta mensagem
´
guem que o veja, lembra-te de para informar o meu senhor, a
´
que Deus sera testemunha entre fim de achar favor aos seus
˜
mim e ti.” 51 Labao ainda dis- ´ olhos.”’”
´ ´ g Gen 25:30 ´
se a Jaco: “Aqui esta o monte de
´ 6 Apos algum tempo, os men-
pedras e aqui esta a coluna que ´
sageiros voltaram a Jaco, dizen-
erigi entre mim e ti. 52 Este ˜
´ do: “Estivemos com o teu irmao
monte de pedras e testemunha, ´
h Gen ´ ´
´ ´
31:41 Esau; ele esta a vir ao teu en-
e a coluna e algo que da teste- ´
˜ contro, e ha 400 homens com
´
munho, d de que eu nao passarei ele.” j 7 Jaco ficou muito aflito
deste monte de pedras para te ´
i Gen 30:43
´
Gen 33:11 31:53 1 Lit.: “pelo temor do seu pai Isa-
˜
31:47 1 Expressao aramaica que signi- que”. 31:55 1 Lit.: “filhos”. 32:2 1 Que
fica “monte de testemunho”. 2 Expres- significa “dois acampamentos”. 32:3
˜
sao hebraica que significa “monte de 1 Lit.: “campo”. 32:4 1 Ou: “Morei como
testemunho”. ´ estrangeiro”.
j Gen 33:1, 2
´
GENESIS 32:8-30 86
´
e apavorado. a Por isso, dividiu o CAP. 32 meu senhor Esau, a e ele mes-
´ ´ ´ ´
povo que estava com ele em dois a Gen 27:41 mo tambem vem atras de nos!’”
´ ´
grupos, bem como as ovelhas, os Gen 32:11 19 Ordenou tambem ao segun-
bois e os camelos. 8 Ele disse: do, ao terceiro e a todos os
´ ´
“Se Esau atacar um grupo, o ou- b Gen 31:3, 13 que acompanhavam os rebanhos:
´ ´
tro grupo podera escapar.” “Quando encontrarem Esau, de-
´ ´ ´
9 Depois disso, Jaco disse: “O c Gen 28:15 vem dizer-lhe estas palavras.
´
˜
Deus do meu pai Abraao e Deus Sal 100:5
20 Tambem devem dizer: ‘O seu
´ ´ ´ ´ ´
do meu pai Isaque, o Jeova, tu servo Jaco vem atras de nos.’”
` ´
d Gen 28:10
que me dizes: ‘Volta a tua ter- ´ Pois dizia para consigo: ‘Se eu o
Gen 30:43
ra e aos teus parentes, e eu ´
Gen 32:7 acalmar, mandando um presen-
˜ `
vou tratar-te bem’, b 10 nao me- te a minha frente, b talvez ele me
reço todo o amor leal e toda a e Sal 34:4 receba bem quando o encontrar
fidelidade que tens demonstrado depois.’ 21 Por isso, o presente
`
ao teu servo, c pois, quando atra- ´ foi enviado a sua frente, mas ele
˜ f Gen 27:41
vessei este Jordao, tinha ape- passou a noite no acampamento.
˜
nas o meu bastao, e agora tor- ´
g Gen 28:14
22 Mais tarde naquela noi-
nei-me em dois grandes grupos. d ´
Gen 46:2, 3 te, ele levantou-se e, levando as
˜ ˆ
11 Salva-me, rogo-te, e da mao Ex 1:7
ˆ duas esposas, c as duas servas d
˜ ´ Ex 32:13
do meu irmao Esau, pois estou At 7:17
e os onze filhos jovens, passou
com medo dele, de que venha e pelo ponto de travessia do Jabo-
` ˜ ˆ
me ataque a mim f e as maes com ´
h Gen 33:10
que. e 23 Assim, levou-os e fe-
os filhos. 12 Foste tu que dis- -los atravessar a corrente1 com
seste: ‘Certamente, eu vou tra- ´ tudo o que tinha.
i Gen 30:43 ´
tar-te bem e tornar a tua descen-
ˆ ˜  24 Finalmente, Jaco ficou so-
dencia1 como os graos de areia ˜
˜ 2.a coluna zinho. Entao, um homem co-
do mar, que sao numerosos de- ´
´
a Gen 33:8
meçou a lutar com ele ate
mais para serem contados.’” g ao amanhecer. f 25 Quando viu
13 Ele passou ali a noite. En- ˜ ´
˜ ´ que nao tinha vencido Jaco, to-
tao, daquilo que tinha, separou
b Gen 43:11 ˜
´ 1Sa 25:18 cou-lhe na articulaçao da anca;
um presente para Esau, seu ir- ´
˜ e a anca de Jaco deslocou-se en-
mao: h 14 200 cabras, 20 bo- ´
c Gen 29:30 quanto lutava com ele. g 26 De-
des, 200 ovelhas, 20 carneiros, ´
Ru 4:11 pois disse: “Deixa-me ir, pois esta
15 30 camelas que amamenta- ˜ ´
a amanhecer.” Entao, Jaco dis-
vam e as suas crias, 40 vacas, 10 ´ ˜
d Gen 30:3, 9 se: “Nao te deixarei ir, a me-
touros, 20 jumentas e 10 jumen- nos que me abençoes.” h 27 Per-
tos. i ˜ ´
e De 3:16 guntou-lhe, entao: “Qual e o teu
16 Entregou-os aos seus ser- ´
´
Jos 12:2 nome?” Ele respondeu: “Jaco.”
Jz 11:13 ´
vos, um rebanho apos outro,
` 28 E ele disse: “O teu nome ja
e disse-lhes: “Passem a minha ˜ ´ ´
nao sera Jaco, mas, sim, Is-
frente, e devem deixar um espa- f Os 12:3
rael,1i pois lutaste com Deus j e
ço entre um rebanho e outro.” com homens e, por fim, ven-
´ ´ ´
17 Ele tambem ordenou ao pri- g Gen ceste.” 29 Jaco disse-lhe: “Diz-
´ 32:31, 32
meiro servo: “Caso Esau, meu ir- -me o teu nome, por favor.”
˜
mao, te encontre e pergunte: ‘A No entanto, ele respondeu: “Por-
quem pertences, para onde vais
h Os 12:4 ´
que e que me perguntas o meu
e a quem pertencem estes ani- ˜
` ´ nome?” k Entao, abençoou-o ali.
mais a tua frente?’, 18 deves i Gen 35:10 ´
´ ˜ 30 Por isso, Jaco deu ao lugar o
dizer: ‘Ao seu servo Jaco. Sao
´
um presente que ele envia ao j Os 12:3 32:23 1 Ou: “o vale da torrente; o uadi”.
32:28 1 Que significa “aquele que luta
32:12 1 Lit.: “semente”. k Jz 13:17, 18 (persevera) com Deus” ou “Deus luta”.
´
87 GENESIS 32:31–33:19
´ ˜
nome de Peniel,1a pois disse: “Eu CAP. 32 Jaco disse: “Nao, por favor. Se
vi Deus face a face, e, ainda as- a 1Rs 12:25 achei favor aos seus olhos, acei-
˜
sim, a minha vida2 foi preserva- te o presente da minha mao,
da.” b ´
b Gen 16:7, 13 pois trouxe-o para poder ver o
31 E o sol começou a brilhar Jz 6:22 seu rosto. E vi o seu rosto como
Jo 1:18
sobre ele assim que passou por se visse a face de Deus, vis-
Penuel,1 mas ele coxeava ´ por ´
to que me recebeu com prazer. a
causa da anca. c 32 E por isso c Gen 32:25 11 Por favor, aceite o presente
´ 
que lhe foi trazido,1b pois Deus
que, ate ao dia de hoje, os filhos
˜ CAP. 33
de Israel nao costumam comer favoreceu-me e eu tenho tudo o
˜ ´
d Gen 32:6 ´ ´
o tendao da coxa,1 que fica na que e necessario.” c E continuou
˜ ´
articulaçao da anca, porque ele a insistir com ele, ate que ele
˜ ´
tocou na articulaçao da anca de e Gen 32:22 aceitou.
´ ˜ ´
Jaco, no tendao da coxa. 12 Mais tarde, Esau disse:
´ `
33
´
Jaco levantou os olhos e f Gen 30:7, 12 “Vamos partir, e deixa-me ir a
´ tua frente.” 13 Mas ele disse-
viu Esau a chegar, e com ´
ele havia 400 homens. d Assim, g Gen 30:19 -lhe: “O meu senhor sabe que as
˜ ´
repartiu os filhos entre Lia, Ra- crianças sao frageis d e que te-
ˆ ´
quel e as duas servas. e 2 Pos h Gen 30:22-24 nho aos meus cuidados ovelhas
˜
` e vacas que estao a amamen-
as servas e os seus filhos a fren-
te, f Lia e os seus filhos depois ´
i Gen 32:22 tar; se forem forçadas a an-
´ ´ Sal 127:3 dar demasiado depressa, mesmo
deles, g e Raquel h e Jose por ul- ´
˜ `
timo. 3 Entao, passou a frente que seja por um so dia, todo
´
deles e curvou-se por terra sete
´
j Gen 33:2 o rebanho morrera. 14 Por fa-
´ `
vezes, ao aproximar-se do seu ir- vor, meu senhor, va a frente do
˜ ´ seu servo, mas eu continuarei
mao. k Gen 32:16
´ a viagem mais devagar, ao pas-
4 Mas Esau correu ao seu en-
contro, e abraçou-o e beijou- ´
l Gen 32:4, 5 so do meu rebanho e das crian-
´ ´
-o, e eles irromperam em lagri- ças, ate chegar ao meu senhor
´ ´
mas. 5 Quando Esau levantou m Gen ´ em Seir.” e 15 Esau disse en-
36:6, 7 ˜
os olhos e viu as mulheres e os  tao: “Por favor, permite-me dei-
˜ xar contigo alguns dos meus ho-
filhos, disse: “Quem sao estes 2.a coluna ˜ ´
´ ´ mens.” E ele respondeu: “Nao e
contigo?” Jaco respondeu: “Os a Gen
filhos com os quais Deus favore- 32:11, 20 preciso. Achar favor aos olhos
´ ´
ceu o seu servo.” i 6 Aproxima- do meu senhor ja e suficiente.”
