Você está na página 1de 30

20/02/2019 EPS: Alunos

1a Questão

Observe atentamente o contexto a seguir e aponte a alternativa verdadeira.

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. No tocante a materiais de construção de baixo
impacto ambiental ele argumenta que ...

Os entulhos dos canteiros de obras respondem por uma parcela significativa dos impactos causados pela Construção Civil no
meio ambiente.
A ideia é projetar e planejar áreas que possam funcionar com iluminação natural.
O custo de alguns desses materiais pode ser um pouco mais elevado a princípio, mas, em longo prazo, eles exigem menos
manutenção.
Solução mais econômica e sustentável, que diminui o volume de água jogado nas vias públicas, prevenindo enchentes.
Além de facilitar a drenagem da água da chuva, a técnica de arquitetura que utiliza cobertura vegetal como grama e plantas
fornece isolamento acústico e térmico.

Explicação:

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. No tocante a materiais de construção de baixo
impacto ambiental ele argumenta que o custo de alguns desses materiais pode ser um pouco mais elevado a princípio, mas, em
longo prazo, eles exigem menos manutenção.

2a Questão

Filha (2013) cita que o setor de Construção Civil pode ser dividido em:

Planejamento e controle.
Edificações em geral.
Planejamento, controle e edificações.
Edificação e construção pesada.
Somente construção pesada.

Explicação:

Para Filha (2013) , os fatores determinantes da competitividade variam de acordo com cada subsetor estudado: edificação
(separando-se residencial de comercial) e construção pesada.

3a Questão

Uma vez considerado o contexto a seguir assinale a alternativa verdadeira.

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. Com relação ao isolamento térmico ele
argumenta que um bom e correto isolamento térmico ....

Evita perdas de calor no inverno e ganhos de calor no verão


O custo de alguns desses materiais pode ser um pouco mais elevado a princípio, mas, em longo prazo, eles exigem menos
manutenção.
http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 1/3
20/02/2019 EPS: Alunos

Evita que a umidade do ar afete o conforto dos moradores e a necessidade de manutenção de obras futuras.
É uma tendência mundial, pois reduz a poluição e o trânsito.
Além de facilitar a drenagem da água da chuva fornece isolamento acústico.

Explicação:

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. Com relação ao isolamento térmico ele
argumenta que um bom e correto isolamento térmico evita perdas de calor no inverno e ganhos de calor no verão.

4a Questão

A abordagem do conceito universal de sustentabilidade também enfatiza a relação dos seguintes aspectos:

Econômico e social.
Ambiental e social.
Políticos.
Econômico, social e ambiental.
Ambiental, social e organizacional.

Explicação:

A palavra sustentabilidade tornou-se uma realidade na vida da sociedade em geral, considerando que se configura no cenário
mundial e é disseminada entre vários países. Neste novo milênio, a necessidade de apresentar os princípios, assim como
implementar as práticas, evidencia cada vez mais o assunto.

O conceito de sustentabilidade ambiental foi introduzido, inicialmente, em 1987 pela World Commission on Environment and
Development (WCED) - uma comissão formada por membros da ONU com o intuito de unir países em torno do desenvolvimento
sustentável.

A abordagem foca os princípios referentes a sustentabilidade nas esferas econômica, social e ambiental dentro dos interesses da
sociedade do governo, das organizações e demais partes interessadas.

5a Questão

De acordo com a Resolução nº 01/1986 do CONAMA, um dos instrumentos para analisar os impactos ao meio ambiente é:

Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.


Lei da Educação Ambiental.
Relatórios Ambientais.
Política Nacional do Meio Ambiente.
Avaliação de Impacto Ambiental.

Explicação:

Giongo, Mendes e Santos (2015) afirmam que, no Brasil, até a década de 1980, a realização de projetos de desenvolvimento estava
atrelada apenas às avaliações técnicas e econômicas, sem considerar os impactos ambientais e os interesses públicos direcionados à
obra.

Um dos controles implantados, o licenciamento ambiental, por exemplo, foi introduzido no Brasil pela PNMA por meio da Lei nº
6.938/1981 e do instrumento de Avaliação de Impacto Ambiental (AIA), criado em 1981.

No entanto, a ferramenta foi regulamentada apenas com a Resolução nº 01/1986 do CONAMA, que estabeleceu as definições,
responsabilidades, critérios e diretrizes gerais de uso e implantação. Com base nessa resolução, a AIA foi vinculada ao licenciamento
ambiental, especificamente como um instrumento de avaliação de impactos no Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e seu respectivo
relatório (RIMA).

6a Questão

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 2/3
20/02/2019 EPS: Alunos
Observe atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa verdadeira.

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. No tocante a gestão de resíduos ele argumenta
que ....

A ideia é projetar e planejar áreas que possam funcionar com iluminação natural. Assim, é possível minimizar o uso da
artificial.
Além de facilitar a drenagem da água da chuva a técnica fornece isolamento acústico e térmico.
Solução mais econômica e sustentável, que diminui o volume de água jogado nas vias públicas, prevenindo enchentes.
O custo de alguns desses materiais pode ser um pouco mais elevado a princípio, mas, em longo prazo, eles exigem menos
manutenção.
Respondem por uma parcela significativa dos impactos causados pela Construção Civil no meio ambiente.

Explicação:

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. No tocante a gestão de resíduos ele argumenta
que os entulhos dos canteiros de obras respondem por uma parcela significativa dos impactos causados pela Construção Civil no
meio ambiente.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 3/3
20/02/2019 EPS: Alunos

1a Questão

O texto "Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade
de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações" está
estabelecido na / no

Lei nº 9638 - Política Nacional do Meio Ambiente


Lei nº 9605/88 - Lei de Crimes Ambientais
Art. 14, da Lei nº 9605/88 III
Decreto Federal
Art. 225 da Constituição Federal

Explicação:

A Constituição Federal (1988) tem o seu Capítulo VI inteiramente dedicado ao meio ambiente. No Artigo 225, fica assegurado que:
"Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida,
impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações."

2a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa verdadeira.

Conforme estabelecido no Art 6º da Lei Federal nº 6938, de 31/08/1981 os órgãos e as entidades da União, dos estados, do Distrito
Federal, dos territórios e dos municípios, bem como as fundações instituídas pelo Poder Público, responsáveis pela proteção e
melhoria da qualidade ambiental, constituirão o Sistema Nacional do Meio Ambiente (SISNAMA). O Conselho Nacional do Meio
Ambiente (CONAMA) é responsável por ....

As atividades desempenhadas devem estar associadas à proteção da qualidade ambiental ou ao âmbito disciplinar do uso de
recursos ambientais.
Executar e fazer executar a política e as diretrizes governamentais fixadas para o meio ambiente, de acordo com as
respectivas competências.
Assessorar o Presidente da República na formulação da política nacional e nas diretrizes governamentais para o meio
ambiente e os recursos ambientais.
Assessorar, estudar e propor diretrizes políticas governamentais para o meio ambiente e os recursos naturais, e deliberar,
no âmbito de sua competência, sobre normas e padrões compatíveis com o meio ambiente ecologicamente equilibrado e
essencial à sadia qualidade de vida.
Planejar, coordenar, supervisionar e controlar, como órgão federal, a política nacional e as diretrizes governamentais fixadas
para o meio ambiente.

Explicação:

Conforme estabelecido no Art 6º da Lei Federal nº 6938, de 31/08/1981 os órgãos e as entidades da União, dos estados, do Distrito
Federal, dos territórios e dos municípios, bem como as fundações instituídas pelo Poder Público, responsáveis pela proteção e
melhoria da qualidade ambiental, constituirão o Sistema Nacional do Meio Ambiente (SISNAMA). O Conselho Nacional do Meio
Ambiente (CONAMA) é responsável por assessorar, estudar e propor diretrizes políticas governamentais para o meio ambiente e os
recursos naturais, e deliberar, no âmbito de sua competência, sobre normas e padrões compatíveis com o meio ambiente
ecologicamente equilibrado e essencial à sadia qualidade de vida.

3a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa verdadeira.

Conforme estabelecido no Art 6º da Lei Federal nº 6938, de 31/08/1981 os órgãos e as entidades da União, dos estados, do Distrito
Federal, dos territórios e dos municípios, bem como as fundações instituídas pelo Poder Público, responsáveis pela proteção e
melhoria da qualidade ambiental, constituirão o Sistema Nacional do Meio Ambiente (SISNAMA). O Conselho do Governo é
responsável por ...

