Você está na página 1de 1
ATEX Explicada w ww.wolf-safet y.co.uk Equipamento Ex MARCAÇÃO ATEX NÚMERO CERTIFICADO EXAME TIPO CE MARCAÇÃO

ATEX Explicada

w

ww.wolf-safet y.co.uk

w ww.wolf-safet y.co.uk
w ww.wolf-safet y.co.uk
w ww.wolf-safet y.co.uk
Equipamento Ex MARCAÇÃO ATEX NÚMERO CERTIFICADO EXAME TIPO CE MARCAÇÃO ATEX Corpo Notificado Número
Equipamento Ex
MARCAÇÃO ATEX
NÚMERO CERTIFICADO
EXAME TIPO CE
MARCAÇÃO ATEX
Corpo Notificado
Número série/lote,
incluindo o ano de fabrico
responsável
Baseefa
pelo Exame
tipo CE
I
M1e
/
II
1
GD
1180
Marcação Protecção
Número Certificado EC Ex
aprovação suplementar
Ano Emissão Certificado
contra Explosões
A marca CE evi-
dencia a declara-
ção de conformi-
dade do fabricante
relativamente a to-
das as Directivas
UE relevantes
Número do
Corpo Notificado
responsável pe-
la monitorização
da qualidade na
produção na CE
(marcação ATEX)
Marca es-
Grupo
Categoria
Grupo
Categoria
U Sufixo que designa aprovação componente Ex
pecífica pa-
Equipamen-
Equipamen-
Equipa-
Equipa-
ra Protec-
tos (Ind.
tos (Ind.
mentos
mentos
ção contra
Mineira)
Mineira)
(Indústria)
(Indústria)
Explosões
Define a adequação
para uso de equipa-
mentos do Grupo II
em atmosferas com
gases/poeiras
Marca CE (marca ATEX)
Medidas segurança
aplicadas em serviço
Especificação peças substituição
CÓDIGO CERTIFICAÇÃO
CÓDIGO CERTIFICAÇÃO
MARCAÇÃO PARA PROTECÇÃO DE IGNIÇÃO POEIRAS
gases, vapores e neblinas explosivas
poeiras explosivas
conforme EN 61241-0 e EN 61241-1
CÓDIGO CERTIFICAÇÃO
gases, vapores e neblinas cfm EN60079
AA2200
IIPP6677
TT8800 O CC
EExx
ttDD
Ex
ia
I/IIC
T4
(Ta = 50 O C)
Equipamento
Conceitos
Zona Permissível
Grau
Temperatura
Equipamento
Conceitos
Grupos
Classificação
Temperatura
Protegido con-
Protecção
Protecção
Máxima Super-
Protegido con-
Protecção
Gases
Temperatura
Ambiente
tra Explosões
Poeiras (avaliada
usando a 'prática A' -
aplicável apenas
Mecânica
fície Exterior
tra Explosões
para tD)
Note: ‘Ex’ e os Conceitos Protecção não são marcados se for aplicável um
"Ficheiro Técnico" dos princípios primeiros.
Este diagrama mostra como, em circunstâncias típicas, podem FORMAR-SE zonas de risco. ESTAÇÃO SERVIÇO OFICINA
Este diagrama mostra como, em circunstâncias típicas, podem FORMAR-SE zonas de risco.
ESTAÇÃO SERVIÇO
OFICINA
FOSSO DE
OFICINA
DECANTAÇÃO LÍQUIDOS INFLAMÁVEIS
DE CONTENTOR
PARA CONTENTOR
PÁTIO ABASTECIMENTO COMBUSTÍVEIS
NÃO VENTILADO
TANQUE ARMAZENAGEM
MATERIAL INFLAMÁVEL
NA FORMA LÍQUIDA
ZONA 0
ZONA 1
ZONA 2
COMBUSTÍVEL
Ambiente Ex
LÍQUIDA ZONA 0 ZONA 1 ZONA 2 COMBUSTÍVEL Ambiente Ex NÚMERO DO CERTIFICADO DE EXAME TIPO

NÚMERO DO CERTIFICADO DE EXAME TIPO CE

06
06
06 Número

Número

Série

ATEX 0084 Certificado ATEX
ATEX
0084
Certificado ATEX

X Sufixo que designa condições especiais certificação

CORPOS CE NOTIFICADOS

Os Corpos Notificados foram nomeados pelos governos de cada país da CE como responsáveis pela execução de parte ou todas as funções especificadas na Directiva de Equipamentos ATEX, como o exame tipo CE do equipamento e avaliação da garantia de qualidade da produção do equipamento.

