Você está na página 1de 4

3ª Lista de exercício

Disciplina: Mecânica dos Fluidos

1. Um óleo incompressível é despejado com uma vazão Q constante em um tanque


cilíndrico, de diâmetro D.O óleo vaza através de um orifício de diâmetrod, localizado
no fundo do reservatório, com uma velocidade de saída dada por𝑉 = √2𝑔ℎ, onde h
é o nível de óleo no reservatório. Considerado que o jato de óleo possui diâmetro d
no orifício de saída, determine:

a. A equação diferencial que descreve a evolução com o tempo do nível h de


óleo no tanque, supondo um nível inicial qualquer.
b. O nível máximo de óleo no reservatório a partir do qual o escoamento entra
em regime permanente.

2. Um tanque com volume de 0,05 m3 contém ar a 800 kPa (absoluto) e 15 ºC. Em t =


0, o ar escapa do tanque através de uma válvula com uma área de escoamento de 65
mm2. O ar que passa pela válvula tem uma velocidade de 311 m/s e uma massa
específica de 6,13 kg/m3. As propriedades no tanque podem ser consideradas
uniformes a cada instante. Determine a taxa instantânea de variação da massa
específica do ar no tanque, em t = 0.

3. A figura abaixo mostra a vista lateral da região de entrada de um canal que apresenta
largura igual a 0,91 m. Observe que o perfil de velocidade na seção de entrada do
canal é uniforme e que, ao longe, o perfil de velocidade é dado por
u =4y – 2y2, onde u está especificado em m/s e y em m. Nestas condições, determine
o valor de V.

4. Água flui em regime permanente através de um tubo cilíndrico de diâmetro igual a


60 mm que possui uma seção porosa de comprimento L = 0,95 m. Na entrada do
tubo o fluxo é uniforme com velocidade igual a 7 m/s. O fluxo através da seção
porosa é radial e assimétrico com distribuição de velocidade dada por
𝑥 2
𝑉 = 𝑉0 [1 − (𝐿 ) ], onde V0 = 0,03 m/s. Determine a vazão mássica na saída dotubo.
Dados: ρágua = 998 kg/m3.

x
5. O tanque maior da Figura abaixo permanece em nível constante. O escoamento na
calha tem uma seção transversal retangular e sua velocidade é dada pela equação
Vx(y) = 3y2. Sabendo que o tanque B tem 1 m3 de volume e é completamente
preenchido em 5 segundos e que o duto circular esquerdo tem 30 cm de diâmetro,
determine:
a. A velocidade média na calha;
b. A vazão volumétrica no duto circular de 30 cm de diâmetro.

6. Água escoa para dentro de um tanque cilíndrico através da tubulação 1 a uma


velocidade de 25 ft/S e deixa o tanque através das tubulações 2 e 3 , com velocidades
de 10\ e 12 ft/s, respectivamente. O duto 4 é uma tubulação de ventilação. Os
diâmetros das tubulações são d1 = 3 in, d2 = 2 in, d3 = 2,5 in, d4 = 2 in.
Calcule a variação do nível do tanque com o tempo.
Dado: 1 ft = 12 in.

7. Um jato de água de 25,4mm de diâmetro com velocidade de 6,1 m/s atinge uma chapa
curvada como mostrado na figura. O jato escoa livremente na atmosfera. Determinar
as componentes x e y da força que exerce a placa plana a água. (Fx=-18,98N;
Fy=18,98N)

Hipóteses:
Escoamento permanente
Escoamento incompressível
Escoamento uniforme em cada seção onde o fluido cruza as fronteiras do V.C.

8. Determine a força horizontal exercida sobre a superfície mostrada na figura. A


velocidade do jato de água é igual a 15m/s. Considere que a lamina de fluido mantém
a mesma espessura em toda sua trajetória. (Resposta: 883,4N)

Hipóteses:
Escoamento em regime permanente.
Escoamento uniforme na entrada (1) e na saída (2).
Escoamento com velocidades unidimensionais.
Escoamento com considerando fluido incompressível.

Respostas:

𝑑ℎ 4𝑄 𝑑2 8𝑄 2
1) = 𝜋𝐷2 − 𝐷2 √2𝑔ℎ; ℎ𝑚𝑎𝑥 = 𝜋2 𝑑4 𝑔
𝑑𝑡

𝑑𝜌
2) = -2,48 kg/m3.s
𝑑𝑡

3) V = 0,73 m/s

4) 𝑚̇ 2 = 16,17 𝑘𝑔/𝑠
5) V = 1m/s e Q = 1,8 m3/s

6) 0,22 ft/s

7) Fx= -18,98N, Fy=18,98N

8) F= 883,4N