Assessorar, estudar e propor diretrizes políticas governamentais para o meio ambiente e os recursos naturais, e deliberar,
no âmbito de sua competência, sobre normas e padrões compatíveis com o meio ambiente ecologicamente equilibrado e
essencial à sadia qualidade de vida.
Planejar, coordenar, supervisionar e controlar, como órgão federal, a política nacional e as diretrizes governamentais fixadas
para o meio ambiente.
As atividades desempenhadas estejam associadas à proteção da qualidade ambiental ou ao âmbito disciplinar do uso de
recursos ambientais.
Assessorar o Presidente da República na formulação da política nacional e nas diretrizes governamentais para o meio
ambiente e os recursos ambientais.
Executar e fazer executar a política e as diretrizes governamentais fixadas para o meio ambiente, de acordo com as
http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 1/3
20/02/2019 EPS: Alunos
respectivas competências.

Explicação:

Conforme estabelecido no Art 6º da Lei Federal nº 6938, de 31/08/1981 os órgãos e as entidades da União, dos estados, do Distrito
Federal, dos territórios e dos municípios, bem como as fundações instituídas pelo Poder Público, responsáveis pela proteção e
melhoria da qualidade ambiental, constituirão o Sistema Nacional do Meio Ambiente (SISNAMA). O Conselho do Governo é o
responsável por assessorar o Presidente da República na formulação da política nacional e nas diretrizes governamentais para o meio
ambiente e os recursos ambientais.

4a Questão

Os crimes contra o Ordenamento Urbano e o Patrimônio Cultural são considerados, na Lei nº 9605/88, no:

Capítulo II - Dos Crimes Contra o Meio Ambiente


Capítulo III - Dos Crimes Contra o Meio Ambiente
Capítulo IV - Dos Crimes Contra o Meio Ambiente
Capítulo I - Dos Crimes Contra o Meio Ambiente
Capítulo V - Dos Crimes Contra o Meio Ambiente

Explicação:

A Lei nº 9.605/88, no capítulo V - Dos Crimes Contra o Meio Ambiente, estabelece os cinco crimes, sendo:

Seção I - Crimes contra a Fauna;

Seção II - Dos Crimes contra a Flora;

Seção III - Da Poluição e outros Crimes Ambientais;

Seção IV - Dos Crimes contra o Ordenamento Urbano e o Patrimônio Cultural;

Seção V - Dos Crimes contra a Administração Ambiental

5a Questão

A Constituição brasileira de 1988 consagrou todo um capítulo ao meio ambiente e à realização de determinada documentação, a qual
tornou-se uma exigência legal obrigatória na implementação de projetos econômicos e de infraestrutura, públicos e privados. Essa
documentação é a/o:

Projeto Sustentável
Projeto de Educação Ambiental
Política Nacional do Meio Ambiente
Plano Nacional de Controle Ambiental
Relatório de Impacto sobre o Meio Ambiente (RIMA)

Explicação:

A Constituição Federal (1988) tem o seu Capítulo VI inteiramente dedicado ao meio ambiente. O artigo 225 assegura a efetividade do
direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado incumbindo ao Poder Público: "exigir, na forma da lei, para instalação de obra
ou atividade potencialmente causadora de significativa degradação do meio ambiente, estudo prévio de impacto ambiental, a que se
dará publicidade".

O EIA/RIMA é exigido para empreendimentos ou atividades que possam causar significativa degradação ambiental.

6a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa verdadeira.

Conforme estabelecido no Art 6º da Lei Federal nº 6938, de 31/08/1981 os órgãos e as entidades da União, dos estados, do Distrito
Federal, dos territórios e dos municípios, bem como as fundações instituídas pelo Poder Público, responsáveis pela proteção e
melhoria da qualidade ambiental, constituirão o Sistema Nacional do Meio Ambiente (SISNAMA).Os órgãos executores (Instituto
Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e Instituto Chico Mendes de Conservação da
Biodiversidade) são responsáveis por ....

Executar e fazer executar a política e as diretrizes governamentais fixadas para o meio ambiente, de acordo com as
http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 2/3
20/02/2019 EPS: Alunos
respectivas competências.
Planejar, coordenar, supervisionar e controlar, como órgão federal, a política nacional e as diretrizes governamentais fixadas
para o meio ambiente.
Assessorar o Presidente da República na formulação da política nacional e nas diretrizes governamentais para o meio
ambiente e os recursos ambientais.
Assessorar, estudar e propor diretrizes políticas governamentais para o meio ambiente e os recursos naturais, e deliberar,
no âmbito de sua competência, sobre normas e padrões compatíveis com o meio ambiente ecologicamente equilibrado e
essencial à sadia qualidade de vida.
As atividades desempenhadas estejam associadas à proteção da qualidade ambiental ou ao âmbito disciplinar do uso de
recursos ambientais.

Explicação:

Conforme estabelecido no Art 6º da Lei Federal nº 6938, de 31/08/1981 os órgãos e as entidades da União, dos estados, do Distrito
Federal, dos territórios e dos municípios, bem como as fundações instituídas pelo Poder Público, responsáveis pela proteção e
melhoria da qualidade ambiental, constituirão o Sistema Nacional do Meio Ambiente (SISNAMA).Os órgãos executores (Instituto
Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e Instituto Chico Mendes de Conservação da
Biodiversidade) são responsáveis por executar e fazer executar a política e as diretrizes governamentais fixadas para o meio
ambiente, de acordo com as respectivas competências.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 3/3
20/02/2019 EPS: Alunos

1a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e identifique a sentença falsa.

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) é o órgão consultivo e deliberativo do Sistema Nacional do Meio Ambiente
(SISNAMA), instituído pela Lei 6938/81, que dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente (PNMA), regulamentada pelo Decreto
99.274/90. Consideram-se atos do CONAMA:

Decisões, quando se tratar de multas e outras penalidades impostas pelo IBAMA.


Proposições, quando se tratar de matéria ambiental;

Moções, quando se tratar de manifestação, de qualquer natureza, relacionada com a temática ambiental;

Resoluções, quando se tratar de deliberação vinculada a diretrizes e normas técnicas, critérios e padrões relativos à
proteção ambiental e ao uso sustentável dos recursos ambientais;

Recomendações, quando se tratar de manifestação a respeito da implementação de políticas, programas públicos e normas
com repercussão na área econômica;

Explicação:

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) é o órgão consultivo e deliberativo do Sistema Nacional do Meio Ambiente
(SISNAMA), instituído pela Lei 6938/81, que dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente (PNMA), regulamentada pelo Decreto
99.274/90. Consideram-se atos do CONAMA:

Resoluções, quando se tratar de deliberação vinculada a diretrizes e normas técnicas, critérios e padrões relativos à proteção
ambiental e ao uso sustentável dos recursos ambientais;

Moções, quando se tratar de manifestação, de qualquer natureza, relacionada com a temática ambiental;

Recomendações, quando se tratar de manifestação a respeito da implementação de políticas, programas públicos e normas com
repercussão na área ambiental;

Proposições, quando se tratar de matéria ambiental;

Decisões, quando se tratar de multas e outras penalidades impostas pelo IBAMA.

2a Questão

De acordo com o Art. 8º, tem-se o texto: Concedida numa determinada fase do planejamento do empreendimento ou atividade
aprovando sua localização e concepção, atestando a viabilidade ambiental e estabelecendo os requisitos básicos e condicionantes a
serem atendidos nas próximas fases de sua implementação. O texto refere-se a qual tipo de licença ambiental?

Licença Preliminar de Operação


Licenciamento Preliminar Ambiental
Licença Prévia
Licença de Operação
Licença de Instalação

Explicação:

O Art. 8º descreve que cabe ao Poder Público, no exercício de sua competência de controle, expedir as seguintes licenças: Licença
prévia, licença de instalação e licença de operação.

3a Questão

A frase: É um ato administrativo pelo qual o órgão ambiental competente estabelece as condições, restrições e medidas de controle
ambiental que deverão ser obedecidas pelo empreendedor, pessoa física ou jurídica..., corresponde a definição de:

Política Nacional do Meio Ambiente


Licença Ambiental
Estudos Ambientais
Aspectos ambientais

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 1/3
20/02/2019 EPS: Alunos
Impacto ambiental

Explicação:

Licença ambiental - Ato administrativo pelo qual o órgão ambiental competente estabelece as condições, restrições e medidas de
controle ambiental que deverão ser obedecidas pelo empreendedor, pessoa física ou jurídica, para localizar, instalar, ampliar e operar
empreendimentos ou atividades que utilizam os recursos ambientais consideradas efetiva ou potencialmente poluidoras ou aquelas
que, sob qualquer forma, possam causar degradação ambiental.

4a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e identifique a sentença falsa.

