Você está na página 1de 64

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO.......................3 CAPÍTULO 7..........................33


Como comprar e analisar uma
ação.
CAPÍTULO 1..........................5
Domínio do Mercado CAPÍTULO 8..........................39
Financeiro (Ações, Tesouro Indicações de cursos (grátis e
Direto, FII, FIM, RF, etc.).
pagos) e perfis a serem
seguidos.
CAPÍTULO 2.........................11
Diferentes áreas de atuação CAPÍTULO 9..........................45
no Mercado Financeiro. Referências pessoais que
você precisa conhecer.
CAPÍTULO 3.........................17
Manifeste na sua vida o que CAPÍTULO 10.......................53
você quer ser. Referência de Índices e
informações que você precisa
CAPÍTULO 4.........................19 conhecer.
Formação necessária
(Graduação, Pós, MBA, etc.). CAPÍTULO 11 ......................54
Por que o Mercado
Financeiro?
CAPÍTULO 5........................22
Certificações (CPA, CEA, CFA, CAPÍTULO 12.......................59
etc.). Análise de Currículo

CAPÍTULO 6........................28 CAPÍTULO 13.......................62


Livros (indicações e Considerações Finais.
highlights).
INTRODUÇÃO
O conteúdo deste e- mais preparado que 95%
book reflete o curso dado por dos seus concorrentes.
nós (@alemdafacul) ao longo Como primeiro
de duas semanas. Tanto o exercício, antes de
curso quanto o e-book não começarmos com o
possuem como objetivo conteúdo, imagine que você
serem ferramentas de é chefe de RH de um grande
headhunting ou banco e está avaliando um
outplacement. candidato na última etapa do
Todo o conteúdo é processo seletivo. Agora,
útil, independente de entre no seu Instagram,
conseguir trabalhar no Facebook e LinkedIn e veja
Mercado Financeiro ou não. se existe algo que o
É o conjunto de todo o comprometa. Se, na sua
conhecimento disposto aqui opinião, existir, delete agora.
que te fará um candidato
melhor, e não um capítulo
isolado.
Para que esses
ensinamentos surtam efeito,
é preciso que você leve a
sério e pratique tudo isso na
sua vida, e então, estará

3
QUEM SOMOS
Somos um grupo pudemos mudar a vida dessa
formado por pessoas de pessoa, se transforma no
diversas vertentes, mas com nosso combustível para
um ideal em comum: continuar com essa jornada.
transmitir conhecimento ao Informar, discutir e
nosso público. Nascemos da interagir são alguns dos
vontade de mudar vidas. nossos princípios, dos quais
A partir de um preservamos com rigor.
experimento feito por um de Junte-se a nossa
nossos integrantes, tivemos comunidade, estamos
uma grande surpresa: sempre de portas abertas.
atingimos uma dimensão
nunca antes imaginada. Ter
a satisfação de receber uma
mensagem de um seguidor
comentando sobre como

4
Capítulo 1: Domínio do
mercado Financeiro
Este é um importantíssimo capítulo onde
discorreremos sobre os diversos instrumentos do Mercado
Financeiro. Se você almeja uma vaga nesse mercado, é
fundamental ter domínio sobre esses conceitos. Iremos dividi-
los em obrigatórios e desejáveis.
RENDA FIXA SELIC Obrigatório

Qualquer tipo de Taxa básica de juros,


investimento que possui a principal instrumento de
rentabilidade definida no política monetária utilizado
momento da aplicação. pelo Banco Central para
controlar a inflação. É
Um fator interessante
utilizada como parâmetro
da maioria dos produtos de
para remunerar os títulos
renda fixa é a garantia do
públicos. No momento que
Fundo Garantidor de Crédito
escrevemos esse e-book está
(FGC), uma instituição
em 6,5%.
privada, que tem como
sócios a Caixa, os grandes
bancos, sociedades de
crédito, dentre outros players
do mercado financeiro.
O objetivo é prover
segurança aos investidores,
no caso de falência ou
intervenção de uma
instituição financeira. O FGC
terá a função de ressarcir os
investidores dessa
instituição.

5
TESOURO DIRETO Obrigatório CDB Obrigatório

Título emitido pelo Segue o mesmo


Tesouro Nacional em raciocínio do tesouro direto,
parceria com a bolsa de porém, nesse caso, você
valores. Basicamente uma estaria “emprestando”
forma de “emprestar” dinheiro a um banco. A
dinheiro ao governo e ser remuneração nesse caso vai
variar de instituição para
remunerado pela SELIC. Você
instituição, mas é sempre
pode comprar diretamente. uma função do CDI. Possui
garantia do FGC.
CDI Obrigatório

Certificados de Desejável
LC
depósito interbancário são
títulos emitidos por Letras de câmbio.
instituições financeiras e Forma de investimento
trocados entre elas para menos popular, segue as
realocação de caixa. Sua diretrizes do CDB, porém
remuneração segue dessa vez o órgão emissor é
basicamente SELIC e esse uma financeira e não um
título irá servir como banco. Por não terem o
referência para remunerar mesmo porte dos grandes
outros instrumentos de renda
bancos, para que esse
fixa. Em outras palavras, é o
preço do empréstimo entre investimento se torne
bancos. atrativo, as financeiras
costumam pagar
rentabilidades maiores para
quem compra esse
investimento. Também
segue o CDI e possui
garantia do FGC.

6
LCI/LCA Desejável LF Desejável

Letras de crédito Como uma


imobiliário e agrícola são modalidade relativamente
títulos emitidos pelos recente de investimento, a
bancos. Os recursos letra financeira foi criada
captados com esses para viabilizar uma captação
investimentos são de recursos de longo prazo,
destinados exclusivamente geralmente maior que 2 anos,
ao setor de que se tratam: não é garantida pelo FGC,
agrícola ou imobiliário. possui valor mínimo de R$
Possui uma data de 150 mil para aplicar e seus
vencimento estabelecida e rendimentos também
uma característica de longo costumam estar atrelados ao
prazo, sua rentabilidade CDI ou a algum índice de
também é atrelada ao CDI, inflação.
possui garantia do FGC e não
conta com a incidência de IR.

CRI/CRA Desejável CRI/CRA Desejável


Certificados de Certificados de
recebíveis imobiliário e recebíveis imobiliário e
agrícola são muito similares agrícola são muito similares
a LCI/LCA, com a diferença a LCI/LCA, com a diferença
de que apenas investidores de que apenas investidores
qualificados (+ R$1 milhão qualificados (+ R$1 milhão
investidos) podem investir investidos) podem investir
nessa modalidade e os nessa modalidade e os
títulos são emitidos por títulos são emitidos por
companhias securitizadoras. companhias securitizadoras.
Também são isentas do IR e Também são isentas do IR e
do IOF, mas não possuem do IOF, mas não possuem
garantia do FGC. garantia do FGC.

7
RENDA VARIÁVEL DERIVATIVOS Obrigatório

Investimentos em que Contratos que


a remuneração não pode ser derivam de outro ativo. Aqui
dimensionada no momento encontraremos opções e
da aplicação. contratos futuros.
As opções são ativos
AÇÕES Obrigatório
atrelados a alguma ação,
São participações de enquanto os contratos
empresas negociadas em futuros servem ao mesmo
Bolsa de Valores (B3 aqui no propósito, porém, não se
Brasil) e cada lote representa limitam a ações, podendo
uma fração do capital social negociar moeda, índices,
da Companhia. commodities, etc.
Temos basicamente 3 Em outras palavras,
tipos de ações: aqui você pode negociar a
compra ou venda de um
a) Ordinárias (ON), que tem determinado ativo em algum
como principal diferença o período de tempo futuro.
direito a voto em Podem ser usados como
assembleias (irrelevante no especulação ou proteção.
caso de acionistas
pequenos);
b) Preferenciais (PN), que
tem como principal diferença
a preferência no recebimento
de proventos. Por lei, os
dividendos dessa classe são,
no mínimo, 10% maiores que
das ordinárias;
c) Units, que são uma
combinação de ONs e PNs
dentro de um mesmo ativo.

