Você está na página 1de 2

Orações Adjectivas Relativas

As orações subordinadas adverbiais conjuncionais são orações com funções


idênticas às do advérbio, introduzidas por conjunções e locuções subordinativas
(temporais, causais, condicionais, finais, comparativas, consecutivas e concessivas).

Porém, existe ainda outro tipo de orações subordinadas, nomeadamente, as adjectivas


relativas, isto é, orações com funções idênticas às do adjectivo e
introduzidas por quantificadores, determinantes, pronomes e advérbios
relativos.
Ex: Os alunos estudiosos têm bons resultados.
Os alunos que são estudiosos têm bons resultados.

Palavras que introduzem orações relativas


Pronomes Quantificadores Determinantes Advérbio
que quanto, quanta, quantos, cujo, cuja, cujos, onde
quem quantas cujas como
qual,
quais

Estas palavras funcionam como conectores entre a frase subordinada e o nome ou o


grupo nominal que modificam. Relembro que estamos perante uma frase complexa,
como o exemplo de cima, que resultam da articulação de duas frases simples (Os alunos
são estudiosos. Os alunos têm bons resultados.)

Na frase “Os alunos que são estudiosos têm bons resultados”, o pronome relativo que
tem como antecedente o nome “Os alunos”, que modificam.

As orações adjectivas relativas desempenham funções sintácticas idênticas às dos


adjectivos, podendo pois ser:
a) Relativas explicativas (ou apositivas)– quando a informação que
acrescentam ao antecedente pode ser suprimida, sem que o sentido da oração
subordinante se altere. Regra geral, surgem separadas da subordinante por
vírgulas. Desempenham a função sintática de modificadores apositivos do
nome. Ex: O Sporting, cujo símbolo é o leão, não tem demonstrado neste
campeonato a garra do felino.

b) Relativas restritivas - quando a informação que acrescentam ao antecedente


não pode ser suprimida, em virtude do sentido da subordinante ficar alterado.
Tal acontece porque a relativa restringe, limita a informação sobre o
antecedente. Estas orações não podem ser separadas da subordinante por
vírgulas. Desempenham a função sintática de modificadores restritivos do
nome. Ex: Os jogadores que são perseverantes têm bons resultados.
1. Classifica as orações que se encontram destacadas nas frases seguintes:
a) Ele é tão simpático que tens que o conhecer.
b) Logo que saia, vou comprar este livro.
c) Já que esta cidade é tão bonita, vou visitá-la.
d) Para realizar esta viagem, tenho que ganhar muito dinheiro.
e) O António está a trabalhar no caso, embora não tenha muitos dados.
f) Vai lá ao bar, mas volta rápido.
g) Os livros que lês tornam-te mais sábio.
h) Cheguei a casa estourado depois de trabalhar um dia inteiro.
i) Como é o dia do teu aniversário, vamos jantar fora.
j) Falando calmamente, ele escutar-te-á.

2. Lê atentamente as frases abaixo e assinala com X as que contém orações adjetivas


relativas.
2.1. Distingue agora as orações que assinalaste como sendo restritivas ou
explicativas.
2.2. Sublinha o antecedente dessas orações.
a) A rapariga que eu vi no teatro não era a tua amiga.
b) Ele pediu-te que não fumasses tanto.
c) Os escuteiros, que ajudam velhinhas, são bons rapazes.
d) A criança cujo pai está doente falta hoje à escola.
e) A Eva disse que queria uma boneca no seu aniversário.
f) Que o Luís tenha reprovado o ano surpreendeu os seus pais.
g) A Maria garantiu-me que ele não iria à festa.
h) Ela chorou tanto que ficou com os olhos inchados.

3. Divide e classifica as orações das frases:

a) Embora estivesse cansado, foi trabalhar no livro que estava a escrever.


b) Quando fores a Nova Iorque, visita o Empire State Building, mas não te
assustes com as alturas.
c) Ele foi para a cama, pois tem uma reunião importante.
d) O Pedro, que é meu colega na banda de música, vai cantar a solo.
e) Ainda que ele tivesse estudado, não tirou boa nota.
f) As disciplinas que eu fiz na faculdade eram fáceis, mas trabalhosas.
g) Nem pratico desporto nem me dedico à música.
h) Prometemos, cumprimos.
i) Se tivesses feito mais rapidamente o trabalho que te encomendei, poderias
sair mais cedo do que estava previsto.
j) Os livros que leres e os filmes que ouvires serão a base do teu
conhecimento.