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) é o órgão consultivo e deliberativo do Sistema Nacional do Meio Ambiente
(SISNAMA), instituído pela Lei 6938/81, que dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente (PNMA), regulamentada pelo Decreto
99.274/90. Consideram-se atos do CONAMA:

Moções, quando se tratar de manifestação, de qualquer natureza, relacionada com a temática socioambiental;

Recomendações, quando se tratar de manifestação a respeito da implementação de políticas, programas públicos e normas
com repercussão na área ambiental;

Decisões, quando se tratar de multas e outras penalidades impostas pelo IBAMA.


Proposições, quando se tratar de matéria ambiental;

Resoluções, quando se tratar de deliberação vinculada a diretrizes e normas técnicas, critérios e padrões relativos à
proteção ambiental e ao uso sustentável dos recursos ambientais;

Explicação:

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) é o órgão consultivo e deliberativo do Sistema Nacional do Meio Ambiente
(SISNAMA), instituído pela Lei 6938/81, que dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente (PNMA), regulamentada pelo Decreto
99.274/90. Consideram-se atos do CONAMA:

Resoluções, quando se tratar de deliberação vinculada a diretrizes e normas técnicas, critérios e padrões relativos à proteção
ambiental e ao uso sustentável dos recursos ambientais;

Moções, quando se tratar de manifestação, de qualquer natureza, relacionada com a temática ambiental;

Recomendações, quando se tratar de manifestação a respeito da implementação de políticas, programas públicos e normas com
repercussão na área ambiental;

Proposições, quando se tratar de matéria ambiental;

Decisões, quando se tratar de multas e outras penalidades impostas pelo IBAMA.

5a Questão

De acordo com o Art. 3o, da Resolução CONAMA 237/97, no caso de entendimento pelo órgão ambiental competente, verificando que
a atividade ou empreendimento não é potencialmente causador de significativa degradação do meio ambiente, o mesmo definirá
que:

Exigirá somente o cronograma do projeto.


Não autorizará a realização de estudos ambientais.
Não exigirá nenhum tipo de documentação.
Não expedirá qualquer dos tipos de licenças ambientais.
O tipo de estudo ambiental pertinente ao respectivo processo de licenciamento.

Explicação:

O Art. 3o trata da licença ambiental para empreendimentos e atividades consideradas efetiva ou potencialmente causadoras de
significativa degradação do meio.

Dependerá de prévio Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e, respectivo, Relatório de Impacto sobre o Meio Ambiente (RIMA), ao qual
se dará publicidade, garantida a realização de audiências públicas, quando couber, de acordo com a regulamentação.

Parágrafo único. O órgão ambiental competente, verificando que a atividade ou o empreendimento não é potencialmente causador de
significativa degradação do meio ambiente, definirá os estudos ambientais pertinentes ao respectivo processo de licenciamento.
http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 2/3
20/02/2019 EPS: Alunos

6a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e identifique a sentença falsa.

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) é o órgão consultivo e deliberativo do Sistema Nacional do Meio Ambiente
(SISNAMA), instituído pela Lei 6938/81, que dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente (PNMA), regulamentada pelo Decreto
99.274/90. Consideram-se atos do CONAMA:

Proposições, quando se tratar de matéria de sustentabilidade;

Resoluções, quando se tratar de deliberação vinculada a diretrizes e normas técnicas, critérios e padrões relativos à
proteção ambiental e ao uso sustentável dos recursos ambientais;

Decisões, quando se tratar de multas e outras penalidades impostas pelo IBAMA.


Moções, quando se tratar de manifestação, de qualquer natureza, relacionada com a temática ambiental;

Recomendações, quando se tratar de manifestação a respeito da implementação de políticas, programas públicos e normas
com repercussão na área ambiental;

Explicação:

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) é o órgão consultivo e deliberativo do Sistema Nacional do Meio Ambiente
(SISNAMA), instituído pela Lei 6938/81, que dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente (PNMA), regulamentada pelo Decreto
99.274/90. Consideram-se atos do CONAMA:

Resoluções, quando se tratar de deliberação vinculada a diretrizes e normas técnicas, critérios e padrões relativos à proteção
ambiental e ao uso sustentável dos recursos ambientais;

Moções, quando se tratar de manifestação, de qualquer natureza, relacionada com a temática ambiental;

Recomendações, quando se tratar de manifestação a respeito da implementação de políticas, programas públicos e normas com
repercussão na área ambiental;

Proposições, quando se tratar de matéria ambiental;

Decisões, quando se tratar de multas e outras penalidades impostas pelo IBAMA.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 3/3
20/02/2019 EPS: Alunos

1a Questão

O Comitê Técnico responsável para elaboração de uma série de normas relacionadas com a Gestão Ambiental, no ano de 1993, foi o:

TC 207
TC 14000
TC ABNT
Comitê da ONU
Comitê Rio Eco 92

Explicação:

Em 1993, surge o TC - 207, comitê técnico para elaboração de uma série de normas relacionadas com a Gestão Ambiental, sendo
composto por 30 países membros (inclusive o Brasil) e 14 observadores.

2a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa indevida.

O sucesso do sistema de Gerenciamento Ambiental depende do comprometimento de todos os níveis e funções, especialmente da
alta administração. Um sistema deste tipo permite a uma organização estabelecer e avaliar a eficácia dos procedimentos destinados
a definir uma política e objetivos ambientais, atingir a conformidade com eles e demonstrá-la a terceiros. Os princípios que
estruturam um Sistema de Gerenciamento Ambiental focam:

Planejamento;

Comprometimento geral;

Análise crítica e melhoria.


Política;

Avaliação qualitativa.

Explicação:

O sucesso do sistema de Gerenciamento Ambiental depende do comprometimento de todos os níveis e funções, especialmente da
alta administração. Um sistema deste tipo permite a uma organização estabelecer e avaliar a eficácia dos procedimentos destinados
a definir uma política e objetivos ambientais, atingir a conformidade com eles e demonstrá-la a terceiros. Os princípios que
estruturam um Sistema de Gerenciamento Ambiental focam:
Política;
Comprometimento geral;
Planejamento;
Implementação;
Medição e avaliação;
Análise crítica e melhoria.

3a Questão

Assinale a opção correta que cita o conjunto de normas que tratam de selos ambientais:

ISO 14031
ISO 14000
ISO 14010
ISO 14020
ISO 14001

Explicação:

ISO 14020 - Conjunto de normas que tratam de selos ambientais.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 1/3
20/02/2019 EPS: Alunos

4a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa indevida.

O sucesso do sistema de Gerenciamento Ambiental depende do comprometimento de todos os níveis e funções, especialmente da
alta administração. Um sistema deste tipo permite a uma organização estabelecer e avaliar a eficácia dos procedimentos destinados
a definir uma política e objetivos ambientais, atingir a conformidade com eles e demonstrá-la a terceiros. Os princípios que
estruturam um Sistema de Gerenciamento Ambiental focam:

Análise crítica e melhoria.


Planejamento;

Premiação.
Implementação;

Política;

Explicação:

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa indevida.

O sucesso do sistema de Gerenciamento Ambiental depende do comprometimento de todos os níveis e funções, especialmente da
alta administração. Um sistema deste tipo permite a uma organização estabelecer e avaliar a eficácia dos procedimentos destinados
a definir uma política e objetivos ambientais, atingir a conformidade com eles e demonstrá-la a terceiros. Os princípios que
estruturam um Sistema de Gerenciamento Ambiental focam:

Política;
Comprometimento geral;
Planejamento;
Implementação;
Medição e avaliação;
Análise crítica e melhoria.

5a Questão

Como exigência da família de normas ISO 14000 a organização deverá priorizar os princípios de:

Proteção ambiental e prevenção da poluição.


Cumprir legislação, prevenir poluição e praticar a melhoria contínua.
Implantar um sistema de gestão ambiental.
Prevenção da poluição e melhoria contínua do desempenho ambiental.
Somente atender aos requisitos legais e outros requisitos.

Explicação:

Pode-se destacar que a relação dos conceitos abordam três temáticas importantes:

- atender aos requisitos legais e outros requisitos;


- prevenção da poluição; e
- melhoria contínua do desempenho ambiental.

6a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa indevida.

O sucesso do sistema de Gerenciamento Ambiental depende do comprometimento de todos os níveis e funções, especialmente da
alta administração. Um sistema deste tipo permite a uma organização estabelecer e avaliar a eficácia dos procedimentos destinados
a definir uma política e objetivos ambientais, atingir a conformidade com eles e demonstrá-la a terceiros. Os princípios que
estruturam um Sistema de Gerenciamento Ambiental focam:

Análise crítica e melhoria.


