Você está na página 1de 14

física

Cinemática Angular

01. (PUC/2002) A roda gigante da figura executa 6 voltas por minuto. Podemos dizer que seu período, em segundos, e sua freqüência, em hertz, são, respectivamente:

Resolução:

 

f

= 6 voltas

= 0,1 Hz

 
 
    6 0 s
 

60 s

a) 10; 10

T

= 1

=

1

= 10 s

b) 0,1; 10

f

0,1

c) 6; 0,1

 

Alternativa E

d) 10; 6

 

e) 10; 0,1

02. (FEI/2001) O pêndulo de um relógio cuco executa 10 oscilações completas em 5 segundos. O período e a freqüência deste relógio são respectivamente:

Resolução:

 

f

= 10 oscilações

= 2,00 Hz

   

5 s

a) 0,50 s e 2,00 Hz

 

b) 2,00 s e 0,50 Hz

T

=

1

=

1

= 0,50 s

c) 4,00 s e 0,25 Hz

d) 0,25 s e 4,00 Hz

f

2

e) 50,00 s e 50,00 Hz

 

Alternativa A

03. (MACK/2002) Um menino percorre, de bicicleta, uma pista circular. Sua velocidade escalar é constante e a freqüência do movimento é igual à do ponteiro dos segundos, de um relógio convencional que funciona normalmente. O raio da trajetória descrita é 96 m e o espaço percorrido pelo menino, durante 1,0 minuto, é aproximadamente:

a) 1,6 . 10 2 m

6,0 . 10 2 m

c) 9,6 . 10 2 m

d) 1,0 . 10 3 m

e) 3,8 . 10 4 m

b)

Resolução:

Se sua freqüência é igual à do ponteiro dos segundos, ele percorre em

1,0 minuto exatamente uma volta.

Seja C o espaço percorrido:

C

=

2 π R

=

C ≈≈≈≈≈ 600 m

2π . 96

Alternativa B

CPV

fiscol-med2905-r

1

2

FÍSICA

04. (UNIFESP/2002) Três corpos estão em repouso em relação ao solo, situados em três cidades: Macapá, localizada na linha do Equador, São Paulo, no trópico de Capricórnio, e Selekhard, na Rússia, localizada no círculo Polar Ártico. Pode-se afirmar que esses três corpos giram em torno do eixo da Terra descrevendo movimentos circulares uniformes, com

a) as mesmas freqüência e velocidade angular, mas o corpo localizado em Macapá tem a maior velocidade tangencial.

b) as mesmas freqüência e velocidade angular, mas o corpo localizado em São Paulo tem a maior velocidade tangencial.

c) as mesmas freqüência e velocidade angular, mas o corpo localizado em Selekhard tem a maior velocidade tangencial.

d) as mesma freqüência, velocidade angular e velocidade tangencial, em qualquer cidade.

e) freqüência, velocidade angular e velocidade tangencial diferentes entre si, em cada cidade.

Resolução:

A terra descreve movimento circular uniforme cujo período vale 24h, independentemente do local dos corpos. Como a freqüência é definida

como o inverso do período

⎜ ⎝

f

=

1

T

, os corpos possuem igual

freqüência pelo fato de que ω = 2π . f (velocidade angular); suas velocidades angulares são iguais, uma vez que as freqüências são iguais. Porém, quanto maior for o raio, maior será a velocidade linear ou tangencial (V = 2π . R . f).

Logo, Macapá possui a maior velocidade tangencial.

Alternativa A

05. (FUVEST/2001) Uma peça, com a forma indicada, gira em torno de um eixo horizontal P, com velocidade angular constante e igual a π rad/s. Uma mola mantém uma haste apoiada sobre a peça, podendo a haste mover-se apenas na vertical. A forma da peça é tal que, enquanto ela gira, a extremidade da haste sobe e desce, descrevendo, com o passar do tempo, um movimento harmônico simples Y(t) como indicado no gráfico. Assim, a freqüência do movimento da extremidade da haste será de

Y Y P t
Y
Y
P
t

a)

3,0 Hz

b)

1,5 Hz

c)

1,0 Hz

d)

0,75 Hz

e)

0,5 Hz

Resolução:

ω =

= f = 0,5 Hz (freqüência da peça)

π

2 πf 2 π . f

Cada volta da peça corresponde a três períodos da haste

f haste = 1,5 Hz

Alternativa B

06. (FEI/2001) Sabendo-se que o diâmetro de um fio de cabelo é d = 0,04 mm, qual o volume de um fio com 1 m de comprimento. Considere π = 3,1.

