Você está na página 1de 48

O Método Bastter de Acumular Ações e

Remunerar a Carteira com Opções


Maurício “Bastter” Hissa

I – Introdução

1
Riqueza
A riqueza pessoal é produzida pelo acumulo de capital.

O giro produz a riqueza dos intermediários e do governo.

Obs: Uma minoria rica acumula capital, uma maioria pobre


gira e sustenta o sistema, o que mantém os ricos, ricos.

O Custo de Operar Demais

2
Processo x Produto

Decisões
A riqueza é criada no longo prazo a partir de decisões
corretas e não focando no dinheiro.

Decisões corretas criam uma expectativa positiva que será


convertida em dinheiro no longo prazo.

O foco não deve ser quanto eu vou ganhar neste negócio ou


neste investimento ou nesta operação, mas em trabalhar
direito.

3
Desensibilize-se do Dinheiro
Coloque na bolsa e no mercado e em cada investimento
isoladamente apenas a quantidade de dinheiro que não mude
sua vida nem te abale financeiramente.

Assim, o foco pode ser sempre a decisão correta e não o


dinheiro que pode ganhar ou perder com aquela decisão.

Juros Compostos

Fonte: Mauro Halfeld – Jornal O Globo.

4
Acertar o Mercado
Só é importante para pessoas que vivem de fazer análises.

Para quem opera, o que importa é gerenciar risco e seu


capital.

O quanto você ganha quando acerta e o quanto você perde


quando erra.

Ninguém nunca venceu na bolsa porque acertou o mercado,


mas sim porque tinha um bom gerenciamento financeiro e de
risco, um bom método e operava direito.

Objetivo dos Cursos Bastter.com

5
Dominado pelo Mercado

Bastter Blue

6
II – Finanças Pessoais

Dominado pelo Mercado

7
Comportamento
O que faz com que um tenha dinheiro e reservas e o outro
não, normalmente não é o quanto cada um ganha, mas o
comportamento de cada um.

O comportamento de jogador leva sempre a prejuízos.

Fazer dívidas faz com que você nunca tenha dinheiro e tenha
muito menos posses do que poderia ter.

Buscar formas fáceis de ganhar dinheiro ou acreditar em


planos milagrosos leva para os caminhos errados.

Produza Mais
A era do 9hs-17hs acabou.
Não existem mais empregos, existem trabalhos.
Crie um trabalho.
Não existe mais aposentadoria.
Tenha mais de uma atividade.
O que importa é o que você produz.
Aprenda a ser eficiente.
Não perca tempo com besteiras e aceite a realidade.
Troque a TV pelo PC.
Aprenda um idioma estrangeiro (Português e Inglês são os
idiomas nacionais).

8
Equilibrando as Finanças
Anotar - Fazer uma planilha - dentro das suas possibilidades
com todas as receitas e despesas.

Entender quanto sobra ou porque não sobra.

Ver o que pode ser controlado sem sacrifícios.

Ver o que pode ser substituído.

Ver no que está jogando dinheiro fora.

Chegando ao Equilíbrio
No fim do mês TEM DE SOBRAR! Viva no Verde e não no
Vermelho.

Viva nas suas condições.

Ganhar mais X Gastar menos.

Estabeleça um mínimo por mês para investir e transforme


isso em religião, obsessão.

9
Juros
Somente use juros a seu favor.

Seja um recebedor de juros e não um pagador de juros.

Juros - Dinheiro que vai embora sem comprar nada e sem


receber nada. Tudo com juros custa muito mais e você
recebe a mesma coisa.

Ao longo dos anos, você terá muito menos.

Inflação baixa - Qualquer desconto a vista é bom.

Juros Compostos

Fonte: Mauro Halfeld – Jornal O Globo.

10
Não Tenha Dívidas
Não crie novas dívidas: NUNCA MAIS!

Viva com o que você tem e seja o que


você é.

Pague todas as dívidas ainda hoje:


Venda o carro, tire do fundo, faça
qualquer coisa, mas pague suas
dívidas!

Quem faz dívidas para comprar, paga


o dobro pelas compras.

Mude os Hábitos que Levam a


Dívidas
Nunca use o cheque especial. É melhor nem ter.

Guarde o cartão de crédito em casa.

Só compre se tiver dinheiro e à vista.

Só compre o que você tem dinheiro para pagar e para


manter.

11
O dinheiro que é jogado fora
A perda não é valor monetário do dinheiro, mas a perda dos
juros capitalizados sobre aquele dinheiro

200 reais por mês não é tanta coisa


Juros Capitalizados em cima de 200 reais por mês é muita
coisa!