Implementação;

Planejamento;

Comprometimento da alta gerência;

Política;

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 2/3
20/02/2019 EPS: Alunos

Explicação:

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa indevida.

O sucesso do sistema de Gerenciamento Ambiental depende do comprometimento de todos os níveis e funções, especialmente da
alta administração. Um sistema deste tipo permite a uma organização estabelecer e avaliar a eficácia dos procedimentos destinados
a definir uma política e objetivos ambientais, atingir a conformidade com eles e demonstrá-la a terceiros. Os princípios que
estruturam um Sistema de Gerenciamento Ambiental focam:

Política;
Comprometimento geral;
Planejamento;
Implementação;
Medição e avaliação;
Análise crítica e melhoria.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 3/3
20/02/2019 EPS: Alunos

1a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e indique a afirmativa correta.

Leite (2001) retrata que as causas da geração de Resíduos da Construção Civil (RCC) são diversas e que podem ser avaliadas
quanto: à falta de qualidade de bens e serviços, à urbanização desordenada, ao aumento do poder aquisitivo da população, às
estruturas de concreto mal concebidas, aos desastres naturais e aos desastres provocados pelo homem. Em relação ao aumento do
poder aquisitivo da população podemos afirmar que ...

Isto não permite que as construções passem por adaptações e modificações, gerando mais resíduos.
Isto ocasiona a redução de sua vida útil, pois essas estruturas necessitam de manutenção corretiva, o que gera grandes
volumes de resíduos.
Isto impulsiona o desenvolvimento de novas construções e reformas.
Isto pode dar origem às perdas de materiais, que saem das obras na forma de entulho.
Tais como avalanches, terremotos e tsunamis.

Explicação:

Leite (2001) retrata que as causas da geração de Resíduos da Construção Civil (RCC) são diversas e que podem ser avaliadas
quanto: à falta de qualidade de bens e serviços, à urbanização desordenada, ao aumento do poder aquisitivo da população, às
estruturas de concreto mal concebidas, aos desastres naturais e aos desastres provocados pelo homem. Em relação ao aumento do
poder aquisitivo da população podemos afirmar que isto impulsiona o desenvolvimento de novas construções e reformas.

2a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e indique a afirmativa correta.

Leite (2001) retrata que as causas da geração de Resíduos da Construção Civil (RCC) são diversas e que podem ser avaliadas
quanto: à falta de qualidade de bens e serviços, à urbanização desordenada, ao aumento do poder aquisitivo da população, às
estruturas de concreto mal concebidas, aos desastres naturais e aos desastres provocados pelo homem. Em relação à urbanização
desordenada podemos afirmar que ...

Isto pode dar origem às perdas de materiais, que saem das obras na forma de entulho.
Isto impulsiona o desenvolvimento de novas construções e reformas.
Tais como guerras e bombardeios.
Isto ocasiona a redução de sua vida útil, pois essas estruturas necessitam de manutenção corretiva, o que gera grandes
volumes de resíduos.
Isto permite que as construções passem por adaptações e modificações, gerando mais resíduos.

Explicação:

Leite (2001) retrata que as causas da geração de Resíduos da Construção Civil (RCC) são diversas e que podem ser avaliadas
quanto: à falta de qualidade de bens e serviços, à urbanização desordenada, ao aumento do poder aquisitivo da população, às
estruturas de concreto mal concebidas, aos desastres naturais e aos desastres provocados pelo homem. Em relação à urbanização
desordenada podemos dizer que isto permite que as construções passem por adaptações e modificações, gerando mais resíduos.

3a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e indique a afirmativa correta.

Leite (2001) retrata que as causas da geração de Resíduos da Construção Civil (RCC) são diversas e que podem ser avaliadas
quanto: à falta de qualidade de bens e serviços, à urbanização desordenada, ao aumento do poder aquisitivo da população, às
estruturas de concreto mal concebidas, aos desastres naturais e aos desastres provocados pelo homem. Em relação à falta
de qualidade de bens e serviços podemos afirmar que ...

Tais como avalanches, terremotos e tsunamis.


Isto ocasiona a redução de sua vida útil, pois essas estruturas necessitam de manutenção corretiva, o que gera grandes
volumes de resíduos.
Isto impulsiona o desenvolvimento de novas construções e reformas.
Isto pode dar origem às perdas de materiais, que saem das obras na forma de entulho.
Isto permite que as construções passem por adaptações e modificações, gerando mais resíduos.

Explicação:

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 1/2
20/02/2019 EPS: Alunos
Leite (2001) retrata que as causas da geração de Resíduos da Construção Civil (RCC) são diversas e que podem ser avaliadas
quanto: à falta de qualidade de bens e serviços, à urbanização desordenada, ao aumento do poder aquisitivo da população, às
estruturas de concreto mal concebidas, aos desastres naturais e aos desastres provocados pelo homem. Em relação à falta
de qualidade de bens e serviços podemos afirmar que isto pode dar origem às perdas de materiais, que saem das obras na forma de
entulho.

4a Questão

Qual foi a alteração significativa, estabelecida na Resolução nº 431/2011, quanto a um importante material?

Mudança do amianto de classe A para classe B.


Manutenção do gesso na classe C.
Mudança do gesso de classe A para classe B.
Mudança do amianto de classe C para classe B.
Mudança do gesso de classe C para classe B.

Explicação:

Resolução nº 431/2011 altera o art. 3o da Resolução no 307, de 5 de julho de 2002, do Conselho Nacional do Meio Ambiente-
CONAMA, estabelecendo nova classificação para o gesso de classe C para classe B - Data da legislação: 24/05/2011

5a Questão

A Lei, Resolução ou Norma que classifica o RCC e que insere o amianto como material perigoso na classe D é a seguinte:

Resolução CONAMA nº 448/2012


Resolução CONAMA nº 307/2002
Resolução CONAMA nº 348/2004
Resolução CONAMA nº 431/2011
Norma ABNT NBR 10004:2004

Explicação:

São resíduos perigosos oriundos do processo de construção, tais como tintas, solventes, óleos e outros ou aqueles contaminados ou
prejudiciais à saúde oriundos de demolições, reformas e reparos de clínicas radiológicas, instalações industriais e outros, bem como
telhas e demais objetos e materiais que contenham amianto ou outros produtos nocivos à saúde (Redação dada pela Resolução nº
348/04).

6a Questão

O artigo 5º da Resolução CONAMA nº 307/2002 determina:

É instrumento para a implementação da gestão dos resíduos da construção civil [...], a ser elaborado pelos Municípios e pelo Distrito
Federal.

O texto trata da obrigatoriedade de emissão pelos Municípios e pelo Distrito Federal do seguinte documento:

Protocolo Internacional de Resíduos da Construção Civil


Programa de Gestão de Resíduos da Construção Civil
Norma ABNT NBR 10004:2004
Plano Municipal de Gestão de Resíduos da Construção Civil
Política Nacional de Resíduos

Explicação:

A Resolução CONAMA nº 307/2002 determina:

Art. 5º É instrumento para a implementação da gestão dos resíduos da construção civil o Plano Municipal de Gestão de Resíduos da
Construção Civil, a ser elaborado pelos Municípios e pelo Distrito Federal, em consonância com o Plano Municipal de Gestão Integrada
de Resíduos Sólidos. (nova redação dada pela Resolução 448/12)

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 2/2
20/02/2019 EPS: Alunos

1a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa indevida.

A sucata de ferro retirada da obra é destinada para classificação e separação. Posteriormente, o metal é encaminhado para empresa
devidamente licenciada para ser prensado e encaminhado para as siderúrgicas para ser usado novamente. Na primeira fase do
processo de reciclagem, o metal é separado por tipo e característica. Dessa forma, alumínio, cobre, aço e ferro passam por processos
de reciclagem diferentes. Como tipos de metais recicláveis, são obtidos:

Ferragens.

Fios de metal.
Pregos e parafusos.
Arames sintéticos.
Ferramentas de metal.

Explicação:

A sucata de ferro retirada da obra é destinada para classificação e separação. Posteriormente, o metal é encaminhado para empresa
devidamente licenciada para ser prensado e encaminhado para as siderúrgicas para ser usado novamente. Na primeira fase do
processo de reciclagem, o metal é separado por tipo e característica. Dessa forma, alumínio, cobre, aço e ferro passam por processos
de reciclagem diferentes. Como tipos de metais recicláveis, são obtidos:
Arames;
Pregos e parafusos;
Fios de metal;
Chapas de metal;

Objetos de alumínio - janelas, portas, portões etc.;


Fios e objetos de cobre;
Ferragens;
Tubos de metal;
Ferramentas de metal etc.

2a Questão

A legislação que está associada diretamente à viabilidade técnica e econômica de produção e uso de materiais provenientes da
reciclagem de resíduos da construção civil é a:

Norma ABNT NBR 10004/2004


Norma ABNT NBR 14724/2005
Resolução CONAMA nº 307/2002
Lei nº 6.938/1981
Resolução CONAMA nº 448/2012

Explicação:

A legislação que trata da [...] viabilidade técnica e econômica de produção e uso de materiais provenientes da reciclagem de resíduos
da construção civil é a Lei nº 6.938/1981

3a Questão

Leia o trecho a seguir da Resolução nº 448/2012: Deverão ser armazenados, transportados e destinados em conformidade com as
normas técnicas específicas.
Esse fragmento de texto se refere à seguinte classificação:

Classe A.
Classe D.
Classe B.
Classe C.
Classe E.

Explicação:

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 1/3
20/02/2019 EPS: Alunos
A partir do trecho a seguir da Resolução nº 448/2012: Deverão ser armazenados, transportados e destinados em conformidade com
as normas técnicas específicas - temos a classificação - classe C.

4a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa correta.

A reciclagem busca transformar objetos materiais descartados em novos produtos para o consumo, uma vez que o ser humano
necessita conviver em harmonia com o planeta Terra, visando à sustentabilidade. As soluções tecnológicas para a reciclagem de
Resíduos Sólidos da Construção Civil (RSCC) variam em função do tipo de resíduo a ser tratado. Por isso, é importante desenvolver e
aplicar técnicas de reciclagem no âmbito da Construção Civil. As usinas de reciclagem de RCC podem ser divididas em duas
categorias, de acordo com sua mobilidade, a usina fixa e a usina móvel. Uma Usina de Reciclagem Móvel de Resíduos da Construção
Civil (URM-RCC) é formada, basicamente, por três componentes entre os quais podemos citar:

Um caminhão do tipo basculante.


Uma peneira rotatória móvel normalmente atracada como reboque no caminhão.
Uma britadeira fixa normalmente atracada como reboque no caminhão.
Uma peneira móvel autônoma.
Uma britadeira fixa.

Explicação:

A reciclagem busca transformar objetos materiais descartados em novos produtos para o consumo, uma vez que o ser humano
necessita conviver em harmonia com o planeta Terra, visando à sustentabilidade. As soluções tecnológicas para a reciclagem de
Resíduos Sólidos da Construção Civil (RSCC) variam em função do tipo de resíduo a ser tratado. Por isso, é importante desenvolver e
aplicar técnicas de reciclagem no âmbito da Construção Civil. As usinas de reciclagem de RCC podem ser divididas em duas
categorias, de acordo com sua mobilidade, a usina fixa e a usina móvel. Uma Usina de Reciclagem Móvel de Resíduos da Construção
Civil (URM-RCC) é formada, basicamente, por três componentes:
Um caminhão do tipo Roll On Roll Off;
Uma britadeira móvel;
Uma peneira rotatória móvel normalmente atracada como reboque no caminhão.

5a Questão

Após a reciclagem, o material oriundo de RCC que é destinado à indústria cimenteira e ao agronegócio no uso como fertilizante é o:

Metal.
Papel.
Gesso.
Plástico.
Madeira.

Explicação:

Após a reciclagem, o material oriundo de RCC que é destinado à indústria cimenteira e ao agronegócio no uso como fertilizante é o
gesso.

6a Questão

A versão reciclada do rachão substitui totalmente a convencional em qualquer aplicação, inclusive para gabiões. Esse produto é
obtido por meio do processo de reciclagem do seguinte material:

Papelão.
Gesso.
Madeira.
Plástico.
Concreto.

Explicação:

A versão reciclada do rachão substitui totalmente a convencional em qualquer aplicação, inclusive para gabiões. Esse produto é
obtido por meio do processo de reciclagem do material concreto.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 2/3
20/02/2019 EPS: Alunos

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 3/3
20/02/2019 EPS: Alunos

1a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa indevida.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) oficializou a responsabilidade compartilhada de toda a sociedade na gestão dos
resíduos sólidos urbanos. A cada setor, foram atribuídos diferentes papéis a fim de solucionar ou mitigar os problemas relacionados
aos resíduos sólidos. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), são objetivos da responsabilidade compartilhada:

Redução da poluição.
Redução do desperdício de materiais.
Redução da geração de resíduos sólidos.

Estímulo ao desenvolvimento de mercados, produção e consumo de novos produtos.


Redução dos danos ambientais.

Explicação:

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) oficializou a responsabilidade compartilhada de toda a sociedade na gestão dos
resíduos sólidos urbanos. A cada setor, foram atribuídos diferentes papéis a fim de solucionar ou mitigar os problemas relacionados
aos resíduos sólidos. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), são objetivos da responsabilidade compartilhada:

Redução da geração de resíduos sólidos;


Redução do desperdício de materiais;
Redução da poluição;
Redução dos danos ambientais;
Estímulo ao desenvolvimento de mercados, produção e consumo de produtos derivados de materiais reciclados e recicláveis.

2a Questão

A elaboração do PGRS está estabelecida na legislação em conformidade com a:

Plano Nacional do Meio Ambiente.


Política Nacional de Resíduos Sólidos.
Norma ABNT NBR 6023/2002.
Norma ABNT NBR 10004/2004.
Política Nacional do Meio Ambiente.

Explicação:

A elaboração do PGRS está estabelecida na legislação em conformidade com a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

3a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa indevida.

Os planos de gestão sob responsabilidade dos entes federados (governos federais, estaduais e municipais) devem tratar de questões
como coleta seletiva, reciclagem, inclusão social e participação da sociedade civil. A gestão integrada também envolve os resíduos
dos seguintes setores:

Comércio.
Fronteiras.

Serviços de saúde.

Agrossilvopastoris.
Construção Civil.

Explicação:

Os planos de gestão sob responsabilidade dos entes federados (governos federais, estaduais e municipais) devem tratar de questões
como coleta seletiva, reciclagem, inclusão social e participação da sociedade civil. A gestão integrada também envolve os resíduos
de:

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 1/3
20/02/2019 EPS: Alunos

Serviços de saúde;
Construção Civil;
Mineração;
Portos;
Aeroportos;
Fronteiras;
Industriais;
Agrossilvopastoris.

4a Questão

Analise os seguintes aspectos: Redução da geração de resíduos sólidos; Redução do desperdício de materiais; Redução da
poluição; Redução dos danos ambientais; Estímulo ao desenvolvimento de mercados e Produção e consumo de produtos derivados
de materiais reciclados e recicláveis. Esses critérios são definidos conforme o estabelecido pelo(a):

Responsabilidade compartilhada.
Responsabilidade solidária.
Plano de Gestão do Meio Ambiente.
Política Nacional do Meio Ambiente.
Responsabilidade solidária ambiental.

Explicação:

Os critérios: Redução da geração de resíduos sólidos; Redução do desperdício de materiais; Redução da poluição; Redução dos danos
ambientais; Estímulo ao desenvolvimento de mercados e Produção e consumo de produtos derivados de materiais reciclados e
recicláveis são definidos conforme o estabelecido pela Responsabilidade compartilhada.

5a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa indevida.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), a gestão integrada dos resíduos sólidos inclui todas as ações voltadas à busca
de soluções para os resíduos sólidos, incluindo os planos:

Estaduais.
De planejamento e controle.
Nacionais.

Intermunicipais.

Microrregionais.

Explicação:

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), a gestão integrada dos resíduos sólidos inclui todas as ações voltadas à busca
de soluções para os resíduos sólidos, incluindo os planos:

Nacionais;
Estaduais;
Microrregionais;
Intermunicipais;
Municipais;
De gerenciamento.

6a Questão

A legislação que classifica o RCC e que insere o gesso como material reciclável na classe B é a seguinte:

Resolução CONAMA nº 438/2012.


Resolução CONAMA nº 307/2002.
Resolução CONAMA nº 207/2002.
NBR 14000:2004.
Resolução CONAMA nº 431/2011.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 2/3
20/02/2019 EPS: Alunos

Explicação:

A legislação que classifica o RCC e que insere o gesso como material reciclável na classe B é a Resolução CONAMA nº 431/2011.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 3/3
20/02/2019 EPS: Alunos

1a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa indevida.

Os projetos para construções sustentáveis deverão buscar o máximo de conforto para seus habitantes ou usuários, gerando o
mínimo impacto possível. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), para isso, devem ser considerados, entre outros
fatores do ambiente ou edificação, aspectos como:

Características dos ventos.


Entorno construído.
Geologia.
Posição geográfica.
Altitude.