a) 1,24 . 10 5 m 3

b) 1,24 . 10 8 m 3

c) 1,24 . 10 12 m 3

d) 1,24 . 10 9 m 3

e) 1,24 . 10 10 m 3

Resolução:

V

=

π R 2 . lllll

R = 0,02 . 10 3 m

V

=

π . (0,02 . 10 3 ) 2 . 1

V

= 1,24 . 10 9 m 3

 

Alternativa D

Física

3

07. (FUVEST) Um disco de raio r gira com velocidade angular Resolução: w constante. Na
07.
(FUVEST) Um disco de raio r gira com velocidade angular
Resolução:
w constante. Na borda do disco, está presa uma placa fina
Δ
S
de
material facilmente perfurável. Um projétil é disparado
Disco:
V =
V = πR
mas V = wR,
com velocidade →→→→→ V em direção ao eixo do disco, conforme
Δ
t
t
mostra a figura, e fura a placa no ponto A. Enquanto o
projétil prossegue sua trajetória sobre o disco, a placa gira
π
logo wR = πR
t =
(1)
w
t
meia circunferência, de forma que o projétil atravessa mais
uma vez o mesmo orifício que havia perfurado. Considere a
velocidade do projétil constante e sua trajetória retilínea.
Δ
S
Projétil:
V =
V = 2R
t = 2R
(2)
Δ
t
t
V
π
= 2R
2Rw
Igualando (1) = (2)
V =
→→→→→
V
w
V
π
A
Alternativa B
w
O módulo da velocidade →→→→→ V do projétil é:
wr
2wr
wr
πw
a) b)
c)
d)
wr e)
π
π
r
08.
(FUVEST/2002) Em uma estrada, dois carros, A e B, entram
simultaneamente em curvas paralelas, com raios R A e R B .
Os velocímetros de ambos os carros indicam, ao longo de
todo o trecho curvo, valores constantes V A e V B . Se os
carros saem das curvas ao mesmo tempo, a relação entre
V A eV B é
Resolução:
ω A = ω B
V
V
V
R
A
B
A
A
=
=
R
R
V
R
A
B
B
B
A
Alternativa B
B
R B
R A
b) R A /R B
a) V A = V B
=
V A /V B
c) V A /V B = (R A / R B ) 2
d) V A /V B
=
R B /R A
e) V A /V B = (R B /R A ) 2

4

FÍSICA

O Estado de São Paulo

09. (FEI/2001) Um trem com velocidade constante V = 72 km/h

faz uma curva no plano horizontal com 500 m de raio. Qual

é o módulo da aceleração total do trem ?

a) 1,0 m/s 2

b) 0,8 m/s 2

c) 0,5 m/s 2

d) 0,4 m/s 2

e) 0 m/s 2

Resolução:

Como o módulo da velocidade é constante, o trem possui apenas

a aceleração centrípeta:

72 km/h = 20 m/s

a

=

V

2

(

20

)

2

400

=

=

R

500

500

a = 0,8 m/s 2

= 0,8 m/s 2

Alternativa B

10. (FEI/2002) Um ciclista está pedalando uma bicicleta cuja roda traseira possui raio r = 0,5 m. Sabe-se que ele está em uma marcha cuja relação é para cada pedalada completa a

π 6 voltas. Qual a velocidade da bicicleta quando

roda gira

o ciclista executa 60 pedaladas a cada minuto ?

a) V = 6π m/s

3

π

b)

c) V = 3π m/s

d) V = 3 m/s

e) V = 6 m/s

V =

m/s

Resolução:

freqüência das pedaladas: 1 Hz

 

6

6

freqüência da roda:

π voltas/s =

π Hz

V = 2π . R . f

=

V = 6 m/s

2π . 0,5 .

6

π

=

6 m/s

Alternativa E

11. (PUC/2001) Leia a tira abaixo.

O MELHOR DE CALVIN / Bill Watterson

Vou lhe mostrar algo interessante. Compare este ponto central com este ponto na extremidade. Ambos
Vou lhe
mostrar algo
interessante.
Compare este ponto
central com este ponto
na extremidade.
Ambos completam
o giro ao
mesmo tempo.
Certo.
Mas o ponto da extremidade
precisa fazer uma volta maior
no mesmo tempo. Logo os
dois pontos se movem em
velocidades diferentes,
embora faÇam o mesmo
número de revoluÇões por
minuto!