Juros Compostos

Fonte: Mauro Halfeld – Jornal O Globo.

12
Investimentos Maravilhosos
Para o amador, não existem.

Qualquer coisa que dê mais que o CDI, desconfie.

O que faz a tua reserva é poupar todo mês e não descobrir


um investimento espetacular.

Evite Trocar - Toda vez que você troca, você paga o


intermediário, imposto e o spread.

Só você pode cuidar do seu


dinheiro
Ninguém vai cuidar do seu dinheiro melhor do que você.

Ainda que outro cuide bem, você terá que pagar


performance, administração, etc.

Aprenda a investir.

Normalmente você vai estar pagando caro para alguém


administrar seu dinheiro pior do que você.

13
Planilha
Renda Fixa = X.

Ações = Y.

Moeda Estrangeira = Z.

Imóveis.

III – Bolsa de Valores

14
Bolsa de Valores
Antes de tudo compreenda e aceite as realidades da Bolsa de
Valores.

Bolsa de Valores
Renda Variável. “Não foi dado ao ser humano o dom de
prever o futuro...”

15
Bolsa de Valores
Totalmente imprevisível e incerta senão seria Renda Fixa.

Você aceita isso e está preparado para um ambiente incerto?

Bolsa
Você aceita perdas?

Bolsa = Renda Variável.

Não importa o que você esteja fazendo, pode perder


dinheiro – tem risco.

16
Fases da Aceitação das Perdas
Raiva

Frustração

Aceitação

Indiferença

Número 1
O que vai fazer com que você ganhe dinheiro na bolsa?

Estudo – Trabalho – Poupança.

17
A Festa da Bolsa
As Fantasias

Todos estão ganhando muito!

Meu primo ficou rico!

É só comprar e ir para a festa!

10% ao mês, 20% ao mês!

Não preciso mais trabalhar, vou viver de bolsa.

A Festa da Bolsa
A Realidade

A maioria dos que entram na bolsa perdem dinheiro. A


maioria é expulsa em seis meses a um ano.

São raros, extremamente raros os que realmente ganham


com trades no curto prazo e são indivíduos que já nascem
com um talento especial.

Sem trabalho sério, muito estudo, gerenciamento financeiro


e de risco; suas chances são praticamente nulas. Não se faz
dinheiro na bolsa para pagar contas.

Ainda assim, a bolsa é um excelente instrumento para


remunerar capital no longo prazo. Provavelmente o melhor.

18
Arrumar a Cabeça
Coisas para deixar fora da bolsa Coisas para trazer para a bolsa
Acreditar e ter fé Desconfiar
Ambição Operar Pequeno
Certeza Dúvida
Trabalho em grupo Trabalho solitário
Acertar o mercado Analisar empresas e economia
Os outros O seu time é só você
Atalhos e Esperteza Trabalho Duro
Falar Ficar Calado
10% ao mês Um pouco melhor que o CDI
Trades Curtos Longo Prazo
Emoções Realidade

Longo Prazo
Provavelmente a melhor forma do pequeno investidor pessoa
física ganhar de forma consistente na bolsa, é através da
construção lenta e através do tempo de uma boa carteira de
ações.

As opções são um excelente instrumento para aumentar o


rendimento da carteira de ações, através do uso de taxa.

Deve-se Operar um método no longo prazo. Operações


isoladas podem ser ganhas ou perdidas, o que importa é o
resultado do método no longo prazo.

19
20
Ego e Emoções
Objetivo Único na Bolsa – Acumular capital.

Ser mais macho, mais fera, mais corajoso, etc... Não são
objetivos na bolsa e não devem interferir com as suas
decisões.

Fora da Bolsa: Raiva, frustração, comiseração, medo,


arrogância, nervosismo, etc...

Aprendizado Contínuo
Erro em que se coloca a culpa nos outros = Prejuízo Enorme

Erro em que se assume e aprende-se com ele = Lucro

Analise as operações, especialmente os erros e mantenha-se


em um continuo ciclo de aprendizado – livros, internet,
cursos, fóruns, conversas, etc...

Obs: Não seja totalmente “orientado por resultados.” Erro


pode dar lucro ou prejuízo.

