Você está na página 1de 30

PC-SCAN 2010

SISTEMA DE DIAGNÓSTICO VEICULAR

Manual de Operação

Multec 700 EFIS


B10 / B14

Corsa 1.0 e 1.4 EFI

GM
Seção B:
Versão : 1.02A / 2001

B1
PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

• ÍNDICE

• Introdução .................................................................................................... B3

• Auto-Diagnóstico ......................................................................................... B4

• Conectando o seu PC-SCAN 2010................................................................ B5

• Consultas Possíveis .................................................................................... B6

• Descrição das Funções ............................................................................... B7

Função 01 - Diagnóstico dos Elementos Atuadores ............................. B7

Função 02 - Consultar a Memória de Avarias ....................................... B9

Função 03 - Apagar a Memória de Avarias ......................................... B10

Função 04 - Modo Contínuo .................................................................. B11

• Retornando ao Menu Principal........................................................................ B16

• Apêndice A - Tabela de terminais da Unidade de Controle B10 / B14 .......... B17

• Apêndice B - Tabela de Códigos de Falhas - B10 / B14 .............................. B18

• Apêndice C - Esquema Elétrico - B10 / B14 ................................................. B29

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B2


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

• Introdução

O sistema Multec 700 EFIS que equipa os veículos Corsa 1.0 e 1.4, pertence à categoria dos
sistemas de injeção do tipo “Single-Point” (monoponto) no qual um único injetor abastece os quatro
cilindros.

Para medir a massa de ar admitida o sistema utiliza o método velocidade/densidade.


A velocidade do motor (rpm ) é enviada pelo sensor Hall, instalado no distribuidor.
A densidade do ar é calculada a partir das informações fornecidas pelos sensores de pressão
absoluta do coletor de admissão (MAP ) e o de temperatura do líquido de arrefecimento ( ECT ).
Como o líquido de arrefecimento circula no fundo do coletor de admissão, é possível estimar a
temperatura do ar admitido.

Elementos do Sistema :

Entradas e Sensores

• Pressão Absoluta do Coletor de Admissão ( Sensor MAP ).


• Temperatura do Líquido de Arrefecimento ( ECT ).
• Sensor Posição da Borboleta de Aceleração ( TPS ).
• Velocidade do Veículo ( Sensor VSS ).
• Velocidade de Rotação do Motor ( Sensor Hall ).
• Sonda Lambda ( Sensor de Oxigênio - EGO ).
• Codificação de Octanas.
• Interruptor de Solicitação do Ar Condicionado.

Atuadores e Elementos Comandados pela UC

• Injetor.
• Bomba de Combustível.
• Motor de Passo de Controle da Marcha-Lenta ( IAC ).
• Avanço do ponto de ignição e ângulo de permanência.
• Embreagem do Conversor de Torque ( TCC ).
• Lâmpada de Avaria.
• Relé de Corte do Ar Condicionado.

Elementos Comandados pelo vácuo do coletor de admissão

• Filtro Termostático de ar ( THERMAC ).


• Sistema de Ventilação do Cárter.
• Sistema de Controle de emissões evaporativas ( Canister ).

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B3


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

• Auto-Diagnóstico

A unidade de controle do sistema Multec B22 / EMS / MPFI está equipada com um apropriado
software para realizar o auto-diagnóstico.

Trata-se de um programa auxiliar formado por linguagem lógica e matemática que permite o
controle e diagnóstico da própria central, dos sensores e dos atuadores.

Na prática, através deste programa, a U.C. está apta a :

1) Indicar um defeito de funcionamento somente quando este se apresenta, e identificar os


componentes que o causam no menor tempo possível.

Fornecer, consequentemente, uma ajuda ( valor substitutivo constante ) ao sistema para resolver
a avaria. Dependendo da importância do defeito o sistema pode funcionar como emergência.

2) Gravar os defeitos na sua memória tipo EEPROM, permite o armazenamento das


Irregularidades ocorridas e o acesso, destas informações, através do seu PC-SCAN 2010.

3) Verificar se, uma vez eliminados, os defeitos foram cancelados da memória.

A comunicação entre o PC-SCAN 2010 e a unidade de comando, e também a sua alimentação


elétrica, é realizada através do conector de diagnóstico padrão ALDL-10 GM.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B4


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

• Conectando o PC-SCAN 2010

1 - Conecte o cabo de comunicação serial no módulo PC-SCAN 2010 , e em seu computador.

2 - Conecte o cabo de diagnóstico GM ( ALDL 10 pinos ) na entrada do módulo PC-SCAN


2010.

3 - Ligar o cabo de diagnóstico ao conector de diagnóstico do lado do veículo.