Calvin, o garotinho assustado da tira, é muito pequeno para entender que pontos situados a diferentes distâncias do centro de um disco em rotação têm:

a) mesma freqüência, mesma velocidade angular e mesma velocidade linear.

b) mesma freqüência, mesma velocidade angular e diferentes velocidades lineares.

c) mesma freqüência, diferentes velocidades angulares e diferentes velocidades lineares.

d) diferentes freqüências, mesma velocidade angular e diferentes velocidades lineares.

e) diferentes freqüências, diferentes velocidades angulares e mesma velocidade linear.

Resolução:

ω = 2 T π

T =

1 f

V =

2

π

R

T

Como os períodos são iguais, as velocidades angulares têm que

ser iguais (freqüências iguais). Pelo fato de os pontos possuirem raios diferentes, suas velocidades lineares são diferentes.

Alternativa B

Física

5

12. (UF-MS) A respeito do movimento dos ponteiros das horas e dos minutos de um relógio, podemos afirmar que:

a) as velocidades angulares são iguais

b) as velocidades tangenciais são iguais

c) os períodos são iguais

d) a freqüência do ponteiro das horas é maior

e) a velocidade angular do ponteiro dos minutos é maior

Resolução:

Como o ponteiro dos minutos demora menos tempo para dar uma volta completa, seu período é menor, logo sua velocidade angular é maior.

Alternativa E

13. (PUC) Uma correia passa sobre uma roda de 25 cm de raio, como mostra
13. (PUC) Uma correia passa sobre uma roda de 25 cm de raio,
como mostra a figura. Se um ponto da correia tem velocidade
5,0 m/s, a freqüência de rotação da roda é aproximadamente:
Resolução:
V = 2πR . f
5 = 2π . 0,25 . f
f ≅ 3,2 Hz
25 cm
Alternativa E
a) 32 Hz
b) 2 Hz
c) 0,8 Hz
d) 0,2 Hz
e) 3,2 Hz
14. (FUVEST) Um automóvel percorre uma pista circular de
1 km de raio, com velocidade de 36 km/h.
Resolução:
= 2πR
2
. π .
1
π
a)
V
T =
=
T
36
18 h
a) Em quanto tempo o automóvel percorre um arco de
circunferência de 30º ?
1
Como 30º representam
12 do período, temos:
b) Qual a aceleração centrípeta do automóvel ?
π
π
18
t
=
=
52 s
12
216 h
2
2
V
36
b)
=
= 1296 km/h 2 = 0,1 m/s 2
a cp =
R
1
15. (UF-ES) Um limpador de pára-brisa, quando acionado, passa
80 vezes por minuto na posição central A indicada na figura.
O período desse movimento, em segundos, é:
Resolução:
1 oscilação completa
passar 2 vezes por A
A
80
a)
2/3
∴ f =
= 40 oscilações/minuto
2
b)
3/4
c)
4/3
60
3
40 oscilações
60 s
T =
=
40
2 s
d)
3/2
1 oscilação
T
e)
2
Alternativa D

6

FÍSICA

16. (Fund. Carlos Chagas) Dois discos giram, sem deslizamento entre si, como se mostra na figura abaixo. A velocidade escalar do ponto X é 2,0 cm/s. Qual é a velocidade escalar do ponto Y, em cm/s ?

a) 1,0

b) 2,0

c) 3,0

d) 4,0

e) 5,0

Resolução:

V x = V y

2 cm/s = V y

X

Y 10,0 cm 5,0 cm
Y
10,0 cm
5,0 cm

Se não há escorregamento, os dois discos têm a mesma velocidade escalar.

Alternativa B

17. (F.E. Santos) Em duas pistas circulares e concêntricas, com raios r A = 3m e r B = 6m, dois móveis executam movimentos circulares e uniformes com freqüências iguais a 0,5 Hz. Nessa situação, a relação entre as velocidades tangenciais v A /v B tem módulo:

a) 1,0

b) 1,5

c) 2,0

d) 0,5

e) 0,2

v A r A r B
v A
r A
r B

v B

Resolução:

V

A

π

2R

f

AA

.

=

V

B

π

2R

BB f

.

R == R A B

3

6

= 0,5

Alternativa D

18. (FATEC) Em uma transmissão por corrente (como em bicicleta) o diâmetro é D na coroa e d no pinhão.