Baseefa (2001) Ltd. é responsável pela

avaliação da garantia de qualidade do equipamento fabricado pela The Wolf Safety Lamp Company, sendo identifi- cado pelo seu número de corpo notifi- cado (1180) que aparece por baixo da marcação CE nos produtos da Wolf.

CONCEITOS PROTECÇÃO CONTRA POEIRAS PARA EQUIPAMENTOS ELÉCTRICOS

Conceito Símbolo Símbolo Descrição Categoria Norma EN GRUPO GASES Req. Gerais – Requisitos gerais –
Conceito
Símbolo
Símbolo
Descrição
Categoria
Norma EN
GRUPO GASES
Req. Gerais
Requisitos gerais
EN 61241-0
SUB-DIVISÃO GRUPO GASES II
Invólucro
Ex tD
1/2/3
EN 61214-1
Groupo
Risco Tipificado
Energia Máxima de
Segurança Faísca
Segurança Intrínseca Ex ia/ib
Distância Máxima Segurança
Anti-deflagrância Ex d
Conceitos
Equipamento
Aplicáveis
Protegido con-
invólucro vedado contra a
entrada de poeiras; a sua
concepção exclui a possi-
bilidade de falha do invólucro
tra Explosões
Pressurizado
Ex pD
poeiras inflamáveis excluídas
envolvendo a fonte de
ignição com gás inerte
pressurizado
2/3
EN 61214-2
I
Metano
todos os conceitos
Ind.Mineira
IIA
Propano
Segurança
Ex iaD
1
EN 61241-11
Intrínseca
Ex ibD
Ex icD
a energia no circuito e a
temperatura nos compo-
nentes é reduzida para
um nível seguro
2
3
IIB
Etileno
Ex d, Ex i
Encapsulagem
Ex mD
gases inflamáveis excluídos
encapsulando a fonte de
ignição em resina
1/2/3
EN 61241-18
IIC
Hidrogéneo/Acetileno
Indústria
II
Todos os Gases
Ex e, Ex m, Ex p,
Ex o, Ex q, Ex n
GRAU PROTECÇÃO MECÂNICA (IP) cfm EN 60529
IIA
O sub-agrupamento de equipamentos segrega os gases de acordo com a facilidade da sua ignição por faíscas e chamas. Isto
aplica-se a equipamentos com classificação anti-deflagrante Ex d e Segurança Intrínseca Ex ia/ib.
A
selecção de equipamentos para uso em ambientes de gases, vapores, neblinas ou poeiras deve levar
em consideração as condições ambientais da área onde se pretenda fazer a sua utilização. A resistência
dos equipamentos à penetração de corpos sólidos e água é identificada através do uso de um “grau IP”.
Risco de ignição
IIB
1º Dígito - Protecção Contra Corpos Sólidos
2º Dígito - Protecção Contra Água
CONCEITOS DE PROTECÇÃO PARA EQUIPAMENTOS ELÉCTRICOS
CLASSE TEMPERATURAS
IIC
A classe de temperatura relaciona-se com a temperatura de ignição de uma atmosfera explosiva
sem protecção
sem protecção
0
0
Conceito
Símbolo
Ícone
Descrição
Categoria
Norma EN
em particular por uma superfície aquecida. Não deve ser excedida pela classificação de tempe-
>
50mm
ratura inerente ao equipamento que se pretenda utilizar nessa atmosfera.
Requisitos gerais
Requisitos gerais
EN 60079-0
II
Equipamento
9
0 ∞
Superfícies aquecidas poderão provocar a ignição de atmosferas.
1
1
Anti-deflagrante
Ex d
a ignição no interior do equi-
pamento é contida e não
ignizará a atmosfera
explosiva envolvente
2
EN 60079-1
Anti-deflagrante
> 12.5mm
1
5 ∞
T1
2
2
Pressurizado
Ex p
gases explosivos excluídos
envolvendo a fonte de
ignição com gás inerte
pressurizado
2
EN 60079-2
>
2.5mm
6
0
T2
450°C
3
3
Carregado com pó
Ex q
gases explosivos excluídos
pela imersão da fonte de
