Fosfatase Alcalina

 Enzima;  Produzida, principalmente, por ossos, fígado, placenta e mucosa intestinal;  A sua concentração aumenta com o aumento da actividade das células, seja na reparação de fracturas ou no desenvolvimento de cancros, por exemplo.  Existem vários tipos de fosfatases alcalinas;

Fosfatase Alcalina 
Permite, assim, detectar e monitorizar doenças ósseas, hepáticas, etc;  Os seus níveis variam consoante o sexo e a idade;  Os valores mais elevados são observados na infância devido à isoenzima óssea que está presente nos ossos em crescimento, e durante a gravidez, devido à isoenzima placentária.

Fosfatase Alcalina
Esta enzima tem como principal função remover os grupos fosfatos presentes nas extremidades 5· das moléculas de DNA, sendo por isso uma proteína muito usada em laboratório.

Quando estes grupos fosfatos são removidos da extremidade 5· das moléculas de DNA estas ficam impedidas de se ligarem a outras moléculas de DNA.

Fosfatase Alcalina
Outra das utilizações da Fosfatase Alcalina é em termos da marcação radioactiva.

A remoção dos grupos fosfatos deixa um ´espaço livreµ, esse ´espaçoµ pode ser posteriormente preenchido com grupos radioactivos, o que permite a identificação da molécula mais tarde. Para se conseguir identificar um anticorpo específico junta-se-lhe a fosfatase alcalina, numa técnica de imunodetecção.

Fosfatase Alcalina
A fosfatase alcalina é ainda um bom indicador de problemas a nível hepático, uma vez que é produzida por vários tecidos e órgãos.

P-nitrofenilfosfato 
substrato da fosfatase alcalina; 

Detecta a presença desta enzima; Incolor;

Reacção

O p-nitrofenilfosfatase de sódio é hidrolisado especificamente pela fosfatase alcalina, libertando o p-nitrofenol e um grupo fosfato

P-nitrofenol 
Pode ser detectado por absorvância a 405 nm (coloração amarela); 

A sua coloração é proporcional à actividade da fosfatase alcalina.

Fosfatase Alcalina 
Determinação da cinética enzimática;  Cálculo da fosfatase alcalina em U.I.; 

Determinação da Velocidade máxima (Vmáx);  Constante de Michaelis ² Mentem (Km).

Protocolo
1. Preparação de um extracto enzimático da mucosa intestinal de rato; 2. Determinação da actividade da Fosfatase Alcalina a pH 8,5; 3. Efeito da Concentração de substrato na actividade enzimática.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful