Você está na página 1de 4

Data do estudo Lição 3

Texto base: Êxodo 4.10-13

Moisés
Quando a
Adversidade é
a Insegurança
Por Ed. Lilia Godoy

Insegurança, segundo o Dicio- nunca saberá. A insegurança pode


nário da Língua Portuguesa, “é a também levar à depressão.
condição, particularidade ou ca- Estamos vivendo, há alguns me-
racterística do que é inseguro; sem ses, adversidades econômicas, sa-
segurança; em que há perigo; sen- nitárias, relacionais, psicológicas e
timento de desamparo; sentimento espirituais que nos trazem insegu-
de isolamento; falta de convicção rança, por causa da pandemia que
ou segurança em si próprio”. tomou conta do mundo, a Covid-19.
Algumas vezes, a insegurança
surge quando a pessoa não con- 1. Situações que geram
segue ter iniciativa diante de ativi- insegurança
dades que gostaria de participar O ser humano é inseguro e de-
ou de exercer. A insegurança pode pendente em várias fases da vida.
ser gerada pelo medo, e algumas Ao nascer, o bebê precisa que lhe
pessoas inseguras são denomina- dêem comida, cuidados, acon-
das equivocadamente de covardes. chego, ou seja, precisa dos outros
A pessoa pode sentir-se insegura, para ficar seguro. A partir de certa
porque não sabe “que sabe” resol- idade, vai adquirindo independên-
ver determinada situação, ou por- cia, aprendendo a se cuidar e a se
que não sabe mesmo e acha que

32
equilibrar num ambiente de insegu- caminhado à casa de Faraó para a
rança, pois “onde está o homem, ali sua mãe adotiva, que deu ao meni-
está o perigo”. Vejamos no caso de no o nome Moisés, pois o “tirara das
Moisés: águas” (Êx 2.10). Como deve ter sido
a) Desafios do nascimento e da um grande desafio para o menino
família Moisés saber que o seu povo era
outro!
No contexto de escravidão dos
hebreus no Egito, foi que Anrão e Num determinado momento da
Joquebede, com seus filhos Arão e sua vida, Moisés não suportou ver
Mirian, passaram pela insegurança um hebreu sendo maltratado e o
de esconder a gravidez do bebê defendeu matando o egípcio agres-
que aguardavam. A Bíblia não con- sor. Porém, no dia seguinte, viu dois
ta detalhes do como foi desafiador hebreus que brigavam e, ao per-
para essa família! No nascimento guntar o motivo da briga, teve como
do bebê, mais insegurança ainda, resposta que ele havia matado um
pois era um menino, condenado a egípcio e não tinha moral para ser
ser morto na hora do parto ou ser juiz deles. Moisés ficou com medo e
jogado para os crocodilos no rio viu que nada estava escondido. De
Nilo (Êx 1.15,16) fato, Faraó soube e procurou matá-
-lo. Moisés fugiu do Egito. A insegu-
Por motivos diversos, vivemos
rança causada pelo seu ato fez com
dias de insegurança também para
que ele tomasse essa decisão por
as grávidas e famílias nesse tem-
correr risco de morte (Êx 2.11-15).
po de pandemia. O que podemos
aprender com essa situação? Que c) Desafio de encarar a vida entre
Deus é o dono da vida, que Ele co- estranhos
nhece cada um antes mesmo de “Porém Moisés fugiu da presen-
ser formado no ventre da mãe (Sl ça de Faraó e se deteve na terra
139.16). Louvado seja o Senhor que de Midiã; e assentou-se junto a um
conhecia o contexto da família do poço” (Êx 2.15b). A fuga já demons-
bebê Moisés e providenciou o es- tra insegurança. Isso acontece hoje
cape para ele, mediante a fé. (Hb também ao fugirmos de problemas,
11.23). ao fugirmos de responsabilidades e
b) Desafios das escolhas na Ju- compromissos assumidos, fugir-
ventude mos de pessoas e de nós mesmos.
No caso de Moisés, assumir que ha-
Moisés recebeu a educação da
via cometido um delito poderia cus-
primeira infância na sua família de
tar-lhe a própria vida. A fuga foi em
origem. Ao ser desmamado, foi en-
consequência do erro. Mas Deus,

33
em sua misericórdia, que tem o po- nhia e poder (vv.4-9). Não precisa-
der de transformar o mal em bem, mos informar a Deus sobre quem
usou essa fuga para trabalhar a vida somos, pois Ele bem sabe. Mas pre-
de Moisés. Ele que já havia recebido cisamos ouvir de Deus quem Ele
tantos conhecimentos, ele que fora quer que sejamos.
preparado para ser, quem sabe, um b) Vivendo dependente de Deus
futuro Faraó, agora precisava ser
Deus tratou Moisés de maneira
tratado por Deus e reconhecer que
extraordinária e decisiva (v.11). En-
na sua insegurança, nos seus me-
viou Moisés para ser seu instrumen-
dos, seria usado por Deus. Moisés
to entre os israelitas e Faraó. Mes-
aprendeu a apascentar as ovelhas
mo assim, Moisés retrucou, insistiu
do seu sogro, o que também o aju-
no seu medo, na sua insegurança
dou a pastorear o rebanho de Deus
(v.13). A paciência de Deus “chegou
(Êx 2.21-22; 3.1)
ao limite” (v.14). Deus mostrou pro-
2. Vencendo a insegurança vidências que ajudariam a superar
com Deus essa insegurança de Moisés (vv.15-
17,19). Deus mostrou e provou a Moi-
a) Reavaliando o comportamen- sés que poderia depender dele e o
to e fugas usaria, juntamente com o seu irmão
Moisés conhecia o Deus dos is- Arão (vv.29-31). Finalmente, Moisés
raelitas. Ele teve um primeiro en- decidiu obedecer a Deus (Êx 4.20),
contro com Deus no Monte Horebe. e foi uma bênção.
Encontro esse que levou Moisés a Como nas experiências de Moi-
tremer, tirar as sandálias, “escon- sés, a insegurança poderá fazer
der o rosto porque temeu olhar parte da nossa história em alguns
para Deus”. Deus lhe deu a missão momentos da nossa vida. Ter inse-
de livrar os israelitas das mãos dos gurança é possível para todos nós.
egípcios, o que era um grande de- Mas vencê-las é o que aprendemos
safio. “Eu Senhor? Quem sou eu na Palavra de Deus – “Não temas
para ir a Faraó e libertar o povo?” (Êx porque eu sou contigo; não te as-
3.11), disse Moisés inseguro de não sombres, porque eu sou teu Deus;
ser aceito pelos israelitas em nome eu te fortaleço, e te ajudo, e te sus-
de Deus. A insegurança de Moisés tento com a destra da minha justiça”
aflorou a sua falta de autoestima (Êx (Is 41.10). Insegurança não pode ser
4.1); o desespero tomou conta dele confundida com humildade, a qual
(vv.2,3). Deus, porém, continuou envolve o reconhecimento das pró-
tratando a insegurança de Moisés prias limitações, mas, ainda assim,
dando-lhe provas da sua compa- mantendo uma boa autoestima. O

34
fato é que o ser humano é emo- temer? Não deixe as preocupações
cionalmente vulnerável e poderá demasiadas tomarem conta da sua
desenvolver reações negativas por vida. Situações adversas poderão
conta da insegurança. Quase sem- surgir como: enfermidades, desem-
pre a insegurança causa isolamen- pregos, violências, catástrofes na-
to. Moisés aprendeu com Deus, em turais ou causados pelos homens
desafios diversos, que poderia de- na natureza, incertezas políticas e
pender e ser usado por Ele para muitos outros motivos, neste mun-
abençoar pessoas, abençoar um do de aflições, entretanto o próprio
povo, uma nação (Êx 12.37). Jesus nos advertiu que vencere-
mos, pois Ele venceu – “No mundo
Conclusão tereis aflições, mas tende bom âni-
Como Moisés, podemos vencer mo, Eu venci o mundo”. (Jo 16.33)
a insegurança. Como Moisés, pode-
Para pensar e agir:
mos depender de Deus e nos apro-
ximar mais dele. Moisés aprendeu a 1. Como você reage diante das
ter intimidade com Deus e não hou- adversidades que trazem insegu-
ve mais profeta em Israel como ele, rança?
“que conversava com Deus face a 2. Que conselhos você daria para
face” (Dt 34.10). alguém vivendo situações de inse-
Aproveitemos esse tempo para gurança?
crescer na intimidade com Deus 3. Cite um versículo que o lembra
pela oração e leitura da Bíblia. Deus sobre a segurança que Deus dá.
colocou esses recursos à nossa dis-
posição pelo seu grande amor por
nós. E podemos fazer isso em nome
de Jesus. Louve a Deus e cante para
afugentar a insegurança e o medo.
Lembre-se: “Seguro estou, não te- Leitura Diária
nho temor do mal, sim guardado SEG Êxodo 1.15-22
pela fé em meu Jesus” (C.C. 324) ou
TER Êxodo 2.1-10
“Que segurança! Sou de Jesus, e já
desfruto as bênçãos da luz. Sou por QUA Êxodo 2.11-15
Jesus herdeiro de Deus, ele me leva QUI Êxodo 4.10-17
à glória dos céus” (H.C.C. 417). SEX João 16.33
Lembre-se que Deus é sobe- SÁB Salmos 125.1
rano, Ele sabe tudo sobre o nosso
DOM Filipenses 4.6-7
passado, presente e futuro. Por que

35