Você está na página 1de 54

COMPLEMENTO NOMINAL E ADJUNTO ADNOMINAL

1) Coloque A para adjunto adnominal e C para complemento nominal.

a) Aquela cadeira de ferro é muito resistente ( ).


b) Foi solicitada ao gerente a devolução do dinheiro ( ).
c) Aquela imagem de cera é esquisita ( ).
d) O caderno de anotações estava desorganizado ( ).
e) A construção do metrô se prolonga há muitos anos ( ).
f) As ruas do nosso bairro estão necessitando de reparos ( ).
g) O juiz determinou a prisão do bandido ( ).
h) A nadadora tinha certeza da vitória ( ).
i) A atitude do rapaz foi notável ( ).
j) O ataque do nosso time é uma piada ( ).
k) O temor de Deus é necessário aos homens ( ).
l) Ele estava desejoso de vingança ( ).
m) A introdução desses costumes não nos agradava ( ).

2) Leia o trecho a seguir.

O meu pai era paulista


Meu avô, pernambucano
O meu bisavô, mineiro
Meu tataravô, baiano
Meu maestro soberano
Foi Antonio Brasileiro

“paulista”, “pernambucano”, “mineiro”, “baiano” e “soberano” são adjetivos, mas apenas um


apresenta função sintática diferente da encontrada nos demais. Assinale-o.

a) Paulista.
b) Pernambucano.
c) Mineiro.
d) Baiano.
e) Soberano.

3) Há um termo que se repete cinco vezes no texto. Quanto à análise morfossintática, ele é:

a) Pronome indefinido e núcleo do sujeito.


b) Pronome possessivo e adjunto adnominal.
c) Pronome demonstrativo e complemento nominal.
d) Pronome relativo e objeto direto.
e) Pronome pessoal e predicativo do sujeito.

Gabarito:

1 - A,C,A,A,C,A,C,C,A,A,C,C,C.

2 - letra e (Comentário sobre a questão: Com exceção de "soberano", que exerce a função de
adjunto adnominal, todos os outros adjetivos citados são predicativos do sujeito.).

3 - letra b (Comentário sobre a questão: Por ser um pronome possessivo adjetivo, a palavra
"meu" exerce a função de adjunto adnominal.).

1-Das alternativas que seguem, apenas uma não se encontra corretamente analisada quanto à
sua estrutura sintática. Identifique-a:

a–( ) Os animais fugiram do zoológico. (adjunto adverbial de lugar)


b–( ) Os animais do zoológico fugiram. (adjunto adnominal)

c–( ) Os alunos deixaram o colégio entusiasmados. (adjunto adnominal)

d–( ) A garota chegou em casa apressadamente. (adjunto adverbial de modo)

e–( ) O pai eufórico socorreu a criança. (adjunto adnominal)

2-As orações em evidência retratam termos que se encontram em evidência. Substitua-os por
adjuntos adnominais:

a – Compramos um eletrodoméstico que não tem utilidade.


b – Uma pessoa que sempre diz mentiras não é digna de confiança.
c – Alguns alunos tinham uma letra que não se podia ler.
d – O assunto da reunião foi sobre as pessoas que não estavam presentes.
e – A recepção está repleta de pessoas que não têm paciência.

3-Analise as sentenças abaixo e marque com (A) a frase que possui um predicativo e com (B)
a frase que apresenta um adjunto adnominal.

A) Predicativo
B) Adjunto adnominal

a – O garoto parecia assustado. ( )


b – O garoto assustado deixou o colégio. ( )
c – Márcia continua aflita. ( )
d – Os alunos aflitos terminaram o simulado. ( )
e – O filho assustado abraçou a mãe. ( )

4-(U.E. Maringá)O Brasil jovem está “curtindo” o vestibular.


Os termos destacados no período acima são, respectivamente:

a – ( ) adjunto adverbial e objeto direto


b – ( ) predicativo do sujeito e objeto direto
c – ( ) adjunto adnominal e complemento nominal
d – ( ) adjunto adnominal e objeto direto
e – ( ) adjunto adverbial e predicativo do sujeito

5-Analise atentamente as orações que seguem, tendo em vista os termos em destaque e em


seguida atenha-se ao que se pede:

O professor irritado deu uma advertência ao aluno.


Irritado, o professor deu uma advertência ao aluno.
O professor, irritado, deu uma advertência ao aluno.

Em todos os enunciados, o termo “irritado” apresenta idêntica classificação morfológica? E


sintática? Justifique-se.

Gabarito 1-c, 2a – inútil, b – mentirosa, c – ilegível, d – ausentes, e – impacientes, 3-a – (A), b


– (B), c – (A), d – (B), e – (B), 4-d,
5-Quanto à classificação morfológica, a mesma apresenta-se idêntica, mas diverge-se quanto à
sintaxe. Na 1ª oração o termo é classificado como adjunto adnominal, na segunda como
predicativo do sujeito de modo e na terceira como aposto.

FONTE : BRASIL ESCOLA

ADJUNTO ADNOMINAL E PREDICATIVO

QUESTÃO 1Tendo em vista os pressupostos linguísticos que demarcam o adjunto adnominal e

o predicativo, compare os enunciados e, a seguir, responda ao que se pede:

O garoto extrovertido apresentou o trabalho.

O garoto, extrovertido, apresentou o trabalho.

a- Constatamos que o adjetivo “extrovertido” se encontra presente em ambos os enunciados.

Assim, há alguma diferença que os demarca em termos gramaticais? Justifique.

QUESTÃO 2(Vunesp) “De resto não é bem uma greve, é um lock-out, greve dos patrões, que

suspenderam o trabalho noturno”.

“Muitas vezes lhe acontecera bater à campainha de uma casa e ser atendido por uma

empregada ou por outra pessoa qualquer”.

“E, às vezes, me julgava importante.”

Identifique a alternativa em que os termos em destaque aparecem corretamente analisados

quanto à função sintática:

a) Predicativo, sujeito, objeto direto

b) Aposto, agente da passiva, predicativo

c) Objeto direto, objeto indireto, adjunto adverbial

d) Complemento nominal, adjunto adverbial, aposto

e) Vocativo, adjunto adnominal, predicativo


QUESTÃO 3 (Unimep – SP) Em: “... as empregadas das casas saem apressadas, de latas e

garrafas na mão, para a pequena fila de leite”, os termos destacados são, respectivamente:

a) Adjunto adverbial de modo e adjunto adverbial de matéria.

b) Predicativo do sujeito e adjunto adnominal

c) Adjunto adnominal e complemento nominal

d) Adjunto adverbial de modo e adjunto adnominal

e) Predicativo do objeto e complemento nominal

QUESTÃO 4 Analise as orações que seguem, identificando e, ao mesmo tempo, classificando o

termo em destaque. Feito isso, justifique o porquê da classificação que atribuíra.

a – Os professores consideraram inevitável a aplicação da segunda chamada.

b – O esforço tornou famoso o atleta.

c – Os turistas, enaltecidos, agradeceram a acolhida dos proprietários da pousada.

RESPOSTAS

Questão 1 Sim, pois no enunciado primeiro o termo em destaque atua como adjunto adnominal,

uma vez que se refere a uma característica relacionada à personalidade do garoto. Já no

enunciado segundo, afirmamos que se trata de um predicativo do objeto, haja vista que se trata

de uma qualificação momentânea, ou seja, um estado no qual se encontrava o garoto num dado

momento.

Questão 2 letra “B”.

Questão 3 letra “D”.

Questão 4 Constata-se que em todos os enunciados os termos que se encontram em destaque

atuam como predicativo do objeto, haja vista que se trata de um verbo de ação (nocional)

associado, ainda que implícito, a um verbo de ligação.


ADJUNTO ADVERBIAL

1-Destaque o adjunto adverbial das orações abaixo:


a) Pedro trabalhava em Goiânia.
b) Nós temos parentes no Recife.
c) Ricardo não trabalha hoje.
d) O aluno está escrevendo bem.
2-Relacione os adjuntos adverbiais às suas respectivas classificações:

a) ( ) Conversamos sobre a reunião.


b) ( ) Talvez seja melhor mudarmos a data do feriado.
c) ( ) Ela vive para os filhos.
d) ( ) Nós iremos ao casamento com certeza.
e) ( ) O poço secou com o calor.
I. Afirmação
II. Assunto
III. Causa
IV. Dúvida
V. Fim, finalidade

3-(FAU-2016) Na frase: “Para a realização das provas do concurso, chegamos no ônibus das
7h.” A expressão destacada refere-se a:
a) ( ) Adjunto adverbial de meio.
b) ( ) Adjunto adverbial de tempo.
c) ( ) Adjunto adverbial de lugar.
d) ( ) Adjunto adverbial de modo.
e) ( ) Adjunto adverbial de meio e de tempo.
4- (Instituto Excelência-2017) O adjunto adverbial relaciona-se com a circunstância por ele
expressa. Assinale a alternativa que indica a frase que contém um adjunto adverbial de causa:
a) ( ) Jamais duvide de Deus.
b) ( ) Mande a carta pelo correio.
c) ( ) Devido ao mau tempo, não saiu de casa.
d) ( ) Nenhuma das alternativas.
GABARITO:

1 a) Pedro trabalhava em Goiânia.


b) Nós temos parentes no Recife.
c) Ricardo não trabalha hoje.
d) O aluno está escrevendo bem.

2 a) (II) b) (IV) c) (V) d) (I) e) (III)

3 Letra E e 4 Letra C

FONTE:MUNDOEDUCAÇÃO.BOL.UOL

ADVERBIO

1. Assinale a frase em que meio funciona como advérbio:


a) Só quero meio quilo.
b) Achei-o meio triste.
c) Descobri o meio de acertar.
d) Parou no meio da rua.
e) Comprou um metro e meio de tecido.

2) Só não há advérbio em:


a) Não o quero.
b) Ali está o material.
c) Tudo está correto.
d) Talvez ele fale.
e) Já cheguei.

3) Qual das frases abaixo possui advérbio de modo?


a) Realmente ela errou.
b) Antigamente era mais pacato o mundo.
c) Lá está teu primo.
d) Ela fala bem.
e) Estava bem cansado.

4) Classifique a locução adverbial que aparece em "Machucou-se com a lâmina".


a) modo
b) instrumento
c) causa
d) concessão
e) fim

5) Indique a alternativa gramaticalmente incorreta:


a) A casa onde moro é excelente.
b) Disseram-me por que chegaram tarde.
c) Aonde está o livro?
d) É bom o colégio donde saímos.
e) O sítio aonde vais é pequeno.

6) Ele ficou em casa. A palavra em é:


a) conjunção
b) pronome indefinido
c) artigo definido
d) advérbio de lugar
e) preposição

7) Marque o exemplo em que ambas as palavras em negrito estão na mesma classe


gramatical:
a) O seu talvez deixou preocupado o professor.
b) Respondeu-nos simplesmente com um não.
c) Boas notícias duram pouco.
d) Nossa irmã é mais nova que a sua.

