Você está na página 1de 5

UAB/UFMT

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO –NEPRE


RELAÇÕES RACIAIS NA SOCIEDADE BRASILEIRA

SIBELE AUXILIADORA DE OLIVEIRA

LUTANDO CONTRA O PRECONCEITO RACIAL NA ESCOLA

Projeto de Intervenção sobre o


tema: Relações Raciais na Sociedade
Brasileira com sub-tema: Combate ao
racismo na escola, envolvendo as áreas
de Língua Portuguesa, História, Artes
e Ensino Religioso

VÁRZEA GRANDE/MT
FEVEREIRO/2011
1 CONTEÚDO

No dia a dia escolar percebemos muitas situações de discriminação racial entre


os alunos, muitos se sentem humilhados e rejeitados pelos demais alunos por causa da
cor de sua pele, do cabelos, do nariz. Sendo a escola um ambiente de educação temos
que buscar proporcionar momentos de reflexão contra esse todo tipo de preconceito,
visando uma transformação para um mundo mais humano.
Este projeto cujo tema é Relações Raciais e Educação na Sociedade Brasileira
com o sub-tema : Combate ao Racismo na Escola vem refletir o problema do
preconceito, buscando uma consciência crítica nos alunos para reverter esse quadro,
trazendo estratégias que serão trabalhados nas disciplina de Língua Portuguesa,
História, Artes e Ensino Religioso.

2 JUSTIFICATIVA

Este projeto tem sua grande importância na formação crítica dos alunos de hoje e
na construção de uma sociedade igual para todos nem breve futuro, no que diz respeito
a luta contra o preconceito e combate ao racismos que ainda persiste em permanecer
como herança da colonização Brasileira.
Tudo que sabemos, tudo o que somos é reflexo da educação, então precisamos
romper contra qualquer tipo de preconceito e discriminação racial.

3 OBJETIVOS

3.1 Objetivo Geral


• Despertar nos alunos a consciência crítica em relação ao preconceito racial.

3.2 Objetivos Específicos


• Sensibilizar os alunos através de filmes e documentários que tratam sobre o
racismo;
• Promover debates enfatizando a imagem positiva do negro na sociedade
brasileira;
• Conscientizar os alunos sobre a realidade do negro nos dias atuais e a sua
necessidade de afirmar como pessoa humana digna de direitos;
• Sensibilizar através da música sobre a discriminação sofrida pelos negros.

4 ESTRATÉGIAS E RECURSOS

Este projeto será desenvolvido no Colégio Couto Magalhães e o público alvo


serão os alunos do Ensino Fundamental do 6º ao 9º Ano, como a duração de oito meses.
Pretendo trabalhar com músicas, debates, filmes, teatro, etc., Envolvendo as
disciplinas de Língua Portuguesa, História, Ensino religioso e Artes.
Na Língua Poruguesa serão trabalhados textos e poemas de escritores negros,
buscando explorar as palavras africanas e suas variações.
Em História iria trabalhar também com Reflexões e Debates referentes a
trajetória dos negros na história do nosso país.
Na disciplina de Artes buscaria explorar toda a riqueza cultural e artística.
Em Ensino Religioso trabalharia as diversas manifestações religiosas africanas e
seus costumes.

5 AVALIAÇÃO

A avaliação será contínua, buscando perceber a mudança da concepção do “negro” na


“cabeça” dos alunos tanto em relações a si e aos outros.
6 CRONOGRAMA

ETAPAS març abr mai jun jul ago set out


Levantamento x x
Bibliogáfico
Leituras e x
reflexões de
história
Oraganização de x
dramatizações
sobre a história
do Preconceito
Racial
Trabalhos com x
poemas e textos –
língua portuguesa
Confecções de x x
cartazes, painéis
referentes a arte
africana
Ensaios de x
músicas africanas
Culminância x