Você está na página 1de 50

Herbicidas:

Conceitos e Mecanismos de
Ação

Profa. Dra. Naiara Guerra


Características Gerais
• Herbicidas não seletivos
• Dessecantes
• Considerados produtos de contato
• Sintomas fitotoxicidade: manifestam-se rapidamente –
morte após 1 a 2 dias
• Produtos altamente tóxico para mamíferos, inclusive
humanos
• Necessitam de boa cobertura, espalhantes adesivos
•ABSORÇÃO: Produtos de contato. São rapidamente
absorvido pelas folhas, não sendo afetados por chuvas que
ocorram 2 horas após a aplicação
• Não são absorvidos pelas raízes devido a forte adsorção as
argilas

• TRANSLOCAÇÃO: Limitada exclusivamente via xilema, a


rápida ação dessas moléculas limita a sua própria
translocação
Modo de ação
• Funcionam como aceptores de elétrons no FS I
• Formam radicais livres
• Interceptação de elétrons = paralisa a redução de ferrodoxina
e demais reações
Inibidor do FSI

Roman et al. (2007)


• Inibidores do FSII retardam a ação do paraquat e diquat
A morte da planta ocorre devido a soma de inúmeros
processos de desequilíbrio bioquímico
• Produção de radicais livres
• Ruptura de membranas CLOROSE
NECROSE
• Oxidação de clorofilas MORTE
• Destruição dos ácidos graxos no tilacóide
BP repassa os elétrons para o oxigênio
Sintomas
• São observados poucas horas após a aplicação,
principalmente se as plantas estiverem expostas a incidência
direta do solo

Maciel, 2002
Vídeo Paraquat
Seletividade
• Não são seletivos

• Possibilidade de serem seletivos através da aplicação


em jato dirigido

• Paraquat – maior ação em folhas estreitas


• Diquat – maior ação em folhas largas
Utilização

• Operação de manejo em áreas de semeadura direta


• Áreas não cultivadas (rodovias, ferrovias, etc)
• Renovação de pastagens
• Áreas aquáticas (Reglone)
• Dessecação pré-colheita
• Jato dirigido (milho, cana, algodão, culturas perenes)
Herbicidas
Herbicida Recomendação
Paraquat (Gramoxone) Dessecação sequencial ou pré-
Diquat (Reglone) colheita, jato dirigido

Principais misturas formuladas


Herbicida Recomendação

Paraquat + diuron (Gramocil) Dessecação sequencial ou pré-


colheita, jato dirigido
Paraquat + Bentazon (Pramato)
Características Gerais
• Inibem a enzima protoporfirinogênio oxidase (PPO ou PROTOX)
• Também são conhecidos como inibidores da síntese de
protoporfirina IX
• Destinado ao controle de plantas daninhas com FOLHAS LARGAS
• Muito utilizado em associação com glyphosate
• Requer luz para ser ativado
• Altamente sorvidos a matéria orgânica e altamente resistentes a
lixiviação – Carryover (fomesafen e sulfentrazone)
• Devido a estes fatores quando aplicados em PRE a atuação ocorre
próximo à superfície do solo, durante a emergência
Testemunha
Saflufenacil Glyphosate
• ABSORÇÃO: Podem ser absorvidos pelas raízes, caule ou
folhas de plantas novas

• TRANSLOCAÇÃO: Geralmente apresentam pouca ou nenhuma


translocação na planta. Precisam de boa cobertura foliar

• POS - atuam como herbicidas de contato (pouca translocação,


morte rápida após exposição à luz)
• PRE – Necrose rápida quando a planta entra em contato com a
camada do solo tratada com herbicida
Sintomas
• POS: Necrose foliar da planta tratada em pós-
emergência, após 4 – 6 horas de luz solar
• Primeiros sintomas são manchas verde-escuras nas
folhas, dando impressão de encharcamento
• Em seguida aparece a necrose dos tecidos

• PRE: O tecido é danificado pelo contato com o herbicida


no momento em que a plântula emerge
• Necrose semelhante a aplicação em POS
Acifluorfen - Blazer

Oliveira Jr, 2011


Lactofen - Cobra
Lactofen (PROTOX) x Paraquat (FSI)

