P. 1
fios e cabos

fios e cabos

|Views: 5.150|Likes:
Publicado porGuilherme Ciriaco

More info:

Published by: Guilherme Ciriaco on May 23, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/01/2013

pdf

text

original

http://www.fazfacil.com.br/reforma_construcao/eletricidade_fios.

html

Um fio é um segmento fino, cilíndrico, flexível e alongado de um certo material de acordo com sua função: Na eletrônica são usados fios distintos para tanto transportar energia elétrica quanto informação. São feitos de metal, em geral cobre, revestido de plástico ou borracha isolante. Os materiais condutores mais utilizados são; alumínio e cobre. O primeiro tem seu uso em aplicações mais especificas. O mais utilizado é o cobre por ter a melhor relação custo benefício.

Aplicação
Como condutores de eletricidade, protegidos em eletrodutos, destinados à distribuição de luz, força motriz, aquecimento, sinalização e campainha. Em instalações fixas, embutidas ou aparentes.

Vida útil
Um sistema bem feito dura em média 20 anos, mas 10 anos já é um bom período para se fazer uma revisão: verificar a fiação, os soquetes, os in terruptores... Um soquete com problemas rouba energia da lâmpada e um interruptor com algum fio solto ou com mal contato pode causar um curto circuito.

A Fiação
A escolha da bitola (grossura) do fio ideal para cada circuito deve levar em conta as cargas associadas a cada circuito. As bitolas mínimas recomendadas são de 1,5mm_ para iluminação e 2,5mm_ para tomadas de força. Circuitos especiais, como do chuveiro ou da torneira elétrica devem ter a potencia do equipamento como parâmetro para a determinação da bitola do fio. Atenção com os fios que não ficam embutidos nas paredes. Eles precisam estar sempre com uma segunda capa plástica protetora, além da isolação. É recomendável instalá-los dentro de canaletas aparentes.

ou seja. fio condutor usado para liga r lâmpadas. O chuveiro elétrico também requer tratamento especial.Corrente máxima para fios de diferentes seções retas Nº do fio (AWG) 14 12 seção (mm²) 1. sendo essa a medida usada no Brasil. sendo mais fino que um de 14 AWG que é o condutor 1. O número 1.5 Imáx (A) 15 20 . tecnicamente ainda são usados os números que aparecem na tabela anexa. Identificação dos Fios Os fios de cobre utilizados nas instalações elétric as residenciais e comerciais (fios de ligação) e são encontrados nas lojas especializadas com diferentes seções retas. Do quadro de força sairão dois fios (bitola 6 mm). fonte:ProCobre O que é corrente de fuga? É a corrente que. conexões ou até mesmo da isolação. os fios são identificados pelos valores de suas seções retas. Tabela . a área da seção reta do condutor. a bitola recomendada para o fio é de no mínimo 6 mm (também para o fio terra). Por exemplo o cabo UTP de rede de dados é de 24 AWG.No caso dos aparelhos de ar condicio nado. O número se refere à quantidade de passos envolvidos ao se repuxar um fio no processo de fabricação.5 (veja tabela). É necessário um disjuntor bipolar (ou dois unipolares). flui para a terra o u para elementos condutores estranhos à instalação. No Brasil atualmente. além do fio terra (também de 6 mm).5 2. direto para o chuveiro. como foi dito. tanto na fiação quanto nos disjuntores no quadro de força. a área específica de seu diâmetro. porém essa numeração não é rígida. os quais correspondem aproximadamente àqueles de um código muito difundido nos Estados Unidos. Quanto mais o fio é repuxado. pois cada pa ís adota seu próprio código. maior será a medida e menor será o diâmetro. Cada um deles costuma ser identificado por um número para os fios condutores mais usados. que é o método de medida de bitola (diâmetro) de fios condutores elétricos. São responsáveis por grandes desperdícios de energia elétrica podendo ser comparados aos vazamentos das instalações hidráulicas.5 representa. o AWG (American Wire Gauge). Entretanto. por imperfeição dos terminais.

