Você está na página 1de 28
  Unidade: Todas as Unidades de Internação.
 

Unidade:

Todas as Unidades de Internação.

Manual de Normas e Rotinas

Revisão:

 

1ª

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

V. ATIVIDADES DE ENFERMAGEM AMBULATORIAIS V.1. BLOCO 01 - ORTOPEDIA

A G E N T E

A Ç Ã O

 

1ª Consulta

 

Pré-encaminhamento do PS

Central de Vagas

Entre sub-especialidade da Ortopedia

 

SALA DE GESSO Encaminhado pelo médico

Retirada de Pontos

Enfermeiro e Auxiliar de Enfermagem

Médico

Curativos

Retirada de Gesso

 

Retirada de Fixador

Colocação de aparelho gessado

 

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Virgínia Marques de O. Viesi

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

87

  Unidade: Todas as Unidades de Internação.
 

Unidade:

Todas as Unidades de Internação.

Manual de Normas e Rotinas

Revisão:

 

1ª

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

V.1. BLOCO 01 – CIRURGIA

 

URO, NEURO, GASTRO, VASCULAR, CARDÍACA, TORÁXICA

A G E N T E

A Ç Ã O

 

1ª CONSULTA

 

Encaminhamento do PS

Central de Vagas

Pós Operatório – CC Leonor – Retaguarda

 

SALA DE CURATIVO Encaminhado pelo médico

 

Enfermeiro e Auxiliar de Enfermagem

Instalação de sonda vesical

 

Curativo Vascular

Retirada de Pontos

Médico

Instalação de Cistostomia (médico)

 

Instalação de Nefrostomia (médico)

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Virgínia Marques de O. Viesi

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

88

  Unidade: Todas as Unidades de Internação.
 

Unidade:

Todas as Unidades de Internação.

Manual de Normas e Rotinas

Revisão:

 

1ª

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

V.1. BLOCO 01 - ODONTOLOGIA

 

A G E N T E

 

A Ç Ã O

   

1ª CONSULTA

 

Triagem – B M

P E

Via Central de Vagas 65%

 

Triagem Encaminhado de outras Clinicas 35%

(neuro, onco, URE

)

Enfermeiro e Auxiliar de Enfermagem

CENTRAL DE MATERIAL ODONTO

 

Controle Material

Auxiliar de Enfermagem

Elaboração Kits para cirurgia

 

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Virgínia Marques de O. Viesi

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

89

  Unidade: Todas as Unidades de Internação.
 

Unidade:

Todas as Unidades de Internação.

Manual de Normas e Rotinas

Revisão:

 

1ª

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

V.1. BLOCO 01

 

A G E N T E

A Ç Ã O

 

Controle e pedido de material de consumo

 

Estabelecimento de Rotinas

 

Treinamento e Supervisão dos Auxiliares

 

Execução de procedimentos de Enfermagem

Orientação de paciente

Controle e pedido de farmácia

 

Enfermeiro

Distribuição de atividades de Aux. (escala de serviço)

Escala de plantões extras do Bloco I

 

Escala de Sala de Atendimento médico

Manutenção de equipamento e predial

Relacionamento – Manutenção, Farmácia e Almoxarifado

Reunião mensal de metas e objetivos da odontologia

 

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Virgínia Marques de O. Viesi

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

90

  Unidade: Todas as UTI e Semi- Intensiva.
 

Unidade:

Todas as UTI e Semi- Intensiva.

Manual de Normas e Rotinas

Revisão:

 

1ª

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

 

V.2. BLOCO 02 - OFTALMOLOGIA

 

A G E N T E

 

A Ç Ã O

   

1ª CONSULTA

 

Pré-encaminhamento do PS

Central de Vagas

 

Origem

Encaminhamento interno – 3ª idade

 

Diabetes/Cloroquina

-

 

-

Prematuros

 

Verificação de peso, altura, PA e Dextro

 

Lavagem olhos

 

Auxiliar de Enfermagem

Tampão Ocular

Medicação VO (anti-hipertensivo)

 
 

Medicação EV (manitol)

 

Dilatação de pupilas

 

Execução de procedimentos de Enfermagem

Execução do SAE adaptado para consultas ambulatoriais;

Orientação de pacientes

 

Encaminhamento de pacientes para PS/URE

Controle Material

 

Enfermeiro

Treinamento e Supervisão do pessoal da enfermagem.

