Você está na página 1de 6

Instituto Federal de Brasília – IFB (Câmpus São Sebastião)

Licenciatura em Letras Português


Sintaxe 1
Prof. Tiago Marcenes Ferreira da Silva

1ª LISTA DE EXERCÍCIOS - SINTAXE 1. 2º/2020

Em 10 de dezembro de 1948, a Organização das Nações Unidas promulgava a Declaração Universal dos
Direitos Humanos (DUDH). Era uma resposta imediata às atrocidades cometidas nas duas guerras
mundiais, mas não só isso. Era o estabelecimento de um ideário arduamente construído durante pelo
menos 2.500 anos visando garantir, para qualquer ser humano, em qualquer país e sob quaisquer
circunstâncias, condições mínimas de sobrevivência e crescimento em ambiente de respeito e paz,
igualdade e liberdade.
O caráter universal constituiu-se em uma das principais novidades do documento, além da abrangência
de sua temática, uma vez que países individualmente já haviam emitido peças de princípios ou textos
legais firmando direitos fundamentais inerentes à condição humana. O caso mais célebre é o da
Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, firmada em outubro de 1789 pela França
revolucionária.
Com um preâmbulo e 30 artigos que tratam de questões como a liberdade, a igualdade, a dignidade, a
alimentação, a moradia, o ensino, a DUDH é hoje o documento mais traduzido no mundo — já alcança
500 idiomas e dialetos. Tanto inspirou outros documentos internacionais e sistemas com o mesmo fim
quanto penetrou nas constituições de novos e velhos países por meio do instituto dos princípios e
direitos fundamentais. Na Constituição Brasileira de 1946, os direitos fundamentais já eram
consignados, mas é na Carta de 1988 que se assinala a “prevalência dos direitos humanos”.

Julgue os itens em Certo ou Errado.

1. As formas verbais “promulgava” (ℓ.2) e “Era” (ℓ.3) expressam ações que se repetiam no passado.
2. A vírgula logo após “1948” (ℓ.1) e a vírgula logo após “1946” (ℓ.27) foram empregadas com base
na mesma regra de pontuação.
3. No primeiro parágrafo do texto, o referente dos sujeitos elípticos das orações iniciadas pela forma
verbal “Era” é “a Organização das Nações Unidas”.
4. A correção gramatical e os sentidos originais do texto seriam mantidos caso a forma verbal
“constituiu-se” (ℓ.11) fosse substituída por definiu-se.
5. Em “se assinala” (ℓ.29), a partícula “se” foi empregada como índice de indeterminação do sujeito.
6. No trecho “resposta imediata às atrocidades” (ℓ. 3 e 4), o emprego do acento indicativo de crase
deve-se à regência do termo “resposta” e à presença do artigo feminino determinando a palavra
“atrocidades”.

Pneumotórax

Febre, hemoptise, dispneia e suores noturnos.


A vida inteira que podia ter sido e que não foi.
Tosse, tosse, tosse.

Mandou chamar o médico:

— Diga trinta e três.


— Trinta e três… trinta e três… trinta e três…
— Respire.
……………………………………………………………………….

— O senhor tem uma escavação no pulmão esquerdo e o pulmão direito infiltrado.


— Então, doutor, não é possível tentar o pneumotórax?

— Não.

A única coisa a fazer é tocar um tango argentino.


Manuel Bandeira
7. "Mandou chamar o médico:/ (...) Respire". Assinale a alternativa em que está CORRETA a
classificação dos sujeitos das duas orações acima destacadas:
A. em ambos os casos, trata-se de sujeito indeterminado
B. na primeira oração: sujeito indeterminado; na segunda oração: sujeito oculto que pode ser representado
pelo pronome tu
C. a primeira oração: oração sem sujeito; na segunda oração: sujeito oculto que pode ser representado pelo
pronome tu
D. na primeira oração: sujeito oculto que pode ser representado pelo pronome ele; a segunda oração: oração
sem sujeito
E. na primeira oração: sujeito oculto que pode ser representado pelo pronome ele; na segunda oração: sujeito
oculto que pode ser expresso ou representado por "o senhor".

8. Considere os enunciados.
I. Vieram as chuvas repentinamente.
II. Alguns soldados voltaram feridos do combate .
III. Naquele grupo ninguém era herói.
Com relação aos tipos de predicados e de sujeitos, temos:
a) I predicado verbal e oração sem sujeito;II. predicado verbal e sujeito composto; III. predicado nominal
e sujeito indeterminado.
b) I predicado nominal e sujeito simples; II. predicado verbo-nominal e sujeito composto; III . predicado
verbal e sujeito simples.
c) I predicado verbal e sujeito simples; II. predicado verbo-nominal e sujeito simples; III. predicado
nominal e sujeito simples.
d) I predicado verbo-nominal e sujeito composto; II. predicado verbo-nominal e sujeito composto; III.
predicado nominal e sujeito indeterminado.
e) I predicado nominal e oração sem sujeito: II. predicado verbal e sujeito inexistente; III. predicado
nominal e sujeito inexistente.

9. Assinale a alternativa que classifica corretamente, e pela ordem, os predicados das frases.
I. Os filhos consideram falsa a atitude da mãe.
II. A atitude da mãe parecia falsa.
III. Finalmente, os filhos consideram a atitude da mãe.
a) verbal - nominal- verbo-nominal
b) verbo-nominal - nominal - verbal
c) nominal - verbo-nominal – verbal
d) verbo-nominal – verbal - nominal
e) verbal - verbo-nominal – nominal.