8
ÍNDICES Obrigatório FII Obrigatório

Ativos financeiros Fundos de


atrelados a algum indicador investimento imobiliário
macroeconômico, conjunto funcionam de maneira similar
de ações, setor da economia, aos FIAs, porém, o ativo que
etc. constitui esse portfólio é
Em outras palavras, o imobiliário. Entram aqui
índice é um ativo que tem prédios comerciais, shopping
como principal função centers, hospitais, galpões
retratar algum conjunto de logísticos, CRIs, LCIs, etc.
fatores dentro de um mesmo Tem como características a
produto. No mercado de capacidade de retornar
ações é comum que ele dividendos mensais e a
retrate um portfólio isenção do Imposto de
hipotético de certas ações. O Renda.
mais famoso aqui é o IBOV,
Índice Bovespa. FIM Desejável

Fundos de
FIA Obrigatório investimento multimercado é
Fundo de a categoria mais próxima que
investimentos em ações são temos dos Hedge Funds
carteiras geridas por norte-americanos. Esses
profissionais do mercado que fundos possuem a
alocam pelo menos 67% dos flexibilidade de investir em
recursos em ações. Cada quase todos os ativos
fundo possui sua estratégia e disponíveis, sendo os mais
é uma ótima opção para comuns: ações, renda fixa,
quem quer se expor às câmbio e juros. Claramente
variações da bolsa de essa flexibilidade vem com
valores, conhece os riscos um preço que, nesse caso, é
envolvidos, mas não possui a na taxação. Enquanto um FIA
expertise para montar um é taxado com 15% de IR no
portfólio próprio. momento do resgate, um FIM
responde à tabela regressiva
do imposto de renda e conta
com come cotas duas vezes
ao ano.
9
FIRF Desejável COE Desejável

Fundos de Uma modalidade


investimento em renda fixa mais recente, e polêmica, de
seguem a mesma lógica de investimento no Brasil, os
qualquer outro fundo, aqui o certificados de operações
portfólio é composto por estruturadas já possuem uma
diversos produtos de renda certa fama no exterior. Esse
fixa. ativo é emitido por bancos de
investimento e se trata de
uma mistura de produtos de
FIP Desejável
renda fixa com produtos de
Fundo de renda variável, muito
investimento em comumente opções. É
participações é uma vendido como um
modalidade diferente de investimento seguro por
investimento. Nesse caso, o geralmente possuir boa parte
fundo concentra de sua estrutura com base
participações diretas em em ativos de renda fixa,
empresas, geralmente de porém, é aí que mora a
capital fechado. É uma polêmica, dado que o resto
modalidade mais comum em de sua composição é de
gestoras de Private Equity e ativos de renda variável em
Venture Capital. dosagem o suficiente para
comprometer os rendimentos
do ativo, além de gerar altas
taxas para quem compõe a
carteira.

10
Capítulo 2: Domínio do
mercado Financeiro
O Mercado Financeiro é amplo, existem diversas frentes de
negócios e dentro de cada uma, mais uma diversidade de
funções. Iremos listar as mais comuns e que estão em maior
evidência. Vale ressaltar que cada negócio possui suas
variações específicas de cada função.

GESTOR ANALISTA
Também conhecido É o responsável por
como Portfólio Manager, é o toda a geração de conteúdo
responsável pela alocação dentro da empresa. Ele irá
do portfólio e tomada de estudar e criar relatórios que
decisão de nível mais servirão de embasamento
estratégica. É ele quem: para a tomada de decisão do
➢Dita os setores em que irá gestor.
investir; É uma área versátil,
➢Determina as geralmente pouco rotineira,
oportunidades de visto que a maioria das
negócios a serem gestoras possui uma carteira
estudados; diversificada de assuntos. No
entanto, é uma área que
➢Define o tamanho das exige alta capacidade
posições que irá tomar. analítica e conhecimento
teórico em seu campo de
atuação.

11
TRADER PRIVATE BANKER
Responsável por Também presente na
executar a estratégia traçada maioria dos bancos grandes,
pelo gestor, em outras é o profissional responsável
palavras, é quem executa as pela carteira de investimento
ordens. de clientes com grandes
É comum que ele patrimônios investidos.
tenha liberdade para uma Sua função é estudar
certa margem de tomada de o mercado, os principais
decisão, afinal de contas, é produtos no momento e
quem está mais familiarizado alocar o patrimônio de seus
com a movimentação atual clientes da forma mais
do mercado. inteligente possível.
Área muito dinâmica A atividade demanda
já que os trades costumam forte habilidade comercial e
acontecer muito bons relacionamentos, visto
rapidamente, portanto, pode que o salário é diretamente
ser um trabalho bem proporcional à quantidade de
estressante. patrimônio que você é capaz
de gerir.

12
ASSESSOR DE INVESTIMENTOS
Realiza basicamente a mesma função que o Private
Banker, porém seus clientes costumam ter um ticket investido
menor, o que torna o trabalho muitas vezes menos
personalizado e mais volumoso.
Dado que esse tipo de profissional é remunerado com
base nas taxas adquiridas investindo o dinheiro de seus
clientes, é uma função que exige excelentes dotes comerciais,
bons relacionamentos e a capacidade de gerir uma carteira de
clientes grande o suficiente para criar volume patrimonial.

AGENTE AUTÔNOMO DE INVESTIMENTOS


Agentes autônomos de investimento são casas que
oferecem basicamente o serviço de assessor de
investimentos. Geralmente estão ligadas a alguma corretora
de valores que forneça uma prateleira de investimentos.
O profissional dessa área fica responsável por
estudar as melhores oportunidades do momento e oferecer à
sua base de clientes.
É uma profissão dinâmica, mas como o assessor de
investimentos, exige bons relacionamentos para que se
possa construir uma base de clientes grande o suficiente
para que o negócio se sustente com as taxas cobradas em
cima do capital investido.
13
COMPLIANCE
Área responsável pela
manutenção da ordem dentro
de casa.
São os profissionais
que garantem que a empresa
cumpra todas as normas
legais e regulamentares, as
políticas e diretrizes internas
e atue de forma ética e
íntegra.
Exige certo
conhecimento legal do setor
de atuação da empresa e é
um cargo que lida com
bastante burocracia e
formalidades legais.
BACK OFFICE
Muitas vezes referida
como a área de “operations”,
é o setor responsável por
toda a parte operacional e
administrativa do negócio.
São responsáveis
pelo controle da operação da
empresa, dos fluxos
financeiros, da automação de
processos, relacionamento
com prestadores de serviço,
etc.
Possuem quase
nenhum contato com o
cliente e costumam ser
funções bem rotineiras e
pragmáticas.

