Você está na página 1de 5

Data do estudo Lição 12

Texto base: Tito 1:5

Ponha em Ordem
A Carta a Tito

Tito era um cristão gentio que se ilha de Creta e na província da Dal-


converteu, provavelmente, via mi- mácia (2 Tm 4:10). Ele acompanhou
nistério de Paulo. Há poucas infor- Paulo em Creta e, ali, ficou para
mações sobre ele, as quais não são confirmar a estruturação da Igreja.
mencionadas no livro de Atos. Toda- Quando Paulo escreve a sua carta,
via, ele é referido nove vezes, em II a situação era muito difícil ali, pois
Coríntios, e foi também mencionado a Igreja, ainda, precisava de organi-
em Gálatas. Participou da segunda zação. Tito fica ali como pastor “para
viagem missionária junto com Pau- que pusesse em ordem as coisas
lo e Barnabé. Quando Paulo estava que ainda restavam” (Tt 1:5). Muitas
em Éfeso, em sua terceira viagem lições preciosas temos diante de
missionária, recebeu informações nós, por meio dessa carta amorosa
da Igreja de Corinto, a saber, Tito foi de um mentor para o seu discípulo.
quem levou a carta corretiva (2 Co
8:6,16-17). 1. Completando a
Diferentemente de Timóteo, Pau- organização da igreja
lo se recusou a circuncidar Tito, em- (1:5-9)
bora quisessem os judeus (Gl 3:2-5).
Quando Tito foi convocado para
Tito foi o representante de Paulo na
servir ali, ele deveria realizar um

66
trabalho de unificação dos crentes, demonstra a atitude de desrespeito
e de tal forma que “colocasse em a autoridades da Igreja. Com ‘fala-
ordem as coisas restantes” (1:5), re- dores frívolos’, entende-se que usa-
ferindo-se à organização das igrejas. vam de linguagem para impressio-
nar, mas sem nenhum conteúdo de
Provavelmente, a carta era para a
veracidade, e como consequência,
Igreja em geral. Para que isso acon-
eram enganadores. Quando fala “es-
tecesse, ele precisava preparar e
pecialmente os da circuncisão”, fica
ordenar os pastores para cada uma
claro que eram cristãos que, ainda,
das cidades (1:5). Assim como orien-
se deixavam levar pela influência
tou a Timóteo, Paulo orienta a Tito
judaica. Assim como as orientações
acerca das qualidades necessárias
a Timóteo, aqui, a grande preocu-
para alguém ocupar ofícios tão es-
pação também é com a sã doutri-
peciais como despenseiros de Deus.
na, contra aqueles que, com falsa
Deveriam ser “irrepreensíveis, mari-
doutrina, causavam divisão. Paulo
do de uma só mulher, que tenha fi-
sabe que não tem tempo a perder
lhos crentes que não são acusados
com essas pessoas e diz a Tito que
de dissolução, nem são insubor-
“é preciso fazê-los calar” (1:11), tapar
dinados” (1:6). Entretanto, atitudes
a boca como colocando uma mor-
negativas deveriam ser observadas
daça, não apenas um freio como no
e rejeitadas, como: “não arrogante,
cavalo. A atitude extrema é para evi-
não irascível, não dado ao vinho,
tar estrago maior, pois tais heresias
nem violento, nem cobiçoso de tor-
“transtornavam casas inteiras ensi-
pe ganância”. Pelo contrário, deveria
nando o que não convém”.
ser “hospitaleiro, amigo do bem, só-
brio, justo, piedoso, que tenha domí- Paulo retoma o tema da heresia,
nio de si, apegado à palavra fiel”. instruindo Tito a “evitar discussões
insensatas, genealogias e conten-
2. Confrontanto as das, e debates sobre a lei; porque
heresias (1:10-16; 3:9-11) são coisas inúteis e vãs” (3:9). Preo-
cupar-se com esses assuntos só
As congregações da ilha de Creta traz contenda. E continua dizendo
mal tiveram tempo de se organizar que “ao homem herege, depois de
e já estavam enfrentando ataques. uma e outra admoestação, evita-o,
Paulo chama a atenção de Tito “por- sabendo que esse tal está perverti-
que existem muitos insubordinados” do, e peca, estando já em si mesmo
(1:10), e, urgência, em nomear líde- condenado” (3:10,11).
res com o caráter descrito anterior-
O conselho é para que Tito não
mente. A expressão ‘insubordinados’

67
seja precipitado, mas depois de ad- proceder, como convém a santas,
vertir uma e outra vez, deve evitar não caluniadoras, não dadas a mui-
todas as pessoas que têm intenções to vinho, mestras do bem; para que
facciosas, e prosseguem em desu- ensinem as mulheres novas” (2:3,4).
nir a Igreja. Vale destacar as orientações às dia-
conisas conforme 1 Tm 3:11. Prova-
3. Instruindo sobre a velmente, duas fraquezas naquelas
conduta cristã (2:1; 3:8) mulheres eram a calúnia e a embria-
guez, por isso fez essas exigências.
Ao contrário do que faziam os O papel delas deveria ser de ‘mes-
mestres do erro, Paulo enfatiza que tras do bem’, praticando aconselha-
Tito deveria ensinar a sã doutrina a mento e encorajamento, os quais de-
cada pessoa em Creta. Nessa ver- veriam ser explicitados por meio de
tente, então, valeria dizer que um atitude, palavra, exemplo, demons-
pastor, por exemplo, deveria con- trando, assim, um elevado padrão, a
siderar a faixa etária e o sexo das fim de instruírem as jovens recém-
pessoas que lidera, pois cada um -casadas.
tem necessidades diferentes, para
c) Das mulheres casadas – são
que cada grupo observasse um alto
orientadas a “serem prudentes,
padrão de conduta. O que está em
amarem seus maridos e a seus fi-
questão é a boa reputação da Igreja
lhos, a serem moderadas, castas,
e o crescimento do evangelho num
boas donas de casa, sujeitas a seus
ambiente imoral.
maridos” (2:4,5). Essas virtudes, na
a) Dos homens idosos – “quan- antiguidade, eram consideradas a
to aos homens idosos, que sejam glória do caráter das mulheres. Os
temperantes, respeitáveis, sensatos, dois primeiros adjetivos (moderadas
sadios na fé, no amor e na cons- e castas) ressaltam o decoro da vida
tância” (2:2). A expressão constância sexual. A expressão traduzida por
vincula-se a uma das dificuldades e ‘boas donas de casa’, literalmente,
desencorajamentos da idade, uma significa trabalhando em casa. Na
vez que a paciência imprescindível antiguidade, esposas, tanto judias
nas igrejas perturbadas como as de quanto gentias, se conservavam em
Creta, supõe-se que os idosos de- casa e não deveriam andar aleato-
veriam dar exemplo de ‘virtude’. riamente. Não deveriam esquecer-
-se da bondosa, simpatia para com
b) Das mulheres idosas – “quan-
seus familiares. Paulo tem uma ra-
to às mulheres idosas, semelhan-
zão especial para exigir alto padrão
temente, devem ser sérias em seu

