Você está na página 1de 5

FACULDADE PITÁGORAS

Disciplina: Física Geral e Experimental: Energia


Docente: Ricardo Mendes de Oliveira

2a LISTA DE EXERCÍCIOS – (DINÂMICA DO MOVIMENTO DE ROTAÇÃO)

Importante: Os cálculos dos exercícios deverão estar bem explicados e


detalhados.

1) Um engenheiro aeroespacial precisa descobrir a componente


perpendicular da velocidade de um satélite com relação ao eixo satélite-
Terra Vꓕ quando ele se encontrar a 1000 km acima da superfície da
Terra. Ele tem a informação de que o satélite encontra-se agora a uma
altura de 500 km acima da superfície da Terra, que já está em sua
órbita final, com os propulsores desligados, e que a componente
perpendicular de sua velocidade com relação ao eixo satélite-Terra é
350m/s.

2) Em uma superfície sem atrito, um pequeno bloco de material magnético


de massa m = 0,54 kg é arremessado com velocidade constante v=
3,15 m/s. Ele colide com uma extremidade de um bastão de ferro de
massa M= 4,36 kg e L= 1,77 m de comprimento, cuja extremidade
oposta está presa por um rolamento, que permite que a barra gire
livremente sem atrito. O material magnético prende-se à extremidade da
barra. Considere que a barra encontrava-se girando horizontalmente
com velocidade angular constante 4,3 rad/s e que a colisão entre a
barra e o bloco é frontal. a) Qual o momento angular do conjunto
imediatamente antes da colisão? b) Qual o momento angular do
conjunto imediatamente após a colisão? c) Qual a velocidade angular
final do conjunto? Dado: momento de inércia de uma barra girando a
1
partir de uma extremidade 𝐼 = 𝑀. 𝐿2 .
3
3) Um engenheiro está analisando a especificação de uma máquina que
deve ser adquirida por sua empresa. Nela, há uma grande engrenagem,
que gira a partir do repouso, no momento em que a máquina é ligada. O
manual do equipamento indica que seu momento de inércia é 8 kg.m2 e
mostra o gráfico da Figura 1, com o momento da força (torque) que atua
sobre a engrenagem em função do tempo em segundos. A máquina
somente atenderá às necessidades da empresa caso a aceleração
angular da engrenagem for superior a 1rad/s2 após 5s. Com base no
que foi apontado no enunciado, o engenheiro recomendará ou não a
compra do equipamento?

Figura 1.1 – Momento de uma força

4) Um disco de massa 3 kg e raio 50 cm gira ao redor de seu eixo central


com velocidade angular inicial 10 rad/s e depois, devido ao atrito com o
eixo de rotação, reduz linearmente sua velocidade até o repouso
completo após 6s. Qual a aceleração angular e o módulo do torque
necessário para parar o disco.

5) Uma barra metálica de 3,4 kg e de 2,8 m de comprimento está inclinada


formando um ângulo de 45 graus com a horizontal. Uma de suas
extremidades sustenta uma corda leve, na qual está suspenso um
objeto de massa M = 1,5 kg. Que torque deve ser aplicado sobre a
barra para que ela se mantenha em equilíbrio de rotação com relação à
extremidade em contato com o solo?

6) No laboratório da fábrica de motocicletas, houve um problema com um


guindaste que sustentava o protótipo da motocicleta para um teste. No
laboratório há somente mais um guindaste, que é utilizado regularmente
para elevar peças menores, como o motor ou as rodas da motocicleta.
De acordo com a especificação apresentada no manual do guindaste,
ele consegue manter o equilíbrio de rotação para torques de até 5400
Nm. O manual afirma que este número já leva em consideração o
próprio peso do guindaste, que, portanto, não precisa ser considerado
no cálculo. Será possível dar prosseguimento ao teste com o guindaste
menor ou será necessário aguardar que o outro guindaste seja
consertado? O guindaste disponível no laboratório tem 3 m de
comprimento, trabalha formando um ângulo de 40 graus com o solo. O
protótipo de motocicleta, por sua vez, tem 240 kg de massa.

7) Um jardim conta com um enfeite que consiste em uma barra resistente


de 30 kg e 4 m de comprimento presa por sua base e sustentada por
um cabo de aço ligado ao ponto C, distante de 1 m do ponto B,
conforme a Figura 1.2. Na extremidade mais distante do solo, está
preso um cabo que sustenta um grande vaso de plantas, de massa M =
80 kg. Descubra a tensão sobre o cabo de aço, considerando que o
guindaste forma 60 graus com a horizontal.

Figura 1.2 – Barra de ferro suportada por cabo de aço.


8) Uma alavanca é composta por uma tábua leve e resistente de 4 m de
comprimento, estendida horizontalmente, apoiada a 1 m de distância de
uma das extremidades, sobre a qual é aplicada uma força vertical para
baixo de intensidade F. Qual força deve ser aplicada na extremidade
oposta para manter o sistema em equilíbrio de rotação?

9) Uma barra de 7 m de comprimento e massa 8 kg está presa em uma


extremidade ao solo, no ponto A, e é livre para girar verticalmente. Ela
sustenta um objeto de massa M = 23 kg a partir de sua extremidade
oposta. Uma corda, esticada horizontalmente conforme Figura 1.3,
ajuda a sustentar a barra em sua posição de equilíbrio estático. O ponto
C encontra-se a 5 m de distância do ponto A. Determine o módulo da
tração e da força que atua sobre A.

Figura 1.3 – Barra inclinada.

10) Uma barra de massa m = 9 kg e 5 m de comprimento encontra-se


estendida horizontalmente conforme a Figura 1.4. Uma de suas
extremidades está presa à parede conforme a figura e a barra é livre
para girar verticalmente a partir daí. A barra sustenta um objeto de
massa M = 6 kg, que se encontra preso à barra em C, a exatamente 3
m de distância do ponto de apoio em A. No ponto D, a 4 m do ponto A,
a barra está presa ao teto por uma corda estendida. Marque a
alternativa que indica a força de tração e a força sobre o ponto A,
respectivamente.
Figura 1.4 – Barra horizontal.