4 - Prestar atenção na indicação de alimentação no módulo PC-SCAN 2010 ( Led Bateria ).

Nota : Se faltar essa indicação no painel dianteiro do seu PC-SCAN 2010 :

Verificar se a tensão da bateria é maior que 10 volts ( recarregar a bateria do veiculo se


necessário, usando procedimento indicado pela montadora).

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B5


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

• Consultas Possíveis

Ao selecionar através da função F1 - Scanner ( veja Manual de Operação e Instalação ) o veículo a ser
testado, o programa será automaticamente carregado, possibilitando o acesso das seguintes funções :

Código Função
01 Diagnóstico dos Elementos Atuadores.
02 Consultar a Memória de Avarias.
03 Apagar Memória de Avarias.
04 Modo Contínuo.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B6


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

• Descrição das Funções

Função 01 - Diagnóstico dos Elementos Atuadores.

Permite ao operador com o motor desligado e chave de partida na posição ligada (Key-On)
testar individualmente os atuadores.

Procedimento :

1 - Desligue a Ignição.

2 - Conecte o PC-SCAN 2010 ao Veículo.

3 - Ligue a Ignição.

4 - Selecione através das teclas de função ( ↑ , ↓ ), o código 01 e aperte < Enter >.

5 - Após a confirmação aparecerá no vídeo o menu de seleção dos diversos atuadores.

6 - Selecione através das teclas de função ( ↑ , ↓ ), o atuador desejado e aperte < Enter >.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B7


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Descrição :

01 - Ajuste do IAC :

Com o Motor desligado o motor de controle da marcha-lenta é acionado.

02 - Injetor :

Com o Motor desligado o injetor é acionado 10 vezes por segundo.

Resistência : 1.7 a 1.9 Ohms ( Temperatura de 20 ºC ).

03 - Bobina de Ignição :

A ignição é ativada duas vezes por segundo.


Utilize uma vela de teste para verificar o centelhamento da ignição.

04 - Ajuste EST :

Possibilita a verificação das condições para o ajuste do ponto de ignição.

05 - Controle RPM :

Com o motor ligado possibilita aumentar ou diminuir a rotação do motor verificando o


funcionamento da válvula de controle da marcha-lenta (IAC ).
Faixa de Controle : 650 a 1800 rpm’s.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B8


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Função 02 - Consultar a Memória de Avarias.

Na memória de avarias são registrados os dados relativos á sua respectiva causa.

Se a avaria for apenas momentânea, ela é identificada como “ avaria esporádica “ ( /SP ).
Se a avaria for causada por mal contato ela é identificada como “ avaria intermitente “ ( /INT ).
Só quando a avaria persiste durante um período determinado, é que é assumida e memorizada
como “avaria permanente “.

1 - Selecione através das teclas de função ( ↑ , ↓ ), o código 02 e aperte < Enter >.

2 - Após a confirmação, o PC-SCAN 2010 passa a comunicar com o módulo, solicitando o


conteúdo da memória de avarias.

3 - Utilize as teclas de função < Page UP > e < Page Down > para visualizar todas as avarias.

4 - Aperte a tecla de função F2 que se encontra na parte superior do seu teclado para imprimir as
avarias encontradas.

5 - Ao Final aperte a tecla < Esc > para retorna ao Menu de Seleção.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B9


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Função 03 - Apagar a Memória de Avarias.

1- Consulte a memória de Avarias.

2 - Certifique-se de que todos os defeitos apresentados na memória foram solucionados.

3 - Selecione através das teclas de função ( ↑ , ↓ ), o código 03 e aperte < Enter >.

4 - Após alguns segundos, o PC-SCAN 2010 indicará que a Memória de Avarias foi apagada.

5 - Ao Final aperte a tecla < Esc > para retornar ao Menu de Seleção.

6 - Consulte a Memória de Avarias novamente para confirmar.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B10


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Função 04 - Modo Contínuo.

Esta função permite analisar o comportamento dinâmico do sistema, dos principais blocos de
medição, com o motor funcionando ou até em testes de rodagem.

Para ativar a função, siga o procedimento abaixo :

1 - Selecione através das teclas de função ( ↑ , ↓ ), o função 04 e aperte < Enter >.

2 - Após alguns segundos, o PC-SCAN 2010 passa a indicar os valores instantâneos.

3 - Ao Final aperte a tecla < F3 > para retornar ao Menu de Seleção.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B11


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Parâmetros :

Rotação do Motor (rpm) :


900 a 1000 rpm.

Temperatura da Água (ºC) :


Temperatura do líquido de arrefecimento ECT ( motor ).
Marcha-Lenta : 85 a 116 ºC.