8) Morfologicamente, a expressão sublinhada na frase abaixo é classificada como locução:


"Estava à toa na vida..."
a) adjetiva
b) adverbial
c) prepositiva
d) conjuntiva
e) substantiva

9) Em todas as opções há dois advérbios, exceto em:


a) Ele permaneceu muito calado.
b) Amanhã, não iremos ao cinema.
c) O menino, ontem, cantou desafinadamente.
d) Tranquilamente, realizou-se, hoje, o jogo.
e) Ela falou calma e sabiamente.

10(UNIFESP)2010
Considere a charge e as afirmações.

I. O advérbio já, indicativo de tempo, atribui à frase o sentido de mudança.


II. Entende-se pela frase da charge que a população de idosos atingiu um patamar inédito no
país.
III. Observando a imagem, tem-se que a fila de velhinhos esperando um lugar no banco sugere
o aumento de
idosos no país.
Está correto o que se afirma em
A) I apenas.
B) II apenas.
C) I e II apenas.
D) II e III apenas.
E) I, II e III.

GABARITO:

FONTE: https://fatimalp.blogspot.com/2012/03/adverbio-exercicios.html

PRONOME RELATIVO

1-(ETF-SP)Em "O casal de índios levou-os à sua aldeia, que estava deserta, onde ofereceu
frutas aos convidados", temos:

a) dois pronomes possessivos e dois pronomes pessoais

b) um pronome pessoal, um pronome possessivo e dois pronomes relativos

c) dois pronomes pessoais e dois pronomes relativos

d) um pronome pessoal, um pronome possessivo, um pronome relativo e um pronome


interrogativo

e) dois pronomes possessivos e dois pronomes relativos.

2-Assinale o item em que não aparece pronome relativo:

a) O que fazes não está correto.

b) A vida que levo não é fácil.

c) O caminho por que passei é um atalho.


d) Temos que trabalhar aos sábados.

e) O show a que assisti estava lotado.

3-Assinale o período em que foi empregado um pronome relativo inadequadamente:

a) O livro a que eu me refiro é Estrela da manhã, do Manuel Bandeira.

b) Ela é uma pessoa de cuja idoneidade ninguém duvida.

c) A tese em cujos dados nos baseamos é esta.

d) O tribunal do juri perante o qual o réu foi condenado foi implacável.

e) O homem de cujo lhe falei ontem é este.

4-(FUVEST)Conheci que (1) Madalena era boa em demasia... A culpa foi desta vida agreste
que (2) me deu uma alma agreste. Procuro recordar o que (3) dizíamos. Terá realmente piado
a coruja? Será a mesma que (4) piava há dois anos? Esqueço que (5) eles me deixaram e que
(6) esta casa está quase deserta.

Nas frases acima o que aparece seis vezes; em três delas é pronome relativo. Quais?

a) 1, 2, 4

b) 2, 4, 6

c) 3, 4 , 5

d) 2, 3, 4

e) 2, 3, 5

GABARITO:

1-Alternativa “b”. Pronome pessoal do caso oblíquo: os (levou-os). Pronome


possessivo: sua. Pronomes relativos: que e onde.

2-Alternativa “d”. Na oração “Temos que estudar mais”, o “que” atua como conjunção
integrante (introduz uma segunda oração que completa o sentido da primeira), e não como
pronome relativo. Nas demais alternativas, o pronome relativo tem como função sintática evitar
a repetição de um termo expresso anteriormente.

3-Alternativa “e”. Na alternativa “e”, o pronome que melhor se aplica é “o qual”: O homem
sobre o qual lhe falei ontem é este.

4-Alternativa “d”. Nas demais ocorrências, o “que” desempenha função sintática de conjunção.

FONTE: BRASIL ESCOLA

Questão 1 (PUC-MG) Para a questão a seguir, leia os trechos abaixo:


TRECHO A
Pronomes relativos são palavras que representam nomes já referidos, com os quais estão
relacionados. Daí denominarem-se relativos.
[....]
Onde, como pronome relativo, tem sempre antecedente e equivale a em que: A casa ondemoro
(= em que) foi de meu avô.
(CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. 20. ed. São
Paulo: Nacional, 1979, p. 116-117)
TRECHO B
[....] Onde exprime estabilidade; o lugar em que [....] Aonde indica movimento, lugar a que [....]
(ROCHA LIMA, Carlos Henrique da. Gramática normativa da língua portuguesa 21. ed.
Rio de Janeiro: José Olympio, 1980, p. 301.)
Assinale a alternativa em que o pronome ONDE esteja em consonância com as prescrições dos
dois gramáticos:
a) Não sei o setor aonde devo levar a guia de inscrição do vestibular da PUC/Minas.
b) No início do século, houve um desenvolvimento maior do Sudeste, aonde tudo que se plantava
era exportado.
c) As mulheres estão cada vez mais modernas, onde eu acho que está a razão para o grande
número de separações.
d) Agindo dessa forma, sem medir as consequências, logo João verá o lugar onde vai chegar –
é o que tenho dito a ele com frequência.
e) A convocação da seleção é onde eu não concordo com o Zagallo, pois ele é muito autoritário,
não aceita opinião.

Questão 2 (PUC-MG)
TRECHO A

Pronomes relativos são palavras que representam nomes já referidos, com os quais estão
relacionados. Daí denominarem-se relativos.
[....]
Onde, como pronome relativo, tem sempre antecedente e equivale a em que: A casa onde moro
(= em que) foi de meu avô.
Assinale a alternativa em que o uso do pronome em destaque possa ser exemplo da definição
de PRONOME RELATIVO proposta por Cegalla no trecho A.
a) Quero saber onde você guardou as lâminas.
b) Meu lema é: só amo quem me ama.
c) Todos sabem que ele não é feliz com a esposa há muitos anos.
d) Minha mãe me disse que aonde eu vou ninguém mais pode ir.
e) A mulher cuja lembrança me dói nem sabe que existo.

Questão 3 Sobre o pronome relativo, é correto afirmar apenas:


a) É representado pelos pronomes nos, vos, se, quando esses expressarem a ideia de um ao
outro, reciprocidade. Exemplo: Nós nos abraçamos longamente.
b) Fazem referência às três pessoas do discurso e indicam a ideia de posse de algo. Exemplo:
Essa letra é minha!
c) Indicam a posição dos seres em relação às três pessoas do discurso. Essa localização pode
ser no tempo, no espaço ou no discurso. Exemplo: Estou usando este livro para estudar.
d) Referem-se, normalmente, a um termo anterior chamado antecedente. Exemplo: Eu sou a
funcionária que chega por último na empresa.
e) Aplicam-se à 3ª pessoa quando têm sentido vago ou exprimem quantidade indeterminada.
Exemplo: Alguém me disse que você estava triste.

Questão 4 Assinale as alternativas corretas:


I. Está correto o uso do pronome relativo na frase “A equipe cujo o desempenho foi superior
receberá premiação em dinheiro”.
II. “A desigualdade social é um mal que acomete o Brasil”. Está correto o emprego do pronome
relativo que.
III. Os pronomes relativos representam nomes já mencionados anteriormente, relacionando-se
com eles. Também têm como função introduzir orações subordinadas adjetivas.
IV. O pronome relativo que deve ser evitado. Sempre que possível, a substituição deve ser feita
pelos seguintes pronomes: o qual, a qual, os quais, as quais.
V. Os pronomes relativos são: o qual (a qual, os quais, as quais), cujo (cuja, cujos, cujas), que,
quem, quanto (quanta, quantos, quantas), onde, como, quando.
a) I, III e V.
b) II, III e V.
c) I e IV.
d) IV e V.
e) Todas as alternativas estão corretas.

Respostas

 Resposta Questão 1
Alternativa “a”. O advérbio aonde transmite a ideia de lugar para o qual se vai, ou seja, destino
ou movimento. Deve-se observar se o verbo com o qual ele se relaciona exige a preposição “a”.
Caso haja a necessidade da preposição, ela deve ser agregada à palavra onde para formar o
vocábulo aonde.

 Resposta Questão 2
Alternativa “e”. A palavra onde quando exerce função de pronome relativo deve ser empregada
apenas para conferir ideia de lugar fixo, caso contrário, deve-se utilizar outros pronomes
relativos, tais quais cujo (os/a/as), em que, no qual etc.

 Resposta Questão 3
Alternativa “d”. .
a) nos: pronome oblíquo reflexivo recíproco.
b) minha: pronome possessivo.
c) este: pronome demonstrativo.
e) alguém: pronome indeterminado.

 Resposta Questão 4
Alternativa “b”. I. Embora comum, é errado usar artigos definidos depois do pronome. A
equipe cujo o resultado foi o melhor terá financiamento. (Uso inadequado). IV. Não há problema
em utilizar o pronome relativo que, também conhecido como pronome relativo universal, embora
ele possa ser substituído, para evitar repetição, por outros, como o qual, a qual, os quais, as
quais.

FONTE: MUNDO EDUCAÇÃO

PRONOME OBLIQUO
QUESTÃO 1 Leia, reflita e analise os páreos de enunciados, apontando qual deles se adequa
ao padrão formal da linguagem, levando em consideração os conhecimentos que você dispõe
acerca dos pronomes oblíquos na função de complementos verbais. Procure justificar sua
resposta.

a) Ela o ama
X
Ela lhe ama

b) Agradecer-lhe
X
Agradecê-lo(a)

c) Apresentar-lhe
X
Apresentá-lo(a)

d) Obedecê-lo(a)
X
Obedecer-lhe

QUESTÃO 2(Fundação Lusíada) Preencha as lacunas do texto abaixo com os pronomes


oblíquos devidos:

“ Não ______ ajudou, nem _______ pediu nada, não ______ julgou e nem _____ condenou
por isso”.

a – ( ) o, lhe, o, o
b – ( ) o, lhe, o, lhe
c- ( ) lhe, lhe, o, o
d – ( ) o, lhe, lhe, o
e – ( ) o, lhe, lhe, lhe

QUESTÃO 3(Unimep-SP)

I – Demos a ele todas as oportunidades.


II – Fizemos o trabalho como você orientou.
III – Acharam os livros muito interessantes.

Substituindo as palavras destacadas por um pronome oblíquo, temos:

a) I – Demos-lhe; II – Fizemo-lo; III – Acharam-los.


b) I - Demos-lhe; II – Fizemos-lo; III – Acharam-os.
c) I – Demos-lhe; II – Fizemo-lo; III – Acharam-nos.
d) I - Demo-lhe; II – Fizemos-o; III – Acharam-nos.
e) I – Demo-lhe; II – Fizemo-lhe; III – Acharam-nos

QUESTÃO 4Atenha-se aos enunciados, cujo intuito é analisar o emprego dos pronomes
oblíquos, atribuindo-lhes a classificação adequada, tendo em vista o seguinte código:

(O.D) Objeto direto


(O. I) Objeto indireto

a–( ) Acharam-no interessante.


b–( ) Colocaram-na em cima da mesa.
c–( ) Entregaram-lhes as encomendas.
d–( ) Disseram-lhe toda a verdade.
e - ( ) Puseram-no contra todos.
f – ( ) Analisá-lo é preciso.

GABARITO

Questão 1

a) Ela o ama, visto que “amar” se classifica como verbo transitivo direto = quem ama, ama
alguém.

b – Agradecer-lhe, pois em se tratando da regência verbal, infere-se que o verbo agradecer se


classifica como transitivo indireto = quando agradecemos, o fazemos a alguém.

c – Apresentá-lo(a), em virtude de o verbo apresentar se classificar como transitivo indireto,


nesse caso em especial, bem como direto. Assim, podemos afirmar: Irei apresentá-la(O.D) aos
meus amigos(O.I).

