Você está na página 1de 1

Aula 03/03 Evitar o determinismo, as determinações...

a vida é feita de escolhas


Ele chama de ma-fé quando as pessoas dizem outra coisa que não seja o verdadeiro
Sartre O existencialismo
motivo daquela escolha.
Algumas referências filosóficas ética, ação e liberdade. Nessa filosofia a gente se responsabiliza por nós mesmos, pois somos livres e
Críticas dos católicos Sartre é ateu, os católicos afirmam que a pessoa faz uma escolhemos o que fazemos.
escolha por causa da existência de Deus, Deus tem o conceito das coisas antes das Hanna Aredt condição humana capitulo 2 até pg. 88
coisas existirem e isso determina como elas são.
Crítica dos comunistas é fundamentada no existencialismo sendo individual. Ela faz uma análise do que seria a esfera pública e privada;
-comuns que podem ser utilizados neste assunto e que Política se dava pelo discurso; família se dava pela violência
significam sempre a mesma coisa: não se deve lutar contra os poderes estabelecidos, O modo violento é considerado o modo pré-político
não se deve lutar contra a força, não se deve dar passos maiores do que as pernas, Depois a violência passa a ser exclusivo do Estado
toda ação que não se insere numa tradição é romantismo, toda ação que não se apoia Ela diz que o ser humano é um animal político que é <> de ser um animal social
Ideal da contemplação - A beleza das coisas eternas não pode ser causada pelo
O existencialismo é uma vertente filosófica muito difundida no pós guerra, as pessoas consumo humano, filosofia contemplativa (mundo grego, Aristóteles etc) nessa
achavam que eram pessoas mais progressistas que quebravam regras sociais teve a teoria o ser humano sozinho ou é um deus ou um animal.
primeira guerra, a gripe espanhola e depois a segunda guerra mundial século XVIII e A vida ativa é um mundo feito de homens
XIX a França teve momentos de terror... Uma das prerrogativas dos seres humanos é a ação essa ação depende
É possível fazer um paralelo entre o que se está vivendo e a época de Sartre na época constantemente da presença dos outros
de guerra. Família é o campo do privado sociedade é um espaço privado compartilhado e a
O existencialismo segue a linha do pessimismo, assim como Nietzsche polis é o campo do político o político é público, mundo comum
Sartre coloca no texto que os projetos dos seres humanos são equivalentes de certo Próprio do ser humano e o comum são diferentes
modo, a situação muda, mas como lidar a situação não muda A formação das cidades se deu com a quebra de relações familiares
Será que somos livres para as escolhas? Sartre afirma que não existe um determinismo Muitas vezes a ação e o discurso acabam se confundindo, uma ação pode gerar um
que faça você escolher o que escolhe, você é livre para realizar suas escolhas discurso e o discurso pode virar uma forma de persuasão para execução de ações
Problemas humanos Angústia, desespero...
A filosofia é ação ou reflexão? (um tópico central do texto)
A filosofia contemplativa é burguesa pois é necessário que a pessoa possua tempo
de ócio para realiza-la, pois é necessário que as pessoas já tenham conseguido as
necessidades básicas, as pessoas que vivem na correria da vida não conseguem ter
tempo para contemplação essas pessoas da correria acham que a filosofia
contemplativa atrapalha mais que ajuda.
O existencialismo veio substituir o surrealismo.
Existe 2 tipos de existencialistas: o ateu e o cristão.
A existência precede a essência (determina como as coisas são e como devem ser).
Antes o discurso era que a essência era anterior a existência, mas Sartre muda isso, ele
afirma que a existência é anterior à essência, ele afirma que todos possuem a
liberdade de escolha, primeiro vc existe e depois vem a sua essência.
Ele fala que é possível a essência vir antes da existência quando um artesão vai
produzir algo ele primeiro pensa em como vai ser aquilo e depois produz. Mas o ser
humano é diferente, primeiro existe e depois tem a sua essência.
O fato de vc determinar a sua escolha livremente, não significa que ela não seja ética
ou moral.
Existe a angústia da escolha, pois cada pessoa é livre para escolher o que quer, as
pessoas não agem por causa da natureza humana, mas por causa das suas escolhas.
Sempre existirá algo para exercer a liberdade.
Para alguns tipos de dilemas não existem escolhas éticas, cada pessoa escolhe de uma
forma diferente, as escolhas são abertas e difíceis.