Você está na página 1de 9

Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas CCET Curso: Engenharia Civil Disciplina: Estágio Supervisionado I Professor: Paulo Tarcísio Aluno: Artiquilino C. Lima Filho

IV Relatório de Estágio

Sobral-Ce Junho de 2012

Estagiário

Informações Gerais

Nome do Aluno: Artiquilino C. Lima Filho

Curso: Engenharia Civil

Número de Matricula: 0620023/M30

Empresa

Construtora Cameron - Technic Engenharia LTDA

Supervisor da Empresa

Fabiano César de O. Rocha

Professor Orientador

Paulo Tarcísio

Índice

1. Introdução

2. Construtora Cameron - Technic Engenharia LTDA

2.1. Missão

2.2. Visão

2.3. Objetivos

3. Sobral Shopping Tower e Hotel

3.1. Localização

3.2. Natureza do Empreendimento

4. Atividades

4.1. Atividades em campo

4.2. Atividades em sala técnica

5. Conclusão

1.

Introdução

Este relatório visa documentar a experiência vivida na obra do Sobral Shopping durante o período estágio, de forma a relatar as principais atividades desenvolvidas em campo e em sala técnica.

2. Construtora Cameron - Technic Engenharia LTDA

2.1. Missão

Estabelecer um novo critério no mercado de imóveis “o jeito Cameron de Fazer Negócios”, através da inovação, flexibilidade de negociação e do resgate da afetividade nas negociações dos corretores com o cliente.

2.2. Visão

A Cameron Construtora possui a proposta de implantar uma melhoria significativa no relacionamento entre construtor, colaboradores, fornecedores e clientes, garantindo o respeito, a transparência e confiança.

2.3. Objetivos

Oferecer produtos e serviços com qualidade, desde o projeto e venda até a sua conclusão e pós-entrega, garantindo um morar prazeroso e uma valorização consolidada com a marca Cameron.

3. Sobral Shopping Tower e Hotel

3.1. Localização

O empreendimento está localizado na área nobre da cidade de Sobral-CE, na

Avenida Monsenhor Aloísio Pinto, 300, bairro Dom Expedito, a margem direita do rio

Acaraú.

3.2. Natureza do empreendimento

O empreendimento acompanhado é complexo composto por duas torres, sendo

uma empresarial e um hotel, e um centro comercial de administração centralizada formado por 4 lojas âncoras, 3 mega lojas, 84 lojas satélites, 3 cinemas, praça de

alimentação com 12 lojas e 2 restaurantes, contando ainda com playground e de 700 vagas de estacionamento.

A torre empresarial é composta por 10 pavimentos tipo; 1 subsolo, térreo com lobby e administração, mezanino com centro de convenções, 60 salas, sendo 20 de 57m² e 40 de 47m², 3 elevadores inteligentes, sendo um panorâmico e internet wi-fi. O hotel é composto por 10 pavimentos, 120 quartos voltados para o nascente, TV a cabo; minibar, internet wi-fi, ar-condicionado, chuveiro elétrico, cofre digital e linha telefônica.

Para um melhor gerenciamento da obra, o empreendimento foi dividido em dois, sendo um referente à execução das torres e outro em relação ao centro comercial, sendo ainda subdividido em tres setores (A, B e C) para um melhor acompanhamento dos serviços executados. Outro fator preponderante deste empreendimento está relacionado à contratação de subempreiteiros para a execução dos principais serviços, como:

elaboração de projetos; execução de estrutura; serviços de drenagem; cobertas metálicas; serviços de impermeabilização; instalações elétricas, etc.

4. Atividades

Os trabalhos desenvolvidos no estágio são de acompanhamento e controle visual da produção, além de desenvolvimento de projetos para o canteiro de obra. Os principais conceitos e conhecimentos utilizados durante o estágio foram advindos das disciplinas: Edificações I e II, Higiene e Segurança no Trabalho.

4.1. Atividades em campo

Durante o horário de trabalho busca-se um equilíbrio entre as atividades de campo e em sala técnica, atualmente em campo pode-se destacar:

Acompanhamento da execução e produção da 2º Subida dos Serviços de Fachada (Emboço, Reboco, Telamento):

Procedimento de Execução: Concluída a 1º subida, a 1º descida, a 2º subida e o mapeamento da fachada dá-se início a etapa seguinte que consiste no lançamento da argamassa (traço 1:1:7 ) o sobre o chapisco, essa camada de argamassa de acordo com a NBR 13529 tem a função de proteger as alvenarias de vedação e a estrutura contra as variações normais de temperatura e umidade do meio, além das funções de acabamento final e estéticas. Alguns cuidados devem ser tomados na execução do reboco tais como:

a) Mapeamento da fachada: antes do inicio do reboco deve-se soltar os prumos da fachada, o caderno de encargos da empresa pede que em panos retos estes devam ser colocados a cada 1m e em panos arredondados a cada 60 cm. Após os prumos estarem no local especificado em projeto, deve ser medida a distancia de cada prumo a alvenaria e a estrutura a fim de se detectarem pontos críticos.

b) Telamento: na região de encontro entre alvenaria e a estrutura de concreto deve ser aplicada uma tela de polietileno ou de alumínio zincada com malha de no máximo 25 mm, esta deverá ser fixada com pinos. A função da tela é evitar que ocorram macrofisuras. A tela deverá ser aplicada também na região onde o emboço atingir uma espessura maior que 3cm.

c) Juntas de dilatação: na região de acunhamento devem ser feitos frisos de 1,5mm, este devendo ser perfeitamente nivelado afim de não sair da região de acunhamento e manter o corte da cerâmica. Esse espaço será posteriormente preenchido com tarucel que é uma haste de poliuretano, e vedado com mastique.

Depois de concluído o mapeamento da fachada foi constado alguns problemas referentes ao prumo da estrutura de concreto, resultando em camadas muito espessas de reboco, alguns locais com mais de 10cm de espessura, o que resultou em prejuízo para a empresa, demandando mais material e mão-de-obra. Em alguns trechos a estrutura de concreto teve que ser refeita.

material e mão-de-obra. Em alguns trechos a estrutura de concreto teve que ser refeita. Figura 01.

Figura 01. Execução de reboco

’

Figura 02. Viga que teve que ser escariada

’ Figura 02. Viga que teve que ser escariada Figura 03. Execução do reboco externo 4.2.

Figura 03. Execução do reboco externo

4.2. Atividades em sala técnica

Projeto de locação dos prumos e planilha de mapeamento da fachada:

Antes de se iniciar o reboco da fachada foram soltos os prumos para que se possa ser medidas as distancias do prumo aos pontos críticos, para isso foi elaborado um projeto com base no caderno de encargos da empresa, o qual pede que em panos retos seja soltos prumos a cada 1m e em panos arredondados a

cada 60cm. Os dados obtidos em campo com a medição destas distâncias alimentam uma planilha de mapeamento da fachada a qual consta todos os prumos e suas distancias aos pontos críticos.

fachada a qual consta todos os prumos e suas distancias aos pontos críticos. Figura 04. Projeto

Figura 04. Projeto de locação dos prumos

Figura 05. Planilha de mapeamento da fachada 5. Conclusão Durante o período de estágio no

Figura 05. Planilha de mapeamento da fachada

5. Conclusão

Durante o período de estágio no qual foi realizado este relatório foi possível obter conhecimento do processo de execução de fachadas de edificações por meio de andaimes suspensos, bem como os cuidados a serem tomados na sua execução.