 

Escala de serviços

 

Escala plantão extra/cobertura de férias

 

Pedido farmácia

 

Pedido Manutenção equipamentos e predial

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Virgínia Marques de O. Viesi

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

91

Unidade:

Todas as UTI e Semi- Intensiva.

U n i d a d e : Todas as UTI e Semi- Intensiva. Revisão: 1

Revisão:

1ª

Manual de Normas e Rotinas

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

V.2. BLOCO 02

CIRÚRGICA PEDIÁTRICA, NEFROLOGIA INFANTIL, ALERGIA, PNEUMOLOGIA, GENÉTICA

A G E N T E

A Ç Ã O

Origem

1ª CONSULTA

Pré-encaminhamento do PS

Central de Vagas

Encaminhamento interno – 3ª idade

Diabetes/Cloroquina

-

- Prematuros

Auxiliar de Enfermagem

SALA DE CURATIVO

Verificação peso, altura, temperatura, e PA

Inalação

Retirada de Pontos

Curativos

Medicação VO e IM

Enfermeiro

Execução de procedimentos de Enfermagem

Orientação de pacientes

Encaminhamento de pacientes para PS/URE;

Controle Material

Treinamento e Supervisão pessoal enferm.

Escala de serviços

Escala plantão extra/cobertura de férias

Pedido farmácia

Pedido Manutenção equipamentos e predial

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Virgínia Marques de O. Viesi

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

92

  Unidade: Todas as UTI e Semi- Intensiva.
 

Unidade:

Todas as UTI e Semi- Intensiva.

Manual de Normas e Rotinas

Revisão:

 

1ª

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

 

V.3. BLOCO 03 E 04

 

A G E N T E

 

A Ç Ã O

 

O Regimento dos blocos III e IV é um ato normativo que dispõe sobre as atribuições, a competência, as normas técnicas de funcionamento e as rotinas de serviço dos mesmos. A finalidade destas unidades

o atendimento especializado, ou seja, terciário. O fluxo de entrada no Ambulatório inicia-se no agendamento do usuário através da Central de Vagas, PS, encaminhamento interno, pós- operatórios. O usuário, quando chega ao serviço é

é

recebido pela equipe de portaria, que verificará se

o

agendamento está correto e encaminhará o

Regimento

usuário à especialidade agendada. Em caso negativo, será orientado a retornar ao Posto de origem para marcar consulta pela central de vagas.

dos Blocos III e IV

Os casos especiais (urgência relativa a dificuldade de marcação), serão avaliados pela enfermagem e/ou Serviço Social.

ATRIBUIÇÕES DOS BLOCOS 3 e 4

 

Atender todas as pessoas que estiverem com consultas agendadas, nas diversas especialidades

e

sub-especialidades locadas nestes blocos.

Controlar a movimentação dos prontuários dos blocos e seu retorno para o arquivo do SAME.

Atender os pacientes que mesmo não estando agendados, necessitam de preenchimento de laudos, receituários específicos, APACS e outros documentos e afins.

HORÁRIO

O horário de funcionamento é das 7x17 h de 2ª à 6ª feira, sem intervalos. Os servidores revezam-se, cumprindo 6 h diárias, sendo o 1ª turno das 7x13 h

e

o 2º das 11x1 7h.

93

IMPRESSOS

Dada a diversidade e o grande número de serviços, os impressos se avolumam, porém os de uso de rotina foram padronizados, tais como: solicitações de exames complementares, receituários, evoluções, APACS e outros.

Acompanhar a execução das tarefas dos seus subordinados;

Dirimir dúvidas, resolver problemas e implantar as normas que receber de sua chefia;

Participar das reuniões com a chefia, levando sugestões para melhorias do serviço;

Designar funcionários para fazer os treinamentos propostos em serviços;

Fazer requisição de roupas diariamente, medicamentos, materiais de consumo semanalmente e sempre que necessário, verificando os estoques, prazos de validade e datas de esterilização dos mesmos;

Verificar a prestação de serviços junto aos pacientes;

Verificar a ordem e limpeza em todo o setor, diariamente;

Verificar o funcionamento dos equipamentos, negatoscópios, foco de luz, colposcópios, microscópios e outros;