Explicação:

Os projetos para construções sustentáveis deverão buscar o máximo de conforto para seus habitantes ou usuários, gerando o
mínimo impacto possível. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), para isso, devem ser considerados, entre outros
fatores do ambiente ou edificação, aspectos como: Geologia, Altitude, Entorno construído, Insolação, Posição geográfica,
Comportamento dos ventos na área e Características do terreno.

2a Questão

A norma brasileira da ABNT que descreve as diretrizes e os requisitos sobre desempenho da edificação habitacional é a seguinte:

NBR 15575
NBR 9002
NBR ISO 6241
NBR 1000
NBR 9001

Explicação:

A norma brasileira da ABNT que descreve as diretrizes e os requisitos sobre desempenho da edificação habitacional é a NBR 15575.

3a Questão

A NBR 15575/2013 está distribuída em partes para favorecer os métodos de verificação. Assinale a opção que não pertence a essa
norma:

Desempenho térmico.
Custos.
Desempenho estrutural.
Desempenho acústico.
Desempenho lumínico.

Explicação:

A NBR 15575/2013 está distribuída em partes para favorecer os métodos de verificação. A NBR 15575-1/2013 prevê para edifícios
habitacionais 12 exigências de desempenho, as quais foram adaptadas para a realidade brasileira e estão baseadas na International
Organization for Standardization (ISO) - Organização Internacional de Normalização (ISO 6241/1984). A opção que não pertence a
essa norma é custos.

4a Questão

A norma NBR 15575/2013 define que a edificação deve propiciar condições de salubridade, considerando umidade e temperatura. O
item a ser avaliado tem a aplicação do critério de:

Estanqueidade.
Saúde, higiene e qualidade do ar.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 1/2
20/02/2019 EPS: Alunos
Acústica.
Lumínico.
Térmica.

Explicação:

A norma NBR 15575/2013 define que a edificação deve propiciar condições de salubridade, considerando umidade e temperatura. O
item a ser avaliado tem a aplicação do critério de Térmica.

5a Questão

De acordo com a norma NBR 15575/2013 os critérios de desempenho foram estabelecidos com base em condições naturais de
insolação e ventilação, excluindo condicionamentos artificiais, como refrigeração ou calefação. Este trecho diz respeito ao (à):

Térmica.
Lumínico.
Acústica.
Saúde, higiene e qualidade do ar.
Estanqueidade.

Explicação:

De acordo com a norma NBR 15575/2013 os critérios de desempenho foram estabelecidos com base em condições naturais de
insolação e ventilação, excluindo condicionamentos artificiais, como refrigeração ou calefação. Este trecho diz respeito à Térmica.

6a Questão

Os requisitos adotados em determinada norma ISO de avaliação de desempenho visam verificar aspectos de uma edificação quanto à
resistência ao fogo, à utilização e aos custos. Estamos nos referindo à norma:

ISO 14001
ISO 6241
ISO 9001
ISO 9002
ISO 15575

Explicação:

Os requisitos adotados em determinada norma ISO de avaliação de desempenho visam verificar aspectos de uma edificação quanto à
resistência ao fogo, à utilização e aos custos. Estamos nos referindo à norma ISO 6241.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 2/2
20/02/2019 EPS: Alunos

1a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa indevida.

O reúso das águas residuais só é permitido se forem seguidas as normas que medem o grau de impureza da água não potável, para
que esta não prejudique a saúde dos usuários. De acordo com a norma ABNT NBR 13969/1997, as águas são classificadas conforme
o uso (FERREIRA; FRAGA; ZUQUI, 2012) em classes. Em relação à classe 1 podemos afirmar:

Uso previsto para lavagem de carros e outros fins que requerem contato direto do usuário com a água. Deve possuir, entre
outros aspectos:

- Turbidez inferior a 5;
- Cloro residual entre 0,5 mg/L e 1,5 mgL.
Uso previsto para lavagem de carros e outros fins que requerem contato direto do usuário com a água. Deve possuir, entre
outros aspectos:

- Sólidos dissolvidos totais inferiores a 200 mg/L;


- pH entre 6 e 8;

Uso previsto para lavagem de carros e outros fins que requerem contato direto do usuário com a água. Deve possuir,entre
outros aspectos:

- Turbidez inferior a 5;
- Coliformes fecais inferiores a 200 NMP/100 ml;

Uso previsto para lavagem de carros e outros fins que requerem contato direto do usuário com a água. Deve possuir, entre
outros aspectos:

- Coliformes fecais inferiores a 200 NMP/100 ml;


- pH entre 6 e 8;

Uso previsto para lavagem de carros e outros fins que requerem contato direto do usuário com a água. Deve possuir, entre
outros aspectos:

- Coliformes fecais inferiores a 500 NMP/100 ml;


- Cloro residual entre 0,5 mg/L e 1,5 mgL.

Explicação:

Classe 1 - Uso previsto para lavagem de carros e outros fins que requerem contato direto do usuário com a água. Deve possuir:

- Turbidez inferior a 5;
- Coliformes fecais inferiores a 200 NMP/100 ml;
- Sólidos dissolvidos totais inferiores a 200 mg/L;
- pH entre 6 e 8;
- Cloro residual entre 0,5 mg/L e 1,5 mgL.

2a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa correta.

O reúso da água pode ocorrer de forma direta ou indireta, por meio de ações planejadas ou não. De acordo com a Organização
Mundial da Saúde (OMS) o reúso indireto ocorre na seguinte condição:

Reúso da água internamente às instalações industriais, cujo objetivo é economizar água e controlar a poluição.
Uso planejado e deliberado de esgotos tratados para certas finalidades.
Quando a água já usada, uma ou mais vezes para fim doméstico e industrial, é descarregada nas águas superficiais ou
subterrâneas e utilizada novamente a montante, de forma diluída.
Quando a água já usada, uma ou mais vezes para fim doméstico e industrial, é descarregada nas águas superficiais ou
subterrâneas e utilizada novamente a jusante, de forma diluída.
Reúso da água externamente às instalações industriais, cujo objetivo é economizar água e controlar a poluição

Explicação:

O reúso da água pode ocorrer de forma direta ou indireta, por meio de ações planejadas ou não. De acordo com a Organização
Mundial da Saúde (OMS) o reúso indireto ocorre quando a água já usada, uma ou mais vezes para fim doméstico e industrial, é
descarregada nas águas superficiais ou subterrâneas e utilizada novamente a jusante, de forma diluída.

3a Questão

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 1/3
20/02/2019 EPS: Alunos

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa correta.

O reúso da água pode ocorrer de forma direta ou indireta, por meio de ações planejadas ou não. De acordo com a Organização
Mundial da Saúde (OMS) o reúso direto ocorre na seguinte condição:

Quando a água já usada, uma ou mais vezes para fim doméstico e industrial, é descarregada nas águas superficiais ou
subterrâneas e utilizada novamente a jusante, de forma diluída.
Reúso da água internamente às instalações industriais, cujo objetivo é economizar água e controlar a poluição.
Uso planejado e deliberado de esgotos tratados para certas finalidades.
Reúso da água externamente às instalações industriais, cujo objetivo é economizar água e controlar a poluição.
Quando a água já usada, uma ou mais vezes para fim doméstico e industrial, é descarregada nas águas superficiais ou
subterrâneas e utilizada novamente a montante, de forma diluída.

Explicação:

O reúso da água pode ocorrer de forma direta ou indireta, por meio de ações planejadas ou não. De acordo com a Organização
Mundial da Saúde (OMS) o reúso direto é o uso planejado e deliberado de esgotos tratados para certas finalidades, tais como:

Irrigação;
Uso industrial;
Recarga de aquífero e água potável.

4a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa correta.

O reúso da água pode ocorrer de forma direta ou indireta, por meio de ações planejadas ou não. De acordo com a Organização
Mundial da Saúde (OMS) a reciclagem interna ocorre na seguinte condição:

Quando a água já usada, uma ou mais vezes para fim doméstico e industrial, é descarregada nas águas superficiais ou
subterrâneas e utilizada novamente a jusante, de forma diluída.
Uso planejado e deliberado de esgotos tratados para certas finalidades.
Quando a água já usada, uma ou mais vezes para fim doméstico e industrial, é descarregada nas águas superficiais ou
subterrâneas e utilizada novamente a montante, de forma diluída.
Reúso da água externamente às instalações industriais, cujo objetivo é economizar água e controlar a poluição.
Reúso da água internamente às instalações industriais, cujo objetivo é economizar água e controlar a poluição.