ignição em areia
2
EN 60079-5
> 1mm
T3
IIA
IIB
IIC
300°C
4
4
Atmosfera
Imersão em óleo
Ex o
gases explosivos excluídos
pela imersão da fonte de
ignição em óleo
2
EN 60079-6
Potencialmente
T4
3
60 ∞
200°C
Explosiva
5
5
T5
Segurança
Ex e
a concepção exclui a
possibilidade de ocorrerem
arcos incendiários, faíscas
ou superfícies quentes
2
EN 60079-7
135°C
acrescida
6
6
T6
100°C
Segurança
Ex ia
1
Intrínseca
a energia no circuito e a
temperatura nos compo-
nentes é reduzida para
um nível seguro
EN 60079-11
Ex ib
2
7
Ex ic
3
O
1º e 2º numeral são combinados para identifi-
85°C
car o grau de protecção mecânica,p.e. estanque
Risco de ignição
a
Não incendiária
Ex nA
não ignizará gases explosi-
vos em condições normais;
avarias dificilmente
ocorrerão
3
EN 60079-15
poeiras, protegido contra projecções de água
com grande impacto/mar alto:–
8
Ex nL
Ex nR
Ex nC
Grau Protecção Mecânica:
I P
6 6
Encapsulagem
Ex ma
gases inflamáveis excluídos
encapsulando a fonte de
ignição em resina
1
EN 60079-18
Ex mb
2
Ex mc
3
O conceito de protecção explicita a forma como é conferida a protecção contra explosões.
GRUPOS DE APARELHOS E CLASSES
TEMPERATURA PARA GASES E
VAPORES EXPLOSIVOS COMUNS
TEMPERATURAS IGNIÇÃO PARA
POEIRAS COMBUSTÍVEIS COMUNS
Tipo poeiras
Camada poeiras
Nuvem poeiras
Temperatura
Grupo
Classe
temperatura
temperatura
Gases/Vapores
Gases
Temperatura
mínima
mínima
ignição (ºC)
ignição (ºC)
TEMPERATURA AMBIENTE
+40 0 C
IIA
T1
Classificação Áreas
Critério Zonas
CLASSIFICAÇÃO
ÁREAS RISCO
IIA
T1
Alumínio
280
530
Os equipamentos aprovados de acordo
IIC
T2
Gases
Poeiras
IIA
T1
Carvão
270
590
Cfm. EN 60079-10
Zona 0
presentes continuamente por períodos longos
(>1000 horas por ano)
Zona 20
As áreas de risco são classifi-
cadas como zonas com base
na frequência e período da
ocorrência de uma atmosfera
explosiva. Os períodos indica-
dos na tabela são típicos.
com a Norma CENELEC têm Classes
T. com base no seu uso em ambientes
de -20°C a +40°C, a não ser que se
encontre especificado de forma
IIA
T1
Farinha
470
410
IIA
T2
Cereais
290
420
IIA
T2
Ferro
300
310
IIA
T3
PVC
430
680
–20 0 C
IIA
T2
diferente (p.e. T amb = 35 ºC)
Borracha
220
460
Zona 1
IIB
T2
ocorrência ocasional provável em operação
(>10 horas, <1000 horas por ano)
Serradura
IIC
T1
(Madeira)
300
400
IIA
T1
Zona 21
IIA
T1
Fuligem
385
620
T1
T2H
Ácido acéptico
Acetona
Acetileno
Amónia
Benzeno
Butano
Cumeno
Ciclohexano
Etanol (alcoól etílico)
Etileno
Hidrogéneo
Metano (industrial)
Metanol
Petróleo
Propano
Tolueno
Terebentina
Xileno
T3
T4
T5
IIA
T6
T1
Amido
530
380
Zona 2
ocorrência improvável em condições normais
de operação e, se acontecer, será apenas por
(<10 horas por ano)
Atmosfera Potencialmente
IIA
T1
Açucar
360
450
IIA
T1
Zona 22
IIA
T3
Explosiva
IIA
T1
Uma lista mais completa dos tipos de gases e
vapores está contida na IEC 60079-20
Uma base de dados sobre as 'Características de
Combustão e Explosão de Poeiras’ está disponível
em www.hvbg.de/e/bia/fac/expl/
EXEMPLO ZONAS CLASSIFICADAS
requerida
menos energia
para ignizar
o gás mais
distância de largo
estreito anti-deflagrância