68
por parte das mulheres jovens: “para versários eram críticos do Cristia-
que a palavra de Deus não seja difa- nismo, mas sua referência, aqui, diz
mada”. O mundo está de olho na fa- respeito aos indivíduos enfermiços
mília e criticará o próprio evangelho dentro da própria Igreja, os quais
por qualquer conduta oriunda dos procuravam a mínima oportunidade
crentes que seja, portanto, chocan- para pegá-lo numa falha. A melhor
te. defesa seria a completa ‘integrida-
de’ quanto à sua pregação.
d) Dos jovens – “Exorta, seme-
lhantemente, os jovens para que e) Dos servos – Paulo ressalta
sejam moderados” (2:6). Paulo tor- que os escravos, também, têm uma
na-se mais severo quando chega grande responsabilidade espiritual.
aos jovens, empregando aqui o im- “Quanto aos servos, que sejam em
perativo, a fim de que sejam crite- tudo obedientes aos seus próprios
riosos, exerçam autocontrole. Tito senhores, dando-lhes motivo de sa-
ainda era, relativamente, jovem e tisfação” (2:9). Não somente os ser-
sua maneira de comportar-se de- vos devem ser obedientes a seus
veria influenciar os jovens. A pre- senhores, como também, devem
gação de Tito teria mais probabili- dar-lhe satisfação, sem responder
dade de ser aceita, caso mostrasse nem furtar. Devem cumprir seus
padrão de boa conduta, bem como deveres com o desejo de agradar,
de exemplo daquilo que pregasse pensando na sua posição de cristão
(2:7). O ensino deve mostrar “integri- mais do que de servo, esforçando-
dade, reverência, linguagem sadia -se para exibir prova de toda fideli-
e irrepreensível” (2:7,8), como uma dade. Como sempre faz, o apóstolo
referência às suas atividades de apresenta uma razão profundamen-
mestre. Integridade quer dizer pu- te cristã para que os servos mante-
reza e ausência de qualquer desejo nham este alto padrão de conduta,
de lucro. Sua reverência denota alto que é a tarefa suprema de honrar a
padrão moral e uma maneira séria Deus nas suas vidas, a qual a Igreja
de viver. O conteúdo da sua men- inteira é dedicada “a fim de orna-
sagem deve ser em linguagem sa- rem, em todas as coisas, a doutrina
dia e irrepreensível de acordo com o de Deus, nosso Salvador” (2:10). Em
evangelho apostólico. O motivo nas outras palavras, o comportamento
entrelinhas desses preceitos é “para obediente possibilita que a mensa-
que o adversário seja envergonhado gem cristã seja agradável e nobre,
não tendo indignidade nenhuma de proporcionando a sua proclamação
dizer a nosso respeito” (2:8). Os ad- de modo hábil.

69
Conclusão igreja? Se os líderes agirem como
pais na fé, ficará bem mais fácil dis-
A Igreja de Creta, com todas as tinguir os lobos.
suas congregações, embora ainda
recém-organizada, já era alvo dos 2. A Igreja precisa atender às ne-
ataques externos e internos. As coi- cessidades espirituais dos mem-
sas, ainda, precisavam de organiza- bros, de forma que o ensino da sã
ção e Paulo começa pelo caráter do doutrina seja compreendido por to-
pastor, do líder. dos. Nesse prisma, então, a Palavra
ensina que, deve ser exigida uma
É fundamental que o líder, além conduta exemplar por parte dos
de conhecimento, tenha uma con- crentes em Cristo Jesus.
duta exemplar, para que não venha
a ser alvo dos inimigos, contudo, 3. É preciso contextualizar as
tenha estrutura para combater as orientações dadas a Tito, no que di-
heresias e impedir que a desunião zem respeito a mulheres e homens,
impere na Igreja, trazendo divisão. casados e solteiros, jovens e idosos.
Os valores morais e espirituais, po-
Em sua organização, toda Igreja rém, nunca podem ser negociados.
precisa atentar para as diversas fai- Vivemos um tempo de muita rela-
xas etárias e interesses de grupos tividade e libertinagem, em nome
específicos, objetivando, assim, com do moderno, contrapondo-se ao
sabedoria atender a todas as neces- antigo. O propósito de uma conduta
sidades desde os bebês até os mais exemplar sempre é: honrar o nome
idosos. de Deus e proclamar o Evangelho.

Para pensar e agir


Leitura Diária
1. Percebemos que em todas as
cartas pastorais, a preocupação é SEG Tito 1:1-9
com a sã doutrina e como comba- TER Tito 1:10-16
ter as heresias. Em qualquer tempo QUA Hebreus 6:13-20
da vida de uma igreja, seja recém- QUI Tito 2:1-15
-organizada ou com muitos anos, SEX Colossenses 3:18; 4:1
os ataques surgem. Como você se
SÁB Tito 3:1-15
comporta, quando surge uma apa-
DOM Romanos 13:1-14
rente novidade espiritual no meio da

70