Acompanhar pacientes que necessitem de internação, providenciar ambulância, maca, cadeira de rodas, acompanhante de enf.;

Checar e cobrar o uso diário de uniformes ou aventais, durante o período de trabalho;

Fazer escala de serviços semanalmente e escala de folgas mensalmente. Acompanhar o cumprimento das mesmas;

Receber e conferir material vindo do almoxarifado e farmácia;

Providenciar impressos para uso do setor;

Providenciar 2ª via de resultados de exames, biópsias e outros quando extraviados;

Regimento dos Blocos III e IV

94

 

Atender o paciente em emergências, como

hipoglicemia, lipotímia, ou outro mal estar ocorrido antes da consulta médica ou no intervalo da mesma. Verificar a PA, realizar o teste de glicemia capilar e medicar conforme solicitação médica.

Encaminhar Ao PS quando necessário e solicitado pelo médico;

Checar o acondicionamento das roupas limpas vindas da lavanderia

Checar o acondicionamento e encaminhamento das roupas sujas para o depósito sob a escada;

Regimento dos Blocos III e IV

Checar o acondicionamento do material estéril vindo do Centro de Material, verificando o armazenamento dos mesmos nos armários por ordem crescente de datas de esterilização, colocando para uso imediato os de data de validade mais antiga;

Checar a validade dos líquidos manipulados pela farmácia e providenciar a reposição à cada 3 meses;

Colaborar com a equipe para o levantamento de

dados

dos índices de infecção;

Programar a ocupação dos diversos consultórios médicos para melhor uso, sem acúmulos, distribuindo os horários no maior espaço de tempo, sempre que necessário;

Procurar entrosamento com as diversas equipes atuantes no ambulatório, para melhor assistência ao paciente;

Empenhar-se para que diariamente, todos os prontuários utilizados no atendimento, sejam devolvidos ao SAME, para arquivá-los;

Exigir que os funcionários estejam devidamente equipados para evitar que se contaminem quando da coleta de material para citologia, cultura ou outro;

Supervisionar constantemente o trabalho em todas as áreas dos blocos 3 e 4 para constatar se tudo está em ordem;

Avaliação de desempenho dos funcionários, feita

95

 

trimestralmente;

Checagem da folha de ponto dos funcionários, feita mensalmente;

Diariamente checagem na escala dos funcionários presentes;

Providenciar imediatamente o conserto de equipamento ou mobiliário ou instalações em geral que apresentem problemas, como quebras, avarias, vazamentos e outros;

Providenciar a guia de baixa de patrimônio de equipamento ou mobiliário sempre que necessário e encaminhar ao setor competente, acompanhando;

Regimento dos Blocos III e IV

Promover reuniões periódicas com os funcionários ou sempre que necessário;

Atendimento ao público que solicita informações, pacientes que perderam a consulta, etc.;

 

Zelar para que sejam cumpridas as normas técnicas e administrativas;

Colaborar com a equipe de saúde na orientação do paciente ou responsável, sobre os riscos dos exames ou de outros procedimentos as quais se submeterá.

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Virgínia Marques de O. Viesi

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

96

  Unidade: Todas as UTI e Semi- Intensiva.
 

Unidade:

Todas as UTI e Semi- Intensiva.

Manual de Normas e Rotinas

Revisão:

 

1ª

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

V. 4 . SUB-SOLO – MI

 

A G E N T E

A Ç Ã O

Enfermeiro

Confecção da escala de plantão e de atividades da equipe de Auxiliares de Enfermagem;

Confecção da escala de plantão e de atividades da equipe da recepção;

Checagem das prescrições médicas enviadas diariamente à farmácia;

Confecção do SAE (Sistematização da Assistência de Enfermagem) para cada paciente;

Checagem e reposição do estoque de medicamentos e materiais;

 

Garantir o acondicionamento correto de materiais de Enfermagem;

Verificação da validade de materiais e medicamentos;

 

Supervisionar e orientar quanto a técnicas assépticas para coleta e punção;

Garantir o envio, com segurança dos materiais coletados para o Laboratório e Adolfo Lutz;

Verificar e tomar providências quanto a funcionalidade dos equipamentos pertinentes ao setor;

Punção do acesso venoso central (Porto-Cath) segundo técnica;

Remoção de resíduos de medicamentos, promovendo a lavagem do Porto-Cath à cada 30 dias, quando não utilizado diariamente;

Treinamento para a equipe de Enfermagem sobre medicações e produtos novos;

Treinamento para os pacientes com relação a medicações de uso domiciliar;

Verificação e reposição dos materiais e medicação de urgência;

Orientar os pacientes e/ou familiares, após consultas, sobre retornos, locais para exames e

97

 

outros.