O presente Guia tem como finalidade auxiliar na selecção dos equipamentos de iluminação Wolf para uso em atmosferas potencialmente explosivas. A informação aqui prestada baseia-se naquilo que é prática corrente dentro da UE, conforme especificado nos requisitos da Directiva ATEX 94/9/CE (Equipamentos) e a Directiva ATEX 99/92/CE (Locais de Trabalho).

CHAVE

CHAVE Atmosfera explosiva consistindo de uma mistura de ar com substâncias inflamáveis na forma de gás,

Atmosfera explosiva consistindo de uma mistura de ar com substâncias inflamáveis na forma de gás, vapores ou neblinas ou uma nuvem de poeiras combustíveis no ar.

ou neblinas ou uma nuvem de poeiras combustíveis no ar. Faísca Ignição Folga da flange anti-deflagrante

Faísca

ou uma nuvem de poeiras combustíveis no ar. Faísca Ignição Folga da flange anti-deflagrante no equipamento

Ignição

uma nuvem de poeiras combustíveis no ar. Faísca Ignição Folga da flange anti-deflagrante no equipamento Ex

Folga da flange anti-deflagrante no equipamento Ex d

< = menor que > = maior que

NORMAS ASSOCIADAS

Atmosferas Explosivas. Prevenção & Protecção de Explosões

Conceitos básicos e metodologia

EN 1127-1

Equipamentos eléctricos para uso em gases, vapores e neblinas potencialmente explosivas

Classificação de áreas de risco Instalações eléctricas Inspecção e manutenção de instalações eléctricas Reparação e revisão de equipamentos Dados relativos a gases e vapores inflamáveis

EN 60079-10

EN 60079-14

EN 60079-17

IEC 60079-19

IEC 60079-20

Equipamentos eléctricos para uso em presenças poeiras combustíveis

Classificação de áreas Selecção, instalação e manutenção Inspecção e manutenção de instalações eléctricas

EN 61241-10

EN 61241-14

EN 61241-17

 

GRUPOS & CATEGORIAS PARA EQUIPAMENTOS

   
Grupo Categoria Nível Riscos Uso

Grupo

Categoria

Nível

Riscos

Uso

Equipamentos

Equipamentos

Protecção

Gases

Poeiras

I

M1

Protecção

Operável em

muito elevada

atmosferas Ex

M2

Protecção

De-energisada em atmosferas Ex

 

Ind.Mineira

elevada

II

1

Protecção

G

 

Zonas 0,1,2

muito elevada

     
    D Zonas 20,21,22
   

D

Zonas 20,21,22

2

Protecção

G

 

Zonas 1,2

elevada

 

D

Zonas 21,22

         

Indústria

3

Protecção

G

Zonas 2

normal

 

D

Zonas 22

O Grupo e Categoria de Equipamentos identificam as áreas nas quais os equipamentos

 
   

podem ser usados.