˜ ´
ram-se entao as servas com os
´
b Gen 32:13-15 16 Assim, naquele dia, Esau vol-
seus filhos e curvaram-se, 7 e tou para Seir.
´ ´
Lia e os seus filhos tambem ´
c Gen 30:43 17 Jaco viajou para Sucote, f
se aproximaram, e curvaram-se. onde construiu uma casa para si
´ ´ e fez abrigos para o seu reba-
Depois, Jose e Raquel aproxima- d Gen 31:17
ram-se e curvaram-se. j nho. Foi por isso que deu ao lu-
´ ´
8 Esau perguntou: “Qual e ´
e Gen 32:3 gar o nome de Sucote.1
˜
˜ 18 Depois de voltar de Pada-
a tua intençao ao enviares-me ˜ ´ ˜ `
todo este acampamento de via- f Jos 13:24, 27 -Ara, g Jaco chegou sao e salvo a
´
jantes?” k Ele respondeu: “Achar 1Rs 7:46 cidade de Siquem, h na terra de
˜
favor aos olhos do meu senhor.” l Canaa; i e armou o seu acampa-
´ ˜ mento perto da cidade. 19 En-
9 Esau disse entao: “Tenho mui- ´
g Gen 25:20
˜
˜ ´
Gen 28:6 tao, ele adquiriu dos filhos de
tos bens, meu irmao. m Fica com ´
´
o que e teu.” 10 No entanto, Hamor, pai de Siquem, por 100
h Jos 24:1 peças de dinheiro, uma parte
32:30 1 Que significa “face de Deus”.
ˆ ˜
2 Ou: “alma”. 32:31 1 Ou: “Peniel”. ´
i Gen 10:19 33:11 1 Lit.: “a minha bençao”. 33:17
˜
32:32 1 Lit.: “o tendao do nervo da coxa”. ´
Gen 12:6 1 Que significa “barracas; abrigos”.
´
GENESIS 33:20–34:22 88
do campo onde tinha armado a CAP. 33 dar-vos-ei tudo o que me pe-
tenda. a 20 Erigiu ali um altar e a Jos 24:32 direm. 12 Podem impor-me um
chamou-lhe Deus, o Deus de Is- At 7:15, 16 valor muito alto para o preço de
rael. b noiva e o presente. a Estou dis-
´
34 Dina, a filha que Lia ti-
nha dado a Jaco, c costu-
´ b Gen ´
35:1, 7

posto a dar o que me pedirem.
Deem-me apenas a jovem como
esposa.”
mava sair para visitar1 as jo- ´
CAP. 34
vens daquela terra. d 2 Quando 13 E os filhos de Jaco respon-
´ ´
c Gen 30:19, 21
Siquem, filho de Hamor, o he- ´ deram de forma enganosa a Si-
Gen 46:15 ´
veu, e um maioral daquela ter- quem e a Hamor, seu pai, por-
´ ´
ra, viu Dina, agarrou-a, dei- que ele tinha desonrado Dina,
˜
tou-se com ela e violou-a. 3 E ´
d Gen a irma deles. 14 Disseram-lhes:
ele1 apegou-se profundamente a 26:34, 35 “De modo algum podemos fa-
´ ´ ´
Gen 27:46 ˜
Dina, filha de Jaco; apaixonou- zer tal coisa; nao podemos dar
˜
-se pela jovem e tentava conquis- a nossa irma a um homem que
´ ˜ ´
ta-la ´com palavras.2 4 Por fim, nao e circuncidado,1b pois isso
e De 7:1 ´ ´ ´
Siquem disse a Hamor, f seu pai: 1Cr 1:13-15 e uma desonra para nos. 15 So
“Consegue-me esta jovem como podemos consenti-lo com uma
esposa.” ˜
´ condiçao: que se tornem como
´
5 Quando Jaco soube que ele ´
f Gen 33:18, 19 nos e circuncidem todos os do
´
tinha desonrado Dina, sua filha, sexo masculino no vosso meio. c
˜
os seus filhos estavam no cam-
˜ ´ 16 Entao, iremos dar-vos as nos-
po com o rebanho. Entao, Jaco ´
´ g 2Sa 13:22 sas filhas e tomaremos para nos
ficou calado ate que retornas- as vossas filhas, moraremos con-
sem. 6 ´ Mais tarde, Hamor, pai ´
´ vosco e iremos tornar-nos um so
˜
de Siquem, foi falar com Jaco.
´ h He 13:4 povo. 17 Mas, se nao nos es-
7 Mas os filhos de Jaco sou- ˜
cutarem e nao forem circuncida-
beram do que tinha acontecido ˜
dos, entao, tomaremos a nossa
e voltaram do campo imediata- ´
i Gen 24:2, 3 filha e partiremos.”
mente. Ficaram ofendidos e fu- 
´ 18 As palavras deles agrada-
riosos, porque Siquem tinha 2.a coluna ´
ram a Hamor d e a Siquem, filho
causado vergonha a Israel ao ´ ˜
´ a Gen 24:53 de Hamor. e 19 O jovem nao de-
deitar-se com a filha de Jaco, g Os 3:2
morou a fazer o que eles pedi-
˜
coisa que nao se devia fazer. h ram, f porque gostava da filha de
´ ´
8 Hamor disse-lhes: “Siquem, Jaco e era o mais honrado de
´ ´
b Gen 17:9, 12
meu filho, esta apaixonado pela1 toda a casa do seu pai.
vossa filha. Por favor, deem-na ´
20 Portanto, Hamor e Siquem,
a ele como esposa 9 e formem ´ seu filho, foram ao portao da ci-
˜
alianças matrimoniais1 connos- c Gen 17:10
dade e disseram aos homens da
co. Deem-nos as vossas fi-
cidade: g 21 “Estes homens que-
lhas e tomem as nossas filhas. i ´ rem estar em paz connosco.
10 Podem morar connosco, e d Gen 33:18, 19
´ ` Que morem nesta terra e façam
esta terra ficara a vossa dis- ´ ´
˜ negocios nela, pois a terra e
posiçao. Morem nela, façam ne-
´ ´
e Gen 34:2 suficientemente grande para os
gocios e´ estabeleçam-se nela.”
˜ acomodar. Poderemos tomar as
11 Siquem disse entao ao pai
˜ ´ suas filhas como esposas e dar-
e aos irmaos de Dina: “Que eu
ache favor aos vossos olhos, e
´
f Gen 34:15 -lhes as nossas filhas. h 22 Mas
´ ˜
so com uma condiçao os ho-
˜
34:1 1 Ou: “ver”. 34:3 1 Ou: “a sua mens consentirao em morar aqui
˜ ´
alma”. 2 Lit.: “e falava ao coraçao da g Za 8:16 para formar um so povo connos-
´
jovem”. 34:8 1 Ou: “A alma de Siquem, co: todos os do sexo masculi-
´ `
meu filho, esta apegada a”. 34:9 1 Ou:
´
“e realizem casamentos mistos”. ´
h Gen 34:8, 9 34:14 1 Lit.: “que tem um prepucio”.
´
89 GENESIS 34:23–35:11
´
no no nosso meio devem ser cir-
cuncidados, assim como eles sao
˜
˜
CAP. 34
´
a Gen 17:11 35 Depois, Deus disse a Jaco:
“Vai, sobe a Betel e mora a

circuncidados. a 23 Assim, nao ali, e faz ali um altar ao ver-


˜
serao nossos todos os seus re- dadeiro Deus, que te apareceu
´
banhos, os seus bens e a sua ri- ´ quando fugias de Esau, teu ir-
ˆ b Gen 46:15 ˜
queza? Aceitemos faze-lo, para mao.” b
24˜ To- ˜ ´
que morem connosco.”