FARMÁCIA

Pedido semanal via UNILOG;

Encaminhamento diário das prescrições médicas (xérox) do dia seguinte para a farmácia, para preparo dos medicamentos;

Anotar em caderno próprio;

Receber as medicações devidamente identificadas;

Checar as medicações segundo prescrições;

Garantir o acondicionamento dos mesmos;

Verificar datas e validades.

 

LEITO DIA

Auxiliar de Enfermagem

Receber o paciente no leito;

Acomodar o paciente;

 

Interar-se da prescrição médica;

Abrir impresso próprio / SAE/ para cada paciente;

Verificar sinais vitais;

Preparar os soros;

Identificar o soro;

Proceder a punção segundo técnica asséptica;

Observar Continuamente o paciente;

Anotar intercorrências no SAE;

Ao final orientar o paciente quanto a cuidados docmiciliares;

Encaminhá-lo e orientá-lo quanto a exames;

Proceder à desinfecção dos leitos;

Deixar os materiais de enfermagem para o próximo dia;

Manter os impressos organizados e repô-los semanalmente ou quando houver necessidade;

Checar os materiais de emergência semanalmente;

Checar torpedos de oxigênio diariamente;

Proceder à limpeza dos armários quinzenalmente;

Os prontuários dos pacientes que estão recebendo soroterapia devem permanecer no leito;

Ao término da soroterapia enviar o prontuário para a recepção para alta via sistema.

98

 

APLICAÇÃO DE INJETÁVEIS - INTERFERON

Promover a confecção de uma FAA;

Encaminhar o paciente a sala de aplicação;

Mediante cadastro próprio, verificar a medicação a ser feita;

Retirar da geladeira;

Auxiliar de Enfermagem

Preparar a medicação;

Administrá-la segundo técnica;

 

Descartar o material em local próprio;

Orientar o paciente quanto a possíveis reações e intercorrências;

Verificar a temperatura da geladeira diariamente e anotar;

Manter estoque suficiente de materiais utilizados na sala.

Oficial

 

Administrativo

RECEPÇÃO

Atender os pacientes conforme ordem de chegada;

Receber os tickets da consulta já agendada;

Conferir nomes, datas, hora e especialidade;

Verificar exames de rotina e específicos um dia anterior a consulta;

Buscar os prontuários no SAME, e dispô-los por ordem de chegada;

Encaminhá-los para enfermagem para verificação de peso e P.A.;

Orientar o paciente para aguardar o atendimento médico junto ao corredor;

Abrir uma FAA e anexá-la ao prontuário;

Providenciar a abertura da internação e da ªI.H;

Solicitar e organizar os impressos utilizados pelo serviço;

Enviar relatórios pertinentes ao setor nas datas devidas;

Proceder a leitura de FAA diariamente;

Recadastrar e atualizar dados pessoais dos

99

pacientes;

Proceder a confecção de listagem dos resultados dos exames que chegam ao serviço;

Guardar os resultados dos exames em ordem alfabética em pasta prórpia;

Ao ser primeiro atendimento do paciente, orientá-lo quanto a abertura do prontuário;

Manter estoque suficiente de preservativos;

Fornecer os preservativos para os pacientes e para a população em quantidade padronizada;

Listar os prontuários dos pacientes já atendidos para a devolução dos mesmos.

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Regiane Cristina B. Moreno

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

100

  Unidade: Todas as UTI e Semi- Intensiva.
 

Unidade:

Todas as UTI e Semi- Intensiva.

Manual de Normas e Rotinas

Revisão:

 

1ª

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

 

V.4. SUB-SOLO – DAY CLÍNIC

 

A G E N T E

 

A Ç Ã O

Enfermeiro

Acompanhar a execução das tarefas dos seus

subordinados;

 

Checar a presença diária dos funcionários;

Verificar a escala diária das cirurgias distribuindo

os funcionários nas salas;

 

Verificar os materiais necessários para as cirurgias do dia;

Supervisionar as atividades dos auxiliares nas

salas;

 

Fazer requisição ao almoxarifado, farmácia, roupas

e

Central de Material;

Fazer escala mensal dos funcionários, bem como a escala semanal das atividades;

Fazer requisição de medicamentos e materiais de consumo, sempre que necessário verificando prazos de validade e datas de esterilização;

Verificar a ordem e limpeza em todo o setor

diariamente;

 

Verificar o funcionamento dos equipamentos como:

focos, aspiradores, mesas cirúrgicas, etc,;

 

Receber e conferir materiais vindo do almoxarifado

e

farmácia;

Checar o acondicionamento das roupas vindas da

lavanderia;

 

Entrosamento com as demais equipes atuantes no

ambulatório;

 

Avaliação dos funcionários feita trimestralmente;

Checagem da folha de freqüência mensalmente;

Providenciar o conserto de equipamentos ou mobiliário com problemas;

Promover reuniões periódicas com os funcionários ou sempre que necessário;

Zelar para que sejam cumpridas as normas técnicas e administrativas;

101

 

Orientação sobre o procedimento a ser realizado e pós cirurgia;

Anotação no prontuário do procedimento realizado, bem como os cuidados prestados;

Verificar diariamente o livro de biópsia com os materiais a serem encaminhados;

Supervisionar carrinho de emergência, verificando ordem, limpeza, data de validade dos medicamentos e materiais.

 

Limpeza dos equipamentos da sala com álcool 70 %;

Preparar todos os materiais a serem usados no procedimento;

Lavagem das mãos;

Montagem da sala para o início da cirurgia;

Receber o paciente na sala e coloca-lo na mesa cirúrgica;

Orientar o paciente quanto ao procedimento a ser realizado;

Circular durante todo o procedimento, atendendo as solicitações do cirurgião conforme as necessidades e auxiliando na coleta de material;

Auxiliar de Enfermagem

Terminado o procedimento, fazer curativo e encaminhar o paciente sempre de cadeira de rodas ou maca aos familiares;

Orientar o paciente quanto ao retorno e curativos;

Desmontar a sala conferindo os instrumentais usados e encaminhar ao expurgo para lavagem e desinfecção;

Proceder novamente à limpeza dos equipamentos com álcool 70% deixando a sala em ordem para novo procedimento;

Fazer anotações na folha de gasto e no livro de procedimentos, assinar e carimbar;

Verificar impressos usados e repor sala;

Verificar e repor material de consumo utilizado.

Regimento

O Hospital Dia funciona das 7x17h com uma escala

102

de dias da semana e horários para cada especialidade, com uma media mensal de 250 atendimentos/mês.

AGENDAMENTOS DE CIRURGIAS

Através de encaminhamento dos médicos que atendem no próprio ambulatório das várias especialidades;

Através de guia de referencia de outros serviços de saúde local ou da região, como broncoscopia, biópsia de fígado e endoscopia;

O agendamento da cirurgia é feito pelo funcionário administrativo do setor que entrega no ato da marcação um preparo para cada tipo de cirurgia, bem como a solicitação de um acompanhante para todo procedimento realizado;

PROCEDIMENTO NO DIA DA CIRURGIA

O paciente dirige-se a secretaria do setor para confirmação da data e horário;

Confirmado, aguarda-se para entrada na sala de espera, onde é recebido pelo auxiliar de enfermagem que conduz ao vestiário para troca de roupas de uso do centro cirúrgico. Sá-se as instruções do procedimento a ser realizado e posteriormente o conduz a sala de cirurgia;

Na sala de cirurgia o auxiliar de enfermagem acompanha todo o procedimento dando lhe toda assistência. Abre uma folha de gasto para anotação de todos os materiais usados durante a cirurgia, bem como identificação do paciente e todas as intercorrências durante o ato cirúrgico;

Ao termino da cirurgia quando o paciente não precisa ficar em observação é levado ao vestiário para troca de roupas e entregue ao acompanhante dando-lhe todas orientações necessárias quanto a curativos e retorno;

Terminado o procedimento o auxiliar de enfermagem retira todo o material usado faz a limpeza e prepara a sala para novo procedimento;

103

NO SETOR TEMOS:

Um livro para anotar todos os procedimentos realizados;

Um livro para anotar as biópsias encaminhadas para o setor de anátomo patológico;

Um livro para exames de laboratório.