 

A MARCAÇÃO "CE" E A DIRECTIVA ATEX 94/9/CE PARA EQUIPAMENTOS E SISTEMAS DE PROTECÇÃO ASSOCIADOS PARA USO EM ATMOSFERAS POTENCIALMENTE EXPLOSIVAS OBRIGATÓRIO NA UNIÃO EUROPEIA

 

A marca "CE" foi adoptada pela União Europeia na sua harmonizção técnica, como um meio para identificar os produtos que estão de acordo com as Directivas CE.

Sujeitos embora a algumas restrições de segurança, os produtos que sejam portadores da marca CE
Sujeitos embora a algumas restrições de segurança, os produtos que sejam portadores da marca CE

Sujeitos embora a algumas restrições de segurança, os produtos que sejam portadores da marca CE estão autorizados a serem vendidos em todo o espaço da União Europeia sem interferência das autoridades reguladoras nacionais. As Directivas foram implementadas, em primeiro lugar com o propósito de removerem as barreiras nacionais que cada país havia desenvolvido e, em se- gundo lugar, com o objectivo de regulamentarem questões básicas de segurança.

A

Directiva ATEX 94/9/CE para Atmosferas Explosivas (Equipmentos) tornou-se obrigatória em 1 Julho 2003.

Aquando da sua entrada em vigor todas as Directivas existentes para Atmosferas Explosivas e Gasosas em Minas foram automaticamente revogadas. A partir desta data apenas equipamentos e sistemas portadores da marca "CE",

qual explicita a sua conformidade com a Directiva ATEX para equipamentos (bem assim todas as outras Directivas relevantes e obrigatórias), podem ser colocados no mercado no espaço da UE.

a

A

Directiva aplica-se a todos os equipamentos e sistemas para utilização em atmosferas potencialmente explosivas,

dentro da UE. O âmbito da Directiva inclui equipamentos eléctricos e mecânicos para uso no Grupo I (mineiro) ou Grupo II (indústria) em offshore ou em terra, e tem em conta o risco da ignição de gases, vapores, neblinas ou atmos- feras de poeiras potencialmente explosivas. Complementarmente, abrange também todos os dispositivos propostos para uso fora de atmosferas explosivas, contribuindo para a segurança do funcionamento dos equipamentos e sis-

temas relativamente ao risco de explosão.

 

A

conformidade dos produtos com a Directiva ATEX para equipamentos, atestada através da avaliação das suas

prestações, assenta numa matriz modular e em geral cumpre dois estágios: concepção e produção.

 

O

caminho comum para garantir a conformidade na concepção dos produtos é submetê-los a um Corpo Notificado

(p.e. Laboratório de Ensaios) visando a obtenção de um Certificado de Exame Tipo. Para obter a certificação de conformidade, os equipamentos ou sistemas, deverão satisfazer os Requisitos Essenciais definidos pelo Laborató- rio de Ensaios e listados na Directiva. As Normas Europeias harmonizadas foram adotadas pela CENELEC e CEN no âmbito da concepção, construção e teste de equipamentos; um produto que cumpra estas Normas entende-se como satisfazendo as exigências do Corpo Notificado a que as Normas se reportam. Sempre que um equipamento seja concebido de acordo com um conceito de protecção que não esteja contemplado nestas normas, a conformidade

com a Directiva 94/9/CE é mesmo assim possível, obrigando à compilação de um "Ficheiro Técnico" organizado se- gundo os princípios enunciados, para demonstrar a sua conformidade, através de ensaios e avaliação, com os re- quisitos emitidos pelo Corpo Notificado no que se refere à concepção e construção de equipamentos para uso em atmosferas potencialmente explosivas. Ao nível da qualidade na produção, a conformidade é aferida com base em procedimentos de avaliação destinados

a

assegurarem a constante qualidade dos produtos. Tipicamente, o fabricante deverá ter implementado um Sistema

de Gestão de Qualidade de acordo com a Norma ISO 9000 e ter adoptado um dos módulos de qualidade previstos na Directiva ATEX para equipamentos, podendo contudo este variar em função da categoria dos produtos que este- jam em causa; equipamentos destinados a serem usados em áreas de maior risco obrigarão à aplicação de proce-

dimentos de avaliação mais onerosos.