14
MIDDLE OFFICE IB
Uma área que recebe Abrange uma gama
menos foco, muitas vezes é grande de atividades, mas de
englobada como parte do maneira geral é uma prestação
back office. de serviços para empresas
O profissional de que estão levando seus
middle office costuma ser produtos ao mercado
responsável pelo controle de financeiro, seja em uma
risco das operações da captação por meio de dívidas
empresa, cálculo de P&L e privadas, fusão e aquisição,
funções relacionadas à TI. IPO, dentre diversos outros
Novamente é um serviços oferecidos pelos
cargo com pouco contato grandes bancos de
com o cliente, bem rotineiro e investimento.
operacional. Por ser uma área com
relacionamento direto com o
FRONT OFFICE cliente, o IB deve ter forte
O profissional que característica comercial. É
atua nessa área se torna o uma área que exige rapidez
rosto da empresa, nas entregas de seus
geralmente exerce alguma trabalhos, a tornando muitas
função ligada a vendas ou vezes estressante e
acompanhamento comercial. demandante. Possui fama por
São os principais pagar altos salários e
pontos de contato dos comissões atrelados aos
clientes com a empresa. negócios que realizam.
Além de “vender”, o
profissional de front office é
responsável por atrair
investidores e novos
negócios para a sua
empresa. Costuma ser
um cargo dinâmico, exige
excelente comunicação e
inteligência interpessoal e
conta com uma das melhores
remunerações dentro das
empresas.
15
Existem alguns O raciocínio lógico, por sua
requisitos mínimos para se vez, é muito importante para
ocupar cada vaga. o gestor, analista e pro
Quando se pensa no trader. Enquanto a
inglês, deve ser fluente para matemática é básico para
um gestor, analista e até um todos.
Private Banker, intermediário Por último, a
para o Assessor de diligência, característica
Investimentos, Compliance, imprescindível para quem vai
Back Office e Middle Office e atuar nas áreas de
pode ser até desnecessário compliance, back office,
para um trader ou agente middle office e até para os
autônomo de investimentos. analistas.
Em termos de soft
skills necessárias, a empatia
é fundamental para o Private
Banker, Agente Autônomo de
Investimentos e para quem
atua no front office de
maneira geral.

16
Capítulo 3: Manifeste na sua
vida o que você quer ser
Esse talvez seja o capítulo mais importante desse
livro. Se você entender e incorporar o conceito que será dado
hoje, tudo será facilitado, portanto, manifeste na sua vida
aquilo que você deseja ser.
A analogia é simples. Se você é um personal trainer,
tenha um corpo condizente com a sua atividade. Se você é um
psicólogo, tenha suas ações e reações sob controle. Se você
quer trabalhar no Mercado Financeiro, tenha suas finanças em
ordem.
Em inglês isso se chama “walk the talk”. Em outras
palavras, dê testemunho daquilo que você fala e transforme
suas palavras em ações. O dia que você fizer isso, todos
prestarão atenção naquilo que você tem pra falar.
Para realizar isso na prática, faça o seguinte:

1. Gaste menos do que 2. Tenha um budget


você ganha pessoal
Parece simplista, Não tem
mas muita gente não necessidade de ser
consegue passar dessa extremamente metódico e
regra. anotar cada receita e
Não interessa o despesa. No entanto, faça
quanto você ganhe, você um demonstrativo de
nunca irá pra frente se não resultados seu e projete o
se atentar a isso. que você quer. É
importante você ter
Muitas vezes é mais consciência do tamanho
fácil gastar menos do que das entradas e saídas.
ganhar mais, então se
atente às despesas.

17
3. Invista 4. Tenha um fundo de
Qualquer que seja emergências
sua filosofia de Procure ter
investimentos, execute-a. guardado o valor de 12
Caso não tenha uma, te despesas mensais com o
apresentamos uma seu padrão de vida.
simples: 1/3 tesouro Isso te dará
direto, 1/3 ações e 1/3 tranquilidade para
fundos imobiliários. Em empreender, para mudar
todas as 3 você precisa de de emprego ou para
pouquíssimo dinheiro para qualquer outro imprevisto,
começar. até mesmo manobrar o
seu padrão de vida para
baixo se for necessário.

Então não precisa inventar moda, se você seguir


esses 4 passos, já estará com a vida mais arrumada do
que 95% dos brasileiros.
Então, a partir de hoje, você irá passar a exercer no
seu dia a dia a função que deseja ocupar.

Quer ser trader? Comece a tradar. Quer ser gestor?


Tenha seu portfolio. Quer ser analista? Comece
analisando uma ação. Quer ser assessor de
investimentos? Comece ajudando as pessoas mais
próximas a investirem seu dinheiro. Quer ser
Investment Banker? Comece a ler e entender sobre as
últimas fusões ou IPOs. E assim por diante, seja todos
os dias aquilo que você almeja, independente de estar
trabalhando ou não.

18
Capítulo 4: Formação
acadêmica necessária
Cada vez mais a Se você ainda não fez
nossa educação tem a sua esses cursos, nessas
eficácia questionada e, a instituições, você vai precisar
medida que o tempo passa, de um boost. Isso pode vir de
faculdades e diplomas vários lugares, como uma
perdem valor. pós-graduação, MBA em
Isso ainda não vale finanças, Mestrado, cursos
para o Mercado Financeiro e complementares e
uma boa faculdade abre as certificações.
portas necessárias dentro Pós-graduação em
desse setor. finanças serve muito para
Graduação em quem se formou em uma
administração, economia e faculdade menos badalada
engenharia de produção na ou em outras carreiras. A pós
FGV, Insper, USP, UFMG e em finanças se propõe a
UFRJ te garantem no mínimo ensinar e/ou aprimorar
a chance de expor em aspectos financeiros
entrevistas de processo de organizacionais e de
seleção. Se você pretende, mercado. Se fizer no Insper,
está fazendo ou fez qualquer FGV, FIA, FDC ou em uma top
um desses cursos, pode 30 americana, já pode enviar
começar a enviar seu seu currículo.
currículo sem se preocupar
com mais formação
acadêmica.

19
Mas qual a diferença MBA em finanças une
da Pós e do MBA? sólida formação quantitativa
No Brasil, os dois cursos são ao aprimoramento da visão
considerados lato sensu ou estratégica, abrangendo
especialização. vários segmentos do
mercado financeiro e de
Apesar de cada capitais.
escola se posicionar de
forma diferente em relação a O MBA propicia uma
nomenclatura e os cursos se experiência única de
diferenciarem por perfil de aprendizado, com muita troca
alunos e conteúdo entre os alunos, permitindo
ministrado, uma diferença é ao participante aprimorar
clara: a Pós é voltada para habilidades analíticas e
recém formados e cobre gerenciais.
desde o entendimento básico Se você fez qualquer
da área financeira, enquanto top 10 do Brasil ou top 30
o MBA é voltado para dos Estados Unidos, já pode
profissionais com pelo mandar seu currículo. Se
menos 3 a 5 anos de precisar de um ranking dos
experiência profissional e que cursos nacionais, basta
já atuam no Mercado. acessar nosso site
(www.alemdafacul.com.br).

20
MESTRADO EM FINANÇAS
MBA e Mestrado são
coisas diferentes no Brasil.
MBA é lato sensu, enquanto
mestrado é stricto sensu.
O mestrado é mais
voltado aqueles que querem
seguir carreira acadêmica,
apesar de servir de base para
o Mercado Financeiro
profissional.
Se você tiver um de
qualquer uma das top 20
faculdades de administração
do nosso ranking, já pode
mandar seu currículo.
Agora, se você não se
encaixou em nenhuma das
categorias anteriores, vai
precisar de um “banho de
loja”.
Seja por que você fez
alguma graduação sem
sinergia com o mercado ou
alguma faculdade sem
reconhecimento ou até
nenhuma faculdade, você
precisará de cursos que
aprimoram o seu CV e/ou as
famosas certificações,
ambos são tão importantes
que terão seus próprios
capítulos.