Madalosso, 2012
Saflufenacil em pré-emergência da soja
Fomesafem (Flex) em pré-emergência do algodoeiro
Oliveira Neto, 2012

TESTEMUNHA Flex em pré-emergência


Apenas o cotilédone que entrou em contato com o herbicida apresentou
sintomas, isso ocorre pois é um herbicida de contato, que apresenta pouca ou
nenhuma translocação
Sintomas se manifestam nas plantas próximo a superfície do solo, durante a
emergência
Modo de ação

CLOROPLASTO

Protoporfirinogen IX Oxidado Protoporfirina IX

Reage com a luz e O2,


CITOPLASMA produzindo oxigênio reativo
(radicais livres, ex. H2O2)
Vídeo saflufenacil
Seletividade
• Quando em contato direto com as folhas apresentam
pouca seletividade

• Aplicações dirigidas a entre linha (oxyfluorfen - Goal,


Galigan no café)

• Seletividade em função da dose (carfentrazone)


Herbicida Cultura recomendada
Grupos químicos eSoja,
Fomesafen (Flex) Herbicidas
feijão e algodão
Lactofen (Cobra) Soja
Oxyfluorfen (Goal) Café, reflorestamento

Flumiclorac (Radiant) Soja

Flumioxazin (Flumyzin) Soja, algodão, Manejo, Jato dirigido

Oxadiazon (Ronstar) Arroz, olerícolas

Saflufenacil (Heat, kixor)


Manejo, Jato dirigido algodão, pós em
Carfentrazone (Aurora) espécies de difícil controle

Sulfentrazone (Boral) Cana-de-açúcar, soja, eucalipto


Características Gerais
• Sintoma único e marcante: causam a perda de pigmentos das
folhas, resultando em uma aparência “albina”
• Controle de FE e FL nas culturas do algodão, arroz, cana, fumo,
soja (principalmente FOLHAS ESTREITAS)
• Absorção pelas raízes
• Translocam apenas pelo xilema
• Existem problemas de deriva, principalmente com clomazone
• Sorção a matéria orgânica dos solos
• Baixa toxicidade a mamíferos
Modo de ação
• Mecanismo: bloqueio de enzimas na rota de síntese de
pigmentos carotenoides
• A ausência de carotenóides leva a foto-oxidação da clorofila
• Sintomas mais visíveis: folhas totalmente brancas
• Tecidos formados antes da aplicação não apresentam
sintoma albino típico, pois não afetam os carotenoides pré-
existentes
• Estes herbicidas não inibem a síntese de clorofila

• A perda da clorofila é resultado da sua destruição pela luz


(fotoxidação)

• A energia da forma reativa da clorofila é dissipada por meio dos


carotenoides

• Como os carotenoides não estão presentes a clorofila reativa


começa a se degradar
Modo de ação
Enzima inibida Herbicidas
DXS Clomazone (Gamit)

Isoxaflutole (Provence)

HPPD - FDS Mesotrione (Callisto)

Tembotrione (Soberan)
Sintomas

Oliveira Neto, 2012

Maciel, 2002
Isoxaflutole (Provence)
• O Isoxaflutole (IFT) é considerado um pró-herbicida
• No solo ou na planta este é convertido a diquetonitrila (DKN), que é a
molécula biologicamente ativa no controle de plantas daninhas
• A planta absorve tanto o DKN quanto o IFT, no entanto após a absorção
do IFT esse se converte em DKN
• No solo quanto maior a umidade maior é a conversão, se o solo estiver
seco essa reação não ocorre
• Quando há a precipitação inicia a conversão, normalmente
simultaneamente a emergência das PD.
Seletividade
• Clomazone: seletividade (soja, arroz, mandioca, cana,
algodão e citrus) ocorre por somatório de fatores

• Hidroxilação, conjugação com metabólitos, menor


translocação

• Clomazone no algodão, uso de inseticidas organosfosforados


funciona como safeners - protetores
Herbicida Cultura recomendada
Isoxaflutole (Provence) Cana-de-açúcar, milho, reflorestamento
Mesotrione (Callisto) Milho
Tembotrione (Soberan) Milho