D – Obedecer-lhe, pois no que diz respeito à predicação do verbo obedecer, esse se classifica
como transitivo indireto, cujo complemento atua somente como objeto indireto.

Questão 2

Alternativa adequada expressa pela letra “A”.

Questão 3

a) Alternativa não adequada ao enunciado em questão, visto que o item III não se adequa ao
padrão formal da linguagem em virtude da colocação do pronome oblíquo “los”.

b) Alternativa inadequada ao enunciado, haja vista que o pronome oblíquo demarcado no item
III não se encontra adequado ao padrão formal da linguagem.

c) Alternativa adequada ao enunciado, pois todos os pronomes oblíquos, ora atuando como
complementos verbais, apresentaram-se adequados à norma culta da linguagem.

d) Alternativa incoerente, pois os itens I e II se encontram ajustados de forma incorreta, tendo


em vista o emprego do pronome oblíquo como complemento do verbo.

e) Alternativa inadequada ao enunciado, visto que os itens I e II não se encontram adequados


ao padrão formal da linguagem, em virtude da má colocação do pronome oblíquo.

Questão 4

a – ( O.D ) Acharam-no interessante.


b – ( O.D ) Colocaram-na em cima da mesa.
c – ( O.I ) Entregaram-lhes as encomendas.
d – ( O.I ) Disseram-lhe toda a verdade.
e - ( O.D ) Puseram-no contra todos.
f – ( O.D ) Analisá-lo é preciso.

FONTE: BRASIL ESCOLA

QUESTÃO 1Assinale a única alternativa em que o pronome oblíquo átono exerce a função de
objeto direto:

a) ( ) Tenha-me consideração.

b) ( ) A abelha picou-o de leve.


c) ( ) Maria traz-lhe um livro especial.

d) ( ) Ele aproximou-se e tocou-lhe os cabelos.

e) ( ) Mandei-o sair.

QUESTÃO 2Assinale as alternativas em que o pronome oblíquo átono exerce a função de


sujeito:

a) ( ) Só o esforço nos pode garantir a vitória.

b) ( ) Deu-nos instruções precisas.

c) ( ) Meus pais me amam de verdade.

d) ( ) Deixe-me falar

e) ( ) Ele segurou-lhe a mão trêmula.

QUESTÃO 3Relacione as colunas quanto à função sintática exercida pelos pronomes oblíquos
átonos na oração:

a) ( ) Mandei-o entregar a encomenda.

b) ( ) O noivo veio até Mariana e apertou-lhe as mãos frias.

c) ( ) O motorista entregou-lhe as chaves.

d) ( ) As crianças te esperam ansiosas.

I. Objeto indireto.

II. Sujeito do verbo no infinitivo

III. Objeto direto.

IV. Adjunto adnominal.

QUESTÃO 4(Makiyama) Considere as orações a seguir:

I. De modo algum me afastarei de ti.

II. Assim que chegar, encontre-me na sala de reunião.

III. Convidar-me-iam para a festa.

A alternativa que traz, correta e respectivamente, a classificação da colocação pronominal das


orações acima é:

a) ( ) Mesóclise, próclise e ênclise.

b) ( ) Mesóclise, ênclise e próclise.

c) ( ) Próclise, ênclise e mesóclise.

d) ( ) Próclise, mesóclise e ênclise.


e) ( ) Ênclise, mesóclise e próclise.

QUESTÃO 5Ainda em relação às orações da questão anterior, relacione as colunas que


justifiquem as respectivas colocações pronominais:

I. De modo algum me afastarei de ti.

II. Assim que chegar, encontre-me na sala de reunião.

III. Convidar-me-iam para a festa.

a) ( ) Verbo no tempo futuro do pretérito.

b) ( ) Presença de palavra atratora (pronome indefinido).

c) ( ) Imperativo afirmativo.

QUESTÃO 6Na expressão “não se trata de reserva de mercado”, ocorre uma próclise porque:

a) ( ) não se inicia oração com pronome oblíquo.

b) ( ) trata-se de uma oração com pronome indeterminador de sujeito.

c) ( ) o verbo está no presente do indicativo.

d) ( ) o advérbio de negação atrai a partícula na construção sem sujeito.

e) ( ) a conjunção acompanha o termo modificado.

GABARITO

Questão 1 B Questão 2 C e D Questão 3a) (II) b) (IV) c) (I) d) (III) Questão 4 C

Questão 5 a) (III) b) (I) c) (II) Questão 6 D

FONTE: BRASIL ESCOLA

1. (PUC-SP) Assinale a alternativa que possa substituir, pela ordem, as partículas de transição
dos períodos abaixo, sem alterar o significado delas.
"Em (primeiro lugar), observemos o avô. (Igualmente), lancemos um olhar para a avó.
(Também) o pai deve ser observado. Todos são altos e morenos. (Consequentemente), a filha
também será morena e alta."

a) primeiramente, ademais, além disso, em suma


b) acima de tudo, também, analogamente, finalmente
c) primordialmente, similarmente, segundo, portanto
d) antes de mais nada, da mesma forma, por outro lado, por conseguinte
e) sem dúvida, intencionalmente, pelo contrário, com efeito.
Alternativa d) antes de mais nada, da mesma forma, por outro lado, por conseguinte
3. (PUC-SP) No período: "Da própria garganta saiu um grito de admiração, que Cirino
acompanhou, embora com menos entusiasmo", a palavra destacada expressa uma ideia de:
a) explicação.
b) concessão.
c) comparação.
d) modo.
e) consequência.
4. (Enem-2010) Os filhos de Anna eram bons, uma coisa verdadeira e sumarenta. Cresciam,
tomavam banho, exigiam para si, malcriados, instantes cada vez mais completos. A estouros. O
calor era forte no apartamento que estavam aos poucos pagando. Mas o vento batendo nas
cortinas que ela mesma cortara lembrava-lhe que se quisesse podia parar e enxugar a testa,
olhando o calmo horizonte. Como um lavrador. Ela plantara as sementes que tinha na mão, não
outras, mas essas apenas.
LISPECTOR, C. Laços de família. Rio de Janeiro: Rocco, 1998.

A autora emprega por duas vezes o conectivo mas no fragmento apresentado. Observando
aspectos da organização, estruturação e funcionalidade dos elementos que articulam o texto, o
conectivo mas
a) expressa o mesmo conteúdo nas duas situações em que aparece no texto.
b) quebra a fluidez do texto e prejudica a compreensão, se usado no início da frase.
c) ocupa posição fixa, sendo inadequado seu uso na abertura da frase.
d) contém uma ideia de sequência temporal que direciona a conclusão do leitor.
e) assume funções discursivas distintas nos dois contextos de uso.

5. (UFPB-2010) No fragmento “A vida ganhou em qualidade, prorrogando a juventude, sem


com isso perder os benefícios da longevidade bem-vinda [...]", a oração destacada expressa
ideia de:

a) Condição
b) Consequência
c) Concessão
d) Comparação
e) Causa

6. (PUC-SP) Em: “… ouviam-se amplos bocejos, fortes como o marulhar das ondas…” a
partícula como expressa uma ideia de:
a) comparação
b) causa
c) explicação
d) conclusão
e) proporção

7. (UEL-PR) Não gostava muito de novelas policiais; admirava, porém, a técnica de seus
autores. Comece com: Admirava a técnica...
a) visto como
b) enquanto
c) conquanto
d) porquanto
e) à medida que

8. (Fuvest-SP) "Podem acusar-me: estou com a consciência tranqüila." Os dois pontos (:) do
período acima poderiam ser substituídos por vírgula, explicitando-se o nexo entre as duas
orações pela conjunção:
a) portanto.
b) e.
c) como.
d) pois.
e) embora.

9. (Mackenzie-SP) Assinale “como” assume a mesma função que exerce em como fosso
trazido à sua presença um pirata.

a) Como você conseguiu chegar até aqui?


b) Como todos podem ver, a situação não é das melhores.
c) Não só leu os livros indicados, como também outros de interesse pessoal.
d) Como não telefonou, resolvi procurá-lo pessoalmente.
e) O arquiteto projetou o jardim exatamente como lhe pediram.
10. (Fuvest-SP) "Que não pedes um diálogo de amor, é claro, (desde que impões) a cláusula
da meia-idade."

O segmento destacado poderia ser substituído, sem alteração do sentido da frase, por:
a) desde que imponhas.
b) se bem que impões.
c) contanto que imponhas.
d) conquanto imponhas.
e) porquanto impões.

11. (Enem-2016) O senso comum é que só os seres humanos são capazes de rir. Isso não
é verdade?
Não. O riso básico — o da brincadeira, da diversão, da expressão física do riso, do movimento
da face e da vocalização — nós compartilhamos com diversos animais. Em ratos, já foram
observadas vocalizações ultrassônicas — que nós não somos capazes de perceber — e que
eles emitem quando estão brincando de “rolar no chão”. Acontecendo de o cientista provocar um
dano em um local específico no cérebro, o rato deixa de fazer essa vocalização e a brincadeira
vira briga séria. Sem o riso, o outro pensa que está sendo atacado. O que nos diferencia dos
animais é que não temos apenas esse mecanismo básico. Temos um outro mais evoluído. Os
animais têm o senso de brincadeira, como nós, mas não têm senso de humor. O córtex, a parte
superficial do cérebro deles, não é tão evoluído como o nosso. Temos mecanismos corticais que
nos permitem, por exemplo, interpretar uma piada.
Disponível em: http://globonews.globo.com. Acesso em: 31 maio 2012 (adaptado).

A coesão textual é responsável por estabelecer relações entre as partes do texto. Analisando o
trecho “Acontecendo de o cientista provocar um dano em um local específico no cérebro”,
verifica-se que ele estabelece com a oração seguinte uma relação de
a) finalidade, porque os danos causados ao cérebro têm por finalidade provocar a falta de
vocalização dos ratos.
b) oposição, visto que o dano causado em um local específico no cérebro é contrário à
vocalização dos ratos.
c) condição, pois é preciso que se tenha lesão específica no cérebro para que não haja
vocalização dos ratos.
d) consequência, uma vez que o motivo de não haver mais vocalização dos ratos é o dano
causado no cérebro.
e) proporção, já que à medida que se lesiona o cérebro não é mais possível que haja
vocalização dos ratos.

12. (UFMS-2010) Observe o emprego das conjunções nos períodos abaixo.

I. Ora Maria estuda História, ora ela ouve música.


II. Ou você estuda História, ou você ouve música.
III. Se você for estudar História, não ouvirá música.
IV. Se você for ouvir música, não estudará História.
Levando em consideração que a conjunção é um dos elementos linguísticos responsáveis pela
orientação argumentativa do discurso, é correto afirmar:

1) O sentido de alternância só ocorre no caso de I, pois é possível que a pessoa, no caso


Maria, faça as duas coisas: estudar e ouvir música.
2) Em II, III e IV não existe a possibilidade de as duas coisas se realizarem, porque há a ideia
de uma exclusão explícita, marcada tanto pela conjunção “ou” como pela conjunção “se”.
4) A idéia de alternância está presente em todos os períodos, uma vez que se trata de períodos
compostos por orações subordinadas alternativas.
8) A alternância é nítida em II, III e IV, que são períodos cujas orações classificam-se como
“condicionais”.
16) A conjunção “ou” nem sempre expressa exclusão.

13. (Enem-2014)

Tarefa
Morder o fruto amargo e não cuspir
Mas avisar aos outros quanto é amargo
Cumprir o trato injusto e não falhar
Mas avisar aos outros quanto é injusto
Sofrer o esquema falso e não ceder
Mas avisar aos outros quanto é falso
Dizer também que são coisas mutáveis...
E quando em muitos a não pulsar
— do amargo e injusto e falso por mudar —
então confiar à gente exausta o plano
de um mundo novo e muito mais humano.

CAMPOS, G. Tarefa. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1981.

Na organização do poema, os empregos da conjunção “mas” articulam, para além de sua


função sintática,
a) a ligação entre verbos semanticamente semelhantes.
b) a oposição entre ações aparentemente inconciliáveis.
c) a introdução do argumento mais forte de uma sequência.
d) o reforço da causa apresentada no enunciado introdutório.
e) a intensidade dos problemas sociais presentes no mundo.

14. (Fuvest-SP) Nas frases abaixo, cada espaço pontilhado corresponde a uma conjunção
retirada.

1. "Porém já cinco sóis eram passados (....) dali nos partíramos."


2. (....) estivesse doente faltei à escola.
3. (...) haja maus nem por isso devemos descrer dos bons.
4. Pedro será aprovado (...) estude.
5. (...) chova sairei de casa.
6.
As conjunções retiradas são, respectivamente:

a) quando, embora, mesmo que, desde que, ainda que.


b) que, como, embora, desde que, ainda que.
c) como, que, porque, ainda que, desde que.
d) que, ainda que, embora, como, logo que.
e) que, quando, embora, desde que, já que

GABARITO:

1-D 2-E 3-B 4-E 5-C 6-A 7-C 8-D 9-D 10-E 11-C 13-C 14-B
12-2) Em II, III e IV não existe a possibilidade de as duas coisas se realizarem, porque há a ideia
de uma exclusão explícita, marcada tanto pela conjunção “ou” como pela conjunção “se”.
16) A conjunção “ou” nem sempre expressa exclusão.

FONTE: https://www.todamateria.com.br/exercicios-de-conjuncoes/

CONJUNÇÕES COORDENATIVAS

1. Leu o texto rapidamente, respondeu as questões ( ) começou a correção, ( ) percebendo que


tinha se enganado em muitas coisas, voltou atrás.

a) e, mas
b) logo, contudo
c) e, assim
2. Passou mal ( ) comeu muito. ( ), fiz um chá.
a) pois, porém
b) mas, porquanto
c) porque, assim

3. Faço desta forma ( ) desta? Já fiz desse jeito ( ) não gostei do outro.

a) ou, porque
b) mas também, mas
c) ou, porém

GABARITO: 1 A- 2-C 3-A

VERBOS

 Questão 1 (UFSCar) Indique a alternativa que completa corretamente as lacunas das frases:

I - Se nos ....... a fazer um esforço conjunto, teremos um país sério.


II - .......o televisor ligado, para te informares dos últimos acontecimentos.
III - Não havia programa que .......o povo, após o último noticiário.
a) propormos - Mantenha - entretesse
b) propusermos - Mantém - entretesse
c) propormos - Mantém - entretivesse
d) propormos - Mantém - entretesse
e) propusermos - Mantém – entretivesse

 Questão 2 (UFMG) Em todas as frases, os verbos estão na voz ativa, exceto em:

a) Ele, que sempre vivera órfão de afeições legítimas e duradouras, como então seria feliz!...
b) O quinhão de ternura que a ela pretendia, estava intacto no coração do filho.
c) Os dois quadros tinham sido ambos bordados por Mariana e Ana Rosa, mãe e filha.
d) E dizia as inúmeras viagens que tinha feito até ali; contava episódios a respeito do boqueirão.
e) Sobre a banca de Madalena estava o envelope de que ele tinha falado.

 Questão 3 Imagine a situação em que uma professora responda a seu aluno e que nessa
resposta denote-se erro do emprego verbal. Identifique-o:

Professora, eu preciso fazer a lição de casa?


a) É preciso que você faça a lição.
b) Se você fizer a lição, tirará suas dúvidas sobre a aula.
c) Convém que você faça a lição.
d) Faça a lição sempre que solicitada.
e) É bom que você faz a lição de casa.

 Questão 4
Assinale a alternativa em que estão devidamente classificadas as seguintes formas verbais:
“Chegando do trabalho, espero que já tenha terminado a lição de casa”.

a) futuro do subjuntivo, presente do subjuntivo


b) infinitivo, pretérito imperfeito do subjuntivo
c) infinitivo, presente do subjuntivo
d) gerúndio, pretérito perfeito do subjuntivo.
e) futuro do subjuntivo, pretérito perfeito do subjuntivo.

GABARITO

1- “e”.
Na primeira oração, o verbo deve ser conjugado no futuro do modo subjuntivo, portanto, se nos
propusermos. Na segunda oração, o verbo manter deve concordar com o pronome tu, portanto,
deve ser conjugado na segunda pessoa do singular. Na terceira oração, o verbo entreter deve
ser conjugado no pretérito imperfeito do modo subjuntivo, concordando assim com o substantivo
programa e com o tempo verbal determinado pela oração.

2- “c”. Nessa oração, o sujeito sofreu a ação praticada pelo verbo.

3- “e”. Na alternativa e, o verbo fazer deve ser conjugado no presente do modo subjuntivo,
concordando assim com o pronome você. É bom que você faça a lição de casa.

4- “d”. O verbo chegando está conjugado no gerúndio, e a forma verbal tenha terminado está
conjugada no pretérito perfeito do subjuntivo.

FONTE:MUNDO EDUCAÇÃO

TEMPOS VERBAIS

Exercício: (Cefet-MG) Empregou-se o verbo no futuro do subjuntivo em:

A) ... afrontava os perigos (...) para vir vê-la à cidade.

B) Se algum dia a civilização ganhar essa paragem longínqua...

C) Continuaram ainda a dialogar com certo azedume.

D) Tinha-me esquecido de contar-lhe que eu fizera uma promessa...

E) e encontrei o faroleiro ocupado em polir os metais da lanterna.

Exercício 2: (UFMG) Em todas as alternativas, a lacuna pode ser preenchida com o verbo
indicado entre parênteses, no subjuntivo, exceto em:

A) Olhou para o cão, enquanto esperava que lhe _______ a porta (abrir).

B) Por que foi que aquela criatura não ________ com franqueza? (proceder)
C) É preciso que uma pessoa se ________ para encurtar a despesa. (trancar).

D) Deixa de luxo, minha filha, será o que Deus ________. (querer)

E) Se isso me ______ possível, procuraria a roupa. (ser)

Exercício 3: (PUC-RJ) Indique a série que corresponde às formas verbais apropriadas para os
enunciados abaixo:

 As diferenças existentes entre homens e mulheres ___________ ser um fato


indiscutível. (1. parece 2. parecem)
 Alguns cientistas, desenvolvendo uma nova pesquisa sobre a estrutura do cérebro, os
efeitos dos hormônios e a psicologia infantil, __________ que as diferenças entre
homens e mulheres não se devem apenas à educação. (3. propõe 4. propõem)
 ________ diferenças cerebrais condicionadoras das aptidões tidas como tipicamente
masculinas ou femininas. (5. Haveria 6. Haveriam)
 ________ ainda pesquisadores que consideram os machos mais agressivos, em
virtude de sua constituição hormonal. (7. Existe 8. Existem)
 Como sempre, discute-se se é a força da Biologia, ou meramente a Educação, que
________ sobre o comportamento humano. (9. predomina 10. predominam)

A alternativa que corresponde à série acima é:

A) 2,4,5,8,9

B) 1,4,6,8,9

C) 2,4,6,7,10

D) 2,3,5,8,10

E) 2,4,6,7,9

Exercício 4: (PUC-SP) Uma das alternativas abaixo está errada quanto à correspondência no
emprego dos tempos verbais. Assinale-a.

A) Porque arrumara carona, chegou cedo à cidade.

B) Se tivesse arrumado carona, chegaria cedo à cidade.

C) Embora arrume carona, chegará tarde.

D) Embora tenha arrumado carona, chegou tarde.

E) Se arrumar carona, chegaria cedo à cidade.

Exercício 5: (FUVEST-SP) Assinale a frase em que aparece o pretérito mais-que-perfeito do


verbo ser:
A) Não seria o caso de você se acusar?

B) Quando cheguei, ele já se fora, muito zangado.

C) Se não fosse ele, tudo estaria perdido.

D) Bem depois se soube que não fora ele o culpado.

E) Embora não tenha sido divulgado, soube-se do caso.

Exercício 6: (Federal de São Carlos) “O acordo não __________ as reivindicações, a não ser
que __________ os nossos direitos e ____________ da luta”.
A sequência correta que complementa esta oração é:

A) substitui – abdicamos – desistimos.

B) substitue – abdicamos – desistimos.

C) substitui – abdiquemos – desistamos.

D) substitui – abidiquemos – desistimos.

E) substitue – abdiquemos – desistamos.

Exercício 7: (Santa Casa) “As linhas ________ para um ponto e depois se _______ no infinito.

A) convergem – esvão.

B) convirgem – esvaem.

C) convergem – esvaiem.

D) convergem – esvaem.

E) convirgem – esvão

Exercício 8: (FAAP) Assinale a resposta correspondente à alternativa que completa


corretamente o espaço em branco:
“Não ________. Você não acha preferível que ele se ________ sem que você o __________?”

A) interfere – desdiz – obriga.

B) interfira – desdisser – obrigue.


C) interfira – desdissesse – obriga.

D) interfere – desdiga – obriga.

E) interfira – desdiga – obrigue.

Exercício 9: “Outros dois ficaram de sentinela para obstar a intervenção de algum paisano”
(Carlos Drummond de Andrade)
Permutando o verbo ficar por manter-se, seguindo a mesma conjugação do verbo ficar nesta
frase, a resposta correta é:

A) “Outros dois mantevem-se...”

B) “Outros dois mantinham-se...”

C) “Outros dois mantenham-se...”

D) “Outros dois mantiveram-se...”

E) “Outros dois manteve-se...”

Exercício 10: (UM-SP) Em qual das alternativas todos os verbos estão em tempos do
pretérito?

A) Chamei-lhe a atenção porque teria observado de perto seu progresso.

Concordei que assim era, mas aleguei que a velhice estava agora no domínio
B) da compensação.

C) Lembra-me de o ver erguer-se assustado e tonto.

D) Meu pai respondia a todos os presentes que seria o que Deus quisesse.

Se advertirmos constantemente esta moça, perderemos uma excelente


E) profissional.
Exercício 11: (FATEC-SP) Assinale a alternativa em que a forma verbal grifada no período 2
não substitui corretamente a do período 1.
1. Economistas afirmam que já foi descoberto o remédio para a inflação no
A) Brasil.
2. Economistas afirmam que já ter sido descoberto o remédio para a inflação no
Brasil.

1. Não souberam ou não me quiseram dizer para onde você tinha ido.
B) 2. Não souberam ou não me quiseram dizer para onde você fora.

1. Eram passados já muitos anos, desde o acidente.


C) 2. Haviam passado já muitos anos, desde o acidente.
1. Honrarás a teu pai e a tua mãe.
D) 2. Honra a teu pai e a tua mãe.

1. Ao chegar à sua casa, o seu amigo já terá partido.


E) 2. Ao chegar à sua casa, o seu amigo já partirá.
Exercício 12: (FUEL-PR) “Pode ser que eu __________ levar as provas, se você _______
tudo para que eu __________ onde elas estão”.
A alternativa que corresponde à sequência correta é:

A) consiga – fará – descobriria.

B) consiga – fizer – descubra.

C) consigo – fizer – descobrir.

D) consigo – fizer – descubro.

E) consigo – fará – descobrirei.

Exercício 13: (CESGRANRIO-RJ) Não há devida correlação temporal nas formas verbais em:

A) Seria conveniente que o leitor ficasse sem saber quem era Miss Dollar.

B) É conveniente que o leitor ficaria sem saber quem era Miss Dollar.

C) Era conveniente que o leitor ficasse sem saber quem era Miss Dollar.

D) Será conveniente que o leitor fique sem saber quem era Miss Dollar.

E) Foi conveniente que o leitor ficasse sem saber quem era Miss Dollar.

Exercício 14: (F.C. Chagas-PR) “Mesmo que você lhe __________ um acordo amigável, ele
não ________”.
A alternativa que completa corretamente essa sequência é:

A) proponha – aceitará.

B) propor – aceitava.

C) proporia – aceitaria.

D) proporá – aceitará.

E) propôs – aceitava.
Exercício 15: (UCS-RS) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas:
“Não ________ os dons que recebestes; __________ sempre que a felicidade se ________
aos poucos.

A) esquece – lembre – constroi.

B) esquece – lembra – constrói.

C) esqueça – lembre – constrói.

D) esqueças – lembra – constrói.

E) esqueças – lembre – constroi.

Exercício 16:(UCS-RS) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas:


Se tudo ________ conforme ele _______, o trabalho já ______.

A) for feito – preveu – vai ser concluído.

B) fosse feito – prevera – teria sido concluído.

C) é feito – preveu – estaria pronto.

D) tivesse sido feito – havia previsto – estaria concluído.

E) tiver sido feito – preverá – será concluído.

Exercício 17: (FAME/FUPAC-MG) Em: “Sei de uma moça... Se alguém escrevesse a sua
história, diriam como o senhor (...)”, há verbos empregados respectivamente no:
presente do indicativo, pretérito imperfeito do subjuntivo, futuro do pretérito do
A) indicativo.

presente do indicativo, pretérito imperfeito do indicativo, futuro do pretérito do


B) indicativo.

presente do indicativo, futuro do pretérito do indicativo, pretérito imperfeito do


C) subjuntivo.

presente do indicativo, futuro do pretérito do indicativo, pretérito imperfeito do


D) indicativo.

presente do indicativo, futuro do pretérito do subjuntivo, pretérito imperfeito do


E) subjuntivo.
GABARITO:

1-B 2-B 3-A 4-E 5-D 6-C 7-D 8-E 9-D 10-B 11-E 12-B 13-B 14-A 15-D 16-D 17-A

FONTE:INFOESCOLA
1. Na Língua Portuguesa, às vezes, verbos diferentes assumem a mesma forma verbal. Isso NÃO
ocorre em:

o a) FUI, pretérito perfeito do indicativo de IR e de SER.

o b) VIEMOS, pretérito perfeito do indicativo de VIR e presente do indicativo de VER.

o c) VIMOS, pretérito perfeito do indicativo de VER e presente do indicativo de VIR.

o d) FOR, futuro do subjuntivo de IR e de SER.

o e) FORA, pretérito mais-que-perfeito do indicativo de IR e de SER.


o
2. Complete (no presente do indicativo): “Às vezes, as ideias não ___, ou ___ muito numerosas.
Todos ___ as necessidades locais, poucos ___ auxiliar.”

o a) Veem; vêm; vêm; veem;

o b) Vêm; vêm; veem; vêm.

o c) Vêm; vêm; vêm; vêm.

o d) Veem; veem; veem; vêem.

o e) Vêm; veem; veem; vêm.


o
3. (TRT) "(...) que PARECIA suave anjo de voz tranquila." O verbo de mesmo tempo e modo em
que se encontra o verbo grifado acima está na frase:

o a) (...) em que se AMARRAVA cachorro com linguiça

o b) Só num único e mesmo jornal PERMANECI mais de vinte anos.

o c) Algumas figuras se TORNARAM sombras (...)

o d) (...) MORREU nas masmorras do Chile (...)

o e) (...) que LARGOU o jornalismo (...)


o
4. (TRT) "Há quem DIGA que isso não é urbano..." O verbo empregado no mesmo tempo e modo
que os do verbo indicado anteriormente está na frase:

o a) (...) que eu CRIEI em 1985 (...)

o b) (...) em que a ocupação da Amazônia FOI uma prioridade.

o c) (...) a população IA para os núcleos urbanos.

o d) Alguns colegas não GOSTAM dessa abordagem (...)

o e) (...) que nossa urbanização SEJA igual à da Europa (...)


5. Complete: ___ vaias a presidente da república, após a sua aparição em público.

o a) Chovia

o b) Choviam
o
6. (FUVEST) Dos verbos assinalados, só está corretamente empregado o que aparece na frase:

o a) A atual administração quer CRESCER a arrecadação do IPTU em 40%.

o b) A economia latino-americana se modernizou sem que a estrutura de renda da região


ACOMPANHOU as transformações.

o c) Se FAZER previsões sobre a situação econômica já era difícil antes das eleições,
agora ficou ainda mais complicado.

o d) A indústria ficará satisfeita só quando vender metade do estoque e TRANSPOR o


obstáculo dos juros.

o e) Por mais que os leitores se APROPRIAM de um livro, no final, livro e leitor tornam-se
uma só coisa.
o
7. (FVG) Assinale a alternativa em que os verbos PREVER, INTERVIR, PROPOR e MANTER
estão corretamente conjugados.

o a) Previu / interviu / propuser / mantesse.

o b) Prevesse / intervisse / proposse / mantesse.

o c) Previu / interveio / propusesse / mantera.

o d) Preveu / intervim / propuser / mantivesse.

o e) Previsse / intervier / propusesse / mantinha.


o
8. (FVG) Assinale a alternativa em que os verbos IMPREGNAR, OPTAR, SUAR e ESTREAR
preenchem corretamente as lacunas das frases a seguir. Esse tipo de tinta ___ de cheiro acre
a roupa da loja. / O coronel sempre ___ pelo praça de maior destreza para dirigir a viatura. /
Nos dias de calor, ele ___ demais; por isso o ar condicionado do carro. / O cantor ___ no teatro
da Barra ontem, à noite. Um sucesso!

o a) Impreguina, opta, sua, estreiou.

o b) Impregna, opta, soa, estreiou.

o c) Impregna, opta, sua, estreou.

o d) Impreguina, opita, soa, estreiou.

o e) Impregna, opita, sua, estreiou.


o
9. (IBMEC) Não há erro de conjugação verbal na alternativa:

o a) Os ambientalistas vêm com bons olhos as causas indígenas.

o b) Por falta de oportunidade, o funcionário não interviu nos comentários do consultor.

o c) Se a testemunha depor a favor do réu, certamente ele será absolvido.

o d) Eles reaveram tudo o que tinham perdido.

o e) Se eu dispusesse de algum dinheiro, poderia ajudá-lo.


o
10. (PUCCamp) Indique a frase em que o verbo (indicado entre parênteses) esteja conjugado
INCORRETAMENTE.

o a) Poderia haver acordo se eles repusessem a quantia gasta indevidamente. (REPOR)

o b) Queria pedir-lhe que revisse minha última questão da prova. (REVER)

o c) Se eles intervissem com mais calma, não teria ocorrido o tumulto. (INTERVIR)

o d) Poderíamos ter ido todos juntos, se coubéssemos no meu carro. (CABER)

o d) Se eles sempre nos contradissessem, já esperaríamos seu indeferimento ao projeto,


mas nunca houve discordâncias entre nós. (CONTRADIZER)

GABARITO

1- FUI, pretérito perfeito do indicativo de IR e de SER.


2-Vêm; vêm; veem; vêm
3-(...) em que se AMARRAVA cachorro com linguiça
4-(...) que nossa urbanização SEJA igual à da Europa (...)
5- Choviam
6- Se FAZER previsões sobre a situação econômica já era difícil antes das eleições, agora ficou
ainda mais complicado.
7- Previsse / intervier / propusesse / mantinha.
8- Impregna, opta, sua, estreou.
9- Se eu dispusesse de algum dinheiro, poderia ajudá-lo.
10- Se eles intervissem com mais calma, não teria ocorrido o tumulto. (INTERVIR)

FONTE: RACHA CUCA

Orações Subordinadas Substantivas

 Questão 1Classifique as orações subordinadas substantivas abaixo:

a) É preciso que cada um assuma suas responsabilidades.

b) Confesso que sua visita me surpreendeu.

c) Ele se convenceu de que tudo foi em vão.

d) Não existe prova conclusiva de que ele seja o culpado.

 Questão 2 Relacione as colunas de acordo com a classificação das orações


subordinadas substantivas:

a) ( ) Meu desejo é que haja paz.

b) ( ) Meu desejo é um só: que haja paz!

c) ( ) Convém que haja paz.


d) ( ) Necessito de que haja paz.

e) ( ) Eu acho que necessitamos de paz.

I. Oração Subordinada Substantiva Subjetiva

II. Oração Subordinada Substantiva Predicativa

III. Oração Subordinada Substantiva Objetiva Direta

IV. Oração Subordinada Substantiva Apositiva

V. Oração Subordinada Substantiva Objetiva Indireta.


 Questão 3

As orações sublinhadas são, respectivamente:


Deduzo que a encomenda ainda não chegou.
É claro que vamos viajar nas férias.

a) ( ) Oração Subordinada Substantiva Objetiva Direta; Oração Subordinada Substantiva


Apositiva.

b) ( ) Oração Subordinada Substantiva Subjetiva; Oração Subordinada Substantiva


Completiva Nominal.

c) ( ) Oração Subordinada Substantiva Objetiva Direta; Oração Subordinada Substantiva


Subjetiva.

d) ( ) Oração Subordinada Substantiva Predicativa; Oração Subordinada Substantiva


Objetiva Indireta.

e) ( ) Oração Subordinada Substantiva Apositiva; Oração Subordinada Substantiva


Predicativa.

 Questão 4 (IBFC-2013) Leia as sentenças:

É preciso que ela se encante por mim!


Chegou à conclusão de que saiu no prejuízo.