21
Capítulo 5: Certificações
A não ser que você queira trabalhar no BackOffice
e ficar estagnado, vale muito prestar atenção a esse
capítulo.
As certificações possuem diversos objetivos e
níveis, servem desde a função de agregar conhecimento e
comprovar certa habilidade a cumprir normas legais de
atuação profissional.
Iremos passar pelas certificações nacionais,
emitidas por Anbima, Ancord e Apimec, e pelas
internacionais mais famosas.

CPA 10
A mais simples das certificações do mercado é
destinada a profissionais que atuam com distribuição de
produtos de investimento em agências bancárias.
A prova é realizada no computador, são 50 questões e
2 horas de duração.
O conteúdo passa pelos seguintes temas: sistema
financeiro nacional, ética, análise de perfil de investidor,
noções de economia e finanças, princípios de investimento,
fundos de investimento, instrumentos de renda fixa e variável
e previdência (PGBL e VGBL).
O custo da prova é de R$ 313,00 e, geralmente, é
realizada em alguma unidade da FGV.

22
CPA 20
Segue a mesma linha
da CPA-10. Quem passar na
20, inclusive, não precisa
realizar a 10.
A diferença aqui é que
tem o foco de atender
clientes varejo alta renda,
então a prova exige mais do
candidato.
Nessa prova serão 60
questões e 2 horas e meia CEA
para resolver. Engloba e contém as
O conteúdo é certificações anteriores. O
basicamente o mesmo do candidato aprovado no CEA
CPA-10, com a adição de um já pode realizar as funções
módulo de mensuração e abrangidas pelo CPA 10 e 20.
gestão de performance e O foco da prova é no
riscos. profissional que assessora o
gerente de contas de clientes
O custo da prova é de pessoa física em
R$ 493,00 e também é investimentos.
realizada em alguma unidade
da FGV. O conteúdo
novamente é similar, cobrado
de maneira mais profunda e
extensa, são 70 questões e 3
horas e meia para resolver,
sendo que nessa prova é
adicionado um módulo de
planejamento de
investimentos.
A prova custa R$
824,00 e também é realizada
em alguma unidade da FGV.

23
CGA Ancord
Diferente das Leva o mesmo nome
mencionadas anteriormente, da instituição que o emite e é
foca no profissional que faz a focado aos Agentes
gestão de recursos de Autônomos de Investimento.
terceiros por meio de fundos A prova é composta
de investimento, ou seja, para de 80 questões e tem 2 horas
quem quer ser gestor. e meia de duração.
Tem um conteúdo Seu conteúdo
bem mais extenso, são dois abrange as atividades do
módulos de 60 questões e 3 agente autônomo, seus
horas de duração cada. códigos de conduta,
Abrange os temas de regulamentações do BC e da
métodos quantitativos, CVM, economia, sistema
economia, análise de financeiro e suas instituições,
relatórios financeiros, mercado de capitais de
finanças corporativas, maneira geral, gestão de
mercados, renda fixa, variável risco, produtos do mercado
e derivativos, investimentos financeiro e finanças.
no exterior, alocação de Custa R$ 460,00 e
carteiras, investimentos também é aplicado pela FGV.
alternativos, avaliação de
risco, etc.
O valor da prova é de
R$ 659,00 e também é
realizada na FGV.

24
CNPI CIIA
O certificado nacional Certificado
do profissional de Internacional da Apimec em
investimentos tem 3 parceria com a Certified
categorias: CNPI para International Investment
analista fundamentalista, Analyst só para quem já foi
CNPI-T para analista técnico aprovado no CNPI. Se divide
e CNPI-P para analista pleno. em 4 exames: 2 múltiplas
O conteúdo também é escolhas de conteúdo global
dividido em 3 frentes: abrangendo renda fixa e
Conteúdo Brasileiro, uma derivativos e mais 2 exames
prova com 60 questões e de estudo de caso, que irão
duas horas de duração, que cobrir os temas de finanças
abrange um tema muito corporativas, economia,
similar ao cobrado pelas contabilidade, análise de
certificações da Anbima; ações, produtos de renda fixa
Conteúdo Global 1: a fase e derivativos e administração
para o analista de carteiras.
fundamentalista contém 60
questões divididas em duas
frentes, avaliação de CGRPPS
ações/finanças corporativas Certificação super
e contabilidade específica. São 50 questões,
financeira/análise de abrangendo os assuntos já
relatórios financeiros; e, por mencionados nas provas
último, Conteúdo Técnico 1: Anbima, porém com foco em
fase para o analista técnico, previdência. Custa R$ 260,00.
também com 60 questões
divididas entre diversos
assuntos de análise técnica.
Todos os exames são
realizados separadamente e
custam, R$ 520,00 para o
conteúdo brasileiro e R$
695,00 para os outros 2.

25
Certificações internacionais:

CFP CAIA
Certified Financial Chartered Alternative
Planner: aplicada no Brasil Investment Analyst: é o par
pela Associação Brasileira de do CFA para quem trabalha
Planejadores Financeiros. com investimentos
Abrange seis áreas de alternativos. Em outras
conhecimento: planejamento palavras, é para quem
financeiro e ética, gestão de trabalha com Hedge Funds,
investimentos, planejamento Private Equity e Venture
de aposentadoria, Gestão de Capital.
riscos e seguros, Bem rigoroso e difícil
planejamento fiscal e de obter, é dividido em nível 1
planejamento sucessório. e 2, custando US$ 1.250,00
Exige curso superior cada.
completo e experiência
prévia na área. A prova é O programa é extenso
composta de 140 questões e abrange diversos tópicos
de múltipla escolha e custa de investimento.
R$ 1.300,00, se realizada de Uma das vantagens
uma só vez (é possível do CAIA e do CFA, é que você
realizar os módulos a parte). passa a fazer parte de uma
É preciso acertar 70% “comunidade” que troca
da prova, sendo pelo menos muita informação entre si,
50% em cada área, para ser existem painéis de
aprovado. oportunidade de emprego
exclusivos, dentre outras
Essa certificação é regalias.
exigida pela maioria das
posições de Private Banker e
Wealth Management, no
Brasil e no exterior.

26
CFA
Chartered Financial Analyst: com certeza o mais
famoso no mercado financeiro e, possivelmente, o mais difícil
de se obter.
A prova é dividida em 3 níveis e você só recebe a
certificação após ser aprovado nos 3.
Exigindo 3 anos de experiência profissional, foca em
analistas e gestores de fundos de investimentos. O nível 1 é
oferecido em junho e dezembro, os níveis 2 e 3 somente em
junho, ou seja, são pelo menos 2 anos de estudos, por esse
motivo, muitas vezes é considerado um substituto a um MBA.
As taxas variam de US$ 650 a US$ 1.350,00,
dependendo da época em que você se inscreve. O programa é
extenso e para quem se interessa sugerimos acessar o site
deles (CFAInstitute.org) para maiores informações de
conteúdo cobrado e possíveis bolsas de estudo para
realização do exame.
Alguns dos tópicos cobrados no CFA são: ética
profissional, métodos quantitativos, economia, análise de
relatórios financeiros, finanças corporativas, investimentos de
maneira geral (ações, renda fixa e derivativos), investimentos
alternativos (em menor dosagem que no CAIA) e gestão de
portfólio. Lembrando que todos os temas são cobrados no
âmbito internacional e de maneira profunda.

Antes de sair prestando qualquer prova, pense muito bem no


caminho que quer seguir e foque nas certificações que te
levarão até lá. Não gaste seu tempo e dinheiro à toa.

27
Capítulo 6: LIVROS
Indicações e Highlights
Alguns livros são obrigatórios para quem quer fazer
parte do mercado financeiro; outros são desejáveis, de acordo
com a área de seu interesse.

