Você está na página 1de 2

Questões: Aula Biomas

1- Por que as plantas não aparentadas frequentemente assumem a mesma forma de crescimento
em diferentes partes do mundo?

R: Porque elas crescem sob condições climáticas (temperatura e precipitação) semelhantes e em


solos com uma quantidade próxima de conteúdo nutricional. Devido a isso, plantas não aparentadas
podem adotar formas de crescimento parecidas.

2- Que tipo de condições ambientais limitam a distribuição das plantas?

R: As condições climáticas, como temperatura e precipitação, que definem o bioma de uma região,
com base na vegetação predominante. A qualidade do solo (conteúdo nutricional) também
influencia no tipo de vegetação de um a determinada região.

3- Que condições climáticas são usadas para definir os biomas?

R: Em ambientes terrestres, a temperatura e a umidade (precipitação e evapotranspiração) são as


variáveis mais importantes, particularmente para as plantas. Um dos sistemas de classificação
climática mais amplamente adota do é o sistema zona climática, desenvolvido pelo ecólogo
alemão Heinrich Walter. Este sistema, com nove grandes divisões, é baseado no ciclo anual da
temperatura e precipitação.

4- Que tipo de plantas são encontradas em cada um dos quatro biomas nas latitudes temperadas,
e que condições ambientais diferenciam estes biomas?

R: A vegetação frequentemente inclui uma camada de pequenas árvores e arbustos embaixo das
árvores dominantes, assim como plantas herbáceas no chão da floresta. O bioma de Floresta Pluvial
Temperada se caracteriza por possuir as chuvas pesadas de inverno e o nevoeiro do verão criam
condições que sustentam florestas perenes extremamente altas. Na América do Norte, estas florestas
são dominadas ao sul pela sequoia-vermelha e ao norte pelo abeto-Douglas. Estas árvores têm
tipicamente uma altura de 60 -70m e podem crescer a mais de 100m. Na América do Norte, os
campos se desenvolvem nas zonas climáticas continentais, onde a precipitação varia entre 300 e
850 mm por ano, e os invernos são frios. A vegetação é dominada por gramíneas. O fogo é uma
influência dominante nestes campos, particularmente onde o habitat seca durante o fim do verão.
Os climas mediterrâneos são caracterizados por temperaturas de inverno amenas, chuva de inverno
e secas de verão. Sustentam uma vegetação arbustiva, perene, espessa de 1-3m de altura, com raízes
profundas e folhagem resistente à seca. Os desertos subtropicais têm uma precipitação muito
esparsa (menos do que 250 mm), altas temperaturas e geralmente longas estações de crescimento.
Os locais mais úmidos deste bioma sustentam uma profusão de suculentos cactos, arbustos e
pequenas árvores.

5- Por que o bioma Floresta Boreal é encontrado em diferentes ambientes, incluindo a América
do Norte, a Europa e a Ásia?

R: Nas altas latitudes, as temperaturas frias predominam. A precipitação é muito esparsa, porque a
água se evapora lentamente para a atmosfera em temperaturas baixas, embora os solos sejam
frequentemente saturados, e a disponibilidade de água não é uma limitação importante nas zonas
de clima de altas latitudes. A produtividade biológica durante as estações de crescimento do curto
verão é geralmente baixa, e as baixas temperaturas reduzem a decomposição de matéria orgânica e
a liberação de nutrientes no solo. Em consequência, as plantas retêm sua folhagem por muitos anos,
e a vegetação tende a ser perene e altamente adaptada às frias temperaturas do inverno.
6. Por que o fogo pode mudar uma área e o tipo de bioma?
R: Porque o fogo cria condições que apenas alguns tipos de plantas podem suportar. O fogo destrói
a vegetação nativa, que não é adaptada a essa condição, abrindo caminho para a invasão por plantas
adaptadas ao fogo (rizomas grossos, caule tortuoso, casca espessa dos troncos, dentre outros). Isso
altera o tipo de vegetação, alterando o bioma do local.