Assinale abaixo a alternativa que classifica, correta e respectivamente, as orações


subordinadas substantivas (O.S.S.) destacadas:
a) ( ) O.S.S. objetiva direta e O.S.S. objetiva indireta.

b) ( ) O.S.S. subjetiva e O.S.S. completiva nominal

c) ( ) O.S.S. subjetiva e O.S.S. objetiva indireta.

d) ( ) O.S.S. objetiva direta e O.S.S. completiva nominal.


 Questão 5 (Advise-2013) Todos os enunciados abaixo correspondem a orações


subordinadas substantivas, exceto:

a) ( ) Espero sinceramente isto: que vocês não faltem mais.

b) ( ) Desejo que ela volte.

c) ( ) Gostaria de que todos me apoiassem.

d) ( ) Tenho medo de que esses assessores me traiam.

e) ( ) Os jogadores que foram convocados apresentaram-se ontem.

Respostas

 Questão 1
Gabarito:
a) Oração Subordinada Substantiva Subjetiva.
b) Oração Subordinada Substantiva Objetiva Direta.
c) Oração Subordinada Substantiva Objetiva Indireta.
d) Oração Subordinada Substantiva Completiva Nominal.
 Questão 2
Gabarito:
a) (II)
b) (IV)
c) (I)
d) (V)
e) (III)
 Resposta Questão 3
Gabarito:
Letra C
 Resposta Questão 4
Gabarito:
Letra B.

 Resposta Questão 5
Gabarito:
Letra E

FONTE: MUNDO EDUCAÇAO

Orações Subordinadas

 Questão 1

Relacione as colunas quanto à classificação das orações subordinadas:

a) ( ) É necessário que você volte.

b) ( ) As crianças que tem contato com a natureza são mais calmas.

c) ( ) Você ganhará um brinquedo novo porque foi um bom garoto.

d) ( ) Ela é uma das pessoas que mais colaboram com a empresa.

e) ( ) Todos disseram que este foi o melhor filme do ano.

I. Oração subordinada adverbial

II. Oração subordinada substantiva

III. Oração subordinada adjetiva

 Questão 2 Assinale a única alternativa que possui uma oração subordinada adjetiva
restritiva:

a) ( ) Meu pai, que sempre me apoiou, merece todo meu amor.

b) ( ) As crianças que não ganharam presente choraram muito.


c) ( ) O livro, que conquistou o país todo, tornou-se um best-seller.

d) ( ) As pessoas, que visitavam a cidade, hospedaram-se no famoso hotel Copacabana


Palace.

e) ( ) As flores, que são colhidas ao amanhecer, compõem o famoso perfume francês.

 Questão 3 Classifique as orações subordinadas abaixo:

a) O médico, especializado em oftalmologia, diagnosticou a doença.


b) Já que estou de carro, posso lhe dar uma carona.
c) Ela me convenceu de que eu estava errado.
d) Tenho medo de que você não volte.
e) É um filme que emociona.

 Questão 4 Relacione as colunas de acordo com a classificação das orações


subordinadas adverbiais abaixo:

a) ( ) Visto que ninguém atendia o telefone, resolveu ir pessoalmente.

b) ( ) Seu medo foi tamanho que deixou cair os pratos.

c) ( ) Caso não atenda, deixe recado.

d) ( ) Embora não conhecesse ninguém, viajou com o grupo.

e) ( ) Tenho dormido menos do que gostaria.

f) ( ) Segundo contava o livro, todos foram enterrados atrás da igreja.

g) ( ) Levarei almofadas para que você se sinta mais confortável.

h) ( ) Quanto mais durmo, mais sinto sono.

i) ( ) Enquanto eu descansava, ele limpou toda a casa.

I. Comparativa

II. Final

III. Causal

IV. Temporal
V. Consecutiva

VI. Proporcional

VII. Conformativa

VIII. Condicional

IX. Concessiva

 Questão 5 Classifique as orações subordinadas substantivas:

a) Não sei se ele seria um bom jogador.

b) O fato é que ele foi preso.

c) Você está certo de que quer ir embora?

d) Não me oponho a que você faça esse curso.

e) Convém que viajemos logo.

f) Só tenho um medo: que você se machuque.

 Questão 6 (Ufam) Assinale a opção em que está incorreta a classificação da oração


grifada:

a) A estrela brilhava no eterno azul como uma vela. (subordinada adverbial comparativa)
b) A Lua dizia que a claridade do Sol resumia toda a luz. (subordinada substantiva
objetiva direta)
c) Como estava enfarado de sua enorme e desmedida umbela, o Sol invejava o vaga-
lume.

(subordinada adverbial causal)


d) A Lua admirava a auréola de nume que o sol ostentava. (subordinada adjetiva
restritiva)
e) Enquanto bailava no ar, o inquieto vaga-lume fitava com ciúme da estrela.
(subordinada adverbial proporcional)

 Questão 7
(IMA) Temos uma oração subordinada adverbial concessiva em:

a) ( ) Se eu tivesse dinheiro, compraria hoje um carro.

b) ( ) Fizemos a consulta, conforme a solicitação dos auditores.

c) ( ) Enquanto a mídia entrevistava o especialista, os telespectadores assistiam


impávidos.

d) ( ) O especialista não concordará com sua opinião, por mais que você insista.

GABARITO

 Questão 1 a) (II) b) (III) c) (I) d) (III) e) (II)


 Questão 2 Letras B
 Questão 3
a) Oração subordinada adjetiva explicativa.
b) Oração subordinada adverbial causal.
c) Oração subordinada substantiva objetiva indireta.
d) Oração subordinada substantiva completiva nominal.
e) Oração subordinada adjetiva restritiva.

 Questão 4a) (III) b) (V) c) (VIII) d) (IX) e) (I) f) (VII) g) (II) h) (VI) i) (IV)
 Questão 5
a) Oração subordinada substantiva objetiva direta.
b) Oração subordinada substantiva predicativa.
c) Oração subordinada substantiva completiva nominal.
d) Oração subordinada substantiva objetiva indireta.
e) Oração subordinada substantiva subjetiva.
f) Oração subordinada substantiva apositiva.

 Resposta Questão 6
Letra E
 Resposta Questão 7
Letra D

FONTE: MUNDO EDUCAÇAO


Orações Subordinadas Adverbiais

 Questão 1 Classifique as orações subordinadas adverbiais:

a) Você será aprovado, porque estudou muito.


b) Eu me comportei tão bem que pude passear no parque.
c) Caso necessite de maiores informações, envie um e-mail para o responsável.
d) Fui aprovada, embora não tenha estudado muito.
e) Compramos as passagens a fim de que pudéssemos viajar logo.

 Questão 2 Observe o uso da conjunção causal nas frases abaixo e relacione as


colunas quanto à relação sintática estabelecida pela oração subordinada apresentada
por ela:

a) Pedro não foi tão atencioso como deveria.


b) Como ninguém respondeu meu e-mail, resolvi ir à empresa pessoalmente.
c) Fiz o tratamento como determinou o médico.

( ) Oração subordinada adverbial causal.

( ) Oração subordinada adverbial comparativa.

( ) Oração subordinada adverbial comparativa.


 Questão 3 (PUC – SP) Leia com atenção o seguinte trecho do texto para responder à
questão:

“Então, os peixes jovens, já não era mais possível


segurá-los; agitavam as nadadeiras nas margens
lodosas para ver se
funcionavam como patas, como haviam conseguido
fazer os mais dotados.
Mas precisamente naqueles tempos se acentuavam
as diferenças entre nós…”

As palavras destacadas indicam, respectivamente,

a) ( ) finalidade, oposição, comparação, conformidade.

b) ( ) oposição, finalidade, conformidade, oposição.


c) ( ) conformidade, finalidade, oposição, comparação.

d) ( ) finalidade, comparação, conformidade, oposição.

e) ( ) comparação, finalidade, oposição, conformidade.

 Questão 4 (Copeve- Ufal) A questão refere-se ao texto seguinte.

“Ao planejar o que vai dizer, leve em consideração uma lista mental de questões a
que sua fala deve responder; as lacunas que cada afirmação pode provocar à medida
que enunciada; o tipo de predisposição do auditório às ideias que você defenderá; as
condições e o contexto em que a comunicação ocorrerá.”

A primeira oração é subordinada adverbial:

a) final, reduzida de infinitivo.

b) condicional, reduzida de infinitivo.

c) adverbial temporal.

d) temporal, reduzida de infinitivo.

e) adverbial final.

Respostas

 Questão 1
a) Oração subordinada adverbial causal.
b) Oração subordinada adverbial consecutiva.
c) Oração subordinada adverbial condicional.
d) Oração subordinada adverbial concessiva.
e) Oração subordinada adverbial final.

 Questão 2
(B) Oração subordinada adverbial causal.
(A) Oração subordinada adverbial comparativa.
(C) Oração subordinada adverbial comparativa.

Questão 3
Letra B
Questão 4
Letra D

Orações Subordinadas Adjetivas

 Questão 1 As alternativas que apresentam orações subordinadas adjetivas restritivas


são:

a) ( ) A irmã, que era cega, foi à festa com ele.

b) ( ) Essa cantora de que falo era uma mulher otimista e batalhadora.

c) ( ) Meu esposo, que sempre me apoiou, merece todo meu amor.

d) ( ) Gosto de ver o galo cantando de manhã.

e) ( ) Pedro, que era advogado, chegou para defendê-lo das acusações.

 Questão 2 A única alternativa que possui uma oração subordinada adjetiva explicativa
é:

a) ( ) Lá no porto estava um navio que apitava.

b) ( ) Gosto de ouvir os pássaros a cantar de tarde.

c) ( ) Este é o cão treinado pelo meu filho.

d) ( ) As crianças que brincam ao ar livre são mais felizes.

e) ( ) Os cães, que são animais domésticos, necessitam de muitos cuidados.


 Questão 3 (AOCP – adaptada) O elemento destacado introduz uma oração


subordinada adjetiva, exceto:

a) ( ) “Das 97.549 armas de fogo que foram registradas em nome de empresas de


segurança...”
b) ( ) “‘As empresas que atuam com segurança externa costumam ser as mais visadas.”
c) ( ) “‘Podemos dizer ainda que, para cada funcionário de empresa regularizada...’”
d) ( ) “‘...existem problemas no setor que devem ser investigados pela PF.’’
e) ( ) “Os vigilantes acompanhavam um caminhão que transportava um insumo
industrial...”

 Questão 4(UF-PA) Há no período uma oração subordinada adjetiva:

a) ( ) Ele falou que compraria a casa.

b) ( ) Não fale alto, que ela pode ouvir.

c) ( ) Vamos embora, que o dia está amanhecendo.

d) ( ) Em time que ganha não se mexe.

e) ( ) Parece que a prova não está difícil.

 Questão 5Classifique as orações em subordinadas adjetivas restritivas ou


subordinadas adjetivas explicativas.

a) Lá no quintal está um galo que canta alto.


b) João, que era carteiro, trabalhava muito todos os dias.
c) Odeio pessoas que falam alto.
d) O meu melhor amigo, que sempre me apoia, é você.
e) Ele é um dos trabalhadores que mais venderam este mês.

