Você está na página 1de 1

Carta de apresentação

Neste momento vou fazer a carta de apresentação que é essencial para me dar a conhecer
às pessoas com quem as quais pretendo relacionar-me em termos profissionais. Pretendo ser
babysitter e, para tal, devo apresentar-me como pessoa social, simpática e que tem boas
relações sociais.

O meu nome é Maria Tereza Ferrira da Silva como consta no cartão de cidadão mas Teresa
Silva para as pessoas com quem tenho relações pessoais mais próximas.

As pessoas consideram que sou sociável, simpática, e eu, pessoalmente, uso o que possuo, a
inteligência emocional (QE). Esta qualificação é o conhecer-se a si próprio especificamente
conhecer as minhas emoções o que me possibilita conhecer as emoções das pessoas com
quem me relaciono e, desse modo, que permite-me ser empática com elas e
consequentemente receber delas a sua empatia. Resumidamente este é considerado o
coração nas relações sociais.
A Inteligência emocional permite evitar conflitos, o que é fundamental para as relações com
os pais das crianças com as quais vou relacionar-me pessoalmente.
Neste momento devo dizer que adoro brincar com crianças porque as considero um
germen muito afável.
Devo dizer que tive uma grande sorte na minha vida profissional. Fui professora de inglês a
crianças dos 12 aos 13 anos e jovens dos 13 aos 17 anos e gostei imenso da minha
profissão.
Recentemente decidi completar a minha formação de educadora e fiz um curso de
educadora e babysitting para aprender a lidar com crianças dos três meses aos 6 anos.
Quando estive sete anos em Londres, fiz um pequeno curso sobre educação a crianças e,
como aprendi o que não sabia, fiquei muito motivada para esta área.
Ensinar é uma das minhas competênias provadas pelos alunos a em dei explicações. O
primeiro aluno, que já caminhava para adulto, disse a uma amiga sua que eu era boa
professora para ensinar a filha que tinha dificuldades em inglês e assim começou a cadeia
de explicadora de inglês. Uma amiga minha que se ofereceu para apresentar o presépio na
Basílica da Estrela, necessitou de apurar a fluência de inglês e é ela que reporta aos amigos
que sou boa professora. A verdade é que eu tenho gosto em ensinar e reconheço que
estou a passar bem o que sei e reconheço nas suas expressões físicas que estão a captar o
que lhes transmitosendo esta a minha capacidade de inteligência emocional.
Devo dizer aos pais que tenho capacidade para cuidar dos seus filhos porque reconheço
que irei usar o QE com as crianças e as técnicas que aprendi no curso que terminei no fina
deste mês de julho.