“O investidor inteligente” é o livro


que inspirou Warren Buffett. Apesar de ser
dedicado aos investidores individuais, tem
Leitura Obrigatória conceitos fundamentais para quem
pretende atuar nesse mercado.
Como principais highlights, temos:
➢Investimento não é especulação;
➢Investidor Defensivo e Investidor
Empreendedor;
➢A fortaleza dos defensivos;
➢As concessões para o empreendedor;
➢Amortecimento psicológico;
➢Margem de segurança;
➢Não agir sozinho.

28
Leitura Obrigatória

A chamada “fórmula
mágica” para investimentos.

Highlights:
➢ Faça uma lista dos ativos
da bolsa;
➢Crie um ranking de retorno
sobre capital;
➢Crie um ranking de Earnings
Livro do maior Yield;
investidor do mundo, Warren
Buffett, quem gerou 21% de ➢Some os 2 rankings;
retorno médio anual por mais ➢Faça um portfólio com as
de 50. 30 melhores por 1 ano.

Highlights:
Leitura Obrigatória
➢Auto controle;
➢Preço é o que você paga.
Valor é o que você ganha;
➢Procure negócios
excelentes;
➢Não perca dinheiro. Não
esqueça essa regra;
➢Esqueça os derivativos;
➢A importância do longo
prazo;
➢Simplicidade.

29
Esses dois são
leituras desejáveis para quem
quer ser gestor. Com
destaque para o primeiro
livro, que foi escrito pelo
Chief Investment Officer do
Endowment da Yale
University.

Leituras desejáveis
para analistas. Com destaque
ao “Guia Suno Dividendos”,
livro bem direto ao ponto.

30
Dois ótimos livros que
farão toda a diferença para
quem quer seguir carreira de
IB, mas entram na categoria
desejáveis.

Leitura desejável para


quem quer ser assessor em
banco e/ou prestar o CPA.
Lembrando que o 10 é para
clientes de baixo patrimônio
e o 20 para patrimônios um
pouco maiores.

Leituras desejáveis
para o pessoal que pretende
trabalhar como Agente
Autônomo de Investimentos.
Destaque para o primeiro
livro, da G10 Consultoria,
muito bom.

31
Existem vários livros e
apostilas sobre trading,
inclusive em português. Para
nós, esses 2 são os
melhores.

Por fim, não perca seu tempo com bobagens.


Comece lendo os 3 primeiros, que são obrigatórios e,
depois, leia 2 da área que você tem interesse em atuar.
Todos os livros estão disponíveis para compra em nosso
site (www.alemdafacul.com.br).

32
Capítulo 7: Como comprar
e analisar uma ação
Se você almeja
trabalhar no mercado Ao abrir essa conta, a
financeiro, recomendamos corretora irá vincular essa
que seja pelo menos um conta a uma conta corrente
investidor de bolsa. sua e te disponibilizar um
Independentemente da sua home broker, plataforma pela
área de interesse, tenha ao qual terá acesso ao ambiente
menos 1 ação na sua de negociação de ações,
carteira. índices, fundos imobiliários,
O conteúdo desse etc.
capítulo é dividido em duas
partes: a operacional, de
como comprar uma ação; e Pronto! Esse é o
a analítica, de como analisar operacional. Agora, não é
uma ação. porque você tem acesso a
todos esses produtos que
OPERACIONAL
você vai sair comprando
De maneira bem qualquer coisa.
simples, para comprar uma É extremamente
ação, ou começar a investir, importante que você saiba
você precisa abrir conta em exatamente o que está
uma corretora. negociando.
A maioria das
corretoras não cobra nada
para abria a conta, algumas
não cobram a custódia dos
investimentos e, uma ou
outra, não cobram a
corretagem.

33
ANALÍTICA
A partir de agora você terá um roteiro que já te dará
uma ótima noção do papel que está comprando e irá melhorar
em muito a sua tomada de decisão.

É preciso conhecer o que se está comprando. De tal forma,


siga os seguintes passos para montar um case de
investimentos:
1. Histórico da Companhia
2. Produtos e serviços
3. Management e shareholders
4. Mercado e concorrentes
5. SWOT
6. Fatores de Risco
7. Avaliação Financeira
8. Value Drivers

Histórico da Companhia

A ideia aqui é conhecer a história da empresa e sua


trajetória no mercado. Incluindo ano de fundação, eventos
importantes, pontos que definiram a trajetória do negócio, etc.

Produtos e serviços

Conhecer a fundo tudo que a empresa oferece ao


mercado, onde se diferencia e onde deixa a desejar. Entender
o quanto cada produto ou linha de negócios/serviços
representa das receitas totais. Procurar conhecer a
rentabilidade das linhas de receita.

34
Management e shareholders

São os tocadores do negócio e os donos da empresa.


Podemos dividir em: Diretoria, quem executa no dia-a-dia as
estratégias da companhia, são as pessoas que de fato estão à
frente do negócio; e Conselho de administração, composto
por representantes dos acionistas, eles irão ditar o
direcionamento estratégico da companhia.
É muito importante saber quem está por trás da
tomada de decisões e quem está executando, para que se
tenha uma ideia de direcionamento da empresa e capacidade
de tirar as ideias do papel.

Mercado e concorrentes

Hora de colocar a empresa em perspectiva com


relação ao mercado em que atua. Ou seja, quem compete
com ela nesse mercado, qual fatia desse mercado é dela,
onde ela está se diferenciando de seus concorrentes, para
onde esse setor está crescendo, como o atual cenário político
e econômico afeta o setor de maneira geral, etc.
Esse exercício é fundamental para você saber se está
olhando para uma empresa líder de setor ou para uma
empresa que está atrás da competição, assim como é ótimo
para entender se faz sentido investir nesse setor dado o atual
momento econômico ou não.

SWOT

Sigla para Strenghts, Weaknesses, Opportunities e


Threats. Essa parte da análise é para você enxergar com
mais clareza quais são as forças e fraquezas da empresa,
quais oportunidades estão na mesa e quais ameaças
(geralmente mais macro) podem levar a empresa a não
entregar o que promete ou a não crescer como poderia.
Forças e Fraquezas são internas a organização. Ameaças e
Oportunidades são externas.
35
Fatores de Risco

Existe algum fator de risco iminente que pode acabar


com o negócio da empresa ou que pode atrasar o
desenvolvimento da empresa? Ou os fatores de risco estão
controlados e fazem parte do business?
É fundamental ter clareza nesse ponto e não enganar a
si mesmo. Lembre-se: risco pode vir na forma de
regulamentação, econômico, político, ambiental, variação
cambial, execução do management, fusões e aquisições do
setor, internacionalização, dentre diversos outros movimentos
de mercado.

36
Avaliação Financeira

Se você foi diligente nos passos anteriores, já conhece


a empresa, sua atividade, o mercado em que está inserida e o
direcionamento que irá tomar e ainda segue confiante na
escolha, então é hora de avaliar os números da empresa.
Existem diferentes métodos e níveis de profundidade
que essa etapa pode ter, entre eles a análise de fluxo de caixa
descontado e a análise por múltiplos.
Fluxo de caixa descontado é um dos métodos de
avaliação de empresas mais completos atualmente. Nele,
conseguimos verificar tanto os ativos tangíveis quanto os
intangíveis de uma empresa. São consideradas todas as
premissas de captação que serão praticadas, toda a parte
tributária, os custos operacionais, as despesas comerciais e
administrativas, além do capital de giro e investimentos.
Basicamente, é trazer a valor presente as projeções
dos fluxos de caixa futuros de uma companhia, se utilizando
de uma taxa de desconto e uma estimativa de perpetuidade.
Outra maneira de avaliação é por meio de múltiplos.
Existem vários, porém os mais usados são:
EV/Ebitda: (valor de mercado + dívida líquida)/Ebitda
P/L: Valor de mercado/Lucro
P/VP: Valor de Mercado/Patrimônio Líquido
Dividend Yield: Proventos/Valor de Mercado

Aqui você pode estar tendo duas sensações, ou achando tudo


muito simplista, ou não entendendo nada. Fique tranquilo se
estiver no segundo caso, iremos indicar cursos que
esclarecerão o assunto.