Motor de Passo (passos) :


Controle Ar Marcha-lenta ( IAC )
Motor em Marcha-lenta e Temperatura operacional : 3 a 45 passos.

Tensão da Bateria ( V ) :
Ignição Ligada : 11.5 a 13.5 Volts.
Durante a partida : > 9 Volts.
Marcha-Lenta : 13.0 a 15.5 Volts.

Velocidade do Veículo ( Km/h ) :


Velocidade do Veículo.

Tempo de Injeção ( ms ) :
Ignição Ligada e Motor Desligado e frio : > 3.0 ms.
Borboleta de Aceleração Totalmente Fechada : < 3.0 ms.
Borboleta de Aceleração Totalmente Aberta : 0.8 a 1.5 ms.
e Motor em Marcha-Lenta.

Posição da Borboleta ( % ) :
Posição da Borboleta de Aceleração em porcentagem.

Posição da Borboleta ( V ) :
Posição da Borboleta de Aceleração em Volts.
Ignição Ligada e borboleta de aceleração fechada : 0.30 a 1.60 Volts.
Borboleta de aceleração fechada totalmente aberta : 4.20 a 4.80 Volts.

Pressão do Coletor ( bar / V) :


Pressão Absoluta do coletor de admissão ( SENSOR MAP ).
Ignição Ligada : 0.9 a 1.1 bar / 4.2 a 5.3 V
Marcha-lenta : 0.25 a 0.42 bar / 0.8 a 1.7 V

Avanço de Ignição ( ºApms )


Valor interno à UC tirado do mapa de ignição.
Ajustar o avanço em 10 º utilizando uma lâmpada de ponto, através do Ajuste EST ( Elementos
Atuadores ).

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B12


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Sonda Lambda ( mv ):
Tensão da Sonda Lambda ( Sensor de Oxigênio ).
Com a Sonda fria ( Circuito Aberto ) : 350 a 550 mV.
Em funcionamento ( Circuito Fechado ) : 50 a 950 mV ( variando ).
Carga Total abaixo de 4000 rpm : 500 a 1000 mV.
Carga Total acima de 4800 rpm : 50 a 950 mV.

Integrador O2 (passos) :
Apresenta o enriquecimento ou empobrecimento da mistura, calculados pela função integrador.
Princípio de Funcionamento :
Quando a mistura estiver pobre, o valor do integrador, e o tempo de injeção aumenta, até que a
sonda lambda indique mistura rica. Resultando numa diminuição do valor do integrador e do tempo de
injeção até que a sonda lambda indique mistura pobre novamente. O processo acontece sempre que o
sistema estiver funcionando em malha fechada.

Valores do Integrador :
Ignição Ligada : 128 passos
Motor em Marcha-lenta e temp. operacional : 104 a 160 passos
Carga Total abaixo de 4000 rpm : 128 passos
Carga Total acima de 4800 rpm : 104 a 160 passos

Valor constante 128 passos = 128 passos


Sistema em Malha-Aberta, devido a presença de falha ou porque não foram preenchidas as
condições para o funcionamento em malha fechada.
Ou
Motor está recebendo mistura estequiométrica ( Ideal ).

Valor < 128 = Mistura Rica.

Valor > 128 = Mistura Pobre.

BLM O2 Aceleração ( Aceleração ) :


Caso o valor do Integrador O2 se desviar do valor da relação estequiométrica durante um
período prolongado, e o enriquecimento em carga total ( Aumento de Torque ) estiver inativo, a
correção da mistura em cargas parciais é efetuada levando em consideração o valor BLM O2 na
Aceleração Parcial.
O BLM O2 na Aceleração Parcial é uma medição da tolerância dos componentes, dependendo
também de influências tais como atrito do motor e vazamentos de ar, etc.

Valor do BLM O2 em Aceleração Parcial = 106 a 150 passos.

Obs.: BLM O2 ( Aceleração ) somente é ativo quando a borboleta possui uma abertura > 5 %.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B13


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

BLM O2 Aceleração ( Marcha-Lenta ) :


Caso o valor do Integrador O2 se desviar do valor da relação estequiométrica durante um
período prolongado, a correção da mistura na marcha-lenta é efetuada levando em consideração o valor
BLM O2 de Marcha-lenta.
O BLM O2 de Marcha-lenta é uma medição da tolerância dos componentes, dependendo
também de influências tais como atrito do motor e vazamentos de ar, etc.

Valor do BLM O2 de Marcha-lenta = 106 a 150 passos.

Obs.: BLM O2 (Marcha-Lenta) somente é ativo quando a borboleta possui uma abertura < 5 %.

