P. 1
PEDIDO DE MODIFICAÇÃO DE GUARDA E EXONERAÇÃO DE ALIMENTOS

PEDIDO DE MODIFICAÇÃO DE GUARDA E EXONERAÇÃO DE ALIMENTOS

4.0

|Views: 23.305|Likes:

More info:

Published by: Mariano Higino de Meira on Jun 09, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/29/2013

pdf

text

original

ADVOCACIA MEIRA

Praça Cel. Aníbal Castanho – 258, Guareí – São Paulo. CEP 18250-000 Telefones: (15) 3258-1481/9107-6005 ___________________________________________________________________________

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA ÚNICA DA COMARCA DE PORANGABA/SP.

Processo cível n° 219/2011. Distribuição por dependência

FABIO ANDRE DE OLIVEIRA, brasileiro, separado, mecânico, portador do RG nº 47.836.894-X, residente e domiciliado na Rua da Encubadora, nº 263, Floresta I, nesta cidade de Guareí-SP, CEP 18250-000, vem perante Vossa Excelência, por seu advogado, nomeado em função de convênio firmado entre a Procuradoria Geral do Estado e a OAB, Seção de São Paulo, (documento anexo), ajuizar AÇÃO DE MODIFICAÇÃO DE GUARDA C/C EXONERAÇÃO DE ALIMENTOS expondo e requerendo o seguinte: Por força de sentença em ação de alimentos movida contra o requerente, foi obrigado a pagar pensão alimentícia equivalente a meio salário mínimo ao filho menor Brandon dos Santos Oliveira, até então sob a guarda da mãe, representante.

CEP 18250-000 Telefones: (15) 3258-1481/9107-6005 ___________________________________________________________________________ Ocorre. tentou reconciliação. Levado pelo desejo de reconstruir o lar e dar melhor amparo ao filho. que não deu certo. voltando ambos a residir em endereços diferentes. deixando o alimentando sob a sua guarda e assistência. a requerida voltou a morar novamente. na cidade de Guareí. Conforme ela própria afirma. Por motivos que não convêm aos fatos. tendo em vista que a mãe do menor.ADVOCACIA MEIRA Praça Cel. nunca chegou a efetuar o pagamento. Tanto é verdade. o filho sempre ficou em poder do requerente e apela à justiça a execução da prestação de alimentos sob argumento diverso. mudou-se para outra localidade. Aníbal Castanho – 258. que a representante jamais executou os alimentos. a representante ajuizou ação de execução de prestação alimentícia contra . que em março deste ano. entretanto. permaneceu sob a guarda e assistência do requerente. mesmo porque o filho sempre ficou sob a guarda de fato do requerente e não dela. Ocorre o requerente. conforme consignado na decisão. que não obstante a decisão judicial (cópia anexa). qual seja de que estando desempregada necessitaria dessa prestação. conforme boletim registrado no órgão do Conselho Tutelar do Município de Guareí. Guareí – São Paulo. O filho.

a exoneração da obrigação fixada na sentença dos autos do processo em epígrafe. CEP 18250-000 Telefones: (15) 3258-1481/9107-6005 ___________________________________________________________________________ Contudo. é de rigor. Guareí – São Paulo. nada obsta a pretensão do Requerente Assim. moral e educacional (cópia da ficha de matrícula em creche anexa). passou a prestar ao alimentando toda assistência material. Aníbal Castanho – 258.ADVOCACIA MEIRA Praça Cel. como se vê. pedindo a prestação para ela. a requerida distorce os fatos. e a não incidência de coisa julgada material ou substancial sobre tal direito-dever. DO DIREITO O Requerente. o que contraria frontalmente o próprio fundamento da decisão. segundo a qual era para prestar assistência alimentar à criança e não à mãe desta. desde a decisão. insta asseverar que a execução de alimentos só teria cabimento para o sustento do filho menor e não à requerida Como o alimentando está sob a guarda de fato do requerente. Devido ao Princípio da Mutabilidade da Guarda. estando de fato o menor sob a sua guarda. DOS PEDIDOS Nestas Excelência: condições requer-se a Vossa . havendo trânsito em julgado apenas do ponto de vista formal ou processual. a modificação em nome do requerente e conseqüentemente.

e.ouvida do representante do Ministério Público.a produção de todas as provas em direito admitidas.a distribuição do presente feito. por Oficial de Justiça. para que ciente fique dos termos da presente ação. aos autos 219/2011. o depoimento da Requerida e oitiva de testemunhas. II . Aníbal Castanho – 258.seja estipulado horário de visitas à Requerida. VII . em especial. conforme rol abaixo. IV – seja oficiado ao Conselho Tutelar do Município de Guareí. requisitando cópia ou certidão do registro de ocorrência envolvendo a guarda de fato da criança para o requerente. para que participe do feito.ADVOCACIA MEIRA Praça Cel. e. III – a antecipação da tutela. . Guareí – São Paulo. e uma vez que eventual liminar não viria a causar prejuízo irreversível. que deverão ser intimadas. sob pena e efeitos da revelia. em razão de não poder arcar com o ônus das despesas processuais. por dependência. ante as fundadas razões de fato invocadas. VIII – concessão do benefício da justiça gratuita. sem privar o sustento de si próprio e do filho (declaração anexa). no prazo legal. para o fim de fixar a guarda provisória do alimentando e o deferimento da exoneração de alimentos.a citação da Requerida. contestar os termos da presente. VI . se querendo. CEP 18250-000 Telefones: (15) 3258-1481/9107-6005 ___________________________________________________________________________ I . V .

20. De Guareí para Porangaba em 03 de maio de 2011.699-1 RESIDÊNCIA: RUA SÃO JOÃO.SP. CEP 18250-000 Telefones: (15) 3258-1481/9107-6005 ___________________________________________________________________________ IX . RG 28.a condenação da Requerida ao pagamento da verba honorária contrária ao arbítrio de Vossa Excelência e ao pagamento das custas processuais. Nº 610 – GUAREÍ . Pede Deferimento. 2 – ERICK ARA DE LIMA. MARIANO HIGINO DE MEIRA OAB/SP N° 266. Guareí – São Paulo.SP.EDUARDO AUGUSTO COSTA – RG 26. Nº 537 – GUAREÍ . consolidando uma situação de fato já existente. ADALBERTO ROCHA. Aníbal Castanho – 258. Nesses Termos.930.SP.848.030 RESIDÊNCIA: AV. com o fim de conceder a guarda e responsabilidade do menor BRANDON DOS SANTOS OLIVEIRA ao Requerente. 3 – SARA JOSÉ DE OLIVEIRA – RG 22. Dá-se à causa o valor de R$ 542. Nº 273 – GUAREÍ . liberando-o do pagamento da pensão alimentícia feito à Requerida em favor da menor.575.909-X RESIDÊNCIA: ESTRADA MUNICIPAL DA VILETA. .ADVOCACIA MEIRA Praça Cel.811 ROL DE TESTEMUNHAS: 1.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->