Você está na página 1de 2

Colegiado dos Cursos de Graduação em Arquitetura e Urbanismo

Rua Paraíba, 697- Funcionários - 30130-140 - Belo Horizonte/MG


Fone: (31) 3409-8840 Fax: (31) 3409-8818 E-mail: arq-colgrad@ufmg.br
Escola de Arquitetura
da UFMG

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO / NOTURNO


versão curricular 2009/1

PROGRAMA DE DISCIPLINA

ANO: TODOS.
DISCIPLINA: OFICINA TEMÁTICA DE REABILITAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS
CÓDIGO: URB 028
CLASSIFICAÇÃO: Optativa G1
PRÉ-REQUISITO:
CARGA HORÁRIA: PRÁTICA: 30 horas, 2 créditos

EMENTA:
Reabilitação de áreas urbanas degradadas: estudo de caso.

OBJETIVOS PEDAGÓGICOS:

1. Desenvolver metodologia de reabilitação de áreas urbanas degradadas por meio de


estudo de caso em Belo Horizonte.
2. Identificar áreas urbanas degradadas para atuação em políticas públicas.
3. Estabelecer diretrizes urbano-ambientais e arquitetônicas para a reabilitação de áreas
urbanas degradadas.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

1) Meio Ambiente, Degradação ambiental, Impacto e Dano Ambiental, Recuperação de


áreas degradadas.
2) Instrumentos normativos e institucionais de recuperação de áreas urbanas degradadas.
3) Caracterização ambiental da área degradada: investigação preliminar e definição da
área de influência
4) Elaboração de trabalho prático abordando a reabilitação de área urbana degradada.

MÉTODOS DE ENSINO:

Aulas expositivas e participativas com uso de recursos audiovisuais. Elaboração de


trabalhos, estudos dirigidos, debates, dinâmicas e a realização de trabalhos individuais e
em grupos. Realização de visitas técnicas e trabalhos de campo.

MÉTODOS DE AVALIAÇÃO:
Colegiado dos Cursos de Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Rua Paraíba, 697- Funcionários - 30130-140 - Belo Horizonte/MG
Fone: (31) 3409-8840 Fax: (31) 3409-8818 E-mail: arq-colgrad@ufmg.br
Escola de Arquitetura
da UFMG

Os alunos são avaliados pelos trabalhos realizados em equipe e individualmente, nos


atendimentos, fichamentos e nos debates. Os trabalhos da disciplina somarão 100
pontos, divididos da seguinte forma:

Módulo 1 – Metodologia: 20 pontos


Módulo 2 - Diagnóstico: 30 pontos
Módulo 2 – Proposições: 30 pontos
Participação nas atividades de oficina – 20 pontos

BIBLIOGRAFIA:

BRASIL. Ministério das Cidades/Agência Espanhola de Cooperação Internaional-AECI


(2008): Manual de Reabilitação de Áreas Urbanas Centrais/Coord. Renato Balbim.
Brasília: Ministério das Cidades; Agência Espanhola de Cooperação-AECI.
BRUNDTLAND, Gro Harlem (1987). Our Common Future. The World Commission on
Environment and Development. Oxford: Oxford University Press.
CARNEIRO, Ana Rita S (1997): O Projeto, as Funções e o Uso dos Parques Urbanos em
Recife. Paisagem e Ambiente 10. São Paulo: FAUUSP.
CAUQUELIN, Anne (2007): A invenção da paisagem. Trad. Maros Marcionilo. São
Paulo: Martins, 2007.
COSTA, Lúcia Maria Sá Antunes (Org.) (2006): Rios e Paisagens Urbanas em cidades
brasileiras. Rio de Janeiro: Viana & Mosley: Ed. PROURB.
CUNHA, Sandra Baptista da, GUERRA, Antonio José Teixeira (1999): Avaliação e perícia
ambiental. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.
MASCARÒ, LÚCIA (1996): Ambiência urbana. Porto Alegre: Editora +4.
RODRIGUES, Ricardo Ribeiro, LEITÃO FILHO, Hermógenes de Freitas (eds.) (2001):
Matas Ciliares: conservação e recuperação. São Paulo: EDUSP/FAPESP. 2a ed.
SÁNCHEZ, Luis Enrique (2008): Avaliação de Impacto Ambiental: Conceitos e métodos.
São Paulo: Oficina de Textos.

CRONOGRAMA:

Data Temas das Aulas

Apresentação alunos e professor, programação da disciplina, expectativas e métodos


de avaliação. Apresentação do tema e discussões sobre meio ambiente e degradação
31/5/2010 ambiental.
6/1/2010 Fontes de Degradação.
6/7/2010 Reabilitação de Áreas Urbanas Degradadas.
6/8/2010 Reabilitação de Áreas Urbanas Degradadas.
15/6/2010 Trabalho de campo
Discussão a respeito da visita e campo e desenvolvimento de proposta de reabilitação
21/6/2010 de área degradada.
22/6/2010 Desenvolvimento de proposta de reabilitação de área urbana degradada.
28/6/2010 Apresentação dos trabalhos e conclusão e avaliação da disciplina.