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Antonio Carlos dos Santos

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

104

Unidade:

Todas as UTI e Semi- Intensiva.

U n i d a d e : Todas as UTI e Semi- Intensiva. Revisão: 1

Revisão:

1ª

Manual de Normas e Rotinas

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

V. 5. ONCOLOGIA – POSTO DE ENFERMAGEM

SETOR DE PREPARAÇÃO DE MEDICAMENTOS E RECEPÇÃO DE SOROS E QUIMIOTERÁPICOS

A G E N T E

A Ç Ã O

Auxiliar de Enfermagem

Fazer a desinfecção do balcão e bandejas do setor, com álcool a 70%;

Separar as prescrições médicas com quimioterapia previamente agendadas;

Preparar as medicações (soro pré - quimioterápico) e montar as bandejas;

Receber os cartões dos pacientes com agendamentos de quimioterapia do funcionário da recepção;

Transmitir via fax às prescrições médicas de quimioterapia à farmácia, obedecendo a ordem de chegada dos pacientes;

Preparar as bandejas com medicações prescritas (soros, antieméticos, corticóides, etc);

Identificar as bandejas com o nome do paciente;

Dispor as bandejas no balcão, identificadas com o nome do paciente e com as medicações, obedecendo a ordem de chegada dos pacientes para quimioterapia;

Receber os soros com antineoplásicos preparados na farmácia;

Conferir e distribuir os soros recebidos da farmácia (identificados com nome do paciente e medicação) nas bandejas dos respectivos dos pacientes;

Receber prescrições médicas com quimioterapia (extra) para os pacientes que passaram em consulta médica no dia;

Transmitir, via fax, as prescrições para os farmacêuticos da preparação da quimioterapia;

Preparar medicações conforme prescrição médica em situações de rotinas, emergências, e de intercorrências;

Preparar bandejas para passagem de sonda enteral

105

de Dubhoff e comunicar o enfermeiro;

Conferir e repor estoque de impressos e medicamentos;

Registrar no impresso próprio todos os procedimentos de enfermagem realizados;

Anotar no caderno todas as quimioterapias realizadas.

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Magda Ap. Arantes de Oliveira

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

106

Unidade:

Todas as UTI e Semi- Intensiva.

U n i d a d e : Todas as UTI e Semi- Intensiva. Revisão: 1

Revisão:

1ª

Manual de Normas e Rotinas

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

V. 5. ONCOLOGIA – SALÃO A

PACIENTES SENTADOS

A G E N T E

A Ç Ã O

Auxiliar de Enfermagem

Fazer limpeza e desinfecção das poltronas e carrinho com matérias para punção nervosa;

Conferir e repor matérias: agulhas para punção, adesivos, algodão garrote, etc;

Conferir as bandejas identificadas com medicações (soros, injeções) dispostas sobre o balcão, sempre mantendo a ordem de chegada dos pacientes;

Levar a bandeja e material de punção, dispondo-os em cima da mesinha de cabeceira junto ao paciente;

Chamar o paciente pelo nome completo;

Colocar o paciente na poltrona, deixando-o em posição confortável;

Explicar o procedimento que será realizado;

Fazer admissão do paciente e registrar na folha do SAE;

Verificar sinais vitais (P.A, pulso, temperatura e respiração) e registrar no SAE.

Preparar acesso venoso para punção;

Puncionar acesso venoso e verificar retorno, para certificação do posicionamento correto da agulha na veia;

Fixar a agulha e instalar a venóclise;

Anotar no SAE o local da punção, nome e hora da instalação do soro e evolução da administração da medicação;

Acompanhar a evolução do paciente durante a quimioterapia, registrando todas intercorrências, sinais e sintomas de efeitos adversos das drogas antineoplásicas;

Conferir durante todo o processo de administração da quimioterapia, as condições do acesso venoso, verificando se a agulha está dentro da veia;

107

Anotar no SAE, ocasionais infiltrações de drogas citostáticas fora da veia, e comunicar ao Enfermeiro;

Observar e anotar todas as intercorrências e comunicar ao Enfermeiro;

Executar todos procedimentos e prescrições de enfermagem e médica;

Oferecer e auxiliar o paciente na alimentação e hidratação;

Verificar sinais vitais (P.A, pulso, temperatura e respiração) ao término da quimioterapia e registrar no SAE;

Anotar a hora do término da quimioterapia e condições do paciente na sua saída da unidade e anotar no SAE.

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Magda Ap. Arantes de Oliveira

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

108

Unidade:

Todas as UTI e Semi- Intensiva.

U n i d a d e : Todas as UTI e Semi- Intensiva. Revisão: 1

Revisão:

1ª

Manual de Normas e Rotinas

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

V. 5. ONCOLOGIA – SALÃO B

PACIENTES ACAMADOS

A G E N T E

A Ç Ã O

Auxiliar de Enfermagem

Fazer limpeza concorrente dos leitos e mesinha de cabeceira;

Providenciar a roupa de cama dos leitos;

Fazer arrumação dos leitos;

Conferir e repor materiais do carrinho do setor;

Providenciar a montagem de bandeja com materiais de punção venosa;

Conferir a bandeja preparada com medicação em cima do balcão do posto de Enfermagem;

Levar a bandeja com materiais de punção venosa, medicações e colocá-la sobre a mesinha de cabeceira;

Chamar o paciente pelo nome completo;

Conhecer o estado de saúde do paciente e seus cuidados;

Auxiliar na recepção e admissão do paciente;

Colocar o paciente no leito em posição confortável;

Explicar o procedimento que será realizado;

Fazer admissão de paciente e anotar na folha do SAE;

Verificar os sinais vitais (P.A, pulso, temperatura, respiração) e anotar no SAE;

Preparar o acesso venoso para punção;

Puncionar o acesso venoso, conforme técnica asséptica;

Verificar retorno venoso para certificar se a agulha está dentro da veia;

Fixar a agulha com adesivo instalar a venóclise;

Anotar hora, nome da medicação, da administração e local da punção venosa na folha do SAE;

Acompanhar a evolução do paciente durante a quimioterapia;

Registrar intercorrências, sinais e sintomas frente

109

aos efeitos adversos das drogas antineoplásicas;

Comunicar ao Enfermeiro quaisquer intercorrências

e

anormalidades ocorridas;

Comunicar ao Enfermeiro infiltrações de soro e drogas antineoplásicas;

Prestar cuidados de higiene e conforto ao paciente;

Auxiliar o paciente em suas necessidades, atendendo prontamente suas solicitações;

Encaminhar ao Enfermeiro eventuais problemas que não forem de sua competência;

Oferecer e auxiliar o paciente na alimentação e

hidratação;

Auxiliar o paciente nas eliminações intestinais e urinárias, oferecendo-lhe comadre e papagaio quando necessário;

Executar todos procedimentos e prescrições de enfermagem e médica;

Conferir durante todo o processo de administração

da quimioterapia, as condições do acesso venoso, verificando se há retorno venoso e se a agulha está dentro da veia;

Verificar sinais vitais (P.A, pulso, temperatura e respiração) ao término da quimioterapia e registrar no SAE;

Anotar a hora do término da quimioterapia, destino

condições do paciente na sua saída da unidade e anotar no SAE.

e

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Magda Ap. Arantes de Oliveira

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

110

  Unidade: Todas as UTI e Semi- Intensiva.
 

Unidade:

Todas as UTI e Semi- Intensiva.

Manual de Normas e Rotinas

Revisão:

 

1ª

Data desta Revisão:

12/02/2007

R O T I N A

V. 5. ONCOLOGIA

 

CUIDADOS COM O PACIENTE EM QUIMIOTERAPIA

A G E N T E

A Ç Ã O

 

Realizar a desinfecção das bandejas destinadas a servir as refeições;

Preparar as bandejas para servir o desjejum;

Receber a caixa de pães e as garrafas térmicas de café com leite, e suco;

Servir o desjejum aos pacientes em quimioterapia;

Recolher as bandejas após o desjejum dos pacientes e jogar as sobras no cesto de lixo;

Lavar as bandejas com água e sabão, secar e guardar no armário;

Auxiliar de Enfermagem

Oferecer e servir suco e água para hidratação dos pacientes;

Receber e conferir as dietas, enviadas pelo Serviço de Nutrição e Dietética;

 

Preparar as bandejas com as dietas (almoço) e servir aos pacientes em quimioterapia;

Recolher as bandejas após a alimentação (almoço) dos pacientes e jogar os resíduos alimentares, colheres e recipientes de alumínio descartável no cesto de lixo apropriado;

Lavar as bandejas com água e sabão, secar e guardar no armário;

Manter a limpeza e ordem na copa.