21
Objetivos
Objetivos Fantasiosos Objetivos Reais

Ler um livro de bolsa a cada dois


Ganhar X% ao mês
meses
Ter X de ações da PETR até a
Fazer um novo curso este ano
data tal
Superar o fundo X ou a pessoa Y Cumprir o plano pré-
na bolsa determinado
Poupar X% do que eu ganho todo
Ganhar X operações seguidas
mês neste ano
Parar de gastar dinheiro com a
Ter X Reais aos Y anos
besteira Y

Vencer na Bolsa – Os Três Pilares

Boa Gestão de Risco e de Capital

Método com Esperança Matemática


Positiva

Um Bom Operador

22
IV – Ações

A Carteira de Ações
Uma boa carteira de ações deve fazer parte do planejamento
financeiro de todo indivíduo.

Uma parte do seu capital deve estar investido em ações.

Não importa quanto do seu capital estará em ações, mas


deve ser sempre dinheiro que você não vai precisar, alocado
para longo prazo.

23
Metodologia de Compra Ações
para Longo Prazo
Comprar todo mês com o dinheiro que sobra (poupar).

Comprar apenas Blue Chips (Empresas sólidas).

Acompanhar os fundamentos das empresas (Mercado).

Sempre reinvestir proventos.

Encarar a Bolsa de Valores como um poupança.

Escolha das ações


Blue Chips

Deixe o mercado te dizer:


Posição no IBOV
Liquidez e volume
Beta

P/L e DY = Quando e não o que.

Se perder posição no IBOV, liquidez e volume e o beta for se


afastando de 1, pode ser a hora de trocar

24
Ganho Percentual Acima do Dollar - PETR4

2000 1650

1500

1000 650

500 50 100

1 Ano 5 Anos 10 Anos 15 Anos

Fonte: Mauro Halfeld – Jornal O Globo.

Vender Ações da Carteira


Se você tem uma carteira de ações de boas empresas só
existem duas razões para vender suas ações:

Você reavaliou a empresa ou a situação econômica mundial


mudou e não é mais interessante ficar posicionado naquela
empresa.

Você está com problemas pessoais graves e precisa do


dinheiro.

Vender porque vai cair, ou porque caiu, é do departamento


do trader. Quem monta uma carteira de longo prazo não tem
nada a ver com isso.

25
Vender Ações da Carteira
Para quem monta uma carteira de ações de longo prazo só
duas coisas importam:

Quantas ações você tem.

A solidez das empresas que você possuiu ações.

Os preços das ações hoje não tem nenhuma importância e


quando caem são uma grande oportunidade de aumentar sua
carteira de ações.

Planilha para a Carteira de Ações


Por ações.

Determina um percentual em cada ação.

Reavalia mensalmente, trimestral, anual.

26
V – Remuneração

Aumento de Capital da Carteira


Aumento do valor das ações através dos tempos.

Aumento do número de ações.

Remuneração com proventos, aluguel e opções para comprar


mais ações.

27
O que é Remuneração?
Fazer uma taxa sobre sua carteira de ações.

Não tem nada a ver com defender queda.

O que defende sua carteira de ações é só ter empresas boas.

O que protege sua carteira de ações é só colocar na bolsa


dinheiro que você não vai precisar alocado para longo prazo.

Vender antes de cair é produto da sorte que acontece uma


vez na vida, apenas uma ilusão de iniciantes.

Remuneração de Carteira de
Ações
Qualquer tipo de renda produzida pela carteira de ações sem
vender as ações:
Proventos (Dividendos, Juros sobre o Capital Próprio,
Bonificação, Subscrição, etc).
Aluguel das ações.
Venda de Opções sobre a carteira.
Venda de Índice Futuro.

28
O que é Importante no Longo
Prazo para a Carteira
Solidez das empresas que possui ações.

Reaplicação de Proventos.

Compras programadas.

Remuneração e Taxa (Não vender).

Obs: Preços de compra no LP praticamente não tem


importância.

29
Taxas de Remuneração
10.000 + 500/mês 10.000 + 1000/mês

1,5% 10 anos = 225.337,32 1,5% 10 anos = 390.981,42


1,5% 20 anos = 1.510.755,34 1,5% 20 anos = 2.665.182,53
2,0% 10 anos = 351.780,71 2,0% 10 anos = 595.909,78
2,0% 20 anos = 4.031.105,73 2,0% 20 anos = 6.903.324,11

Fantasias
100.000 + 1000/mês 10.000 + 500/mês

1,0% 20 anos = 2.078.510,73 5% 10 anos = 7 milhões


5% 20 anos = 2.5 bilhões
O que importa é a taxa e não os 10%10 anos = 1.5 bilhão
preços de compra 10% 20 anos = 1.0 trilhão
20% 20 anos =
126.011.175.941.257.000.000.000

VE Eficiente
Grande e Longe.