Clomazone (Gamit) Arroz, cana-de-açúcar, soja, mandioca,


algodão

Principais misturas formuladas


Herbicida Cultura recomendada
Ametrina + Clomazone Cana-de-açúcar, algodão e mandioca
(Sinerge)
Clomazone + hexazinona Cana-de-açúcar
(Discover)
• 2 grupos químicos: quimicamente diferentes, mas com
grande semelhança em relação ao espectro de ação,
seletividade, eficiência e modo de ação

• Ariloxifenoxipropionatos (FOP’s): clodinafop – Topik,


haloxyfop – Verdict; fluazifop – Fusilade; quizalofop - Targa

• Ciclohexanodionas (DIM’s): cletodim – Select; sethoxydim


– Poast; tepraloxydim - Aramo
Características Gerais
• Controle de gramíneas anuais e perenes

• Enzima: Acetil-coenzima A carboxilase

• Culturas e plantas daninhas folha larga são tolerantes a este


mecanismo de ação

• Aplicação em POS

• Flexibilidade quanto à época de aplicação, gramíneas são mais suscetíveis


entre 3 e 5 folhas, mas em estádio mais avançado também controla
• ABSORÇÃO : Foliar
• TRANSLOCAÇÃO: Sistêmicos via floema e xilema

• Exige adição de adjuvantes

• Promovem bom controle quando aplicados em plantas não


estressadas. Eficácia é reduzida sob estresse hídrico

• Não possuem atividade residual ou persistência no solo


Modo de Ação
Modo de Ação
• Atuam na síntese de lipídios (5-10% da MS da planta é
composta por lipídios, componentes importantes de
membranas , ceras, suberina da cutícula)

• ACCase é muito ativa nas regiões que encontram-se em


divisão celular

• A inibição da ACCase ocasiona a paralisação da síntese


de membranas necessárias para o crescimento e
multiplicação celular
Sintomas
• Crescimento da planta sensível cessa logo após a aplicação

• Primeiros sintomas visíveis levam de 7 – 10 dias para


aparecerem

• Sintoma: arroxeamento e morte do ponto de crescimento

• Arroxeamento semelhante a deficiência de P


Maciel, 2002
Clethodim - Select

Oliveira Júnior, 2012


Seletividade
• Absorção, translocação e metabolismo é igual em mono e
dicotiledôneas

• Folhas largas: a enzima ACCase é insensível a herbicidas destes


mecanismo de ação

• Trigo: Degrada muito rapidamente os Fops e dims, impedindo que


estes herbicidas causem danos à cultura

• Misturas com 2,4-D reduzem a atividade dos inibidores de


ACCase devido a redução da translocação
Herbicida Cultura recomendada

Cyhalofop-butyl (Clincher) Arroz (1,0 – 1,75 L p.c. ha-1)


Clodinafop-propargyl (Topik) Trigo (100- 250 mL p.c. ha-1)

Diclofop-methyl (Iloxan ) Feijão, soja, cebola e trigo

Fenoxaprop-p-ethyl (Podium) Soja, batata, feijão, alface, ervilha, cenoura,


cebola
Fluazifop-p-butyl (Fusilade) Algodão, alface, cebola, cenoura, batata,
feijão, soja e tomate. Cana (Maturador)
Haloxyfop-p-methyl (Verdict) Soja, algodão e feijão

Quizalofop-p-ethyl ( Targa) Soja, feijão, tomate, cebola, amendoim,


algodão
Quizalofop-p-tefuryl (Panther) Algodão, feijão e soja
Herbicida Cultura recomendada

Clethodim (Select) Soja, feijão, algodão, tomate, batata, cebola,


alho, cenoura, café, fumo, mandioca e melancia
Profoxydim (Aura) Arroz (irrigado e sequeiro)

Sethoxydim (Poast) Algodão, feijão, soja, fumo, gladíolo e milho

Tepraloxydim (Aramo) Algodão, feijão e soja

Misturas Formuladas Cultura recomendada

Clethodim +Fenoxaprop Batata, cebola, cenoura, feijão, melão e soja


(Podium S)
Fluazifop + Fomesafen Fusiflex - 125 + 125 (soja)
Robust - 200+ 250 (soja e feijão)