ωωωωω D ωωωωω d f d corrente d D
ωωωωω D
ωωωωω d
f d
corrente
d
D

f D

As velocidades de rotação são ωωωωω D e ωωωωω d , não-nulas e constantes.

a)

b) Os pontos nas periferias possuem velocidades lineares

Tem-se ωωωωω D = ωωωωω d .

na razão inversa dos diâmetros.

c) As freqüências de rotação da coroa e do pinhão estão

na razão direta dos diâmetros

f D

D

=

f d

d

.

d) As freqüências da coroa e do pinhão são iguais.

e) As velocidades lineares de pontos nas periferias são iguais.

Resolução:

Como não há escorregamento, tanto a coroa como o pinhão possuem em suas periferias a mesma velocidade da corrente.

Logo: V D = V d

Alternativa E

19. (MACK) Um disco inicia um movimento uniforme-mente

acelerado a partir do repouso e, depois de 10 revoluções, a sua velocidade angular é de 20 rad/s. Podemos concluir que a aceleração angular da roda em rad/s 2 é mais aproximadamente igual a:

a) 3,5

b) 3,2

c) 3,0

d) 3,8

e) n.d.a.

Resolução:

ω 2

=

w 0 2 +

2 α Δϕ

 

400

=

0

+

2α

.

10

.

2π

400

=

40 πα

 

α = 3,2 rad/s 2

Alternativa B

Física

7

20. (FASP) Duas polias de raios R e 2R são ligadas por uma correia. Supondo
20. (FASP) Duas polias de raios R e 2R são ligadas por uma
correia. Supondo que não haja deslizamento da correia
sobre as polias, podemos dizer que, quando elas giram, suas
velocidades angulares estão na proporção:
Resolução:
V
A = V B
ω
1
ωω AB
A
=
a) 1 : 4
R
=⇒ 2R
ω
2
B
b) 1 : 3
c) 1 : 2
Alternativa C
d) 1 :
1
e) 1 : 5
21. (MACK) Determine o número de rotações que uma roda
volante faz em 20s, se sua velocidade angular varia nesse
intervalo de tempo de 3 rad/s para 10 rad/s, com aceleração
angular constante.
Resolução:
Δω
10
3
7
2
α =
=
=
rad / s
Δ t
20
20
ω 2 = ω 0 2 + 2 α Δϕ
7
100 = 9 + 2 .
. n . 2π
20
7
91 =
. n . 2π
10
910
n
=
7 . 2π = 20,7 voltas
22. (UF-RN) Um disco gira com uma velocidade angular
Resolução:
constante de 4,0 rad/s. Qual a velocidade tangencial de um
ponto situado a 20,0 cm do centro do disco?
V
=
ω
.
R
=
4
.
20
= 80 cm/s
Alternativa E
a) 0,2 cm/s
b) 4,0 cm/s
c) 5,0 cm/s
d) 20,0 cm/s
e) 80,0 cm/s
23. (UF-PR) Um ponto em movimento circular uniforme descreve
15 voltas por segundo em uma circunferência de 8cm de raio.
A sua velocidade angular, o seu período e a sua velocidade
linear são, respectivamente:
Resolução:
f
=
15 Hz
ω =
2πf
=
.
15
= 30πππππ rad/s
1
1
a) 20 rad/s, 1/15s e 280 π cm/s
T
=
=
s
f
15
b) 30 rad/s, 1/10s e 160 π cm/s
c) 30 π rad/s, 1/15s e 240 π cm/s
V
=
ω
.
R
= 30π
.
8
= 240π cm/s
d) 60 π rad/s, 15 s e 240 π cm/s
e) 40 π rad/s, 15 s e 200 π cm/s
Alternativa C

8

FÍSICA

24. (UF-ES) Qual é, aproximadamente, a velocidade de rotação da Terra em torno de seu próprio eixo, em rad/s?

Resolução:

 

a) 2 . 10 1

T = 24h

=

24

.

3 600 s

 

b) 2 . 10 2

 

2

π

2

π

7,3 . 10 5 rad/s

 

c) 4 . 10 3

ω =

T

=

24

.