Lastro para a venda de opções – Espaço para a ação subir


sem perder a venda + Valor financeiro adequado a posição
em ações.

Lastro de distância e financeiro.

30
Analisando VE para Remuneração
(VDX)
Critérios Maior Menor

Distância + -
VE/(D+G) + -
Tempo - +
Risco Gama

O Pulo do Gato da Remuneração


Reaplicar dividendos, juros, etc

Prejuízo na carteira = Não monetário

Lucro na venda de VE = Monetário

Se operar grande pode inverter – CUIDADO

Ser obrigado a vender ações e a realizar prejuízos com


opções.

31
Remuneração de Carteira Etapas
Construindo a Carteira – Fase Inicial
Compra ações com dinheiro novo.
Reaplica toda a remuneração na carteira (dividendo e JCP).
Queda – oportunidade de comprar mais ações.

Carteira Estável – Fase Intermediária


Não traz mais dinheiro de fora.
Reaplica toda a remuneração na carteira.
Queda – oportunidade de comprar mais ações.

Remuneração de Carteira Etapas


Usufruindo da Carteira – Fase Final
Retira a remuneração para seus gastos.
Queda – não faz a menor diferença, o que importa é número
de ações.

32
Remuneração de Carteira - Níveis
Nível 1 – Carteira de Ações + Reaplicação de dividendos,
juros, subscrições, etc.

Nível 2 – Carteira de Ações + Venda Coberta.

Nível 3 – Carteira de Ações + Operações Cobertas.

Nível 4 – Carteira de Ações + Venda de VE.

Nível 1- Proventos
Proventos em Dinheiro
Dividendos
Juros Sobre Capital Próprio

Proventos em Ações
Bonificação
Subscrição

Casos Especiais
Desdobramento

33
100 Mil Dólares Aplicados na Bolsa dos EUA em 1871

250.000,00

8.000.000,00

Reaplicando Dividendos Sem Reaplicar dividendos

Pesquisa de Jeremy Siezel – Wharton Business Scholl 1871-2003 - Fonte Mauro Halfeld – O
Globo.

Reaplicando na sua carteira


Toda vez que receber dividendos, juros, etc... reinvista nas
ações. Isso irá aumentar de forma extraordinária o
rendimento da sua carteira através dos tempos.

Aproveite as subscrições e as bonificações.

Ganho adicional – Aluguel das ações.

Quando a carteira já for grande o suficiente e junto com seus


investimentos lhe der tranqüilidade financeira, os proventos
podem ser retirados para seus gastos ou lazer.

34
Aluguel de Ações
Pequena taxa anual, mas uma remuneração a mais.

Proventos continuam sendo recebidos pelo doador.

Nível II - Venda Coberta


Venda Coberta.

Capital em ações só pode diminuir na queda, mas diminui


menos do que se não fizesse venda coberta.

Na alta, pode-se abrir mão de parte do lucro mas o capital


sempre irá aumentar desde que se venda VE.

Venda de Volatilidade com pequena proteção contra queda.


Ganha mais se o mercado subir lentamente.

35
Princípios da Venda Coberta
Mantenha o Nível 1 (Reaplicação da Carteira de Ações).
Deve-se começar a operar opções pela Venda Coberta. Passar
para as outras modalidades somente quando tiver mais
experiência e capital. No mínimo um ano operando VC e 50K
em ações.

O Nível 2 (Venda Coberta) é uma forma de tentar uma


remuneração maior para a carteira de ações.
Em troca de uma melhor remuneração de sua carteira nas
quedas e acumulações e a possibilidade de ter mais ações a
longo prazo, você entrega parte do lucro das altas muito
fortes. Se não gostou da troca, não faça venda coberta.

Atenção!
Só venda opções a um preço
que se você for exercido ficará satisfeito!

36
Operacional
PETR4 +1000

PETRK42 ‐500

Compra da ação e venda no máximo na mesma quantidade


em opções com VE eficiente. Risco e Retorno Limitado.

Em troca de receber o prêmio da opção, o investidor limitou


o lucro que pode ter na ação.

Boa estratégia para quem tem uma carteira de ações, deseja


receber um rendimento adicional em cima dela mas que
aceita abrir mão de parte do lucro nas altas fortes da ação.