 
 

Realizar punção e retirada de catéter venoso central;

Realizar lavagem de catéter venoso central;

Enfermeiros

Avaliar o acesso venoso e periférico, determinar o qual deverá ser puncionado;

Realizar punção de acesso venoso periférico quando necessário;

111

 

Realizar passagem de sonda nasoenteral;

Realizar administração de medicação quimioterápica “in bolus”;

Realizar administração da medicação quimioterápica intravesical;

Realizar administração e troca de medicações antineoplásicas;

Avaliar, assistir e solicitar avaliação médica mediante intercorrências;

Assistir ao paciente durante a administração de quimioterapia;

Assistir ao paciente durante situações emergências;

Supervisionar e orientar tecnicamente a equipe de enfermagem;

Enfermeiros

Realizar treinamentos para a equipe de enfermagem;

Realizar a confecção do SAE diário de cada paciente;

Executar e supervisionar a escala de atividades dos oficiais administrativos;

Encaminhar paciente para avaliação médica mediante a necessidade de implante de catéter permanente port-cath;

Encaminhar o paciente ao Pronto Socorro acompanhado de auxiliar de enfermagem em caso de necessidade;

Realizar orientações ao paciente mediante suas necessidades;

Realizar orientações ao paciente quanto ao tratamento quimioterápico;

Realizar checagem e reposição do estoque de materiais e medicamentos;

Realizar checagem e reposição de materiais de emergência;

Verificar a funcionalidade dos aparelhos pertencentes ao setor;

Supervisionar condições de limpeza e acondicionamento do lixo da unidade;

Solicitar o número de dietas (almoço) para

112

 

pacientes ao Serviço de Nutrição.

Oficial

 

Administrativo

RECEPÇÃO

Receber o paciente;

Orientar os pacientes sobre a rotina de agendamento;

Informar os documentos necessários para realização do cadastro;

Cadastrar o paciente, caso o mesmo ainda não seja cadastrado;

Agendar o paciente conforme o encaminhamento -Onco/Triagem;

Abrir prontuário para o paciente, caso não tenha;

Solicitar o prontuário ao SAME, quando necessário.

RECEPÇÃO – RETORNO DE QUIMIOTERAPIA

Receber os pacientes agendados em quimioterapia;

Confirmar agendamento;

Orientar o paciente para aguardar o chamado na sala de espera;

Encaminhar para sala de quimioterapia – Posto de Enfermagem os retornos por ordem de chegada.

RECEPÇÃO – PRÉ-CONSULTA

Receber o paciente pré-agendado;

Confirmar consulta;

Providenciar Prontuários;

Reunir exames laboratoriais e imagem, junto ao prontuário;

Enumerar prontuários com senhas;

Pesar e medir os pacientes de planejamento e quimioterapia;

Orientar que aguarde o chamado na sala de espera;

Encaminhar prontuários para os consultórios;

Chamar o paciente para consulta conforme solicitação médica;

Comunicar ao médico sobre solicitação de atestados.

113

RECEPÇÃO - PÓS-CONSULTA

Reunir prontuários dos pacientes;

Agendar retornos:

Planejamento

Quimioterapia

Próstata

Miscelânia

Suporte

Onco-cirurgia

Onco-hemato

Psicóloga

Nutrição

Preencher solicitação de exames se necessário;

Orientar o paciente quanto ao agendamento de exames;

Encaminhar a prescrição para agendamento de quimioterapia;

Organizar e listar os prontuários;

Orientar ao paciente, o local para retirada de medicamentos de alto custo;

Orientar os pacientes em caso de quimioterapia, aguardar na sala de espera;

Encaminhar os prontuários para o SAME.

Elaborado por:

Revisado por:

Autorizado em 12/02/2007 por:

Magda Ap. Arantes de Oliveira

Lílian Marta da Silva Borghi Karin Regina Milani Gomes

Magda Ap. Arantes de Oliveira

114