 

Para além da Directiva ATEX 94/9/CE (Equipamentos), aos produtos para uso em atmosferas potencialmente explo- sivas poderá ser exigida a conformidade com outras Directivas, incluindo a Directiva 2004/108/CE de Compatibilidade Electromagnética (CEM). Esta Directiva aplica-se virtualmente a quase todos os equipamentos eléctricos e electróni-

cos potencialmente capazes de gerarem emissões interferentes ou que se mostrem sensíveis a fontes interferentes.

Tão logo a conformidade com as Directivas aplicáveis esteja assegurada e possa ser emitido um Certificado de Con- formidade pelo Fabricante, a marca CE poderá ser aposta nos produtos e estes colocados no mercado.

A Directiva ATEX para equipamentos, em toda a sua extensão e as linhas mestras da Comissão CE na Directiva, podem ser consultadas no sítio da web: http://europa.eu.int/comm/enterprise/atex/index.htm

DIRECTIVA ATEX 99/92/CE (LOCAIS DE TRABALHO) RELATIVA AOS REQUISITOS MÍNIMOS NECESSÁRIOS, PARA A MELHORIA DA SEGURANÇA E PROTECÇÃO

DA

SAÚDE DOS TRABALHADORES POTENCIALMENTE EM RISCO DEVIDO A

ATMOSFERAS EXPLOSIVAS

 

OBRIGATÓRIA DENTRO DA UE

A Directiva é extensiva às actividades desenvolvidas nos Grupos I e II, em terra e em offshore,

em todos os países membros da União Europeia e visa garantir um melhor nível de protecção da saúde e condições dos trabalhadores que desenvolvam trabalhos em atmosferas explosivas

que desenvolvam trabalhos em atmosferas explosivas de gases, vapores, neblinas e poeiras. Lista uma série de

de gases, vapores, neblinas e poeiras.

Lista uma série de medidas de segurança obrigatórias para os trabalhadores, obrigando a adopção de uma avaliação coerente dos riscos, baseada numa estratégia para a prevenção de explosões. Estas obrigações incluem:

Produção de um documento contra explosões, avaliando o risco de explosões, incluindo: a possibilidade de existir ou de se desenvolver uma atmosfera explosiva, a presença de fontes de ignição (incluindo descargas electrostá- ticas), identificação das substâncias e processos em uso e a definição de medidas específicas adoptadas para salvaguardar a saúde dos trabalhadores.

A classificação das áreas em zonas classificadas, marcando os pontos de entrada com sinalética adequada.

Treino adequado e monitorização dos trabalhadores.

Adopção de instruções escritas e autorizações de trabalho.

Requisitos especiais para equipamentos de trabalho:-

Equipamentos que se encontrassem em serviço após 30 Junho 2003 poderão ser mantidos, desde que se disponha de evidência escrita de que podem ser usados de forma segura

Equipamentos que tenham sido postos em serviço após 30 Junho 2003 deverão dispor da marcação CE evidenciando a sua conformidade com a Directiva ATEX 94/9/CE (Equipmentos).

Tendo em conta que se visa a aplicação de medidas para prevenção de explosões, questões como:

Controlo de descargas.

Uso de medidas de protecção adequadas tendo em conta o maior risco potencial.

Selecção de equipamentos adequados considerando o documento referencial de protecção contra explosões.

Garantir que os equipamentos são mantidos e usados correctamente

Minimizar os riscos de explosões e os seus eventuais efeitos nos locais de trabalho.

Disponibilizar os meios adequados ao alarme e fuga.