´ 2 Entao, Jaco disse aos da
dos os que saıam pelo portao da sua casa e a todos os que es-
´
sua cidade escutaram Hamor e c Gen 49:5-7 tavam com ele: “Livrem-se ´ dos
´
Siquem, seu filho, e todos os do deuses estrangeiros que ha no
sexo masculino foram circunci- vosso meio, c purifiquem-se e tro-
´
dados, todos os que saıam pelo
˜ ´
d Gen 34:2
quem de roupa, 3 e vamos, su-
portao da cidade. bamos a Betel. Farei ali um altar
25 No entanto, no tercei- ao verdadeiro Deus, que me res-
˜
ro dia, quando os homens ain- pondeu no dia da minha afliçao
´
da sentiam dores, dois filhos de e Gen 49:5 e que tem estado comigo em to-
´ ˜ ˜ 
Jaco, dos os lugares1 por onde te-
´ Simeao e Levi, irmaos de 2.a coluna
Dina, b pegaram cada um na sua nho andado.” d 4 Assim, deram
` ´
espada e foram a cidade, que  a Jaco todos os deuses estran-
estava desprevenida, e mataram CAP. 35 geiros que tinham e os brincos
´
todos os homens. c 26 Mataram ´
a Gen 28:19 que usavam nas orelhas, e Jaco
´ ´ ´
Hamor e Siquem, seu filho, com Gen 31:13 enterrou-os1 debaixo da arvore
´
a espada; depois,´ tiraram Dina grande que havia perto de Si-
´
da casa de Siquem e foram-se quem.
embora. 27 Os outros filhos de ´ 5 Quando seguiram viagem, o
´ b Gen
Jaco chegaram e encontraram 27:42-44 terror de Deus atingiu as cidades
os homens mortos, e saquearam ˜
ao seu redor, de modo que nao
a cidade, porque tinham deson- ´
˜ perseguiram os filhos de Jaco.
rado a sua irma. d 28 Tomaram ´
´ 6 Por fim, Jaco chegou a Luz, e
os seus rebanhos, as suas mana-
c Gen 31:19 ´
De 5:7 isto˜ e, Betel, na terra de Ca-
das, os seus jumentos e tudo o Jos 23:7 naa, ele e todo o povo que esta-
´
que havia na cidade e no cam-
´
1Co 10:14
va com ele. 7 La, construiu um
po. 29 Tambem levaram todos altar e chamou ao lugar El-Be-
os seus bens, capturaram todas ´
tel,1 porque era la que o verda-
as crianças e as esposas deles, e ´ deiro Deus se tinha revelado a
d Gen 28:13, 15
saquearam tudo o que havia nas ´
Gen 31:42 ˜
ele quando fugia do seu irmao. f
´
casas. 8 Mais tarde, Debora, g ama de
´
30 Em vista disso, Jaco disse Rebeca, morreu e foi enterrada
˜ ˆ ´
a Simeao e a Levi: e “Voces trou- ´
e Gen 28:19 no sope de Betel, debaixo de um
` ´
xeram-me grandes dificuldades,1 carvalho. Por isso, ele deu a ar-
fazendo com que eu seja odia- vore o nome de Alom-Bacute.1
do pelos2 habitantes desta ter- ´ 9 Deus ´apareceu mais uma
f Gen 28:20-22
ra, pelos cananeus e pelos´ peri- vez a Jaco, enquanto ele vol-
zeus. Somos poucos em numero; ˜ ˜
˜ tava de Pada-Ara e abençoou-o.
eles certamente se juntarao para
´ 10 Deus disse-lhe: “O teu nome
´ ´ ´ ´ ˜
me atacar, e eu serei destruıdo, g Gen 24:59 e Jaco. h Mas ja nao te chama-
eu e a minha casa.” 31 Mas eles ´ ´ ´
´ ras Jaco; Israel sera o teu nome.”
disseram: “Devia alguem tratar a E começou a chamar-lhe Israel. i
˜
nossa irma como uma prostitu- ´
h Gen 25:26
11 Deus acrescentou: “Eu sou
ta?” ´
Gen 27:36
35:3 1 Ou: “no caminho”. 35:4 1 Ou:
34:30 1 Ou: “trouxeram-me ostracismo”, “escondeu-os”. 35:7 1 Que significa
´ ˜
isto e, exclusao. 2 Ou: “tornando-me “Deus de Betel”. 35:8 1 Que significa
´
um mau cheiro para os”. i Gen 32:28 “carvalho de choro”.
´
GENESIS 35:12–36:7 90
´ ´
o Deus Todo-Poderoso. a Tem fi- CAP. 35 ben, o primogenito de Jaco, a de-
´ ˜ ´
lhos e torna-te muitos. De ti vi- a Gˆ en 17:1 pois Simeao, Levi, Juda, Is-
˜ ˜ ˜ ˜
rao naçoes e uma congregaçao Ex 6:3 sacar e Zebulao. 24 Os filhos
˜ ˜ Ap 15:3 ´
de naçoes, b e reis descenderao de Raquel foram Jose e Benja-
`
de ti.1c 12 Quanto a terra que ´
b Gen 48:3, 4 mim. 25 Os filhos de Bila, ser-
˜ ˜
dei a Abraao e a Isaque, vou dar- va de Raquel, foram Da e Naftali.
` ˆ ´
c Gen 17:5, 6
-ta a ti; e a tua descendencia1 da-
˜ Jo 12:13 26 E os filhos de Zilpa, serva
rei esta terra.” d 13 Entao Deus de Lia, foram Gade e Aser. Estes
deixou-o, subindo do lugar onde
´
d Gen 15:18 ˜ ´
sao os filhos de Jaco, que nas-
lhe tinha falado. De 34:4 ˜ ˜
ceram em Pada-Ara.
´ ´
14 Assim, Jaco ergueu uma ´
e Gen 28:18 27 Por fim, Jaco chegou onde
coluna no lugar onde tinha fala- ´ estava Isaque, seu pai, em Man-
do com ele, uma coluna de pe- f Gen 28:19 ´ ´
re, b em Quiriate-Arba, isto e, He-
dra, e derramou uma oferta de ´ ˜ ´
g Gen 30:22-24 bron, onde Abraao e tambem
bebida sobre ela e derramou Isaque tinham morado como
´ ´ ´
oleo sobre ela. e 15 E Jaco con- h Gen
´
46:21
Gen 49:27 estrangeiros. c 28 Isaque viveu
˜
tinuou a chamar Betel f ao lugar De 33:12 180 anos. d 29 Ent ao, Isaque
onde Deus falara com ele. ´
˜ ´ deu o seu ultimo suspiro e mor-
i Gen
16 Entao, partiram de Betel. 48:7
Miq 5:2 reu, e foi reunido ao seu povo,1
Ainda estavam a uma certa dis- Mt 2:6 depois de uma vida longa e sa-
ˆ ´ ´
tancia de Efrate, quando Raquel tisfatoria;2 e os seus filhos, Esau
` ´
j Gen 49:3, 4 ´
começou a dar a luz; e o par- e Jaco, enterraram-no. e
´ ´ 1Cr 5:1
to foi muito difıcil. 17 Porem, ´ ´ ´
36
 Esta e a historia de Esau,
enquanto ela lutava para ter a 2.a coluna
´
isto e, Edom. f
criança, a parteira disse-lhe: ´ ´
˜ ´ a Gen 49:3 2 Esau tomou esposas dentre
“Nao tenhas medo, pois tambem ˜
´ ´ ´ as filhas de Canaa: Ada, g filha de
teras este filho.” g 18 Nos ulti- b Gen 31:17, 18
Elom, o hitita; h Oolibama, i filha
mos momentos da sua vida1 (pois ´ ´ ˜
c Gen 15:13 de Ana e neta de Zibeao, o he-
estava a morrer), ela deu-lhe o He 11:9
veu; 3 e Basemate, j filha de Is-
nome de Ben-Oni,2 mas o pai cha- ˜
´ mael e irma de Nebaiote. k
mou-lhe Benjamim.3h 19 Assim, d Gen
´
Raquel morreu e foi enterrada
25:20, 26
4 Ada deu a Esau um filho
´ ´
e Gen chamado Elifaz, Basemate deu
a caminho de Efrate, isto e, Be- `
´ ´ 49:30, 31 a luz Reuel,
lem. i 20 Jaco ergueu uma colu-  `
´ 5 e Oolibama deu a luz
na sobre a sua sepultura; esta e CAP. 36 ´ ˜ ´
a coluna da sepultura de Raquel ´ Jeus, Jalao e Cora. l
´ f Gen 25:30 ˜ ´
ate ao dia de hoje. Ez 25:12, 13 Estes sao os filhos de Esau,
´
21 Apos isso, Israel partiu e Ro 9:13 que nasceram na terra de Ca-
˜ ´
armou a´ sua tenda depois da tor- ´ naa. 6 Depois, Esau foi para
g Gen 36:10 ´
re de Eder. 22 Certa vez, en- outra terra, longe de Jaco, seu
˜
´ irmao, m levando as suas esposas,
quanto Israel morava naquela h Gen 26:34
´ os seus filhos, as suas filhas, to-
terra, Ruben deitou-se com Bila, ´
i Gen 36:18
concubina do pai, e Israel soube das as pessoas1 da sua casa, o
disso. j ´
j Gen 36:17 seu rebanho, todos os outros ani-
´ mais e toda a riqueza que tinha
Os filhos de Jaco eram 12. ´ ˜
´ k Gen 25:13
acumulado n na terra de Canaa.
23 Os filhos de Lia foram Ru- ´
Gen 28:9
7 Pois os seus bens tinham-se
˜ ´ ˜
35:11 1 Lit.: “sairao dos teus lombos”. l 1Cr 1:35 tornado tantos que eles ja nao
35:12 1 Lit.: “semente”. 35:18 1 Ou: ´
m Gen 27:39 ˜ ´
“Enquanto a sua alma partia”. 2 Que ´ 35:29 1 Expressao poetica que se refere
Gen 32:3 `
significa “filho do meu luto”. 3 Que sig- a morte. 2 Lit.: “idoso e cheio de dias”.
˜
nifica “filho da mao direita”. ´
n Gen 33:9 36:6 1 Ou: “almas”.
