Você está na página 1de 20

Sistema Endócrino

Tronco Hormonal
G lâ n d u la
H ip o t á la m o

G lâ n d u la P in e a l

G lâ n d u la H ip ó fis e

G lâ n d u la S u p r a - r e n a l G lâ n d u la T ir e ó id e G lâ n d u la o v á r io
G lâ n d u la T e s t í c u lo

P â n c re a s P a r a t ir e ó id e
Sistema Endócrino
• O sistema endócrino, juntamente com o
sistema nervoso, controla as funções
orgânicas do nosso corpo.
• Compõe-se de glândulas que secretam
hormônios, que por sua vez, são
mensageiros químicos. O órgão específico
capaz de responder a determinado hormônio
é chamado de órgão-alvo.
Sistema Endócrino
Hipotálamo
• O hipotálamo é parte do sistema
nervoso, localizado no diencéfalo.
Nesta região ocorre a interação entre
sistema nervoso e endócrino. Há no
hipotálamo uma infinidade de funções
que são discutidas na fisiologia deste
sistema.
Hipotálamo
Hipófise
• É um corpo ovóide, situado na sela
túrcica do osso esfenóide. Possui uma
relação íntima com o hipotálamo, com o
qual se liga através do infundíbulo ou
haste hipofisária. A hipófise é dividida
em dois lobos: anterior ou adeno-
hipófise e posterior ou neuro-hipófise.
Possui um tipo de circulação portal.
Hipófise
Tireóide
• A glândula tireóide é um órgão intensamente
vascularizado, situado no plano mediano do
pescoço envolvendo parte da traquéia e da
laringe. Apresenta dois lobos, direito e
esquerdo, ligados em sua linha mediana pelo
istmo. Seu peso geralmente está em torno de
30 gr, sendo mais volumosa no homem do
que na mulher, aumentando durante a
gravidez. Cada lobo tem 5 cm de
comprimento, 3 cm de altura e 2 cm de
espessura. Sua base se orienta para baixo e
termina em torno do 5° ou 6° anel traqueal.
Tireóide
Paratireóides
• As glândulas paratireóides são pequenos
corpos avermelhados na metade medial da
face posterior da glândula tireóide. Medem
cerca de 6 mm de altura por 3 a 4 mm de
espessura e normalmente apresentam
formato oval. São divididas em superiores e
inferiores de acordo com sua situação,
geralmente em número de quatro, podendo
exceder esta quantidade.
Supra-renais
Localizam-se sobre o pólo superior de
cada um dos rins e são de fácil
visualização. A glândula direita tem
forma de um triângulo ou pirâmide e a
da esquerda tem forma semilunar e
tende a ser levemente maior. O peso
médio é de 3,5 a 5 gramas.
Pâncreas
• O pâncreas situa-se transversalmente
ao longo da parede posterior do
abdômen, nas regiões epigástrica e
hipocôndrica esquerda. Seu
comprimento varia de 12,5 a 15 cm e
seu peso é em torno de 85 gr na
mulher e de 90 gr no homem. Secreta
hormônios responsáveis pela produção
energética no organismo humano.
Pâncreas
Glândula Pineal
• Localiza-se abaixo do esplênio do
corpo caloso e faz parte do diencéfalo.
Mede aproximadamente 8 mm e tem
forma parecida à de um pinhão. Produz
o hormônio melatonina.
Glândula Pineal
Ovários
• Os ovários, homólogos aos testículos,
são dois corpos nodulosos situados de
cada lado do útero, em relação com a
parede da pelve e presos no ligamento
largo do útero, dorsal e caudalmente às
tubas uterinas. Cada um mede cerca
de 4 cm de comprimento, 2 cm de
largura e cerca de 8 mm de espessura,
pesando entre 2 a 3,5 gr.
Ovários
Testículos
• São dois órgãos produtores de sêmen
suspensos no escroto pelos funículos
espermáticos. Em um período inicial da vida
fetal, estão contidos na cavidade abdominal,
atrás do peritônio. São de forma oval,
achatados lateralmente. Medem em geral 4 a
5 cm de comprimento, 2,5 cm de largura e 3
cm de diâmetro ântero-posterior. O peso
varia entre 10,5 a 14 gr.
Testículos