3 600

=

d) 4 . 10 4

 

e) 7 . 10 5

 

Alternativa E

25. (UF-PA) Uma partícula em M.C.U. realiza um percurso de 250cm em πs, sob uma aceleração centrípeta de 500cm/s 2 . Nessas condições, o período de movimento, em segundos, é de:

Resolução:

 

V

=

Δ

Δ

S

t

=

250

π

 

cm/s

 

a) 0,5

 

V

2

V

2

250

2

250

 

b) 1,0

a

c

=

R

 

R

=

a

c

=

π

2

. 500

=

2π

2

cm

c) 1,25

 

d) 1,50

 

V

 

250

 

2

π

2

e) 2,0

ω =

=

= 2π rad/s

 

R

 

π

.

250

 

2 T π

 

2π

2

π

ω =

 

T

=

ϖ

=

2

π

=

1 s

Alternativa B

26. Um disco comum de vitrola gira com aproximadamente 30 rotações por minuto. Determine, para um ponto A situado a 15 cm do centro do disco e para um ponto B situado a 5,0 cm desse mesmo centro:

a) a freqüência em hertz e o período em segundos;

b) a velocidade angular

c) a velocidade linear.

Resolução:

a) 30 rotações

60 s

1 rotação

T

 

60

 

T =

30

= 2s

 

1

 

f =

T

= 0,5 Hz

b) ω = 2 π f = 2 π 0,5 = π rad/s

c) v A = ω . R A = 0,15 π m/s v B = ω . R B = 0,05 π m/s

27. (UF-RS)Umcorpoemmovimentocircularuniformecompleta 20 voltas em 10 segundos. O período (em s) e a freqüência (em s 1 ) do movimento são, respectivamente:

a) 0,50 e 2,0

b) 2,0 e 0,50

c) 0,50 e 5,0

d) 10 e 20

e) 20 e 2,0

Resolução:

20 voltas

1 volta

f =

1

T

= 2 s 1

10 s T T = 0,5 s

Alternativa A

Física

9

28. (U. Mogi das Cruzes) Um ponto material possui movimento circular uniforme e realiza uma volta a cada 2,0 s. O período, a freqüência e a velocidade angular desse móvel são, respectivamente:

a)

b) 2,0 s, 0,50 Hz e π rad/s

c) 2,0 s, 1,0 Hz e 2π rad/s

d) 0,50 s, 2,0 Hz e π rad/s

e) 2,0 s, 2,0 Hz e 2π rad/s

π rad/s

2

0,50 s, 2,0 Hz e

Resolução:

T = 2s

f =

1

T

= 0,5 Hz

ω = 2 T π = π rad/s

Alternativa B

29. Uma circunferência de raio 50 m é percorrida durante 10s por um móvel com velocidade escalar média 72 km/h. Determine:

a) a velocidade angular média do móvel;

b) o ângulo descrito pelo móvel nos 10 s.

Resolução:

a) V = 72 km/h = 20 m/s

V 20

ω =

=

50

b) Δθ = ω Δt Δθ = 0,4 . 10 Δθ = 4 rad

R

= 0,40 rad/s

30. (UC-PR) Dois móveis, A e B, partem de um mesmo ponto x com velocidades
30. (UC-PR) Dois móveis, A e B, partem de um mesmo ponto x
com velocidades 20 m/s e 50 m/s, respectivamente. O móvel
A percorre uma semicircunferência, enquanto o móvel B
percorre trajetória reta. Sabendo-se que a distância Ox é de
1000 m, para que os dois móveis cheguem juntos ao ponto
y, o intervalo de tempo entre suas partidas deverá ser de:
Resolução:
Tempo de A
Tempo de B
Intervalo entre as partidas
π R
2R
V
V B =
I = Δt A
Δt B
A =
Δ
Δ
t A
t B
1000 π
2000
Δt A =
Δt B =
I = 117 s
20
50
a) 95 s
Δt A = 157 s
Δt B = 40 s
b) 117 s
c) 135 s
Alternativa B
d) 157 s
e) 274 s
A
B
x
O
y
31. Uma roda cujo raio é igual a 60 cm percorre uma trajetória
retilínea com velocidade de 86,4 km/h, sem escorregar.
Calcule os valores da velocidade angular e da freqüência
dessa roda.
Resolução:
V = 86,4 km/h = 24 m/s
ω = 2 π f
V
24
ω
40
=
ω =
=
= 40 rad/s
f =
= 6,4 Hz
R
0,6
2
π
2
π

10

FÍSICA

32. Um automóvel corre a 72 km/h. Suas rodas têm 60 cm de diâmetro. Quantas rotações por minuto elas executam ?

Resolução:

V

V

= 72 km/h =

= 2 π R f

72000 m

60 min

= 1200 m/min

1200 = 2 π . 0,3 f

f = 637 rpm

33. (FUVEST) Dois carros percorrem uma pista circular, de raio R, no mesmo sentido, com velocidades de módulos constantes e iguais a V e 3V. O tempo decorrido entre dois encontros sucessivos vale:

a) π R/3V

b) R/3V

c)

d) 2 π R/V

e) 3 π R/V

π R/V

Resolução:

S = S 0 + V el tS A = S B

S A = 2 π R + Vt

2 π R + Vt = 3 Vt

S B = 0 + 3 Vt

2 π R = 2 Vt

t =

π R

V

Alternativa C

34. Uma roda é uniformemente acelerada a partir do repouso e atinge a velocidade angular ω = 20 rad/s em 10 revoluções depois do início da rotação. Determine a aceleração angular da roda.

Resolução:

ω 2 = ω 0 2 + 2 α Δϕ

(20) 2 = 0 + 2α . 10 . 2π

400 = 40 πα

α =

10 π = 3,18 rad/s 2

Texto para as questões 35 e 36.

Um móvel M parte de um ponto P percorrendo, no sentido horário, uma trajetória circular de raio r igual a 2,0 metros, como representa a figura ao lado. A velocidade escalar do móvel é constante e igual a 3,0 π m/s.

P

r Q (m)
r
Q
(m)

35. (U.E.Londrina-PR) Qual é o intervalo de tempo, em segundos, gasto pelo móvel M para percorrer o trecho de P a Q ?

a)

1,0

b)

2,0

c)

3,0

d)

4,0

e)

6,0

Resolução:

V =

3 π R 2 Δ t
3
π R
2
Δ t

⇒ Δt =

3

π

R3

π .

2

=

2

.

(V)

2

.

(3

π

)

= 1s

AlternativaA

36. (U.E.Londrina-PR) Qual é o valor da velocidade angular do móvel M, em radianos por segundo ?

a)

0,5 π

b)

1,5 π

c)

2,0 π

d)

3,0 π

e)

4,5 π

Resolução:

ω =

V

R

=

3

π

2

= 1,5 πππππ rad/s

Alternativa B

Física

11

37. (EFOA-MG) Duas polias, X e Y, de raios R X = r e Resolução:
37. (EFOA-MG) Duas polias, X e Y, de raios R X = r e
Resolução:
R
Y = r/6 giram sem deslizar acopladas por meio de uma
V
correia. A polia X efetua 10 rpm. Pode-se afirmar que a polia
X = V Y
Y efetua:
2 π R X . f X
=
2 π R Y . f Y
r
R
x
r
. 10
=
f Y
6
R y
Y
X
f Y = 60 rpm
Alternativa E
a) 20 rpm
b) 30 rpm
c) 40 rpm
d) 50 rpm
e) 60 rpm
38. (PUC) Dois patinadores, A e B, de massas iguais empregam
Resolução:
o
mesmo tempo para completar uma volta em torno de uma
T
pista circular. A distância do patinador A ao centro da pista
A = T B
é
o dobro da do patinador B ao mesmo centro. Chamando
de V A e V B , respectivamente, as velocidades de A e B, e de
ωωωωω A e ωωωωω B as respectivas velocidades angulares, pode-se
2
π
ω
A =
T
A
afirmarque:
ω
A
B
2
π
⎪ ω
B =
T
B
V
B
a) V A =
2
V
A = ω A (2 R)
V B = ω B R
b) V A =2V B
c) V A =V B
V A
d) ω A = 2 ω B
= V B
2R
R
= 2V B
ω
V A
Alternativa B
B
V A
e) ω A =
= V B
2
2
39. (FUVEST) A roda de uma bicicleta tem 25 cm de raio e gira
150 vezes por minuto. A velocidade da bicicleta é,
aproximadamente, em km/h:
Resolução:
150
15
f
=
=
Hz
60
6
a) 7
b) 14
15
V = 2π . R . f = 2 . π . 0,25 .
= 3,9 m/s
ou
14,14 km/h
c) 37,5
6
d) 62,5
e) 8
Alternativa B

12

FÍSICA

40. Sobre uma circunferência, uma partícula descreve um movimento periódico de 0,25 Hz, no sentido horário. Num dado instante, uma outra partícula, em repouso, situada a meia volta da primeira, passa a ser acelerada uniformemente à razão de π rad/s 2 , também no sentido horário. A contar do início do movimento da segunda partícula, o primeiro encontro entre ambas se dará após:

a) 0,25 s

b) 0,50 s

c) 1,0 s

d) 1,25 s

e) 2,0 s

Resolução:

π + ω 1 = 2πf = 2 . π . 0,25 = rad/s γγγγγ
π
+
ω 1 = 2πf = 2 . π . 0,25 =
rad/s
γγγγγ = πππππ rad/s 2
2
=
−ω 1 t
=
ϕ 1
ϕ 1
− π 2 t
γt 2
πt 2
ϕ 2 = ϕ 0 + ω 0 t −
= ϕ 2 = π −
2
2
No encontro:
ϕ 1 = ϕ 2
πt 2
− π
t
= π −
−t = 2 − t 2
2
2

t 2 + t + 2 = 0

t 1 = 2s

t 2 = 1s (não convém)

f = 0,25 Hz

Alternativa E 41. (FUVEST) O raio da Terra mede aproximadamente 6 x 10 3 km.
Alternativa E
41. (FUVEST) O raio da Terra mede aproximadamente
6 x 10 3 km. A velocidade com que o ponto do equador
terrestre se desloca, devido ao movimento de rotação da
Terra é, aproximadamente:
Resolução:
2πR
2
π .
6
x
10 3
V
=
=
≅ 1,6 x 10 3 km/h
Δt
Δt
a) 1,6 x 10 3 km/h
Alternativa A
b) 4,7 x 10 6 km/h
c) 144 x 10 3 km/h
d) 250 km/h
e) 80 km/h
42. (UnB) A velocidade angular do ponteiro dos minutos de
um relógio:
Resolução:
a) é tanto maior quanto maior é o mostrador
2
π
π
ω =
=
=
1800 rad/s
b) é tanto menor quanto maior é o mostrador
T
3600
π
c) é
1800 rad/s, qualquer que seja o tamanho do mostrador
Alternativa C
d) nda
43. (UF-PE) A velocidade de um automóvel pode ser medida
facilmente através de um dispositivo que registra o número
de rotações efetuadas por uma de suas rodas, desde que
se conheça seu diâmetro. Considere, por exemplo, um pneu
cujo diâmetro é de 0,5 m. Se o pneu executa 480 rotações
em cada minuto, pode-se afirmar que a velocidade do
automóvel, em m/s, é:
Resolução:
480
f =
= 8 Hz
60
V
= 2π . R . f = 2 . π . 0,25 . 8 = 4πππππ m/s
Alternativa A
a)
4 π
b)
8 π
c)
12 π
d)
16 π
e)
20 π

Física

13

44. (CESESP-PE) Considerando o raio do nosso planeta como Resolução: sendo da ordem de 6.000
44. (CESESP-PE) Considerando o raio do nosso planeta como
Resolução:
sendo da ordem de 6.000 km, pode-se concluir que um corpo
situado no equador terrestre descreve, em 6 horas, devido
ao movimento rotacional da Terra, um arco que subentende
um ângulo, em radianos, de:
A Terra demora 24 horas para percorrer 360º, portanto em 6 horas a
Terra percorre 90º.
180º
π rad
a) π/4
90º
x rad
b) π
c) π/2
π
x =
rad
d) π/6
2
e) π/8
Alternativa C
45. (VUNESP) Um farol marítimo projeta um facho de luz
contínuo, enquanto gira em torno do seu eixo à razão de
10 rotações por minuto. Um navio com o costado
perpendicular ao facho está parado a 6,0 km do farol. Com
que velocidade um raio luminoso varre o costado do navio?
Resolução:
10
V
= 2π . R . f = 2π . 6000 .
= 2000π m/s ≅ 6,3 km/s
60
Alternativa C
a)
60 m/s
b)
60 km/s
c)
6,3 km/s
d)
630 m/s
e)
1,0 km/s
46. (MED-Pouso Alegre) A figura abaixo mostra um sistema de
engrenagem com três discos acoplados, cada um girando
em torno de um eixo fixo. Os dentes dos discos são do
mesmo tamanho e o número deles ao longo de sua
circunferência é o seguinte: X = 30 dentes, Y = 10 dentes,
Z = 40 dentes. Se o disco X dá 12 voltas, o disco Z dará:
Resolução:
12
voltas → 360 dentes
360 dentes
x
40
dentes
1 volta
a)
1
x = 9 voltas
b)
4
Alternativa C
c)
9
d)
16
Y
e)
144
X
Z
47. (CEFET-PR) Um ciclista pedala sua bicicleta fazendo com
que a engrenagem maior, de 10 cm de raio, situada junto ao
pedal, gire com uma freqüência de 4/3 Hz. A engrenagem
menor, ligada à maior por uma corrente, tem raio de 4 cm e
está presa à roda traseira com raio de 35 cm. A velocidade
de translação com que a bicicleta se movimenta vale,
aproximadamente:
Resolução:
4
0 8
,
V
= 2π . R . f = 2π . 0,1 .
=
π m/s
3
3
0 8
,
π
V
= ω . R
= ω . 0,04
ω = 20 3 π rad/s
3
a) 44 km/h
V
= ω . R = 20 3 π . 0,35 ≅ 7,33 m/s ≅ 26,4 km/h
b) 31 km/h
c) 26 km/h
Alternativa C
d) 23 km/h
e) 17,5 km/h

14

FÍSICA

48. (UF-GO) Uma partícula executa um movimento circular uniforme de raio 1,0m com aceleração 0,25 m/s 2 . O período do movimento, sem segundos, é:

a)

d)

2π

π

2

Resolução:

a cp =

2

V R

V =

2

π

R

T

b)

e)

4 π

π

4

V 2 = 0,25 . 1

T =

2

π

R

V

=

c)

8π

V = 0,5 m/s

2

π .

1

0,5

= 4 πππππs

Alternativa B

49. (UF-PE) Dois corredores disputam uma prova em uma pista circular. O corredor A usa a pista interna, cujo raio é 20m, enquanto o corredor B usa a pista externa, cujo raio é 22m. Se os dois corredores dão o mesmo número de voltas por minuto, quanto, em porcentagem, a velocidade linear do corredor B é maior do que a do corredor A ?

Resolução:

f A = f B

V

B

V

A

=

BB f

AA f

.

.

π

2R

2

π R

=

22

20

= 1,1

V B = 1,1 V A

A velocidade linear do corredor B é 10% maior que a do corredor A.

50. (PUC) Uma partícula percorre uma trajetória circular de raio 20 cm, com velocidade constante de 40 cm/s. A velocidade e a aceleração angulares da partícula valem, respectivamente:

a)

2,0 rad/s e 0

b)

2,0 rad/s e 2,0 rad/s 2

c)

0 e 2,0 rad/s 2

d)

2,0 rad/s e 4,0 rad/s 2

e)

4,0 rad/s e 2,0 rad/s 2

Resolução:

40

ω

20

ω = constante ααααα = 0

=

V

R

=

= 2 rad/s

Alternativa A

51. (ESPM) Duas polias estão ligadas entre si por uma correia.

O

diâmetro de uma delas é 40 cm e o da outra é 20 cm.

Se

a polia de diâmetro maior efetua 240 rpm, determine em

hertz (Hz) a freqüência da polia menor.

Resolução:

V A = V B

2 π R A . f A = 2 π R B . f B

R A . f A = R B . f B

40 . 240 = 20 f B

f B = 480 rpm

f B =

480

60

= 8 Hz

52. Um ponto na borda de um disco de 0,20 m de raio tem sua

velocidade escalar alterada de 6,0 m/s para 8,0 m/s em 2,0s.

A aceleração angular constante (em rad/s 2 ) é:

a)

3,0

 

b)

5,0

d)

1,0

e)

4,0

Resolução:

 
 

Δ

V

86

a

=

Δ t

=

2

= 1 m/s 2

 

a

1

α =

R

=

0,2

= 5 rad/s 2

c)

2,0

Alternativa B

53. (FUVEST) Uma cinta funciona solidária com dois cilindros

de raios r 1 = 10cm e r 2 = 50cm. Supondo que o cilindro maior

tenha uma freqüência de rotação f 2 igual a 60 rpm: r 1 r 2
tenha uma freqüência de rotação f 2 igual a 60 rpm:
r 1
r 2

a) qual a freqüência de rotação f 1 do cilindro menor?

b) qual a velocidade linear da cinta?

Resolução:

a) f 1 R 1

b) V

=

=

f 2 R 2

ω 1 R 1

=

2πf 1

.

f 1

R 1

=

60

.

50

=

10

2π

.

5

=

.

300 rpm =

5 Hz

0,1

= πππππ m/s