37
Value Drivers

Esse é o último ponto da análise. Se chegou até aqui,


com certeza já está entendendo bem do negócio.
Nessa última fase, o objetivo é listar de 2 a 5 pontos
que serão os grandes diferenciais geradores de valor na
companhia.
São os principais elementos que você deve considerar
que devem ser acompanhados para saber se a empresa está
no caminho do crescimento ou não.

Concluindo esse capítulo, lembre-se: toda empresa


aberta na bolsa é obrigada a ter uma área de Relações com
Investidores (RI). É função desse profissional atender os
investidores. Seja pessoa física ou um grande fundo, você terá
suas dúvidas sanadas.
É fundamental esse contato para entender pontos não
triviais da empresa e obter informações direto da fonte.
Como exercício, escolha uma empresa da bolsa e
monte um case de investimento dela. Pratique os pontos
levantados.

38
Capítulo 8: Indicações de
cursos (grátis e pagos) e
perfis a serem seguidos
Perfis a seguir

@tiagoreis @contadoradabolsa
CRAQUE! O perfil mais Alice Porto, no perfil dela
profundo e isento sobre você vai encontrar tudo sobre
renda variável que você vai Imposto de Renda.
encontrar. Honesto e íntegro.
Ele preza pela educação
financeira acima de tudo. @fabio.holder

É um outro perfil notável


@professorbaroni sobre renda variável.

O HOMEM dos investimentos


imobiliários. @senhorfeudaldigital
É um perfil divertido e
@prof.edgarabreu educativo.

Ninguém vai te ajudar mais


com as certificações do que @tioricco
esse cara.
Outro perfil divertido e
educativo, vela a pena seguir.

39
@explicaana

Apesar de ser ligada à XP


Investimentos, ou seja, não é
um perfil imparcial e isento,
tem muita informação útil e @hbredda
aproveitável.
Ele é gestor do fundo de
investimentos Alaska e
@tiohuli sempre traz conteúdos
positivos.
No perfil dele você vai
encontrar dicas e
ensinamentos sobre ações e
investimentos de maneira
direta e reta.

40
CURSOS

Segue abaixo uma lista de sites e recursos que


você pode acessar de forma totalmente gratuita ou de
baixo custo.

www.edx.org www.p2pu.org
www.coursera.org www.ed.ted.com
www.udacity.com www.myopencourses.com
www.edraak.org www.myopencampus.in
www.class.stanford.edu www.nptel.iitm.ac.in
www.venture-lab.org www.saylor.org
www.education.10gen.com www.nalandau.com
www.openhpi.de www.academicearth.org
www.ocw.mit.edu www.youtube.com/education
www.khanacademy.org www.phodphad.com
www.oli.cmu.edu www.learntobe.org
www.oyc.yale.edu www.floqq.com
www.webcast.berkeley.edu www.learnerstv.com
www.openclassroom.stanfor www.coursetalk.org
d.edu/MainFolder/HomePag www.skillacademy.com
e.php
www.mruniversity.com
www.see.stanford.edu
www.alison.com
www.ck12.org
www.udemy.com
www.skillshare.com
www.codeacademy.com

41
Agora, não sai fazendo qualquer curso e perdendo
tempo só por que alguém falou que é bom.
Recomendamos a seguinte estratégia: escolha 4 cursos
para fazer durante os próximos 4 meses, sendo 2 que tragam
conhecimento e 2 que tragam nome no CV.

Cursos para CONHECIMENTO: Cursos para NOME:


Obviamente que isso Aqui é para
vai variar com os objetivos de embelezar o CV, não basta
cada pessoa, mas nas ser bom, tem que parecer
plataformas EDX, Coursera, bom.
Udemy e Udacity, você vai Escolha 2 cursos
selecionar 2 cursos que entre Harvard, Stanford, MIT,
agreguem valor em termos de Wharton, Babson, Yale, FGV
“saber mais” sobre ou Insper e faça esses
determinados assuntos que cursos.
você queira saber.

Pode ser grátis, pago, curto


Pode ser grátis ou pago, como ou longo.
quiser.

A partir desse
Dessa forma, você vai momento, você começará a
ganhar know how, sabedoria escrever seu nome junto ao
naquele tema e, assim, pode dessas instituições, e faz
começar um caminho para ser diferença sim!
especialista no que quiser.

42
Agora você vai colocar esses 4 cursos no seu currículo
e toda vez que for questionado, encha a boca para falar bem do
conteúdo aprendido e da grandiosidade da instituição que o
transmitiu!
Exemplo prático: se você quer ser um analista, poderia fazer os
seguintes cursos:

Introduction to Corporate Finance by


Columbia University (Grátis na edX)

Finance Essentials by Imperial


College (Grátis na edX)

Entrepreneurship in Emerging
Economies by Harvard University
(Grátis na edX)

Business and Financial Modeling by


Wharton School

43
É claro que esses cursos não vão mudar a vida de ninguém
em termos de conteúdo, não temos essa pretensão.
Entretanto, certamente aumentará a percepção de valor que
os outros terão em relação a você. Pode acreditar!

Se busca realmente aprender:

1) Quer certificação local?


Procure os cursos do @prof.edgarabreu.

2) Quer estudar pro CFA?


Procure o CFA Investment Foundations.

3) Quer um MBA em finanças no Brasil?


Entre no ranking nos HIGHLIGHTS do Stories do
@alemdafacul.

4) Ainda quer algo mais específico?


Mande uma mensagem para nós no Instagram
@alemdafacul. Conte conosco!

44
Capítulo 9: Referências
pessoais que você precisa
conhecer
No Mercado Financeiro, existem alguns nomes que
trazem implicitamente um conhecimento, um aspecto relativo,
uma mensagem subliminar.
É muito bom que você conheça todos eles, pois irão
surgir em conversas, entrevistas e reuniões. Dessa forma,
separamos 10 internacionais e 10 nacionais.

WARREN
BUFFET
Com certeza esse velhinho já
é seu conhecido.
Dono da Berkshire Hathaway,
“oráculo do século”, homem
mais rico do mundo... São
alguns dos seus predicados.
O que precisa saber?
PRECISA TER LIDO 1 LIVRO
DELE. Qualquer um.

45
BENJAMIN
GRAHAM
Autor do “Investidor
Inteligente”, é considerado o
pai da estratégia do Buy and
Hold (comprar as ações de
empresa sólidas, com
perspectivas de geração de
valor e mantê-las em
portifólio).

CARL
ICAHN
Fundador do Icahn Enterprises, é
um “investidor corporativo”.
Ficou famoso pelas ações com
a TWA e por participar da chapa
de Donald Trump na última
eleição. Deixou o cargo em 2017
por desavenças.

GEORGE
SOROS
Um dos mais renomados
investidores do mundo,
ganhou toda a sua fortuna no
Mercado Financeiro.
Por apoiar os Direitos
Humanos, inclusive com
doações milionárias, é muito
criticado pelos ativistas de
direita (inclusive o MBL).

