Você está na página 1de 27

MICROAGULHAMENTO


SISTEMA INTENSIFICADOR DE RESULTADOS DOS


TRATAMENTOS ESTÉTICOS
INTRODUÇÃO

Entre os mais novos métodos de tratamento para


rejuvenescimento da pele está o Microagulhamento,
procedimento estético que oferece a oportunidade de
melhorar a aparência envelhecida por meio da redução de
rugas, combate à flacidez facial, melhora da textura e
aumento da luminosidade.
INTRODUÇÃO

Esta técnica consiste em produzir furos minúsculos na pele


com o objetivo de estimular os fibroblastos, as células
responsáveis pela produção de colágeno, para restaurar a
pele que foi danificada.
QUAIS AS PRINCIPAIS INDICAÇÕES?

As principais indicações do Microagulhamento são


fotoenvelhecimento, cicatrizes de acne, de queimadura,
cirúrgicas, entre outras aplicações. A técnica pode ser
indicada também no tratamento de estrias, melasma,
melhora da textura da pele (poros dilatados) e para auxiliar
na deposição de substâncias terapêuticas nas camadas mais
profundas da pele.
Agulhas atraumáticas:
Promovem fácil penetração; Não exigem força; Sensação
pouco dolorosa.
Indicações na estética.
Foto envelhecimento; cicatrizes de acne, queimaduras e
cicatrizes cirúrgicas.
Mecanismo de ação:

As microlesões provocadas pelo microagulhamento


desencadeiam mediadores químicos que estimulam os
fibroblastos a produzirem colágeno.

Objetivo na clínica estética:

Provocar a criação de microcanais na pele para aumentar a


permeação dos ativos cosméticos acelerando e
intensificando os resultados dos tratamentos estéticos.
Procedimento na estética:

Penetração das agulhas 0,2 mm e 0,5 mm

São extremamente afiadas, e ao penetrarem na pele causam um


microssangramento somente visível por observação com lupa.
Clinicamente, observa-se um eritema que se apresenta como manchas
avermelhadas que desaparecem após algumas horas.
Técnica do microagulhamento
Técnica do procedimento

Posição dos dedos: na pele e no aparelho


Pressão: 2 intensidades
Movimento: vai e vem
Sentido: compor um asterisco
Número de passadas: 8 vezes em cada sentido
Duração: máxima 20 minutos
Frequência: 1 a 2 vezes por semana
Procedimento com agulhas 0,2 mm e 0,5 mm

1- Preparar a pele;
2- Umidificar com o produto a ser permeado;
3- Rolamento: movimentar vai e vem; retirar para mudar o
sentido; apoiar constantemente com o dedo indicador;
reduzir a pressão em permeação óssea;
4- Reaplicar o produto permeado;
5- Executar a massagem;
6- Finalizar o protocolo.
Uso do Dermarroller na clínica estética

1- Higienizar a pele e executar o peeling;


2- Realizar o rolamento nos 4 sentidos;
3- Não deverá ocorrer sangramento;
4- O end-point será uma hiperemia leve e homogênea;
5- Aplicar o cosmético antes e logo após o rolamento;
6- Seguir o protocolo indicado;
8- Repetir o procedimento até 2 vezes por semana.
Outros benefícios

Pode ser aplicado em todos os fototipos de pele;


O eritema libera células tronco, vitalizantes;
Não há downtime social, ou seja, a pessoa não precisa
afastar-se de suas atividades diárias.
Role sempre com a pele umedecida

Umedeça ligeiramente com o cosmético que se deseja


permear, isso facilitará o deslocamento do cilindro e
resultará em um procedimento mais homogêneo.
O pós rolamento

O microagulhamento deverá ser realizado em toda a área a


ser tratada, e somente após será reaplicado o produto que
se quer permear - os microcanais levam 6 a 8 horas para
fechar totalmente.
Contra indicações

Acne ativa;
Irritação;
Herpes;
Gestação;

Precauções

Evitar se expor ao sol;


Evitar maquiagem até 24 horas;
Recomendações

Banhos quentes devem ser evitados nas 24 horas


seguintes, para prevenir a sensação de desconforto nos
locais do microagulhamento;
O microagulhamento danifica a pele?

Praticamente não existem relatos de efeitos colaterais em


todos estudos clínicos publicados. O microagulhamento cria
micro canais num período curto de tempo que maximiza a
penetração eficaz de substâncias no estrato córneo.
O microagulhamento aumenta o efeito de absorção de
cosméticos?

Sim. De acordo com dados confirmados pela Universidade


de Marburg (Alemanha), a habilidade das microagulhas de
melhorar a permeabilidade já está provada. Se uma
substância é realmente eficaz, o roller vai fazê-la penetrar
mais fundo na pele.
É realmente possível fazer o colágeno penetrar na
pele?

Sim, o colágeno na apresentação em seringas (chamados


preenchedores) geralmente é injetado na pele através de
seringas, porém o colágeno injetado estará totalmente
absorvido entre 3 e 6 meses. Este é o grande mérito do
microagulhamento, que promove a Indução Percutânea de
Colágeno a um custo menor e com satisfação maior do
cliente.
Como devo usar o micragulhamento?

Puxe suavemente a pele com a mão livre, e repetitivamente


role o roller na área desejada. Quando estiver rolando,
mude de direção levantando o roller alguns centímetros
para mudar o ângulo das agulhadas. Teoricamente, isso vai
impedir que se criem furos idênticos na mesma área. Conte
o número de movimentos e prossiga devagar até formar o
desenho de asterisco.
Quanto devo pressionar?

Não force o acessório. Ponha pressão suficiente, mas não


muita. A agulha não vai penetrar por causa da força. Isso
porque o comprimento da agulha sempre criará limitações
para superfície do roller.
Quando posso sair depois do microagulhamento?

A pele ficará vermelha logo após o tratamento, variando de


acordo com o tipo de pele. Isso deve desaparecer em
algumas horas.
O microagulhamento funciona em homens?

Certamente. Como o microagulhamento não causa dor, os


homens se sentem menos intimidados do que em outros
tratamentos.
Quando e onde devo evitar usar o microagulhamento?

Não use em pele doente, quelóide, verruga, furúnculo, pele


infeccionada ou pele muito sensível.
Quais ativos posso associar na sessão de
microagulhamento para tratamento de rugas e
hiperpigmentação?

Pode-se associar quaisquer cosméticos estéreis livres de


conservantes ou agentes químicos tais como dmae,
fatores de crescimento, moduladores hormonais, ácido
hialurônico, argirelin, tensine, aloe vera, vitamina c,
aquaporine, polifenóis e arbutin.