‡ O condutor utilizado como fase poderá ser de qualquer cor. Cores e funções nos fios .10 8 6 4. comercialmente. confor me norma NBR 5410 . isto é. ‡ O condutor com isolação verde-amarelo ou simplesmente verde deve ser utilizado como condutor de proteção. tais como curto circuito.0. convivemos com os condutores do 1. sem danificar a capa de plástico (PVC anti -chama) que o envolve. fonte: José Montanha Neto Quais são as cores padrão utilizadas em circuitos de Baixa . A tabela apresenta também o valor máximo da corrente que cada fio pode transportar. * Importante: os fios condutores Verde ou Verde Amarelo só podem ser utilizados como condutores de proteção. Valores maiores são tidos como cabos e usados para ligações industriais.as cores azul-claro e verde-amarelo ou simplesmente verde.5 ao 10. sem aquecimento excessivo que possa comprometer seu isolamento.0 10. ‡ O condutor com isolação na cor azul-claro deve ser utilizado como condutor neutro. Valores menores que esses são usados somente para telefonia. são exclusivas para certas funções. A danificação deste isolamento pod e trazer sérias conseqüências.0 30 40 50 Portanto.Tensão? NEUTRO / TERRA / FASE Instalações elétricas de baixa tensão. também conhecido como terra. e medidos no padrão AWG.0 6. Para os outros cabos/fios (fases) não é prevista a utilização obrigatoria de uma cor específica. exceto as cores citadas acima. havendo ainda o risco de incêndio.

Cabo Multipolar: cabo constituído por vários condutores isolados e provido de cobertura sobre o conjunto dos condutores isolados. fonte: www. .com. e por isso são rígidos. Quanto mais fios.ipce. desde um único fio até centenas deles. Cabo Unipolar: cabo constituído por um único condutor isolado e provido de cobertura sobre a isolação.br A diferença entre um Fio e um Cabo é a flexibilidade. Os fios são feitos de um único e espesso filamento. fonte: ipce A flexibilidade dos condutores elétricos Um condutor elétrico pode ser constituído por uma quantidade variável de fios.Tipos de cabos elétricos Condutor Isolado: condutor dotado apenas de isolação. Essa quantidade de fios determina a flexibilidade do cabo. mais flexível o condutor e vice-versa.

ou seja. etc. o que lhes dá maleabilidade e facilita sua colocação dentro dos eletrodutos. ou um cabo flexível 1. um fio 1. pois a capacidade de corrente é a mesma. não avalie apenas o preço. Os fios e cabos elétricos de potência em baixa tensão são os responsáveis pela transmissão de energia em circuitos de até 1000 volts. * Cada fio ou cabo deve conter as seguintes informações gravadas de forma contínua: bitola . só existe uma diferença..5 mm². a qualidade da .. Cabo é melhor que fio? Depende da utilização. um cabo 1. Ao adquirir este tipo de material. Resumindo. já que a capacidade de corrente dos dois é a mesma. principalmente nos trechos onde há curvas.5 mm².temperatura . resistência da isolação. Então fio ou cabo qual utilizar? A rigor.) dos cabos flexíveis são as mesmas dos fios rígidos. São basicamente constituidos de tres partes distintas. O cabo é formado por vários filamentos finos o que o torna mais maleável facilitando sua instalação. Básicamente as características elétricas (capacidade de condução de corrente. A grande diferença é que os cabos flexíveis são melhores para a instalação devido ao fácil manuseio. A única diferença que existe é a flexibilidade. O que vai definir a classe a ser utilizada é a aplicação e/ou a preferência do projetista ou instalador. salvo indicação em contrário do projeto executivo de el étrica. O fio é constituído por um único e espesso filamento. a capacidade de corrente é a mesma para as mesmas seções nominais. Devem ser usados os Fios e Cabos de cobre de alta condutibilidade. que é a flexibilidade.isolação . independentemente da classe do condutor.nome do fabricante. com revestimento termoplástico e nível de isolamento para 750V e 1000V.Os cabos são feitos por diversos filamentos finos.5 mm². tipo anti chamas. tornando -o mais rígido. possuem a mesma capacidade de condução de corrente.

A menor bitola permitida por norma para circuitos de lâmpadas é de 1. ligação ou passagem.revestimentos de paredes. y y . Seja qual for a marca e o tipo de material utilizado (fio ou cabo) utilize os produtos que tenham suas identificações claras como seção. quer a instalação seja embutida. desconfie dos preços baixo demais afinal quem fazia milagres já morreu mas nunca deixe de pesquisar preços.rede de eletrodutos e colocação das caixas de derivação. * O desencapamento dos fios para as emendas deve ser cuidadoso para não haver rompimento. janelas e vedações (que impeçam a penetração de chuva). deve obedecer as especificações de projeto. . porém.impermeabilização ou telhamento da cobertura..colocação das portas. Lembre-se: y . * Não permitir emendas de condutores dentro dos eletrodutos. desperdiçam energia elétrica ! . tetos e pisos. fios e cabos elétricos desencapados e emendas mal feitas. tensão de isolamento. a vida útil dos fios e cabos elétricos é de 20 anos ! Este dado. * Executar a enfiação somente após estarem concluídos: . * Não permitir a instalação de condutores e cabos isolados sem a proteção de eletrodutos ou invólucros.. aparente ou enterrada no solo. depende das condições de instalação e uso. n° da norma que especifica as características técnicas referidas para este cabo.5mm. usar talco como lubrificante. bem como o número de condutores instalados em cada eletroduto. y . Instalação dos fios * A bitola dos condutores e cabos. executá -las somente dentro das caixas de derivação.. .. * A fim de facilitar a enfiação.5mm e para tomadas é de 2. ligação ou passagem convenientemente limpas e secas internament e por meio de bucha embebida em verniz isolante.matéria prima é muito importante como: Na compra de qualquer produto.. . temperatura..

emendas e derivações realizadas dentro de caixas. * Não passar os condutores por dentro de dutos destinados a instalações não elétricas (dutos de ventilação. incluindo -se o condutor de aterramento. para instalações de equipamentos de telecomunicações ou informática... o isolamento das emendas e derivações deve ter características no mínimo equivalentes às dos condutores utilizados.gov. o qual deve ser rígidamente obedecido em novas instalações.br Exemplo de utilização O código de cores. * Fazer as emendas de cabos de bitola igual ou superior a 16mm². etc. * Nos casos de instalação de condutores ligados em paralelo.. nunca utilize o fio neutro (cor azul) como fio terra y . é prescrito pelas normas. observar as prescrições da norma NBR-5410. como segue: . * Não instalar nenhum cabo ou condutor nu dentro de qualquer tipo de eletroduto. * Cabos utilizados em instalações subterrâneas não devem sofrer e sforços de tração ou torção que prejudiquem sua capa isolante. * Nas ligações dos condutores a chaves. principalmente as de lâmpadas fluorescentes. * As curvas realizadas nos condutores e cabos não devem danificar a sua isolação. exaustão.. pode não desarmar quando ocorrer um curto-circuito e você terá um pr incipio de incêndio em sua residência ! * Executar as emendas e derivações dos condutores de modo que assegurem resistência mecânica adequada e contato elétrico perfeito e permanente.). utilizar terminais apropriados. bem como instalações. quadros. * As ligações dos condutores às enfiações das luminárias. um disjuntor antigo ou hiperdimencionado.edunet.. Fonte: consfde. e outras. disjuntores e bases fusíveis..sp. devem ser feitas por meio de conectores com isolação plástica. tanto ABNT como ISO IE CC. etc. projetores da quadra de esportes e luminárias externas. ANSI.

Preto (Pr).5 é utilizado apenas para ligação de lâmpadas. y Qual a menor seção do condutor que pode ser utilizado em uma residência? Conforme definição da Norma Brasileira de instalações elétricas de baixa tensão . O fio 2.Verde (Vd) Para instalações residenciais pode -se utilizar outras cores.Azul (Az).0 é utilizado para redes. que incluam tomadas de uso geral.5mm². O fio 6.0 é utilizado para sub -redes de pequeno porte. y y y y y y y y y Define: 1. ou ainda o Cinza (Cz) Neutro . e 2.Azul (Az) (preferencialmente claro) Terra .5 mm² como seção mínima para condutores e m cobre para uso de circuitos de força. sub -redes. e distribuição em circuitos ramificados a partir de um condutor mai or. porém mantendo cada condutor com sua finalidade. como: Fase . O fio 8.Vermelho (Vm). O fio 4. O fio 1. ramificados a partir de uma sub rede ou rede.Fase . grossura) para as tomadas de uso geral é 2. y .5mm² e para os circuitos de iluminação é 1. ela só não pode ser inferior.0 não é mais fabricado.5 é utilizado para ligação de tomadas.Verde (Vd).5 mm² como seção mínima para condutores em cobre para uso de circuitos de iluminação.0 é mais utilizado para redes de forma geral.Vermelho (Vm) Neutro . ou ainda o Branco (Br) Terra . chuveiro elétrico etc. Não há problema em utilizar uma seção nominal superior. ou ainda o Amarelo (Am) A utilização mais comum dos condutores é: O fio 10. Qual é a seção mínima para ser utilizada em tomadas e nos circuitos de iluminação? A seção mínima (bitola ou espessura.NBR 5410.

fonte: fios e cabos Nambei Neutro fonte: fios e cabos Nambei .

sendo os flexíveis mais fáceis de passar pelas tubulações e curvas nas instalações.Existe alguma limitação para a ocupação de cabos dentro de eletrodutos? De acordo com a NBR 5410 os fios ou cabos não devem ocupar mais do que 53% da área útil do eletroduto quando é utilizado um condutor. 31% quando são utilizados dois e 40% para três ou mais condutores no mesmo eletroduto. porém as características técnicas de resistividade ou condutibilidade são as mesmas. Alguns tipos de fios e cabos . fonte:Nambei Fios e cabos Lembre-se: Os fios condutores podem ser rígidos ou flexíveis. tanto em chaves termomagnéticas (disjuntores) quanto em instalações de tomadas simples. Os fios rígidos são mais indicados para as conexões.

.

fonte: fios e cabos Nambei .

a queda de tensão neste fio poderá não ser desprezível. conhecendo a corrente que vai passar em cada aparelho. Quando a corrente que por ele passa aumentar em virtude de vários aparelhos estarem ligados à rede. . ele deverá escolher adequadamente o fio condutor que irá usar. Isto costuma acarretar um mau funcionamento daqueles aparelhos. Se o fio escolhido para a linha principal for muito fino terá grande resistência a passagem de eletricidade. e conseqüentemente a corrente total na ligação principal.Capacidade da instalação Quando um engenheiro projeta a instalação elétrica de um prédio. pois eles ficarão submetidos a uma voltagem inferior àquela para a qual foram projetados.

5 4 23. da construçã o do cabo.2 12.Isto pode ser observado. Seção nominal (mm²) Queda de tensão para cos Ø = 0. que um condutor suporta sem que a temperatura do mesmo ultrapasse a temperatura máxima suportada pela isolação (temperatura de trabalho).79 Conduto Magnético 23 14 9 . Evidentemente esses cuidados devem ser tomados em qualquer instalação elétrica. Como dimensionar o condutor a ser utilizado em circuitos com longa distância entre a caixa de disjuntores e os equipamentos que estarão em funcionamento? Em nenhum caso a queda de tensão nos circuitos terminais pode ser superior a 4%. em regime permanente. Depende do material do condutor. da temperatura ambiente e da forma como está instalado. fonte: José Montanha Neto O que é a capacidade de corrente de um cabo? É a maior corrente.5 2.3 14.4 7. por exemplo.3 8. Abaixo está a tabela de queda de tensão para produtos isolados em PVC 70 °C e temperatura ambiente de 30 °C.km) Conduto não -magnético Circuito monofásico 1. em uma residência. e não há alteração sensível em um apare lho quando outros são ligados à rede. Quando a escolha é bem feita.96 Circuito trifásico 20. A NBR 5410 apresenta tabelas de capacidade de corrente para vários métodos de instalação de baixa tensão. mas quedas de tensão maiores são permitidas para equipamentos com corrente de partida elevada. a queda de tensão nele torna -se desprezível. do material da isolação.8 (V/A. sendo usado um fio de ligação com seção maior (menor resistência elétrica). duran te o período de partida. instalados conforme método de referência B1. desde que dentro dos limites permitidos em suas normas respectivas. quando o brilho das lâmpadas diminui ao ser ligado um chuveiro elétrico. inclusive nos fios que ligam uma residência à rede elétrica da rua.

54 2.86 0.55 0.76 0.12 0. sendo a Classe 6 mais flexível que a 5.03 3.98 0.26 5.85 0. 5 e 6.63 2.51 1.43 0.23 5.25 3. e a Classe 5 mais flexível que a 4.32 1. A Classe 1 destina-se somente a condutores sólidos (fios) e a Classe 2.36 0.48 0.5 0.35 0.64 0.87 3.27 1.12 0. cabo (rígido) ou cabo flexível.29 Queda de tensão (V) = queda de tensão tabelada (v/a.62 0.27 0.33 0.6 10 16 25 35 50 70 95 120 150 185 240 6.42 0. Para condutores flexíveis existem as Classes 4.km) X corrente do circuito (A) X comprimento (km) Queda de tensão em % = Queda de tensão (V) / Tensão do circuito (V) X 100 fonte:Sil Como é a divisão de classes de condutor? A classe define se o condutor é um fio.5 1.32 0. .30 0.31 0.03 1.40 0. a condutores encordoados (cabos rígidos).17 2.37 0.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->