46
CRISTINE
LAGARDE
Advogada e republicana
francesa, é a chefona do Fundo
Monetário Internacional.
É a primeira mulher a ocupar o
cargo.
Foi ministra das Finanças na
França.

MICHAEL
BLOOMBERG
Dono de uma das mais
rentáveis mídias da história, a
Bloomberg LP.
Também é conhecido por ter
governado Nova Iorque por
12 anos.
Famoso por suas ações
filantrópicas.

47
PETER
LYNCH
Considerado uma lenda em
investimentos, tocou durante
anos o Fidelity Magellan Fund.
Suas lições são utilizadas como
guia para saber em quais tipos
de ações vale a pena investir e
entender os riscos envolvidos.

JAMES
ROGERS
Famoso por antecipar e
anunciar abertamente a crise
de 2008, é um grande
“opinador”.
Mora em Cingapura e se
considera da “Escola
Austríaca de Economia”.

ROBERT
KYOSAKI
É o cara da modinha!
Empresário e escritor, ficou
famoso pelo livro “Pai rico, pai
pobre” e seus derivados.

48
ROBERTO
SETÚBAL
Banqueiro e Ex-Presidente do
Itaú.
É considerado um dos líderes de
melhor reputação no Brasil.
Conhecido mundialmente pelos
altos níveis de ROE do banco.

JANET
YELLEN
Ex-presidente do FED.
Economista e professora de
Berkeley, Yale, Brown,
Harvard e LSE.
Sucedeu Bem Bernanke e
antecedeu o atual presidente
Jerome Powell.

CÂNDIDO
BRACHER
Atual presidente do Itaú
Unibanco, vem de família
aristocrática e ficou famoso
pelo seu trabalho à frente do
Itaú BBA.
É a maior refererência brasileira
em Investment Banking.

49
JORGE PAULO LEMANN
Conhecido por todos, Lemann é
a figura brasileira que mais
inspira e influencia a geração
jovem.
Onde ele pôs a mão, ele fez
acontecer: Garantia, Lojas
Americanas, Ambev.
Está procurando aplicar fora do
Brasil a eficiência de gestão
aplicada aqui. Desafios à vista...

LUIZ
BARSI
Um dos maiores investidores
em pessoa física da
BOVESPA.
Ele é estimulador de criação
de patrimônio via ações.
Ele adora Dividendos,
barganhas e, principalmente,
ESPERAR o tempo fazer o
papel dele.

50
PAULO GUEDES
Atual ministro da economia, é o
homem do Presidente.
Economista formado pela
Universidade de Chicago.
Foi um dos fundadores do
Pactual e do Ibmec.

ROBERTO
CAMPOS
NETO
Presidente do Banco Central.
É neto do “Lanterna na Popa”,
idealizador do BNDES.
Profissionalmente, vem de
passagem por Bozano
Simonsen e Santander.

ANDRÉ ESTEVES
O cabeça do BTG Pactual.
Era o menino prodígio do Brasil
até ser acusado e detido
temporariamente pelo Ministério
Público Federal.

51
LÍRIO
PARISOTTO

Fundador da VideoLar.
É investidor de ações de
renome, numa linha “Buffet” de
ser.
Há pouco tempo se envolveu
problematicamente com a ex-
mulher Luiza Brunet e anda low
profile desde então.

JOSEPH
SAFRA
Banqueiro, empresário e
fundador do Banco Safra.
É o homem mais rico do
Brasil.

GUILHERME
BENCHIMOL
É o novo menino prodígio!
Criador da XP Investimentos,
vive hoje tempos de glória pelo
crescimento da firma e boa
expectativa na mira de um
enorme IPO.
Tenta sempre se defender de
interferências do Itaú.

52
Capítulo 10: Índices e
Informações Gerais
VALOR DE MERCADO INFLAÇÃO
É o nº de ações vezes o valor Aqui te apresentamos 2
de ação de uma empresa. índices de preços que você
Esse índice que determina o precisa saber e entender:
tamanho de uma empresa e IPCA: É o índice do
não o valor da ação somente. consumidor amplo, feito pelo
Pode parecer bobo, mas IBGE. Serve de referência pro
muita gente acha que o banco central decidir a taxa
Bradesco vale mais que o de juros.
Itaú, porque BBDC4 é cotada 3,75% em 2018
em 34,88 e ITUB4 em 32,93.
4,58% nos últimos 12 meses
NÃO COMETA ESSE ERRO!
IGPM: É o índice geral, feito
➢ Itaú tem valor de mercado, pela FGV. É conhecido como
atualmente, 15% maior que a inflação dos aluguéis.
o Bradesco. R$ 300bi
contra R$ 261bi. 7,54% em 2018
8,27% nos últimos 12 meses

TAXA BÁSICA DE JUROS


SELIC: FED’s LENDING RATE:
Enorme importância na É a “selic” americana.
economia por exercer Hoje entre 2,25% e 2,5% ao
impacto em outros juros. ano.
Principal indicador para
Renda Fixa.
Hoje em 6,5% ao ano.

53
CÂMBIO
Nunca invente de dar opinião
se vai subir ou cair.
São muitas as variáveis que
influenciam o preço do dólar
e se você chutar vai passar
vergonha.
Dólar vale o que está na tela!

PIB – PRODUTO INTERNO BRUTO


O PIB Brasileiro cresceu 1,1%
em 2018 e tem projeção, pelo
Banco Central, de crescer
2,01% em 2019.

IBOVESPA
É o mais importante
indicador do desempenho
médio das cotações das
companhias listadas no
Brasil.
Trata-se de uma carteira
teórica, formada pelas ações
com maior volume
negociado.

54
Capítulo 11: Por que o
Mercado Financeiro?
Por que tantas pessoas veem no mercado financeiro a
solução dos seus problemas e satisfação dos seus desejos?

Hoje em dia, a maior Bancos – R$ 63,1 bilhões


sensação dos formandos de
Economia, Administração, Mineração – R$17,4 bilhões
Engenharia, RI, Contábeis e Energia Elétrica - R$ 9,9
de tantos outros setores é o bilhões
mercado financeiro.
Alimentos e Bebidas - R$ 8,5
Mas quais são as razões bilhões
para isso?
Seguradoras e corretoras de
A explicação para seguro - R$6,9 bilhões
isso é muito clara: é onde o
DINHEIRO está! Química - R$ 6,1 bilhões
O lucro do setor Telecomunicações - R$ 5,6
bancário sozinho é superior bilhões
ao resultado de todos os
outros setores da economia.

55
Outros Motivos:
➢ Sensação de dinheiro fácil;
➢ Glamour de viagens e reuniões com pessoas importantes;
➢ Percepção de ser mais inteligente que os outros;
➢ Encarar o sobe e desce dos investimentos como um jogo
divertido;
➢ Complexo de superioridade;
➢ Se algo der errado, é apenas dinheiro;
➢ Uso do dinheiro dos outros para se alavancar
pessoalmente;
➢ Explorar a ignorância alheia, capitalizando em cima disso.

Para refletir...
Dificilmente alguém escolhe o mercado financeiro por
querer fazer o bem para os outros, por querer construir uma
sociedade mais justa, por querer deixar um legado, etc.
Então, independente da sua escolha, pense nisso
também. É de suma importância!
Por favor, isso não é um alerta para desincentivo!!! É
apenas para ter consciência.