DL 236/2003 relativo a substâncias perigosas e atmosferas explosivas

O DL 236/2003 procede à transposição para o quadro jurídico nacional da Directiva 99/92/CE e estabelece as

regras de protecção dos trabalhadores contra os riscos de exposição a atmosferas explosivas, sendo aplicável à

administração pública central, regional e local, aos institutos públicos e demais pessoas colectivas de direito público,

a todos os ramos de actividade dos sectores privado, cooperativo e social, bem como a trabalhadores independentes,

no que respeita aos trabalhos susceptíveis de expor os trabalhadores a riscos derivados de atmosferas explosivas, com as exclusões previstas. Devem ainda ser tidos em conta os aspectos de segurança cobertos pela Directiva 98/24/CE relativa a Agentes Químicos no que concerne as matérias perigosas inflamáveis.

no que concerne as matérias perigosas inflamáveis. A 99/92/CE é uma Directiva independente e refere-se

A 99/92/CE é uma Directiva independente e refere-se especificamente aos trabalhadores que desenvolvam as suas actividades em atmosferas potencialmente explosivas e, muito embora se considere embebida na Directiva 89/391/CE mais generalista, está orientada à introdução de medidas para encorajar melhorias na segurança e saúde no trabalho.

A Directiva ATEX Locais de Trabalho encontra-se disponível na sua íntegra no seguinte website:

http://ec.europa.eu/enterprise/atex/dir92-en.pdf

Lanterna Portátil Pilhas Wolflite H-4DCA II 2 GD EEx e ib IIC T4 IP66 T135°C

BAS00ATEX2203

H-4DCA II 2 GD EEx e ib IIC T4 IP66 T135°C BAS00ATEX2203 Lanternas Segurança Mini &

Lanternas Segurança Mini & Micro Wolf

I M1/II 1 GD Ex ia I/IIC T5 (Ta=+50°C) tD A20 IP67 T80°C (M-10)

I M1/II 1 GD Ex ia I/IIC T5 (Ta=+50°C) tD A20 IP67 T80°C (M-10)

I M2/II 2 GD Ex ib I/IIC T4 tD A21 IP67 T80°C (M-20)

I M2/II 2 GD Ex ib I/IIC T4 tD A21 IP67 T80°C (M-20)

I M1/II 1 GD Ex ia I/IIC T4 (Ta=+50°C) tD A20 IP67 T80°C (M-40/M-60)

I M1/II 1 GD Ex ia I/IIC T4 (Ta=+50°C) tD A20 IP67 T80°C (M-40/M-60)

Baseefa06ATEX0084

Lanternas Balizagem Wolf HL-95 II 1 G EEx ia IIC T4

BAS99ATEX1044

Balizagem Wolf HL-95 II 1 G EEx ia IIC T4 BAS99ATEX1044 Holofote Área LED ATEX Wolf

Holofote Área LED ATEX Wolf Worklite –WL-85/WL-80/WL-70

II 2 GD Ex e ib mb IIC T4 Ex tD A21 IP65 T135°CHolofote Área LED ATEX Wolf Worklite –WL-85/WL-80/WL-70 A-TL45A A-TL44A Projector Área ATEX Wolf Turbolite I M2/II

A-TL45A

A-TL44A

Projector Área ATEX Wolf Turbolite I M2/II 2 GD II T4 (Tamb=55°C) T135°C

SIRA02ATEX5099X

I M2/II 2 GD II T4 (Tamb=55°C) T135°C SIRA02ATEX5099X Lanterna Segurança LED ATEX Wolf Lanternas Segurança

Lanterna Segurança LED ATEX Wolf

Lanternas Segurança ATEX Wolf

Lanterna Recarregável Wolf R-30/R-50/R-55

M2/II 2 GD Ex ib I/IIC T4/T3 tD A21 IP67 T85°C (TR-40/ TR-40+)Lanterna Recarregável Wolf R-30/R-50/R-55 I

I

II 2 GD Ex ib IIC T4 tD A21 IP67 T85°C (R-30/R-50) M1/II 1 G

II

2 GD Ex ib IIC T4 tD A21 IP67 T85°C (R-30/R-50)

M1/II 1 G Ex ia I/IIC T4/T3 IP67 (TR-45)2 GD Ex ib IIC T4 tD A21 IP67 T85°C (R-30/R-50) I

I

II II 2 GD EEx e ib IIC T6 IP67 T65°C 2 GD EEx e
II II 2 GD EEx e ib IIC T6 IP67 T65°C 2 GD EEx e

