Você está na página 1de 9

Migraes estrangeiras dos

sculos XIX ao XXI


PROF. ROSANA

HISTRICO
O quarto que mais recebeu

imigrantes;
Decreto assinado em 1808;
Portugueses, italianos,
alemes, eslavos, espanhis
e japoneses;
Maior contingente: 1850 a
1930;

Fatores que
condicionantes/migrao
Crise econmica na Europa;
Possibilidade de ascenso social na Amrica;

PERFIL
Jovens
Pobres
Homens
Idade produtiva
Habilidades tcnicas e manuais

Razes para a diminuio das


migraes
No cumprimentos das

promessas
A queda da bolsa de valores de
Nova York-queda de preo do caf
A instabilidade poltica
Lei das cotas da imigrao
Exigncia de imigrantes
agricultores 80%

Novo aumento 1950/1970


Imigrantes e refugiados
Mais estrangeiros sul e sudeste
Colonizao/sul: pequena e mdia

propriedade/italianos, alemes e
eslavos
Colonizao/sudeste: grande
lavouras cafeeiras/italianos e
japoneses/caf (Bairro da Liberdade)
Portugueses, os mais expressivos

Emigrao de brasileiros
1980 baixo crescimento

econmico e alta inflao


Estados Unidos, Japo, Austrlia,
Europa e Amrica Latina
Antes era forada.
Trfico de imigrantes (mulheres)
Brasileiros no exterior dados
imprecisos clandestinos

Paraguai: brasiguaios
Barragens Hidreltricas
Para o Japo: descendentes de japoneses
2008-2011: diminuio da emigrao

retorno diminuio de remessas de


dinheiro no pas
Hoje Brasil atrai estrangeiros remetem
dinheiro para seus pases

Novas migraes
internacionais
1:Bolivianos e Coreanos
2: Africanos e Palestinos
Incio em 1980
Coreanos empregam bolivianos
REFUGIADOS: no pode ou no quer

regressar
1999 Brasil e ONU, acordo para receber
refugiados
Brasil 1 pais do cone Sul a assinar a lei de
refugiados

Conare (Comit Nacional


para os refugiados)
Interministerial e ministrio da

justia
Permite residir legalmente,

trabalhar e ter acesso aos


servios pblicos