P. 1
A Dureza Dos Minerais e a Escala de Mohs

A Dureza Dos Minerais e a Escala de Mohs

4.4

|Views: 18.639|Likes:
Publicado pordarkchiifreya
geociencias
geociencias

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: darkchiifreya on Jan 13, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX or read online from Scribd
See more
See less

07/06/2013

A Dureza dos Minerais e a Escala de Mohs

A dureza é uma importante propriedade dos minerais. É uma da forma de identificação e classificação simples dos mesmos que consiste na resistência que o mineral opõe ao ser riscado por um objecto. (Grande Enciclopédia das Ciências: Mineralogia, Mineralogia Geral, s/d) Esta dureza é assim determinada pelos tipos de forças de ligação entre os seus átomos. (Enciclopédia Visual Rochas e Minerais, As Propriedades dos Minerais, 1988) Friedrich Mohs, mineralogista alemão, criou uma escala em 1812 que permitia medir as durezas dos diferentes minerais existentes na crosta terrestre, comparando-os (Wikipédia inglesa, entrada Mohs Scale of Mineral Hardness, 2008). Assim, segundo esta escala, cada mineral é riscado pelo seu sucessor.

A cada grau dessa escala atribui-se um número (de 1 a 10) e um nome de um mineral-padrão, sendo o 1 o talco e o 10 o diamante, 1500 vezes mais duro que o primeiro. (Grande Enciclopédia das Ciências: Mineralogia, Mineralogia Geral, s/d) Se, por exemplo um mineral é riscado pela calcite e risca o talco, encontrase no nível 2, apar do gesso. Contudo, há variações entre as durezas de vários exemplares dum mesmo mineral (anisotropia diferente), por isso, cada um apresenta uma dureza mínima e uma dureza máxima. Refere-se aqui sempre a dureza mínima, mais facilmente identificável, uma vez que a face de um dado exemplar, é quase sempre originada pela sua clivagem (ponto mais débil da sua estrutura). (Grande Enciclopédia das Ciências: Mineralogia, Mineralogia Geral, s/d) Podemos ainda referir métodos mais pragmáticos da classificação dos minerais nesta escala, contudo, menos precisos. Vejamos: se for possível de

ser riscado com a unha, terá dureza inferior a não superior a 2,5; se for possível riscá-lo com uma agulha ou moeda de cobre mas não com a unha, terá dureza inferior a 3,5; se é necessário uma faca ou fragmento de vidro para o riscar, terá dureza inferior a 5,5 e superior dureza se não for possível riçar por nenhuma das formas referidas. (Grande Enciclopédia das Ciências: Mineralogia, Mineralogia Geral, s/d) O diamante, elemento mais duro, é 7 vezes mais duro que o corindo, elemento que o antecede, como podemos observar no seguinte gráfico proporcional. (Enciclopédia Visual - Rochas e Minerais, As Propriedades dos Minerais, 1988)

Bibliografia consultada: → MELGAREJO, Juan Carlos, (s/d), Grande Enciclopédia das Ciências: Mineralogia, (s/d), (s/l), Ediclube. → SYMES, Doctor R.F., (1988), Enciclopédia Visual - Rochas e Minerais, 7ª edição, (s/d), Lisboa, Editorial Verbo.

Sitiografia consultada: → Wikipédia inglesa, Mohs Scale of Mineral Hardness, 2008 http://en.wikipedia.org/wiki/Mohs_scale_of_mineral_hardnes

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->