´
91 GENESIS 36:8-32
˜
podiam morar juntos, e a terra CAP. 36 18 Por fim, estes sao os fi-
˜ ´
em que estavam a morar1 nao a Gen 14:6 lhos de Oolibama, esposa de
´ ´ ˜
era suficiente para eles, por cau- De 2:5 Esau: chefe Jeus, chefe Jalao e
´ ˜
sa dos seus rebanhos. 8 Por ´
chefe Cora. Estes sao os che-
´ b Gen 25:30
fes tribais descendentes de Oo-
isso, Esau passou a viver na re- ´
˜ ´ libama, filha de Ana, esposa de
giao montanhosa de Seir. a Esau ´
´ c De 2:12
Esau.
e Edom. b ˜
´ ´ ´ 19 Estes sao os filhos de
9 Esta e a historia de Esau, o d 1Cr 1:35 ´ ˜
˜ Esau, e estes sao os seus chefes
pai de Edom, na regiao monta- ´
nhosa de Seir. c ´
e Gen 36:34 tribais. Ele e Edom. a
˜ ˜
10 Estes sao os nomes dos fi- 20 Estes sao os filhos de Seir,
´ ´
f Gen o horeu, os habitantes daque-
lhos de Esau: Elifaz, filho de 36:40, 42 ˜ ˜
´ la terra: b Lota, Sobal, Zibeao,
Ada, esposa de Esau; Reuel, fi- 1Cr 1:36 ´ ˜
lho de Basemate, esposa de Ana, c 21 Disom, Ezer e Disa. d
´ ˆ ˜
Esau. d g Ex 17:8 Estes sao os chefes tribais des-
´
Num 13:29 cendentes dos horeus, os filhos
11 Os filhos de Elifaz fo- ´
Num 24:20
˜ ˜ de Seir, na terra de Edom.
ram Tema, e Omar, Zefo, Gata De 25:19 ˜
22 Os filhos de Lot
e Quenaz. f 12 Timna tornou- 1Sa 15:8
˜ ˜ a foram˜
1Sa 30:1 Hori e Hema, e a irma de Lota
-se concubina de Elifaz, filho
´ era Timna. e
de Esau. Ela deu a Elifaz um fi- ´ ˜
h Gen 26:34
23 Estes ˜ sao os filhos de
lho chamado Amaleque. g Estes
˜ ˆ Sobal: Alva, Manaate, Ebal,
sao os filhos de Ada, esposa de i Ex 15:15 ˜
´ Sefo e Onao.
Esau. ˜
24
˜ Estes
˜ sao os filhos de Zi-
13 Estes sao os filhos de j 1Cr 1:53, 54 ´
beao: f Aia e Ana. Este e o Ana
´ ´ ´
´ ´
Reuel: Naate, Zera, Sama e que encontrou as fontes ter-
´ k 1Cr 1:36
Miza. Estes foram os filhos de mais no deserto, enquanto cui-
´ ˜
Basemate, h esposa de Esau. ´
l Num 20:23 dava dos jumentos de Zibeao,
14 Estes foram os filhos 1Rs 9:26 seu pai.
´  ˜
que Oolibama, esposa de Esau, 25
´
filha de Ana e neta de Zibeao,
˜
2.a coluna ´ Estes sao os filhos de
´ ´ ˜ ´ Ana: Disom e Oolibama, filha
deu a Esau: Jeus, Jalao e Cora. ´
a Gen 25:30 ´
˜ ´ de Ana.
15 Estes sao os chefes tri- Gen 32:3 ˜
26 Estes˜ sao os˜ filhos
bais1 dentre os descendentes de ˜ de Di-
´ ´
b Gen 14:6 som: Henda, Esba, Itra e Que-
Esau. i Os filhos de Elifaz, primo- ˜ g
´ ´ ˜ De 2:12, 22 ra.
˜
genito de Esau: chefe Tema, che- 27 Estes sao ˜ os filhos de
fe Omar, chefe Zefo, chefe Que- c 1Cr 1:40 ˜ ˜
´ ˜ Ezer: Bila, Zaava e Aca.
naz, j 16 chefe Cora, chefe Gata ˜
˜ 28 Estes sao os filhos de
e chefe Amaleque. Estes sao os d 1Cr 1:38 ˜ ˜
Disa: Uz e Ara. h
chefes tribais descendentes de ˜
e 1Cr 1:39 29 Estes sao os chefes tribais
Elifaz, k na terra de Edom. Estes descendentes dos horeus: che-
˜ ˜
sao os filhos de Ada. ´
f Gen 36:2 fe Lota, chefe Sobal, chefe Zi-
˜ ˜ ´
17 Estes sao os filhos de beao, chefe Ana, 30 chefe Di-
´ ˜
Reuel, filho de Esau: chefe Naa- g 1Cr 1:41 som, chefe Ezer e chefe Disa. i
´ ´ ˜
te, chefe Zera, chefe Sama e che- Estes sao os chefes tribais des-
´ ˜
fe Miza. Estes sao os chefes tri- h 1Cr 1:42 cendentes dos horeus, segundo
bais descendentes de Reuel, na os seus chefes, na terra de Seir.
˜
terra de Edom. l Estes sao os fi- i 1Cr 1:38
31 E os reis que reinaram na
lhos de Basemate, esposa de ´ terra de Edom j antes de haver
´ j Num 20:14
Esau. qualquer rei sobre os israelitas1
k De 17:14, 15
foram os seguintes: k 32 Bela,
36:7 1 Ou: “a viver como estrangeiros”. 1Sa 10:19
36:15 1 Ou: “xeques”. 1Cr 1:43-50 36:31 1 Lit.: “os filhos de Israel”.
´
GENESIS 36:33–37:13 92
filho de Beor, reinou em Edom, CAP. 36 das ovelhas a com os filhos de
e o nome da sua cidade era Di- ´ Bila b e os filhos de Zilpa, c espo-
a Gˆ en 25:1, 2
´ ´
naba. 33 Quando Bela morreu, Ex 2:15
´ sas do seu pai. E Jose trouxe um
´ Num 31:2
Jobabe, filho de Zera, de Bozra, relato mau sobre eles ao seu pai.
´
começou a reinar no seu lugar. 3 Ora, Israel amava Jose, mais
34 Quando Jobabe morreu, Hu- do que amava todos os outros fi-
˜ b 1Cr 1:51-54
sao, da terra dos temanitas, co- lhos, d porque era o filho da sua
meçou a reinar no seu lugar. velhice; e mandou fazer-lhe uma
˜ ´
35 Quando Husao morreu, Ha- tunica especial.1 4 Quando os
c De 2:5 ˜
dade, filho de Bedade, começou seus irmaos viram que o seu pai
a reinar no seu lugar. Ele derro- o amava mais a ele do que a to-
´ ˜
tou os midianitas a no territorio1 ´ dos os seus irmaos, começaram
de Moabe, e o nome da sua cida-
d Gen
´
25:30 ´ ˜
Gen 36:8 a odia-lo e nao conseguiam falar
de era Avite. 36 Quando Hada-  pacificamente com ele.
´ ´
de morreu, Samla, de Masreca, CAP. 37 5 Mais tarde, Jose teve um so-
começou a reinar no seu lugar. ´ ˜
´ e Gen
´
23:3, 4 nho e contou-o aos seus irmaos, e
37 Quando Samla morreu, Saul, Gen 28:1, 4
e isso foi mais um motivo para o
He 11:8, 9
de Reobote, que fica junto ao odiarem. 6 Disse-lhes: “Por fa-
rio, começou a reinar no seu vor, ouçam o sonho que tive.
lugar. 38 Quando Saul morreu, ´
˜ ´
f Gen 30:25
7 Estavamos a amarrar feixes
Baal-Hana, filho de Acbor, come- ´
Gen 46:19 no meio do campo quando o
çou a reinar no seu lugar.  meu feixe se levantou e ficou
˜ ´
39 Quando Baal-Hana, filho de 2.a coluna de pe, e os vossos feixes ro-
Acbor, morreu, Hadar começou ´
a Gen 47:3 dearam-no e curvaram-se dian-
a reinar no seu lugar. O nome te do meu feixe.” f 8 Os seus
´ ˜
da sua cidade era Pau, e o nome irmaos disseram-lhe: “Vais, real-
da sua esposa era Meetabel, fi- ´ ´
b Gen 35:25 mente, fazer-te rei sobre nos e
lha de Matrede, que era filha de dominar-nos?” g Assim, foi mais
Mezaabe. um motivo para o odiarem, por
˜
40 Estes sao os nomes dos ´
c Gen 35:26 causa dos sonhos e do que disse.
chefes tribais descendentes de 9 Depois disso, ele teve mais
´ ´
Esau, segundo as suas famılias um sonho e relatou-o aos seus
e os seus lugares, alistados por d 1Cr 2:1, 2 ˜
irmaos: “Tive outro sonho. Des-
nome: chefe Timna, chefe Alva, ta vez, o sol, a lua e 11 estre-
chefe Jetete, b 41 chefe Ooliba- las curvavam-se diante de mim.” h
´ ´ ˜
ma, chefe Ela, chefe Pinom, e Gen 37:19 10 Entao, contou-o ao seu pai,
˜ ˜
42 chefe Quenaz, chefe Tema, assim como aos seus irmaos, e
chefe Mibzar, 43 chefe Magdiel o seu pai repreendeu-o, dizen-
˜ ˜ ´
e chefe Irao. Estes sao os chefes f Gen 42:6, 9
do: “O que significa esse sonho
tribais descendentes de Edom, ´
que tiveste? Sera que eu, e tam-
segundo os seus povoados na ´ ˜ ˜
´ ´
bem a tua mae e os teus irmaos,
terra que lhes pertencia. c Este e g Gen 45:8
realmente viremos a curvar-nos
´ ´
Gen 49:26
Esau, o pai de Edom. d por terra diante de ti?” 11 E os
´ ˜ ´
37 Jaco continuou a morar
na terra de Canaa, onde
˜
´
h Gen
´
44:14
seus irmaos ficaram com ciumes
dele, i mas o seu pai guardou na
˜
o seu pai tinha vivido como es- Gen 45:9 mente a declaraçao.
