Você está na página 1de 3

PROVA DE HISTÓRIA – ASSUNTO: CAP. 10 – Os Francos e o Feudalismo Prof.

Célia Balas Morcelli

Nome: _________________________________ nº __________ 1ª série mat. Data: ____________________

1. A sociedade feudal é originada da mistura:


a. da cultura grega e egípcia
b. da cultura romana e germânica
c. da cultura romana e pesa
d. da cultura cretense e germânica

2. (Fatec-SP) Uma das características a ser reconhecida no feudalismo europeu é:


a) A economia do feudo era dinâmica, estando voltada para o comércio dos feudos vizinhos.
b) A sociedade feudal era semelhante a sociedade das cidades atenienses.
c) As relações de produção eram escravocratas.
d) Os ideais de honra e fidelidade vieram das instituições dos hunos.
e) Os servos estavam presos a várias obrigações, entre elas o pagamento anual da corveia, talha e banalidades.

3. (UFPA) Nas relações de suserania e vassalagem dominantes durante o feudalismo europeu, é possível
observar que:
a) A servidão representou, sobretudo na França e na Península Ibérica, um verdadeiro renascimento da escravidão
conforme existia na Roma imperial.
b) As principais instituições sociais que sustentavam as relações entre senhores e servos eram de origem muçulmana,
oriundos da longa presença árabe na Europa Ocidental.
c) Mesmo dispondo de grandes propriedades territoriais, os suseranos eclesiásticos não mantinham a servidão nos seus
domínios, mas sim o trabalho livre.
d) O sistema de impostos incidia de forma pesada sobre os servos. O imposto da mão morta, por exemplo, era pago
pelos herdeiros de um servo que morria para que continuassem nas terras pertencentes ao suserano.
e) Os suseranos leigos, formados pela grande nobreza fundiária, distinguiam juridicamente os servos que trabalhavam
nos campos dos que produziam nas cidades.

4. (Fuvest-SP) As feiras na Idade Média constituíram-se:


a) Áreas exclusivas de câmbio das diversas moedas europeias.
b) Instituições carolíngias para renascimento do comércio abalado com as invasões no Mediterrâneo.
c) Instrumentos de comércio local das cidades para abastecimento cotidiano dos seus habitantes.
d) Locais de comércio de amplitude continental que dinamizaram a economia da época.
e) Locais fixos de comercialização da produção dos feudos.

5. (Cescem-SP) As corporações de ofício eram organizadas com o objetivo de:


a) Aplicar os princípios religiosos às atividades cotidianas.
b) Combater os senhores feudais.
c) Defender os interesses dos artesãos diante dos patrões.
d) Proporcionar formação profissional aos jovens fidalgos.
e) Proteger os ofícios contra a concorrência e controlar a produção.

6. (FGV-Adm) A chamada “crise do século XIV”, na Europa Ocidental, caracterizou-se por um conjunto de
fatores como más colheitas, fome, epidemias, rebeliões camponesas e guerras. Pode-se dizer que tais
elementos:
a) abalaram o sistema feudal, provocando uma acentuada queda demográfica, num processo inverso ao da expansão
verificada entre os séculos XI e XIII.
b) contribuíram para o aumento relativo da população das cidades, onde os índices de mortalidade eram menores que
no campo.
c) fizeram diminuir as taxas e obrigações senhoriais que recaíam sobre os servos e levaram à adoção da escravidão de
africanos nos senhorios feudais.
d) fortaleceram as instituições medievais, principalmente o caráter internacional das universidades.
e) provocaram um enfraquecimento geral da cristandade, sobretudo na península Ibérica, o que permitiu uma nova
ofensiva islâmica na região.

7. (FMABC-SP) “[A peste negra] era transmitida essencialmente pelos parasitas, principalmente as pulgas e
os ratos. Era uma doença exótica, contra a qual os organismos dos europeus não tinham defesas. Veio da
Ásia pela rota da seda. A epidemia, essa catástrofe, é, portanto, também um dos efeitos do progresso, do
crescimento.” Georges Duby. Ano 1000 Ano 2000. Na pista de nossos medos. São Paulo: Editora da Unesp, 1998, p. 80
A partir do texto, que trata do aparecimento da peste negra na Europa do século XIV, podemos dizer que:
a) a integração entre regiões diferentes do planeta, provocada pelo comércio e por intercâmbios culturais, também
pode contribuir para a disseminação de doenças.
b) as doenças ficam em geral confinadas ao local de manifestação original e quando se alastram para outras áreas não
provocam grandes problemas nem geram epidemias.
c) epidemias, como a peste negra, são provocadas pela ira divina e não podem ser tratadas pelos homens, a não ser que
a medicina recorra a procedimentos religiosos.
d) más condições de higiene e a falta de um sistema unificado de atendimento médico foram os principais
responsáveis pela proliferação dos parasitas que provocaram a peste negra.
e) problemas de saúde, como a peste negra, derivam sempre da miséria social e as epidemias avançam apenas em
períodos de crise econômica e conflitos sociais.