Codificação RON ( Octanas ) :


O codificador de Octanas do de Combustível possui duas posições : 91 e 95 octanas.
Para os motores B10 e B14 deve ser utilizada a posição 95, sendo que sua alteração, segundo o
fabricante do veículo, pode provocar danos no motor.
Localização : Compartimento do Motor, lado direito próximo da parede corta-fogo.

Codificação RON ( KOhms ) :


Valor em KOhms do Codificador de Octanas.

0.00KOhms = 91 Octanas
0.22KOhms = 95 Octanas
Em caso de emergência a leitura deve ser 2.2 KOhms = 95 Octanas.

Palavra de Estado

Memória de Avarias :

Verde : Memória de Avarias Limpa.


Vermelho : Uma ou mais falhas na memória de avarias.

Interruptor do A/C : Sinal de Solicitação do Ar Condicionado ( Painel ).

Verde : Ativo.
Cinza : Inativo.

Pulso de Velocidade do Veículo ( Pulso Sensor VSS ) :


Apresenta o Sinal Recebido pelo Sensor de Freqüência do Hodômetro.

Verde : Recebido.
Cinza : Não Recebido.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B14


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Corte de Combustível ( Corte de Combustível na Desaceleração ) :


Apresenta o Sinal Recebido pelo Sensor de Freqüência do Hodômetro.

Verde : Ativo. ( Desaceleração Rápida )


Cinza : Inativo. ( Velocidade constante > 50 Km /h )

Aumento do Torque :
Enriquecimento da mistura nas acelerações e plena carga.

Verde : Ativo.
Cinza : Inativo.

Modo Desafogador :

Verde : Ativo ( Borboleta de Aceleração Totalmente Aberta - 100 % ).


Cinza : Inativo( Borboleta de Aceleração Totalmente Fechada ).

Leitura do Bloco O2 :
Indica o estado da função ( ativo / inativo ) de correção da mistura através dos multiplicadores
(BLM Aceleração e Marcha-lenta).

Verde : Ativo.
Cinza : Inativo.

Para verificação acelere o motor até 1500 rpm’s pelo modo de controle de RPM e temperatura
>80 ºC.

Circuito O2 ( Fechado ) :
Estado do circuito da sonda lambda.

Verde : Fechado ( motor em Marcha-lenta e temperatura operacional ).


Cinza : Aberto ( Ignição Ligada ).

CTRL Torque Motor :


Para veículos com transmissão automática.

Verde : Ativo ( Transmissão muda Marcha sob Carga ).


Cinza : Inativo ( Velocidade Constante ).

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B15


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Estacionado/Neutro :
Sinal do Interruptor NDS para veículos com transmissão automática.

P-N = Ignição Ligada e alavanca seletora de marcha na posição P/N ( 0 V ).


R-D-2-1 = Alavanca seletora na posição R,D,2 ou 1 ( 12 V ).

Ativo Inativo

Relação Ar/Combustível :
Estado da Mistura.

Com a ignição ligada e motor funcionado em marcha-lenta e temperatura operacional o valor


deve se alternar entre Pobre e Rica.

Ativo Inativo

Avarias

Indica avarias presentes detectadas pela Unidade de Controle.

Verde : Sem Avaria.


Vermelho : Avaria Presente.

• Retornando ao Menu Principal

Para retornar ao Menu Principal aperte a tecla de função F3.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B16


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

• Apêndice A - Tabela de terminais da Unidade de Controle Eletrônica B10/B14

PINO DESCRIÇÃO

A1 Controle do relé da bomba de combustível.


A2 Controle do relé de corte do Ar Condicionado
A5 Controle da Lâmpada de Avaria.
A6 Entrada de alimentação da chave de ignição.
A8 Entrada e Saída de dados seriado.
A9 Terminal B do conector ALDL.
A10 Entrada do Sensor de velocidades do Veículo - VSS
A11 Massa dos Sensores.
A12 Massa da UC.
B1 Tensão da Bateria
B3 Massa do Sensor de Rotação (Hall).
B5 Sinal do Sensor de Rotação (Hall).
B8 Sinal do Interruptor de solicitação de ar condicionado.
B10 Sinal do interruptor de estacionamento/ ponto morto.
C1 Sinal de Rotação para o Tacômetro.
C3, C4 Saída de Controle para as bobinas do motor de passo de controle da
C5, C6 marcha-lenta ( IAC ).
C10 Sinal do Sensor de Temperatura da Água - ECT
C11 Sinal do Sensor de Pressão Absoluta - MAP
C13 Sinal do Sensor de Posição da Borboleta - TPS
C14 Tensão de Referência de + 5 volts ( Vref.) para TPS e MAP.
C16 Tensão da Bateria.
D1 Massa da UC
D2 Massa do Sensores TPS e do codificador de octanas.
D4 Sinal de saída de controle de centelha - EST
D5 Tensão de Alimentação do Sensor Hall.
D7 Sinal Sonda Lambda ( Sensor de Oxigênio )
D15,D16 Saída de Controle da Válvula de Injeção.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B17


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

• Apêndice B - Tabela de Códigos de Falhas - B10 / B14

Mensagem Providências

Código : 013 A UC grava esta avaria quando:

Sonda Lambda - Circuito Aberto. 1- Motor funcionando durante mais de 20 segs.


