Você está na página 1de 10

Pronome pessoal

em adjacência verbal

Porto Editora
Os pronomes pessoais apresentam formas
tónicas e formas átonas:

formas tónicas – desempenham as funções sintáticas


de sujeito, de complemento oblíquo ou de
complemento agente da passiva: eu, tu, você, ele/ela,
nós, vós, vocês, eles/elas; mim, ti, si; comigo, contigo,
consigo, connosco, convosco.

formas átonas – desempenham as funções sintáticas


de complemento direto ou complemento indireto (sem
preposição): me, te, o/a, nos, vos, os/as, lhe, lhes.

Porto Editora
Ocorrência das formas átonas
As formas átonas ocorrem em adjacência
verbal, ou seja, junto ao verbo. Podem ocorrer em
três situações:

A. Geralmente, os pronomes pessoais átonos surgem


à direita do verbo

integrados em frases afirmativas

Ex.: A Teresa desligou a televisão.

A Teresa desligou-a.
Porto Editora
integrados em orações coordenadas

Ex.: O rapaz chegou, mas não viu a professora.

O rapaz chegou, mas não a viu.

Porto Editora
B. Se as formas verbais se encontram flexionadas
no futuro do indicativo ou no condicional, os
pronomes pessoais átonos surgem integrados no
verbo.
Ex.: O Rodrigo comprará a sobremesa.

O Rodrigo comprá-la-á.

Ex.: Eu beberia chá, se pudesse.

Eu bebê-lo-ia, se pudesse.
Porto Editora
C. Os pronomes pessoais átonos surgem à esquerda
do verbo nas seguintes situações:

integrados em frases com palavras com valor


negativo (nunca, jamais, ninguém, nada)
Ex.: Eu não quero ver o João. Eu não o quero ver.

integrados em orações subordinadas

Ex.: Ela disse que trouxe o casaco.

Ela disse que o trouxe.


Porto Editora
integrados em frases com verbos antecedidos
por alguns advérbios (ainda, talvez, já, sempre,
só,…)
Ex.: Já fiz o trabalho. Já o fiz.

integrados em frases interrogativas iniciadas


por pronomes ou advérbios

Ex.: Quem é que encomendou a tarte?

Quem é que a encomendou?

Porto Editora
integrados em frases com alguns
quantificadores e pronomes indefinidos.

Ex.: Alguém contou a verdade ao Luís.

Alguém lhe contou a verdade.


integrados em frases exclamativas.

Ex.: Que corra bem o teste à Marta!

Que lhe corra bem o teste.


Porto Editora
integrados em frases com alguns advérbios
(ainda, talvez, já, sempre, só…)
Ex.: Ainda não ofereci nada à Eva.
Ainda não lhe ofereci nada.
integrados em frases com alguns quantificadores
e pronomes indefinidos
Ex.: Alguém contou a verdade ao Luís.
Alguém lhe contou a verdade.
Porto Editora
Alterações na forma dos pronomes de
complemento direto, 3ª pessoa, o/a; os/as:
a. passam a -lo(s), -la(s), se a forma verbal terminar em
-r, -s, -z

Ex.: A Joana faz as empadas. ➝ A Joana fá-las.

b. passam a -no(s), -na(s), se a forma verbal terminar em -m,


ditongo ou vogal nasal

Ex.: Os alunos corrigiram os exercícios.

Os alunos corrigiram-nos.

Porto Editora