 Questão 6

Assinale a alternativa que corresponde a uma oração subordinada adjetiva restritiva:

a) ( ) Gosto de pessoas que são otimistas.

b) ( ) A árvore, que sempre brincava quando criança, foi cortada.

c) ( ) Estes jogos, que sempre me divertiram, não me interessam mais.

d) ( ) Gosto de ouvir o galo cantar de manhã.

e) ( ) As crianças, que são seres em desenvolvimento, necessitam da presença dos


pais.

Questão 7 Substitua os adjetivos por uma oração adjetiva. Siga o exemplo:


Exemplo: Ela é uma das minhas amigas mais atenciosas com o grupo.
Ela é uma das minhas amigas que têm mais atenção com o grupo.
a) Ele é um homem cuidadoso com os filhos.
b) Velava o filho doente enquanto ele dormia.
c) Ela é uma atriz convincente.
d) Os dois querem um relacionamento duradouro.
e) Tiveram resultados surpreendentes.

 Questão 8Assinale a alternativa que corresponde a uma oração subordinada adjetiva


explicativa.

a) Eram leituras que emocionavam.

b) Os animais, que são seres irracionais, merecem nosso cuidado e respeito.

c) As músicas possuem letras que inspiram.

d) Passaram por paisagens que nunca sonharam ver.

Respostas

 1 B e D, 2 E, 3 C, 4 D,
 Resposta Questão 5
a) Oração subordinada adjetiva restritiva.
b) Oração subordinada adjetiva explicativa.
c) Oração subordinada adjetiva restritiva.
d) Oração subordinada adjetiva explicativa.
e) Oração subordinada adjetiva restritiva.
 6 A,
 7 a) Ele é um homem que tem cuidado com os filhos.
b) Velava o filho, que estava doente, enquanto ele dormia.
c) Ela é uma atriz que convence.
d) Os dois querem um relacionamento que dure.
e) Tiveram resultados que surpreenderam.
8-Letra B
Susbtantivos Compostos

 Questão 1 Passe os substantivos compostos para o plural:

a) girassol

b) cheque-salário
c) centroavante

d) guarda-roupa

e) contrarregra

 Questão 2 Assinale a alternativa em que o plural do substantivo composto está


inadequado segundo a norma-padrão:

a) ( ) flores-de-lis

b) ( ) vices-delegados

c) ( ) amores-perfeitos

d) ( ) notícias-bomba

e) ( ) tico-ticos

 Questão 3 Relacione as regras de formação do plural dos susbtantivos compostos


com as palavras no plural.

a) Em palavras ligadas por preposição, o primeiro radical vai para o plural.

b) Com dois substantivos, e o primeiro indicando finalidade ou tipo, o primeiro


substantivo vai para o plural.

c) Quando o primeiro radical é um verbo, o segundo vai para o plural.

d) Quando o primeiro radical é uma palavra invariável, o segundo vai para o plural.

e) Com palavras variáveis (substantivo + substantivo; substantivo + adjetivo; adjetivo +


substantivo), ambos os radicais vão para o plural.

( ) couves-flores
( ) abaixo-assinados

( ) escolas-padrão

( ) beija-flores

( ) pimentas-do-reino

 Questão 4 (FMU) O plural dos substantivos de couve-flor, pão-de-ló e amor-perfeito é:

a) couves-flores, pães-de-ló, amores-perfeitos

b) couves-flor, pão-de-lós, amores-perfeitos

c) couves-flores, pão-de-lós, amores-perfeitos

d) couves-flores, pães-de-lós, amor-perfeitos

e) couves-flores, pão-de-lós, amor-perfeitos

Respostas

 Resposta Questão 1
a) girassóis
b) cheques-salário
c) centroavantes
d) guarda-roupas
e) contrarregras
 Questão 2
Letra B – O primeiro termo, “vice”, é invariável, pois é um prefixo que deriva do latim,
portanto, não se flexiona no plural pela fomação de palavras por derivação prefixal.
Questão 3 ( E )( D )( B )( C )( A )
Questão 4 Letra A

FONTE: MUNDO EDUCAÇAO

Adjetivos

 Questão 1 Sobre os adjetivos, é correto afirmar:


a) Classe de palavras que se caracteriza por delimitar o substantivo, atribuindo-lhe
qualidades, estados, aparência etc.

b) Classe de palavra invariável que modifica o sentido do verbo, do adjetivo e do


advérbio.

c) Classe de palavra que vem antes do substantivo, indicando se ele é determinado ou


indeterminado.

d) Classe de palavra invariável que exprime estados emocionais.

e) Conjuntos de verbos que, em uma determinada frase, desempenham valor de um


único verbo.

 Questão 2 Assinale a alternativa correta em relação à classificação dos adjetivos


destacados nas frases:

I. Carolina comprou para a mãe um vestido amarelo-claro.


II. Ele estava feliz porque foi aprovado no vestibular.
III. A torcida ficou feliz pela conquista do título.
IV. O mineiro Carlos Drummond de Andrade é considerado um dos maiores
poetas brasileiros.
V. A menina bonita colocou um laço de fita no cabelo e foi para a escola.

a) biforme, pátrio, derivado, primitivo e composto.

b) primitivo, composto, biforme, pátrio e derivado.

c) composto, primitivo, primitivo, pátrio e biforme.

d) composto, derivado, primitivo, pátrio e biforme.

 Questão 3 Assinale a sequência correta em relação aos tipos de adjetivos e suas


definições:

I. Adjetivos formados por apenas um radical.

II. Adjetivos formados por dois ou mais radicais.

III. Adjetivos que não são derivados de outra palavra em língua portuguesa.
IV. Adjetivos formados a partir de outros substantivos ou verbos.

V. Adjetivos que se referem à origem ou nacionalidade do substantivo.

( ) pátrios

( ) primitivos

( ) compostos

( ) derivados

( ) simples

a) II, III, V, IV e I

b) V, IV, III, III e I

c) I, III, IV, II e V

d) V, III, II, IV e I

 Questão 4 (CESGRANRIO) Assinale a oração em que o termo cego(s) é um adjetivo:

a) Os cegos, habitantes de um mundo esquemático, sabem onde ir...

b) O cego de Ipanema representava naquele momento todas as alegorias da noite


escura da alma…

c) Todos os cálculos do cego se desfaziam na turbulência do álcool.

d) Naquele instante era só um pobre cego.

e) ... da Terra que é um globo cego girando no caos.

 Questão 5 (INSPER 2007)


Os adjetivos são palavras que podem sofrer inúmeras variações e têm como principal
função caracterizar ou delimitar o substantivo

Considere as afirmações:

I. No primeiro quadrinho, a sequência dos adjetivos (esbelto, bonito, espirituoso) resulta


na intensificação progressiva de seus significados, dando origem à figura de estilo
chamada de hipérbole.

II. Se em vez de empregar o verbo “haver“ (para indicar tempo decorrido), Helga
utilizasse o verbo “fazer“, segundo a norma culta, o período deveria ser assim reescrito:
o que aconteceu com o marido esbelto, bonito e espirituoso com o qual casei fazem
vinte anos?

III. A oração “com o qual casei“ é subordinada adjetiva restritiva.

Está(ão) correta(s):

a) Apenas I.

b) Apenas II.

c) Apenas III.

d) I e II.

e) I e III.

Respostas

 Resposta Questão 1
Alternativa “a”. Os adjetivos apresentam como principal característica a função de
delimitar o substantivo, especificando-o.
 Resposta Questão 2
Alternativa “c”.
 Resposta Questão 3
Alternativa “d”.
 Resposta Questão 4
Alternativa “e”. Nas alternativas “a”, “b” e “c”, a palavra “cego” é um substantivo que
está se referindo a uma pessoa que realiza determinada ação. Na alternativa “d”,
também atua como substantivo. Na alternativa “e”, a palavra “cego” está atribuindo
característica ao globo terrestre, portanto, atua como adjetivo.
 Resposta Questão 5
Alternativa “c”. A oração “com o qual casei” atua como oração subordinada adjetiva
restritiva, pois está restringindo o sentido do termo a que se refere, no caso, a palavra
“marido”.

1. Assinale a frase em que o uso de “por que” está errado.

a) Você sabe por que ela foi embora?


b) Por que você quer saber isso?
c) Essa decisão foi tomada por que?
d) Alguém sabe por que estamos aqui?

2. Indique em qual frase o uso de “porque” está correto.

a) Porque você está gritando comigo?


b) Vou embora porque estou muito cansada.
c) Alguém que me diga o porque de tanta confusão!
d) A Helena sabe porque foi chamada à direção?

3. Assinale a opção que completa as lacunas de forma correta.

Eu não fui à reunião __________ estava cansada e não entendo __________ isso
está sendo criticado por todos. __________ falam todos sobre isso?
__________?

a) porque, por quê, porquê, por quê.


b) por que, porquê, por que, porquê.
c) porque, por que, por que, por quê.

4. Nas frases seguintes, substitua as palavras destacadas por: porque, por que,
por quê ou porquê.

a) Ela chegou atrasada pois apanhou um engarrafamento enorme.


b) A diretora disse aquilo por qual motivo?
c) Por qual razão existe tanta rivalidade entre vocês?
d) Qual o motivo de tanto barulho?
e) Essa foi a razão pela qual saímos do Brasil.
5. Complete a frase de forma correta.

Está na hora de sabermos _____________ você foi embora sem dar explicações.

a) por quê
b) por que
c) porque
d) porquê

6. Assinale as opções que estão erradas.

a) As dificuldades por que passei para te fazer feliz.


b) Nunca entendi o porquê de tanta discórdia.
c) Porque você quer a minha ajuda?
d) Ele vive perguntado por quê você não fala com ele.
e) O evento foi cancelado porque estava chovendo muito.

7. Identifique a frase escrita de forma correta.

a) Por que você está aqui?


b) Porque você está aqui?
c) Por quê você está aqui?
d) Porquê você está aqui?

8. Complete as frases com: porque, porquê, por que e por quê.

a) __________ motivo você não atendeu seu celular?


b) As obras foram realizadas __________ houve reclamações dos moradores.
c) Qual o __________ dessa sua atitude?
d) Apenas perguntei __________ ela estava chateada.
e) __________ ia embriagado, o condutor foi multado pelo policial.
f) Ontem houve greve de professores. Você sabe __________?
g) As escolas __________ passei estavam com sobrelotação de alunos.
h) Apenas fiz isso __________ eu quis.
i) Ninguém compreendeu o __________ do cancelamento do jantar.

9. Assinale a frase em que o uso de “por quê” está errado.

a) Você quer saber isso por quê?


b) Por quê você quer saber isso?
c) Você quer saber isso? Por quê?

10. Corrija as palavras sublinhadas pelas opções corretas.

a) Porque você está esperando por mim aqui?


b) Sempre quis saber o por quê do seu sucesso.
c) Mariana não veio por que está chateada comigo.
d) Por favor, diga-me porquê.
GABARITO: 1- C 2-B 3-C 4- a) porque b) por quê c) por que d) porquê e) por que 5-B
6-C E D 7-A 8- a) por queb) porquec) porquêd) por quee) porquef) por quêg) por que
h) porque i) porquê 9-B 10- a) por que b) porquê c) porque d) por quê

USO DO HÍFEN NOS SUBSTANTIVOS COMPOSTOS

QUESTÃO 1 Assinale a alternativa incorreta quanto ao uso do hífen nos substantivos


compostos:
a) couve-flor

b) guarda-chuva

c) pára-quedas

d) navio-escola

e) carta-bilhete

QUESTÃO 2As frases que contêm a forma incorreta do uso do hífen nos substantivos
compostos são:

a) ( ) O museu contém muitas obrasprimas.

b) ( ) As sempre-vivas estão lindas no jardim.

c) ( ) Minha avó adorava assar pão de ló.

d) ( ) Ele desenhou uma semi-reta no quadro.

e) ( ) Todos foram nomeados tenentes-coronéis.

