P. 1
O Poder da Oração

O Poder da Oração

5.0

|Views: 365|Likes:
Publicado porClayton Costa
Mensagem para ajudar aqueles que desejam falar sobre a oração.
Mensagem para ajudar aqueles que desejam falar sobre a oração.

More info:

Published by: Clayton Costa on Jul 25, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/21/2012

pdf

text

original

Tema: O Poder da Oração

Texto: Tiago 5:16-18
Introdução: A Oração tem sido o meio mais eficiente de os crentes em Jesus se comunicarem com Ele. Através das épocas, observamos pelos relatos bíblicos quantas vítórias servos (as) alcançaram. Pedidos ousados como de Moisés (Ex. 33:18); e Jabes (I Cr. 4:9, 10). Davi, um rei adorador fazia da oração mais do que um simples momento de petições, tornava-a um momento de adoração, louvores e agradecimentos a Deus por todos os seus benefícios, e mais do que isto, pelo o que Ele era e É. A oração também foi foco dos Apóstolos depois da ascenção de Jesus. No dia de pentecostes estavam reunidos em oração e adoração no mesmo lugar (At. 2:1); quando Pedro foi preso havia constante oração a seu favor por parte da igreja (At. 12:5). A igreja que Cristo disse que as portas do inferno não haveria de prevalecer era a que fundada nEle, vivesse em constante oração. Hoje o que vemos no meio dos crentes é muito barulho e pouca ou nada de unção, pois, está faltando homens ou mulheres que façam a diferença na oração. Estás dispostos (as) a pagar o preço para ser usado com poder por Deus? Deus está nos chamando hoje para uma vida de propósito na oração. I. O Poder da oração na vida do povo de Deus

1. A História de Ana – I Sm 1, 2 a. Sua esterilidade era o alvo de sua inimiga – vv.6, 7

i) ii)

– Ser estéril era o mesmo que não ter a benção de Deus – Sl. 127:3. Todo ano, ao subir para adorar, era a mesma coisa, pois, Penina a provocava, zombava e a irritava – v. 7 Assim, em plena festa ao Senhor Ana não comia e nem bebia somente chorava – v. 7

iii)

b. A Atitude que mudou a história de Ana e vai mudar a sua i) ii) iii) – A primeira atitude foi levantar-se – v. 9 – A segunda foi ir ao templo – v. 9 – Hb 10:25; At. 2:42 – A terceira foi expor toda a sua amargura e desejo… – vv.10,

…e orar com perseverança – v.12 iv) – falar em segredo com Deus – v.13 – Pv. 8:17; Mt 14:23 – E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só. Mt. 6:6 – Por fim, Ana foi tremendamente recompensada – A tristeza foi embora e junto a amargura v. 18 ver Sl. 16:11a – Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há abundância de alegrias;

v)

Conclusão: Só poderemos desfrutar das riquezas espirituais a partir do momento que nossas vidas, alinhada com a Palavra de Deus, seja de constante oração. Nesta mensagem fica evidente o poder da oração.

Louvado seja o Senhor Deus Pai, em Cristo Jesus eu te adoro. Que a graça e a unção do teu Espírito tenha sempre toda a primazia.

Mensagem para ser ministrada no congresso de senhoras no Pastor Fausto. Em 19.07.2008

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->