Venda de Opção Coberta

4000
2000
0
-2000
-4000
-6000
-8000
32
34
36
38
40
42
44

Resultado
46
48
50
52

37
Exercício
O vendido coberto pode sempre ser exercido.
Não aceita ser exercido, não venda coberto.

Formas de tentar evitar ser exercido:

Vender sempre VE.

Rolar as vendas quando o mercado subir.

Recomprar as opções vendidas quando o mercado subir.

Exercício
Se você se mantiver sempre vendido em VE, se for exercido,
será no lucro e provavelmente nunca será exercido.

Por motivos fiscais e de gastos com taxas, recompre a opção


vendida ao invés de ser exercido.

Apesar abrir mão de lucro nas altas algumas vezes, no longo


prazo quem faz venda coberta poderá terá mais ações do que
quem apenas faz o Nível 1 (Carteira de Ações) e não venderá
suas ações no fundo.

38
Atenção IR
Se estiver para ser exercido, recompre a opção vendida.
Pode inclusive vender ações para recomprar a opção.

Se for exercido paga IR na ação e na opção vendida (sobre


seu valor total de venda). Se recomprar a opção não paga IR
na ação e acumula prejuízo na opção para descontar de
lucros futuros.

Por este prisma, o remunerador de carteira, o holder, deve


sempre que possível, evitar o exercício.

Posição da Venda
ATM = Boa remuneração da ação quando não sobe.

OTM = Menor remuneração no caso de queda mas aguenta


mais alta sem ter de rolar.

O mais importante não é a posição, mas a eficiência do VE


vendido que analisa a posição, a quantidade de VE, o tempo
para o vencimento e a quantidade de gama no VE (VDX).

39
Qual e Quanto Vender
Quanto mais e mais perto você vende, mais dinheiro recebe
pela venda, maior a proteção contra quedas, mas se subir
forte abrirá de mais lucro na alta.

Quanto menos e mais longe você vende, menos dinheiro


recebe pela venda, menor a proteção contra quedas, mas se
subir forte abrirá de menos lucro na alta.

Não dá para ter tudo.

Resultado das Vendas


Se você vende longe e pouco, provavelmente irá ter mais
ações do que se não fizesse VC no LP, mas este aumento será
pequeno apesar de expressivo.

Conforme você vende mais e mais perto o aumento do


número de ações vai se tornando maior mas junto com ele o
risco de no LP ter menos ações do que se não fizesse VC.

Os retornos correspondem aos riscos... Sempre.

40
Rolar
Rolar = Zerar a opção vendida (comprar) e vender a mesma
quantidade (ou valor financeiro) em outra opção da mesma
série ou da série seguinte.

Na venda coberta, rolar a mesma quantidade de opções, não


cria riscos adicionais e pode ser feito enquanto for possível.
Quando o mercado não sobe, deve-se sempre rolar em busca
de VE eficiente se o VE vendido já perdeu valor.

Há diversas estratégias para rolar, mas o mais importante é


ter uma definida ANTES e não DEPOIS: Quantidade de VE,
VDX mais alto e Comparação de valores com a que vai rolar.

Venda Coberta – Operacional


A partir de uma carteira de ações, veja a quantidade de
opções que pode vender coberto (quantidade de ações com
opções que possuem liquidez – PETR4 e VALE5,) e venda esta
quantidade no máximo.

Busque VE eficiente. Mantenha-se nele.

Se o mercado não subir, role a venda em busca de VE


eficiente no máximo quando a opção virar NV ou de acordo
com seu plano.

Se o mercado subir e a opção perder VE, recompre a opção


vendida, ou role em busca de VE eficiente segundo o plano.

41
Venda Coberta – Operacional
Se for rolar, tenha um plano:

Rolar para o vencimento seguinte, uma acima, no zero a zero


ou pagando 300 a 500 reais (estabeleça o critério antes).

Usar marcadores VDX, VE e NV para se manter sempre


vendido em VE.

O dinheiro retirado da venda de opções deve ser reinvestido


nas ações a não ser que a carteira já seja muito grande e já
se possa retirar o rendimento.

Venda Coberta – Primeiros Passos


Comece vendendo bem pouco e bem longe para aprender.

Venda apenas ¼ no máximo da sua carteira e na opção mais


longe que não for NV.

O objetivo é o aprendizado.

Conforme for adquirindo experiência pode ir vendendo mais


e mais perto mas sempre sabendo que receber mais dinheiro
= abrir mão de mais lucro na alta forte.

Nunca se perca do objetivo: A carteira de ações.