Explicação:

O reúso da água pode ocorrer de forma direta ou indireta, por meio de ações planejadas ou não. De acordo com a Organização
Mundial da Saúde (OMS) a reciclagem interna é o reúso da água internamente às instalações industriais, cujo objetivo é economizar
água e controlar a poluição.

5a Questão

Observe atentamente o texto a seguir e assinale a afirmativa indevida.

O reúso das águas residuais só é permitido se forem seguidas as normas que medem o grau de impureza da água não potável, para
que esta não prejudique a saúde dos usuários. De acordo com a norma ABNT NBR 13969/1997, as águas são classificadas conforme
o uso (FERREIRA; FRAGA; ZUQUI, 2012) em classes.

Classe 2 - Uso previsto para lavagem de pisos, calçadas e irrigação dos jardins, manutenção dos lagos e canais para fins
paisagísticos, EXCETO chafarizes. Deve possuir:
- Turbidez inferior a 5;
- Coliformes fecais inferiores a 500 NMP/100 ml;
- Cloro residual superior a 0,5 mg/L.
Classe 3 - Uso previsto para reúso em descargas dos vasos sanitários. Deve possuir turbidez inferior a 10 e coliformes fecais
inferiores a 500 NMP/100 ml.
Classe 4 - Uso previsto para reúso em pomares, cereais, forragens, pastagens para gados e outros cultivos. Deve possuir
coliformes fecais inferiores a 5000 NMP/100ml.
Classe 4 - Uso previsto para reúso em descargas dos vasos sanitários. Deve possuir turbidez inferior a 10 e coliformes fecais
inferiores a 500 NMP/100 ml.
Classe 1 - Uso previsto para lavagem de carros e outros fins que requerem contato direto do usuário com a água. Deve
possuir:
- Turbidez inferior a 5;
- Coliformes fecais inferiores a 200 NMP/100 ml;
- Sólidos dissolvidos totais inferiores a 200 mg/L;
- pH entre 6 e 8;
- Cloro residual entre 0,5 mg/L e 1,5 mgL.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 2/3
20/02/2019 EPS: Alunos

Explicação:

O reúso das águas residuais só é permitido se forem seguidas as normas que medem o grau de impureza da água não potável, para
que esta não prejudique a saúde dos usuários. De acordo com a norma ABNT NBR 13969/1997, as águas são classificadas conforme
o uso (FERREIRA; FRAGA; ZUQUI, 2012) em classes.

Classe 1 - Uso previsto para lavagem de carros e outros fins que requerem contato direto do usuário com a água. Deve possuir:
- Turbidez inferior a 5;
- Coliformes fecais inferiores a 200 NMP/100 ml;
- Sólidos dissolvidos totais inferiores a 200 mg/L;
- pH entre 6 e 8;
- Cloro residual entre 0,5 mg/L e 1,5 mgL

Classe 2 - Uso previsto para lavagem de pisos, calçadas e irrigação dos jardins, manutenção dos lagos e canais para fins
paisagísticos, EXCETO chafarizes. Deve possuir:
- Turbidez inferior a 5;
- Coliformes fecais inferiores a 500 NMP/100 ml;
- Cloro residual superior a 0,5 mg/L.

Classe 3 - Uso previsto para reúso em descargas dos vasos sanitários. Deve possuir turbidez inferior a 10 e coliformes fecais
inferiores a 500 NMP/100 ml.

Classe 4 - Uso previsto para reúso em pomares, cereais, forragens, pastagens para gados e outros cultivos. Deve possuir coliformes
fecais inferiores a 5000 NMP/100ml.

6a Questão

De acordo com a norma ABNT NBR 13969/1997, as águas são classificadas de acordo com o uso em determinada classe. O uso
previsto para reúso em pomares, cereais, forragens, pastagens para gados e outros cultivos, cujo controle de coliformes fecais é
inferior a 5000 NMP/100 ml, refere-se à abordagem da(s) classe(s):

1 e 4.
4
1
1 e 3.
3

Explicação:

O reúso das águas residuais só é permitido se forem seguidas as normas que medem o grau de impureza da água não potável, para
que esta não prejudique a saúde dos usuários. De acordo com a norma ABNT NBR 13969/1997, as águas são classificadas de acordo
com o uso em determinada classe. O uso previsto para reúso em pomares, cereais, forragens, pastagens para gados e outros
cultivos, cujo controle de coliformes fecais é inferior a 5000 NMP/100 ml, refere-se à abordagem da(s) classe(s) 4.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 3/3
20/02/2019 EPS: Alunos

1a Questão

O processo extrativo do plástico verde deve-se às tecnologias que permitem a fabricação do mesmo através da (o):

Argila.
Etanol.
Madeira.
Celulose.
Polietileno.

Explicação:

O processo extrativo do plástico verde deve-se às tecnologias que permitem a fabricação do mesmo através do etanol.

2a Questão

Assinale a alternativa que completa corretamente o texto a seguir.

Para atendimento a legislação ambiental, determina-se que esse material seja obtido em processo de extração nas jazidas que sejam
certificadas em conformidade com normas específicas. Outro aspecto importante trata da não existência de toxinas e da
característica hipoalergênica, além de impedir o surgimento de bactérias do mofo e absorver ....

H2O e N2
O2
CO2.
N2 e O2
N2

Explicação:

Para atendimento a legislação ambiental, determina-se que esse material seja obtido em processo de extração nas jazidas que sejam
certificadas em conformidade com normas específicas. Outro aspecto importante trata da não existência de toxinas e da
característica hipoalergênica, além de impedir o surgimento de bactérias do mofo e absorver CO2.

3a Questão

A construção sustentável também chamada de natural oferece uma maneira de construir uma casa com materiais renováveis,
naturais e disponíveis localmente, ao contrário dos produtos industriais ou artificiais. De acordo com o Programa Cidades
Sustentáveis, enquadram-se nesta categoria vários sistemas e materiais, tais como: Stormwall, Cobertura GR Green, Biobric, etc ...
Stormwall significa:

Material isolante à base de fungos que substitui a utilização de espumas plásticas.


Sistema de paredes, piso e forro estruturais que substituem o uso de drywall. Absorvem mais de três vezes a quantidade de
CO2 emitida em sua cadeia de produção.
Painéis de palha para construções pré-fabricadas de custo acessível e bom isolamento.
Opção de isolante feito com lã de ovelha, que utiliza pouca energia na produção e que é seguro para pessoas, ambiente e
animais. A lã ainda absorve poluentes do ar e é de difícil combustão em caso de incêndio.
Materiais biodegradáveis ou recicláveis, também utilizados em construções pré-montadas. Dispensam o uso de água e
podem ser desmontados e reutilizados em nova construção.

Explicação:

A construção sustentável também chamada de natural oferece uma maneira de construir uma casa com materiais renováveis,
naturais e disponíveis localmente, ao contrário dos produtos industriais ou artificiais. De acordo com o Programa Cidades
Sustentáveis, enquadram-se nesta categoria vários materiais, tais como: Stormwall, Cobertura GR Green, Biobric, etc ... Stormwall é
um sistema de paredes, piso e forro estruturais que substituem o uso de drywall. Absorvem mais de três vezes a quantidade de CO2
emitida em sua cadeia de produção.

4a Questão

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 1/2
20/02/2019 EPS: Alunos

A construção sustentável também chamada de natural oferece uma maneira de construir uma casa com materiais renováveis,
naturais e disponíveis localmente, ao contrário dos produtos industriais ou artificiais. De acordo com o Programa Cidades
Sustentáveis, enquadram-se nesta categoria vários sistemas e materiais, tais como: Ecococon, Cobertura GR Green, Biobric, etc ...
Ecococon significa:

Material isolante à base de fungos que substitui a utilização de espumas plásticas.


Painéis de palha para construções pré-fabricadas de custo acessível e bom isolamento.
Opção de isolante feito com lã de ovelha, que utiliza pouca energia na produção e que é seguro para pessoas, ambiente e
animais. A lã ainda absorve poluentes do ar e é de difícil combustão em caso de incêndio.
Sistema de paredes, piso e forro estruturais que substituem o uso de drywall. Absorvem mais de três vezes a quantidade de
CO2 emitida em sua cadeia de produção.
Materiais biodegradáveis ou recicláveis, também utilizados em construções pré-montadas. Dispensam o uso de água e
podem ser desmontados e reutilizados em nova construção.

Explicação:

A construção sustentável também chamada de natural oferece uma maneira de construir uma casa com materiais renováveis,
naturais e disponíveis localmente, ao contrário dos produtos industriais ou artificiais. De acordo com o Programa Cidades
Sustentáveis, enquadram-se nesta categoria vários sistemas e materiais, tais como: Ecococon, Cobertura GR Green, Biobric, etc ...
Ecococon são painéis de palha para construções pré-fabricadas de custo acessível e bom isolamento.