˜ ˜
trangeiro. e
´ ´ ´ 12 Entao, os seus irmaos fo-
2 Esta e a historia de Jaco. ram levar as ovelhas do seu
´ ´
Quando o jovem Jose f tinha 17 i At 7:9 pai a pastar perto de Siquem. j
´
anos de idade, estava a cuidar 13 Depois, Israel disse a Jose:
36:35 1 Lit.: “campo”. ´
j Gen 33:18 37:3 1 Ou: “uma bela veste longa”.
´
93 GENESIS 37:14-35
˜ ˜ ˜
“Nao estao os teus irmaos a cui- CAP. 37 quela altura, a cisterna estava
´ ˜ ´
dar dos rebanhos perto de Si- a Gen 23:19 vazia; nao tinha agua.
´ ´ ´
quem? Vem, vou enviar-te ate Gen 35:27 25 Depois, sentaram-se para
eles.” Ele disse-lhe: “Estou pron- comer. Quando levantaram os
˜
to!” 14 Disse-lhe entao: “Por olhos, viram uma caravana de is-
˜ maelitas a que vinha de Gileade.
favor, vai ver se os teus irmaos ´
˜ ˆ ´ b Gen 37:5
Os seus camelos carregavam re-
estao bem; ve como esta o re- ´ ´
´ sina de ladano, balsamo e cas-
banho e traz-me notıcias.” Com ´
´ ca resinosa de arvore, b e eles
isso, enviou-o do vale1 de He-
bron, a e ele seguiu para Si- ´
c Gen estavam a descer para ˜ o Egi-
49:3 ´
´ to. 26 Jud
quem. 15 Mais tarde, um ho- ˜ a disse entao aos
mem encontrou-o a vaguear por seus irmaos: “Que lucro have-
´ ˜
um campo. O homem perguntou- ria se mat´ assemos o nosso irmao
´ e encobrıssemos o seu sangue? c
d Gˆ en
-lhe: “O que procuras?” 16 Ele 9:5
ˆ
` Ex 20:13 27 Vamos vende-lo d aos ismae-
respondeu: “Estou a procura dos ˜
˜ litas, mas nao lhe façamos mal.
meus irmaos. Diga-me, por fa- ´
´ ˜ Afinal de contas, ele e nosso ir-
vor: Onde e que eles estao a cui- ˜
´ mao, nossa carne.” Assim, eles
dar dos rebanhos?” 17 O ho- e Gen
´
4:8, 10
escutaram o seu irmao. 28 E,
˜
Gen 42:22
mem respondeu: “Eles partiram quando os mercadores midiani-
daqui, pois ouvi-os dizer: ‘Vamos ˜
˜ ´ tas e estavam a passar, os irmaos
a Dota.’” Por conseguinte, Jose ´
´ ˜ de Jose puxaram-no para fora da
foi atras dos seus irmaos e en- ´
f Gen 42:21 cisterna e venderam-no aos is-
˜
controu-os em Dota. maelitas por 20 peças de prata. f
´
18 Eles viram-no de longe e, Estes homens levaram Jose para
antes que se aproximasse, co- o Egito.
´ ´
meçaram a conspirar contra ele g Gen 37:3 29 Mais tarde, quando Ruben´
˜  `
para o matar. 19 Entao, disse- voltou
˜
a cisterna e viu que Jos e
´ 2.a coluna nao estava na cisterna, rasgou
ram uns aos outros: “Vejam! La ´
vem aquele sonhador. b 20 Ago- a Gen 25:12 as suas roupas. 30 Quando vol-
´ ´ ˜
ra e o momento! Vamos mata-lo tou aos seus irmaos, exclamou:
´ “O menino desapareceu! E eu
e lança-lo numa das cisternas, e ´
diremos que um animal selvagem ´ — o que e que vou fazer?”
˜ b Gen 43:11 ˜ ´
o devorou. Vejamos, entao, o que 31 Entao, pegaram na tuni-
´ ´
sera dos sonhos dele.” 21 Quan- ca de Jose, mataram um bode
´ ´
do Ruben c ouviu isso, tentou e mergulharam a tunica no san-
´
salva-lo deles, dizendo: “Nao
˜ ´
c Gen gue. 32 Depois, mandaram a
´
4:8, 10 ´
lhe tiremos a vida.”1d 22 Ruben tunica especial ao seu´ pai com
˜ este recado: “Encontramos ˆ isto.
disse-lhes: “Nao derramem san-
Examina,
gue. e Lancem-no nesta cisterna, ´ ˜ por ´ favor, e ve se
˜ d At 7:9 e ou nao a tunica do teu fi-
aqui no deserto, mas nao lhe fa- lho.” 33 Eleg examinou-a e ex-
çam mal.”1f O seu objetivo era ´ ´
´ clamou: “E a tunica do meu fi-
salva-lo deles, a fim de o devol- lho! Um animal selvagem deve
ver ao seu pai. ´
e Gen
ˆ ´
˜ ´
25:1, 2 te-lo devorado! Jose certamente
23 Entao, assim que Jose ˜ ´
˜ foi dilacerado!” 34 Entao, ˆ Jaco
chegou, os seus irmaos tiraram- rasgou as suas roupas e p os se-
´ ´ `
-lhe a tunica, a tunica especial ´ rapilheira1 a volta da cintura, e
que usava, g 24 e agarraram-no f Gen
´
40:15
Gen 45:4
guardou o luto durante muitos
e lançaram-no na cisterna. Na- Sal 105:17 dias pelo seu filho. 35 Todos
os seus filhos e todas as suas fi-
´
37:14 1 Ou: “da planıcie”. 37:21 1 Ou: ´
˜
lhas tentavam consola-lo, mas
“Nao lhe golpeemos a alma.” 37:22
˜ ˜ ´
1 Ou: “nao lhe ponham as maos”. ´
g Gen 37:3 37:34 1 Veja o glossario.
´
GENESIS 37:36–38:20 94
´ ´
ele recusava-se a ser consolado CAP. 37 ate que o meu filho Sela cresça.”
` ´
e dizia: “Descerei a Sepultura1a a Gen 42:38 Pois ele disse a si mesmo: ‘Ele
´ ´
a chorar pelo meu filho!” E ele Gen 44:29 tambem poderia morrer como os
Sal 89:48 ˜ ˜
continuava a chorar pelo seu fi- Ec 9:10 seus irmaos.’ a Entao, Tamar foi
lho. Os 13:14 morar na casa do seu pai.
36 Entretanto, no Egito, os At 2:27
12 Passado algum tempo, a
´ Ap 20:13 ´
midianitas venderam Jose a Po- esposa de Juda, filha de Sua, b
tifar, um oficial da corte do Fa- ´ ´
´ ´ morreu. Juda guardou o perıo-
rao b e chefe da guarda. c b Gen 39:1 ´
do de luto e depois foi a Timna c
´
38 ˜
Por volta daquela epoca,
´
Juda deixou os seus ir- c Gen ´
40:2, 3

com o seu amigo Hira, o adula-
mita, d para se encontrar com os
maos e armou a tenda perto tosquiadores das suas ovelhas.
CAP. 38 13 Tamar foi informada: “O teu
de um homem adulamita chama- ´ ´
´ ´
do Hira. 2 Ali, Juda viu a filha d Gen
´
24:2, 3
Gen 28:1
sogro esta a subir para Timna
de certo cananeu d chamado Sua. para tosquiar as suas ovelhas.”
´
Assim, Juda tomou-a e teve rela- 14 Em vista disso, ela trocou de
˜ ´ ´ ´
çoes com ela, 3 e ela ficou gra- e Num 26:19
roupa, tirando as roupas de viu-
´
vida. Mais tarde, ela teve um fi- va, colocou um veu sobre o rosto
lho, e ele deu-lhe o nome de Er. e f Jos 19:29, 31 e cobriu-se com um xaile, e sen-
´ `
4 Ela ficou gravida novamente e tou-se a entrada de Enaim, que
teve um filho, e deu-lhe o nome ´
˜ g Mt 1:3 fica na estrada de Timna, pois
de Ona. 5 Mais uma vez ela ´
viu que Sela tinha crescido, mas
teve um filho, e deu-lhe o nome ˜
´ ela nao lhe tinha sido dada como
h De 25:5, 6
de Sela. Ele1 estava em Aczibe f esposa. e
` Mt 22:24
´
quando ela deu a luz. 15 Quando Juda a viu, pen-
´
6 Com o tempo, Juda tomou sou imediatamente que fosse
i Ru 4:6
uma esposa para Er, o seu pri- uma prostituta, porque ela tinha
´
mogenito, e o nome dela era Ta-
´ coberto o rosto. 16 Assim, diri-
mar. g 7 Mas Er, o primogenito j De 25:7, 9 `
´ ´ giu-se a ela, a beira da estrada,
de Juda, desagradava a Jeova; ˜
´ ` e disse: “Deixa-me ter relaçoes
por isso, Jeova entregou-o a ˜
´ k 1Cr 2:3 contigo”, pois nao sabia que era
morte. 8 Em vista disso, Juda  a sua nora. f No entanto, ela per-
˜ ˜ ´
disse a Ona: “Tem relaçoes com 2.a coluna guntou: “O que me dara para ter
˜ ˜
a esposa do teu irmao e reali- ´
a Num 26:19 relaçoes comigo?” 17 Ele res-
za o casamento de cunhado com pondeu: “Vou enviar-te um ca-
´ ˆ
ela, e da descendencia ao teu ir- ´ brito do meu rebanho.” Mas ela
˜ ˜ b Gen 38:2
mao.” h 9 Mas Ona sabia que a perguntou: “Vai dar-me uma ga-
ˆ ˜ ´
descendencia nao seria conside- rantia ate o enviar?” 18 Ele dis-
˜ c Jos 15:10, 12
rada sua. i Entao, quando tinha re- se: “Que garantia te devo dar?”