10. Leia este poema:


Metade pássaro
A mulher do fim do mundo
Dá de comer às roseiras,
Dá de beber às estátuas,
Dá de sonhar aos poetas.
A mulher do fim do mundo
Chama a luz com um assobio
Faz a virgem virar pedra,
Cura a tempestade,
Desvia o curso dos sonhos.
Escreve cartas ao rio,
Me puxa do sono eterno
Para os seus braços que cantam.
(Murilo Mendes)
a) Transcreva os termos que funcionam como alvo/destinatário do processo verbal expresso por chama, faz,
cura e desvia. Indique a função sintática de tais termos.
b) Quanto à transitividade, o verbo cantam tem a mesma classificação dos verbos referidos em a? Justifique.
c) Identifique o termo que funciona como alvo/destinatário da ação de puxar. A seguir, classifique tanto o
verbo como o complemento.
d) No verso “Faz a virgem virar pedra”, o termo em destaque exerce, simultaneamente, duas funções
sintáticas. Quais?
e) Um dos verbos do texto não exprime ação, e sim mudança de estado. Transcreva esse verbo, classifique-o
e aponte pelo menos dois sinônimos dele.
f) Classifique, quanto à transitividade, o verbo escrever, justificando sua resposta.

11. (CEGALLA – adaptada) – Numere as orações abaixo de acordo com a seguinte classificação:

A. oração sem sujeito

B. oração com sujeito indeterminado

C. oração com sujeito elíptico

( ) Júlio, no clube falaram mal de você.


( ) Embaixo da árvore, havia pedras espalhadas.

( ) Trabalha-se de dia, descansa-se à noite.

( ) Apertamo-nos as mãos amigavelmente.

( ) No trabalho, use equipamento de proteção.

a) B, A, B, C, C.

b) B, A, B, C, A.

c) B, A, B, A, C.

d) B, B, B, C, C.

e) B, A, B, C, C.

12. Na frase: “Querido, deixei seu café pronto na copa.”, temos:

a) Sujeito simples

b) Sujeito composto

c) Sujeito oculto

d) Sujeito indeterminado

e) Oração sem sujeito

13. “Quando me procurar o desencanto, eu direi, sereno e confiante, que a vida não me foi de todo inútil.”

a) indeterminado.

b) eu (elíptico).

c) o desencanto.

d) me.

e) inexistente.

14. Das orações: “Pede-se silêncio”, “A caverna anoitecia aos poucos”, “Fazia um calor temendo naquela
tarde” – o sujeito classifica-se respectivamente como:

a) indeterminado, inexistente, simples

b) oculto, simples, inexistente

c) inexistente, inexistente, inexistente

d) oculto, inexistente, simples

e) simples, simples, inexistente


15. (UFU-MG) – “O sol entra cada dia mais tarde, pálido, fraco, oblíquo.” “O sol brilhou um pouquinho
pela manhã”. Pela ordem, os predicados das orações acima classificam-se como:

a) nominal e verbo-nominal

b) verbal e nominal

c) verbal e verbo-nominal

d) verbo-nominal e nominal

e) verbo-nominal e verbal

16. (Unimep – SP) –

I. Paulo está adoentado.

II. Paulo está no hospital.

a) O predicado é verbal em I e II.

b) O predicado é nominal em I e II.

c) O predicado é verbo-nominal em I e II.

d) O predicado é verbal em I e nominal em II.

e) O predicado é nominal em I e verbal em II.

17. Considere os seguintes períodos:


I. Juliana ficou em casa.
II. Juliana ficou doente.
III. Juliana estava triste.
Agora marque a alternativa que está correta em relação a predicação verbal dos enunciados apresentados:
a) No trecho I, o verbo é intransitivo, pois o verbo ficar, neste caso, opõe-se a sair, logo o predicado é verbal.
b) Nos trechos II e III, o predicado é verbal, pois o verbo, de ligação em ambos os casos, ligam os sujeitos aos
seus predicativos.
c) Nos trechos I e II, o predicado é nominal, pois o verbo “ficar” sempre é de ligação.
d) No trechos I e III, o predicado é verbo-nominal, pois o verbo é de ação e o seu complemento, é um
predicativo do sujeito.
e) Nos três trechos, o verbo é de ligação, portanto, o predicado é nominal.

18. Todas as orações a seguir apresentam predicado verbo-nominal, exceto:


a) O menino voltou machucado.
b) Cansados, os jogadores deixaram o campo.
c) Chamavam-lhe de covarde.
d) Assistiram ao espetáculo, felizes, Clarissa e Carolina.
e) Era medrosa aquela criança.

19. Observe as duas orações abaixo:


I. Os fiscais ficaram preocupados com o alto índice de sonegação fiscal.
II. Houve uma sensível queda na arrecadação do ICM em alguns Estados.
Quanto ao predicado, elas classificam-se, respectivamente, como:
a) nominal e verbo-nominal
b) verbo-nominal e verbal
c) nominal e verbal
d) verbal e verbo-nominal
e) verbal e nominal

20. Identifique a alternativa errada em relação à classificação dos predicados das orações a seguir:
a) Todos nós consideramos a sua atitude infantil (predicado verbo-nominal)
b) A multidão caminhava pela estrada poeirenta. (predicado verbo-nominal)
c) A criançada continua emocionada. (predicado nominal)
d) A criançada continua no jardim. (predicado nominal).
e) Demitiram o secretário da instituição. (predicado verbal)