5a Questão

A construção sustentável também chamada de natural oferece uma maneira de construir uma casa com materiais renováveis,
naturais e disponíveis localmente, ao contrário dos produtos industriais ou artificiais. De acordo com o Programa Cidades
Sustentáveis, enquadram-se nesta categoria vários sistemas e materiais, tais como: Ecovative, Cobertura GR Green, Biobric, etc ...
Ecovative significa:

Painéis de palha para construções pré-fabricadas de custo acessível e bom isolamento.


Material isolante à base de fungos que substitui a utilização de espumas plásticas.
Opção de isolante feito com lã de ovelha, que utiliza pouca energia na produção e que é seguro para pessoas, ambiente e
animais. A lã ainda absorve poluentes do ar e é de difícil combustão em caso de incêndio.
Materiais biodegradáveis ou recicláveis, também utilizados em construções pré-montadas. Dispensam o uso de água e
podem ser desmontados e reutilizados em nova construção.
Sistema de paredes, piso e forro estruturais que substituem o uso de drywall. Absorvem mais de três vezes a quantidade de
CO2 emitida em sua cadeia de produção.

Explicação:

A construção sustentável também chamada de natural oferece uma maneira de construir uma casa com materiais renováveis,
naturais e disponíveis localmente, ao contrário dos produtos industriais ou artificiais. De acordo com o Programa Cidades
Sustentáveis, enquadram-se nesta categoria vários materiais, tais como: Ecovative, Cobertura GR Green, Biobric, etc ... Ecovative
é um material isolante à base de fungos que substitui a utilização de espumas plásticas.

6a Questão

Leia atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa indevida.

A construção sustentável também chamada de natural oferece uma maneira de construir uma casa com materiais renováveis,
naturais e disponíveis localmente, ao contrário dos produtos industriais ou artificiais. Esses materiais permitem reduzir os custos a
médio prazo. Como consequência, a poluição também diminui. Como exemplo temos:

Bloco de concreto comum perfurado.


Sistema modular concreto PVC.
Embalagem longa vida.
Concreto reciclável.
Tijolo de barro maciço.

Explicação:

A construção sustentável também chamada de natural oferece uma maneira de construir uma casa com materiais renováveis,
naturais e disponíveis localmente, ao contrário dos produtos industriais ou artificiais. Esses materiais permitem reduzir os custos a
médio prazo. Como consequência, a poluição também diminui. Como exemplos temos: concreto reciclável, sistema modular concreto
PVC, tijolo de barro maciço e embalagem longa vida.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 2/2
20/02/2019 EPS: Alunos

1a Questão

Observe atentamente o contexto a seguir e aponte a alternativa verdadeira.

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. No tocante a materiais de construção de baixo
impacto ambiental ele argumenta que ...

A ideia é projetar e planejar áreas que possam funcionar com iluminação natural.
O custo de alguns desses materiais pode ser um pouco mais elevado a princípio, mas, em longo prazo, eles exigem menos
manutenção.
Solução mais econômica e sustentável, que diminui o volume de água jogado nas vias públicas, prevenindo enchentes.
Além de facilitar a drenagem da água da chuva, a técnica de arquitetura que utiliza cobertura vegetal como grama e plantas
fornece isolamento acústico e térmico.
Os entulhos dos canteiros de obras respondem por uma parcela significativa dos impactos causados pela Construção Civil no
meio ambiente.

Explicação:

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. No tocante a materiais de construção de baixo
impacto ambiental ele argumenta que o custo de alguns desses materiais pode ser um pouco mais elevado a princípio, mas, em
longo prazo, eles exigem menos manutenção.

2a Questão

Filha (2013) cita que o setor de Construção Civil pode ser dividido em:

Planejamento e controle.
Planejamento, controle e edificações.
Edificações em geral.
Edificação e construção pesada.
Somente construção pesada.

Explicação:

Para Filha (2013) , os fatores determinantes da competitividade variam de acordo com cada subsetor estudado: edificação
(separando-se residencial de comercial) e construção pesada.

3a Questão

Uma vez considerado o contexto a seguir assinale a alternativa verdadeira.

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. Com relação ao isolamento térmico ele
argumenta que um bom e correto isolamento térmico ....

O custo de alguns desses materiais pode ser um pouco mais elevado a princípio, mas, em longo prazo, eles exigem menos
manutenção.
Evita perdas de calor no inverno e ganhos de calor no verão
http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 1/3
20/02/2019 EPS: Alunos

Evita que a umidade do ar afete o conforto dos moradores e a necessidade de manutenção de obras futuras.
É uma tendência mundial, pois reduz a poluição e o trânsito.
Além de facilitar a drenagem da água da chuva fornece isolamento acústico.

Explicação:

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. Com relação ao isolamento térmico ele
argumenta que um bom e correto isolamento térmico evita perdas de calor no inverno e ganhos de calor no verão.

4a Questão

A abordagem do conceito universal de sustentabilidade também enfatiza a relação dos seguintes aspectos:

Ambiental, social e organizacional.


Econômico e social.
Políticos.
Ambiental e social.
Econômico, social e ambiental.

Explicação:

A palavra sustentabilidade tornou-se uma realidade na vida da sociedade em geral, considerando que se configura no cenário
mundial e é disseminada entre vários países. Neste novo milênio, a necessidade de apresentar os princípios, assim como
implementar as práticas, evidencia cada vez mais o assunto.

O conceito de sustentabilidade ambiental foi introduzido, inicialmente, em 1987 pela World Commission on Environment and
Development (WCED) - uma comissão formada por membros da ONU com o intuito de unir países em torno do desenvolvimento
sustentável.

A abordagem foca os princípios referentes a sustentabilidade nas esferas econômica, social e ambiental dentro dos interesses da
sociedade do governo, das organizações e demais partes interessadas.

5a Questão

De acordo com a Resolução nº 01/1986 do CONAMA, um dos instrumentos para analisar os impactos ao meio ambiente é:

Relatórios Ambientais.
Lei da Educação Ambiental.
Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.
Avaliação de Impacto Ambiental.
Política Nacional do Meio Ambiente.

Explicação:

Giongo, Mendes e Santos (2015) afirmam que, no Brasil, até a década de 1980, a realização de projetos de desenvolvimento estava
atrelada apenas às avaliações técnicas e econômicas, sem considerar os impactos ambientais e os interesses públicos direcionados à
obra.

Um dos controles implantados, o licenciamento ambiental, por exemplo, foi introduzido no Brasil pela PNMA por meio da Lei nº
6.938/1981 e do instrumento de Avaliação de Impacto Ambiental (AIA), criado em 1981.

No entanto, a ferramenta foi regulamentada apenas com a Resolução nº 01/1986 do CONAMA, que estabeleceu as definições,
responsabilidades, critérios e diretrizes gerais de uso e implantação. Com base nessa resolução, a AIA foi vinculada ao licenciamento
ambiental, especificamente como um instrumento de avaliação de impactos no Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e seu respectivo
relatório (RIMA).

6a Questão

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 2/3
20/02/2019 EPS: Alunos

Observe atentamente o texto a seguir e assinale a alternativa verdadeira.

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. No tocante a gestão de resíduos ele argumenta
que ....

A ideia é projetar e planejar áreas que possam funcionar com iluminação natural. Assim, é possível minimizar o uso da
artificial.
Além de facilitar a drenagem da água da chuva a técnica fornece isolamento acústico e térmico.
O custo de alguns desses materiais pode ser um pouco mais elevado a princípio, mas, em longo prazo, eles exigem menos
manutenção.
Solução mais econômica e sustentável, que diminui o volume de água jogado nas vias públicas, prevenindo enchentes.
Respondem por uma parcela significativa dos impactos causados pela Construção Civil no meio ambiente.

Explicação:

Hoje, vemos uma grande mudança na mentalidade dos consumidores, que estão muito mais preocupados com questões ambientais e
com qualidade de vida. Alarmado com essa transformação, o mercado vem se adequando a esse pensamento de sustentabilidade na
Construção Civil.

As crises hídrica e energética que se instalaram no país não são a única justificativa para que a demanda por sustentabilidade na
Construção Civil cresça (SIENGE, 2015).

Sienge (2015) nos oferece 10 dicas de como tornar um empreendimento sustentável. No tocante a gestão de resíduos ele argumenta
que os entulhos dos canteiros de obras respondem por uma parcela significativa dos impactos causados pela Construção Civil no
meio ambiente.

http://simulado.estacio.br/alunos/?user_cod=1441001&user_matr=201602464201 3/3