˜ ˜ Jz 14:1
laçoes com a esposa do irmao, Ela respondeu: “O seu anel de si-
´ ˜
desperdiçava o semen, derraman- nete, g o seu cordao e o seu bas-
˜ ˜ ´
d Gen 38:1 ˜ ´ ˜
do-o no chao, para nao dar des- tao, que esta na sua mao.” En-
ˆ ˜
cendencia ao seu irmao.j 10 O ˜
tao, ele entregou-lhos e teve
˜ ˜ ´
que Ona fazia era mau aos olhos e De 25:5
relaçoes com ela, e ela ficou gra-
´ ´
de Jeova, de modo que tambem
` ´ vida. 19 Depois, ela levantou-
o entregou a morte. k 11 Juda ´
f Gen 38:11 -se e foi-se embora, tirou o xai-
disse a Tamar, sua nora: “Mora
´ le e vestiu-se com as roupas de
como viuva na casa do teu pai ´
´
g Gen 41:42 viuva.
´
´
37:35 1 Ou: “ao Seol”, isto e, a sepultu- 1Rs 21:8 20 E Juda enviou o cabrito
´
ra comum da humanidade. Veja o Glos- atraves do seu amigo, o adula-
´ ´ ´
sario. 38:5 1 Isto e, Juda. ´
h Gen 38:1 mita, h para receber de volta os
´
95 GENESIS 38:21–39:9
`
objetos que tinha dado a mulher CAP. 38 isso, recebeu o nome de Peres.1a
˜ ˜
como garantia, mas ele nao a en- a Le 21:9 30 Depois, saiu o seu irmao, que
`
controu. 21 Ele perguntou aos tinha o fio escarlate atado a
˜ ´
homens daquele lugar: “Onde mao, e recebeu o nome de Zera. b
´ ´
39
esta aquela prostituta de templo Jose foi levado para baixo,
que costumava estar em Enaim, ´
` para o Egito, c e um egıp-
a beira da estrada?” Mas eles ´ cio chamado Potifar, d que era
b Gen ´
responderam: “Nunca houve ne- 38:16, 18 um oficial da corte do Farao e
nhuma prostituta de templo nes- chefe da guarda, comprou-o aos
te lugar.” 22 Por fim, ele voltou ismaelitas e que o tinham leva-
´ ˜ ´ ´
a Juda e disse: “Nao a encon-
´ do para la. 2 Mas Jeova estava
trei. Alem disso, os homens da- ´
com Jose, f e, em resultado disso,
quele lugar disseram: ‘Nunca ´ ele tornou-se um homem bem-su-
c Gen 38:11 ´
houve nenhuma prostituta de De 25:5 cedido e ficou responsavel pela
˜ ´
templo neste lugar.’” 23 Entao,  casa do seu senhor, o egıpcio.
´ ´
Juda disse: “Que ela fique com 2.a coluna 3 E o seu senhor viu que Jeova
˜ ´
eles para si, para nao cairmos no ´
a Gen 46:12 estava com ele e que Jeova tor-
´
ridıculo. De qualquer maneira, Ru 4:12 nava bem-sucedido tudo o que
˜ 1Cr 2:4
ele fazia.
enviei este cabrito, mas tu nao a Lu 3:23, 33 ´
encontraste.” 4 Jose achava favor aos seus
ˆ
24 No entanto, cerca de tres olhos e tornou-se o seu servo
´ pessoal. Assim, Potifar encarre-
meses depois, Juda foi informa-
do: “Tamar, a tua nora, fez-se de gou-o da sua casa, e deu-lhe res-
´ ´ ponsabilidade sobre tudo o que
prostituta e esta gravida em re-
˜ b Mt 1:3 era seu. 5 A partir do momen-
sultado da sua prostituiçao.”  ´
´ ˜ to em que o egıpcio o encarre-
Juda disse entao: “Tragam-na
CAP. 39 gou da sua casa e de tudo o que
para fora a fim de que seja quei- ´
c Sal 105:17 era seu, Jeova abençoou a casa
mada.” a 25 Quando estava a At 7:9 ´ ´
ser levada para fora, mandou di- do egıpcio por causa de Jose, e
´ ˆ ˜ ´
zer ao sogro: “Estou gravida do a bençao de Jeova estava sobre
homem a quem pertencem estes tudo o que ele tinha em casa e
objetos.” E acrescentou: “Exami- no campo. g 6 Por fim, Potifar
ne, por favor, a quem perten- deixou tudo o que era seu aos
˜ ´ ´ ˜
cem o anel de sinete, o cordao e
d Gen 37:36 cuidados de Jose, e nao se preo-
˜ ´ ˜
o bastao.” b 26 Juda examinou- cupava com nada, a nao ser com
˜ ´ ´ ´
-os entao e disse: “Ela e mais o que comia. Alem disso, Jose
˜ tornou-se bonito e de belo porte.
justa do que eu, pois eu nao a
´
dei a Sela, o meu filho.” c Depois 7 Algum tempo depois, a es-
˜ ´ posa do seu senhor come-
disso, nunca mais teve relaçoes e Gen
´
17:20 ´
com ela. Gen 37:25 çou a reparar em Jose e a
dizer: “Deita-te comigo.” 8 Mas
27 Quando chegou a hora de `
` ´ ele recusava-se e dizia a espo-
ela dar a luz, havia gemeos no
sa do seu senhor: “O meu se-
seu ventre. 28 Enquanto esta- ´
` ˆ nhor nem sabe o que ha comi-
va a dar a luz, um deles pos a
˜ go na casa, e tudo o que
mao de fora, e a parteira pegou f Ro 8:31
He 13:6 ele tem entregou ao meu cuida-
imediatamente num fio escarla- ˜ ´ ´
` ˜ do. 9 Nao ha ninguem maior do
te e atou-o a mao dele, dizendo: ˜
que eu nesta casa, e ele nao me
“Este saiu primeiro.” 29 Mas,
˜
assim que ele recolheu a mao, o 38:29 1 Que significa “rutura” e, prova-
˜
seu irmao saiu, e ela exclamou: velmente, refere-se a uma rutura peri-
“Que brecha abriste para ti!” Por ´ neal.
g Gen 30:27
´
GENESIS 39:10–40:9 96
˜
negou absolutamente nada, a nao CAP. 39 o carcereiro-chefe encarregou
´ ´ ´
ser a si, porque e sua esposa. Por- a Gen 2:24 Jose de todos os prisioneiros
´
Gen 20:3, 6 ˜
tanto, como poderia eu cometer que estavam na prisao, e era ele
Sal 51:cab, 4
esta grande maldade e realmen- Mr 10:7, 8 quem administrava tudo o que
te pecar contra Deus?” a He 13:4 se fazia ali. a 23 O carcereiro-
´ ˜
10 Assim, dia apos dia, ela fa- -chefe nao se preocupava com
´ absolutamente nada do que es-
lava com Jose, mas ele nunca ´
concordou em se deitar com ela tava aos cuidados de Jose, pois
´ ´ ´
nem em estar com ela. 11 Mas, b Sal Jeova estava com Jose, e Jeova
certo dia, quando ele entrou em 105:17, 18 tornava bem-sucedido tudo o
casa para fazer o seu trabalho, que ele fazia. b

40
nenhum dos servos da casa es- Depois disto, o chefe dos
´ ˜
tava la. 12 Entao, ela agarrou-o copeiros c do rei do Egi-
pela roupa e disse: “Deita-te co- ´
c Gen 40:2, 3 to e o chefe dos padeiros peca-
migo!” Mas ele deixou a roupa Sal 105:19
˜ At 7:9 ram contra o seu senhor, o rei
˜ ´
nas maos dela e fugiu para fora.  do Egito. 2 Entao, o Farao fi-
13 Quando ela viu que ele ti- 2.a coluna cou indignado com os dois fun-
˜ ´
nha deixado a roupa nas maos ´
a Gen 39:6 cionarios, o chefe dos copeiros
dela e que tinha fugido, 14 co- e o chefe dos padeiros, d 3 e
meçou a gritar, chamando os ˆ
mandou prende-los na cadeia da
homens da sua casa. Dizia-lhes: casa do chefe da guarda, e no lu-
“Vejam! Este hebreu, que o meu ´
´ gar onde Jose estava preso. f
marido nos trouxe, quer fazer de b Gen
´ 49:22, 25 4 E o chefe da guarda encarre-
nos motivo de riso. Ele veio pro- ´
At 7:9, 10 gou Jose de ficar com eles e de
curar-me para se deitar comigo, 
cuidar deles, g e eles ficaram al-
mas eu comecei a gritar o mais CAP. 40 gum tempo1 na cadeia.
