Você está na página 1de 6

Portugol IDE

Autor: leandro bruno teixeira <leandrobrunoo at msn.com>


Data: 04/07/2009

Introdução

O Portugol IDE é um ambiente de desenvolvimento de algorítimos, mais especificamente, trata-se de um


simulador de linguagem algorítmica que visa o desenvolvimento do raciocínio lógico.

Usando um ambiente simples e com ferramentas visuais, o Portugol destaca o desenvolvimento dos algoritmos
ao invés do desenvolvimento de programas. Para isto ele utiliza uma linguagem algorítmica, uma pseudo-
linguagem de programação que utiliza o português como base das suas instruções.

Seu editor tem ferramentas que complementam e corrigem algumas falhas que o aprendiz comete. Já o editor
de fluxogramas é uma abordagem gráfica da programação que permite o desenvolvimento de algoritmos de
forma visual e com ferramentas que fazem a tradução para linguagem algorítmica.

A utilização do mesmo é bem simples, conforme pode ser observado em alguns exemplos mostrados a seguir.

No exemplo da tela anterior, se for clicado em "editor de texto", o que permite digitar o seu pseudocódigo,
surge outra tela, como a mostrada a seguir:
Na área de edição branca, mostrada na imagem anterior, pode-se digitar o pseudocódigo.

Após a digitação do mesmo, pode-se verificar se existem erros de escrita (sintaxe) pressionando-se a tecla F2
ou clicando na opção "Verificar", do menu, como pode ser observado na imagem a seguir:

Havendo erros a seguinte tela será fornecida:


Após a correção dos erros pode-se realizar uma uma nova verificação. Caso não haja mais erros, o Portugol
IDE exibirá uma tela como esta:

Observe a indicação de "Algoritmos OK" na janela de informações. Pode-se abrir a aba ECRAN para
visualizar a tela de saída do algoritmo, podendo executá-lo pressionando F3 ou através do item "executar",
disponível no menu, conforme mostra a tela a seguir.

No caso do algoritmo usado como exemplo na tela mostrada anteriormente, trata-se de uma lógica que solicita
ao usuário a entrada de dados. A próxima saída de tela mostra o resultado da digitação de um texto qualquer,
como exemplo no meu caso coloquei o meu nome. :P
Isto são apenas alguns pequenos exemplos de uso desta linguagem, cujo objetivo é ensinar a programação. Por
ser baseado em Java, sua instalação depende deste, como será descrito na próxima seção.

Baixando e configurando o PORTUGOL IDE 2.3

Para executar o Portugol é necessário ter o Java instalado em sua máquina.

Os seguintes passos podem ser reproduzidos para instalar o Java:

# cd /usr/local

Crie um diretório com o nome java:

# mkdir java

Baixe o pacote JDK no site da Sun:

http://java.sun.com

Clique em "download JDK" e aceite os termos.

Optei por instalar a versão self-extracting file (jdk-1_5_0_01-linux-i586.bin, 43.98 MB).

Salve ele no diretório /usr/local/java.

Após isto vá até a pasta /usr/local/java com o comando:

# cd /usr/local/java

Dê permissão de execução ao arquivo à todos os usuários:

# chmod +x jdk-1.5.0_01-linux-i586.bin

Instale o JDK com o comando:


# ./jdk-1.5.0_01-linux-i586.bin

Edite o arquivo ~/.bashrc e acrescente a seguinte linha ao final do arquivo:

# vi ~/.bashrc

export PATH=:/usr/local/java/jdk1.5.0_01/bin:$PATH

Onde jdk1.5.0_01 é o nome do diretório que está dentro do diretório /usr/local/java/.

O arquivo .bashrc será executado no seu próximo login. Para forçar sua execução neste momento, sem
precisar logar-se novamente, digite mais este comando:

# source ~/.bashrc

Após a instalação do Java pode-se baixar e instalar o Portugol IDE. A versão 2.3 pode ser obtida em:

http://orion.ipt.pt/~manso/Portugol/

Sugere-se que se copie ele para o diretório /usr/local.

Dê as devidas permissões de execução:

# chmod 777 /usr/local/portugol

Edite o arquivo /usr/local/portugol/run.bat:

# gedit /usr/local/portugol/run.bat

Altere a linha:

java -jar portugol.jar

Para a abaixo, onde na verdade só mudei o "p" para "P":

java -jar Portugol.jar

Salve o arquivo e pronto.

Para executar a ferramenta basta entrar no diretório onde ela está e executá-la:

# cd /usr/local/portugol
# java -jar Portugol.jar

Segue um script para que toda vez que queira roda o Portugol não seja necessário ir ao seu diretório.

# cd /usr/bin
# touch ptg

Edite o /usr/bin/ptg para que tenha as seguintes linhas:

#!/bin/bash
# script portugol
clear
echo Olá seja bem vindo ao portugol
cd /usr/local/portugol
java -jar Portugol.jar

E não esqueça de dar permissão de execução ao seu script:

# chmod +x /usr/bin/ptg

Pronto, agora e só estudar.

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Portugol-IDE

Voltar para o site