P. 1
modelo atômico atual

modelo atômico atual

|Views: 21.258|Likes:
Publicado porthiago_quimic@

More info:

Categories:Types, Resumes & CVs
Published by: thiago_quimic@ on Oct 09, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/08/2013

pdf

text

original

O MODELO ATÔMICO ATUAL O MODELO DE BOHR Vimos que no modelo atômico de Rutherford os elétrons giravam ao redor do núcleo como

planetas em torno do Sol.

Em 1913,o físico dinamarquês Niels Bohr apresentou uma respostas para essa questão,válida apenas para o átomo de hidrogênio: o elétron seria um espécie de satélite do núcleo.

O modelo atômico de Bohr apóia-se nas seguintes propostas: Em sua órbita,o elétron teria energia constante. Um elétron estaria e níveis de energia ( ou camadas).O elétron poderia ocupar sete níveis (ou camadas) de energia. Essas camadas foram denominadas K,L,M,N,O,P e Q, ou designadas por números de 1 a 7.

Núcleo

O elétron daria saltos quânticos de um nível de energia para outro. Ao redor do núcleo,em elétron esta no estado fundamental quando apresenta a menor energia possível. Ao receber energia,o elétron saltaria para um nível mais extenso e,imediatamente,voltaria para a posição inicial,liberando a mesma quantidade de energia. Como a energia seria recebida ou libertada por meio de um número inteiro de quanta,esses deslocamentos do elétron foram chamados de saltos quânticos.

E2 E1 Núcleo Elétron Elétron

E1

E2 Núcleo

Estado fundamental Estado excitado Energia recebida=E2-E1 energia devolvida=E2-E1

Esquema dos saltos quânticas do elétron.

Nos fogos de artifício,as cores são resultados de saltos quânticos em metais,como por exemplo o sódio (amarelo),o bário (verde),o chumbo (azul).

PROBLEMAS! O modelo de Bohr teve sucesso espetacular ao explicar o comportamento do elétron do átomo hidrogênio,mas os cientistas tiveram dificuldades para adaptar esse modelo aos demais átomos.

DUALIDADE DA MATÉRIA Em 1923,o físico francês Louis de Broglie propôs que todos os corpos, inclusive o elétron, teriam comportamento duplo de partícula e onda ao mesmo tempo, fenômeno que foi confirmado experimentalmente em 1927.

PRINCIPIO DA INCERTEZA Em 1926,o físico alemão Werner Heisemberg,com com seu Princípio da Incerteza,demonstrou que seria impossível determinar ao mesmo tempo a posição e velocidade do elétron.Nesse mesmo ano,surgiu uma equação matemática que permitia o cálculo da energia de qualquer elétron de um átomo.Nela surgiriam os conceitos de número quântico e de orbital.

Esses acontecimentos levaram ao moderno modelo atômico. O MODELO ATÔMICO ATUAL O átomo possui um núcleo com carga positiva.

O elétron é uma partícula-onda. Dependendo do fenômeno,o comportamento do elétron se parece como o de uma partícula ou com o de uma onda.

No átomo,cada elétron situa-se em um orbital. No átomo,de maneira análoga,o orbital é a região mais provável para um elétron ser localizado ao redor do núcleo.

Um elétron será identificado por quatro números quânticos. O estudo deste assunto esta além do ensino médio, mas conhecer os números quânticos irá ajudar você a compreender o modelo atômico atualmente aceito.

O número quântico principal (n): Indica o nível de energia (ou camada) do elétron.

O número quântico secundário (ℓ): Indica o subnível de energia do elétron. Experimentos mostram que o nível de energia n divide-se em subníveis, representados pela letra ℓ. O Cada valor de ℓ associa-se um subnível,representado pelas letras s,p,d, f, e assim por diante. Observe a tabela abaixo.

Nível

Número

Número secundário (ℓ ) 0 0,1 0,1,2 0,1,2,3 0,1,2,3,4 0,1,2,3,4,5 0,1,2,3,4,5,6,

Subníveis Subníprevistos (teóricos) s sp spd spdf spdfg spdfgh spdfgh veis s sp spd spdf spdf spd sp

quântico (n) quântico K L M N O P Q 1 2 3 4 5 6 7

O número quântico magnético (m):Indica o número de orbitais possíveis em cada subnível ℓ.Em sua variação algébrica,cada valor de m indicará a existência de um orbital: m= - ℓ,zero,ℓ.Veja a tabela a seguir. Subnível s p d f Valor de ℓ 0 1 2 3 Valores de m 0 -1,0,+1 -2,-1,0,+1,+2 -3,-2,-1,0,+1,+2,+3 Números orbitais 1 orbital s 3 orbitais p 5 orbitais d 7 orbitais f

As figuras abaixo mostram os orbitais s e p.
O orbital s tem o formato de uma esfera.

Cada orbital p tem o formato de um duplo ovóide e estaria situado ao longo de um dos eixos de um sistema triortogonal. Y

O número quântico spin (S): Em alguns experimentos,o elétron se comporta como se fosse uma partícula girando (em inglês,spin,”giro”) ao redor de si mesma.A mecânica quântica prevê dois valores de spin, + e - , associados a dois possíveis sentidos de rotação do elétron.
Dois elétrons girando ao mesmo sentido apresentam spins iguais ou paralelos. Se os sentidos forem diferentes os spins serão opostos ou antiparalelos.

Princípio da Exclusão Como os números quânticos servem para identificar um elétron, um orbital poderá conter no máximo dois elétrons de spins opostos. ....no mesmo átomo,dois elétrons no podem ter o mesmo conjunto de números quânticos.

VejA o exemplo. Dois elétrons situados no orbital s do primeiro nível Número quântico Principal Secundário Magnético spin Primeiro elétron n=1 ℓ=0 (subnível s) m=0 (orbital s) S= Segundo elétron n= 1 ℓ= 0 (subnível s) m= 0 (orbital s) S= +

Neste livro, adotaremos - como sinal do spin do primeiro elétron do orbital. Pelo que foi visto,podemos afirmar que um orbital terá,no máximo, dois elétrons e única diferença entre eles estará no spin.

Agora você poderá prever o número máximo de elétrons em cada subnível: Subnível Números de orbitais s p d f 1 3 5 7 Número máximo de elétrons no subnível 2 6 10 14 Represen tação s2 p6 d10 f14

A ENERGIA DOS SUBNÍVEIS

A REGRA DE HUND (PRINCÍPIO DA MÁXIMA MULTIPLICIDADE) De acordo com regra,os orbitais de um mesmo subnível devem ser preenchidos na seguinte ordem: 1º) Colocar um elétron em cada orbital, com spins iguais (paralelos). Esses elétrons estão desemparelhados. 2º) Colocar o segundo elétron em cada orbital, sempre com spin oposto em relação ao primeiro. Dessa maneira, em cada orbital haverá elétrons emparelhados.

A DISTRIBUIÇÃO EM NÍVEIS DE ENERGIA Para a grande maioria das situações em nosso curso, basta que você faça uma distribuição eletrônica simplificada,utilizando apenas níveis de energia. Observe exemplo:
26

Fe (26 prótons,26 elétrons): 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d6 (ordem

crescente de energia)

Reagrupando os níveis de acordo com o nível: 1s2 K=2 2s2 2p6 L=8 3s2 3p6 3d6 M=14 4s2 N=2

APLIQUE SEU CONHECIMENTO

13.Observe esta distribuição eletrônica no estado fundamental:
7

N: 1s2 2s2 2p2

Escreva as distribuições eletrônicas fundamentais,representando os subníveis,para: a) 13AL b) 14SI c)
17

CL

d) 1 8AR e) 21 SC f) 30 ZN

14. Considere as informações: I. A configuração fundamental (ou normal) de um átomo é aquela em que os elétrons ocupam posições de menor energia possível.

II. Quando um átomo recebe energia,seus elétrons podem saltar para subníveis mais energéticos.A configuração eletrônica resultante estará ativada ou excitada. Assinale a alternativa que apresenta uma configuração eletrônica ativa: a) 8O:1S2 2S2 2P4. b) 15P:1S2 2S2 2P6 3S2 3P3. c) 12Mg:1S2 2S2 2P6 3S1 3P1. d) 2He:1S2. e) 11Na:1S2 2S2 2P6 3S1.

15.Na configuração Ar de maior energia.

4s2 3d3,indique o subnível mais externo e o

16.Escreva a configuração de um átomo cujo subnível mais energético é 3d5. Qual será o número atômico do elemento químico correspondente?

REFORCE SEU CONHECIMENTO

17.Escreva as distribuições eletrônicas fundamentais nos subníveis dos átomos: a)12Mg b)19K c)20Ca d)23V e)26Fe f)27Co

18.Qual é o número atômico do elemento químico no qual o subnível mais energético será: a)4p2 ? b)3d8 ? c)3p6 ? 19.Analise duas configurações eletrônicas do nitrogênio (Z=7): 1s2 2s2 2p3 (I) Assinale a alternativa correta: 1s2 2s2 2p2 3s1 (II)

a) A configuração I esta ativada. b) A configuração II é fundamental,ou seja,a de menor energia. c) Quando a configuração I perde energia,transforma-se na configuração II. d) Quando a configuração II absorve energia,transforma-se na configuração I. e) Quando um elétron retorna do subnível 3s para o subnível 2p,haverá libertação de energia na forma de luz.

RESPOSTAS

13. a)1S2 2S2 2P6 3S2 3P1 b)1S2 2S2 2P6 3S2 3P2 c)1S2 2S2 2P6 3S2 3P5 d)1S2 2S2 2P6 3S2 3P6 e)1S1 2S2 2P6 3S2 3P6 4S2 3D1

f)1S2 2S2 2P6 3S2 3P6 4S2 3D10 14.c 15.mais externo:4S2; de maior energia:3d3 16.1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d5. Z=25

17.a)1s2 2s2 2p6 3s2 . b)1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s1

c)1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 d)1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d3 e)1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d6 f)1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d7

18. a) Z=32 b) Z=28 c) Z=18

19.e

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->