II

II

2 GD EEx e ib IIC T6 IP67 T65°C

2 GD EEx e ib IIC T4 (Tamb=40/55°C)

1 G Ex ia IIC T4 IP67 (R-55) Baseefa05ATEX0068 (R-30) II

1 G Ex ia IIC T4 IP67 (R-55) Baseefa05ATEX0068 (R-30)

II

IP67 T95°C (Tamb=55°C)

Baseefa05ATEX0069 (R-50/R-55)

Baseefa07ATEX0091

BAS02ATEX2220X

Lanterna Cabeça ‘Zona 0’ Wolf HT-200 II 1 G EEx ia IIC T4/T3

Baseefa04ATEX0398

0’ Wolf HT-200 II 1 G EEx ia IIC T4/T3 Baseefa04ATEX0398 Lanterna Mão Recarregável LED Wolflite

Lanterna Mão Recarregável LED Wolflite H-251A/LED II 2 GD EEx e ib IIC T4 IP66 T135°C

BAS00ATEX2176

II 2 GD EEx e ib IIC T4 IP66 T135°C BAS00ATEX2176 Holofote Portátil Flameproof Wolf II

Holofote Portátil Flameproof Wolf II 2 G EEx d e IIC T4/T3

BVS03ATEXE279

Flameproof Wolf II 2 G EEx d e IIC T4/T3 BVS03ATEXE279 Tecniquitel - Z.I. Abrunheira -

Tecniquitel - Z.I. Abrunheira - R. Thilo Krassman, 2- Fr. A - Abrunheira - 2710-141 Sintra tel: 219 154 600 fax: 219 154 609 e-mail: geral@tecniquitel.pt www.tecniquitel.pt

Armaduras Fluorescentes

II 2 GD Ex emb II T3/T4 Ex tD A21

II

2 GD Ex emb II T3/T4 Ex tD A21

IP66/67/68 T100°C

2 GD Ex embd IIC T3/T4 Ex tD A21 IP66 T100°C (Linkable) II

2 GD Ex embd IIC T3/T4 Ex tD A21 IP66 T100°C (Linkable)

II

SIRA08ATEX3098

É da responsabilidade do utilizador assegurar-se de que um determinado equipamento é seguro e que não representa riscos para a saúde e segurança se utilizado numa zona de risco, isto é, zonas classificadas, grupos de gases, temperaturas de ignição, etc. Tanto o comprador como o utilizador devem estar totalmente familiarizados com as normas referidas neste guia. Embora tenha havido todo o cuidado na compilação do presente documento, não podemos aceitar qualquer responsabilidade por eventuais erros ou omissões nele contidos. Os utilizadores não devem cingir-se apenas à informação contida neste documento sem consultarem a informação de segurança específica assegurando-se de que as suas condições particulares estão de acordo com o aqui indicado. A presente informação não pode ser reproduzida sem autorização prévia.

Kit Iluminação Tanques

Armaduras

II 2 GD Ex emb II T3/T4 Ex tD A21 IP66/67/68 T100°C

SIRA08ATEX3098

Transformadores Fibra Vidro

T100°C SIRA08ATEX3098 Transformadores Fibra Vidro II 2 GD Ex de IIC T3 (Ta=55°C ) DIP A21

II 2 GD Ex de IIC T3 (Ta=55°C ) DIP A21 IP66 T=200°C

LCIE02ATEX6248X

Transformadores Aço Inox

) DIP A21 IP66 T=200°C LCIE02ATEX6248X Transformadores Aço Inox II 2 GD Ex de IIC T4

II 2 GD Ex de IIC T4 A21 IP66 T135°C

SIRA08ATEX3182X
SIRA08ATEX3182X
) DIP A21 IP66 T=200°C LCIE02ATEX6248X Transformadores Aço Inox II 2 GD Ex de IIC T4