8. Qual das alternativas abaixo define melhor o que foram as Cruzadas Medievais?
a) Foram organizações comerciais com objetivo de expandir o comércio entre Ocidente e Oriente na Idade Média.
b) Foram expedições militares europeias, organizada pelos cristãos, que tinha como objetivo principal a conquista de
todo continente asiático e africano.
c) Foram organizações de caráter cultural e artístico que tinha como objetivo promover a cultura ocidental cristã na
região do Oriente Médio.
d) Foram expedições militares europeias de inspiração cristã, enviadas à Palestina para recuperarem a liberdade de
acesso dos cristãos à Jerusalém, que havia sido tomada pelos muçulmanos no século XI.

9. (UFRN) Os acontecimentos abaixo constituem as características principais do feudalismo, exceto:


a) Ausência de poder centralizado.
b) As cidades perdem sua função econômica.
c) Instauração da relação vassalagem / suserania.
d) Comércio internacional intenso.
e) Organização do trabalho com base na servidão.

10. Qual das alternativas abaixo aponta uma das principais consequências econômicas das Cruzadas?
a. O fortalecimento do modo de produção feudal.
b. O renascimento comercial na Europa.
c. A crise do capitalismo em toda a Europa.
d. O início e processo de industrialização na Europa.

11. Sobre a sociedade feudal é correto afirmar que:


a) Ela era justa, pois todos possuíam os mesmo direitos e deveres.
b) Ela era dinâmica, pois era muito fácil uma pessoa passar de uma camada para outra superior.
c) A maior parte da sociedade era composta por nobres (reis, senhores feudais, cavaleiros).
d) Ela era hierarquizada e com pouca mobilidade social. Havia os que trabalhavam (servos camponeses), os que
oravam (clero) e os que guerreavam (nobreza).

12. A pandemia conhecida como Peste Negra assolou a população europeia no século XIV e, junto com a
grande revolta camponesa que ocorrera nesta mesma época, compôs o cenário da chamada Crise do Século
XIV. Sobre a Peste Negra é INCORRETO afirmar que:
a) O agente biológico causador da peste era o bacilo Yersinia pestis, que foi transmitido inicialmente aos humanos por
ratos e pulgas.
b) A Peste causou enorme mortandade na Europa, dizimando 1/3 da população europeia.
c) As causas da Peste não foram explicadas do ponto de vista biológico, na época, porque o conhecimento científico
ainda não havia se desenvolvido com precisão.
d) A Peste era chamada de “Negra” por ter se disseminado na Europa através da grande migração de negros africanos
durante o século XIV para o território europeu.
e) A culpa pela disseminação da Peste foi atribuída aos judeus.

13. Com base no que foi estudado em sala de aula. Quem eram os “bárbaros” e de que forma contribuíram
para a formação da sociedade feudal?
a) Os “bárbaros” eram os romanos que construíram um grande império no interior da Europa que deu origem a
sociedade feudal.
b) Os “bárbaros” eram povos que invadiram e destruíram o Império Romano provocando a fuga da população para o
campo, fazendo surgir a sociedade feudal.
c) Os “bárbaros” eram os trabalhadores que tinham a obrigação de entregar parte de sua colheita, dando origem a
servidão feudal.
d) Os “bárbaros” eram os primeiros guerreiros que lutaram pelo Império Romano, assim transformando-se nos nobres
da sociedade feudal.

14. Segundo o estudioso medievalista Georges Duby, a sociedade feudal estava dividida em três ordens:
a. Clero e nobreza (que oram) e servos (que trabalham).
b. Clero que guerreia, nobreza que ora e servos que trabalham.
c. Nobreza que guerreia, servos que trabalham e clero que ora.
d. Clero, nobreza e servos oram e trabalham.

15. Geralmente um feudo podia ser dividido em três áreas:


a. Manso servil, terra comunal e manso de todos,
b. Manso senhorial, manso servil e castelo.
c. Terras comunais, castelo, manso servil e floresta.
d. Manso senhorial, manso servil e terras comunais.

16. Qual a única instituição que sobreviveu a queda do Império Romano?


a) Igreja Católica b) Monarquia centralizada c) Senado d) Assembleia da plebe

17. Observe a imagem. A partir do que estudamos e da sugestão dada na imagem, como era a vida de um servo na
idade média?

18. A imagem abaixo demonstra uma cena muito comum durante o feudalismo, a cerimônia de investidura,
também chamada de juramento de fidelidade. Qual a importância desse juramento?

19. (Unicamp 95) O feudo era a principal unidade de produção da Idade Média.

a) Como se dividia o feudo?

b) Explique a função de cada uma das partes do feudo.