56
Mas quais seriam as alternativas nessa
economia louca em que nós vivemos?

Empreendedorismo: Intraempreendedorismo:
O caminho adotado O ato de empreender
pelos jovens americanos dentro dos limites de uma
atuais. Quais as vantagens? organização já existente.
Usar de um ambiente
➢ Fazer o que gosta; consolidado e, mesmo assim,
➢ Horário flexível; ser capaz de criar novas
unidades de negócios a partir
➢ Autonomia; daquela plataforma para
➢ Escolher a sua equipe; então se tornar sócio do que
➢ Explorar as suas desenvolveu!
ideias.

Você trabalha para


um sonho que é seu, não de
outra pessoa.
Área financeira de grandes
empresas:

➢ Trabalhar com o que você


gosta dentro de uma
organização não financeira;
➢ Cada vez carece mais de
pessoas capazes e
competentes para se fazer
isso;
➢ É um profissional que está
na mira das grandes
corporações, inclusive para
exercerem o cargo de CEO.

57
Startups: Outros setores:
Empresas de Segmentos como
pequeno porte, recém saúde, digital, educação,
surgidas no mercado, energia renovável, dentre
precisam de pessoas com outros, têm apresentado
cabeça financeira. altos índices de crescimento
Um início por aqui te e necessidade premente de
dá grandes chances de mão de obra qualificada.
participar como sócio da Também são opções
companhia, em pouquíssimo a colocar na sua deliberação.
tempo de trabalho.

58
Capítulo 12:
Análise de Currículo
Ao longo do curso, os participantes que nos enviaram
o currículo contaram com uma análise detalhada feita por
nossa equipe. Destacaremos aqui os principais pontos que
devem ser levados em consideração ao montar o seu
currículo.

Geral:
➢Tenha apenas uma página;
➢Não existe fonte certa. Não precisa se prender a Arial, Times
New Roman e Calibri. Explore o universo de fontes para criar
algo diferente, sério e que chame atenção pela estética,
sem precisar de várias cores e foto no currículo. Chame
atenção com suas habilidades. MENOS É MAIS;
➢Pode usar mais de uma fonte na mesma linha, negrito e
itálico, para dar destaque na data ou informações e
economizar em espaço, por exemplo:
• [Ago 2018 - Presente] Itaú - Analista Financeiro
➢Não minta;
➢Sempre envie o currículo no formato “CV – Nome.pdf”, caso
a empresa não solicite o arquivo com um nome específico;
➢Crie uma versão em inglês para seu currículo, deixe ambas
versões atualizadas e facilmente alteráveis. Lembre-se que
pode incluir ou excluir informações dependendo da vaga e
se atentando sempre em colocar o objetivo de acordo com a
empresa para a qual você está enviando o currículo.

59
Dados Pessoais:
➢Sem foto. Se o contratante quiser te ver, ele vai no seu
LinkedIn ou te chama pra uma reunião;
➢Coloque: nome, data de nascimento, endereço,
nacionalidade, estado civil, LinkedIn, e-mail, telefone.

Objetivo e Formação Acadêmica:


➢Apresente sempre o objetivo que você busca na empresa
para a qual está enviando o currículo. Pesquise sobre a
empresa antes e inclua objetivos alinhados com o cargo
desejado e alinhados com os valores da empresa, desde
que estejam alinhados com o seu também! Não invente,
melhor achar um emprego que combine com você, sempre!
➢Apresente sua formação acadêmica com data de início e
conclusão:
• Ex 1: [Jul 2017 – Jul 2020 (previsão)]
• Ex2: [Jul 2017 – Jul 2018 (concluído)]
• Ex3: [Jul 2017 – Jul 2018 (não concluído)]
• A formatação fica sempre a critério de vocês, mas
sempre ordene com o mais recente em cima e o mais
antigo embaixo, em todos os tópicos a seguir inclusive.

Experiências Profissionais:
➢Coloque suas experiências profissionais indicando nome da
empresa, função exercida e período. Em seguida, dê uma
breve explicação das atividades exercidas e realizações
importantes (pode ser em tópicos ou uma explicação
mesmo).
Obs: Atente-se ao espaço ocupado para caber tudo.
Caso esteja atualmente no emprego, escreva, por
exemplo: [Jul 2017 – Presente]

60
Extracurriculares e Habilidades:
➢Indique cursos extracurriculares, contendo: nome da
instituição, nome do curso, duração e em seguida uma
descrição do que aprendeu nesse curso.
➢Indique suas habilidades:
• Softwares (Pacote Office, Python, SAP, etc.)
preferencialmente com grau de conhecimento;
• Idiomas que fala, obrigatoriamente com grau de
conhecimento;
• Soft Skills (Liderança, Oratória, Trabalhar sob pressão,
etc.);
• Pode indicar conhecimento em coisas que julgar
importante, desde que não pareça estar enchendo
linguiça demais e desde que seja relevante para a área
que está se candidatando.
➢Recomendamos incluir:
• Trabalho voluntário, com descrição e nome da
instituição, caso houver, e com o período em que foi
realizado, sempre;
• Prêmios que tenha conquistado em concursos,
olimpíadas estudantis, campeonatos ou certificados
com a data em que conquistou;
• Experiências culturais, caso seja relevante para o cargo
(se agregar apenas no quesito idioma, não é necessário,
pois já será transmitido quando incluir a habilidade em
idiomas).
➢Caso esteja em processo de algum certificado e queira
incluir isso no currículo, deixe claro que é um CANDIDATO
ao certificado.

61
Capítulo 13:
Considerações Finais
Para concluir esse e-book, ressaltamos que é o
exercício do que colocamos aqui que vai te fazer um
candidato mais forte nos processos seletivos em que
participar.
Ao final desse capítulo, no Anexo 1, disponibilizamos
uma lista com diversos contatos de RH. Para entrar em
contato com eles, pode ser através de algum formulário no
próprio site da empresa ou mandando um e-mail direto ao
contato mesmo. Nesse último caso, sugerimos enviar um
texto de 5 linhas com seu objetivo e mandar um vídeo de
apresentação de até 2 minutos junto com o seu currículo (o
vídeo irá te diferenciar). Faça algo simples, com o seu celular
mesmo e fale sobre você e seus objetivos. Seja direto,
simpático e demonstre vontade de trabalhar lá. Por fim, peça
um bate papo pessoal de 15 minutos.
Ao ser chamado para uma entrevista, não se esqueça
dos seguintes pontos:

1
Pesquise sobre as pessoas chave da empresa,
notícias e eventos recentes, cultura, missão e valores, clientes,
produtos e serviços e as pessoas com quem se reunirá.

2
Tenha lido os 3 livros que recomendamos como obrigatórios.

3
Entenda o Business Case de pelo menos uma empresa
listada em bolsa e, se possível, tenha ações dela.

62
4
Coloque atenção a esses fatores:
➢ Olho no olho;
➢ Queixo paralelo ao chão;
➢ Mão à vista;
➢ Voz para fora;
➢ Confiança sem arrogância;
➢ Seja posicionado (quente ou frio);
➢ Traga a conversa para assuntos que você domina;
➢ Não deixe de mencionar algo que você faz muito bem
(acima da média). As vezes, ser o melhor mesatenista do
estado pode impressionar.

Por fim, participe de todo e qualquer processo de


seleção. As vezes, vale a pena entrar em uma instituição por
uma outra área que não a desejada e se mover lá dentro.
Toda iniciativa pode ser o estopim da mudança na sua
vida. Pense positivo sempre!
Estamos torcendo por você e conte conosco nas redes
sociais para o que precisar.

63
Além da facul

O Além da facul INSTAGRAM:


está te @alemdafacul
esperando!
TWITTER:
@alemdafacul
Venha conhecer
nossos portais de SITE:
informação!
www.alemdafacul.com.br

Siga-nos nas FACEBOOK:


nossas redes alem_da_gv
sociais: