Você está na página 1de 33

INTRODUÇÃO A

ODONTOLOGIA
LEGAL

UNIC – UNIVERSIDADE DE
CUIABÁ
PROF. Osvaldo Fortes
Introdução à Odontologia
Legal
Denominações:

 Odontologia Forense
 Odontologia Pericial
 Odontologia Judiciária
 Jurisprudência Odontológica
 Odontologia Legal (justificativa)
Introdução à Odontologia
Legal
VALDEMAR DA GRAÇA LEITE
(1962)

“ A ciência que correlaciona


conhecimentos odontológicos e
jurídicos e os aplica a serviço da
justiça.”
História da Odontologia
Legal
Segundo Luntz (1977), a primeira
evidência de identificação através
dos dentes aconteceu de 45-70 anos
d.C., onde Agripina mãe de Nero
(imperador de Roma) mandou matar
Lollia Paulina, que só pôde ser
identificada através de certas
características dentárias.
História da Odontologia
Legal
Para Cunha (1952), o código de
Hamurabi foi o primeiro esboço legal
na área da medicina relacionado aos
dentes: “Se alguém romper um
dente a um homem, seu próprio
dente deverá ser rompido”.
História da Odontologia
Legal
Carlos, o temerário, Duque de Borgonha,
morto em Nancy em 1467, foi identificado
por determinados defeitos em seus
dentes.

Paul Revere identificou seu amigo, o


médico e general Joseph Warren, morto
em uma batalha na independência dos
EUA, através de uma prótese fixa
executada pelo mesmo. Foi
provavelmente a 1ª. pessoa identificada
por um CD.
História da Odontologia
Legal
Segundo Samico (1953) , o poeta Schiller
(1826), foi identificado 21 após a sua
morte entre 22 esqueletos, pelo estudo
dos dentes.

Segundo Fernandez (1967), o apóstolo da


liberdade cubana, José Martí, morto na
batalha de “Boca de dos rios”, foi
identificado pelo seu Dentista Dr. Zayas,
pela ausência de um incisivo superior
direito.
História Da Odontologia
Legal
Em 1897, no incêndio do bazar da
caridade, em Paris, onde 190
pessoas morreram, o serviço de
identificação com o auxílio de CDs foi
tão relevante, que despertou o
interesse do médico Oscar Amoedo
na odontologia forense, sendo
considerado o pai da odontologia
legal. Em consequência de seus
estudos publicou o livro “L’Art
Dentaire em Médicine Légale”.
História da Odontologia
Legal
Em 1907, o Dr. Valenzuela de
Bastarica, verificou ao comparar a
ficha dentária fornecida pela
embaixada alemã com restos mortais
encontrados, não se tratar do
secretário da embaixada Willy
Becker, e sim do porteiro chileno
Ezequiel Tapia.
História da Odontologia
Legal
Carlos Gardel, morto em acidente de
avião em 1935, foi identificado entre
os mortos pelos trabalhos em ouro e
porcelana feitos nos seus dentes.

O médico nazista Josef Mengele foi


identificado em 1985, no Brasil, pela
comparação da sua ficha dentária
com a da ossada suspeita.
História da Odontologia
Legal
Na operação tempestade no deserto,
dos 251 exames de reconhecimento
dental realizados 244 possibilitaram
a individualização da identidade.
História da Odontologia Legal
na América Latina
- Dr. Armando López de León (Guatemala):
estudo da rugas palatinas
- Dr. F.M. Dimas Arruti (Porto Rico): estudo
dos problemas de responsabilidade civil do
CD.
- Dr. Júlio Peñalver (Venezuela): publicou o
livro “Odontologia Legal y Deontologia”.
- Dr. Juan Ubaldo Carrea (Argentina): estudo
para determinar a estatura média
humana.
- Entre outros...
História do Ensino da
Odontologia Legal na América
Latina
- Argentina (1920): Na escola de
Odontologia da Faculdade de Ciências
Médicas de Buenos Aires, através do prof.
Nério Rojas.
- Peru (1923): Na Faculdade de Odontologia
da Universidade de San Marcos, de Lima,
através do professor Dr. Guillermo
Férnandez.
- Uruguai: Faculdade do Uruguai, pelo prof.
Eduardo Travieso.
- Cuba (1945): Universidade de Havana,
pelo prof. Carlos Garcia.
História da Odontologia Legal
no Brasil
Nina Rodrigues (1897), escreveu a
obra “Lesões dos Dentes”,
constituindo uma das primeiras
obras no sentido odonto-legal.

O prof. Henrique Tânner de Abreu


(1922), escreveu a obra “Medicina
legal aplicada a arte dentária”.
História da Odontologia Legal
no Brasil
O prof. Luiz Lustosa Silva (1924),
publicou a obra “Odontologia Legal”,
destacando a importância dos
caracteres anatômicos e dos dentes
na identificação.

O prof. Guilherme Oswaldo Arbenz


(1959), publicou a obra “Introdução
‘a Odontologia Legal”.
História da Odontologia Legal
no Brasil
Em 1962, o Dr. Valdemar da Graça Leite
também publicou uma obra de
odontologia legal.

De 1964 ‘a 1985, devido a ditadura militar


poucas obras foram divulgadas.

Após o fim desse período, a odontologia


legal teve expressivo avanço, com várias
pesquisas e publicações, principalmente
na USP e na UNICAMP.
Ensino da Odontologia Legal
no Brasil
- 1915: Início do ensino da
Odontologia Legal, vinculada a
cadeira de Medicina Legal.
- 1931: Instituído o ensino oficial da
Odontologia Legal, tendo como 1º.
Catedrático Henrique Tânner de
Abreu.
- 1961: O conselho federal de
educação coloca a Odontologia Legal
como parte do ciclo
profissionalizante do CD.
Ensino da Odontologia Legal
no Brasil
- Lei 5081 de 1966: Regula o exercício
da odontologia, e dispõe no seu
artigo 6º., parágrafo IV a
competência do CD para proceder ‘a
perícia em foro civil, crimial,
trabalhista e em sede administrativa.
- Em 1971, 1982 e 1996,
consecutivamente foi atualizada a lei
que exige o ensino da odontologia
legal dentro da formação do CD.
Definição de Odontologia
Legal
VALDEMAR DA GRAÇA LEITE

“ A ciência que correlaciona


conhecimentos odontológicos e
jurídicos e os aplica a serviço da
justiça.”
Definição de Odontologia
Legal
Para Vanrell (2002), odontologia legal é a
disciplina que oferece à justiça os
conhecimentos da odontologia e suas
diversas especialidades

Para o CFO a odontologia legal é a


especialidade que tem como objetivo a
pesquisa de fenômenos, psíquicos, físicos,
químicos e biológicos que podem atingir
ou ter atingido o homem vivo, morto ou
ossada, e mesmo fragmentos ou vestígios,
resultando lesões parciais ou totais
reversíveis ou irreverssíveis.
Divisão, Conteúdo e Área de
Atuação da Odontologia Legal
Abreu (1922) considerou que a
Odontologia Legal oferece campo
largo as aplicações médico-legais,
com grande importância no aspecto
de identificação.
Divisão, Conteúdo e Área de
Atuação da Odontologia Legal
Segundo Arbenz (1959), os problemas
estudados pela Odontologia Legal
correspondem à identificação pelos
dentes, arcos dentários e rugoscopia
palatina, ‘a determinação da espécie
animal, do sexo, do biótipo e da idade,
sinais profissionais, manchas de saliva,
traumatologia forense, infortunística,
instalação profissional e defesa dos
interesses morais e materiais do CD,
deveres morais em odontologia, exercício
lícito e ilícito da odontologia, segredo
profissional, responsabilidade civil e
criminal do CD, e honorários profissionais.
Divisão, Conteúdo e Área de
Atuação da Odontologia Legal
Para Daruge a odontologia legal se divide em:

 Parte Geral e Especial:


Legislação odontológica e legislação
relacionada
com o exercício da profissão,
deontologia,
diceologia e ética profissionais, Conselhos
Federal
e Regionais de Odontologia e suas
normas
complementares, Legislação Trabalhista,
Previdenciária e tributária.
Divisão, Conteúdo e Área de
Atuação da Odontologia Legal
 Parte Aplicada:

Perícias Odontológicas civis,


criminais,
trabalhistas e em sede
administrativa.
Divisão, Conteúdo e Área de
Atuação da Odontologia Legal
Em 1997, o CFO destacou que a
atuação da odontologia legal
restringe-se à análise, perícia e
avaliação de eventos relacionados
com a área de competência do CD,
podendo, se as circunstâncias o
exigirem, estender-se a outra áreas,
se disso depender a busca da
verdade, no estrito interesse da
justiça e da administração.
Divisão, Conteúdo e Área de
Atuação da Odontologia Legal
Áreas de competência de atuação do
especialista em Odontologia Legal,
segundo o CFO:

- Identificação humana;
- Perícia em foro civil, criminal e trabalhista;
- Perícia em área administrativa;
- Perícia, avaliação e planejamento em
infortunística;
Divisão, Conteúdo e Área de
Atuação da Odontologia Legal
- Tanatologia forense;
- Elaboração de: Autos, laudo, pareceres,
relatórios e atestados;
- Traumatologia odonto-legal;
- Balística forense;
- Perícia logística no vivo, no morto, íntegro
ou em suas partes em fragmentos;
- Perícias em vestígios correlatos, inclusive
de manchas ou líquidos oriundo da
cavidade bucal ou nela presentes;
Divisão, Conteúdo e Área de
Atuação da Odontologia Legal
- Exames por imagens para fins
periciais;
- Deontologia odontológica;
- Orientação odonto-legal para o
exercício profissional;
- E exames por imagens para fins
odonto-legais.
FIM!

Obrigado pela
atenção!