2- Valor da tensão da Sonda Lambda entre 350 e 550 mV.
3- Temperatura da Água (Líquido de arrefecimento ) > 85°C.
4- Abertura da válvula da borboleta de aceleração > 6%.
5- Códigos 21e 22 não gravados.
6- As condições acima devem existir durante mais de 12 seg.

Como resultado da detecção da falha o sistema comuta para


malha aberta.

Verificações :

Chicote :
• Desconectar a Sonda Lambda, e medir a tensão no
conector ( lado chicote ) com a ignição ligada.

Valor no PC-SCAN2010 : 300 a 550 mV

Caso o valor não seja encontrado :


1- Verificar a continuidade entre o conector do sonda (lado
chicote) e o pino D7 da UC.
2- Verificar a continuidade entre o conector do sensor (lado
chicote) e o pino D6 (massa) da UC (valor = 800 a 1000
mV).
3- Curto-Circuito entre D7 e a massa da UC.
4- UC defeituosa.

Sonda :
• Selecionar o Diagnóstico dos Elementos Atuadores ( Modo
Controle de RPM ) e ajustar a rotação em 1300 rpm’s e
medir a tensão no conector do chicote ( Sonda desconectada)
ao acelerar durante um período curto.

Valor no PC-SCAN2010 : 700 mV

Caso o valor não seja encontrado :


1- Sonda Lambda defeituosa.
2- Mistura constantemente muito pobre/rica.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B18


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Mensagem Providências

Mistura Rica :
Continuação Código : 013
Caso a mistura seja muito rica e constante (Tensão da
Sonda > 600 mV) verificar a pressão de combustível.

Pressão de Combustível : 0.7 a 0.8 bar


Pressão na Linha de Retorno : < 0.3 bar

Caso o valor não seja encontrado:


1- Regulador de pressão de combustível defeituoso.
2- Linha de Retorno obstruída ou dobrada.
3- Vazamento na válvula de injeção.
4- Vazamento no reservatório de carvão ativado.
5- Válvula de Purga do Canister defeituosa.
6- Sensor de Temperatura ECT defeituoso.
7- Sensor de Pressão no Coletor MAP defeituoso.
8- Vazamento ou obstrução na mangueira do MAP.
9- Sensor TPS defeituoso.

Mistura Pobre :

Caso a mistura seja muito pobre e constante (Tensão da


Sonda < 300 mV) verificar a pressão de combustível.

Pressão de Combustível : 0.7 a 0.8 bar


Pressão na Linha de Retorno : < 0.3 bar

Caso o valor não seja encontrado:


1- Regulador de pressão de combustível defeituoso.
2- Linha de Retorno obstruída ou dobrada.
3- Válvula de injeção bloqueada ou obstruída.
4- Vazamento no reservatório de carvão ativado.
5- Válvula de Purga do Canister defeituosa.
6- Sensor de Temperatura ECT defeituoso.
7- Sensor de Pressão no Coletor MAP defeituoso.
8- Vazamento ou obstrução na mangueira do MAP.
9- Sensor TPS defeituoso.
10- Vazamento no sistema de admissão.
11- Vazamento no Sistema de Escapamento.
12- Má qualidade do Combustível.
13- UC defeituosa.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B19


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Código : 014 A UC grava o Código 14 quando:


1-A UC recebe uma tensão que corresponde à uma
Sensor de Temperatura da Água - temperatura > 135°C (valor de tensão baixa, ou seja, curto-
Tensão Baixa. circuito com a massa).
2- Motor funciona durante mais de 1 segundo.
Código : 015
A UC grava o Código 15 quando:
Sensor de Temperatura da Água - 1- A UC recebe uma tensão que corresponde à uma
Tensão Alta. temperatura < -35°C (valor de tensão alta, ou seja, circuito
aberto).
2- Motor funciona durante mais de 1 segundo.

O sistema assume a Temperatura de 10°C a 85°C.

Verificações :
• Desconectar o Sensor e verificar a temperatura indicada
pelo PC-SCAN2010 no Modo Contínuo com a ignição
ligada.
Temperatura < -35 °C

Caso o valor não seja encontrado:


1- Verificar curto-circuito no cabo do pino A11 (massa) ao
pino 1 do ECT com o cabo do pino C10 ao pino 2 do ECT.
2- Possível defeito na UC.

