RITMO

Ritmo: Pulsação padronizada dos tempos, ou seja, a quantidade de batimentos que pode ser colocada em um ciclo pré-determinado denominado compasso. É também a essência da poesia onde se agrupam os valores de tempos combinados por meio de acentos como a volta periódica de tempos fortes e fracos num verso ou numa frase musical; ou movimento com sucessão irregular de elementos fortes e fracos; ou harmoniosa correlação das partes; ou cadência. (Bueno, 1996). Conceitos sobre o Ritmo: “O mesmo fluxo de vida que corre por nossas veias, noite e dia, corre pelo mundo da dança em pulsações ritmadas”. (Tagore) “O ritmo é movimento ordenado”. (Platão) “O ritmo é um princípio vital e é movimento”. (Dalcroze) Importância: Faz parte da vida e da natureza. Nenhum elemento vivo existe sem sua presença. O homem desenvolver e aperfeiçoar o seu próprio ritmo. Exemplo: vida diária, profissional, desportiva e de lazer. Para os profissionais de educação física. Exemplo: formação física básica e técnica. -Criatividade -Educação do movimento: (menor esforço com melhores resultados). Objetivos: · · · · · Desenvolver a capacidade física do educando Descobrir o próprio corpo e seus movimentos Desenvolver o ritmo natural Criatividade Trabalho em grupo, cooperação, disciplina, solidariedade,

comunicação, liderança, entrosamento e motivação

Muitos estudiosos de sua obra dizem que o grego ficou conhecido como Platão por causa do seu vigor físico e ombros largos ("platos" significa largueza). Platão. Depois de acompanhar todo o processo que condenou o seu mestre (Sócrates. acusado de corromper a juventude e de não acreditar nos "deuses". envolvida com políticos. cânone Mecânico: uniforme-relógio Disciplinado: assimilado e condicionado Refletido: reflexão sobre a métrica-SNC Rítmica: Educação musical através de uma experiência corporal e uma educação corporal através de uma vivência musical.· · · · · · Memória Estímulo prazeroso Economia no trabalho com aumento dos resultados Aperfeiçoar a coordenação Audição Disciplinar-se Estruturação do Ritmo: · · · · · Individual: cada um Grupal: dança. iniciando-se na filosofia. remo. tornou-se discípulo de Sócrates. A excelência na forma física era muito apreciada na Grécia antiga e os seus "diálogos" estão repletos de referências às competições esportivas. Ainda na juventude. foi obrigado a beber o veneno . cujo nome verdadeiro era Aristócles. Corporalmente e Cognitivamente. nasceu de uma família rica. Biografia de Platão: Um dos filósofos que mais influenciaram a cultura ocidental. com quem conviveu durante oito anos.

a república (sobre a justiça). Para Platão. Fédon. funda em Atenas uma escola chamada Academia. nem sempre o mais votado era o mais bem preparado. à ordem dos guardiões. responsáveis pela agricultura e comércio. uma cidade-modelo deveria distribuir os seus habitantes em três segmentos: os sábios deveriam pertencem à ordem dos governantes. entre os quais estavam dois de seus tios. a coragem (Laques). e começa a escrever. Dentro deste contexto. que deveriam zelar pela segurança. escreveu Menexeno. A sua obra conta com 28 diálogos (alguns historiadores dizem que foram 30) basicamente centrados em Sócrates. a amizade (Lísis). Ménon (sobre a virtude). matemática e ginástica. onde procura definir noções como a mentira (Hípias menor). Em 387 AC. O político.cicuta. Egito e sul da Itália. música.Pela tradição familiar. De acordo com o filósofo. A forma dos escritos platônicos é o diálogo. Platão. a piedade (Eutífron) e a retórica (Górgias. fez Platão afastarse dessa forma de política. No fundador da Academia. Protágoras). o dever (Críton). Teeteto (sobre a ciência) e Parmênides. recebendo aulas de retórica. os corajosos. Eutidemo (sobre a erística). Os diálogos da maturidade são O sofista (sobre o ser). Mas. viaja para outras cidades da Grécia. e os demais. fariam parte da ordem dos produtores. O filósofo também deixou algumas cartas.Entre 387 e 361 AC. escrita na fachada: "Que aqui não entre quem não for geômetra". Platão teve uma educação semelhante à dos jovens aristocratas da sua época. que o levaria à morte). a experiência dos políticos que governaram Atenas por imposição de Esparta (404AC/403 AC). Timeu (sobre a natureza). a sabedoria (Cármides). era necessário criar uma alternativa para impedir que a corrupção e a incompetência tomassem conta do poder público. Demóstenes. Em pouco tempo. Crátilo (sobre a justeza dos nomes). Eudoxo de Cnido e Esquines. a natureza humana (Alcibíades). tendo recebido políticos e filósofos como Aristóteles. Fedro. O banquete (sobre o amor). Crítias (sobre Atlântida). esta escola tornou-se um dos maiores centros culturais da Grécia. o mito e a poesia . O filósofo também não concordava que os políticos mais votados assumissem os principais cargos em uma cidade ou país. o seu destino deveria ser a política. desiludido com a democracia ateniense. Filebo (sobre o prazer) e As leis. entre outros. transição espontânea entre o ensinamento oral e fragmentário de Sócrates e o método estritamente didático de Aristóteles. com uma exigência.

A atividade literária do filósofo grego compreende mais de cinqüenta anos da sua vida: desde a morte de Sócrates até a sua morte. Referencias: http://www.org/wiki/Ritmo .wikipedia.com.confundem-se muitas vezes com os elementos puramente racionais do sistema.netsaber.br/biografias/ver_biografia_c_883.html http://pt.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful