Você está na página 1de 21

1.2.

3 Fatores que
alteram o
equilíbrio químico
Fatores que alteram o equilíbrio químico

O estado de equilíbrio de uma mistura reacional pode ser alterado por:


Temperatura.
Pressão (em sistemas gasosos).
Concentração.

Controlo da temperatura Controlo da pressão Adição ou remoção de


substâncias
Fatores que alteram o equilíbrio químico

Concentração O sistema evolui para


A constante de equilíbrio
um novo estado de
não sofre alteração
Pressão equilíbrio

Volume
Obtenção de um novo Novo valor para a
Temperatura constante de equilíbrio
estado de equilíbrio

Reação exotérmica: diminui Kc


Aumento da temperatura
Reação endotérmica: aumenta Kc

Diminuição da temperatura Reação exotérmica: aumenta Kc


Reação endotérmica: diminui Kc
Fatores que alteram o equilíbrio químico

Concentração

O efeito da adição ou remoção de um reagente ou produto num sistema pode ser


interpretado por comparação do quociente da reação, Qc, no instante de alteração
da concentração, com a constante de equilíbrio, Kc, à mesma temperatura.

O monóxido de nitrogénio pode decompor-se em nitrogénio e oxigénio, segundo a reação:

2 NO (g) ⇌ N2 (g) + O2 (g)

Adiciona-se N2 A concentração aumenta.

Quociente da reação
N2 × O2
Qc =
NO 2
Fatores que alteram o equilíbrio químico

Concentração 2 NO (g) ⇌ N2 (g) + O2 (g)

Aumentando a concentração de um produto da


N 2 × O2
reação o valor de Qc aumenta.
Qc =
NO 2

Para se atingir um novo estado de equilíbrio o valor


de Qc deverá diminuir até atingir o valor de Kc.

Predomina a reação inversa


Fatores que alteram o equilíbrio químico

Concentração 2 NO (g) ⇌ N2 (g) + O2 (g)

N2 × O2
Qc =
NO 2
Aumentando a concentração do reagente da reação,
o valor de Qc diminui.

Para se atingir um novo estado de equilíbrio, o valor


de Qc deverá aumentar até atingir o valor de Kc.

Predomina a reação direta


Princípio de Le Châtelier

Permite prever a evolução de um sistema químico quando ocorre variação de um dos fatores
que podem afetar o estado de equilíbrio:

Concentração

Pressão

Volume

Temperatura

Príncipio de Le Châtelier
Um sistema químico em equilíbrio, sujeito a alterações (de temperatura, pressão,
volume ou concentração) do estado de equilíbrio, tende a contrariá-las até atingir um
novo estado de equilíbrio.
Princípio de Le Châtelier

Concentração O álcool etílico, C2H6O, pode obter-se na indústria petroquímica a partir


da reação entre o eteno e a água:

Pressão Equilíbrio: C2H4 (g) + H2O (g) ⇌ C2H6O (g)

Volume
Perturbação: diminuição da concentração de álcool etílico.
Temperatura

Evolução: o equilíbrio inicial deixa de existir, e o sistema evolui


de modo a aumentar a concentração de álcool
etílico.

Resultado: é favorecida a reação direta (→).


Principio de Le Châtelier

Concentração

Pressão O efeito da pressão num estado de equilíbrio só é expressivo quando há


componentes gasosos no sistema e quando a quantidade de matéria
Volume (mol) de gases é diferente nos reagentes e nos produtos.

Temperatura
A pressão de um gás é tanto maior quanto maior for a quantidade
de matéria (mol).

A reação de formação de trióxido de enxofre, SO3

2 SO2 (g) + O2 (g) ⇌ 2 SO3 (g)


Princípio de Le Châtelier

Concentração Equilíbrio: 2 SO2 (g) + O2 (g) ⇌ 2 SO3 (g)

Pressão Aumento de pressão


3 mol 2 mol
Volume
Perturbação: aumento da pressão total do sistema.
Temperatura

Evolução: o equilíbrio inicial deixa de existir, e o sistema evolui


de modo a diminuir a pressão total, isto é, de forma
a diminuir a quantidade de matéria gasosa do
sistema.

Resultado: é favorecida a reação direta (→) até se atingir


um novo estado de equilíbrio.
Princípio de Le Châtelier

Concentração
Uma variação de volume de um sistema reacional fechado traduz-se
Pressão na correspondente variação de pressão.

Volume A temperatura constante:

Temperatura • quando diminui o volume do sistema, aumenta a pressão;

• quando aumenta o volume do sistema, diminui a pressão.

O cianeto de hidrogénio também pode ser obtido por um processo:

3 NH3 (g) + C3H8 (g) ⇌ 3 HCN (g) + 7 H2 (g)


Princípio de Le Châtelier

Concentração
Equilíbrio: 3 NH3 (g) + C3H8 (g) ⇌ 3 HCN (g) + 7 H2 (g)

Pressão
Aumento do volume
4 mol 10 mol
Volume
Perturbação: aumento do volume do sistema, ao qual
corresponde uma diminuição de pressão.
Temperatura

Evolução: o sistema evolui de modo a aumentar a pressão


total, isto é, o que se consegue se aumentar a
quantidade de matéria total do sistema.

Resultado: é favorecida a reação direta (→), ou seja, a


formação de HCN e H2, até se atingir um novo
estado de equilíbrio.
Princípio de Le Châtelier

Concentração Para avaliar o efeito da temperatura no sistema químico é necessário ter


em conta que para uma:
Pressão
• reação exotérmica (ΔH < 0), a temperatura aumenta quando é
favorecida a reação direta e diminui quando é favorecida a reação
Volume inversa.

Temperatura • reação endotérmica (ΔH > 0), a temperatura diminui quando é


favorecida a reação direta e aumenta quando é favorecida a reação
inversa.

Se uma reação é exotérmica, a sua inversa é endotérmica.


Se uma reação é endotérmica, a sua inversa é exotérmica.
Princípio de Le Châtelier

O acetato de etilo, CH3CO2C2H5, pode ser obtido através de uma reação


Concentração exotérmica em fase líquida, representada pela equação química:

Pressão Equilíbrio: CH3CO2H (ℓ) + C2H5OH (ℓ) ⇌ CH3CO2C2H5 (ℓ) + H2O (ℓ)

Volume Aumento de temperatura ΔH = −3,3 kJ mol-1


Reação exotérmica

Temperatura Perturbação: aumento da temperatura do sistema.

Evolução: o equilíbrio inicial deixa de existir, e o sistema evolui


de modo a diminuir a temperatura, isto é, no sentido
da reação endotérmica.

Resultado: é favorecida a reação inversa (←) até se atingir


um novo estado de equilíbrio.
Equilíbrio químico e otimização de reações químicas

A aplicação do Princípio de Le Châtelier a processos industriais permite escolher


valores de temperatura e pressão e justificar o uso de catalisadores.

A produção de amoníaco, NH3, é feita pelo processo de Haber-Bosch, que envolve a


reação entre nitrogénio, N2, obtido do ar, e hidrogénio, H2:

N2 (g) + 3 H2 (g) ⇌ 2 NH3 (g) ΔH = −92,2 kJ mol-1

• Aumento da temperatura faz diminuir a extensão da reação.


• Diminuição da temperatura faz diminuir a velocidade da reação.

O rendimento é assim demasiado baixo, quer se aumente ou diminua a temperatura.


Equilíbrio químico e otimização de reações químicas

Temperatura e
catalisadores Os catalisadores são substâncias específicas para cada reação que
aumentam a sua velocidade sem que sejam consumidas.
Pressão

Remoção dos
produtos da reação

Reação sem catalisador Reação com catalisador

Na síntese de NH3, o catalisador é uma mistura de ferro em pó com


As concentrações de equilíbrio são as mesmas.
óxidos de potássio e alumínio.

O catalisador permite aumentar a velocidade de uma reação a uma


temperatura suficientemente baixa, sem contudo ser consumido.

A extensão da reação é apreciável, tornando economicamente viável a


produção de NH3.
Equilíbrio químico e otimização de reações químicas

Temperatura e
catalisadores

Pressão N2 (g) + 3 H2 (g) ⇌ 2 NH3 (g)

Remoção dos
4 mol 2 mol
produtos da reação

O aumento de pressão favorece a reação direta.

A pressão utilizada é cerca de 150 a 300 vezes superior à pressão


atmosférica normal.

Pressões muito elevadas tornariam o processo demasiado


dispendioso, além de exigirem sistemas de segurança mais caros.
Equilíbrio químico e otimização de reações químicas

Temperatura e
catalisadores

Pressão

Remoção dos
produtos da reação N2 (g) + 3 H2 (g) ⇌ 2 NH3 (g)

ocorre remoção constante


do produto da reação.

A remoção constante de amoníaco do sistema provoca um


desequilíbrio permanente que favorece a reação no sentido da sua
formação, reação direta.
Questões

O trióxido de enxofre, SO3, pode ser obtido pela reação traduzida por:

2 SO2 (g) + O2 (g) ⇌ 2 SO3 (g) ΔH = –197 kJ mol-1

Preveja, justificando com base no Princípio de Le Châtelier, se aumenta ou diminui a


produção de trióxido de enxofre quando há:

a) aumento de pressão;

b) diminuição de temperatura;

c) remoção de oxigénio.
Questões (Resolução)

a) O aumento de pressão, de acordo com o Princípio de Le Châtelier, leva a que o sistema


evolua de modo a diminuir a pressão. Isso só acontece se a reação direta (→) for
predominante, o que provoca uma diminuição da quantidade de matéria total de gases
(pois 3 mol de reagentes originam 2 mol de produtos). Uma vez que a resção direta se
torna predominante, a produção de trióxido de enxofre aumenta.

2 SO2 (g) + O2 (g) ⇌ 2 SO3 (g) ΔH = –197 kJ mol-1

3 mol 2 mol
Questões (Resolução)

2 SO2 (g) + O2 (g) ⇌ 2 SO3 (g) ΔH = –197 kJ mol-1


Reação exotérmica

b) Quando se diminui a temperatura, o sistema vai evoluir de modo a aumentar a


temperatura, isto é, no sentido da reação exotérmica, que neste caso a reação direta
(→). Isto aumenta a produção de trióxido de enxofre.

c) Se diminuir a concentração da oxigénio, o sistema evolui de modo a aumentar a sua


concentração. Isto favorece a reação inversa (←), o que resulta numa diminuição da
produção de trióxido de enxofre.