• Curto-circuitar os pinos do conector do sensor (lado


chicote) e verificar a temperatura indicada pelo PC-
SCAN2010 no Modo Contínuo com a ignição ligada.
Temperatura > 151 °C

Caso o valor não seja encontrado:


1- Verificar a continuidade entre o pino C10 da UC ao ECT e
pino A11 ao ECT.
2- Possível defeito na UC.

• Medir a Resistência do Sensor :

Temperatura °C 100 80 60 40 20 0
Resistência (Kohms) 0.18 0.32 0.65 1.18 2.45 5.60

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B20


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Código : 021 A UC grava o Código 21 quando:

Sensor de Posição da Borboleta - 1- O sensor de posição da borboleta envia um valor de tensão


Tensão Alta. alta ( > 3,5 volts; quase carga total).
2- Motor funcionando
Código : 022 3- Pressão absoluta do coletor de admissão 0.85 bar.
4- Rotação do motor < 4000 rpm.
Sensor de Posição da Borboleta - 5- Códigos 33 e 34 não gravados.
Tensão Baixa. 6- As condições acima devem existir durante mais de 1,5
seg.

A UC grava o Código 22 quando:

1- O sensor de posição da borboleta informa um valor de


tensão baixa ( < 0,16V; inferior à marcha-lenta).
2- Motor funciona.

O sistema assume um valor para a posição da borboleta de


0% a 37% conforme a rotação do motor.

Verificações :

• Desconectar os Sensores MAP e TPS e verificar a tensão


indicada pelo sensor pelo PC-SCAN2010 no Modo Contínuo
com a ignição ligada.
Tensão = 0.00 V
Caso o valor não seja encontrado:
1- Verificar curto-circuito entre o cabo do pino C13 ao pino
C do TPS com o cabo do pino C14 ( +5V) ao pino A do TPS.
2- Possível defeito na UC.

• Curto-circuitar os pinos do conector do sensor (lado chicote


C e A) e verificar a tensão indicada pelo PC-SCAN2010 no
Modo Contínuo com a ignição ligada.
Tensão = 4.7 a 5.1 V
Caso o valor não seja encontrado :
1- Verificar curto-circuito entre o cabo do pino D2 ao pino
B do TPS com o cabo do pino C13 ao pino C do TPS.
2- Verificar a continuidade entre o pino C13 da UC ao pino C
do TPS.
3- Verificar a continuidade entre o pino C14 da UC ao pino
A do TPS.
4- Curto-circuito no Sensor MAP.
5- Possível defeito na UC.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B21


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Continuação Código : 21 e 22 • Verificar a continuidade do cabo do pino D2 da UC ao


pino B do TPS.
Resistência < 3 Ohms ( Continuidade )
Caso o valor não seja encontrado :
1- Verificar á corrosão do conector.

• Medir a resistência do potênciometro entre os pinos A e B


(valor constante).
• Medir a resistência do potênciometro entre os pinos B e C
e abrir lentamente a borboleta.
A - B : 4 a 9 KOhms
B - C : 1 a 3 KOhms
B - C : 5 a 10 KOhms

Caso o valor não seja encontrado :


1- Umidade no Chicote ou no potênciometro.
2- Potênciometro do TPS defeituoso.
3- UC defeituosa.

Código : 024 A UC grava esta avaria quando:

Sem Sinal do Sensor de Velocidade do 1- O valor da velocidade do veículo é determinado pelo


Veículo ( VSS ). sensor de velocidade e é < 14Km/h.
2- Motor funcionando
3- Temperatura do líquido de arrefecimento > 85°C.
4- Pressão absoluta do coletor < 0.18 bar (exemplo de
desaceleração rápida).
5- Sensor de posição da borboleta informa um valor de
tensão correspondente à abertura < 2%.
6- Rotação do motor entre 2200 e 4400 rpm.
7- Códigos 21, 22, 33 e 34 não estão gravados.
8- As condições acima devem existir durante mais de 2,0
segs. (por exemplo durante a desaceleração em quarta
descendente, a partir de 120Km/h).

Obs.: Se houver mau funcionamento no sensor de


velocidade, e o código 24 ainda não tiver sido reconhecido, o
código 35 poderá ser gravado em algumas circunstâncias.

Verificações :
• Medir a tensão no pino 7 do conector X5 do chicote
elétrico, movendo lentamente o veículo, um metro para a
frente e para trás.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B22


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Continuação Código : 024 Tensão : 1.0 a 9.0 V

Caso o valor não seja encontrado :


1- Verificar a continuidade do cabo ou curto-circuito à massa
do pino 7/X5 ao pino A10 da UC.
2- UC do painel defeituosa.

• Desconectar o conector do painel de instrumentos e medir a


tensão no pino 21,25 e 8 do conector X17 (lado chicote).

Tensão : 11.5 a 13.5 V

Caso o valor não seja encontrado :


1- Verificar a continuidade do cabo pino 21/X17 ao pino 15
da chave de ignição, ou Fusível 21 queimado, ou curto-
circuito com a massa.
2- Verificar continuidade do cabo do pino 8/X17 com a
massa.
3- Verificar continuidade do cabo do pino 7/X17 com o pino
25/X17 ou curto-circuito com a massa.
4- Painel de Instrumentos defeituoso.
5- Sensor de freqüência do hodômetro (VSS) c/ defeito.
6- UC defeituosa.

• Com a Ignição desligada desconectar o sensor de freqüência


do hodômetro e conectar os pinos 1 e 3 do sensor ao conector
do chicote elétrico correspondente.
• Ligue a ignição e gire o eixo do sensor e medir a resistência
entre os pinos 2 e a massa.
Resistência > 22 KOhms ou < 100 Ohms ( Alternadamente
).

Caso o valor não seja encontrado :


Sensor de Freqüência do Hodômetro defeituoso.

• Caso todos os valores forem corretos possível UC


defeituosa.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B23


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Código : 033 A UC grava o Código 33 quando:

Sinal do Sensor MAP - 1- O sensor MAP (pressão absoluta do coletor) informa um


Tensão Alta. valor de tensão que corresponde à pressão > 0.83 bar.
2- Motor funcionando.
Código : 034 3-Sensor de posição da borboleta (TPS) informa um valor de
tensão correspondente à abertura < 1,6 %.
Sinal do Sensor MAP - 4- Códigos 21, 22 não estão gravados.
Tensão Baixa. 5- As condições acima devem existir durante mais de 5 seg.

A UC grava o Código 34 quando:

1- O sensor MAP (pressão absoluta do coletor) informa um


valor de voltagem que corresponde à pressão < 0.14 bar.
2- Rotação do motor > 1200 rpm e o sensor da posição da
borboleta (TPS) informa um valor de tensão
correspondente à abertura > 5 %. (quando a rotação do
motor é < 1200 rpm, a UC não considera sinal do sensor
TPS para determinação da avaria).

O sistema assume um valor de 0 a 1.0 bar conforme a


rotação do motor e o sinal TPS.
Verificações :
• Desconectar os Sensores MAP e TPS e verificar a pressão
indicada pelo sensor pelo PC-SCAN2010 no Modo Contínuo
com a ignição ligada.
MAP = 0.10 bar
Caso o valor não seja encontrado:
1- Verificar curto-circuito entre o cabo do pino C11 ao pino
B do MAP com o cabo do pino C14 ( +5V) ao pino C do
MAP.
• Curto-circuitar os pinos do conector do sensor (lado chicote
B e C) e verificar a tensão indicada pelo PC-SCAN2010 no
Modo Contínuo com a ignição ligada.
Tensão = 4.7 a 5.1 V
Caso o valor não seja encontrado :
1- Verificar curto-circuito entre o cabo do pino A11 ao pino
A do sensor MAP com o cabo do pino C11 ao pino B do
MAP.
2- Verificar a continuidade entre o pino C11 da UC ao pino B
do MAP e entre o pino C14 da UC ao pino C do MAP.
4- Curto-circuito no Sensor TPS.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B24


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Continuação Código : 33 e 34 • Verificar a continuidade do cabo do pino A11 da UC ao


pino A do MAP.

Resistência < 3 Ohms ( Continuidade )

• Com a ignição desligada reconecte os sensores MAP e TPS


e conecte a bomba de vácuo á tomada do MAP e ligue a
ignição.

Vácuo ( bar ) 0 0.2 0.4 0.6


Tensão ( V ) 4.7 a 5.1 3.2 a 3.7 2.1 a 2.6 1.0 a 1.5

Caso o valor não seja encontrado:


1- Sensor MAP defeituoso.
2- Mangueira de vácuo dobrada ou obstruída.
3- UC defeituosa.

Código : 035 A UC grava o Código 35 quando:

Falha no Controle da Marcha-Lenta - 1- Motor Funcionando.


Tensão Alta. 2- Valor da Marcha-lenta sofre um desvio superior a 75
rpm’s.
3- Temperatura da Água > 75 °C.
4- Sinal do sensor TPS informa um valor de tensão
correspondente à abertura < 2,0%.
5- Velocidade do veículo: < 1 Km/h.
6- Códigos 21, 22, 24 não estão gravados.
7- As condições acima devem existir durante mais de 4 seg.