42
Mega Bastter Blue
Inicia vendendo metade da carteira. Ex: 2000 ações, vende
1000.

Cada vez que é exercido, ou tem de rolar (fuga), ou tem de


pagar o prejuízo, no vencimento seguinte venderia 200
opções a menos.

Se no vencimento realiza lucro de venda, no seguinte vende


200 opções a mais.

Fazendo assim tenderá a vender mais em períodos de queda


e menos em períodos de alta.

Marcadores Bastter Blue


Marcadores de Risco – LIMITEX (LX) e THEX.

Marcador de Remuneração = SVEX.

Marcador de STOP de Vendas – BOSI.

Marcadores de Vendas – VDX e NV.

Marcador para graduar operações de Volatilidade - DQ.

43
Marcador de STOP de Vendas -
BOSI
Bastter Options Strengh Index.

BOSI = Gama * % Num Negócios * VE.

Verifica onde está a força do mercado de opções.

Use um BOSI para stopar a venda ou rolar a venda coberta.

Tem na Planilha Bastter Blue e no site Bastter.com além do


Painel Bastter Blue.

Marcadores de Vendas – VDX e NV


VDX considera gama, tempo, tamanho e distancia do VE.
Quanto maior o VDX, teoricamente mais eficiente é a venda.

NV = Não venda. Opção NV negativo é aquela cujo VE é


menor do que D + G.

São opções que tem pouco VE, ganha-se pouco se não subir
mas perde-se muito se subir pois com D + G > VE aumentam
expressivamente na alta. Também são NV as opções muito
ITM que para o remunerador de carteira não vale a pensa
vender.

VDX e NV também estão na Planilha e no Painel Bastter Blue.

44
Nível III e IV - Operações Cobertas
e Venda de VE
Trava de baixa e Venda de Volatilidade.

Não casa a posição como a venda coberta mas coloca um


limite no financeiro vendido.

Remunera mais na queda e na acumulação mas abre mão de


mais lucro na alta. Se operar grande ou o operador for pouco
experiente pode diminuir a carteira no longo prazo.

Operações do Nível III e IV


Venda de VE travado seguindo os marcadores de risco.

Venda com seguro – Mais voltada para a baixa.

Trava de Baixa (ou reversão) – podendo pular 1 ou 2 mais


voltada para a baixa e o mercado de lado.

Vaca ou Venda de Volatilidade – Mais voltada para o mercado


de lado.

45
Conceito de Fluxo de Caixa
Para remunerar devemos ter em mente o conceito de Fluxo
de Caixa. Em alguns momentos vamos ter que colocar
dinheiro. Normalmente no mercado em alta compra de
opções. Note que nesses momentos o principal está
valorizando (alta das ações).

Em alguns momentos vamos retirar dinheiro do mercado


venda de opções. Normalmente no mercado em baixa onde o
principal está desvalorizando. Nesses momentos é
fundamental comprar mais ações com o lucro das vendas
após encerrada a operação.

Num conceito de Fluxo de Caixa sabemos que as vezes o


dinheiro entra e as vezes o dinheiro sai o fundamental e
estar positivo no final do período.

Teoria - Produto e Processo.


A expectativa de ganhar dinheiro é atraves da capitalização
da taxa em N vencimentos. Sendo que em alguns a taxa será
negativa onde devemos tentar limitar as perdas.

Em outros a taxa será positiva onde devemos comprar mais


papel para acelerar o processo de capitalização.

Produto seria a tentativa de ganhar o máximo em 1


vencimento. Ou não aceitar perdas em um vencimento.

Processo seria o método de juros compostos no MP e LP e a


consistência do método.

Nesse sentido o que interessa é o processo e não o produto.


Preservar o capital e no LP remunerar via juros compostos.

46
Remuneração - Resumo
Nível 1 – Proventos
Para todos. O mais importante.

Nível 2 – Venda Coberta


Aumenta a carteira se não vender muito ou girar muito.
Grande vantagem – evitar a venda da carteira nos fundos.

Níveis 3 e 4 – Operações Cobertas e Venda de VE


Aumenta a carteira em períodos pouco voláteis e que não
sobem muito.
Se não for bem controlado diminui a carteira.
Tem de usar os marcadores de risco.

VI – Roteiro Final

47
Roteiro
Finanças Pessoais – Poupar.

Planilha de Finanças Pessoais RF – RV – Moedas – (Imóveis).

Planilha de Ações – Qual Comprar.

Reaplicação de dividendos e proventos.

Venda Coberta.

Remuneração mais avançada.

Conheça os Cursos Bastter.com

48