Você está na página 1de 44

Desenho Técnico

Prof.: Aldeci Costa


APRESENTAÇÃO

1.Apresentação pessoal (Formação: ETFPA, UFPA, UEPA)

2.Calendário acadêmico (16 aulas no semestre)

3.Atividades acadêmicas (Trote, monitoria, eleição de líderes,

semana acadêmica, projetos de extensão, visitas técnicas, etc.)

4.Metodologia de ensino (pré-aula, aula presencial e pós-aula)


APRESENTAÇÃO
Sistema de avaliação
1º Bimestre: prova (1000 pts) + atividade de sala (1.500 pts). Total = 2.500 pts
2º Bimestres: prova (3000 pts) + atividades de sala (2.000 pts). Total = 5000 pts

Atividade virtual: 3500 pts


Cursos de nivelamento: 1500 pts
Projeto de vida: 1500 pts

TOTAL: 14000 pts

Obs: ao concluir B1 e B2, o(a) discente que não obtiver o mínimo de 1200 pts,
estará automaticamente reprovado;
APRESENTAÇÃO
Carga Horária: 60 Horas

Objetivo geral:
Habilitar os alunos nas teorias gráficas e desenvolver o entendimento sobre as normas ABNT
para Desenho Técnico.

Objetivo especifico
Projetar e representar o objeto de forma convencionada com uso de instrumentos aplicados
ao desenho.
Compreender e direcionar seu processo de criação e produção em função de objetivos
específicos.

Ementa
Introdução ao Desenho Técnico: simbologia e normas ABNT / Geometria descritiva básica /
Desenho projetivo / Perspectivas;
CONTEÚDO

Unidade 1 | Introdução ao desenho técnico:


simbologias e normas ABNT

Seção 1.1 - Origem do desenho técnico


Seção 1.2 - Padronização do desenho (normas ABNT)
Seção 1.3 - Utilização de instrumentos
Seção 1.4 - Margem, legenda e caligrafia técnica
CONVITE AO ESTUDO

Unidade 1 | Introdução ao desenho técnico:


simbologias e normas ABNT

Por que estudar desenho técnico?


Quem sabe desenhar?
É preciso ter o “dom” de desenhar para fazer
engenharia?
O desenho é o alicerce do projeto.
É o tijolo e a argamassa de um
projeto bem construído.
PROJETO TÉCNICO DE UMA CANETA NANKIN
PROJETO TÉCNICO DE UM BRINQUEDO
PROJETO TÉCNICO DE UMA CAFETEIRA
PROJETO TÉCNICO DE ROUPA
SITUAÇÃO
Hadassa é supervisora geral de engenharia de
desenvolvimento de uma empresa de médio porte chamada
Alpha e Ômega, que trabalha com desenvolvimento de projetos
em Hortolândia – SP.
Sua função é coordenar uma equipe de projetistas
(mecânicos, eletricistas, civil, estagiários etc.) para gerar
soluções em diversas áreas e setores na qual a empresa é
contratada. Em seu dia a dia profissional, aparecem várias
situações relacionadas ao desenho técnico para Hadassa
gerenciar e auxiliar na solução
SITUAÇÃO
O desafio dela neste capítulo é coordenar um stand em um
evento de engenharia que reúne a cada ano um grande número
de estudantes, professores e empresas. Nesse stand, ela vai ter
oportunidade de divulgar a empresa e seus campos de atuação.
Você é um braço direito da Hadassa, e, por confiar em você
e saber do seu potencial, será sempre solicitado para ajudar nos
desafios da empresa. Desta forma, você poderá auxiliá-la a
superar as dificuldades, resolvendo uma série de situações-
problemas, que serão apresentadas ao longo das seções desta
unidade de ensino.
SITUAÇÃO
Um dos problemas é responder ao questionamento do
engenheiro da empresa contratante dos serviços da Alpha e
Ômega, devido a um componente desenvolvido por essa
empresa, que está quebrando em todos os carros que saem da
concessionária; o questionamento propriamente dito é:
1. Os desenhos técnicos estão se aperfeiçoando e por que
problemas como estes acontecem? E também:
2. Um projeto bem-elaborado é uma ferramenta de melhoria e
crescimento para a empresa, mas se mal elaborado pode
prejudicar o nome de uma empresa a ponto de causar danos
irreparáveis, concorda?
SITUAÇÃO
Características importantes nos
projetos modernos, que têm feito as
empresas ganharem concorrências,
como preocupação com o meio
ambiente, a sustentabilidade, entre
outros;
Link do vídeo:
https://www.youtube.com/watch?v=dX-tu2ODL5g
O que é desenho técnico?
Muito se fala e se ouve
em relação ao desenho
técnico. Afinal, o que é
desenho técnico? É uma
linguagem internacional, com
clareza e precisão, que não se
presta a dúvidas ou diferenças
de interpretação, com o
objetivo de desenvolver
produtos novos ou fazer
melhorias nos existentes.
O que é desenho técnico?
Muito se fala e se ouve
em relação ao desenho
técnico. Afinal, o que é
desenho técnico? É uma
linguagem internacional, com
clareza e precisão, que não se
presta a dúvidas ou diferenças
de interpretação, com o
objetivo de desenvolver
produtos novos ou fazer
melhorias nos existentes.
O que é desenho técnico?
Muito se fala e se ouve
em relação ao desenho
técnico. Afinal, o que é
desenho técnico? É uma
linguagem internacional, com
clareza e precisão, que não se
presta a dúvidas ou diferenças
de interpretação, com o
objetivo de desenvolver
produtos novos ou fazer
melhorias nos existentes.
O que é desenho técnico?
Muito se fala e se ouve
em relação ao desenho
técnico. Afinal, o que é
desenho técnico? É uma
linguagem internacional, com
clareza e precisão, que não se
presta a dúvidas ou diferenças
de interpretação, com o
objetivo de desenvolver
produtos novos ou fazer
melhorias nos existentes.
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT

Seção 1.1 - Origem do desenho técnico

Quando alguém desenha, o que acontece ?

Passa seus pensamentos para o papel na forma


de desenho. A escrita, a fala e o desenho
representam idéias e pensamentos de que nada
mais é que uma representação gráfica.

O desenho é uma forma importante de


comunicação. E essa representação gráfica trouxe
grandes contribuições para a compreensão da
História, porque, por meio dos desenhos feitos
pelos povos antigos, podemos conhecer as técnicas
utilizadas por eles, seus hábitos e até suas idéias.
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT

Desde os primórdios que o


homem tenta reproduzir sob
forma de desenho as mais
variadas situações, sejam elas
ideias, objetos, etc. … As cenas
de caça eram um dos principais
motivos pois no paleolítico essa
era a atividade principal e dela
dependia a subsistência destes
homens.
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT

Hieróglifos Egípcios

Outros povos mais avançados, usavam


o desenho mas como uma forma de
escrita, como o caso dos Egípcios e os
Maias para expressar ideias. Nestes casos
a comunicação era feita de forma muito
mais precisa e detalhada, já que se trata
de uma escrita, mas perde o ponto forte
do desenho, ou seja, a rapidez da
percepção da ideia.
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT

A escrita foi evoluindo para sistemas


cada vez mais simplificados, os alfabetos.
Em paralelo o desenho também foi
evoluindo atingindo representações quase
fotográficas por volta do renascimento é
também nesta altura que surgem os
primeiros desenhos técnicos.
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT

Foi preciso chegar ao século


XVIII para que Gaspar Monge
criasse a geometria descritiva,
(inicialmente usada na
engenharia militar), para que o
desenho técnico perdesse toda a
expressão artística para se
tornar numa linguagem técnica
universal e sem ambiguidades.
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT

Imagine descrever uma peça da seguinte maneira:

“…A Peça que pretendo construir é um cubo. Tem de lado 100


mm, ao centro de uma das faces existe um furo vazado, com
20 mm de diâmetro. Todas as peças que se afastem 0,1 mm
acima da conta nominal de 20 mm e 0,2 mm abaixo da mesma
serão peças consideradas fora da tolerância e por isso não
serão consideradas operacionais. Em relação ao furo de 20 é
tolerado um desvio simétrico da cota nominal de um valor não
superior a 0,05mm. As faces de cubo devem ser controladas
em termos de forma, assim o toleranciamento geométrico
admitido para o paralelismo entre as faces é de 0,1 mm…
Relativamente ao material, gostaria que o cubo fosse de
alumínio, mas de um alumínio com uma dureza elevada (fica
por precisar) As faces do cubo deverão ter uma rugosidade de
….”
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT

O QUE É DESENHO ARTÍSTICO ?


é um suporte artístico ligado à produção de obras
bidimensionais, diferindo, porém, da pintura e da gravura.
Neste sentido, o desenho é encarado tanto como processo
quanto como resultado artístico. No primeiro caso, refere-
se ao processo pelo qual uma superfície é marcada
aplicando-se sobre ela a pressão de uma ferramenta (em
geral, um lápis, caneta ou pincel) e movendo-a, de forma a
surgirem pontos, linhas e formas planas. O resultado deste
processo (a imagem obtida), portanto, também pode ser
chamada de desenho.
Modelos de máquinas
voadoras planejados por
Leonardo da Vinci

A Anunciação de Leonardo da Vinci


(1472-1475).
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT
O QUE É DESENHO TÉCNICO?
É uma forma de expressão gráfica que tem por
finalidade a representação de forma, dimensão e
posição de objetos de acordo com as diferentes
necessidades requeridas pelas diversas modalidades de A
B
engenharia e também da arquitetura.Utilizando-se de
um conjunto constituído por linhas, números, símbolos
e indicações escritas normalizadas internacionalmente.
O desenho técnico é definido como linguagem A B
gráfica universal da engenharia , da arquitetura e do
Design.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11.........
Assim como a linguagem verbal escrita exige
alfabetização, a execução e a interpretação da
linguagem gráfica do desenho técnico exigem
treinamento específico, porque são utilizadas figuras
planas (bidimensionais) para representar formas
espaciais.
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT

Enquanto que o desenho artístico


limita-se a representação de forma
onde predominam as cores, luzes e
sombra .
No desenho técnico limita-se
unicamente ao contorno dos objetos,
não só insinuando a sua intenção mas
dando informação exata sobre o
mesmo. Ou seja, é uma linguagem
gráfica completa, por meio da qual
pode descrever minuciosamente cada
operação e guardar um registro
completo do objeto, para reprodução
ou reparos.
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT

Depois representar suas idéias por meio de um esboço, isto é considerado


um desenho técnico a mão livre. O esboço serve de base para a elaborar o do
desenho preliminar.
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT

O desenho preliminar corresponde a uma etapa


intermediaria do processo de elaboração do projeto, que
ainda pode sofrer alterações. Depois de representar suas
ideias e ser aprovado, o desenho que corresponde à solução,
no final do projeto será executado pelo desenhista técnico.

O desenho técnico definitivo, também é chamado de


desenho para execução, contém todos os elementos
necessários para sua compreensão.

O desenho para execução pode ser feito tanto na


prancheta como no computador, deve atender rigorosamente
a todas as normas técnicas que dispõem sobre o assunto.
Unidade 1 / Introdução ao desenho técnico:
simbologias e normas ABNT

Veja a evolução do desenho técnico,


acessando o seguinte link disponível
em:

https://www.youtube.com/watch?v=8efFCAjdkIM
TESTE DE CONHECIMENTO:
DESENHO TÉCNICO OU ARTÍSTICO?
TESTE DE CONHECIMENTO:
DESENHO TÉCNICO OU ARTÍSTICO?
TESTE DE CONHECIMENTO:
DESENHO TÉCNICO OU ARTÍSTICO?
TESTE DE CONHECIMENTO:
DESENHO TÉCNICO OU ARTÍSTICO?
TESTE DE CONHECIMENTO:
DESENHO TÉCNICO OU ARTÍSTICO?
TESTE DE CONHECIMENTO:
DESENHO TÉCNICO OU ARTÍSTICO?
Voltando ao caso de Hadassa (atividade de sala)

Agora que você conhece a origem e o aprimoramento do


desenho técnico e a importância dessa competência, pode
voltar sua atenção para o caso da Hadassa.
Vamos ajudá-la a explicar ao engenheiro por que
problemas como esses acontecem se os desenhos estão em
constante evolução?
E como um projeto bem-elaborado é uma ferramenta de
melhoria e crescimento para a empresa, e se mal elaborado
pode prejudicar o nome de uma empresa.
Voltando ao caso de Hadassa (atividade de sala)

Para ajudar Hadassa em seus


desafios na empresa, assista ao
vídeo a seguir, intitulado:
Engenheiro pra quê?
Ele mostra a importância de
soluções rápidas e práticas.

Disponível em:

https://www.youtube.com/wat
ch?v=nXe_rZ1kEPY
Voltando ao caso de Hadassa (atividade de sala)

A Hadassa resolveu fazer uma reunião no auditório da


empresa com o seu grupo e apresentar as dúvidas do
engenheiro da empresa contratante. Ela resolveu ainda que o
tema do vídeo seria: O desenvolvimento do projeto e da
empresa no mesmo patamar.
Como você é um competente projetista de sua equipe, foi
convocado para assumir esse papel. Ela solicitou que você
redija um texto de no mínimo 15 linhas sobre o tema proposto
e apresente para ela em uma reunião, para discutirem e,
dessa forma, tornar-se apto para auxiliá-la no desenvolvimento
do vídeo.
Avançando na prática
Pesquise mais
Construa um texto (uma lauda) que explique dez dos principais desafios do projetista. Você pode
inclusive utilizar os enumerados na resolução da situação problema (item 5), ou se achar conveniente
pode listar outros desafios.

Como sugestão para auxiliar a resolução dessa questão, acesse o artigo:


As mudanças no cenário competitivo e os novos desafios para o setor de projetos (GRILO; MELHADO,
2002). Disponível em:
http://www.infohab.org.br/entac2014/2002/Artigos/ENTAC2002_1461_1470.pdf. Acesso em: 2 fev.
2016.

Faça você mesmo


Os projetistas têm inúmeros desafios como foi tratado nesta seção. Agora, leia o texto e responda:
“Uma empresa foi contratada para desenvolver um novo projeto, as especificações foram passadas.
Porém, em menos de um mês houve por duas vezes alteração das especificações técnicas.” Reflita e
explique sobre o perfil do cliente moderno baseado no texto, informando vantagens e desvantagens
das alterações ao longo do desenvolvimento de projetos.

Faça valer a pena


Responder exercício do final da Unidade 1.
Obrigado !