Obs.:
1- Se houver mau funcionamento no sensor de velocidade, e
o código 24 ainda não tiver sido gravado, o código 35
poderá ser gravado em algumas circunstâncias.
2- Verifique o estado da mangueira de vácuo do Sensor
MAP.
3- Quando houver apresentação do código 35, executar
primeiro o Teste Atuador "Controle de Ar na Marcha Lenta".
4- 90% de todos os motores de passo considerados com
falha estão em ordem.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B25


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Continuação Código : 35 • Caso a UC tenha sido desconectada da bateria proceda o


seguinte ajuste :

Aumente a rotação do motor lentamente até 3500 rpm,


através do cabo do acelerador; manter a rotação durante um
período curto, e retornar à marcha-lenta.

Valor Esperado = 830 a 990 rpm

• Selecionar o Diagnóstico dos Elementos Atuadores ( Modo


Controle de RPM ) e aumentar a rotação para 1500 rpm’s e
diminuir para 1000 rpm’s e verificar se a rotação acompanha
o se comando.

Caso o valor não seja encontrado:


1- Falta ou excesso de folga da válvula da borboleta de
aceleração.
2- Vazamento de vácuo.
3- Avarias 21 e 22.

• Desconectar o conector da válvula IAC ( motor de passo ) e


interligar os pinos A e B do ALDL e medir a tensão entre os
pinos A-C e B-D do IAC.

Tensão A-C : 8.1 Volts ( aproximadamente )


Tensão B-D : 8.1 Volts ( aproximadamente )

Caso o valor não seja encontrado:


Verificar continuidade do cabo do motor de passo à UC.

• Retirar o motor de passo e liga-lo ao conector e selecionar o


Controle de Ar na Marcha-Lenta (Diagnóstico dos Elementos
Atuadores).
• Com os dedos perceber-se o curso para dentro e para fora
da válvula cônica do motor.

Caso não ocorra o curso :


Válvula de Controle de ar ( Motor de passo ) defeituoso.

• Desconectar ao conector e medir a resistência das bobinas


A-B e C-D do IAC.
Resistência : 50 a 65 Ohms.
Caso o valor não seja encontrado:
Válvula de Controle de ar ( Motor de passo ) defeituoso.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B26


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

• Outras possíveis causa :


Continuação Código : 35 1- Falta ou excesso de folga da válvula da borboleta de
aceleração.
2- Admissão de ar falso no motor.
3- Sujeira na sede do IAC.
4- Ajuste Básico da Ignição incorreto. Use a lâmpada
estroboscópica para ajustar.
5- Velas de ignição defeituosa.
6- Mistura muito rica ou pobre.
7- Sensor de freqüência do hodômetro ( VSS) defeituoso ou
circuito aberto.
8- Mangueira de vácuo furada do sensor MAP .
A UC grava o Código 44 quando:
Código : 044
1- Motor funcionando.
Mistura Pobre ( Valor Constante ) 2- Valor de tensão medido no sensor de oxigênio < 28mV.
3- Temperatura da Água > 20°C.
4- Códigos 33, 34 não estão gravados.
5- As condições acima devem existir durante mais de 90
seg.
6- O sistema comuta para malha aberta.

Através do Modo Contínuo verificar os itens :


1- Integrador de O2.
2- BLM O2 ( Aceleração ).
3- BLM O2 ( Marcha-lenta ).
4- Sensor MAP.
A UC grava o Código 45 quando:
Código : 045
1- Motor funcionando.
Mistura Rica ( Valor Constante ) 2- Valor de tensão medido no sensor de oxigênio > 750mV.
3- Temperatura da Água > 20°C.
4- Códigos 33, 34 não estão gravados.
5- As condições acima devem existir durante mais de 90
seg.
6- O sistema comuta para malha aberta.

Através do Modo Contínuo verificar os itens :


1- Integrador de O2.
2- BLM O2 ( Aceleração ).
3- BLM O2 ( Marcha-lenta ).
4- Sonda Lambda.
5 - Sensor MAP.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B27


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

Código : 055 A UC grava o Código 55 quando:

Falha na Unidade de Comando. 1- Ignição ligada.


2- Motor desligado.

• Desconectar a bateria por 30 minutos.


• Conectar a bateria.
• Verificar as falhas presentes.

Caso o código da avaria continue presente.


Substituir a UC.

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B28


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

• Apêndice C - Esquema Elétrico - B10 / B14

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B29


PC-SCAN 2010
Manual de Operação - Multec B10 / B14

• Continuação - Esquema Elétrico - B10 / B14

NAPRO ELETRÔNICA INDUSTRIAL LTDA. B30