alto que consegui. 15 E, assim ´
c Gen 40:11
5 Certa noite, tanto o copeiro
que ele me ouviu gritar, deixou a como o padeiro do rei do Egito,
sua roupa ao meu lado e fugiu.” ˜
que estavam detidos na prisao,
16 Depois disso, ela deixou a tiveram um sonho, e cada so-
´ ´
roupa dele ao seu lado ate que o ´
d Gen nho tinha a sua propria interpre-
seu senhor chegasse a casa. 40:20-22 ˜ ˜
˜ taçao. 6 Na manha seguinte,
17 Entao, ela disse-lhe a mes- ´ ˆ
quando Jose foi ve-los, percebeu
ma coisa: “O servo hebreu que ˜
que estavam abatidos. 7 Entao,
nos trouxeste veio procurar-me ´
perguntou aos funcionarios do
para fazer de mim motivo de ´ ´
e Gen 37:36 Farao, que estavam presos com
riso. 18 Mas, assim que come- ele na casa do seu senhor: “Por-
cei a gritar, ele deixou a roupa ´ ˜
que e que, hoje, estao com
ao meu lado e fugiu.” 19 Quan- o rosto triste?” 8 Eles respon-
do o seu senhor ouviu as pala- ´
f Gen 39:20 deram: “Ambos tivemos sonhos,
vras da esposa: “Foi isto que o ˜ ´
Sal mas nao ha aqui quem os inter-
teu servo me fez”, ficou furio- 105:17, 18 ´ ˜ ´
˜ ´ prete.” Jose disse-lhes: “Nao e a
so. 20 Entao, o senhor de Jose Deus que pertencem as interpre-
agarrou-o e mandou-o para a pri- ˜
˜ taçoes? h Relatem-me os sonhos,
sao, o lugar onde ficavam deti- por favor.”
dos os prisioneiros do rei, e ele ´ ˜
˜ g Gen 39:22 9 Entao, o chefe dos copei-
continuou ali na prisao. b ´
´ ros relatou o seu sonho a Jose;
21 Mas Jeova continuava com ele disse: “No meu sonho, ha-
´
Jose e demonstrava-lhe amor leal, via uma videira diante de mim.
e concedia-lhe favor aos olhos ´
h Gen 41:15, 16
do carcereiro-chefe. c 22 Assim, Da 2:28, 45 40:4 1 Lit.: “estiveram dias”.
´
97 GENESIS 40:10–41:10
ˆ
10 E na videira havia tres ra- CAP. 40 fe dos copeiros e o chefe dos pa-
mos e, ao brotar, ela florescia; ´ deiros, diante dos seus servos.
a Gen
e os cachos deram uvas madu- 41:12, 13
21 E restituiu o chefe dos copei-
´
ras. 11 O copo do Farao estava ros ao posto de copeiro, e ele
˜
na minha mao, e eu peguei nas continuou a servir o copo ao Fa-
´ ´
uvas e espremi-as no copo do rao. 22 Mas o Farao pendurou
´
Farao. Depois disso, dei o copo ´
b Gen o chefe dos padeiros num madei-
´ ˜ ´ ´
ao Farao.” 12 Entao, Jose dis- 40:20, 21 ro, assim como Jose tinha inter-
´ ˜
se-lhe: “Esta e a interpretaçao pretado. a 23 O chefe dos co-
ˆ ˜ ˆ ´ ˜
do sonho: os tres ramos sao tres peiros, porem, nao se lembrou
ˆ ´
dias. 13 Daqui a tres dias, o Fa- de Jose; esqueceu-se dele. b
´
41
rao vai levar-te para fora1 e res- Ao fim de dois anos com-
´ ´
c Gen 37:28 ´
tituir-te ao teu cargo, a e daras o pletos, o Farao sonhou c
´ ´
copo ao Farao, como fazias an- que estava de pe junto ao rio
tes, quando eras o seu copeiro. b Nilo. 2 Ele viu sete vacas belas
14 Mas, quando as coisas te es- e gordas a subir do rio, e elas
tiverem a correr bem, lembra-te ´
d Gen 39:7, 8 estavam a pastar nas ervas do
de mim. Por favor, demonstra- Nilo. d 3 Depois destas, subiram
-me amor leal e fala sobre mim do Nilo outras sete vacas, feias
´
ao Farao, para que eu saia deste e magras, e ficaram ao lado das
lugar. 15 Na verdade, fui rapta- vacas gordas na margem do Nilo.
´ ˜
do da terra dos hebreus, c e, aqui, e Gen
4 Entao, as vacas feias e magras
˜ 40:20, 22
nao fiz nada para que me puses- começaram a devorar as sete va-
˜
sem na prisao.”1d cas belas e gordas. Nisto, o Fa-
˜ ´
16 Entao, quando o chefe dos rao acordou.
˜ ˜
padeiros viu que a interpretaçao 5 Entao, ele voltou a dormir
´ ´
era favoravel, disse a Jose: “Eu f Mr 6:21 e teve um segundo sonho. Numa
´  ´
tambem estava no meu sonho, e unica haste cresciam sete espi-
ˆ ˜
havia tres cestos de pao bran- 2.a coluna gas de cereais, cheias e boas. e
co sobre a minha cabeça, 17 e ´
a Gen 40:8
6 Depois destas, cresceram sete
no cesto que estava por cima ha- espigas mirradas e ressequidas
via todo o tipo de alimentos que pelo vento leste. 7 E as espi-
os padeiros fazem para o Fa- gas mirradas começaram a engo-
´
rao, e havia aves que comiam ´ lir as sete espigas cheias e boas.
do cesto, que estava sobre a mi- b Gen 40:14 ´
´  Nisto, o Farao acordou e perce-
nha cabeça.” 18 Jose respon- beu que tinha sido um sonho.
´ ˜ CAP. 41
deu: “Esta e a interpretaçao do ˜ ´
ˆ ˜ ˆ c Da 2:1 8 Mas, de manha, o seu espı-
sonho: os tres cestos sao tres
ˆ rito ficou agitado, de modo que
dias. 19 Daqui a tres dias, o Fa-
´ ´ mandou chamar todos os sacer-
rao ira cortar-te a cabeça1 e pen- ´
dotes-magos e todos os sabios
durar-te num madeiro, e as aves ´
˜ do Egito. O Farao relatou-lhes os
comerao a tua carne.” e ´
d Gen ´
41:18-21 sonhos, mas ninguem os conse-
20 O terceiro dia era o ani- guia interpretar ao Farao.
´
´ ´
versario do Farao, f e ele deu um
9 Com isso, o chefe dos co-
banquete a todos os seus ser- ´
peiros disse ao Farao: “Hoje,
vos. Ele trouxe para fora o1 che-
´ confesso os meus pecados.
e Gen 41:22-24 ´
´
40:13 1 Lit.: “levantara a tua cabeça”. 10 O Farao estava indignado com
40:15 1 Lit.: “cisterna; cova”. 40:19 os seus servos. Por isso, man-
´ dou prender-me na cadeia da casa
1 Lit.: “levantara a tua cabeça de cima
de ti”. 40:20 1 Lit.: “levantou a cabeça do chefe da guarda, tanto a mim
do”. ´ como ao chefe dos padeiros. f
f Gen 40:2, 3
´
GENESIS 41:11-35 98
11 Depois disso, ambos tivemos CAP. 41 ceram sete espigas murchas,
sonhos na mesma noite. Tanto ´ mirradas, ressequidas pelo ven-
a Gen 40:5
eu como ele tivemos um sonho, to leste. 24 E as espigas mirra-
´
cada um com a sua propria in- das começaram a engolir as sete
˜ ´
terpretaçao. a 12 Estava la con- ´ espigas boas. Contei isto aos sa-
b Gen 39:1 ´
nosco um jovem hebreu, servo cerdotes-magos, a mas ninguem
do chefe da guarda. b Quando lhe foi capaz de me dar uma expli-
´ ˜
relatamos os sonhos, c ele inter- caçao.” b
´ ˜ ´
pretou-os e deu-nos o significa- c Gen 40:8
25 Entao, Jose disse ao Fa-
´ ´ ˆ
do de cada sonho. 13 E acon- rao: “Os sonhos do Farao tem
teceu tudo exatamente como ele apenas um significado. O ver-
´ ´
tinha interpretado: eu fui resti- d Gen dadeiro Deus informou o Farao
´
tuıdo ao meu cargo, mas o outro 40:21, 22
acerca do que vai fazer. c 26 As
˜
homem foi pendurado num ma- sete vacas boas sao sete anos.
deiro.” d Igualmente, as sete espigas boas
˜ ´ ˜ ˆ
14 Entao, o Farao mandou e Sal 105:20 sao sete anos. Os sonhos tem
´ apenas um significado. 27 As
chamar Jose, e e trouxeram-no
˜ sete vacas magras e com mau
rapidamente da prisao.1f Ele bar-
beou-se, trocou de roupa e apre- ´
f Gen aspeto, que subiram depois das
´ ´ 40:15 ˜
sentou-se ao Farao. 15 O Farao outras, sao sete anos; e as sete
˜ ´ espigas vazias, ressequidas pelo
disse entao a Jose: “Tive um so- ˜
˜ ´ vento leste,´ sao sete anos de
nho, mas nao ha quem o inter-
prete. Ouvi dizer que tu podes g Da 5:12
fome. 28 E como eu disse ao
´ At 7:9, 10 ´
ouvir um sonho e interpreta- Farao: o verdadeiro Deus fez o
´ ´
-lo.” g 16 Jose respondeu ´ ao Fa- Farao ver o que Ele vai fazer.