QUESTÃO 3 Relacione os substantivos compostos com as respectivas regras de uso


do hífen:

a) ( ) bel-prazer

b) ( ) anglo-brasileiro

c) ( ) pseudo-herói
d) ( ) bem-aventurado

I. Usa-se hífen nas palavras compostas que possuam os radicais auto-,neo-, proto-
, pseudo-, semi-, quando o elemento seguinte iniciar-se com H.

II. Usa-se hífen nas palavras compostas, cujos elementos perderam a sua significação
própria.

III. Usa-se hífen nas palavras compostas com os advérbios bem e mal, quando estes
formarem com o elemento que se lhes segue uma unidade sintagmática e semântica, e
tal elemento começar com vogal ou H.

IV. Usa-se hífen nas palavras compostas que possuam como primeiro elemento um
adjetivo de forma reduzida ou não.

QUESTÃO 4 A única frase que apresenta o uso adequado do hífen no substantivo


composto é:

a) ( ) mal-estar

b) ( ) neo-sindicalismo

c) ( ) pára-quedas

d) ( ) semi-reta

QUESTÃO 5 (IESES) Quanto ao emprego do hífen, assinale a alternativa em que


todas as palavras estejam grafadas corretamente de acordo com as regras vigentes,
incluindo as estabelecidas pelo último acordo ortográfico.

a) ( ) Paraquedas; interregional; minissaia; sub-base.

b) ( ) Transsexual; portarretrato; ex-ministro; hiper- resistente.

c) ( ) Transamazônica; pré-candidato; antiidade; hipereal.

d) ( ) Hiperárido; ultrasseco; canário-da-terra; hipersensível.

RESPOSTAS
Questão 1 C
Questão 2 A e D
Questão 3 a) (II) b) (IV) c) (I) d) (III)
Questão 4 A
Questão 5 D
USO DO ACENTO AGUDO

QUESTÃO 1 Assinale a alternativa em que todas as palavras seguem a mesma regra


de uso do acento agudo:

a) pá – júri – réptil

b) pés – grátis – náusea

c) sofá – hífen – álibi

d) álibi – paralelepípedo – sílfide

e) herói – ímã - quórum

QUESTÃO 2 De acordo com o novo acordo ortográfico, assinale a alternativa em que


todas as paroxítonas estão acentuadas corretamente:

a) juri – táxi – bíceps.

b) assembleia – proteico – heroico

c) cantaríeis – amaveis – joquei

d) ion – orfã – éter

e) feiura – baiúca - saida

QUESTÃO 3 (Cursiva-2015) Considere o conjunto de palavras abaixo e assinale a


alternativa correta:

a) ( ) Ruina, bachareis, raizes, juizes, miudo e viuva devem receber acento agudo.
b) ( ) Juiz, raiz e viuvez devem receber acento agudo.

c) ( ) Raiz/raizes e juiz/juizes deveriam receber acento devido uma palavra derivar de


sua correspondente.

d) ( ) Todas as palavras devem receber acento agudo.

QUESTÃO 4 (Funcab-2015) Apenas uma opção apresenta palavras acentuadas


segundo a mesma regra. Assinale-a.

a) ( ) época – além

b) ( ) vírus – última

c) ( ) séria – até

d) ( ) saúde – país

e) ( ) também – técnica

RESPOSTAS

Questão 1 E Questão 2 B Questão 3AQuestão 4D

 Questão 1 De acordo com as regras do uso do acento agudo, assinale a alternativa


em que todas as palavras estão acentuadas corretamente:
a) ( ) sofá, éter, heróico.
b) ( ) pá, álbum, rosário.
c) ( ) Piauí, herói, idéia.
d) ( ) feiúra, jóquei, sílfide.
e) ( ) caubóis, baiúca, pajé.

Questão 2 Relacione o conjunto de palavras à regra de acentuação adequada.

a) fácil, bíceps
b) após, ninguém
c) já, sóis
d) música, prática
I. ( ) acentuam-se as oxítonas terminadas em a, e, o e ditongos abertos, seguidos ou
não de s, e em em, ens.
II. ( ) Acentuam-se as paroxítonas terminadas em r, x, n, l, ps, um, uns.
III. ( ) Todas as palavras proparoxítonas são acentuadas.
IV. ( ) Acentuam-se os monossílabos terminados em a, e, o e em ditongos abertos,
seguidos ou não de s.

Questão 3 O conjunto de palavras a seguir recebe o acento agudo pelo mesmo


motivo. Justifique esse uso citando a regra ortográfica adequada.
família – malícia – bactéria – ócio – carícias – histórias

Questão 4 (IESES) Assinale a alternativa com ERRO de acentuação.


a) ( ) À medida que se distancia, o ímã deixa de atrair o metal.
b) ( ) Aquele guri pareceu não entender a rubrica do diretor.
c) ( ) O advogado redargui com propriedade durante o júri de seu cliente, o réu.
d) ( ) O ítem do acordo relacionado à acentuação gráfica foi respeitado.

Respostas

 Questão 1 B – Heroico, ideia, feiura e baiuca não devem ser acentuados.

 Questão 2 I. (b) II. (a) III. (d) IV. (c)

 Questão 3
Acentuam-se as palavras terminadas em ditongos orais, seguidos ou não de -S.

 Questão 4
Letra D – “item” não deve ser acentuado porque é uma palavra paroxítona e não
se encaixa em nenhuma das regras de acentuação correspondentes a esse tipo
de palavra.

Agente Da Passiva

 Questão 1 Passe as orações para a voz passiva e identifique a que classe de


palavras pertence o agente da passiva.

a) Os membros do júri deram a sentença.

b) Todos reconheceram o culpado.

c) Os dois identificaram-no.

d) Quem se sentiu lesado fez a denúncia.

 Questão 2 Assinale as opções em que o termo em destaque tem a função de agente


da passiva:
a) ( ) Ouvi a notícia pelo rádio.
b) ( ) Agradeço-lhe pelo livro.
c) ( ) O espaço foi alugado para a festa.
d) ( ) Tudo foi levado pela correnteza.
e) ( ) O livro foi lido pelo aluno.

Questão 3 Em relação à oração abaixo, julgue as alternativas


em verdadeiras ou falsas:

Este garoto leu o livro muito bem.

a) ( ) na voz passiva, o sujeito seria “o livro”.

b) ( ) na voz ativa, “livro” é adjunto adnominal.

c) ( ) na voz passiva, o agente da passiva seria “este”.

d) ( ) na voz passiva, o agente da passiva seria “este garoto”.

e) ( ) Na voz ativa, o sujeito é “este garoto” e o objeto direto é “o livro”.

Questão 4 Assinale o item que não apresenta agente da passiva:

a) ( ) Todos os vizinhos foram acordados pelo barulho.

b) ( ) Os alunos foram auxiliados pela professora.

c) ( ) A enxurrada descia pela avenida com violência.

d) ( ) A casa está cercada pelos policiais.

e) ( ) A sala está cheia de gente.

 Questão 5 (Cescem-SP) Assinale a análise correta do termo destacado:

A terra era povoada de selvagens.

a) ( ) objeto direto

b) ( ) objeto indireto

c) ( ) agente da passiva

d) ( ) complemento nominal
e) ( ) adjunto adverbial

Respostas

 Resposta Questão 1
a) A sentença foi dada pelos membros do júri. (substantivo)
b) O culpado foi reconhecido por todos. (pronome)
c) Ele foi identificado pelos dois. (numeral)
d) A denúncia foi feita por quem se sentiu lesado. (oração)
 Resposta Questão 2 Letras D e E
 Resposta Questão 3 a) (V) b) (F) c) (F) d) (V) e) (V)
 Resposta Questão 4 Letra C
 Resposta Questão 5 Letra C

VOZES DO VERBO

QUESTÃO 1 Eis as seguintes frases em evidência, as quais encontram-se na voz


passiva. Permute-as para a voz ativa:

a – Os conteúdos foram estudados pelos alunos.

b – Todos os comentários foram discutidos durante a reunião.

c – Todas as questões discursivas do concurso foram anuladas.

d – As crianças eram estimuladas constantemente ao hábito da leitura.

e – Os jogadores eram comandados por um técnico bastante exigente.

QUESTÃO 2 Diante das alternativas expostas, assinale a que se encontra na voz


reflexiva:

a – Antigamente contavam-se muitas histórias.


b – O garoto feriu-se com o objeto pontiagudo.
c – Os artistas foram aplaudidos pela plateia.
d – As mercadorias foram repostas conforme a demanda.
e – Questões polêmicas permeiam a sociedade.

QUESTÃO 3 Analise as orações a seguir atentando-se para o que se pede:

Alugam-se casas neste bairro


Precisa-se de funcionários nesta empresa

Há semelhança entre ambas quanto à classificação do sujeito? Justifique sua


resposta.

QUESTÃO 4 (Fundação Carlos Chagas) Transpondo para a voz passiva a oração “O


faro dos cães guiava os caçadores”, obtém-se a forma verbal:

a- ( ) guiava-se
b- ( ) ia guiando
c- ( ) guiavam
d- ( ) eram guiados
e- ( ) foram guiados

QUESTÃO 5 Em meio às orações que seguem há a predominância da voz passiva


analítica. Exercite seus conhecimentos transcrevendo-as para a voz passiva sintética,
conforme aponta o modelo:

Móveis rústicos são fabricados nesta empresa – passiva analítica


Fabricam-se móveis rústicos nesta empresa – passiva sintética

a – Atrações turísticas são exploradas nesta cidade.

b – Inúmeros obstáculos foram vencidos durante a graduação.

c – Apartamentos são alugados nas cidades litorâneas.

d- Palavras agressivas foram ouvidas durante a conversa.


e – Muitas acusações são proferidas aos candidatos durante sua gestão.

RESPOSTAS

Questão 1

a- Os alunos estudaram os conteúdos.


b – Durante a reunião discutiram todos os comentários.
c – Anularam todas as questões discursivas do concurso.
d – Constantemente estimulava as crianças ao hábito da leitura.
e – Um técnico bastante exigente comandava os jogadores.

Questão 2 Letra “b” é a alternativa correta.

Questão 3

Não. O sujeito da primeira oração classifica-se como simples e o da segunda,


indeterminado. A afirmativa torna-se verídica ao passo que na primeira oração é
permitida a mudança para a voz passiva sintética.

Questão 4 Alternativa “d”.

Questão 5

a- Exploram-se atrações turísticas nesta cidade.

b – Venceram-se inúmeros obstáculos durante a graduação.

c – Alugam-se apartamentos nas cidades litorâneas.

d- Ouviram-se palavras agressivas durante a conversa.

e – Proferem-se muitas acusações aos candidatos durante sua gestão.