´ ´
rao: “Quem sou eu? E Deus quem 29 “Havera sete anos de gran-
´ ´
h Gen 40:8
falara sobre o bem-estar do Fa- de fartura em toda a terra do
´ Da 2:23, 28 ´
rao.” h Egito. 30 Mas, apos estes, cer-
´ ´ ˜
17 O Farao disse a Jose: “No tamente virao sete anos de fome,
´ e toda a fartura na terra do Egi-
meu sonho, eu estava de pe na ´ ´
i Gen 41:2-4
margem do rio Nilo. 18 E vi to sera certamente esquecida, e
´ ´
sete vacas belas e gordas a subir a fome consumira o paıs. d 31 E
do Nilo, e começaram a pastar a fartura que houve antes no
´ ´ ´ ˜ ´
nas ervas do Nilo. i 19 Depois j Gen 41:5-7 paıs ja nao sera lembrada, por
destas, subiram outras sete va-  causa da fome que se segui-
´ ´
cas, desnutridas, com muito mau 2.a coluna ra, pois esta sera muito severa.
aspeto e magras. Nunca vi va- ´
a Gen 41:8 32 O sonho foi dado duas vezes
˜ Da 2:2 ´ ˜ ´
cas com aspeto tao mau em toda ao Farao porque a questao esta
a terra do Egito. 20 E as vacas bem estabelecida pelo verdadei-
´
magras e com mau aspeto co- ro Deus, e o verdadeiro Deus ira
´
meçaram a devorar as primeiras b Da 2:27 realiza-la em breve.
´
sete vacas, as gordas. 21 Mas, Da 4:7 33 “Portanto, que o Farao
depois de as terem comido, nin- procure agora um homem pru-
´ ´
guem podia perceber que as ti- dente e sabio, e que o encarre-
nham comido, visto que a sua c Da 2:28 gue da terra do Egito. 34 Que o
ˆ ˜ ´ Am 3:7 ´ ˜
aparencia era tao ma como no Farao tome açao e designe supe-
´ ´
inıcio. Nisto, acordei. rintendentes no paıs, e recolha
˜
22 “Depois, vi no meu sonho um quinto da produçao do Egi-
´ to durante os sete anos de far-
que, numa unica haste, cresciam d At 7:11
sete espigas de cereais, cheias tura. e 35 E que eles recolham
e boas. j 23 Depois destas, cres- todo o alimento produzido nes-
˜
´ ses anos bons que virao e, sob
e Gen ´
41:14 1 Lit.: “cisterna; cova”. 41:26, 47 a autoridade do Farao, façam re-
´
99 GENESIS 41:36-55
˜ ´
servas de cereais, que serao ar- CAP. 41 terra do Egito. a 46 Jose tinha
mazenados como mantimentos e ´ 30 anos de idade b quando com-
a Gen
´
guardados nas cidades. a 36 Os 41:48, 49 pareceu perante o1 Farao, o rei
˜ At 7:12
alimentos deverao servir de su- do Egito.
´ ´ ˜
primento para o paıs durante os Jose retirou-se entao da pre-
´ ´ ´
sete anos de fome que havera na b Gen 45:9, 11 sença do Farao e viajou por
´ ´
terra do Egito, para que o paıs
˜
Gen 47:13, 19 toda a terra do Egito. 47 E, du-
nao seja arruinado pela fome.” b rante os sete anos de fartura,
37 Esta proposta agradou ao ´
c Gen 39:6 a terra produzia
´
abundantemen-
´
Farao e a todos os seus servos. Sal 105:21 te.1 48 Jose continuou a reco-
´
38 Assim, o Farao disse aos At 7:9, 10 lher todos os alimentos produzi-
´
seus servos: “Encontrar-se-a ou- dos na terra do Egito nos sete
tro homem como este, em quem d Da 5:7 anos de fartura, e fazia reservas
´ ´
esta o espırito de Deus?” 39 O de alimentos nas cidades. Em
´ ˜ ´
Farao disse entao a Jose: “Visto cada cidade, armazenava os ali-
´
que Deus te fez saber tudo isso, e Gen 44:18 mentos produzidos nos campos
˜ ´ ´ ˜ ´
nao ha ninguem tao pruden- Gen 45:8
que a rodeavam. 49 Continua-
´ At 7:9, 10
te e sabio como tu. 40 Tu mes- va a armazenar cereais em quan-
´
mo ficaras encarregado da mi- tidades muito grandes, como a
´ ´
nha casa, e todo o meu povo f Gen 46:20 areia do mar, ate que, por fim,
´  desistiram de os contar porque a
te obedecera sem reservas. c So- ´
˜ 2.a coluna sua quantidade era incalculavel.
mente na posiçao de rei1 serei
maior do que tu.” 41 E o Fa- a Sal 105:21 50 Antes de chegar o ano da
´ ´ ´
rao acrescentou a Jose: “Agora, fome, Jose tornou-se pai de dois
encarrego-te de toda a terra do ´ filhos, c que lhe foram dados por
˜ ´ b Num 4:3 ´
Egito.” d 42 Entao, o Farao tirou Asenate, filha de Potıfera, sacer-
2Sa 5:4 ´
o anel de sinete que usava na Lu 3:23 dote de Om.1 51 Jose deu ao
˜ ˆ ˜ ´ ´
mao e po-lo na mao de Jose, ves- primog
´
enito o nome de Manas-
tiu-o com roupas de linho fino ´
ses,1d pois disse: “Deus fez-me
c Gen 48:5
e colocou-lhe um colar de ouro esquecer todas as minhas des-
´ ˆ
ao pescoço. 43 Alem disso, fe- graças e toda a casa do meu pai.”
-lo andar no seu segundo car- ´
d Gen 50:23 52 E ao segundo deu o nome de
` ´
ro de honra, e clamavam a fren- Num 1:34, 35 Efraim,1e pois disse: “Deus deu-
´
te dele: “Avrekh!”1 Assim, ele foi -me filhos na terra da minha afli-
˜
encarregado de toda a terra do ´ çao.” f
e Gen 48:17 ˜
Egito. ´
Num 1:32, 33 53 Ent ao, acabaram-se os
´
44 O Farao ainda disse a De 33:17 sete anos de fartura na terra do
´ ´
Jose: “Eu sou o Farao, mas, sem Jos 14:4 Egito, g 54 e começaram os sete
˜ ´ ´
a tua autorizaçao, ninguem po- anos de fome, assim como Jose
´
dera fazer absolutamente nada1 f Sal tinha dito. h Havia fome em to-
em toda a terra do Egito.” e 105:17, 18 das as terras, mas em toda a ter-
´ ´ ˜
45 Depois, o Farao deu a Jose o At 7:9, 10
ra do Egito havia pao.1i 55 Por
nome de Zafenate-Paneia e deu- fim, toda a terra do Egito co-
-lhe como esposa Asenate, f filha ´
g Gen 41:26 meçou a passar fome, e o povo
´ ´
de Potıfera, sacerdote de Om.1 começou a clamar ao Farao por
´ ˜ ´ ˜
E Jose passou a administrar a2 pao. j O Farao disse entao a to-
´
h Gen ´ ˜
41:30 dos os egıpcios: “Vao ter com
41:40 1 Ou: “Somente com respeito ao At 7:11

trono”. 41:43 1 Aparentemente, um 41:46 1 Ou: “quando entrou para o servi-


˜
termo que convocava outros para con- ´ ço do”. 41:47 1 Lit.: “de maos cheias”.
´ i Gen 45:9, 11
ferir honra e dignidade a algu em. ´
Gen 47:17 41:51 1 Que significa “aquele que torna
˜ ´
41:44 1 Lit.: “erguer a mao ou o pe”. esquecediço; aquele que faz esquecer”.
´ ´ ´
41:45, 50 1 Isto e, Heliopolis. 41:45 41:52 1 Que significa “duplamente fer-
2 Ou: “viajar pela”. ´
j Gen 47:13 til”. 41:54 1 Ou: “comida”.
´
GENESIS 41:56–42:20 100
´
Jose e façam o que ele vos dis- CAP. 41 que tivera a respeito deles, a e
ˆ ˜ ˜
ser.” a 56 A fome continuava em a Sal 105:21 disse-lhes: “Voces sao espioes!
´
toda a superfıcie da terra. b En- Vieram para ver os pontos fra-
˜ ´ ´ ´
tao, Jose começou a abrir to- b Gen 43:1 cos1 do pa ıs!” 10 Disseram-
´ ˜ ˜
dos os armazens de cereais que ´
-lhe entao: “Nao, meu senhor, os
c Gen seus servos vieram para com-
havia entre eles e a vender aos 41:48, 49 ´
´ ´ prar alimentos. 11 Todos nos
egıpcios, c visto que a fome se ti- Gen 47:16
´
nha apoderado da terra do Egi- somos filhos de um unico ho-
´ ´
to. 57 Alem disso, pessoas de d Gen 47:4 mem. Somos homens honestos.
˜ ˜

toda a terra vinham ao Egito Os seus servos nao sao es-
´ CAP. 42 ˜
para comprar a Jose, porque a pioes.” 12 Mas ele disse-lhes:
´
e Gen ˜ ´ ˆ
fome se tinha apoderado de toda 41:48, 49
“Nao e verdade! Voces vieram
a terra. d para ver os pontos fracos do
´
´ paıs!” 13 Diante disso, disse-
42 Quando Jaco soube que
havia cereais no Egito, e
´
f At 7:12

g 1Cr 2:1, 2
ram: “Os seus servos sao 12 ir-
˜
maos. b Somos filhos de um uni-
˜
´
disse aos seus filhos: “Porque e ˜
˜ co homem c na terra de Canaa; o
que estao parados a olhar uns ´ ´
h Gen 35:18, 19 mais novo esta agora com o nos-
para os outros?” 2 E acrescen- ´
Gen 42:38 ´ ˜
´